• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1514
  • 532
  • 323
  • 191
  • 14
  • 13
  • 13
  • 12
  • 9
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 2574
  • 886
  • 740
  • 684
  • 674
  • 464
  • 431
  • 257
  • 231
  • 186
  • 169
  • 147
  • 124
  • 124
  • 121
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Fenotipagem comportamental de ratos tratados com MPTP : um modelo da fase inicial da doença de Parkinson

Lissner, Lílian Juliana January 2017 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Claudio da Cunha / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 20/12/2016 / Inclui referências : f. 54-57 / Resumo: Ratos tratados com a neurotoxina 1-metil-4-fenil-1,2,3,6- tetrahidropirindina (MPTP) têm sido utilizados como modelo de déficit cognitivo observado na fase inicial da doença de Parkinson (DP). A principal vantagem deste modelo é que os animais apresentam déficit cognitivo na fase inicial da DP, mas não apresentam déficits sensório-motores grosseiros que possam afetar os comportamentos nas tarefas cognitivas. O objetiv do presente estudo foi realizar um acompanhamento detalhado e longitudinal de parâmetros como imobilidade,locomoção, rotações e visitas em áreas da caixa moradia onde os animais geralmente dormem, bebem e se alimentam. 100 ?g de uma solução de MPTP foi bilateralmente infundida na substância negra parte compacta (SNc) de ratos machos adultos. Os ratos SHAM operados receberam uma infusão de salina o qual é utilizado como veículoPor uma semana antes e 3 semanas após a cirurgia, os ratos foram individualmente alojados em caixas Noldus Phenotyper sob sistema de monitoramento contínuo (Ethovision). Embora severos escores comportamentais variaram ao longo do tempo, animais MPTP e SHAM diferiram de forma leve no parâmetro de locomoção. Eles apresentaram redução significativa de locomoção 21 dias após a cirurgia e uma tendência a caminhar mais lentamente 14 e 21 dias após a cirurgia. Os picos de atvidade locomotora (acrofase) não diferiram entre os grupos. A preferência por sacarose foi testada uma vez por semana e o tempo gasto nas áreas de bebida e comida foram avaliados continuamente. Digerença entre os grupos não foi observada. Não foi observada também diferença entre os grupos no parâmetro de análise da marcha no equipamento Catwalk (Noldus). Quando uma das garrafas de água foi substituída por sacarose, não foi observada diferença entre os grupos. Esses achados proporcionam um forte apoio a hipótese de que os ratos tratados com MPTP não apresentam alterações motoras e alterações motivacionais que possam afetar nas medidas comportamentais que avaliam deficits cognitivos. Palavra-chave: Doença de Parkinson; dementia; depressão; acinesia; modelo animal; dopamina; sono; cronobiologia; ritmos biológicos. / Abstratc: Rats treated with the neurotoxin 1-methyl-4-phenyl-1,2,3,6- tetrahydropyrindine (MPTP) have been used as a model of cognitive deficits observed in the early phase of Parkinson's disease (PD). The main advantage of this model is that the animals present the cognitive observed in the early phase of PD, but do not present gross sensorimotor deficits that could affect the behaviors scored in cognitive tasks. The goal of the present study was to make a detailed and longitudinal follow up of immobility, locomotion, gait, rotations, and visits to areas of the home cage where the animals usually sleep, drink, and feed. 100 ?g MPTP was bilaterally infused into the substantia nigra pars compacta of adult male Wistar rats. SHAM operated rats received intranigral infusion of saline. For 1 week before surgery and 3 weeks after surgery rats were individually housed in Noldus Phenotyper cages under a continuously video-tracking system (Ethovision). Although several scored behaviors varied along the time, MPTP and SHAM animals differed in very few locomotor parameters. They presented significantly reduced locomotion 21 days after surgery and a trend to walk more slowly 14 and 21 days after surgery. The peaks of locomotor activity (acrophase) did not differed among groups. The preference for drinking sucrose was tested once a week and the time spent in the feeding and dinking areas evaluated continuously. No significant difference among groups was observed. No significant difference among groups was observed for gait parameters analyzed in a Cat-Walk apparatus (Noldus). When one of the water supply was replaced by sucrose, no significant difference among groups was observed for sucrose preference. These finding provide a stronger support to the assumption that the MPTP rats do not present motor sensorymotor and motivational alterations that can affect the behaviors measured to evaluate cognitive impairment. Keywords: Parkinson's disease; dementia; depression; akinesia; animal model; dopamine; sleep; chronobiology; biological rhythms.
2

