Return to search

A mediação semiotica no desenvolvimento do conhecimento quimico

Orientador: Silvio Sanches Gamboa / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-20T01:59:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Pelegrini_RonaldoTeixeira_M.pdf: 4680775 bytes, checksum: fee671bc0255d396caae870981398880 (MD5)
Previous issue date: 1995 / Resumo: Os homens, por meio da linguagem, criam relação com o ausente e com o tempo, educando-se e transformando-se em seres culturais. Estas interações que ocorrem no âmbito das relações sociais e com o mundo são relações estritamente humanas que são possibilitadas pelos signos. São, portanto mediações semióticas. Graças a essa mediação semiótica é possível a comunicação, como também o conhecimento e o desenvolvimento da consciência.As fórmulas e as equações químicas são mediadoras do conhecimento químico, e o sucesso do ensino/aprendizado da Química depende da maneira como o professor trabalha essa simbologia. Como verificamos nesta pesquisa, a maneira de ensinar as fórmulas químicas isoladas do universo e por meio de uma tradução mecânica de um signo para outro limita a mediação semiótica e, por conseguinte, afeta a qualidade do ensino e da aprendizagem da Química / Mestrado / Metodologia do Ensino / Mestre em Educação

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/251176
Date15 March 1995
CreatorsPelegrini, Ronaldo Teixeira, 1956-
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Sanchez Gamboa, Silvio Ancisar, 1949-, Gamboa, Silvio Sanches
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format107p. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0023 seconds