Return to search

Degradação de vitelina e hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus

O presente trabalho caracterizou alguns aspectos enzimáticos da digestão de vitelina e de hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Um novo protocolo foi desenvolvido para a purificação de uma cisteíno endopeptidase de larvas do carrapato (R. microplus Larval Cysteine Endopeptidase; RmLCE). A seqüência parcial de aminoácidos de RmLCE mostrou similaridade com outra cisteíno endopeptidase descrita neste organismo (Boophilus microplus Cathepsin -L1; BmCL1). Vitelina (Vt), preparada a partir de homogenatos de ovos e larvas de R. microplus, foi degradada diferencialmente por RmLCE e VTDCE (Vitellin-Degrading Cysteine Endopeptidase; uma enzima de atividade semelhante purificada de ovos de R. microplus). RmLCE também apresentou capacidade de degradação de hemoglobina em pH 4,0, e a presença de uma atividade cisteíno endopeptidásica acídica em intestino de larvas foi demonstrada. A atividade peptidásica total, presente em homogenatos de ovos, larvas e intestino de partenóginas, sobre substrato sintético em pH 4,0, mostrou-se diferencialmente susceptível a inibidores de cisteíno e aspártico endopeptidases (E-64 e pepstatina A, respectivamente). A ação combinada dos dois inibidores inibiu completamente a atividade peptidásica. Estes inibidores também afetaram a degradação de vitelina e hemoglobina por homogenatos de larvas e intestino de partenóginas. A presença de pepstatina A inibiu cerca de 50 % da atividade sobre hemoglobina em larvas, enquanto E-64 foi capaz de inibir completamente a degradação das proteínas por ambos os homogenatos. Um enzima com atividade aspártico endopeptidásica presente em larvas de R. microplus foi parcialmente purificada e identificada por Western blot e seqüenciamento N-terminal como Boophilus Yolk Cathepsin (BYC). Esta enzima foi eluída de uma coluna de gel-filtração em pH ácido associada a uma atividade cisteíno endopeptidásica. A degradação de hemoglobina de forma sinérgica pela aspártico endopeptidase (BYC) e a cisteíno endopeptidase (RmLCE) purificadas de larva indica a existência de uma cascata enzimática responsável pela digestão de hemoglobina. Estes resultados sugerem que RmLCE tem um papel continuo na digestão de vitelina e hemoglobina durante o desenvolvimento de R. microplus.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:lume.ufrgs.br:10183/26613
Date January 2008
CreatorsEstrela, Andreia Bergamo
ContributorsTermignoni, Carlos
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatapplication/pdf
Sourcereponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRGS, instname:Universidade Federal do Rio Grande do Sul, instacron:UFRGS
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0161 seconds