Utilização do sólido fermentado de Rhizopus microsporus CPQBA 312-07 DRM na resolução de álcoois secundários : identificação de enantiopreferência anti-kazlauskas

Todo Bom, Maritza Araujo January 2014 (has links)
Orientadora : Profª Drª Nadia Krieger / Co-orientador : Prof. Dr. Leandro Piovan / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 28/08/2014 / Inclui referências : fls. 88-99 / Resumo: O sólido fermentado de Rhizopus microsporus CPQBA 312-07 DRM contendo lipases tem sido utilizado no tratamento de efluentes com elevado teor de lipídios e na síntese enzimática do biodiesel. Entretanto, a enantiosseletividade das lipases imobilizadas naturalmente no sólido fermentado ainda é desconhecida e estudos utilizando sólidos fermentados na resolução cinética enzimática de compostos racêmicos são escassos. A obtenção de compostos enantiomericamente puros é considerada essencial na fabricação de diversos produtos de alto valor agregado e a resolução cinética enzimática tem se revelado mais eficiente que outros processos de separação de enantiômeros. Neste contexto, este trabalho almejou estudar a aplicação do sólido fermentado produzido por R. microsporus na resolução cinética de álcoois secundários. Vários parâmetros foram estudados na reação de transesterificação do (R,S)-1-fenil-1-etanol em frascos agitados. O progresso das reações foi avaliado através de cromatografia em fase gasosa em coluna quiral e os parâmetros de excesso enantiomérico (ee), conversão e razão enantiomérica (E) foram calculados. A otimização da reação levou a um aumento de cerca de oito vezes da conversão inicial e embora não tenha sido possível identificar as lipases responsáveis pela transesterificação, a enantiopreferência foi para o isômero S do substrato. Este comportamento também foi observado nas resoluções dos álcoois (R,S)-p-nitro-fenil-1-etanol e (R,S)-p-metoxi-fenil-1-etanol. Este comportamento é diferente do observado para a maioria das lipases, que segue a regra de Kazlauskas, ou seja, possuem enantiopreferência para o isômero R do substrato. Este resultado é relevante, uma vez que lipases cuja enantiopreferência seja anti- Kazlauskas são bastante incomuns. Dessa forma, a utilização do sólido fermentado contendo lipases produzidas por Rhizopus microsporus mostrou potencial para aplicação na resolução de álcoois secundários e a enantiopreferência anti- Kazlauskas torna interessante estudos de identificação e caracterização das lipases contidas no sólido fermentado. Palavras-chave: lipases, fermentação em estado sólido, Rhizopus microsporus, álcoois secundários, resolução cinética enzimática. / Abstract: The fermented solid from Rhizopus microsporus CPQBA 312-07 DRM containing lipases have been previously used in the treatment of effluents with high lipid content and in enzymatic synthesis of biodiesel. However, the enantioselectivity of the lipases naturally immobilized on the fermented solid is still unknown and studies using fermented solids in enzymatic kinetic resolution of racemic compounds are scarce. The synthesis of enantiopure compounds is considered essential in the manufacture of several products with high added value and the enzymatic kinetic resolution has proven to be more effective than others methods of separation of enantiomers. In this context, this work aimed to study the application of the fermented solid produced by R. microsporus in the kinetic resolution of secondary alcohols. Several parameters were studied in transesterification reactions of the (R,S)-1-phenyl-1-ethanol in shake flasks. The progress of the reactions was evaluated by gas chromatography on a chiral column and the parameters enantiomeric excesses (ee), conversion and the enantioselectivity ratio (E) were calculated. The optimization of the reaction led to an increase of about eight times of the initial conversion and, although it has not been possible to identify the lipases responsible for the transesterification, their enantiopreference was for the S isomer of the substrate. This behavior was also observed in the resolution of alcohols (R,S)-pnitro- 1-phenyl-ethanol and (R,S)-p-methoxyphenyl-1-ethanol. This behavior is different from that observed for the majority of lipases, which follow the Kazlauskas's rule, having an enantiopreference for the R isomer of the substrate. This result is relevant since lipases that have enantiopreference anti-Kazlauskas rule are quite unusual. Thus, the use of a fermented solid containing lipases produced by Rhizopus microsporus showed potential for the application in the resolution of secondary alcohols and the anti-Kazlauskas enantiopreference fosters studies on the identification and characterization of the lipases contained in the fermented solid. Keywords: lipases, solid state fermentation, Rhizopus microsporus, secondary alcohols, enzymatic kinetic resolution.
3

