Return to search

Prevalência e fatores associados a enteroparasitoses em pacientes com artrite reumatoide

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2016. / Submitted by Camila Duarte (camiladias@bce.unb.br) on 2016-10-21T15:07:20Z
No. of bitstreams: 1
2016_AnaPaulaMonteiroGomidesReis.pdf: 2765887 bytes, checksum: 7c66e1da52c9bd62fc169292456d379d (MD5) / Rejected by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br), reason: Boa tarde,
Por favor, adeque o nome do Orientador e adicione o nome do Co-Orientador.

Atenciosamente, on 2017-01-16T16:38:55Z (GMT) / Submitted by Camila Duarte (camiladias@bce.unb.br) on 2017-01-17T13:28:47Z
No. of bitstreams: 1
2016_AnaPaulaMonteiroGomidesReis.pdf: 2765887 bytes, checksum: 7c66e1da52c9bd62fc169292456d379d (MD5) / Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-07T14:04:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1
2016_AnaPaulaMonteiroGomidesReis.pdf: 2765887 bytes, checksum: 7c66e1da52c9bd62fc169292456d379d (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-07T14:04:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2016_AnaPaulaMonteiroGomidesReis.pdf: 2765887 bytes, checksum: 7c66e1da52c9bd62fc169292456d379d (MD5) / Introdução: Os pacientes portadores de doenças reumáticas apresentam profundas alterações
no sistema imunitário em virtude das doenças de base e dos tratamentos utilizados, o que
aumenta o risco de ocorrência e a gravidade de infecções, dentre elas as enteroparasitoses. O
tratamento atual da artrite reumatoide envolve terapias imunossupressores potentes havendo a
necessidade de rastreamento para processos infecciosos latentes. Não há na literatura estudos
de prevalência de parasitoses em portadores de artrite reumatoide até o momento. O
conhecimento destes dados epidemiológicos são fundamentais para fornecer elementos para o
adequado manejo destes pacientes na prática clínica.
Objetivos: a) Avaliar a prevalência de parasitoses em uma população com Artrite Reumatoide;
b) Determinar a prevalência das helmintíases e protozooses por espécie nos pacientes; c)
Avaliar as condições socioeconômicas dos pacientes e sua relação com a ocorrência das
enteroparasitoses; d) Demonstrar a possível relação entre a presença de parasitoses
intestinais e parâmetros de atividade de doença.
Pacientes e Métodos: Foram coletados dados socioeconômicos demográficos e clínicos de
uma amostra de conveniência de 67 pacientes acompanhados regularmente no ambulatório de
AR do Hospital Universitário de Brasília no período de julho de 2015 a abril de 2016. Todos os
pacientes foram submetidos ao exames parasitológico de fezes (EPF) pelo método de
Hoffman, Pons e Janer (HPJ). Foram obtidas as frequências das variáveis de interesse,
realizada análise bivariada e análise de regressão de Poisson múltipla com variância robusta.
Resultados: A idade média foi de 53.9 anos, com predomínio em mulheres (94%) brancas
(47.8%). O tempo médio de doença foi de 9.2 anos e a maioria dos pacientes estava com a
doença em remissão ou atividade leve . A prevalência de parasitoses foi de 11.9%, sendo
todos os casos de protozoários das seguintes espécies: Endolimax nana, Entamoeba
histolytica e Entamoeba Coli. A análise multivariada final indicou que a presença de parasitose
tem relação estatística significativa com ausência fadiga pela EVA (p = 0,0488) e com melhor
índice de saúde atual pela EVA (p = 0,0012). / Introduction: Patients with rheumatic diseases have profound alterations in the immune system
as a result of underlying diseases and the treatments used, which increases the risk of
occurrence and severity of infections, among them the enteroparasitosis. The current treatment
of rheumatoid arthritis involves immunosuppressive therapies powerfully needed for screening
infectious processes. There are no studies in the literature on the prevalence of parasitic
infections in patients with rheumatoid arthritis till date. The knowledge of these epidemiologic
data are crucial to provide elements for the proper management of these patients in clinical
practice.
Objectives: a) To assess the prevalence of parasitic diseases in a population with Rheumatoid
Arthritis; b) To determine the prevalence of helminthiasis and protozooses by species in
patients; (c) Assess the socioeconomic conditions of the patients and its relationship with the
occurrence of enteroparasitosis; (d) To demonstrate the possible relationship between the
presence of intestinal parasitic infections and parameters of disease activity.
Patients and methods: We collected demographic and socioeconomic data of a convenience
sample of 67 patients followed up regularly at the clinic of the Hospital Universitário de Brasília
in July 2015 period to April 2016. All patients were presented for parasitological examination of
stools (EPF) by Hoffman, Pons and Janer (HPJ). We obtained the frequencies of the variables
of interest, performed bivariate analysis and logistic regression, Poisson regression with robust
variance.
Results: The mean age was 53.9 years, predominantly in women (94%) white (47.8%). The
mean disease duration was 9.2 years and most patients had the disease in remission or light
activity. The prevalence of parasitic infections was 11.9%, with all cases of protozoa of the
following species: Endolimax nana, Entamoeba histolytica and Entamoeba coli. The final
multivariate analysis indicated that the presence of disease has significant statistical
relationship with no fatigue by VAS (p=0.0488) and best current health index by VAS (p =
0.0012).

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/22821
Date05 September 2016
CreatorsReis, Ana Paula Monteiro Gomides
ContributorsLima, Caliandra Maria Bezerra Luna, Mota, Licia Maria Henrique da
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0155 seconds