Return to search

Parâmetros bioquímicos e enzimáticos para jundiá (Rhamdia quelen) alimentados em alta e baixa frequência com diferentes níveis de proteína /

Orientador: Claudio Angelo Agostinho / Coorientador: Luciana Francisco Fleuri / Banca: Margarida Maria Barros / Banca: Hamilton Hisano / Resumo: Nas várias atividades agropecuárias o manejo alimentar adequado é fundamental para se alcançar o melhor desempenho produtivo, assim como o correto balanceamento dos nutrientes oferecidos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência dos níveis de proteína na ração e do número de ofertas de alimento ao dia sobre os parâmetros metabólicos e atividade das enzimas do metabolismo proteico, associados ao índice lipossomático (ILS) de 864 jundiás de 45g cultivados em tanque-rede. Os peixes foram alimentados por 60 dias com dieta contendo dois níveis de proteína (28 e 32%) e duas frequências de alimentação (três e 24 vezes ao dia), com seis repetições reproduzidas no tempo. Dois peixes de cada tanque foram abatidos no início, meio e final do trabalho para as análises bioquímicas. A atividade da enzima aspartato aminotransferase (AST) aumentou durante o tempo dos ensaios para a dieta com 28% de proteína e maior frequência. O aumento da concentração de glicose no sangue com a diminuição da proteína na dieta para a frequência alimentar de três vezes ao dia, assim como para a maior frequência com a dieta de 32% de proteína aos 30 dias, associadas à diminuição da atividade enzimática (AST) sugere que com a maior frequência o aumento da proteína dietética não é necessário para suprir as demandas metabólicas. Houve tendência de diminuição do glicogênio hepático para os peixes alimentados mais vezes ao dia com a dieta contendo 32% de proteína ao final do experimento, sendo a glicogenólise responsável pela manutenção dos níveis de glicose. Os níveis de proteínas plasmáticas foram maiores para os peixes alimentados com maior nível de proteína e menor frequência alimentar. A maior frequência pode melhorar o aproveitamento da ração com menor nível de proteína, direcionando a proteína da dieta para suprir as demandas proteicas e energéticas / Abstract: The proper feeding management is important to achieve the best productive performance at the various agricultural activities, as well as the correct nutrients balance offered is indispensable. This study aimed at evaluating the influence of dietary protein levels and the number of food offerings per day on the metabolic parameters and the activity of protein metabolism enzymes, along with the liposomatic index (LSI) of 864 silver catfish of 45g grown in cages. The fish were fed 60 days with a diet containing two protein levels (28 and 32%) and two feeding frequencies (three and 24 times a day), with six replicates per treatment reproduced in time. Two fish per cage were slaughtered at the beginning, middle and end of the experiment for biochemical analysis. The aspartate aminotransferase enzyme activity (AST) increased during the experimental time for the diet with 28% protein level and higher feeding frequency. The increase in blood glucose concentration for the lower dietary protein level and the feeding frequency of three times a day as for to higher frequency with the diet of 32% protein at 30 days, associated with decreased enzyme activity (AST) proposes that increased dietary protein level is not required to meet the metabolic demands. There was a tendency of decreased hepatic glycogen for fish fed 24 times a day with the diet containing 32% protein at the end of the experiment, therefore glycogenolysis was responsible for maintaining glucose levels. The plasma protein levels were higher for fish fed with more protein in the diet and lower feeding frequency. Thus, the higher frequency can improve food utilization with a lower protein level, so the diet protein can be used to fulfill protein and energetic demand / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000694674
Date January 2012
CreatorsSousa, Paula Novelli Ramalho de, 1978-
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.
PublisherBotucatu : [s.n.],
Source SetsSao Paulo State University, Sao Paulo - Brazil.
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typetext
Formatvi, 49 f. :
RelationSistema requerido: Adobe Acrobat Reader

Page generated in 0.0023 seconds