• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 48
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 55
  • 55
  • 55
  • 55
  • 20
  • 12
  • 9
  • 9
  • 9
  • 9
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

VersionsRank : escores de reputação de páginas web baseados na detecção de versões

Silva, Glauber Rodrigues da January 2009 (has links)
Os motores de busca utilizam o WebGraph formado pelas páginas e seus links para atribuir reputação às páginas Web. Essa reputação é utilizada para montar o ranking de resultados retornados ao usuário. No entanto, novas versões de páginas com uma boa reputação acabam por distribuir os votos de reputação entre todas as versões, trazendo prejuízo à página original e também as suas versões. O objetivo deste trabalho é especificar novos escores que considerem todas as versões de uma página Web para atribuir reputação para as mesmas. Para atingir esse objetivo, foram propostos quatro escores que utilizam a detecção de versões para atribuir uma reputação mais homogênea às páginas que são versões de um mesmo documento. Os quatro escores propostos podem ser classificados em duas categorias: os que realizam mudanças estruturais no WebGraph (VersionRank e VersionPageRank) e os que realizam operações aritméticas sobre os escores obtidos pelo algoritmo de PageRank (VersionSumRank e VersionAverageRank). Os experimentos demonstram que o VersionRank tem desempenho 26,55% superior ao PageRank para consultas navegacionais sobre a WBR03 em termos de MRR, e em termos de P@10, o VersionRank tem um ganho de 9,84% para consultas informacionais da WBR99. Já o escore VersionAverageRank, apresentou melhores resultados na métrica P@10 para consultas informacionais na WBR99 e WBR03. Na WBR99, os ganhos foram de 6,74% sobre o PageRank. Na WBR03, para consultas informacionais aleatórias o escore VersionAverageRank obteve um ganho de 35,29% em relação ao PageRank. / Search engines use WebGraph formed by the pages and their links to assign reputation to Web pages. This reputation is used for ranking show for the user. However, new versions of pages with a good reputation distribute your votes of reputation among all versions, damaging the reputation of original page and also their versions. The objective of this work is to specify the new scores to consider all versions of a Web page to assign reputation to them. To achieve this goal, four scores were proposed using the version detection to assign a more homogeneous reputation to the pages that are versions of the same document. The four scores proposed can be classified into two categories: those who perform structural changes in WebGraph (VersionRank and VersionPageRank) and those who performs arithmetic operations on the scores obtained by the PageRank algorithm (VersionSumRank and VersionAverageRank). The experiments show that the performance VersionRank is 26.55% higher than the PageRank for navigational queries on WBR03 in terms of MRR, and in terms of P@10, the VersionRank has a gain of 9.84% for the WBR99 informational queries. The score VersionAverageRank showed better results in the metric P@10 for WBR99 and WBR03 information queries. In WBR99, it had a gain of 6.74% compared to PageRank. In WBR03 for random informational queries, VersionAverageRank showed an increase of 35.29% compared to PageRank.
2

GURU : uma ferramenta para administrar banco de dados através da web

Scherer, Adriana Paula Zamin January 2002 (has links)
Antigamente as informações que as organizações utilizavam durante a sua gestão eram suficientemente armazenadas em arquivos. A própria aplicação era responsável pela manipulação dos dados e pela função de guardá-los de maneira segura. No entanto, a sociedade evoluiu com tamanha rapidez que as organizações começaram a gerar uma quantidade cada vez maior de informação e, também, a rapidez de acesso às informações armazenadas tornou-se cada vez mais importante. Os antigos sistemas de arquivos tornaram-se complexos sistemas de armazenamento de informações responsáveis por gerir grandes volumes de dados, chamados Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados - SGBD’s. Devido à complexidade dos bancos de dados e à necessidade de sua operação ininterrupta surge a tarefa do Administrador, cuja função é assegurar que os bancos de dados permaneçam operantes, íntegros e rápidos. Para realizar suas tarefas o Administrador precisa contar com boas ferramentas de modo a tornar as intervenções no banco de dados rápidas e seguras. Existem no mercado, boas ferramentas para administração de banco de dados. No entanto, são todas proprietárias, possuem custo elevado e apresentam deficiências quando o DBA e o BD estão localizados logicamente em redes de dados distintas. Para tentar resolver este problema, este trabalho se propõe a desenvolver uma ferramenta de administração de banco de dados que o DBA possa utilizar para gerenciar os bancos de dados, utilizando a Web como instrumento.
3

