• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 866
  • 17
  • 12
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 908
  • 312
  • 163
  • 145
  • 99
  • 98
  • 91
  • 90
  • 89
  • 86
  • 76
  • 75
  • 65
  • 62
  • 54
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Crescimento das diatomaceas bacillariophyceae Chaetoceros sp., Skeletonema costatum e Thalassiosira fluviatilis em diferentes meios de cultivo e em condições controladas de temperatura e salinidade

Galvez, Alfredo Oliveira January 1993 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Agrarias / Made available in DSpace on 2012-10-16T04:53:21Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T18:07:04Z : No. of bitstreams: 1 94721.pdf: 12601599 bytes, checksum: 04a901a3703815aa1f6a2821806d342d (MD5) / Realizaram-se 16 experimentos de laboratório com o modelo de blocos completamente casualizados para comparar o crescimento Chaetoceros sp., Thalassiosira fluviatilis e Skeletonema costatum nos meios de cultura F/2 de Guillard modificado e Conway e em condições controladas de temperatura e salinidade. Utilizaram-se temperaturas de 15, 20, 25 e 30oC e salinidade de 20, 25, 30 e 35%. Para o cultivo, estas microalgas foram inoculadas em erlenmeyers com 2 l. de cultura (unidade experimental), com aeração constante, os inóculos tiveram uma concentração de 10.000 células (1x104 cel/ml). Com a análise de variância determinaram-se diferenças significativas no crescimento das microalgas. Os meios de cultura F/2 de Guillard modificado e Conway apresentaram respostas similares para os cultivos destas microalgas. Também se fez uma interação dos resultados para obter a superfície resposta para densidade celular de Chaetoceros sp., Thalassiosira fluviatilis e Skeletonema costatum, isso permitiu concluir que nas temperaturas de 24 a 30oC e salinidade de 32 a 35%. Chaetoceros sp apresentou melhor crescimento alcançando uma densidade celular de 1398,68x104 cel/ml e para Skeletonema costatum o melhor crescimento foi nas temperaturas de 20 a 26oC e salinidade de 31 a 35%. Alcançando uma densidade celular de 111,857x104 cel/ml e para Skeletonema costatum o melhor crescimento foi nas temperaturas de 15 a 21oC e salinidade de 33,5 a 35%, alcançando uma densidade celular de 615x104 cel/ml.
2

Ingestão de resíduos sólidos por tartarugas-verdes (Chelonia mydas) em área de alimentação dentro de um mosaico de unidades de conservação no sul do estado de São Paulo, Brasil

Bezerra, Daiana Proença January 2014 (has links)
Resumo: As interações entre o homem e o ambiente provocam distintos impactos, sendo um deles a poluição marinha. No mar, organismos marinhos ingerem os resíduos e este trabalho analisou este processo em uma área de alimentação de tartarugas-verdes (Chelonia mydas). Do total de tartarugas amostradas, 70% ingeriu resíduos que somaram 7330 itens, variando de 1 a 1518 por animal. O peso total de resíduos analisados foi de 497,69 g e o volume 619,7 ml. A relação entre o tamanho dos animais e o número de itens ingeridos apresentou uma baixa correlação negativa (r= -0,36; p= 0,009; n=48). Os resíduos encontrados somaram 11 categorias cujas frequências apresentaram diferenças significativas (x2= 467,00; gl=10; p= <0,0001), sendo plástico duro (70,2%), plástico mole (11,5%) e pellets (7,7%) os mais representativos. As cores totalizaram 12 categorias e também indicaram diferenças significativas (x2= 178,92; gl=11; p= <0,0001). As que mais contribuíram foram bege (41,8%), branco (17,5%) e transparente (11,5%). Os tipos de itens foram agrupados e os plásticos somaram 82,4% do total e diferenças significativas entre estes grupos também foram observadas (x2= 177,25; gl=3; p= <0,0001). Um agrupamento de cores também foi realizado, sendo 59% correspondente aos itens claros. Diferenças significativas entre estes grupos também foram observadas (x2= 34,84; gl=2; p= <0,0001). As diferenças observadas entre os tipos e as cores dos resíduos sólidos ingeridos, provavelmente não expressam a preferência do animal por tipo ou cor, mas podem refletir a disponibilidade dos resíduos nas áreas de alimentação. Conhecer a proporção do lixo marinho ingerido é importante para revelar informações acerca da magnitude do impacto sobre a biota marinha na região. Os resultados evidenciam a interação negativa da poluição marinha sobre as tartarugas-verdes, sendo que estas podem funcionar como bioindicadoras da qualidade ambiental na área de estudo. Dada a importância da região, por tratar-se de um mosaico de Unidades de Conservação, faz-se necessária a implementação de medidas mitigatórias que visem à conservação das tartarugas marinhas e do relevante ambiente.
3

