• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 27
  • Tagged with
  • 27
  • 27
  • 15
  • 14
  • 11
  • 6
  • 6
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Influência do exercício físico em memória e funções executivas de pessoas com doença de Parkinson /

Tanaka, Kátia. January 2008 (has links)
Resumo: O objetivo deste estudo foi de analisar a influência de um programa de exercício físico generalizado na memória e nas funções executivas de pessoas com doença de Parkinson. A amostra inicial foi composta por 69 participantes de ambos os gêneros (n=23 - grupo controle (GC), sem doenças neurodegenerativas; n=23 - grupo controle com doença de Parkinson (GCP), não participaram de programa de exercício físico; e n=23 - grupo de treinamento (GT) participaram de um programa de exercício físico durante seis meses). Em todos os grupos, pré-intervenção, avaliouse: estágio da doença pela Escala de Hoehn-Yahr modificada; rastreio cognitivo pelo Mini-Exame do Estado Mental; nível de atividade física pelo Questionário Baecke Modificado para Idosos; memória declarativa episódica e capacidade de evocação pelos sub-testes Memória Lógica I e II; memória de curto prazo, memória declarativa episódica, aprendizagem, capacidade de evocação e funções executivas pelo subteste Pares Verbais Associados; memória visuo-espacial pelo sub-teste Blocos de Corsi; memória de curto prazo e memória operacional pelo sub-teste Dígitos; memória operacional pelo sub-teste Sequência de Números e Letras; funções executivas pelo Teste Wisconsin de Classificação de Cartões; atenção concentrada pelo sub-teste Procurar Símbolos; sintomas de ansiedade pelo Inventário de Ansiedade Traço-Estado; sintomas depressivos pela Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão; e sintomas de estresse pelo Inventário de Sintomas de Stress para adultos de Lipp. Após seis meses de intervenção, 56 participantes (n=20 GC; n=20 GCP; n=16 GT) foram reavaliados pelos mesmos testes. Para a análise dos dados foi utilizada estatística descritiva (média e desvio-padrão) e ANOVA two-way para medidas repetidas em todas as variáveis com nível de significância... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The purpose of this study was to analyze the influence of a generalized physical exercise program on memory and executive functions in people with Parkinson's disease. The initial sample was composed by 69 participants of both gender (n=23 - control group (CG), without neurodegenerative diseases; n=23 - control group with Parkinson's disease (CGP), no participated in program of physical exercise; and n=23 - training group (TG), participated in program of physical exercíse for six months). In all of the groups, pre-intervention, was evaluated: severity of disease by Hoehn-Yahr Scale; cognitive screening by Mini-Mental State Examination; level of physical activity by Questionnaires Baecke Modified for the Elderly; episodic memory and recall memory by sub-tests Logic Memory I and II; short-term memory, episodic memory, learning, recall memory and executive functions by sub-test Paired Associated Learning; visuo-spatial memory by sub-test Corsi's Block-tapping test; short-term memory and working memory by sub-test Digits span; working memory by sub-test Letter Number Sequencing; executive functions by the Wisconsin Card Sorting Test; concentrated attention by sub-test Symbol Search; anxiety symptoms by State-Trait Anxiety Inventory; depressive symptoms by the Hospital Anxiety and Depression Scale; and stress symptoms by Lipp's Stress Symptoms Inventory for Adults. After six months of intervention, 56 participants (n=20 CG; n=20 CGP; n=16 TG) were revalued by the same tests. For the analysis of the data it was used descriptive statistics (mean and standard deviation) and two-way ANOVA for repeated measurements of all variables. The level of significance adopted was p<0.05. The results pointed significant interactions (p<0.05) in episodic memory, recall memory, learning, visuo-spatial memory, working memory and executive... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Sebastião Gobbi / Coorientador: Ruth Ferreira Santos / Banca: José Carlos Fernandes Galduróz / Banca: Florindo Stella / Mestre
2

Modulação do metabolismo muscular de glicose e proteínas pelo exercício em ratos diabéticos /