Atributos favoráveis à motivação para visitação de um site : estudo de um portal educacional

Dorfman, Patricia Favorito January 2003 (has links)
Esta pesquisa tem como foco principal os atributos favoráveis à motivação de uso de um site, especificamente um portal educacional. Concentra-se no levantamento de atributos usuais para a construção de sites na Internet, sendo primeiramente levantados em bibliografias e, paralelamente, junto a profissionais responsáveis pela construção de um portal educacional para o mercado brasileiro. Com a definição dos atributos mais importantes, buscou-se a constatação de seu uso em três portais educacionais, dois deles concorrentes ao portal estudado, por meio do uso da ferramenta de benchmarking. Com os dados sobre os atributos, partiu-se para a fase de avaliação de tais atributos com usuários finais de um portal educacional, para a verificação se tais atributos eram relevantes na busca e uso de tal site. A pesquisa concentrou-se em um grupo fechado de respondentes, por serem efetivos usuários do portal educacional e poderem, com suas respostas, colaborar de forma significativa para o avanço da pesquisa. Os resultados obtidos revelam importantes considerações sobre a construção de sites – especificamente portais educacionais – mas por serem atributos gerais podem formar uma base para analise de outros sites em construção.
4

Estratégia de migração de aplicações legadas visuais (tipo WIMP) para o ambiente Web

Martins, Cláudio Roberto de Lima January 2003 (has links)
O sucesso da Internet como plataforma de distribuição de sistemas de informação encoraja organizações a disponibilizar serviços presentes em seus sistemas legados nesse ambiente. Uma parte desses sistemas foi desenvolvida na fase inicial do desenvolvimento das aplicações cliente/servidor para banco de dados, usando ambientes visuais com interfaces gráficas tipo WIMP, implementadas sob o paradigma procedimental/estruturado, baseado em objetos e eventos. Como conseqüência, produziu-se sistemas legados difíceis de manter, evoluir e adaptar a novas tecnologias e arquiteturas, pois os projetos desenvolvidos não seguiam, na maioria das vezes, os bons preceitos e práticas modernas defendidas na Engenharia de Software. O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para migrar sistemas legados com as características citadas acima para a plataforma Web. O processo de migração proposto destaca duas estratégias: a elaboração de modelos de classes conceituais da aplicação e o tratamento dado à interface do usuário, para serem utilizados na reconstrução de uma nova aplicação. O processo é baseado em técnicas e métodos de engenharia reversa, que visa obter abstrações por meio de análise estática e dinâmica da aplicação. Na análise dinâmica, destaca-se o mecanismo para recuperar aspectos dos requisitos funcionais do sistema legado e representá-los na ferramenta denominada UC/Re (Use Case para Reengenharia). Todos os artefatos gerados durante o processo podem ser armazenados em um repositório, representando os metamodelos construídos na metodologia. Para delimitar e exemplificar o processo, escolheu-se como domínio de linguagem de programação do software legado, o ambiente Delphi (sob a linguagem Object Pascal). É proposto também um ambiente CASE, no qual é descrito o funcionamento de um protótipo que automatiza grande parte das funcionalidades discutidas nas etapas do processo. Algumas ferramentas desenvolvidas por terceiros são empregadas na redocumentação do sistema legado e na elaboração dos modelos UML do novo sistema. Um estudo de caso, apresentando uma funcionalidade específica de um sistema desenvolvido em Delphi, no paradigma procedimental, é usado para demonstrar o protótipo e serve de exemplo para a validação do processo. Como resultado do processo usando o protótipo, obtém-se o modelo de classes conceituais da nova aplicação no formato XMI (formato padrão para exportação de modelos UML), e gabaritos de páginas em HTML, representando os componentes visuais da interface original na plataforma Web.
5

Estratégia de migração de aplicações legadas visuais (tipo WIMP) para o ambiente Web