A endofauna de schizoporella unicornis (Johnston, 1847) (Bryozoa), no litoral norte do Estado de São Paulo

Morgado, Eloisa Helena 16 July 2018 (has links)
Orientador: Pierre Charles Georges Montouchet / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-16T23:55:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Morgado_EloisaHelena_M.pdf: 8038602 bytes, checksum: 09422cdb029f489a73d6f793201eb9ac (MD5) Previous issue date: 1980 / Resumo: Os briozoários têm sido considerados pouco interessantes em termos de fauna associada. Para que se pudesse demonstrar sua importância dentre os animais sésseis que, reconhecidamente, se constituem em abrigo ou substrato para diversos organismos, propôs-se estudar a endofauna de Schisoporella unicornis. Tentou-se também esclarecer os fatores que determinam a presença desta fauna no briozoário. Para tanto, 26 amostragens foram efetuadas, abrangendo quatro praias do litoral norte do Estado de São Paulo, nos municípios de Ubatuba (Praia do Lamberto e do Codó) e de São Sebastião (Praia do Segredo e do Araçá). Todos os organismos visíveis a olho nu, presentes no interior das colônias do Briozoário foram separados, contados e identificados, em sua grande maioria ao nível de espécie. O peso seco dos fragmentos das colônias também foi determinado para cada amostra. Um total de 132 espécies e 7286 indivíduos foram registrados das amostras analisadas. A freqüência e a abundância de cada espécie foram utilizadas na determinação das espécies características, associadas e ocasionadas, bem como para a descrição da endofauna do briozoário em Ubatuba e São Sebastião. Diversos métodos para estimar e calcular a diversidade de espécies em cada amostra, em cada local de coleta e para cada região, foram empregados, assim como para a análise da similaridade entre as endofaunas nas praias abordadas pelas amostragens... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Bryozoa have been tradicionally considered of little interest in terms of their associated faunas. To evaluate their importance as a sessile organisms that provide shelther of substrate for other species, a study was undertaken to describe the endofauna of Schizoporella unicornis. In this study an attempt was also made to clarify which factors affect the composition of the associated fauna. To do this, 26 samples were taken from beaches on the northeast coast of the state of São Paulo, Ubatuba (Lamberto Beach and Codó Beach) and São Sebastião (Segredo Beach and Araçá Beach). All organisms in the samples sufficiently large to be seen with the unaid eye were removed from the interior of bryozoan colonies, separated by taxa and counted. The most part was identified at the species level. The dry weight of the fragments of bryozoan colonies was also determined for each sample. A total of 7286 individual distributed among 132 species was registred from the samples. The frequency and abundance of each species were used to identify the characteristic, the associated and the occasional species at each of the beaches, as well as to characterize the endofauna for Ubatuba and São Sebastião. Several methods for estimating species diversity were employed to analyse differences between samples, sites and regions for determining the degree of similarity among the endofaunas at different beaches... Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
4

Ecologia de actiniários no entremarés rochoso : mensuração do tamanho, estrutura da comunidade e avaliação do deslocamento /