Oliveira, Camila Aparecida Machado de. January 2007 (has links)
Resumo: O exercício físico tem sido recomendado no tratamento do diabetes mellitus e suas complicações metabólicas, mas os mecanismos envolvidos nesta intervenção não são totalmente conhecidos. Pesquisas com modelos animais oferecem oportunidade para o estudo mais aprofundado dessa questão. Contudo, alguns resultados são questionados pela falta de informação sobre a intensidade do esforço realizado pelo animal durante o exercício. Desta forma, o presente estudo foi delineado para analisar os efeitos do treinamento físico realizado em intensidade equivalente à transição aeróbia-anaeróbia (determinada pelo teste de lactato mínimo ou de máxima fase estável de lactato), sobre o metabolismo muscular das proteínas e da glicose e sobre a função endotelial em ratos diabéticos aloxânicos. Para isso foram realizadas 3 séries separadas de experimentos. Para indução do diabetes, ratos jovens da linhagem Wistar receberam aloxana monoidratada Sigma (30 mg/Kg de peso corporal, i.v. - grupo SD). Como controles foram utilizados ratos injetados com tampão citrato (grupo SC). Após 2 semanas da administração da droga, os animais realizaram testes para a identificação da intensidade de exercício correspondente à transição aeróbia-anaeróbia e, à partir de então, parte dos animais controles e parte dos animais diabéticos foram submetidos ao treinamento de natação 1h/dia, 5 dias/semana, com sobrecarga equivalente à transição aeróbia-anaeróbia, por 6-8 semanas (grupos TC e TD, respectivamente). Os animais foram avaliados "in vivo" quanto a tolerância à glicose e sacrificados para coleta de material visando análises "in vitro" no músculo sóleo: captação e oxidação de glicose, síntese de glicogênio, produção de lactato, síntese e degradação de proteínas e avaliação da função endotelial por análise da reatividade da artéria aorta... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Exercise has been indicated in the treatment of diabetes mellitus and its metabolic complications, but the mechanisms involved in this intervention are not completely known. Researches with animal models offer a great opportunity to further study this issue. However, some results are challenged due the lack of information about the intensity of the effort performed by the animal during exercise. Therefore, the present study was designed to analyse the effects of physical training at the intensity of the aerobic-anaerobic transition (determined by the lactate minimum test or the maximal lactate steady state test), on muscle metabolism of proteins and glucose and on the endothelial function in alloxan diabetic rats. For this purpose, 3 separated sets of experiments were performed. Adult Wistar rats received monohidrated alloxan from Sigma (30 mg/Kg of body weight, i.v.). As controls were used vehicle-injected (citrate buffer) rats. Two weeks after drug application, the animals performed tests to determine the aerobic-anaerobic transition exercise intensity, and then, part of the animals were submitted to swimming training 1h/day, 5 days/weeks, with an overload equivalent to the aerobic-anaerobic transition, during 6-8 weeks. The animals were evaluated "in vivo" for glucose tolerance and sacrificed for material collection aimig "in vitro" analyses on soleus muscle: glucose uptake and oxidation, glycogen synthesis, lactate production, protein synthesis and degradation; and on aorta artery: endothelial function through vascular reactivity to acetilcholine and sodium nitroprussiate. All assessments occurred 48 hours after exercise. In general, we observed improvements on glucose tolerance and on glucose and protein metabolism in isolated soleus muscle, as well as improvements in the endothelial fuction in the exercised diabetic animals. Beside, both protocols used... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Maria Alice Rostom de Mello / Coorientador: Maria Cristina Cintra Gomes-Marcondes / Banca: Eliete Luciano / Banca: Eliane Stevanato / Banca: Tânia Cristina Pithon Curi / Banca: Everardo Magalhães Carneiro / Doutor
3