Caracterização estrutural e estudo do potencial anti-inflamatório de polissacarídeos estraídos dos vinhos Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc

Bezerra, Iglesias de Lacerda January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Guilherme Lanzi Sassaki / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 25/02/2016 / Inclui referências : f. 90-108 / Resumo: Existem poucos trabalhos sobre caracterização de polissacarídeos de vinhos. A estrutura e as quantidades de polissacarídeos liberados dependem do processo de vinificação e podem influenciar as propriedades sensoriais, a qualidade dos vinhos e possivelmente os benefícios para a saúde. No entanto, não foram encontrados na literatura científica, estudos que mostrem alguma relação entre os polissacarídeos encontrados nos vinhos e atividades biológicas, como a anti-inflamatória. Com isso, esse trabalho teve como objetivo a caracterização estrutural dos polissacarídeos encontrados em três tipos de vinhos: Cabernet Franc (ACF), Cabernet Sauvignon (ACS) e Sauvignon Blanc (ASB) e avaliação da capacidade das amostras estudadas de inibirem mediadores inflamatórios in vitro. Os vinhos foram concentrados e os polissacarídeos foram obtidos por meio de precipitação etanólica seguida de centrifugação, diálise, liofilização, congelamento e degelo, precipitação de Fehling e fracionamento por coluna de troca iônica. Os polissacarídeos foram caracterizados estruturalmente por métodos químicos, por ressonância magnética nuclear (RMN) 1D e 2D de 1H e 13C, cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas de ionização eletrônica (GC-MS), análise de metilação e cromatrografia líquida de exclusão estérica acoplada à índice de refração de espalhamento de luz laser em multiângulos (HPSEC-MALLS). Os rendimentos dos polissacarídeos dos vinhos foram: 0,16% (ACF), 0,05% (ACS) e 0,02% (ASB). A composição monossacarídica mostrou a presença de Gal, Ara, Rha, GalA, Glc, 2-O-metil-Xyl, 2-O-metil-Fuc e Man em diferentes concentrações. Todas as frações apresentaram teor de <1% de proteínas. As frações apresentaram um perfil de eluição heterogênea em HPSEC-MALLS, sugerindo uma mistura de polissacarídeos. Através da RMN heteronuclear de 2D-HSQC e a análise de metilação foi possível identificar a presença de arabinogalactanas do tipo II, ramnogalacturananas do tipo I e II, mananas e dextrinas. O potencial anti-inflamatório dos polissacarídeos foi avaliado através da inibição de NF-?B em células RAW-Blue. Todas as frações estudadas apresentaram propriedade anti-inflamatória quando testadas in vitro na dose 100 ?g/mL. Os resultados das análises químicas, espectrométricas e espectroscópicas forneceram um "fingerprint" molecular para os polissacarídeos de cada tipo vinho, uma vez que os polissacarídeos dos vinhos apresentaram rendimentos e quantidades diferentes, podendo auxiliar na determinação de uma assinatura dos vinhos analisados. Palavras-chave: vinhos, polissacarídeos, inflamação. / Abstract: There are few works about characterization of polysaccharides of wines. The structure and amounts of polysaccharides released depend on the wine-making process and can influence the sensory properties, quality of the wines and benefits for health. However, there were not found in scientific literature, studies showing a relationship between the polysaccharides found in wines and biological activities. This work aimed structural characterization of the polysaccharides found in three types of wines: Cabernet Franc (ACF), Cabernet Sauvignon (ACS) and Sauvignon Blanc (ASB). The wines were concentrated and the polysaccharides were obtained via ethanolic precipitation followed centrifugation, dialysis, freeze dry, freezing-thawing, fehling precipitation and fractionation with ion exchange columnn. The polysaccharides have been characterized structurally by chemical methods, nuclear magnetic resonance (NMR) 1D and 2D ¹H and ¹³C NMR, gas chromatography-mass spectrometry electron ionization (GC-MS), methylation analysis and liquid cromatrografia coupled steric exclusion the laser light scattering refractive index in multi angles (HPSEC-MALLS). The anti-inflammatory potential of the polysaccharides through inhibition of NF-?B in Raw-Blue cells. Polysaccharide yields were: 0,16% (ACF), 0,05% (ACS) and 0,02% (ASB). The fractions showed monosaccharide composition containing Ara, Rha, GalA, Glc, Gal, Man, Xyl e Fuc in different concentrations. All fractions have <1% content of protein. All the samples showed a heterogeneous elution profile, suggesting the presence of polysaccharide mixture. By heteronuclear NMR 2D-HSQC and methylation analysis was possible to identify the presence of type II arabinogalactan, type I and II rhamnogalacturanans, mannans, and dextrins. The anti-inflammatory potential of the polysaccharides was evaluated through the inhibition of NF-?B in RAW-blue cells. All samples showed anti-inflammatory property when tested in vitro in a dose100 ?g/mL. The results of chemical, spectrometric and spectroscopic analyzes can furnish a fingerprint for each wine, since the profile of the mixtures had different yields and quantities, aiding for a non-volatile based singular signature. Keywords: wines, polysaccharides, inflammation.
4

