• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 153
  • 9
  • 9
  • 9
  • 9
  • 7
  • 2
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 159
  • 73
  • 55
  • 45
  • 33
  • 27
  • 25
  • 25
  • 19
  • 19
  • 18
  • 17
  • 16
  • 15
  • 15
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Estudo inicial da influência de nióbio e carbono na recristalização e propriedades mecânicas do níquel

Soares, Maria da Conceição Barbosa Vieira, Instituto de Engenharia Nuclear 06 1900 (has links)
Submitted by Marcele Costal de Castro (costalcastro@gmail.com) on 2017-12-08T17:22:47Z No. of bitstreams: 1 MARIA DA CONCEIÇÃO BARBOSA VIEIRA SOARES M.pdf: 4185114 bytes, checksum: 99fed97c531f6387cbc5eb40a7f5f2cd (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-08T17:22:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MARIA DA CONCEIÇÃO BARBOSA VIEIRA SOARES M.pdf: 4185114 bytes, checksum: 99fed97c531f6387cbc5eb40a7f5f2cd (MD5) Previous issue date: 1986-06 / O trabalho procura estudar os efeitos da adição de nióbio e carbono no processo de recristalização do níquel quando laminado a quente. Para tanto foram elaborados por fusão a vácuo, lingotes de uma liga Ni-0,5 Nb - 0,05 C em peso e de níquel eletrolítico, e suas características mecânicas e metalográficas "determinadas após duas condições distintas de laminação a quente: cinco e seis passes sucessivos de laminação (69% e 75% de redução, respectivamente), partindo de uma temperatura de 1200°C. Foi constatado que a adição de nióbio e carbono promove uma redução no tamanho de grão recristalizado e que, sob determinadas condições de deformação e temperatura mais baixas, a recristalização da austenita e inteiramente restringida. Algumas evidencias iniciais são apresentadas, indicando uma posssível atuação de partículas precipitadas no retardo da recristalização, de maneira análoga ã atuação de carbonetos e carbonitretos de nióbio nos aços microligados. / The aim of the work is to study the effects of Niobium and Carbon additions on Nickel recrystallization during hot rolling. The study was performed on electrolitic Nickel and a Ni-0.5 Nb-0.05 C % wt alloy prepared in a vacuum furnace. Mechanical and metallographic properties of both were determined after two treatments: five and six pass of hot rolling with 69% and 75% reduction respectively and temperatures ranging from 1200°C to 860°C. It was identified that Niobium and Carbon additions cause a decrease in the recrystallized grain size and at certain conditions of deformation and temperature may even inhibit Nickel recrystallization. The formation of NbC precipitates is reported as apossible cause for the inhibition of Nickel recrystallizationas it is in HSLA steels.
12