Influência da música no estado de ânimo e no desempenho em exercícios /

Nakamura, Priscila Missaki. January 2007 (has links)
Orientador: Eduardo Kokubun / Banca: Fábio Yuzo Nakamura / Banca: Silvia Deutsch / Resumo: É bem conhecida a influência da música no desempenho do exercício no domínio moderado e nos estados de ânimo. Poucos estudos investigaram essa relação em exercícios no domínio intenso e severo. Além disso, a audição de música é bastante disseminada entre praticantes de atividade física, os quais devem selecionar músicas de acordo com suas preferências pessoais. Entretanto, a relação entre a preferência musical e o desempenho e o estado de ânimo não está esclarecido. Desse modo, dois estudos foram propostos. O objetivo do estudo 1 foi de verificar a influência da audição da música preferida e não preferida no desempenho, nas respostas fisiológicas, na percepção subjetiva de esforço (PSE) e nos estados de ânimo em exercícios no domínio severo no cicloergômetro. O objetivo do estudo 2 foi de verificar a influência da audição da música preferida e não preferidas nas mesmas variáveis do estudo 1 em exercícios no domínio intenso no cicolergômetro. No primeiro estudo foram determinados os parâmetros da Potência Crítica (PCrit) em diferentes protocolos, Música Preferida (MP), Não Preferida (NP) e Sem Música (SM). Foram submetidos para o estudo quatro mulheres e seis homens. Após ouvirem ou não a música os sujeitos realizaram o aquecimento e o teste. Foram avaliados a Freqüência Cardíaca (FC), concentração de lactato sanguíneo [LAc]s, PSE e estado de ânimo. A FC, PSE, [LAC]s e os parâmetros da PCrit não apresentaram diferença estatística para os três diferentes protocolos. Porém os estados de ânimo para os adjetivos positivos apresentaram maiores valores no momento da fadiga para a MP. Conclui-se que a audição da música preferida só é capaz de influenciar os estados de ânimo no domínio severo. Participaram do estudo 2, cinco mulheres e seis homens,os quais foram submetidos a 2 protocolos de teste. No primeiro foi obtido os... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The music influence in the performance, in moderate exercise and mood states has already been well elucidated in literature. However, some studies have found improvement in these variables in the intense and severe exercise. Besides, listening to music is enough disseminated among physical activity apprentices, who can select music in accordance to their personal preferences. However, the relation musical preference between the performance and mood state is not explained. Therefore, two goals were proposed. The first study was to analyze the influence of listening preferred and non-preferred music considering the performance, physiologic responses, Rating Perceived Exertion (RPE) and mood states in the severe exercise on ergometer cycle. The second goal was to analyze the influence of listening preferred and non-preferred music according to the same variables of the first goal, but in the intense exercise on the ergometer cycle. The study one determined Critical Power model parameters (CP) in different protocols, Preferred Music (PM), Non- Preferred Music (NP) and Without Music (WM). Four women and six men were submitted to the study. After listening or not to the music the subjects carried out the warm-up and the test. The Heart Rate (HR), Blood Concentration Lactate ([LA]), RPE and mood states were examined. Significant differences were not found in HR, [LA], RPE and CP parameters. However, the data showed that the positive mood states in fatigue moment was higher in PM than in NP and WM. The data also showed that the audition of the preferred music is only able to influence the mood state in severe exercise. Four women and six men were submitted on the second study. CP parameters were determined across the two loads after two tests (Load CP and Load below CP). In this study, the HR, [LA], RPE and mood states were examined during twenty minutes... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
4

Metabolismo do ferro e lipoperoxidação eritrocitária em equinos puro sangue árabe sumetidos ao exercício em esteira e suplementados com vitamina E (dl-alfa-tocoferol) /

