• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 4
  • 4
  • 4
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O processo político da revolução nacional-democrática e o socialismo na América Latina : um estudo comparativo sobre os programas da Revolução Cubana de 1959 e da Revolução Bolivariana da Venezuela

Soares, Eliane 08 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2008. / Submitted by Natália Cristina Ramos dos Santos (nataliaguilera3@hotmail.com) on 2009-09-25T15:42:29Z No. of bitstreams: 1 2008_ElianeSoares.pdf: 2451121 bytes, checksum: bfb2607da44bad220a94cd6dca18d5b0 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2010-03-15T15:55:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_ElianeSoares.pdf: 2451121 bytes, checksum: bfb2607da44bad220a94cd6dca18d5b0 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-03-15T15:55:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_ElianeSoares.pdf: 2451121 bytes, checksum: bfb2607da44bad220a94cd6dca18d5b0 (MD5) Previous issue date: 2008-08 / Esta tese analisou comparativamente os programas políticos da Revolução Cubana de 1959 e da Revolução Bolivariana atualmente em curso na Venezuela, indagando sobre a existência de uma possível similaridade de sentido nacional-democrático no conteúdo dos dois processos, bem como sobre o vínculo deste conteúdo com a revolução socialista. Os procedimentos de pesquisa envolveram revisão de literatura sobre o sentido da revolução nacional-democrática, seus vínculos com o socialismo na América Latina e a atualidade da temática e seleção e análise de fontes documentais nos países estudados: legislação, discursos, entrevistas, relatos, análises, declarações, folhetos e outros materiais de propaganda, dos grupos protagonistas e das principais lideranças dos processos políticos estudados. O resultado da investigação foi que de fato existiu determinada afinidade de sentido nacional-democrático nos programas políticos dos dois processos, porém apenas se considerados antes da chegada ao poder e/ou governo. Depois, a Revolução Cubana conduziu-se pelo caminho da revolução socialista contra a ordem e a Revolução Bolivariana permaneceu como uma revolução nacionaldemocrática dentro da ordem. Assim, a experiência cubana negou a teoria das duas etapas da revolução socialista na América Latina: uma nacional-democrática e outra socialista, evidenciando a simultaneidade dos dois processos, ou seja, a revolução socialista como condição da revolução de libertação nacional e aprofundamento democrático. Já a Revolução Bolivariana permanece no caminho das duas etapas, almejando chegar ao socialismo gradualmente, através da revolução nacional-democrática. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis comparatively analyses the political programs of the Cuban Revolution of 1959 and the current Bolivarian Revolution in process in Venezuela, investigating about the existence of a possible similarity of national-democratic sense within the contents of both processes, as well as its ties to the contents of Socialist Revolution. The researched procedure involved a revision of national-democratic revolution literature, its links with socialism in Latin America and its present time importance, and selection and analysis of document in the studied countries: legislation, discourses, interviews, accounts, analysis, speeches, pamphlets, and other types of propaganda material from the protagonist groups and main leaderships of the studied processes. The result of this investigation was that, in fact, existed a relation of nationaldemocratic sense between the political programs of both processes, but only if considered before power taking and/or government ascension. Afterwards, the Cuban Revolution went through the socialist revolution against the order and the Bolivarian Revolution maintained as a nationaldemocratic revolution within the order. Therefore, the Cuban revolutionary experience refused the theory of two stages of socialist revolution in Latin America: first national-democratic then socialist, proving the simultaneity of both stages, that is, a socialist revolution as a condition for national liberation and the deepening of democracy. Contradicting these contents, the Bolivarian Revolution remains in the course of the two stages, willing to reach socialism gradually, through national-democratic revolution.
2

Contribución al problema de la espontaneidad y la conciencia de clase del proletariado

Fuentes Salvo, Mauricio January 2007 (has links)
Informe de Seminario para optar al grado de Licenciado en Filosofía / En el planteamiento del problema se deja en claro que el propósito de este trabajo no es de ninguna manera resolver el problema de la formación de la conciencia de clase. El objetivo fundamental de este trabajo es lograr dejar planteado el problema, pero de manera diferente a como ha sido hasta ahora. No se trata de si la conciencia se forma espontáneamente o debe ser introducida en la clase obrera. Se trata de analizar o plantear la relación constante que se da entre la teoría y las acciones “espontáneas” de clase.
3

