• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 77
  • 1
  • Tagged with
  • 78
  • 78
  • 45
  • 42
  • 27
  • 25
  • 25
  • 24
  • 23
  • 21
  • 15
  • 14
  • 13
  • 12
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análises físicas, químicas e biológicas no estudo do comportamento do aterro da Muribeca

Escarião Dessoles Monteiro, Veruschka January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:38:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6674_1.pdf: 2202936 bytes, checksum: 920653a1978229ef30f30689c1730797 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / A disposição do lixo em aterros é bastante comum e é a técnica mais utilizada, devido a sua praticidade e baixo custo. Entretanto, os aterros sanitários não podem ser vistos como simples local de armazenamento de resíduos. Aterros são obras geotécnicas. Avaliar o seu comportamento quanto à sua eficiência na degradação, geração de líquidos e de gases tóxicos, torna-se necessário para entender e aperfeiçoar essa técnica de disposição e reaproveitamento de áreas. Entender o lixo depositado em aterros é estabelecer relações físicas, químicas e biológicas que acontecem durante o processo de degradação dos resíduos ao longo do tempo. Desta forma, é possível otimizar os processos degradativos e operacionais, além de estabelecer correlações entre o ambiente interno e externo e a massa de lixo. Para a melhor compreensão do comportamento de resíduos sólidos urbanos depositados em aterros, faz-se necessário estabelecer inter-relações entre a geotecnia ambiental, a química, a microbiologia e a biotecnologia, bem como entre as condições climáticas locais. Os estudos destas interações são ferramentas para a análise do comportamento de aterros e seus fatores intervenientes. Estes estudos têm por objetivo a compreensão dos processos de degradação dos resíduos sólidos urbanos para avaliar as tecnologias de tratamento e as condições que permitem a melhor eficiência quanto à bioestabilização dos resíduos no menor espaço de tempo e obter-se um melhor aproveitamento da área de destinação final, menor impacto ao meio ambiente e à saúde pública. Para os estudos relacionados ao comportamento dos resíduos ao longo do tempo foram realizadas ensaios de campo e de laboratório e feitas análises como: geração de percolado e gases, parâmetros físico-químicos do chorume, análises microbiológicas, testes de fitotoxicidade, recalques superficiais e em profundidade medidos no aterro, além de outros parâmetros dos resíduos sólidos como umidade, sólidos voláteis, pH e temperatura. Estes parâmetros foram confrontados entre si, a fim de se estabelecer interações físicas, químicas e biológicas para entender o comportamento do aterro durante o seu processo evolutivo e sugerir técnicas mais adequadas de disposição dos resíduos em aterros. Com os resultados obtidos pôde-se verificar que, de maneira geral, as condições climáticas da Região Metropolitana do Recife favorecem o processo biodegradativo com o tempo, havendo uma degradação dos resíduos relativamente rápida. Contudo, em muitos casos, houve uma desestabilização do meio interno, prejudicando o processo biodegradativo dos resíduos. A passagem de líquidos excessiva para o interior das Células, bem como a entrada extra de oxigênio através da camada de cobertura por caminhos preferencias; inversão do fluxo de gás, entre outros, são responsáveis pelo retardo no processo degradativo, impedindo principalmente a atividade das bactérias metanogênicas. Verificou-se também que, quando ocorreu grande número de microrganismos no interior da massa de lixo, havia grandes quantidades de matéria orgânica, bem como maiores concentrações de gás metano e maiores recalques. No decorrer do período de monitoramento ocorreu uma diminuição do número de microrganismos, acompanhado de menores valores de DBO, DQO e sólidos voláteis, assim como concentração de gás e menores magnitudes e velocidades de recalques. Um aspecto relevante que é destacado neste trabalho é a necessidade de adotar-se uma sistemática de monitoramento para o controle dos parâmetros e entendimento do comportamento do aterro. Além do mais essa prática é essencial para estabelecerem-se inter-relações que se consolidam durante o processo degradativo dos resíduos
2