Aumento de escala da produção de ésteres etílicos em reatores de leito fixo com sólido fermentado por Burkholderia lata CPQBA 515-12 DRM 01

Dias, Glauco Silva January 2015 (has links)
Orientador : Prof. Dr. David Alexander Mitchell / Co+orientadora : Profª Drª Nadia Krieger / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 30/03/2015 / Inclui referências / Resumo: Os ésteres alquílicos do biodiesel são produzidos na indústria geralmente por transesterificação alcalina homogênea de triacilgliceróis provenientes de óleos vegetais com metanol. Este processo necessita de etapas de purificação do biodiesel para remoção do catalisador e do sal formado, de tratamento dos efluentes alcalinos gerados e ainda da recuperação do subproduto glicerol. Além disso, matérias-primas neutras e com baixo teor de água são requeridas, o que contribui para elevar o custo de produção do biodiesel. Uma das alternativas para contornar os problemas associados à catálise química é a utilização do processo enzimático com lipases, que podem catalisar reações de esterificação e de transesterificação e dispensam o uso de matérias-primas purificadas. Recentemente, no Laboratório de Tecnologia Enzimática e Biocatálise da Universidade Federal do Paraná, foi desenvolvido um processo com o intuito de reduzir os custos da produção enzimática do biodiesel. Este processo se consistiu na utilização de um sólido fermentado por Burkholderia lata (SFBL) para catalisar a esterificação etílica de ácidos graxos da borra de soja. O processo foi desenvolvido em escala laboratorial, com a utilização de biorreator de leito fixo contendo 12 g de SFBL e produziu altos rendimentos de ésteres etílicos (92%) em 31 h. Assim sendo, o objetivo geral deste trabalho foi de aumentar em pelo menos dez vezes a escala da produção de biodiesel a partir deste processo. Para tanto, foi montado um biorreator de leito fixo com três colunas em série preenchido com 120 g de SFBL, com circulação do meio reacional composto por oleína e etanol (1245 g). Para a remoção da água formada na reação, foi dimensionado um reservatório de meio reacional com barreira física, que favoreceu o aumento da velocidade inicial da reação, obtendo-se 88% de rendimento em 24 h. O sistema foi operado por 6 ciclos consecutivos de síntese (288 h). A conversão obtida ao final do primeiro ciclo, 91%, decresceu para 51% no final do sexto ciclo reacional. No primeiro ciclo, foi produzido 1 kg de ésteres e, até o sexto ciclo, foram acumulados 4,7 kg de ésteres, o que é equivalente a uma produção de 39 g de éster por g de sólido fermentado. Estes resultados são promissores, pois mostram que altas conversões podem ser mantidas no escalonamento do processo enzimático de produção do biodiesel usando sólidos fermentados como catalisadores. Palavras-chave: biodiesel, aumento de escala, esterificação, lipases, Burkholderia lata, fermentação em estado sólido, reator de leito fixo. / Abstract: The ethyl esters that comprise biodiesel are produced industrially by homogeneous alkaline transesterification of the triacylglycerols of vegetable oils with methanol. This process requires steps for the removal from the biodiesel of the catalyst and of the salt that is formed, for the treatment of the alkaline effluent that is generated and for the recovery of the glycerol by product that is produced. Beyond this, the oil must be neutral and have a low moisture content, meaning that it makes a significant contribution to the cost of the biodiesel. One possible strategy for avoiding problems associated with chemical catalysis is to use lipases as catalysts, given that they can catalyze both esterification and transesterification and do not require highly purified raw materials. Recently, a process was developed in the Enzyme Technology and Biocatalysis Laboratory of the Federal University of Paraná, with the intention of reducing the costs of the enzymatic route. This process uses a fermented solid, produced using Burkholderia lata (denominated FSBL), to catalyze the ethyl esterification of fatty acids obtained from soybean soapstock. The process was operated at laboratory scale, using a packed-bed bioreactor containing 12 g of FSBL, and gave high ester yields, of 92% in 31 h. The objective of the current work was to increase the scale of this biodiesel production process at least 10-fold. To this end, a bioreactor consisting of three packed-beds in series was filled with a total of 120 g of FSBL and 1245 g of a medium comprised of olein and ethanol was recirculated through the reactor from a reservoir. The reservoir had an internal weir in order to retain the aqueous phase, such that only the organic phase was fed back to the reactor. This water removal strategy increased the initial velocity of reaction, giving 88% conversion in 24 h. This system was operated for six consecutive 48-h cycles of ester synthesis. The conversion that was obtained decreased from 91% at the end of the first reaction cycle to 51% at the end of the sixth reaction cycle. In the first cycle, 1 kg of esters was produced, while the six cycles produced a cumulative total of 4.7 kg of esters, which is equivalent to 39 g of ester produced per g of fermented solid that was used. These results are promising, since they demonstrate that high yields can be maintained in the scale-up of enzymatic biodiesel production processes involving fermented solids as the catalyst. Keywords: biodiesel, scale-up, esterification, lipases, Burkholderia lata, solid-state fermentation, packed-bed reactor
5