Martins, Cláudio Roberto de Lima January 2003 (has links)
O sucesso da Internet como plataforma de distribuição de sistemas de informação encoraja organizações a disponibilizar serviços presentes em seus sistemas legados nesse ambiente. Uma parte desses sistemas foi desenvolvida na fase inicial do desenvolvimento das aplicações cliente/servidor para banco de dados, usando ambientes visuais com interfaces gráficas tipo WIMP, implementadas sob o paradigma procedimental/estruturado, baseado em objetos e eventos. Como conseqüência, produziu-se sistemas legados difíceis de manter, evoluir e adaptar a novas tecnologias e arquiteturas, pois os projetos desenvolvidos não seguiam, na maioria das vezes, os bons preceitos e práticas modernas defendidas na Engenharia de Software. O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para migrar sistemas legados com as características citadas acima para a plataforma Web. O processo de migração proposto destaca duas estratégias: a elaboração de modelos de classes conceituais da aplicação e o tratamento dado à interface do usuário, para serem utilizados na reconstrução de uma nova aplicação. O processo é baseado em técnicas e métodos de engenharia reversa, que visa obter abstrações por meio de análise estática e dinâmica da aplicação. Na análise dinâmica, destaca-se o mecanismo para recuperar aspectos dos requisitos funcionais do sistema legado e representá-los na ferramenta denominada UC/Re (Use Case para Reengenharia). Todos os artefatos gerados durante o processo podem ser armazenados em um repositório, representando os metamodelos construídos na metodologia. Para delimitar e exemplificar o processo, escolheu-se como domínio de linguagem de programação do software legado, o ambiente Delphi (sob a linguagem Object Pascal). É proposto também um ambiente CASE, no qual é descrito o funcionamento de um protótipo que automatiza grande parte das funcionalidades discutidas nas etapas do processo. Algumas ferramentas desenvolvidas por terceiros são empregadas na redocumentação do sistema legado e na elaboração dos modelos UML do novo sistema. Um estudo de caso, apresentando uma funcionalidade específica de um sistema desenvolvido em Delphi, no paradigma procedimental, é usado para demonstrar o protótipo e serve de exemplo para a validação do processo. Como resultado do processo usando o protótipo, obtém-se o modelo de classes conceituais da nova aplicação no formato XMI (formato padrão para exportação de modelos UML), e gabaritos de páginas em HTML, representando os componentes visuais da interface original na plataforma Web.
6

VersionsRank : escores de reputação de páginas web baseados na detecção de versões

Silva, Glauber Rodrigues da January 2009 (has links)
Os motores de busca utilizam o WebGraph formado pelas páginas e seus links para atribuir reputação às páginas Web. Essa reputação é utilizada para montar o ranking de resultados retornados ao usuário. No entanto, novas versões de páginas com uma boa reputação acabam por distribuir os votos de reputação entre todas as versões, trazendo prejuízo à página original e também as suas versões. O objetivo deste trabalho é especificar novos escores que considerem todas as versões de uma página Web para atribuir reputação para as mesmas. Para atingir esse objetivo, foram propostos quatro escores que utilizam a detecção de versões para atribuir uma reputação mais homogênea às páginas que são versões de um mesmo documento. Os quatro escores propostos podem ser classificados em duas categorias: os que realizam mudanças estruturais no WebGraph (VersionRank e VersionPageRank) e os que realizam operações aritméticas sobre os escores obtidos pelo algoritmo de PageRank (VersionSumRank e VersionAverageRank). Os experimentos demonstram que o VersionRank tem desempenho 26,55% superior ao PageRank para consultas navegacionais sobre a WBR03 em termos de MRR, e em termos de P@10, o VersionRank tem um ganho de 9,84% para consultas informacionais da WBR99. Já o escore VersionAverageRank, apresentou melhores resultados na métrica P@10 para consultas informacionais na WBR99 e WBR03. Na WBR99, os ganhos foram de 6,74% sobre o PageRank. Na WBR03, para consultas informacionais aleatórias o escore VersionAverageRank obteve um ganho de 35,29% em relação ao PageRank. / Search engines use WebGraph formed by the pages and their links to assign reputation to Web pages. This reputation is used for ranking show for the user. However, new versions of pages with a good reputation distribute your votes of reputation among all versions, damaging the reputation of original page and also their versions. The objective of this work is to specify the new scores to consider all versions of a Web page to assign reputation to them. To achieve this goal, four scores were proposed using the version detection to assign a more homogeneous reputation to the pages that are versions of the same document. The four scores proposed can be classified into two categories: those who perform structural changes in WebGraph (VersionRank and VersionPageRank) and those who performs arithmetic operations on the scores obtained by the PageRank algorithm (VersionSumRank and VersionAverageRank). The experiments show that the performance VersionRank is 26.55% higher than the PageRank for navigational queries on WBR03 in terms of MRR, and in terms of P@10, the VersionRank has a gain of 9.84% for the WBR99 informational queries. The score VersionAverageRank showed better results in the metric P@10 for WBR99 and WBR03 information queries. In WBR99, it had a gain of 6.74% compared to PageRank. In WBR03 for random informational queries, VersionAverageRank showed an increase of 35.29% compared to PageRank.
7