As utopias nos processos de libertação na America Latina

Santiago, Gabriel Lomba 16 February 1996 (has links)
Orientador: Silvio Ancizar Sanchez Gamboa / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-20T23:17:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Santiago_GabrielLomba_D.pdf: 8729908 bytes, checksum: 4248b360983a3b487a9bc9e361d9a891 (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: As opressões e violências da realidade passada e presente na América Latina, criaram as condições para o imaginário latino-americano, despertando o nosso desejo de mudança para o melhor. A imaginação utópica gera outra realidade que aponta erros e sugere novas perspectivas de vida concreta. Lugar de contrastes, a América Latina oscila entre o autoritarismo ou ditaduras ocasionais e a democracia frágil, ameaçada de golpes. A cultura sofre os mesmos contrastes: vai do formalismo à cultura popular de grande criatividade. Há uma elite e uma camada de letrados ao lado de uma massa enorme sem acesso à educação. Assim, diante de tanta diversidade, os pensadores se debruçam sobre questões antropológicas tentando construir um perfil do "ser" latino-americano. Nesse panorama, os latino-americanos não vivem somente o presente, mas projetam e sonham um futuro, têm uma esperança, uma utopia num presente ameaçado. As utopias são as reações naturais às condições adversas a que os latino-americanos, em sua maioria, são submetidos. A utopia da educação popular é urna das alternativas (para romper esse quadro negativo e o fracasso dos paradigrnas educacionais), propondo currículos adequados às necessidades básicas dentro de sua índole cultural. Os movimentos históricos de libertação em suas variadas formas de ação estão envolvidos pela utopia de urna nova era de justiça. A utopia na Filosofia da Libertação de Enrique Dussel com seu projeto libertador pela mediação do conceito de exterioridade, do Outro. A utopia socialista peruana de J.C. Mariátegui que.utilizando pela primeira vez na América Latina o modelo marxista do Materialismo Histórico, sugere a integração e a participação política indígena nas decisões das nações latino-americanas, fazendo urna crítica dura ao capitalismo. O movimento guerrilheiro peruano Sendero Luminoso, que na trilha de Mariátegui, luta por uma sociedade de base econômica agrária, baseando-se nas condições culturais e sociais do povo. A utopia atravessa essa crise política existente, subvertendo o presente e indicando horizontes novos pela imaginação, pelos projetos e pelas lutas históricas da vida do povo latino-americano / Abstract: Las opresiones y violencias pasadas y presentes en America Latina, crean Ias condiciones objetivas para 10 imaginário latinoamericano, despertando nuestro deseo de cambio para 10 mejor. La imaginación utópica genera otra realidad en que apunta errores y sugiere nuevas perspectivas de vida muy concretas. Lugar de contrastes, America Latina oscila entre el autoritarismo o dictaduras ocasionales y Ia débil democracia, amenazada de golpe de Estado. La cultura sufre de los mismos contrastes: de 10 formal a Ia cultura popular de gran creatividad. Hay un élite y una camada de especializados por un lado y por otro una gran masa sin oportunidad a Ia educación. De esta forma y delante de tanta diversidad los intelectuales se asomar aios problemas antropológicos intentando Ia construción de un perfil deI "ser" latinoamericano. En esta panorámica, los latinoamericanos no viven unicamente el presente, pero si, proyectan y suenan el futuro, hay esperanza, una utopia en el presente amenazado. Las utopias son Ias reaciones naturales a Ias condiciones adversas en que los latinoamericanos son sometidos en su mayoria. La utopia de Ia educación popular és una de Ias opciones (para romper esta situación negativa y el fracas o de los paradigmas educacionales) proponiendo un "curriculum"adecuado a Ias necesidades básicas dentro de su naturaleza cultural. Los movimientos históricos de liberación en sus distintas formas de acción están involucrados por Ia utopia de una nueva era de justícia. La utopia en Ia Filosofia de Ia Liberación de Enrique Dussel con su projecto libertador por médio deI concepto de exterioridad, deI Otro. La utopia socialista peruana de 1. C. Mariátegui, usando por vez primera, em Americ.a Latina, el modelo marxista deI Materialismo Historico, sugiere Ia integración y Ia participación política indígena en Ias decisiones de Ias naciones latinoamericanas, haciendo fuerte crítica ai capitalismo. EI movimiento guerrillero peruano Sendero Luminoso, que por Ia senda de "Mariátegui, lucha por una sociedad en base economica agrária, basandose en Ias condiciones culturales y sociales deI pueblo. La utopia transpasa esa crisis política existente, subvertiendo el presente y apuntando horizontes nuevos a través de Ia imaginación, por los proyectos y por Ias luchas históricas de Ia vida deI pueblo de latinoamérica / Doutorado / Filosofia da Educação / Doutor em Educação
4