Angeli, Andréa. January 2011 (has links)
Resumo: O presente estudo tem como objetivos (1) realizar avaliação metodológica para determinação da medida mais adequada para estimar o tamanho das anêmonas, (2) obter dados sobre a variação temporal na riqueza, abundância e zonação das espécies de actiniários no entremarés rochoso e (3) verificar e quantificar o deslocamento de Bunodosma caissarum. Para o objetivo (1) foram tomadas variadas medidas in situ e ex situ de B. caissarum. O parâmetro morfométrico que apresentou menor variação entre campo e laboratório foi o diâmetro do disco pedal considerado, portanto, o mais adequado para estimativas de tamanho. O objetivo (2) foi estudado sazonalmente, na Praia da Enseada, Ubatuba (SP), por meio da demarcação de estratos com diferentes distâncias do limite inferior do entremarés. As espécies presentes foram Actinia bermudensis, Bunodosoma caissarum, Anthopleura cascaia, B. cangicum, Phyllactis flosculifera e um táxon não identificado. A distribuição das três primeiras espécies, mais abundantes, foi inversamente proporcional ao aumento da distância da água. As demais espécies não foram registradas em todas as estações e, com exceção do táxon não identificado, parecem ser mais relacionadas às regiões mais distantes da água. O objetivo (3) foi realizado em campo, na Ilha Urubuqueçaba, Santos (SP), e em laboratório, ambos por meio de mapeamento fotográfico. Em campo, as anêmonas em fenda apresentaram maior velocidade do que as anêmonas expostas. Em adição, demonstrou-se que sob ventos mais fortes e maiores ondas, as anêmonas deslocaram-se menos, provavelmente pela necessidade de maior adesão ao substrato. Em laboratório verificou-se a influência de organismos em contato físico, salinidade e profundidade sobre o deslocamento... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The objectives of this study are to (1) perform a methodological evaluation in order to determine the most suitable measure to estime anemones' size, (2) obtain data regarding to seasonal variation of richness, abundance and zonation of Anthozoa species, and (3) verify and quantify the locomotion of Bunodosoma caissarum. In objective (1) several morphometric parameters of B. caissarum were measured in situ and ex situ. Pedal disk diameter showed the smallest variation among field and laboratory, this way being considered the most suitable to size estimates. The objective (2) was seasonally realized at Enseada Beach, Ubatuba (SP), through the demarcation of horizontal transects with distinct distances from the lower limit of intertidal zone. Six species were found: Actinia bermudensis, Bunodosoma caissarum, Anthopleura cascaia, B. cangicum, Phyllactis flosculifera and a nonidentified taxa. The distribution of the first three species was inversely proportional to the increasing of distance from water. The other species were not recorded in all seasons and, except for the non-identified taxa, seem to be more adapted to areas farther from the water. The objective (3) was performed in field at Urubuqueçaba Island, Santos (SP) and in laboratory both through photographic mapping. In field anemones located in fences moved faster than those in exposed sites, probably because they were in search of more favorable locations. Such conclusion matches the literature which indicates that sea anemones locomotion is associated with unfavorable conditions. In addition, it was demonstrated that anemones have lower mobility under stronger winds and larger waves probably due to the need of adhesion to substrate. It was verified in laboratory the influence of organisms in contact with anemones... (Complete abstract click electronic access below) / Orientador: Fernando José Zara / Coorientador: Alexander Turra / Banca: Ronaldo Adriano Christofoletti / Banca: Alvaro Esteves Migotto / Mestre
5