Estratégia de migração de aplicações legadas visuais (tipo WIMP) para o ambiente Web

Martins, Cláudio Roberto de Lima January 2003 (has links)
O sucesso da Internet como plataforma de distribuição de sistemas de informação encoraja organizações a disponibilizar serviços presentes em seus sistemas legados nesse ambiente. Uma parte desses sistemas foi desenvolvida na fase inicial do desenvolvimento das aplicações cliente/servidor para banco de dados, usando ambientes visuais com interfaces gráficas tipo WIMP, implementadas sob o paradigma procedimental/estruturado, baseado em objetos e eventos. Como conseqüência, produziu-se sistemas legados difíceis de manter, evoluir e adaptar a novas tecnologias e arquiteturas, pois os projetos desenvolvidos não seguiam, na maioria das vezes, os bons preceitos e práticas modernas defendidas na Engenharia de Software. O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para migrar sistemas legados com as características citadas acima para a plataforma Web. O processo de migração proposto destaca duas estratégias: a elaboração de modelos de classes conceituais da aplicação e o tratamento dado à interface do usuário, para serem utilizados na reconstrução de uma nova aplicação. O processo é baseado em técnicas e métodos de engenharia reversa, que visa obter abstrações por meio de análise estática e dinâmica da aplicação. Na análise dinâmica, destaca-se o mecanismo para recuperar aspectos dos requisitos funcionais do sistema legado e representá-los na ferramenta denominada UC/Re (Use Case para Reengenharia). Todos os artefatos gerados durante o processo podem ser armazenados em um repositório, representando os metamodelos construídos na metodologia. Para delimitar e exemplificar o processo, escolheu-se como domínio de linguagem de programação do software legado, o ambiente Delphi (sob a linguagem Object Pascal). É proposto também um ambiente CASE, no qual é descrito o funcionamento de um protótipo que automatiza grande parte das funcionalidades discutidas nas etapas do processo. Algumas ferramentas desenvolvidas por terceiros são empregadas na redocumentação do sistema legado e na elaboração dos modelos UML do novo sistema. Um estudo de caso, apresentando uma funcionalidade específica de um sistema desenvolvido em Delphi, no paradigma procedimental, é usado para demonstrar o protótipo e serve de exemplo para a validação do processo. Como resultado do processo usando o protótipo, obtém-se o modelo de classes conceituais da nova aplicação no formato XMI (formato padrão para exportação de modelos UML), e gabaritos de páginas em HTML, representando os componentes visuais da interface original na plataforma Web.
8

VersionsRank : escores de reputação de páginas web baseados na detecção de versões