Mito e religião no pensamento político de José Carlos Mariátegui / Myth and religion in José Carlos Mariátegui's political thought

Melo Junior, Sydnei Ulisses de, 1987- 26 August 2018 (has links)
Orientador: Alvaro Gabriel Bianchi Mendez / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas / Made available in DSpace on 2018-08-26T16:49:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MeloJunior_SydneiUlissesde_M.pdf: 1057253 bytes, checksum: 54984ae1a8b2c4ded25a88e5d6fca9ae (MD5) Previous issue date: 2014 / Resumo: Esta dissertação é dedicada ao estudo dos trabalhos do marxista peruano José Carlos Mariátegui (1894-1930) e, especialmente, à análise da importância política assumida pelos conceitos de mito e religião no conjunto de sua obra. Os capítulos referem-se a três etapas da vida do autor ¿ a juventude (1914-1919), o exílio (1919-1923) e o regresso e posterior militância socialista no Peru (1923-1930) ¿ e por meio da exposição de sua formação intelectual e política procuramos compreender as preocupações do Amauta com os conceitos acima mencionados. A pesquisa mostra que, contrastado a outros autores clássicos do marxismo, Mariátegui assume um olhar mais sensível ao papel histórico e social cumprido por diferentes manifestações religiosas ¿ contribuindo para isto a referência a sua formação pessoal e familiar, marcada por mística e religiosidade. Em seu desenvolvimento como socialista, o Amauta incorpora ao seu discurso termos como mito, fé e religiosidade, que passam a constituir o horizonte de sua reflexão revolucionária. Por outro lado, ao demonstrar uma preocupação criteriosa com a análise das manifestações políticas e históricas de atores e instituições religiosas ¿ tanto na Itália, quanto no Peru e no continente latino-americano ¿ Mariátegui não deixa, porém, de distanciar-se de críticas racionalistas e anticlericais, afirmando uma "nova concepção" de religião, mais ampla e profunda, que se descola de adjetivações obscurantistas / Abstract: This dissertation is dedicated to the study of Peruvian Marxist José Carlos Mariátegui (1894-1930) works and especially to the analysis of the political relevance of concepts such as myth and religion in his work. The chapters refer to the three phases of Mariátegui's life ¿ his youth (1914-1919); exile (1919-1923); return and posterior socialist activism in Peru (1923-1930) ¿ we aim at a better understanding of Amauta¿s concerns regarding the aforementioned concepts by evaluating his intellectual and political formation. The research shows that, in contrast with others classical Marxist authors, Mariátegui assumes a more sensitive vision of the social and historical roles performed by different religious expressions ¿ for which his personal and family education, marked by religiosity and mystique, are a great contribution. In his socialist development, Amauta incorporates to his speech expressions such as myth, faith and religiosity, which constitute the horizon of his revolutionary thought. On the other hand, by demonstrating a careful concern in his analysis about political and historical manifestations of religious actors and institutions ¿ in Italy as well as in Peru and Latin America ¿ Mariátegui distances himself from rationalists and anticlerical critics, affirming a "new conception" of religion, wider and deeper, and detached of obscurantist adjectives / Mestrado / Ciencia Politica / Mestre em Ciência Política

Page generated in 0.0807 seconds