Machado, Luciana Pereira. January 2009 (has links)
Orientador: Aguemi Kohayagawa / Banca: Regina Kiomi Takahira / Banca: Rogério Martins Amorim / Banca: Mara Regina Stipp Balarin / Banca: Paulo Cesar Ciarlini / Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do exercício progressivo em esteira de alta velocidade, do treinamento e da suplementação com vitamina E no metabolismo do ferro e na lipoperoxidação eritrocitária em equinos Puro Sangue Árabe. Foram utilizados 16 animais, distribuídos em dois grupos: controle (GC=8) e suplementado com vitamina E (GE=8) (1.000 U/animal/dia). Os equinos não treinados foram submetidos a uma prova de exercício progressivo (P1). Em seguida, foram treinados por 20 dias e submetidos a uma segunda prova de exercício (P2). O protocolo de exercício para as duas provas iniciou-se a 1,8m/s por 5 min, 4m/s por 3min, 6m/s por 2min seguido de fases de 1min em velocidades crescentes até que os animais conseguissem manter-se em exercício, com a esteira inclinada a +7%. Não houve influência da suplementação com vitamina E ou do treinamento no metabolismo do ferro. O ferro sérico aumentou imediatamente após o exercício por hemoconcentração e houve redução por sequestro após 6h, retornando aos valores basais em 24h. O exercício induziu "pseudoanemia" entre 6 a 120h após o exercício nos animais não treinados. Não houve alteração na concentração de ferritina sérica. O MDA eritrocitário basal foi maior nos animais treinados e houve maior produção in vitro de MDA eritrocitário nos animais suplementados. O MDA sérico aumentou 30min após o exercício e a concentração de vitamina E sérica não se alterou. Conclui-se que este protocolo de exercício promove alteração da dinâmica de distribuição do ferro, mas não altera o conteúdo total de ferro do organismo. A mensuração do MDA sérico é sensível para avaliar o estresse oxidativo induzido pelo exercício, porém o MDA eritrocitário basal é mais eficiente para avaliar o estresse do treinamento. A suplementação com vitamina E não impediu o estresse oxidativo. / Abstract: This study aimed to evaluate the effects of incremental exercise in high-speed treadmill, training and vitamin E supplementation on iron metabolism and erythrocyte lipoperoxidation in Arabian horses. Sixteen animals were distributed into two groups: control (GC=8) and supplemented with vitamin E (GE=8) (1,000 U/animal/day). The untrained horses were submitted to an incremental exercise trial (P1). Then, they were submitted to a 20 day training period and to a second incremental exercise trial (P2). Exercise protocol for two tests was started with 1.8m/s for 5 min, 4m/s for 3 min, 6m/s for 2 min and right after, periods of 1 min and challenging the equines with increasing speeds until the animals hasn't no condition to prolong the exercise. There was no influence of vitamin E supplementation or training on iron metabolism. Serum iron levels increased immediately after exercise due to hemoconcentration and there was a reduction by sequestration after 6 h, which returned to basal values in 24 h. The exercise induced a "pseudoanemia" 6 to 120 h after the exercise in untrained animals. There was no alteration in serum ferritin concentration. Basal erythrocyte MDA was higher in trained animals and there was major in vitro erythrocyte MDA production in supplemented animals. Serum MDA elevated 30 min after exercise and vitamin E concentration did not change. In conclusion, this exercise protocol promotes changes in iron distribution dynamic, but do not change the total iron containing in the organism. Serum MDA measurement is sensitive to evaluate the oxidative stress induced by exercise, however basal erythrocyte MDA is more efficient to evaluate training stress. Vitamin E supplementation not avoids oxidative stress. / Doutor
5

Efeito dos exercícios aeróbio contínuo e com pesos combinados sobre a sinalização insulínica e transportador de glicose em musculatura esquelética de ratos obesos /

Pinto Júnior, Danilo Antônio Corrêa. January 2012 (has links)
Orientador: Patrícia Monteiro Seraphim / Banca: Doris Hissako Sumida / Banca: Henrique Luiz Monteiro / Resumo: A obesidade é uma condição que afeta muitos indivíduos e está relacionada a vários tipos de disfunções,como a resistência insulínica.Esta patologiase dá devido a uma falha na sinalização entre o hormônio, proteínas intracelularese o GLUT4 em células musculares e adiposas. Alguns fatores contribuem para aumentar esta falha, como o aumento da fosforilação em serinado IRS -1 e atividade pró -inflamatória. Uma maneira indireta de se avaliar o grau de inflamação é analisar a expressão do SOCS3,que estámais expressoquando há maior atividade inflamatória. Aprática de exercício físico aparece como uma importante ferramenta, pois melhora a sensibilidade insulínica e pode aumentara expressão do transportador de glicose até mesmo em animais obesos. Oobjetivo do trabalho foiavaliar o efeito dos exercícios aeróbio contínuo e com pesoscombinadossobre a via de sinalização da insulina e expressão de transportador... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Obesity is a condition that affects manypeople and is related with some kindof diseases, like insulin resistance.This pathology occurs because of animpairmenton activation of GLUT4 machinery (insulin signaling, activation of intracellular proteins) in skeletal muscle and adipose tissue. Some factors contributedirectly with this illness, like increase IRS -1 serinephosphorylationand pro -inflammatoryactivity. An indirect way to measure inflammation istoanalyze expression of SOCS3, because when it is overexpressed means thatthere are more pro -inflammatory activity.Literature shows that physical exercise can improve insulin sensitivity by increases of GLUT4 expression even in obese rats. So we aimed... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
6

Efeitos do exercício prévio de intensidade supramáxima sobre a cinética do consumo de oxigênio em ciclistas treinados /