Regulación de la expresión y función de la polimerasa del antígeno O de Shigella flexneri 2a : rol del antiterminador RfaH y de los reguladores del largo de cadena Wzz

Carter Jaña, Javier Antonio January 2008 (has links)
No description available.
6

Estudo teórico das interações Mg2+ e bases nucleotídicas

Prado, Maria Aparecida da Silva January 2006 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2006. / Submitted by Alexandre Marinho Pimenta (alexmpsin@hotmail.com) on 2009-11-20T19:38:43Z No. of bitstreams: 1 2006_MariaAparecidadaSilvaPrado.pdf: 1309633 bytes, checksum: fb83770e3380a466ff78fc3640d30357 (MD5) / Approved for entry into archive by Joanita Pereira(joanita) on 2009-11-20T20:19:35Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_MariaAparecidadaSilvaPrado.pdf: 1309633 bytes, checksum: fb83770e3380a466ff78fc3640d30357 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-11-20T20:19:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_MariaAparecidadaSilvaPrado.pdf: 1309633 bytes, checksum: fb83770e3380a466ff78fc3640d30357 (MD5) Previous issue date: 2006 / Neste trabalho, estudamos as formas de interação e as energias de complexação em sistemas compostos de bases nucleotídicas, íons Mg2+ e H2O, utilizando-se cálculos ab initio. A partir dos resultados obtidos, fizemos uma avaliação da aplicabilidade de campos de força e métodos semi-empíricos para estudar estes sistemas. Os cálculos ab initio de alto nível foram realizados com o objetivo de indicar, em primeiro lugar, os efeitos importantes e que devem ser considerados no estudo de tais sistemas. Nesta etapa, analisamos os efeitos de correlação eletrônica, o efeito de muitos corpos e o efeito BSSE (basis set superposition error). Os efeitos de correlação eletrônica foram importantes no estudo das energias de interação dos complexos; o efeito de muitos corpos, por sua vez, se mostrou importante no estudo das energias de interação dos complexos formados, e deve ser considerado ao se utilizar metodologias baseadas em soma de interações individuais. Além disso, foi feita uma avaliação de métodos e funções de bases, com o intuito de se estabelecer uma metodologia adequada para o estudo das interações nucleobases-[Mg(H2O)n]2+ e nucleobases-(H2O)n. Definiu-se, então, a partir dos resultados obtidos, métodos e conjuntos de base que pudessem representar os sistemas analisados mais adequadamente. Os resultados de cálculos utilizando campos de força e métodos semi-empíricos, quando comparados aos resultados ab initio, se mostraram altamente limitados para o estudo destes sistemas. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this work, we analyzed the forms of interaction and energetic behavior of systems composed of nucleic bases, magnesium ions, and water with ab initio methods. Based on the obtained results we evaluated the possible use of force fields and semi empirical methods on these systems. High-level ab initio calculations were performed aimed at revealing the important effects which should be considered in our study. Electronic correlation and many-body effects were shown to be important to the study of the interaction energy of the complexes. Many-body effects on interaction energies must be considered when accurate energies are pursued. We also evaluated different basis functions and ab initio methods in order to establish a proper methodology to the study of the systems nucleic bases-[Mg(H2O)n]2+ e nucleic bases- (H2O)n. Force fields and semi empirical methods, on the other hand, were shown to be severely limited to this study.
7