Simulação experimental de formação de lixiviados em aterros sanitários com co-deposição de lamas de E.T.A.R.'s

Arantes, Luísa Cristina Carvalho da Silva January 1997 (has links)
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação da Prof. Doutora Domingas do Rosário V. J. T. de Oliveira
3

Estudo do comportamento de aterros de resíduos : caracterização física, bioquímica e mecânica dos resíduos sólidos urbanos

Gomes, Cristina Maria Bastos da Cunha January 2008 (has links)
Tese de doutoramento. Engenharia Civil. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2008
4

Caracterização, avaliação da biodegradabilidade aeróbica e anaeróbica e tratamento em reator UASB do chorume do aterro da Muribeca

Felipe de Melo Sales Santos, André January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:41:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6615_1.pdf: 1630155 bytes, checksum: 169ff184244dc2b3be474bea69003000 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / líquido que apresenta características de altas cargas de contaminantes orgânicos e inorgânicos e sendo assim representam uma fonte de poluição significativa, seja em grandes centros ou em pequenos aglomerados urbanos. A determinação das características físico-químicas dessa lixívia e de seu potencial de biodegradabilidade são etapas fundamentais na decisão técnico-econômico da aplicação da melhor tecnologia disponível para àquela situação específica dentro de uma visão mais moderna de gestão integral do resíduo e de seus subprodutos gerados. Alternativas para o tratamento biológico de chorume são abundantes na literatura em função basicamente da realidade local, de condicionantes técnicos e operacionais e das características do próprio percolado. Entretanto, para chorumes mais antigos onde a relação DQO/DBO é alta, as referências sobre o uso de processos biológicos são significativamente mais escassas; em particular os de via anaeróbia. Neste sentido este trabalho visou dar uma contribuição à elucidação do uso de processos anaeróbios para tratamento de chorumes de aterros antigos. A dissertação aborda o uso de um reator UASB (upflow anaerobic sludge blanket), em escala de laboratório, para tratamento de chorume com relação DQO/DBO variante de 2-6. Inicialmente este trabalho constou de uma detalhada caracterização físico-química e microbiológica do chorume por um período de 10 meses. Nessa caracterização observou-se claramente que o período chuvoso e seco apresentavam grandes diferenças para a grande maioria dos parâmetros devido principalmente os efeitos de diluição ocasionados pelo maior aporte de água nas células. Para a operacionalização do reator foram inicialmente feitos testes estáticos de atividade metanogênica específica com dois inóculos anaeróbios. Um lodo de indústria alimentícia e outro de usina de açúcar obtendo os seguintes resultados respectivamente: 0,210 e 0,293 g DQO-CH4/g SSV.d. Foram realizados também testes de biodegradabilidade anaeróbia estáticos com esses dois lodos obtendo resultados semelhantes da ordem de 60% de remoção em DQO. Teste aeróbios em batelada com e sem inoculação de lodo aeróbio foram realizados alcançando valores de remoção de DQO da ordem de 87% (em 200h), e 65% (em 600 h), respectivamente. Os reatores UASB experimentais possuíam volume útil de 7 litros e em operação contínua. No primeiro reator avaliou-se o efeito da variação do tempo de detenção e da carga biológica na eficiência do processo e no segundo o efeito da manutenção de baixa carga (chorume diluído 50%) e alto tempo de detenção hidráulico (TDH). O reator 1 apresentou eficiência média da ordem de 43%, enquanto o reator 2, de 52%. Este estudo confirmou que as altas relações DQO/DBO indicam que o resíduo é realmente recalcitrante e sendo assim de tratamento biológico mais dificultado, visto que, mesmo com a redução considerável da carga (reator 2), a eficiência não se alterou significativamente. Entretanto, as baixas velocidades ascensionais da ordem de 20 cm/h podem ter influenciado no contato substrato-lodo visto que a redução do TDH favoreceu um discreto e gradativo aumento da eficiência. O processo UASB é, portanto, viável como tratamento primário necessitando ainda de pós-tratamento (aeróbio) para redução de cor e compostos recalcitrantes não eliminados pelas rotas anaeróbias
5