Modelamento e analise de sistemas de laminação de tiras a quente

Santa Barbara, Ailton 03 May 1985 (has links)
Orientador: Wagner Caradori do Amaral / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Campinas / Made available in DSpace on 2018-07-16T07:20:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SantaBarbara_Ailton_M.pdf: 10722390 bytes, checksum: 0ad31ea6921660a12e214ed496c2710e (MD5) Previous issue date: 1985 / Resumo: Neste trabalho, realiza-se uma análise dos modelos matemáticos do processo de laminação de tiras a quentes existentes na literatura. Esta análise permite a determinação de um modelo para o cálculo do set-up de um laminador de tiras a quente, de modo a se obter a espessura de salda da tira dentro dos limites especificados pelo usuário. Mostra-se que os modelos existentes na literatura são obtidos a partir de hipóteses sobre as condições de atrito, considerando-se atrito aderente e deslizante. A partir da análise funcional do set-up, mostra-se que o cálculo do set-up está intrinsecamente relacionado com o modelo de posicionamento dos cilindros e com o modelo de previsão da força nos cilindros. Para o cálculo adequado do valor da força, analisam- se os modelos de Orowan, Sims, EI Kalay e Denton. A teoria de Orowan foi a primeira que realizou hipóteses simplificadoras mais coerentes com a prática, considerando atrito deslizante e aderente, e a não homogeneidade da tira. Devido a complexidade e a falta de solução analítica da teoria proposta por Orowan, Sims simplificou-a, supondo que o atrito é aderente por todo o arco de contato, é deformação do raio no arco de contato. O modelo proposta por EI Kalay supõe atrito aderente e deslizante no arco de contato. Este modelo utiliza a teoria de Sims para atrito aderente e a teoria de Bland e Ford de laminação a frio para atrito deslizante. Além disso, EI Kalay considerou o fator de não homogeneidade à deformação de Orowan constante nas regiões de atrito. Denton tornou este fator variável na teoria. de EI Kalay para a região de deslize. Para o cálculo da força dos cilindros, também é necessário analisar-se a temperatura e a resistência a deformação da tira. Neste trabalho, são analisados modelos para a temperatura, onde considera-se a transferência de calor em sólidos infinitos, e modelos experimentais para a resistência à deformação, obtidos através de análise estatística de dados experimentais.Da comparação entre os modelos da força e os resulta¬dos experimentais, obtém-se modelos apropriados para determina¬das condições de laminação. Os resultados de simulação evidenciam as características de cada modelo analisado. Finalmente, propõe-se um algoritmo de set-up que utiliza os modelos mais adequados com as condições de laminação analisadas / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Engenharia Elétrica
13

Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador

Bueno, Eduardo Weigelt January 2012 (has links)
Os defeitos superficiais são os maiores problemas de qualidade em barras laminadas a quente, representando inúmeros transtornos durante o processo produtivo, pois dependendo de suas características geram elevada rejeição durante o processo de inspeção. Elevada rejeição significa retrabalho e possível sucateamento. Dentre as diversas causas para a ocorrência de defeitos superficiais, estão os defeitos nos tarugos, a temperatura de laminação, conseqüência da temperatura de reaquecimento e ritmo de laminação e a remoção de carepa após o reaquecimento. Definiu-se o aço SAE 1043 para o desenvolvimento deste trabalho devido aos níveis de rejeição superficial e elevados volumes de produção, o que gera grande impacto na produção das linhas de inspeção. Os resultados obtidos a partir dos testes realizados demonstram que a temperatura de laminação até determinado limite não tem influência na rejeição superficial, mas que abaixo deste gera elevado índice de rejeição. O uso do descarepador tem grande influencia nos níveis de defeitos superficiais, e o controle de seus parâmetros principais é fundamental. O condicionamento superficial dos tarugos é o parâmetro que mais apresentou influência positiva sobre a rejeição superficial, demonstrando que defeitos pré-existentes na matéria-prima têm grande impacto no produto final da laminação. / Surface defects are major quality problems in hot rolled bars, representing numerous disturbances during the production process, as depending on their characteristics generate high rejection during the inspection process. High rejection means rework and scrap. Among the various causes for the occurrence of surface defects are defects in the billets, rolling temperature, a consequence of the reheating temperature and rate of roll and removal of scale after reheating. The steel SAE 1043 used in this work was selected due to its level of surface defects and high production volumes, which generates large impact on production inspection process. The results show that the rolling temperature of up to a certain limit does not influence the surface defects, but below this generates a high rate of rejection. The use of descaling has a large influence on the levels of surface defects, and control of its main parameters is essential. The surface conditioning of billets is the parameter that showed a positive influence on the reduction of surface defects, demonstrating that pre-existing defects in materials has large impact on the final rolled product.
14

Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador

Bueno, Eduardo Weigelt January 2012 (has links)
Os defeitos superficiais são os maiores problemas de qualidade em barras laminadas a quente, representando inúmeros transtornos durante o processo produtivo, pois dependendo de suas características geram elevada rejeição durante o processo de inspeção. Elevada rejeição significa retrabalho e possível sucateamento. Dentre as diversas causas para a ocorrência de defeitos superficiais, estão os defeitos nos tarugos, a temperatura de laminação, conseqüência da temperatura de reaquecimento e ritmo de laminação e a remoção de carepa após o reaquecimento. Definiu-se o aço SAE 1043 para o desenvolvimento deste trabalho devido aos níveis de rejeição superficial e elevados volumes de produção, o que gera grande impacto na produção das linhas de inspeção. Os resultados obtidos a partir dos testes realizados demonstram que a temperatura de laminação até determinado limite não tem influência na rejeição superficial, mas que abaixo deste gera elevado índice de rejeição. O uso do descarepador tem grande influencia nos níveis de defeitos superficiais, e o controle de seus parâmetros principais é fundamental. O condicionamento superficial dos tarugos é o parâmetro que mais apresentou influência positiva sobre a rejeição superficial, demonstrando que defeitos pré-existentes na matéria-prima têm grande impacto no produto final da laminação. / Surface defects are major quality problems in hot rolled bars, representing numerous disturbances during the production process, as depending on their characteristics generate high rejection during the inspection process. High rejection means rework and scrap. Among the various causes for the occurrence of surface defects are defects in the billets, rolling temperature, a consequence of the reheating temperature and rate of roll and removal of scale after reheating. The steel SAE 1043 used in this work was selected due to its level of surface defects and high production volumes, which generates large impact on production inspection process. The results show that the rolling temperature of up to a certain limit does not influence the surface defects, but below this generates a high rate of rejection. The use of descaling has a large influence on the levels of surface defects, and control of its main parameters is essential. The surface conditioning of billets is the parameter that showed a positive influence on the reduction of surface defects, demonstrating that pre-existing defects in materials has large impact on the final rolled product.
15

Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador

Bueno, Eduardo Weigelt January 2012 (has links)
Os defeitos superficiais são os maiores problemas de qualidade em barras laminadas a quente, representando inúmeros transtornos durante o processo produtivo, pois dependendo de suas características geram elevada rejeição durante o processo de inspeção. Elevada rejeição significa retrabalho e possível sucateamento. Dentre as diversas causas para a ocorrência de defeitos superficiais, estão os defeitos nos tarugos, a temperatura de laminação, conseqüência da temperatura de reaquecimento e ritmo de laminação e a remoção de carepa após o reaquecimento. Definiu-se o aço SAE 1043 para o desenvolvimento deste trabalho devido aos níveis de rejeição superficial e elevados volumes de produção, o que gera grande impacto na produção das linhas de inspeção. Os resultados obtidos a partir dos testes realizados demonstram que a temperatura de laminação até determinado limite não tem influência na rejeição superficial, mas que abaixo deste gera elevado índice de rejeição. O uso do descarepador tem grande influencia nos níveis de defeitos superficiais, e o controle de seus parâmetros principais é fundamental. O condicionamento superficial dos tarugos é o parâmetro que mais apresentou influência positiva sobre a rejeição superficial, demonstrando que defeitos pré-existentes na matéria-prima têm grande impacto no produto final da laminação. / Surface defects are major quality problems in hot rolled bars, representing numerous disturbances during the production process, as depending on their characteristics generate high rejection during the inspection process. High rejection means rework and scrap. Among the various causes for the occurrence of surface defects are defects in the billets, rolling temperature, a consequence of the reheating temperature and rate of roll and removal of scale after reheating. The steel SAE 1043 used in this work was selected due to its level of surface defects and high production volumes, which generates large impact on production inspection process. The results show that the rolling temperature of up to a certain limit does not influence the surface defects, but below this generates a high rate of rejection. The use of descaling has a large influence on the levels of surface defects, and control of its main parameters is essential. The surface conditioning of billets is the parameter that showed a positive influence on the reduction of surface defects, demonstrating that pre-existing defects in materials has large impact on the final rolled product.
16