S100B como marcador de lesão neural : estudos em pacientes com Síndrome de Down, com defeitos do tubo neural e de secreção pelo tecido adiposo

Netto, Cristina Brinckmann Oliveira January 2004 (has links)
As proteínas S100 são uma família de proteínas ligantes de Ca2+ com ampla distribuição ao longo dos tecidos de vertebrados. O gene da proteína S100B está localizado no cromossomo 21, e ela é expressa principalmente em astrócitos, estando envolvida em uma série de patologias, tanto do sistema nervoso central como em tecidos periféricos. Nesta tese estudamos o papel da proteína S100B na síndrome de Down, patologia genética que se origina da trissomia do cromossomo 21, bem como seu potencial como marcador de dano do sistema nervoso, em pacientes com defeito do tubo neural. Adicionalmente, procuramos demonstrar a presença de fontes extracerebrais de S100B. Observamos um aumento da proteína S100B em líquido amniótico de gestações com fetos com síndrome de Down (1,24 μg/L; controles 0,69 μg/L), e mostramos que este aumento está associado com a idade gestacional. Também relatamos um aumento da atividade da enzima superóxido dismutase (SOD) nas gestações de fetos com síndrome de Down (16,16 U/mg/prot; controles 10,78 U/mg/prot) ; este efeito não foi correlacionado com a idade gestacional. Sugerimos que a S100B e a SOD podem ser utilizadas como parâmetros adicionais na triagem pré-natal para síndrome de Down. Em relação aos níveis da S100B em soro de pacientes com síndrome de Down (1,35 μg/L), confirmamos um aumento desta proteína em relação aos indivíduos controle (0,38 μg/L). Este efeito, entretanto não é dependente da idade, como nos indivíduos normais. Determinamos, pela primeira vez, o perfil ontogenético desta proteína no soro destes pacientes. Este achado pode ser associado com as lesões neurodegenerativas presentes nos pacientes com síndrome de Down. O estudo da S100B como marcador de dano em pacientes com defeito do tubo neural (DTN; 0,860 μg/L) não revelou diferenças em relação aos indivíduos normais (0,580 μg/L). Ainda, pacientes com DTN não apresentaram variação dos níveis da proteína dependente da idade, como acontece nos indivíduos controle. Por fim, estudamos o tecido adiposo como provável fonte extracerebral de S100B, correlacionando os níveis séricos com aqueles encontrados em LCR de ratos submetidos a jejum, e sugerimos que a S100B tenha um papel no transporte de ácidos graxos.
8

Efeito in vivo e in vitro da prolina sobre a atividade da Na+, K+-ATPase de cérebro de ratos