Machado, Carlos Eduardo Polazzo. January 2005 (has links)
Orientador: Benedito Sérgio Denadai / Banca: Camila Coelho Greco / Banca: Marco Tulio de Mello / Resumo: O surgimento de equipamentos que permitem a análise do consumo de oxigênio (VO2) respiração-a- respiração, tem despertado um grande interesse nos fatores que podem influenciar sua cinética no início do exercício (resposta on). Entre os fatores mais estudados, temos a intensidade do exercício e o nível do treinamento dos sujeitos. Estes dados sugerem que a influência do exercício prévio sobre o VO2 durante o exercício incremental só ocorreria em baixas intensidades de esforço (< 60% VO2max). Os objetivos deste estudo foram: a) analisar a influência do exercício supramáximo realizado previamente, sobre os parâmetros da cinética do VO2 durante a transição repouso-exercício realizado a 50 e 70% VO2max, e b) analisar a influência do exercício supramáximo realizado previamente sobre as respostas cardiorrespiratórias e metabólicas durante o exercício de carga constante realizado a 50 e 70% VO2max. Para este estudo foram utilizados 14 ciclistas bem treinados do sexo masculino (VO2max = 63,4 + 6,5 ml.kg-1.min-1; idade = 21,4 + 3,5 anos; massa corporal = 68,1 + 6,8 kg; estatura = 174,9 + 4,6 cm) que executaram cinco testes: 1) exercício contínuo progressivo até a exaustão voluntária para a determinação do VO2max e as cargas correspondentes a 50, 70 e 120% VO2max e; 2) Quatro testes de carga constante, executados de forma aleatória e em dias separados. Nestes testes os sujeitos pedalaram durante 20 minutos em duas diferentes intensidades de exercício (50 e 70% do VO2max), realizados com e sem a execução prévia de um exercício supramáximo (120% VO2max). Foi analisada a resposta on do VO2 e também as respostas cardiorrespiratórias e metabólicas durante 20 minutos de exercício com carga constante realizados a 50 e 70% VO2max... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The appearance of an equipment that permits the oxygen consumption analysis (VO2) breath by breath has arisen a huge interest in factors which can influence its dynamics in the beginning of exercise (on response). Among the more studied factors, are the exercise intensity and training status. Meanwhile, few studies have analyzed the possible effects of previous exercise on the VO2response during exercise at moderate domain. In our lab, we have verified recently that during an incremental test performed eight minutes after a supramaximum exercise (120% VO2max), there was a significant VO2 increase in the first stage, while, at the intensities between 60% and VO2max, no alteration of VO2 was found, in accordance with the results existent in the literature. These results suggest that the influence of a previous exercise on the VO2 during the incremental exercise would just occur at low intensities (< 60% VO2 max). This model, meanwhile, does not permit to isolate a possible time effect of the exercise, once the highest intensities were always done after two or three stages, which could have favored a recovery, at least partially, of the metabolic conditions. In this way, the data until the present moment do not permit to identify if the normalization of VO2 during the incremental exercise is more dependent on the time and/or the exercise intensity. Therefore, the aims of this study were: a) to analyze the influence of the previous supramaximum exercise on the VO2 kinetics during the rest-exercise transition carried out at 50 and 70% VO2max, and b) to analyze the influence of the previous supramaximum exercise on the cardiorespiratory and metabolic responses during the constant loading exercise performed at 50 and 70% VO2max... (Complete abstract, click eletronic address below) / Mestre
7

Comparação dos efeitos da hidrocinesioterapia e do treinamento físico realizado no solo em hipertensas /