Contribuição ao estudo da laminação a frio de folhas de alumínio comercialmente puro

Melo, Ivan Vieira de January 1976 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica. / Made available in DSpace on 2012-10-15T19:45:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T13:14:21Z : No. of bitstreams: 1 180269.pdf: 9173623 bytes, checksum: 9d7c540e049871a3f24b6a4b8b285da4 (MD5)
17

Avaliação comparativa de barras laminadas do aço AISI 316L com e sem tratamento térmico de solubilização / Comparative study of AISI 316L rolled bars with and without solution annealing heat treatment

Ishida, Marco Aurelio January 2009 (has links)
A ampla utilização dos aços inoxidáveis austeníticos pode ser justificada pela combinação favorável de propriedades, tais como: resistência à corrosão e à oxidação, resistência mecânica a quente, trabalhabilidade e soldabilidade. As propriedades destes aços são afetadas, não somente pela matriz austenítica, mas, também, por inúmeras outras fases tais como ferrita δ, carbonetos, fases intermetálicas, nitretos, sulfetos, boretos e martensita induzida por deformação. A quantidade, o tamanho, a distribuição e a forma destas fases têm influência marcante nas propriedades do material. Um melhor entendimento da resposta de cada etapa de fabricação torna-se de grande valia na busca de processos mais otimizados e de maior previsibilidade. Este trabalho buscou comparar as características de barras laminadas de diâmetro 31,75 mm de aço inoxidável austenítico do tipo Fe-17%Cr-12%Ni-2,5%Mo (AISI 316L) como laminada e após tratamento térmico de solubilização. As amostras foram submetidas a ensaios de sensitização, conforme norma ASTM A262 - 93 A, ensaio de corrosão por exposição à névoa salina, segundo NBR 8094 e ASTM B 117, análises microestruturais através de microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura, análise comparativa das curvas de polarização e avaliação de algumas propriedades mecânicas. Testes realizados não apontam diferenças significantes nos ensaios realizados para verificar a influência na resistência à corrosão generalizada e à corrosão intergranular (sensitização). As análises das propriedades mecânicas apontam que o material que não sofreu tratamento de solubilização apresenta uma resistência mecânica maior, podendo estar associada a um menor tamanho de grão, porém menor alongamento, este podendo estar associado com uma maior concentração de ferrita delta. Através do ensaio eletroquímico de polarização potenciodinâmica e a análise da morfologia da superfície dos aços estudados, pôde-se perceber que o aço AISI 316L sem tratamento apresentou um comportamento mais nobre em termos de resistência à corrosão localizada. / The wide utilization of austenitic stainless steel can be justified by its favorable properties combinations such as: corrosion and oxidation resistance, hot work resistance, workability and weldability. Not only does the austenitic matrix affect the properties but also the range of possible phases such as δ-ferrite; carbides precipitation, intermetallic phases, nitrides, sulfides, borides and deformation-induced martensite. The quantity, size, distribution and morphology of theses phases have great influence on the material properties. Understanding the influence of each fabrication step becomes necessary to achieve an optimum and predictable process. The purpose of the present work was comparing the characteristics of 31,75 mm austenitic stainless steel round bars type Fe-17%Cr-12%Ni-2,5%Mo (AISI 316L) as rolled and after solution annealing heat treatment. The tested specimens were submitted to the susceptibility to intergranular attack test in accordance with ASTM A262 - 93 A standard, salt spray test in accordance with NBR 8094 and ASTM B 117 standard, microstructural analyses through optical microscopy and SEM (scanning electron microscopy), potentiodynamic polarization analysis and evaluation of some mechanical properties. Tests performed do not indicate significant differences between the sample that was heat treated and the one that was just rolled, concerning the salt spray test and the susceptibility to intergranular attack test. The mechanical properties tests indicate that the solution annealing heat treatment specimen had greater mechanical resistance which could be related to smaller grain size, but smaller elongation that could be associated with greater δ ferrite concentration. Potentiodynamic polarization and the morphology analysis indicated that the samples without heat treatment had shown better pit corrosion resistance.
18

Recristalização de aço inoxidável ferrítico estabilizado ao nióbio durante a simulação por ensaios de torção da laminação a quente em laminador Steckel.

