Return to search

Qualidade ambiental de recursos hídricos associados a pivôs centrais de irrigação no Distrito Federal

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, 2014. / Submitted by Guimaraes Jacqueline (jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-08-25T15:20:48Z
No. of bitstreams: 1
2014_CarlaAlbuquerquedeSouza.pdf: 4063497 bytes, checksum: b394b0292814ccfc62cee496da03187c (MD5) / Made available in DSpace on 2014-08-25T15:20:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2014_CarlaAlbuquerquedeSouza.pdf: 4063497 bytes, checksum: b394b0292814ccfc62cee496da03187c (MD5) / A atividade agrícola provoca diversos impactos ao meio ambiente, incluindo aos
corpos hídricos. Portanto, é importante a existência de programas de monitoramento
ambiental que acompanhem todas as alterações causadas pela agricultura nestes ecossistemas, utilizando análises tradicionais físico-químicas e análises biológicas. Nesse sentido, os objetivos desse estudo foram: (i) caracterizar as condições físico-químicas, de paisagem,
biológicas e tróficas da área de estudo, avaliando seu estado de degradação ambiental,
composição de fitoplâncton e zooplâncton no gradiente trófico e os preditores ambientais
dessas comunidades; (ii) avaliar e indicar alternativas para a simplificação do monitoramento ambiental na área de estudo utilizando bioindicadores, grupos substitutos, resoluções numéricas e taxonômicas. O estudo foi conduzido em 25 corpos hídricos que abastecem
pivôs-centrais de irrigação em área predominantemente agrícola no Distrito Federal (Bacia Hidrográfica do Rio Preto) em outubro de 2012. Foram analisadas variáveis físico-químicas (temperatura, condutividade, pH, turbidez, oxigênio dissolvido, profundidade, clorofila-a, íons dissolvidos na água e fósforo total), de paisagem (área e perímetro de cada corpo hídrico, uso do solo e área com vegetação remanescente na margem), Índice de Estado Trófico e a composição das comunidades fitoplanctônicas e zooplanctônicas. A área de estudo possui
boas condições ambientais, apresentando composições das comunidades fitoplanctônicas e
zooplanctônicas ricas e abundantes. As composições dessas comunidades não foram
influenciadas pelo gradiente trófico. Para o fitoplâncton, todas as variáveis foram importantes
para estruturar a comunidade. O zooplâncton apresentou algumas variáveis físico-químicas e de paisagem como preditoras. Para a simplificação do monitoramento ambiental, uma espécie de fitoplâncton foi considerada indicadora de ambiente oligotrófico, enquanto seis espécies de zooplâncton foram consideradas indicadoras de ambiente mesotrófico. Porém, sugere-se fazer
mais amostragens em diferentes épocas do ano para verificar a existência de padrão. Todas as análises biológicas com fitoplâncton e zooplâncton na área de estudo podem ser realizadas utilizando dados de presença/ausência de indivíduos sem perda significativa de informação,
ou podem ser utilizados dados em nível de gênero ou família para copépodes e tecamebas e apenas dados em nível de gênero para cladóceros e rotíferos. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Agricultural activity causes many environmental impacts, including the water bodies. Therefore, it is important to have an environmental monitoring program to monitor any changes caused by agriculture in these ecosystems using traditional physical-chemical analysis with biological analyzes. In this sense, the objectives of this study were: (i) characterize the biological, physico-chemical and trophic conditions of the study area, assessing their state of environmental degradation, the composition of phytoplankton and zooplankton in the trophic gradient and environmental predictors of these communities, (ii) to evaluate and indicate alternatives to the simplification of environmental monitoring in the study area using bioindicators, surrogate groups, numerical and taxonomic resolutions. The study was conducted on 25 water bodies that supply central-pivot irrigation in predominantly agricultural area in the Federal District (Rio Preto Watershed) in October 2012. Physicochemical variables (temperature, conductivity, pH, turbidity, dissolved oxygen, depth, chlorophyll-a, dissolved ions in the water and total phosphorus), landscape (area and perimeter of each water body, land use and area with remnant vegetation at the edges were analyzed), the Trophic State Index and composition of phytoplankton and zooplankton communities. The study area has good environmental conditions, presenting compositions of the phytoplankton and zooplankton communities rich and plentiful. The compositions of these communities were not influenced by the trophic gradient. For phytoplankton, all variables were important in structuring the community. Zooplankton showed some physico-chemical and landscape variables as predictors. For the simplification of environmental monitoring, one species of phytoplankton was considered indicative of oligotrophic environment, while six species of zooplankton were considered indicative of mesotrophic environment. However, it is suggested to do more sampling at different times of the year to verify the existence of patern. All biological analyzes of phytoplankton and zooplankton in the study area can be performed using presence/absence of individuals without significant loss of information or data can be used at genus or family to copepods and testate amoebas and just at genus level for cladocerans and rotifers.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/16148
Date26 February 2014
CreatorsSouza, Carla Albuquerque de
ContributorsRibeiro, Rômulo José da Costa, Vieira, Ludgero Cardoso Galli
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0079 seconds