Arca, Eduardo Aguilar. January 2010 (has links)
Resumo: O propósito deste trabalho foi comparar os efeitos do treinamento aquático com o treinamento físico realizado no solo sobre a pressão arterial, medidas antropométricas, variáveis bioquímicas e hormonais em hipertensas. Foram avaliadas 52 mulheres hipertensas, randomizadas em três grupos: grupo água (GA; n=19), grupo solo (GS; n=19) e grupo controle (GC; n=14). Em todos os grupos foram realizadas análises da atividade da renina plasmática (APR) e do peptídeo natriurérico do tipo B (BNP) antes e após as 12 semanas de programas de exercícios. Os dados paramétricos foram expressos em média e desvio-padrão, sendo utilizada a análise de variância de duas vias para medidas repetidas. Para a variável BNP foi ajustado um modelo para medidas repetidas assumindo distribuição gamma baseado em equações de estimações generalizadas. Em ambos os testes, o nível de significância foi de 5%. No GA, houve aumento de peso corporal (de 67,6±13,4 kg para 68,4±13,8 kg) e IMC (de 27,0±5,1 Kg/m2 para 27,7±5,3 Kg/m2), diminuição da PAS (mercúrio) de 136 ± 16 mm Hg no momento zero (M0) para 124±18 mm Hg no M11 e 124±15 mm Hg no M12 e da PAS (automático) que se reduziu de 132 ± 18 mm Hg no M0 para 124 ± 14 mm Hg no M8, 124 ±16 mm Hg no M10 e 125 ± 16 mm Hg no M12. No GS, houve diminuição do VLDL (de 32,1±15,2 mg/dl para 25,8±12,5 mg/dl), da PAS (mercúrio), de 138 ± 15 mm Hg no M0 para 125 ± 10 mm Hg no M7, 127 ± 10 mm Hg no M10 e 126 ± 9 mm Hg no M12 e da PAS (automático) de 135 ±20 mm Hg no M0 para 125 ± 11mm Hg no M10. O grupo controle não teve modificações estatísticas em quaisquer das variáveis avaliadas. Os grupos não diferiram quanto às pressões basais e diferiram quanto à pressão no fim do seguimento, sendo que a pressão arterial do grupo controle foi superior à dos grupos experimentais que foram semelhantes entre si. Nenhuma outra variável ...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The purpose of this study was to compare the effects of aquatic training with physical training carried out on the floor on blood pressure, anthropometric measurements, biochemical and hormonal variables in hypertension. A total of 52 hypertensive women were randomized into three groups: Water Group (WG, n = 19), Land Group (LG, n = 19) and Control Group (CG, n = 14). In all groups analysis of plasma renin activity (PRA) and peptide natriuretic type B (BNP) were performed before and after 12 weeks of exercise programs. Parametric data were expressed as mean and standard deviation. Comparison between groups and moments was performed using two-way analysis of variance for repeated measures. For the variable BNP was set a model for repeated measures assuming gamma distribution based on generalized estimation equations. In both tests, the level of significance was 5%. In WG, there was an statistically significant increase of body weight (67,6 ± 13.4 kg to 68,4 ± 13,8 kg) and BMI (27,0 ± 5,1 kg/m2 to 27,7 ± 5,3 kg / m2), a decrease in SBP (mercury) from 136 ± 16 mm Hg at the baseline (M0) to 124 ± 18 mm Hg in M11 and 124 ± 15 mm Hg in M12. Measurements obtained by automatic device was reduced from 132 ± 18 mm Hg in M0 to 124 ± 14 mm Hg in M8, 124 ± 16 mm Hg in M10 and 125 ± 16 mm Hg in M12. In LG, there was a decrease of VLDL (from 32,1 ± 15,2 mg / dl to 25,8 ± 12,5 mg / dl), BP (mercury) of 138 ± 15 mm Hg in M0 to 125 ± 10 mm Hg in M7, 127 ± 10 mm Hg in M10 and 126 ± 9 mm Hg in M12. Measurements obtained with automatic device 135 ± 20 mm Hg in M0 to 125 ± 11 mm Hg in M10. The CG had no statistical changes in any of the variables. The groups did not differ in baseline pressures and differ in terms of pressure at the end of follow-up, the pressure in the control group was higher than that of the experimental groups. The response of blood pressure were similar in both ...(Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Luis Cuadrado Martin / Coorientador: Roberto Jorge da Silva Franco / Banca: Carlos Eduardo Negrão / Banca: Jesus Carlos Andreo / Banca: Roberto Carlos Burini / Banca: Marina Politi Okoshi / Doutor
8

Efeitos do treinamento físico associado à suplementação de L-arginina na resposta relaxante de artéria femoral de ratos /