Avaliação da influência da precipitação pluviométrica no aterro sanitário de Lajeado - RS

Schneider, Simone Beatris 26 March 2010 (has links)
Submitted by Ana Paula Lisboa Monteiro (monteiro@univates.br) on 2010-07-19T20:10:54Z No. of bitstreams: 1 SimoneSchneider.pdf: 2561242 bytes, checksum: 941a343f2c439cc7f2effbb9e5caa7fa (MD5) / Made available in DSpace on 2010-07-19T20:10:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SimoneSchneider.pdf: 2561242 bytes, checksum: 941a343f2c439cc7f2effbb9e5caa7fa (MD5) / Para os aterros sanitários o maior problema ambiental é a liberação do lixiviado, que é proveniente do chorume, líquido procedente da decomposição biológica dos resíduos e da precipitação pluviométrica que infiltra ao longo da célula que recebe os resíduos nos aterros sanitários. Há risco eminente de poluição ao meio ambiente devido à alta concentração de matéria orgânica presente no lixiviado. Apresentaram-se através da coleta de dados, informações altamente significativas no que se refere à avaliação da temperatura ambiente com a quantidade de efluente gerado levando em consideração situações em que não houve a interferência da precipitação pluviométrica, demonstrando-se que a temperatura ambiente deve ser estudada de forma mais detalhada e deve ser levada em consideração na hora da elaboração do projeto de um aterro sanitário. Os dados demonstram claramente que à medida que a temperatura diminui, há imediatamente um aumento na geração de efluente. Observou-se ainda, que precipitação pluviométrica influencia nas análises de DQO, observando-se que não houve diluição e sim quanto maior a incidência de chuvas, maiores os resultados apresentados e este comportamento também pode ser aplicado ao nitrogênio e ao fósforo.
6

Comportamento dos geossintéticos face a agentes presentes em aterros : uma contribuição

Monteiro, António José Rodrigues Vieira January 1998 (has links)
Tese de mestrado. Engenharia do Ambiente. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 1998
7

Avaliação energética do ciclo de refrigeração por absorção utilizando biogás de aterros sanitários e gás natural

Moreira, Heloísa Beatriz Cordeiro [UNESP] 27 February 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-04-01T17:54:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-02-27. Added 1 bitstream(s) on 2016-04-01T18:00:28Z : No. of bitstreams: 1 000505539.pdf: 26700260 bytes, checksum: 729f4cf209b1161cbdad5f77da8fa310 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Recentemente, diante da crise energética, dos problemas ambientais e econômicos, da política de estímulo do gás natural e da importância crescente de aplicações de cogeração, tem-se observado um interesse renovado para aplicação de ciclos de absorção, devido à possibilidade de aproveitamento energético, para fins úteis, do calor residual de diferentes processos. Resfriadores chillers de absorção são extensamente utilizados em indústrias de ar condicionado, em parte porque eles podem ser acionados através de água quente, vapor, queima do gás natural, energia solar, biomassa, dentre outros, em vez de eletricidade3, já que aproximadamente 15% de toda a eletricidade produzida mundialmente é usada para refrigeração e condicionamento de ar de acordo com o Instituto de Refrigeração em Paris (IIF/iir). Este trabalho tem como objetivo principal avaliar o ciclo de refrigeração por absorção com solução de brometo de lítio-água utilizando biogás de aterro sanitário e misturas deste com gás natural. Com a obtenção do potencial energético do biogás de aterro sanitário, gás natural e suas misturas, utilizando o software Combust, simulou-se através do software EES (Engineering Equantion Solver), um ciclo de refrigeração por absorção com capacidade frigorífica variando entre 18 e 70 KW baseando-se em dados de equipamento de refrigeração por absorção comerciais. As análises dos resultados mostraram a viabilidade energética do sistema utilizando no gerador biogás, gás natural e suas misturas quando comparada com equipamento que utiliam combustíveis tradicionais (GN, óleo diesel, dentre outros), para acionamento de equipamentos de refrigeração (chiller) comerciais com capacidade de resfriamento de 12900 Kcal/h e temperatura da água na entrada.... / Recently, because of the energy crisis, the environmental and economical problems, the politics of incentive of the natural gas and the growing importance of cogeration applications, a growing interest has been obseved toward application of absorption cycles, due to the possibility of energy use, for useful ends, of the residual heat of different processes. Coolers (chillers) of absorption have been used widely in industries of air conditioning, partly because they can be operated by hot water, vapor, natural gas, solar energy, biomass, among other, instead of electricity, since approximately 15% of all the electricity produced is globally used for refrigeration and air conditioning according to the International Institute of Refrigeration in Paris (IIF/IIR). Thir work has as the main objective to evaluate a cycle of refrigeration for absorption with solution of lithium bromide-water using biogas of sanitary landfill and mixtures of this with natural gas. By obtaining the energy potential of the biogas of sanitary landfill, natural gas and their mixtures, using the software Combust, it was simulated with the software EES (Engineering Equation Solver), a cycle of refrigeration for absorption with a refrigerating capacity in the range between 18 and 70 kW, which are actual data of equipment of refrigeration for commercial absorption. The analyses of the results showed that the energy viability of the system using in the generator biogas, natural gas and their mixtures when compared with equipments that use traditional fuels (GN, diesel oil, among other), for operation of equipments of refrigeration (chiller) commercial with capacity of refrigeration of 12900 kcal/h and temperature of the water in the...
8