Pontes, Zilda Elizabeth de Albuquerque Santos Lopes January 2002 (has links)
A hiperprolinemia tipo II é um erro inato do metabolismo de aminoácido causado pela deficiência na atividade da Ä1 pirrolino-5-carboxilato desidrogenase. O bloqueio dessa reação resulta no acúmulo tecidual de prolina. A doença caracteriza-se fundamentalmente por epilepsia, convulsões e um grau variável de retardo mental, cuja etiopatogenia ainda é desconhecida. No tecido nervoso, a Na+, K+ - ATPase controla o ambiente iônico relacionado com a atividade neuronal, regulando o volume celular, o fluxo de íons e o transporte de moléculas ligadas ao transporte de Na+, tais como, aminoácidos, neurotransmissores e glicose. Evidências na literatura mostram que recém nascidos humanos com baixos níveis de Na+, K+ -ATPase cerebral apresentam epilepsia e degeneração espongiforme. Alterações na atividade desta enzima têm sido associadas a várias doenças que afetam o sistema nervoso central, como isquemia cerebral e doença de Parkinson. Considerando que a inibição da Na+, K+ - ATPase por ouabaína tem sido associada com liberação de neurotransmissores, incluindo glutamato, em uma variedade de preparações neuronais, e que alguns autores sugerem que o efeito da prolina sobre a sinapse glutamatérgica possa ser, pelo menos em parte, responsável pelos sintomas neurológicos encontrados nos pacientes com hiperprolinemia, no presente trabalho verificamos efeitos dos modelos experimentais agudo e crônico de hiperprolinemia tipo II sobre a atividade da Na+, K+ - ATPase de membrana plasmática sináptica de córtex cerebral e hipocampo de ratos. No modelo crônico, a prolina foi administrada a ratos Wistar duas vezes ao dia do 6o ao 28o dia de vida, enquanto que no modelo agudo os animais, com 15 dias de vida, receberam uma única injeção de prolina e foram sacrificados 1hora após a administração da droga. Os animais tratados crônicamente com prolina não apresentaram alterações significativas no peso corporal, do encéfalo, do hipocampo e do córtex cerebral, bem como nas quantidades de proteínas do homogenizado cerebral e da membrana plasmática sináptica de córtex cerebral e hipocampo. Nossos resultados mostraram uma diminuição significativa na atividade da Na+, K+ - ATPase de membrana plasmática sináptica de cérebro de animais tratados aguda e crônicamente com prolina. Foram também testados os efeitos in vitro da prolina e do glutamato sobre a atividade da Na+, K+- ATPase. Os resultados mostraram que os dois aminoácidos, nas concentrações de 1,0 e 2,0 mM, inibiram significativamente a atividade da enzima. O estudo da interação cinética entre prolina e glutamato, sugere a existência de um sítio único de ligação na Na+, K+ - ATPase para os dois aminoácidos. É possível que a inibição na atividade da Na+, K+- ATPase possa estar envolvida nos mecanismos pelos quais a prolina é neurotóxica. Acreditamos que nossos resultados possam contribuir, pelo menos em parte, na compreensão da disfunção neurológica encontrada em pacientes com hiperprolinemia tipo II.
9

Efeitos de crises crônicas e agudas induzidas por pentilenotetrazol sobre a hidrólise de nucleotídeos púricos em soro de ratos adultos

Bruno, Alessandra Nejar January 2002 (has links)
A adenosina tem sido descrita como tendo importante efeito neuromodulatório em SNC, inibindo a liberação de neurotransmissores excitatórios através da ativação dos receptores A1. Agonistas de receptores A1, bem como adenosina e seus análogos, tem sido descritos como supressores de crises epilépticas. Uma das vias de produção de adenosina é a hidrólise extra-celular completa do ATP envolvendo as enzimas ATP difosfoidrolase (CD39) e 5’-nucleotidase (CD73). Embora esta associação enzimática já esteja bem descrita, o envolvimento da enzima fosfodiesterase não pode ser descartado, uma vez que esta hidrolisa nucleotídeos como ATP e ADP, além de outros substratos. Recentemente, foi demonstrado em nosso laboratório um aumento das atividades ATP difosfoidrolase e 5’-nucleotidase em sinaptossomas de ratos após a indução de 2 diferentes modelos de epilepsia de lobo temporal. Neste trabalho, nós investigamos o efeito de crises agudas e crônicas induzidas pelo agente pró-convulsivante pentilenotetrazol (PTZ) sobre a hidrólise dos nucleotídeos ATP, ADP e AMP em soro de ratos, uma vez que formas solúveis de nucleotidases já estão descritas. No modelo agudo os animais receberam apenas 1 injeção de PTZ ou salina, sendo mortos por decapitação em diferentes tempos após a injeção da droga. A hidrólise dos nucleotídeos ATP, ADP e AMP apresentaram aumento significativo de 40 –50% nos ratos tratados em relação aos ratos controle até 24 após a última injeção. Em 48 horas, este efeito foi abolido. Já, a hidrólise do substrato artificial p-Nph-5’-TMP usado como marcador para a fosfodiesterase, não apresentou nenhum aumento significativo em ratos tratados quando comparado aos animais controle. No modelo crônico (kindling), os animais recebiam doses inicialmente subconvulsivantes que resultam em crises progressivamente mais intensas ao longo das subseqüentes estimulações. Para descartar o efeito da injeção aguda, os ratos foram mortos 48 horas após a última estimulação. Com exceção do substrato artificial para a fosfodiesterase, a hidrólise dos nucleotídeos testados aumentou de maneira significativa (cerca de 40% - 45%) em soro de ratos submetidos ao modelo de kindling. Estes resultados demonstram o envolvimento de nucleotidases solúveis no controle dos níveis do neurotransmissor ATP e do neuromodulador adenosina, sendo estas respostas presentes tanto em situações patológicas agudas, como em situações patológicas crônicas que envolvem o fenômeno de plasticidade sináptica.
10

