Return to search

Percepção socioambiental e monitoramento do lençol freático no povoado do Brejão em Santana do Paraíso-MG

Submitted by Maurílio Figueiredo (maurilioafigueiredo@yahoo.com.br) on 2014-07-09T21:24:12Z
No. of bitstreams: 2
license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)
DISSERTACAO_PercepçãoSocioambientalMonitoramento.pdf: 5151084 bytes, checksum: 67d057270fb6c00329b11da1ac290ead (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2014-07-24T13:04:10Z (GMT) No. of bitstreams: 2
license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)
DISSERTACAO_PercepçãoSocioambientalMonitoramento.pdf: 5151084 bytes, checksum: 67d057270fb6c00329b11da1ac290ead (MD5) / Made available in DSpace on 2014-07-24T13:04:10Z (GMT). No. of bitstreams: 2
license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)
DISSERTACAO_PercepçãoSocioambientalMonitoramento.pdf: 5151084 bytes, checksum: 67d057270fb6c00329b11da1ac290ead (MD5)
Previous issue date: 2014 / O eucalipto, por ser uma espécie exótica e de rápido crescimento, acaba por causar alguns impasses ligados à sua gestão socioeconômica e ambiental em diversas escalas
da paisagem. Uma característica que muito preocupa a sociedade civil, pesquisadores e
empresas de base florestal associa-se ao consumo da água para manter a elevada produtividade média das florestas plantadas. Com isso, há preocupações de que a ampliação da produção de eucalipto em uma determinada região possa afetar diretamente os recursos hídricos superficiais e subterrâneos. Nesse contexto, esta dissertação procurou avaliar a percepção ambiental dos moradores do povoado do Brejão, município de Santana do Paraíso, região do médio rio Doce, em relação às externalidades socioambientais do cultivo de eucalipto no entorno da comunidade, principalmente acerca dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos da microbacia
do córrego Entre Folhas. Para tal, foi instalado na referida microbacia piezômetros e réguas linimétricas, que foram monitorados com auxílio dos moradores locais entre os
anos de 2010 a 2012. Houve ainda a aplicação de um formulário de coleta de dados em
campo para elaborar o diagnóstico socioeconômico e ambiental da comunidade do Brejão. No que diz respeito ao sistema de monitoramento ambiental implantado, os dados obtidos revelaram que houve rebaixamento em todos os piezômetros na fase póscorte raso da floresta de eucalipto quando comparado ao período pré-corte. Possivelmente, a diminuição do nível da água do pós-corte apresenta uma tendência de
flutuação que está intimamente relacionada à sazonalidade do índice pluviométrico da
região e não, necessariamente, ao manejo cíclico da floresta plantada na área estudo, no
que tange tais às alterações no freático. Já sobre a questão socioeconômica e ambiental,
os dados da pesquisa indicaram que a comunidade local avalia apenas os fenômenos
extremamente nítidos relacionados ao manejo do eucalipto e que são facilmente percebidos, tais como: o risco da queda de árvores sobre as residências; a geração de
ruídos e de poeira fugitiva; e a movimentação de máquinas pesadas. Em suma, os resultados da pesquisa indicam que há uma baixa relação topofílica dos moradores em
relação ao povoado, representado pela falta de interesse dos moradores em compreender
a dinâmica ambiental local. Desse modo, a comunidade tem vivenciado uma situação de
topocídio, ou seja, o povoado apresenta um estágio de significativa fragilidade ambiental, já que a população não participa das tomadas de decisões em relação aos assuntos de seu interesse ou aos impactos socioambientais diagnosticados. __________________________________________________________________________________________ / ABSTRACT: Eucalyptus is an exotic and fast growing species and causes some dilemmas related to their socioeconomic and environmental management in various landscape scales. A feature of great concern to civil society, researchers and forest-based enterprises is associated with the consumption of water to maintain high productivity of cultivated
forests. Therefore, there are great concerns that the expansion of cultivated eucalyptus
forests in a region can directly affect surface and groundwater resources. In this context,
this thesis aimed to assess the environmental perception in the Brejão village, municipality of Santana do Paraíso, region of the Middle Doce River, in relation to social and environmental externalities of eucalyptus cultivation nearby community, mainly about surface water resources and underground stream of the microbasin. To
this, was installed in the watershed of the stream piezometers Entre Folhas and linimetric scales, which were monitored with the help of the locals between the years
2010-2012. There was still applying a form of data collection in the field to develop the
socioeconomic and environmental assessment of the Brejão community. With respect to
environmental monitoring system deployed, the data revealed that there was any degradation in the shallow piezometers post-havesting eucalyptus when compared to
pre-harvest period. Possibly, the decrease in water level after cut has a tendency of fluctuation that is closely related to the seasonality of rainfall in the region index and
not necessarily the cyclical management of planted forests in the study area, with respect to such changes in groundwater. Already on socioeconomic and environmental
issues, the survey data indicated that the local community evaluates only the extremely
crisp phenomena related to the management and eucalyptus which are easily perceived,
such as the risk of trees falling on homes, noise generating and fugitive dust, and the
movement of heavy machinery. In short, the survey results indicate that there is a low
ratio of topofílica residents regarding the town, represented by the lack of interest from
local residents to understand environmental dynamics. Thus, the community presents a
stage of significant environmental fragility, since the population does not participate in
decision making on issues of interest to diagnosed or environmental impacts

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:localhost:123456789/3546
Date January 2014
CreatorsMorais, Sérgio Lana
ContributorsLeite, Mariangela Garcia Praça
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFOP, instname:Universidade Federal de Ouro Preto, instacron:UFOP
RightsAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 14/03/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0129 seconds