Efeitos da recirculação de lixiviados na biodegradação de resíduos sólidos em uma célula do aterro da Muribeca Pe

de Cássia Oliveira Baraldi, Rosângela January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:42:00Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6662_1.pdf: 2909366 bytes, checksum: 323116a0b5b52687fc16135ffc93df3e (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Os aterros sanitários podem ser considerados sistemas biológicos predominantemente anaeróbios, sendo que muitos estudos realizados nestes sistemas enfocam a dinâmica do processo de digestão anaeróbia, enfatizando as transformações físicas, químicas e biológicas ocorridas nos resíduos dispostos. No entanto, esta dinâmica associada a fatores ambientais e operacionais provocam a sobreposição de fases de estabilização, refletindo nas características dos lixiviados e da fração sólida. Essa sobreposição de fases pode impedir a detecção e a interpretação correta da evolução das mesmas. O processo de digestão anaeróbia dos resíduos sólidos orgânicos pode ser melhorado e acelerado, se os aspectos básicos do processo de degradação forem compreendidos e utilizados métodos que contribuam para a obtenção de uma partida rápida e equilibrada, com o uso de inóculo apropriado.Neste sentido, este trabalho visa contribuir para um melhor entendimento dos fenômenos de bioestabilização dos Resíduos Sólidos Urbanos RSU, em aterro sanitário, avaliando se os efeitos e o grau de influência da técnica de recirculação de lixiviados chorume. Desta forma, diversos parâmetros físico-químico de interesse foram investigados a partir da análise em profundidade dos constituintes sólidos, líquidos e do biogás resultantes da digestão anaeróbia dos resíduos urbanos com média de aterramento de 2 anos, em célula do Aterro Sanitário da Muribeca/PE, que estão submetidos a técnica de recirculação de lixiviados. A técnica mostrou-se interessante para aceleração da biodegradação dos sólidos, redução do potencial poluidor e contaminador do chorume, mantendo o pH alcalino, e temperaturas que indica a fase metanogênica, e com geração de biogás. Devido a recirculação de lixiviados, os parâmetros analisados foram atingidos em média de 2 anos quando, normalmente, demoraria décadas para serem atingidos. Por outro lado esta técnica deve ser empregada com controle total dos maciços contendo lixo, das propriedades físico-químicas e biológicas do chorume. Conclui-se portanto, que o emprego do lixiviado chorume, como inóculo, pode ser uma alternativa vantajosa na aceleração da bioestabilização em aterro sanitário, pois pode reduzir o tempo necessário para a degradação, minimiza custos de tratamento e riscos de contaminação do meio ambiente
9