Braga, Flávia Vieira January 2015 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais. Departamento de Engenharia Metalúrgica, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by giuliana silveira (giulianagphoto@gmail.com) on 2016-03-23T16:54:51Z No. of bitstreams: 1 TESE_RecristalizaçãoAçoInoxidável.pdf: 7424747 bytes, checksum: 802f4dafa228000280f221f001ab9dad (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2016-03-23T17:25:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE_RecristalizaçãoAçoInoxidável.pdf: 7424747 bytes, checksum: 802f4dafa228000280f221f001ab9dad (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-23T17:25:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE_RecristalizaçãoAçoInoxidável.pdf: 7424747 bytes, checksum: 802f4dafa228000280f221f001ab9dad (MD5) Previous issue date: 2015 / Os aços inoxidáveis ferríticos estabilizados ao Nióbio devem exibir boas propriedades de estampabilidade e qualidade superficial para aplicações em peças de formas complexas. Objetivando melhorar as propriedades mencionadas acima, a textura de solidificação deve ser modificada por recristalização. O presente trabalho investigou as condições termomecânicas mais favoráveis para promover a recristalização do aço 430Nb, principalmente a faixa de temperatura de laminação, durante a simulação da laminação a quente de acabamento em laminador Steckel. Ensaios de torção a quente foram realizados para simular a laminação a quente de acabamento do aço 430Nb, em laminador Steckel. Variáveis importantes da laminação foram controladas durante a simulação: deformação e temperatura do passe, número de passes e tempo entre passes. O material utilizado nos ensaios foi de procedência comercial e os esquemas de simulação programados para reproduzir condições próximas às industriais. A caracterização microestrutural das amostras, antes e após a simulação, foi realizada por análises por microscopia ótica e EBSD, A evolução da microestrutura foi investigada, com foco especial nos mecanismos de amaciamento e promoção de recristalização. As microestruturas foram analisadas por microscopia ótica e EBSD. O mecanismo de amaciamento predominante foi a recuperação dinâmica, seguida de recristalização estática, sob as condições testadas em todas as simulações. A recristalização estática foi mais efetiva nas simulações realizadas nas faixas de temperatura entre 960-900ºC, 930-870ºC e 900-840ºC. Os resultados dos ensaios de torção e EBSD mostraram que a simulação realizada na faixa de temperatura de 900-840ºC intensificaram a fragmentação da microestrutura. Esta faixa de temperatura é, portanto, indicada para otimizar o processo de laminação a quente industrial, de modo a contribuir para melhorar a qualidade superficial do aço inoxidável ferrítico 430 estabilizado ao Nióbio. _____________________________________________________________________________________ / ABSTRACT : Ferritic stainless steels stabilized with Nb should exhibit good properties as drawability and surface quality due to their use in applications for complex form components and good esthetic appearance, respectively. In order to improve the above mentioned properties, the solidification texture has to be modified by recrystallization. The present work investigated, within the restrictions of Steckel hot rolling schedule, which thermomechanical conditions, largely related to pass temperature, and would most favor SRX. Hot torsion tests were performed in order to simulate the finishing hot rolling of a 430Nb steel, in Steckel mill. Important variables of the rolling were controlled during simulation: strain and pass temperature, number of passes and interpass time. The material used in the present work was supplied by APERAM and the simulations were established in order to simulate conditions similar to the ones apply by industry. The evolution of the microstructure was investigated by optical microscopy and EBSD, focusing especially on the softening mechanism and recrystallization promotion. The main softening mechanism, under the tested conditions, for all simulations was dynamic recovery, followed by static recrystallization. The static recrystallization was more effective for the simulations performed at the range temperature between 960-900°C, 930-870°C and 900-840°C. EBSD results showed that the simulation performed at the range temperature of 900-840°C increased the fragmentation of the microstructure. This range temperature was indicated to optimize the industrial hot rolling process, in order to improve the surface quality of the 430Nb steel.
19