Silva, Alexandre Sérgio. January 2009 (has links)
Resumo: O treinamento físico é considerado uma importante ferramenta no tratamento não farmacológico da hipertensão arterial por promover relaxamento vascular através de vários mecanismos. A L-arginina também tem sido relacionada a melhoria da função endotelial e vasorrelaxamento. No entanto, a influência do exercício físico e da Larginina na resposta vasodilatadora mediada pelos adrenoceptores β adrenérgicos vasculares ainda não está esclarecida O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de um programa de treinamento físico e da suplementação de L-arginina na reatividade vascular da artéria femoral de ratos Wistar. Animais com idade de 12 semanas foram randomicamente divididos em quatro grupos: sedentários (SD), treinados (TR), sedentários que suplementaram L-arginina (SD-ARG), e treinados que suplementaram L-arginina (TR-ARG). Os grupos treinados realizaram exercício de corrida em esteira durante um mês, cinco dias por semana, em sessões com duração de 60 minutos, e velocidade de 1,2 Km/h. Os grupos suplementados tiveram 1,25 g de L-arginina adicionado a cada litro da água de beber, pelo mesmo período do protocolo de treinamento físico. Quarenta e oito horas após o protocolo experimental, os animais foram sacrificados, e suas porções proximais da artéria femoral direita foram dissecadas e colocados em solução de Krebs-Ringer. Curvas concentração-efeito foram feitas para o isoproterenol (1nM - 10uM), após pré contração com fenilefrina (1 uM) em anéis íntegros ou desnudados de endotélio. Observou-se que a combinação de Treinamento físico e suplementação de Larginina, promoveu redução significativa do peso corporal dos animais, sem que treinamento ou suplementação isoladamente promovessem o mesmo efeito. A sensibilidade β-adrenérgica se mostrou significativamente reduzida com o treinamento físico, isoladamente ou associado... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Physical training is an important tool as a non pharmacological treatment of the arterial hypertension because of its several mechanisms which promote vasorelaxation. L-arginine is reported to improve either endothelial function or vascular relaxation. However, the influence of the physical exercise associated with L-arginine supplementation in the vascular relaxation mediated by vascular β adrenoceptores is not elucidated. The aim of this study was to investigate the effects of the physical training and L-arginine supplementation in the reactivity of femoral artery. Male Wistar rats (12 weeks old), were randomly separated in four groups: sedentary (SD), trained (TR), sedentary plus L-arginine supplementation (SD-ARG) and Trained plus L-arginine supplementation (TR-ARG). Physical exercise consisted in a running program in a motor-driven treadmill during 4 weeks, 5 days per week, 60 minutes per session, in a speed of 1.2 Km/h. Larginine was administered during 4 weeks in the drinking water (1.25 g/L), starting concomitantly with the exercise program. Animals were sacrificed 48 hours after the last session of exercise and the proximal segments of the femoral artery were removed and placed in Krebs-Ringer solution. Concentration-response curves were obtained to isoproterenol (1nM - 10uM), in rings with intact or denuded endothelium, precontracted with phenylephrine (1uM). The association of physical training and L-arginine supplementation resulted in a significant decrease in the body weight. However, physical training or L-arginine alone did not promote the same effect. The β-adrenergic receptors sensitivity was significantly decreased after physical training or L-arginine supplementation at the pEC50 level (SD: 7.13 ± 0.05; TR: 6.93 ± 0.03; SD-ARG: 7.22 ± 0.02; TR-ARG: 6.90 ± 0.01), with no changes in the maximal responses... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Angelina Zanesco / Coorientador: Fernanda Bruschi Marinho Priviero / Banca: Edson Antunes / Banca: Adelino Sanchez Ramos da Silva / Banca: Everardo Magalhães Carneiro / Banca: Camila de Morais / Doutor
9

Efeitos do treinamento resistido concêntrico versus excêntrico sobre parâmetros clínicos e funcionais /

Campoy, Fernanda Assen Soares. January 2011 (has links)
Orientador: Carlos Marcelo Pastre / Banca: Jayme Netto Júnior / Banca: Claudia Santos Oliveira / Resumo: Introdução: exercícios resistidos são amplamente utilizados visando principalmente ao ganho de força muscular. Ações concêntricas e excêntricas são incluídas em programas de treinamento desta natureza, contudo, estudos que comparam os dois tipos, apresentam divergências entre eles em relação às adaptações promovidas. Levando em consideração a importância da relação custo benefício quanto à aplicação destas contrações nos processos de reabilitação e treinamento, entende-se como importante empreender investigação sobre as respostas clínicas e funcionais em ensaio clínico. Objetivo: analisar e comparar os efeitos de estímulos de estresse e treinamento, a partir de contrações musculares concêntricas versus excêntricas, sobre parâmetros clínicos e funcionais, em sujeitos saudáveis e fisicamente ativos. Casuística e Métodos: o estudo foi composto por 93 sujeitos, com idade entre 18 e 31 anos e divididos em quatro grupos: ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Introduction: resistance exercises are widely used mainly aiming to gain muscle strength. Concentric and eccentric actions are included in training programs of this nature, however studies comparing the two types, show differences between them regarding the importance of cost effectiveness in the implementation of these contractions in the process of rehabilitation and training as an important means to undertake research on the clinical and functional responses in clinical trial. Objective: to analyze and compare the effects of stress stimuli and training, from concentric versus eccentric muscle contractions on clinical and functional parameters in healthy subjects and physically active. Casuistry and Methods: the study comprised 93 subjects, aged between 18 and 31 years and divided into four groups: ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
10