Delimitação de Reservatórios Delgados Utilizando Atributos Sísmicos

Alexandre Rodrigo Maul 25 April 2005 (has links)
O Campo de Carapeba, descoberto em 1982, dista cerca de 65 km da costa, em lâmina d`água da ordem de 90 m, tendo sua produção iniciada em 1989. As rochas do reservatórios do Campo de Carapeba são arenitos turbidíticos granulados de finos a grossos, ocasionalmente conglomeráticos, de idade Santoniana (cerca de 85 Ma), e se situam a uma profundidade média da ordem de 3000 m. Estes reservatórios estão inseridos em um dos mais importantes plays petrolíferos da Bacia de Campos, na área da Plataforma Continental, no Compartimento Exploratório Proximal. Neste trabalho, é proposta a utilização de atributos sísmicos como auxílio na delimitação da extensão dos reservatórios delgados (abaixo do nível de resolução sísmica) que compõem o Campo de Carapeba. Atributos sísmicos são todas as informações obtidas dos dados sísmicos, tanto de medidas diretas como indiretas. Por exemplo, o tempo de chegada de um evento sísmico e o seu mergulho são utilizados para a estimativa da estrutura geológica. Se faz necessária a conversão da escala vertical dos dados sísmicos de tempo para profundidade uma vez que os dados sísmicos são, originalmente, registrados em tempo (tempo duplo de registro). Para esta conversão, foi utilizado um modelo de velocidades suavizado e calibrado com técnicas geoestatísticas. Na construção deste modelo foram utilizados os dados de análises de velocidades oriundos do processamento sísmico, como tendência externa ou variáveis secundárias, e os dados de poços (check-shots) como pontos de calibração, ou variáveis primárias. Os principais resultados obtidos indicam a confiabilidade no modelo de conversão tempo-profundidade, que permitiu o real posicionamento das zonas produtoras tanto em profundidade quanto em tempo, e reportam sobre a utilização dos atributos sísmicos na delimitação de reservatórios delgados, uma vez que o mapeamento estrutural por si só não permitira a delimitação da zona de ocorrência de hidrocarbonetos. A análise combinada de atributos sísmicos com o mapeamento estrutural permitiu uma prévia delimitação dos reservatórios, indicando possíveis alvos explotatórios. Os atributos sísmicos ilustraram a continuidade ou não das fácies reservatórios, dentro e fora dos limites dos campo, a indicação das variações laterais dos mesmos e suas organizações deposicionais. / The Carapeba Field, discovered in 1982, is located around 65 km from the coast, at 90 m water depth, and had its production started in 1989. The Carapebas rock reservoirs are fine to coarse grained turbidite sandstones, locally conglomeratic, of Santonian age (around 85 Ma), at an average depth of 3000 m. These reservoirs are inserted in one of the most important petroliferous plays of the Campos Basin, within the continental shelf, in the Proximal Exploratory Compartiment.In this work, it is proposed to use seismic attributes in order to help the delimitation of thin reservoirs, below seismic resolution, which compose the Carapeba Field. Seismic attributes are any information derived from seismic data, either from direct or indirect measurements. For example, the arrival time of a seismic event and its dip are used to estimate the geologic structure. It is necessary to convert the vertical seismic scale from time to depth because the seismic data are originally recorded in two way travel time. For this conversion it was used a velocity model smoothed and calibrated with geostatistic techniques. To build the velocity model, velocity analysis data from seismic processing were utilized as external drift or secondary variables and check-shot (at the wells) as calibration points or primary variables. The main results obtained in this study indicate the confiability of the conversion model from time to depth, which permitted the right positioning of the production zones either in time or in depth, as well as the validation of seismic attributes to outline thin reservoirs, since the structural mapping by itself could not define the limits of the hydrocarbon occurrence zone. The combined analysis of the seismic attributes with structural mapping indicates possible explotatory target for this area. The seismic attributes illustrated the continuity of the reservoir facies, the indication of their lateral variability and their depositional organization.
6

Efeitos do derrame experimental de oleo Bunker MF-180 em marismas da Baia de Paranagua (Parana, Brasil)

Wolinski, André Luis Tadeu Olivo 23 July 2009 (has links)
No description available.
7

Caracterização morfossedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul, Ilha de Santa Catarina, SC