Avaliação comparativa de barras laminadas do aço AISI 316L com e sem tratamento térmico de solubilização / Comparative study of AISI 316L rolled bars with and without solution annealing heat treatment

Ishida, Marco Aurelio January 2009 (has links)
A ampla utilização dos aços inoxidáveis austeníticos pode ser justificada pela combinação favorável de propriedades, tais como: resistência à corrosão e à oxidação, resistência mecânica a quente, trabalhabilidade e soldabilidade. As propriedades destes aços são afetadas, não somente pela matriz austenítica, mas, também, por inúmeras outras fases tais como ferrita δ, carbonetos, fases intermetálicas, nitretos, sulfetos, boretos e martensita induzida por deformação. A quantidade, o tamanho, a distribuição e a forma destas fases têm influência marcante nas propriedades do material. Um melhor entendimento da resposta de cada etapa de fabricação torna-se de grande valia na busca de processos mais otimizados e de maior previsibilidade. Este trabalho buscou comparar as características de barras laminadas de diâmetro 31,75 mm de aço inoxidável austenítico do tipo Fe-17%Cr-12%Ni-2,5%Mo (AISI 316L) como laminada e após tratamento térmico de solubilização. As amostras foram submetidas a ensaios de sensitização, conforme norma ASTM A262 - 93 A, ensaio de corrosão por exposição à névoa salina, segundo NBR 8094 e ASTM B 117, análises microestruturais através de microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura, análise comparativa das curvas de polarização e avaliação de algumas propriedades mecânicas. Testes realizados não apontam diferenças significantes nos ensaios realizados para verificar a influência na resistência à corrosão generalizada e à corrosão intergranular (sensitização). As análises das propriedades mecânicas apontam que o material que não sofreu tratamento de solubilização apresenta uma resistência mecânica maior, podendo estar associada a um menor tamanho de grão, porém menor alongamento, este podendo estar associado com uma maior concentração de ferrita delta. Através do ensaio eletroquímico de polarização potenciodinâmica e a análise da morfologia da superfície dos aços estudados, pôde-se perceber que o aço AISI 316L sem tratamento apresentou um comportamento mais nobre em termos de resistência à corrosão localizada. / The wide utilization of austenitic stainless steel can be justified by its favorable properties combinations such as: corrosion and oxidation resistance, hot work resistance, workability and weldability. Not only does the austenitic matrix affect the properties but also the range of possible phases such as δ-ferrite; carbides precipitation, intermetallic phases, nitrides, sulfides, borides and deformation-induced martensite. The quantity, size, distribution and morphology of theses phases have great influence on the material properties. Understanding the influence of each fabrication step becomes necessary to achieve an optimum and predictable process. The purpose of the present work was comparing the characteristics of 31,75 mm austenitic stainless steel round bars type Fe-17%Cr-12%Ni-2,5%Mo (AISI 316L) as rolled and after solution annealing heat treatment. The tested specimens were submitted to the susceptibility to intergranular attack test in accordance with ASTM A262 - 93 A standard, salt spray test in accordance with NBR 8094 and ASTM B 117 standard, microstructural analyses through optical microscopy and SEM (scanning electron microscopy), potentiodynamic polarization analysis and evaluation of some mechanical properties. Tests performed do not indicate significant differences between the sample that was heat treated and the one that was just rolled, concerning the salt spray test and the susceptibility to intergranular attack test. The mechanical properties tests indicate that the solution annealing heat treatment specimen had greater mechanical resistance which could be related to smaller grain size, but smaller elongation that could be associated with greater δ ferrite concentration. Potentiodynamic polarization and the morphology analysis indicated that the samples without heat treatment had shown better pit corrosion resistance.
20