Efeito in vitro dos ácidos glutárico e 3-hidroxiglutárico sobre alguns parâmetros do sistema glutamatérgico em córtex cerebral de ratos e em astrócitos cultivados de córtex de ratos

Schwarzbold, Carolina Vargas January 2001 (has links)
A acidemia glutárica tipo I (AG I) é um erro inato do metabolismo de herança autossômica recessiva que se caracteriza bioquimicamente pela deficiência da atividade da enzima glutaril-CoA desidrogenase da rota de degradação dos aminoácidos lisina, hidroxilisina e triptofânio. O bloqueio da rota na conversão de glutaril-CoA à crotonil-CoA e resultante da deficiência enzimática leva ao acúmulo tecidual e aumento da concentração nos líquidos biológicos predominantemente dos ácidos glutárico e 3-hidroxiglutárico e, em alguns casos, do ácido glutacônico. Os pacientes afetados apresentam sintomas neurológicos especialmente após crises encefalopáticas, comuns no primeiro ano de vida, em que ocorre necrose bilateral dos gânglios da base, degeneração do globo pálido e da substância branca. Tendo em vista que a patogênese do dano cerebral na AG I é pouco conhecida e que as lesões do SNC dos pacientes muito se assemelham às lesões devido à excitotoxicidade, no presente estudo investigamos a ação dos ácidos glutárico e 3-hidroxiglutárico sobre alguns parâmetros neuroquímicos envolvendo o sistema glutamatérgico em córtex cerebral e astrócitos cultivados de córtex cerebral de ratos. Alguns desses parâmetros já haviam sido testados previamente com o ácido glutárico. Observamos que o ácido 3-hidroxiglutárico, em concentrações de 10 µM a 1 mM, não alterou a captação de L-[3H]glutamato por preparações sinaptossomais. Verificamos também que os ácidos glutárico e 3- hidroxiglutárico, nas mesmas concentrações, não alteraram a liberação do L- [3H]glutamato por estas estruturas em condições basais ou estimuladas (despolarizadas) por potássio (20 mM e 40 mM). Já nos ensaios de união do L- [3H] glutamato a membranas plasmáticas, o ácido 3-hidroxiglutárico inibiu a união do neurotransmissor em meio de incubação sem sódio e cloreto (sítios receptores), quando em baixas concentrações (1 µM a 100 µM), enquanto não alterou esta união em altas concentrações (500 µM a 2 mM). Na presença de alto sódio (sítios transportadores), ambos os ácidos inibiram a união de L- [3H]glutamato em todas as concentrações testadas (10 µM a 1 mM). Outros experimentos demonstraram que o ácido 3-hidroxiglutárico não alterou a captação vesicular de L-[3H]glutamato. Avaliamos também a influência dos ácidos glutárico e 3-hidroxiglutárico sobre a captação de L-[3H]glutamato por astrócitos cultivados de córtex cerebral. Inicialmente verificamos a viabilidade destas células na presença dos ácidos pelo teste do MTT que reflete a atividade das desidrogenases mitocondriais e também pela liberação de lactato desidrogenase para o meio de incubação. Na concentração de 1 mM , os ácidos glutárico e 3- hidroxiglutárico não se mostraram citotóxicos para estas células. Por outro lado, quando incubados por 60 minutos, nas concentrações de 50 µM e 1mM, aumentaram significativamente a captação de L-[3H]glutamato pelos astrócitos.

Page generated in 0.0473 seconds