Souza, Jorge Antonio Guimarâes de January 2007 (has links)
A enseada do Pântano do Sul localiza-se ao sul da ilha de Santa Catarina, adjacente ao arco praial Pântano do Sul – Solidão, sendo delimitada a sudeste pelas ilhas Três Irmãs. O relevo de fundo da plataforma continental interna apresenta profundidades médias da ordem de 15,42m e as maiores profundidades, da ordem de 30m. Os perfis batimétricos mostraram a presença de um terraço marinho na isóbata dos 15m, o qual está relacionado às estabilizações do nível médio do mar ocorridas durante a transgressão Holocênica. Os sedimentos de fundo da enseada são formados predominantemente por areias e sua fração mais grossa é composta por cascalho bioclasto (Wentworth, 1922). Através do imageamento com side scan sonar foi possível observar a formação de megaripples e de feições sedimentares distribuídas em faixas, também denominadas de sorted bedforms. A complexidade da distribuição sedimentar na plataforma continental interna pôde ser observada através dos perfis com side scan sonar, onde apresentaram limites de distribuição bem definidos e também irregulares. A composição sedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul e as feições sedimentares presentes na mesma, denotam a elevada hidrodinâmica atuante na área. Esses dados ressaltam a necessidade de realizações de estudos costeiros que atente para essas condições hidrodinâmicas a fim de preservar o meio marinho tanto do ponto de vista geológico como biológico. / The Pântano do Sul cove is situated at the south of the Santa Catarina’s island in front of the Pântano do Sul – Solidão beach arc extending his limits at SE by the Três Irmãs islands. The bottom relieve of the inner continental shelf has an average and maximum depths of 15,42m and 30m respectively. The bathymetric profiles showed the presence of a marine terrace at the isobaths of 15m which represents stabilizations of the mean sea level during the Holocenic transgression. The bottom sediments of the cove are composed of sands and the fraction coarser is composed of bioclastic gravels (Wentworth, 1922). Throw the side scan sonar images was possible to observe the formation of megaripples and sedimentary features distribute in strips also called sorted bedforms. The complexity of the sedimentary distribution in the inner continental shelf was observed throw the side scan sonar profiles who showed well defined and irregulars limits. The sedimentary composition and features of the inner continental shelf of the Pântano do Sul cove show de high hydrodynamics present that attempts to the necessity of coastal research considering those factors for the best maintenance of the geologic and biologic marine environment.
8

Lectinas da esponja marinha Haliclona (Soestella) caerulea / Lectins from the marine sponge Haliclona (Soestella) caerulea

