Return to search

Analise e avaliação do hidrograma unitario geomorfologico e geomorfoclimatico para pequenas bacias rurais

Orientador: Abel Maia Genovez / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil / Made available in DSpace on 2018-07-23T12:17:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Coelho_FernandoSergioAmaral_M.pdf: 3248877 bytes, checksum: 46b0ca500f732080d347d8445feff3e7 (MD5)
Previous issue date: 1998 / Resumo: Na tentativa de analisar e avaliar metodologias de previsão de respostas hidrólogicas de pequenas bacias hidrográficas, é estudada uma metodologia para gerar o Hidrograma Unitário Geomorfológico (HUG), o qual se baseia na geomorfologia da bacia. São analisadas diferentes formas de se determinar os parâmetros do modelo HUG, usando diferentes escalas de mapas topográficos. Também são avaliados os efeitos da variação de parâmetros do modelo como, por exemplo, a variação da velocidade de escoamento. Para este estudo foram utilizadas três bacias do Estado de São Paulo, com áreas de 38, 67 e 184 km2. Partindo da análise dos mapas topográficos foram calculados os parâmetros do modelo. Das medidas topográficas foram obtidos os parâmetros do modelo geomorfológico de Rodrigues-Iturbe e Valdés, tais como as probabilidades da gota de água cair inicialmente em uma área que drena diretamente para um canal de ordem i e as probabilidades de transição de uma partícula de água de um canal de ordem i para outro de ordem j. Também foi analisada a alternativa de se considerar o valor da velocidade a montante ou não. Foram gerados os hidrogramas de saída, que posteriormente foram comparados com os Hidrogramas Unitários Médios Observados e com os Hidrogramas Unitários(HU) calculados usando os métodos do HU Triangular Geomorfoclimático, o método do HU Triangular do Soil Conservation Service e o método do HU Sintético Regionalizado de Reda. Conclui-se, neste estudo, que o método do HU Regionalizado foi o que apresentou o HU mais próximo do HU observado. Para este estudo, inicialmente, foram utilizados mapas topográficos na escala de 1:50000 e posteriormente nas escalas 1:250000 e 1:10000. Conclui-se que não se deve escolher grandes escalas para bacias com pequenas áreas, pois muitos detalhes da rede de drenagem são perdidos, comprometendo assim uma análise mais apurada. Também não se deve escolher escalas muito baixas, pois além de implicar mais complexidade em riqueza de detalhes não melhorou o resultado. Com relação ao efeito de escala conclui-se que os valores que mais se aproximaram dos observados foram obtidos utilizando-se a escala de 1:50000 / Abstract: A methodology is proposed to analyse and evaluate hydrologic response prediction of smalls hydrographic basins. The IHUG was generated based on the basin geomorphology. Themodel' s parameters were analised using different topographic maps scales. The effects of variation of model' s parameters such as, the variation of runoff velocity were also evaluated. The case studies comprehend three hydrographic basins from São Paulo States with 38, 67 and 184km2 respectively. Exploring the concepts presented by Rodrigues-Iturbe and Valdés (1979) on a new methodology of rainfall-runoff transformation, the present works employed the basin geomorphologic pattems for determining the majority of model parameters based on topographic maps measurements. The parameters of the Rodrigues-lturbe and Valdés geomorphologic transformation model such as, transitions probabilities of a water drop from achannel to another of higher order and the probabilities of the drop falling in a area contributing to a channel of given order were also obtained. The generated hydrographs were compared to the observed ones. The model is meanful of obtaining basin's response from physical characteristics.The topographic maps had 1:50,000, 1:250,000 and 1:10,000 scales. On high scales drainage networks details are lost, and low scales didn't improve the results. The results, that were approximated to the observed values, were obtained with 1:50,000 scale / Mestrado / Recursos Hidricos / Mestre em Engenharia Civil

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/258428
Date24 April 1998
CreatorsCoelho, Fernando Sergio Amaral
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Genovez, Abel Maia, 1953-, Silva, Dirceu Vieira da, Mattos, Arthur
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Civil, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format130f. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0024 seconds