• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1
  • Tagged with
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Ocorrência de anticorpos para Neospora caninum em cães da área urbana e rural do sul do Rio Grande do Sul / Occurrence of antibodies against Neospora caninum in rural and urban dogs in the south of Rio Grande do Sul

Cunha Filho, Nilton Azevedo da 29 June 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-08-20T14:31:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao_nilton_cunha_filho.pdf: 562698 bytes, checksum: 8ecca8a95ee4af63a3925be6db47b247 (MD5) Previous issue date: 2007-06-29 / Neospora caninum is a protozoan parasite that causes neurological problems in dogs. It has been shown that it may act as definitive hosts of the parasite. There is a need for more information on the occurrences of N. caninum in due to the wide range of its incidence in several Brazilian states, and the lack of animals diagnosed serum positive in Rio Grande do Sul. Rural dogs from (meat and dairy producers) and urban areas from the city of Pelotas were examined. Serum samples of 339 dogs were tested for the detection of antibodies against N. caninum by indirect immunofluorescence (RIFI ≥1:50). Antibodies for N. caninum were found in 53 (15,6%) of the dogs serum samples. The occurrence in the urban area was 5,5%, among the rural dogs 14,1% (18 dogs) belonged to dairy and 28,4% (29 dogs) from cattle farms. Dogs over three years old present the higher levels of serum positively and its presence increased with age. The dogs antibody titers were 1:50 (12 dogs), 1:100 (07 dogs), 1:200 (08 dogs), 1:400 (19 dogs), 1:800 (05 dogs) and 1:1600 (02 dogs). None of the dogs examined presented clinical signs of neosporosis when the blood was collected. The study of the variables (risk factors for N. caninum) in the logistic regression between the rural and urban environment has shown that older animals are 3,75 times more likely to get infected by the N. caninum then the younger ones. Also in farms where the carcasses of dead animals are not removed there is a risk 2,67 times greater (IC 95% = 1,31 5,42) of a N. caninum infection. In the rural environment, dogs from cattle raising farms have a chance 2,24 times greater of being infected by N. caninum then dogs from dairy farms. In addition, the risk of having serum positive dogs in farms where the carcasses are not removed was more significant (OR = 6,11 IC 95% = 1,00 37,17). The data suggest that Neospora caninum is present in the southern region of Rio Grande do Sul and afflicts both rural and urban dogs. The probability of serum positive dogs in the rural area is grater, possibly by the easy access they have to infected material and the canine/bovine contact, which is characteristic of the cattle raising in the region. The main form of infection by N. caninum among the dogs studied is the horizontal (post natal), suggested by the fact that serum prevalence increase with the age. / Neospora caninum é um protozoário parasito que causa problemas neurológicos em cães. Foi demonstrado que os cães podem atuar como hospedeiros definitivos do parasito. Devido às diferenças entre as ocorrências e prevalências de N. caninum nos diversos estados brasileiros, e a falta de diagnóstico de animais soropositivos no Rio Grande do Sul, revelam a necessidade de maiores informações a respeito de ocorrências do N. caninum em cães no sul do Rio Grande do Sul. Cães provenientes do Município de Pelotas, de diferentes ambientes, rural (corte e leite) e urbanos domiciliados foram examinados. Amostras de soro de 339 cães foram testadas para a detecção de anticorpos para N. caninum mediante a reação de imunofluorescência indireta (RIFI ≥1: 50). Anticorpos para N. caninum foram encontrados em 53 (15,6%) amostras de soro dos cães. Na área urbana a ocorrência foi de 5,5%, entre os cães rurais, 14,1% (18 cães) eram de propriedades de criação de gado de leite e 28,4% (29 cães) de propriedade de corte. Foi observado que cães acima de três anos de idade são mais soropositivos para N. caninum e a soropositividade dos cães aumentou conforme aumentou a idade. Os títulos de anticorpos dos cães foram 1:50 (12 cães), 1:100 (07 cães), 1:200 (08 cães), 1:400 (19 cães), 1:800 (05 cães) e 1:1600 (02 cães). Nenhum dos cães examinados apresentou sinais clínicos de neosporose no momento da coleta de sangue. O estudo das variáveis (fatores de risco para N. caninum) na regressão logística feita entre o ambiente urbano e rural demonstrou que nos ambientes estudados, animais mais velhos tem 3,75 vezes mais chances de se infectarem com N. caninum do que animais jovens, até três anos de idade. Em propriedades que os proprietários não recolhem carcaças de animais mortos do campo representou um risco 2,67 vezes maior (IC 95% = 1,31- 5,42) de infecção por N. caninum. Quando analisou-se em separado o ambiente rural (leite e corte) observou-se que, cães provenientes de propriedades de criação de gado de corte tem 2,24 vezes mais chance de serem infectados por N. caninum do que cães de propriedades de produção leiteira, e o risco de cães serem soropositivos em propriedades onde os proprietários não tem o hábito de recolher carcaças de animais mortos do campo foi maior (Odds Ratio = 6,11 IC 95% = 1,00- 37,17). Os dados sugerem que Neospora caninum está presente na região sul do Rio Grande do Sul, infectando cães urbanos domiciliados e rurais (leite e corte). A probabilidade de cães da área rural da região serem soropositivos para N. caninum é maior neste ambiente, provavelmente pelo fácil acesso destes animais a material infectado e ao grande contato cão/bovino, característico da bovinocultura da região. A principal forma de infecção por N. caninum entre os cães analisados é a horizontal (pós-natal), uma vez que a soroprevalência aumenta conforme aumenta a faixa etária.

Page generated in 0.0348 seconds