Carneiro, Rômulo Farias January 2013 (has links)
CARNEIRO, R. F. Lectinas da esponja marinha Haliclona (Soestella) caerulea. 2013. 127 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Daniel Eduardo Alencar da Silva (dealencar.silva@gmail.com) on 2015-01-22T17:27:45Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_rfcarneiro.pdf: 4260974 bytes, checksum: c0be525bfa10b20a04540ce33ef61d2e (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2015-12-08T21:36:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_rfcarneiro.pdf: 4260974 bytes, checksum: c0be525bfa10b20a04540ce33ef61d2e (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-08T21:36:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_rfcarneiro.pdf: 4260974 bytes, checksum: c0be525bfa10b20a04540ce33ef61d2e (MD5) Previous issue date: 2013 / Lectins are proteins/glycoproteins that recognize carbohydrate of a specific way, but not participate in the metabolism of the same and do not belong to any of major classes of immunoglobulins. Lectins are ubiquitous proteins, present in all known organisms. In animal cells, lectins have been found in the cytoplasm, in the nucleous and as membrane-associated proteins, in diverse organelles and cells. Animal lectins can be classified into distinct families based on their physicochemical characteristics, especially in their function and identity of primary and tertiary structure. The aim of this study was to purify, characterize structural and biologically new lectins from the marine sponge Haliclona (Soestella) caerulea. H. caerulea specimens were collected in Paracuru beach, Ceará. Two lectins (H-1 and H-3) were isolated by classical techniques of protein chemistry. The primary structure of H-3 was determined by mass spectrometry and RACE. The toxic activity of lectins was evaluated against Artemia nauplii and Escherichia coli and Staphylococcus aureus strains. H-1 and H-3 showed distinct characteristics of the lectin previously isolated from H. caerulea. H-1 is a monomeric protein of 40 kDa whereas H-3 is a heterogeneus protein with chains of 9, 16 and 18 kDa. H-3 binds human erythrocytes of A and B type and was inhibited by GalNAc and PSM, H-1 binds different blood groups and could not be inhibited by any sugar tested. H-1 was toxic to Artemia nauplii (LC50 = 6.4 μg.mL-1) and H-3 was not considered toxic (LC50 = 414.2 μg.mL-1). H-3 is a blue protein that interacts with a chromophore of 597 Da of maximum absorbance at 620 nm. The primary structure of H-3 revealed a unique amino acid sequence no similar to any animal lectins known. H-3 has a hybrid glycan comprising by Hex7NAcHex7DeoxiHex2. The α-chain of H-3 undergoes complex proteolytic processing that not been fully elucidated. Moreover, H-3 was crystallized, but was not possible to obtain a diffraction pattern that permits solving the structure. In short, two new lectins were isolated and out first observed the interaction between a lectin and natural chromophore. Furthermore, for the first time given the composition glicidic out of a sponge lectin. / Lectinas podem ser definidas como proteínas/glicoporteínas que reconhecem carboidratos de maneira específica, mas não participam do metabolismo dos mesmos e não pertencem a nenhuma das principais classes de imunoglobulinas. As lectinas são proteínas ubíquas, estando presente em todos os organismos conhecidos. Em células animais, lectinas têm sido encontradas no citoplasma, no núcleo e associadas a membranas das mais diversas organelas e nos mais variados tipos celulares. Tais lectinas animais podem ser classificadas em famílias distintas com base em suas características físico químicas, função e especialmente em sua identidade de estrutura primária e terciária. O objetivo deste trabalho foi purificar duas novas lectinas da esponja marinha Haliclona (Soestella) caerulea e caracterizar estruturalmente uma delas. Espécimes de H.caerulea foram coletados na praia do paracuru, Ceará. Duas lectinas (H-1 e H-3) foram isoladas por técnicas clássicas de química de proteínas. A estrutura primária de uma delas foi determinada por espectrometria de massas e RACE. A atividade tóxica das lectinas foi avaliada frente à náuplios de Artemia e cepas das bactérias Escherichia coli e Staphylococus aureus. H-1 e H-3 apresentaram características distinhas da lectina previamente isolada de H. caerulea. H-1 é uma proteína monomérica de aporoximadamente 40 kDa enquanto que H-3 é uma proteína trimérica com cadeias com massa aproximada de 9, 16 e 18 kDa. H-3 aglutina eritrócitos humanos do tipo A e B e foi inibida GalNAc e PSM, H-1 aglutina diversos grupos sanguineos e não pôde ser inibida por nenhum açúcar testado. H-1 foi tóxica a naúplios de Artemia (LC50=6,4 μg.mL-1) e H-3 foi considerada não tóxica (LC50=414,2 μg.mL-1). H-3 é uma proteína azul, pois interage com um cromóforo de 597 Da com absorção máxima a 620 nm. A estrutura primária de H-3 foi determinada e revelou-se única, não sendo conhecida nenhuma lectina com estrutura similar. H-3 apresenta um glicano híbrido composto por Hex7NAcHex7DeoxiHex2. A cadeia α de H-3 sofre um processamento proteolítico complexo que ainda não foi completamente elucidado. Além disso, H-3 foi cristalizada, mas não foi possível a obtenção de um padraão de difração que permita a resolução da estrutura. Em suma, duas novas lectinas foram isoladas e fora observado pela primeira vez a interação entre uma lectina e um cromóforo natural. Pela primeira vez também, fora determinada a composição glicídica de uma lectina de esponja.
9

Caracterização morfossedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul, Ilha de Santa Catarina, SC