Concentração de lactato, eletrólitos e hemogasometria em eqüinos não treinados e treinados durantes testes de esforço progressivo /

Silva, Marco Augusto Giannoccaro da. January 2008 (has links)
Orientador: José Corrêa de Lacerda Neto / Banca: Paulo Sérgio Patto dos Santos / Banca: Fabiana Garcia Christovão / Banca: Antonio de Queiroz Neto / Banca: Áureo Evangelista Santana / Resumo: Objetivou-se avaliar o treinamento realizado com base no limiar de lactato e a resposta hemogasométrica.e eletrolítica arterial e venosa de eqüinos da raça Puro Sangue Árabe submetidos a exercícios testes progressivos. Foram utilizados nove eqüinos, machos ou fêmeas, adultos jovens destreinados. Os animais foram previamente adaptados ao trabalho em esteira rolante e, em seguida, submetidos a exercício teste caracterizado por etapas de velocidades crescentes até que o esforço máximo fosse atingido. Antes, durante e ao final do exercício, bem como após e 30 minutos após o desaquecimento foram colhidas amostras de sangue venoso e arterial para a mensuração de algumas variáveis como Na+, K+, Cai, cr, Lac, Osm, pH, POz, PC02, SatOz, HC03-, Hct, Hb, EB e o AG. O protocolo de treinamento foi estabelecido com base no limiar de lactato (LL) determinado individualmente, sendo este, considerado como sendo o primeiro ponto no qual houve aumento da concentração de lactato superior a 1,0 mmol/L. Os animais foram submetidos a treinamento de resistência por seis semanas, sendo que as sessões tinham duração de 45 mino e eram realizadas três vezes por semana. Após este período, os animais eram sub.metidos, novamente, ao mesmo exercício teste. Os valores de Lac diminuíram enquanto que o pH, a V4 e a Vmáx aumentaram após o treinamento, refletindo a melhora no condicionamento dos animais. As concentrações de Na+, K+, Hb assim como os valores de hematócrito diminuíram após o treinamento em resposta à hipervolemia. Houve aumento do cálcio ionizado pós-treinamento. A POz arterial manteve-se constante, antes e após o treinamento, durante o exercício, não sendo observado hipoxemia. Houve diminuição da PaCOZ paralelamente ao aumento da intensidade do exercício estando associada à hiperventilação... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: This work was earried out with the objeetive to evaluate the training released with base in the laetate threshold and the response hemogasometrie and eleetrolytie in venous and arterial blood samples of Thoroughbred Arabian horses. There were utilized nine equines, males or females, young adults fully detrained. The animais previously had been adapted to the work in treadmill and, afie r that, submitted the exereise test eharaeterized by stages of inereasing speeds until the maximum effort was reaehed. Sefore, during and to the end of the exereise, as well as afie r and 30 minutes after the aetivities were finished, samples of both venous and arterial blood were colleeted in order to measure some variables like Na+, K+, Cai, cr, Lae, Osm, pH, P02, PC02, Sat02, HC03-, Het, Hb, ES e o AG. The training protoeol was established on the basis of the laetate threshold (LL) determined individually, being this, eonsidered as being the first point in whieh had inerease of the superior laetate eoneentration 1,0 mmol/L. The animais were submitted to training of resistanee during six weeks, with sessions of 45 minutes, three times a week. Afier this period, the animais were submitted, again, to same type of exereise. The values of Lae had diminished whereas pH, V4 and Vmáx inereased afie r the training, refleeting the improvement in the conditioning of the animais. The eoneentràtions of Na+, K+, Hb as well as the values of hematoerit deereased afier the training in reply to the hypervolemy. Afier-training had increase of ionized ealeium. The P02 arterial remained eonstant, before and afier the training, during the exereise, and hypoxemy wasn't observed. A deereased in PaC02 parallel to the inerease of the intensity of the exereise was assoeiated to the hyperventilation. The instituted training on the basis of the laetate threshold promoted improvement of the physieal eondition and eonsequently, in the bioehemists and hemogasometries variables. / Doutor

Page generated in 0.052 seconds