• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1
  • Tagged with
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Esquilos Sciurus alphonsei (Mammalia: Rodentia) como dispersores de Attalea oleifera (Arecaceae) em remanescente da Floresta Atlântica Nordestina, Brasil

Vieiralves Linhares, Karina January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:19Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1949_1.pdf: 776770 bytes, checksum: 876a9ea28989571f5780790e3a2fa84f (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Este estudo investigou o papel do esquilo, Sciurus alphonsei, como dispersor de frutos de Attalea oleifera em um remanescente da floresta Atlântica do Nordeste brasileiro. Durante 4 meses as visitas de esquilos foram monitoradas em 15 palmeiras, perfazendo 118 horas de observação planta focal, com 39 registros visuais e/ou sonoros deste animal. Para cada palmeira foram considerados quatro quadrantes (A, B, C e D), sendo A e D voltados à borda mais próxima e B e C direcionados para o interior da mata. Em cada um dos quadrantes foi realizada a contagem dos pirênios removidos, e, em transectos de 20 x 2 m, partindo de cada quadrante das palmeiras a um ângulo de 45º, foram contabilizados os prováveis poleiros e plântulas de 1, 2 ou 3 folhas. As observações foram realizadas em plataformas de observação distantes 10 m da palmeira, entre os meses de agosto a dezembro de 2002. Esquilos removeram pirênios a distâncias compreendidas entre 2,0 - 7,9 m da planta matriz e apesar de removerem a distâncias superiores na região das bordas, não houve remoção preferencial entre borda e interior. Este estudo indica que os esquilos estão atuando como um dos poucos dispersores de Attalea oleifera, apesar de formalmente referidos como predadores, visto que os potenciais dispersores encontram-se cada vez mais escassos, devido à destruição da floresta Atlântica

Page generated in 0.0332 seconds