Souza, Jorge Antonio Guimarâes de January 2007 (has links)
A enseada do Pântano do Sul localiza-se ao sul da ilha de Santa Catarina, adjacente ao arco praial Pântano do Sul – Solidão, sendo delimitada a sudeste pelas ilhas Três Irmãs. O relevo de fundo da plataforma continental interna apresenta profundidades médias da ordem de 15,42m e as maiores profundidades, da ordem de 30m. Os perfis batimétricos mostraram a presença de um terraço marinho na isóbata dos 15m, o qual está relacionado às estabilizações do nível médio do mar ocorridas durante a transgressão Holocênica. Os sedimentos de fundo da enseada são formados predominantemente por areias e sua fração mais grossa é composta por cascalho bioclasto (Wentworth, 1922). Através do imageamento com side scan sonar foi possível observar a formação de megaripples e de feições sedimentares distribuídas em faixas, também denominadas de sorted bedforms. A complexidade da distribuição sedimentar na plataforma continental interna pôde ser observada através dos perfis com side scan sonar, onde apresentaram limites de distribuição bem definidos e também irregulares. A composição sedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul e as feições sedimentares presentes na mesma, denotam a elevada hidrodinâmica atuante na área. Esses dados ressaltam a necessidade de realizações de estudos costeiros que atente para essas condições hidrodinâmicas a fim de preservar o meio marinho tanto do ponto de vista geológico como biológico. / The Pântano do Sul cove is situated at the south of the Santa Catarina’s island in front of the Pântano do Sul – Solidão beach arc extending his limits at SE by the Três Irmãs islands. The bottom relieve of the inner continental shelf has an average and maximum depths of 15,42m and 30m respectively. The bathymetric profiles showed the presence of a marine terrace at the isobaths of 15m which represents stabilizations of the mean sea level during the Holocenic transgression. The bottom sediments of the cove are composed of sands and the fraction coarser is composed of bioclastic gravels (Wentworth, 1922). Throw the side scan sonar images was possible to observe the formation of megaripples and sedimentary features distribute in strips also called sorted bedforms. The complexity of the sedimentary distribution in the inner continental shelf was observed throw the side scan sonar profiles who showed well defined and irregulars limits. The sedimentary composition and features of the inner continental shelf of the Pântano do Sul cove show de high hydrodynamics present that attempts to the necessity of coastal research considering those factors for the best maintenance of the geologic and biologic marine environment.
10

Caracterização morfossedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul, Ilha de Santa Catarina, SC

Souza, Jorge Antonio Guimarâes de January 2007 (has links)
A enseada do Pântano do Sul localiza-se ao sul da ilha de Santa Catarina, adjacente ao arco praial Pântano do Sul – Solidão, sendo delimitada a sudeste pelas ilhas Três Irmãs. O relevo de fundo da plataforma continental interna apresenta profundidades médias da ordem de 15,42m e as maiores profundidades, da ordem de 30m. Os perfis batimétricos mostraram a presença de um terraço marinho na isóbata dos 15m, o qual está relacionado às estabilizações do nível médio do mar ocorridas durante a transgressão Holocênica. Os sedimentos de fundo da enseada são formados predominantemente por areias e sua fração mais grossa é composta por cascalho bioclasto (Wentworth, 1922). Através do imageamento com side scan sonar foi possível observar a formação de megaripples e de feições sedimentares distribuídas em faixas, também denominadas de sorted bedforms. A complexidade da distribuição sedimentar na plataforma continental interna pôde ser observada através dos perfis com side scan sonar, onde apresentaram limites de distribuição bem definidos e também irregulares. A composição sedimentar da plataforma continental interna da enseada do Pântano do Sul e as feições sedimentares presentes na mesma, denotam a elevada hidrodinâmica atuante na área. Esses dados ressaltam a necessidade de realizações de estudos costeiros que atente para essas condições hidrodinâmicas a fim de preservar o meio marinho tanto do ponto de vista geológico como biológico. / The Pântano do Sul cove is situated at the south of the Santa Catarina’s island in front of the Pântano do Sul – Solidão beach arc extending his limits at SE by the Três Irmãs islands. The bottom relieve of the inner continental shelf has an average and maximum depths of 15,42m and 30m respectively. The bathymetric profiles showed the presence of a marine terrace at the isobaths of 15m which represents stabilizations of the mean sea level during the Holocenic transgression. The bottom sediments of the cove are composed of sands and the fraction coarser is composed of bioclastic gravels (Wentworth, 1922). Throw the side scan sonar images was possible to observe the formation of megaripples and sedimentary features distribute in strips also called sorted bedforms. The complexity of the sedimentary distribution in the inner continental shelf was observed throw the side scan sonar profiles who showed well defined and irregulars limits. The sedimentary composition and features of the inner continental shelf of the Pântano do Sul cove show de high hydrodynamics present that attempts to the necessity of coastal research considering those factors for the best maintenance of the geologic and biologic marine environment.

Page generated in 0.0471 seconds