Caracterização do desvio do plano de propagação de trincas em corpos de prova CT fabricados com a liga AA 7050-T7451

Lemos, Régis Fernando 15 June 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Gama, Programa de Pós-Graduação em Integridade de Materiais da Engenharia, 2016. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2016-08-24T14:34:53Z No. of bitstreams: 1 2016_RégisFernandoLemos.pdf: 165184799 bytes, checksum: 6f27a9d464eda7fe75882db61241878b (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-11-03T13:34:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_RégisFernandoLemos.pdf: 165184799 bytes, checksum: 6f27a9d464eda7fe75882db61241878b (MD5) / Made available in DSpace on 2016-11-03T13:34:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_RégisFernandoLemos.pdf: 165184799 bytes, checksum: 6f27a9d464eda7fe75882db61241878b (MD5) / A presente dissertação visa analisar o comportamento de desvio do plano de propagação de trincas em fadiga e o surgimento de bifurcações ao logo da propagação. Nos ensaios foram utilizados corpos de prova compact tension (CT), com dimensões padronizadas pela norma técnica ASTM - E647, e fabricados com liga de alumínio AA7050-T7451. As análises foram realizadas na direção de laminação T-S, por apresentar maior variação dos tamanhos de grãos em relação às demais, e por apresentar comportamento atípico durante os ensaios. Para observar o crescimento da trinca em ambas as faces do corpo de prova, foram fixadas escalas milimétricas para o acompanhamento do crescimento da trinca nas duas faces. Visando caracterizar o comportamento observado durante os ensaios foram realizadas análises fractográficas nos CP’s fraturados (CP-01, CP-02, CP-03 e CP-04), e micrografia no CP monitorado para que não viesse a falhar (CP-05). A fim de obter um parâmetro de comparação, um ensaio em outra direção (L-T) também teve sua superfície de fratura analisada. Esta direção foi escolhida por apresentar comportamento padrão durante o ensaio, e maior valor do fator de intensidade de tensão (ΔK) dentre as demais direções. As análises realizadas possibilitaram verificar que os comportamentos de desvio e bifurcação da trinca estão ligados à variação da microestrutura e a coalescência de microvazios ocasionados pelas inclusões. Tais constatações foram possíveis devido à realização de análises fractográficas na superfície de fratura dos espécimes, pela análise de micrografia e também pela comparação dos aspectos fractográficos observados com os aspectos fractográficos encontrados na literatura. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis aims to analyze the behavior of deviation from the crack propagation plane in fatigue and the deviation and bifurcations of propagation. In the tests were used specimens compact tension (CT) with dimensions standardized through the ASTM - E647 and made starting AA7050-T7451 aluminum alloy. Analyses were performed in the direction of T-S lamination, due to its greater variation of grain sizes in relation to others, and to present atypical behavior during rehearsals. To observe the crack growth in both specimen faces, millimeter scales to monitor the growth of the crack on both sides were fixed. To characterize the behavior observed during the tests, fractographic analyzes were performed on specimens (CP-01, CP-02, CP-03 and CP-04), and micrographs in CP monitored so that it should not fail (CP-05). To obtain a comparison parameter, an assay in another direction (L-T) also had a fracture surface analyzed. This direction has been chosen by present default behavior during the test, and higher value of the stress intensity factor (ΔK) from other directions. The analyzes allowed to verify that the behavior of bifurcation and crack are linked to variations in microstructure and coalescence of microvoids caused by inclusions. These findings were made possible due to the realization of fractographic analyzes the fracture surface of the specimens, the micrograph analysis and also by comparing the fractographs aspects observed with fractographic aspects found in the literature.

Page generated in 0.0381 seconds