Íons de metais pesados (Pb, Cu, Cr e Ni) associados a solos de cobertura de resíduos sólidos em dois aterros sanitários da Região Metropolitana de São Paulo-SP

Ezaki, Sibele 10 December 2004 (has links)
Resíduos sólidos urbanos (domiciliares, comercias, de serviços, industriais etc.) dispostos em aterros sanitários brasileiros contêm, em pequenas proporções, componentes considerados tóxicos ou perigosos, entre os quais metais pesados de interesse neste trabalho. O comportamento desses íons associados aos solos, lixos e chorumes foram estudados em dois aterros sanitários (Aterros I e II) localizados na Região Metropolitana de São Paulo-SP. Nos solos de cobertura, em ambos os aterros, constatou-se enriquecimento em metais pesados com baixas concentrações de íons intersticiais e elevados teores de metais adsorvidos. Experimentos em colunas contendo camadas de solos não impactados e lixo (bananas) reproduziram com eficácia os fenômenos que ocorrem nas células sanitárias dos aterros. As diferentes fases de decomposição (aeróbia, aeróbia/anaeróbia, anaeróbia) foram monitoradas através de amostragens sistemáticas de chorume e o comportamento iônico, em relação ao solo, foi acompanhado pela percolação de soluções com concentrações conhecidas de íons Pb, Cu, Cr e Ni. Os solos forneceram respostas distintas com maior adsorção no Aterro I devido prevalência de sua composição textural sobre a mineralogia e capacidade de troca catiônica do solo do Aterro II. Nas fases iniciais de decomposição do lixo, com a produção de ácidos orgânicos (complexantes), elevação da força iônica e diminuição do pH, foram facilitadas as disponibilidades iônicas. A diminuição de íons de metais pesados nos chorumes nas fases posteriores ocorreu devido, principalmente, ao aumento do pH, conseqüência das transformações químicas que culminaram na fase metanogênica. A fixação iônica, especialmente do Pb e Cu, deu-se devido formação de compostos pouco solúveis (carbonatos e óxi-hidróxidos) e a retenção do Ni graças essencialmente aos fenômenos de adsorção. O cromo sofreu fundamentalmente influência do pH e Eh, precipitando como cromo (lll) na fase anaeróbia metanogênica. A eficiência da reprodução em colunas dos fenômenos que ocorrem nas células sanitárias dos Aterros I e II evidenciam a conveniência de se selecionar os solos utilizados em aterros. / Urban solid waste (residential, commercial, municipal, industrial) disposed in brazilians sanitary landfills contain, in small quantities, potentially toxic and hazardous components, in which group heavy metals are included. This research studied the behavior of these ions, associated with soil, wastes and leachates of two sanitary landfills (Landfills I and II) in the Metropolitan Region of São Paulo, São Paulo State. Heavy metals enrichment was detected in cover soil of both landfills, with low concentrations of interstitial ions and high levels of adsorbed metallic ions. Columns experiments containing soil and artificial waste (bananas) layers reproduced efficaciously phenomena that occur in real sanitary cells. Different stabilization phases (aerobic, aerobic/anaerobic, anaerobic) were monitored by systematic collection of leachates and the ionic behavior, related to soils, was accompanied by solution injections with known concentrations of Pb, Cu, Cr and Ni. Soils answers to the percolations were distinct, with higher adsorptions in Landfill I soil due to its texture, which dominated mineralogy and cationic exchange capacity of Landfill II soil. During initial decomposition phases, the production of organic acids (complex) in leachate, the ionic force raise and pH drop, favored ionic availability.The decrease of heavy metal ions in leachate during later phases was a consequence of pH elevation and chemical transformations, which culminated the methane stabilization phase. lonic fixation, especially of Pb and Cu, occuned due to unsolvable compounds formation (carbonates, oxi-hydroxides) and Ni retention was essentially related to adsorption phenomenon. Chromium suffered influence of pH and Eh, and precipitated as chromium (lll) during methanic phase. The efficiency of sanitary cells phenomena reproduction in columns is an evidence that soil used to cover compacted solid waste at sanitary landfills must be selected.
10