Silva, Glauber Rodrigues da January 2009 (has links)
Os motores de busca utilizam o WebGraph formado pelas páginas e seus links para atribuir reputação às páginas Web. Essa reputação é utilizada para montar o ranking de resultados retornados ao usuário. No entanto, novas versões de páginas com uma boa reputação acabam por distribuir os votos de reputação entre todas as versões, trazendo prejuízo à página original e também as suas versões. O objetivo deste trabalho é especificar novos escores que considerem todas as versões de uma página Web para atribuir reputação para as mesmas. Para atingir esse objetivo, foram propostos quatro escores que utilizam a detecção de versões para atribuir uma reputação mais homogênea às páginas que são versões de um mesmo documento. Os quatro escores propostos podem ser classificados em duas categorias: os que realizam mudanças estruturais no WebGraph (VersionRank e VersionPageRank) e os que realizam operações aritméticas sobre os escores obtidos pelo algoritmo de PageRank (VersionSumRank e VersionAverageRank). Os experimentos demonstram que o VersionRank tem desempenho 26,55% superior ao PageRank para consultas navegacionais sobre a WBR03 em termos de MRR, e em termos de P@10, o VersionRank tem um ganho de 9,84% para consultas informacionais da WBR99. Já o escore VersionAverageRank, apresentou melhores resultados na métrica P@10 para consultas informacionais na WBR99 e WBR03. Na WBR99, os ganhos foram de 6,74% sobre o PageRank. Na WBR03, para consultas informacionais aleatórias o escore VersionAverageRank obteve um ganho de 35,29% em relação ao PageRank. / Search engines use WebGraph formed by the pages and their links to assign reputation to Web pages. This reputation is used for ranking show for the user. However, new versions of pages with a good reputation distribute your votes of reputation among all versions, damaging the reputation of original page and also their versions. The objective of this work is to specify the new scores to consider all versions of a Web page to assign reputation to them. To achieve this goal, four scores were proposed using the version detection to assign a more homogeneous reputation to the pages that are versions of the same document. The four scores proposed can be classified into two categories: those who perform structural changes in WebGraph (VersionRank and VersionPageRank) and those who performs arithmetic operations on the scores obtained by the PageRank algorithm (VersionSumRank and VersionAverageRank). The experiments show that the performance VersionRank is 26.55% higher than the PageRank for navigational queries on WBR03 in terms of MRR, and in terms of P@10, the VersionRank has a gain of 9.84% for the WBR99 informational queries. The score VersionAverageRank showed better results in the metric P@10 for WBR99 and WBR03 information queries. In WBR99, it had a gain of 6.74% compared to PageRank. In WBR03 for random informational queries, VersionAverageRank showed an increase of 35.29% compared to PageRank.
9

GURU : uma ferramenta para administrar banco de dados através da web

Scherer, Adriana Paula Zamin January 2002 (has links)
Antigamente as informações que as organizações utilizavam durante a sua gestão eram suficientemente armazenadas em arquivos. A própria aplicação era responsável pela manipulação dos dados e pela função de guardá-los de maneira segura. No entanto, a sociedade evoluiu com tamanha rapidez que as organizações começaram a gerar uma quantidade cada vez maior de informação e, também, a rapidez de acesso às informações armazenadas tornou-se cada vez mais importante. Os antigos sistemas de arquivos tornaram-se complexos sistemas de armazenamento de informações responsáveis por gerir grandes volumes de dados, chamados Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados - SGBD’s. Devido à complexidade dos bancos de dados e à necessidade de sua operação ininterrupta surge a tarefa do Administrador, cuja função é assegurar que os bancos de dados permaneçam operantes, íntegros e rápidos. Para realizar suas tarefas o Administrador precisa contar com boas ferramentas de modo a tornar as intervenções no banco de dados rápidas e seguras. Existem no mercado, boas ferramentas para administração de banco de dados. No entanto, são todas proprietárias, possuem custo elevado e apresentam deficiências quando o DBA e o BD estão localizados logicamente em redes de dados distintas. Para tentar resolver este problema, este trabalho se propõe a desenvolver uma ferramenta de administração de banco de dados que o DBA possa utilizar para gerenciar os bancos de dados, utilizando a Web como instrumento.
10

Atributos favoráveis à motivação para visitação de um site : estudo de um portal educacional

Dorfman, Patricia Favorito January 2003 (has links)
Esta pesquisa tem como foco principal os atributos favoráveis à motivação de uso de um site, especificamente um portal educacional. Concentra-se no levantamento de atributos usuais para a construção de sites na Internet, sendo primeiramente levantados em bibliografias e, paralelamente, junto a profissionais responsáveis pela construção de um portal educacional para o mercado brasileiro. Com a definição dos atributos mais importantes, buscou-se a constatação de seu uso em três portais educacionais, dois deles concorrentes ao portal estudado, por meio do uso da ferramenta de benchmarking. Com os dados sobre os atributos, partiu-se para a fase de avaliação de tais atributos com usuários finais de um portal educacional, para a verificação se tais atributos eram relevantes na busca e uso de tal site. A pesquisa concentrou-se em um grupo fechado de respondentes, por serem efetivos usuários do portal educacional e poderem, com suas respostas, colaborar de forma significativa para o avanço da pesquisa. Os resultados obtidos revelam importantes considerações sobre a construção de sites – especificamente portais educacionais – mas por serem atributos gerais podem formar uma base para analise de outros sites em construção.

Page generated in 0.0872 seconds