Avaliação do processo de lodos ativados operando um reator sequencial em batelada para tratamento de chorume em escala piloto

Reisdörfer, Gustavo 17 December 2010 (has links)
Submitted by Ana Paula Lisboa Monteiro (monteiro@univates.br) on 2011-03-04T20:32:11Z No. of bitstreams: 1 GustavoReisdorfer.pdf: 3159765 bytes, checksum: 58e92753f52fcd48dd50c2b86d15cff5 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-03-04T20:32:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GustavoReisdorfer.pdf: 3159765 bytes, checksum: 58e92753f52fcd48dd50c2b86d15cff5 (MD5) / A disposição dos resíduos sólidos em aterros sanitários não pode ser considerada o ponto final do tratamento, pois a água, oriunda da degradação dos resíduos e das chuvas, percola, dando o origem ao lixiviado ou chorume. O chorume é um líquido escuro e turvo, de odor desagradável, e apresenta em sua composição altos teores de compostos orgânicos e inorgânicos, nas suas formas dissolvida e coloidal, liberados no processo de decomposição do lixo. A melhor maneira de determinar a forma ideal para tratamento dos lixiviados de aterros sanitários é investigar as características de cada aterro. O tratamento por lodos ativados apresenta-se como um maneira versátil e eficiente, com elevada remoção de carga orgânica e nutrientes. Neste contexto, este estudo buscou avaliar o tratamento de chorume em um reator sequencial em batelada (RSB), em escala piloto, no sentido de verificar as melhores condições operacionais para uma maior eficiência de remoção. O experimento foi montado no Aterro Sanitário de Lajeado. Foram testados dois tipos de lodos. O RSB possuía volume total de 200 litros, volume de útil de 180 litros e volume de trabalho de 120 litros. Na primeira etapa (RA) o lodo foi formado e aclimatado no próprio reator durante 21 dias. Na segunda etapa (RB) o lodo era oriundo de uma indústria de proteína de soja. Os tempos de aeração para as duas etapas foram de 4h, 10h, 15h e 20h, com tempo de decantação de 4 horas para todos os ciclos. Para Demanda Química de Oxigênio (DQO), na etapa RA apresentou remoção média de 18,1%, atingindo picos de 42,7% com 20 h de aeração. Na etapa RB, a remoção média de DQO ficou em 20,3%, porém com 20 horas de aeração atingiu 65% de remoção. Em relação ao Nitrogênio Total Kjeldahl (NTK), a remoção média ficou acima dos 90% na maioria dos ciclos de RA e em RB a remoção não passou de 33,9%. Quanto a remoção de Carbono Orgânico Total (COT), em RA a remoção média ficou em 34,5%, com picos de 49,2% com 10 horas de aeração, e em RB a remoção média é de 10,8%, com pico de 20,6 com 20 horas de aeração. O RSB apresentou-se como uma grande iniciativa para futuros trabalhos, no sentido de desenvolver estratégias e procedimentos de operação para uma efetiva remoção de carga orgânica e nutrientes dos lixiviados produzidos na decomposição dos resíduos sólidos depositados no aterro. O RSB mostrou alta eficiência de remoção de nitrogênio operando com lodo produzido no próprio reator. Concluindo, o RSB apresentou-se como uma boa alternativa para o tratamento de lixiviados de aterros sanitários, porém, pelos dados apresentados neste experimento, devem ser estudadas formas de operação que favoreçam a remoção conjunta de matéria orgânica e nutrientes dos lixiviados.

Page generated in 0.0918 seconds