• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 54
  • Tagged with
  • 55
  • 30
  • 25
  • 25
  • 22
  • 12
  • 9
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Desempenho de um sistema de lagoas de estabilização na redução da carga orgânica do percolado gerado no aterro da Muribeca (PE)

Maria Rodrigues Rocha, Elisangela January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:41:23Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6384_1.pdf: 1548655 bytes, checksum: b76e0fa45a667a3a85cddcc11aeec5b7 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / O estudo foi realizado na Estação de Tratamento de Chorume (ETC) do Aterro da Muribeca (PE), o qual recebe os resíduos das cidades de Recife e Jaboatão dos Guararapes. O objetivo foi analisar o comportamento do Sistema de Lagoas de Estabilização para remoção da matéria orgânica presente no percolado da ETC, a partir das análises dos parâmetros fisicos-químicos: DBO5, DQO e Sólidos Suspensos de cada lagoa. Além dos parâmetros físico-químicos, foi analisado, o pH de cada lagoa, a influência da precipitação na vazão de entrada na ETC, bem como, os parâmetros como: tempo de detenção hidráulico (TDH), coeficiente de remoção (K) em termos de DBO5 e DQO, carga orgânica (Λv) e taxa de aplicação de superficial (Ls). Os resultados mostraram que, o percolado é um efluente com pH alcalino e caracterizou-se, quanto à relação DBO5/DQO, como um efluente de medianamente a difícil biodegradabilidade. A vazão influenciou diretamente e paulatinamente na vazão, e consequentemente na carga orgânica volumétrica e superficial das lagoas, bem como, no tempo de detenção hidráulico calculado. Os melhores tempos de detenção hidráulicos calculados foram: Lagoa de Decantação =10,1 dias; Lagoa Anaeróbia = 7 dias; Lagoa Facultativa 1 = 7,2 dias; Lagoa Facultativa 2 = 8,3 dias e Lagoa Facultativa 3 = 9,4 dias. Ressalta-se que estes tempos de detenção encontrados foram considerando a vazão média das coletas semanais de 232,80 m3/dia. Os coeficientes de remoção (K) em termos de DBO5 e DQO para cada lagoa variaram entre, 0,079 e 0,384, para DBO5, e, entre 0,104 e 0,399 para DQO. A carga orgânica volumétrica média encontrada para o período de janeiro a maio de 2004 foi 981,77 Kg DBO5/ m3*dia, enquanto que, a taxa de aplicação superficial para as lagoas facultativas foi 733,63 Kg DBO5/ há*dia
2

Caracterização, avaliação da biodegradabilidade aeróbica e anaeróbica e tratamento em reator UASB do chorume do aterro da Muribeca

Felipe de Melo Sales Santos, André January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:41:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6615_1.pdf: 1630155 bytes, checksum: 169ff184244dc2b3be474bea69003000 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / líquido que apresenta características de altas cargas de contaminantes orgânicos e inorgânicos e sendo assim representam uma fonte de poluição significativa, seja em grandes centros ou em pequenos aglomerados urbanos. A determinação das características físico-químicas dessa lixívia e de seu potencial de biodegradabilidade são etapas fundamentais na decisão técnico-econômico da aplicação da melhor tecnologia disponível para àquela situação específica dentro de uma visão mais moderna de gestão integral do resíduo e de seus subprodutos gerados. Alternativas para o tratamento biológico de chorume são abundantes na literatura em função basicamente da realidade local, de condicionantes técnicos e operacionais e das características do próprio percolado. Entretanto, para chorumes mais antigos onde a relação DQO/DBO é alta, as referências sobre o uso de processos biológicos são significativamente mais escassas; em particular os de via anaeróbia. Neste sentido este trabalho visou dar uma contribuição à elucidação do uso de processos anaeróbios para tratamento de chorumes de aterros antigos. A dissertação aborda o uso de um reator UASB (upflow anaerobic sludge blanket), em escala de laboratório, para tratamento de chorume com relação DQO/DBO variante de 2-6. Inicialmente este trabalho constou de uma detalhada caracterização físico-química e microbiológica do chorume por um período de 10 meses. Nessa caracterização observou-se claramente que o período chuvoso e seco apresentavam grandes diferenças para a grande maioria dos parâmetros devido principalmente os efeitos de diluição ocasionados pelo maior aporte de água nas células. Para a operacionalização do reator foram inicialmente feitos testes estáticos de atividade metanogênica específica com dois inóculos anaeróbios. Um lodo de indústria alimentícia e outro de usina de açúcar obtendo os seguintes resultados respectivamente: 0,210 e 0,293 g DQO-CH4/g SSV.d. Foram realizados também testes de biodegradabilidade anaeróbia estáticos com esses dois lodos obtendo resultados semelhantes da ordem de 60% de remoção em DQO. Teste aeróbios em batelada com e sem inoculação de lodo aeróbio foram realizados alcançando valores de remoção de DQO da ordem de 87% (em 200h), e 65% (em 600 h), respectivamente. Os reatores UASB experimentais possuíam volume útil de 7 litros e em operação contínua. No primeiro reator avaliou-se o efeito da variação do tempo de detenção e da carga biológica na eficiência do processo e no segundo o efeito da manutenção de baixa carga (chorume diluído 50%) e alto tempo de detenção hidráulico (TDH). O reator 1 apresentou eficiência média da ordem de 43%, enquanto o reator 2, de 52%. Este estudo confirmou que as altas relações DQO/DBO indicam que o resíduo é realmente recalcitrante e sendo assim de tratamento biológico mais dificultado, visto que, mesmo com a redução considerável da carga (reator 2), a eficiência não se alterou significativamente. Entretanto, as baixas velocidades ascensionais da ordem de 20 cm/h podem ter influenciado no contato substrato-lodo visto que a redução do TDH favoreceu um discreto e gradativo aumento da eficiência. O processo UASB é, portanto, viável como tratamento primário necessitando ainda de pós-tratamento (aeróbio) para redução de cor e compostos recalcitrantes não eliminados pelas rotas anaeróbias
3

Neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em ratos e camundongos

Bertoldi, Karine January 2012 (has links)
Atualmente, ocorre um grande aumento na geração de resíduos sólidos como consequência do crescimento populacional, juntamente com a expansão da industria. O manejo inadequado dos resíduos sólidos gerados pode afetar a saúde pública e o meio ambiente. Neste contexto, os aterros sanitários são uma alternativa adequada de destinação destes resíduos, no entanto a confinação seguida pela decomposição dos resíduos gera um efluente líquido denominado chorume. O chorume é um líquido escuro de odor desagradável e com alta carga de compostos orgânicos o qual, sem tratamento correto pode causar a poluição das águas subterrâneas e adjacentes. Estudos prévios demonstram uma relação entre a exposição ao chorume e o aumento de radicais livres e índices de lipoperoxidação em diferentes órgãos, inclusive no cérebro e fígado de roedores. Portanto, o estresse oxidativo pode ser um mecanismo bioquímico relacionado à toxicidade de xenobióticos como o chorume de aterros sanitários. A partir dessas informações torna-se necessária a busca por formas de tratamento eficientes para os agentes potencialmente tóxicos presentes no chorume. Uma alternativa de tratamento são os Processos Oxidativos Avançados (POAs) como o tratamento fotoeletrooxidativo que possui elevada capacidade e velocidade de degradação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em roedores. Além disso, o chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também foi testado em roedores para avaliar a eficiência do tratamento. Nossos resultados demonstraram que o chorume pode induzir estresse oxidativo em estruturas cerebrais e fígado tanto em camundongos quanto em ratos. Nós também observamos que o hipocampo é menos vulnerável ao dano oxidativo induzido pelo chorume do que o estriado e o cerebelo. No entanto, o estriado e o cerebelo, são mais suscetíveis ao dano quando comparados ao fígado. O chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também induziu estresse oxidativo, principalmente, no estriado e no fígado e diminuiu a atividade da enzima glutationa S-transferase no estriado. Adicionalmente, nós podemos sugerir que a fotoeletrooxidação foi incapaz de alterar eficientemente os compostos tóxicos presentes no chorume. / In the last decades, the solid waste has been increasing by great amounts due to world’s population growth together with the expansion of the industrialization. The inadequate treatment of the solid waste constitutes an important environmental problem and can affect the public health. In this context, the landfills are an appropriate alternative for the destination of the waste; however, the confinement followed by decomposition of the solid waste produce a liquid efluent known as leachate. Leachate is a dark liquid formed within landfills with elevated concentrations of chemical compounds. The absense of its treatment may cause severe pollution to the groundwater aquifer and to the adjacent surface waters. Previous studies demonstrated a relationship between the leachate exposure and the increase of free radicals and lipid peroxidation in different organs of rodents, including the brain and liver. Therefore, oxidative stress may be a biochemistry mechanism related to toxicity of xenobiotics such as landfill leachate. In view of the toxicity induced by leachate, the development of new technologies of treatment becomes necessary. In this context, one of the alternatives are the Advanced Oxidation Processes such as the photoelectrooxidative process which is formed by combination of two methods and has a high capacity and speed of degradation. The aim of this study was to evaluate the neurotoxicity and hepatotoxicity induced by in vitro exposure to landfill leachate in rodents. Moreover, leachate submitted by the photoelectrooxidative process was tested in rodents to evaluate the efficiency of the treatment. Our results showed that the landfill leachate can induce oxidative stress in brain structures and liver in both rats and mice. Additionally, we observed that the hippocampus is less vulnerable to oxidative stress induced by leachate when compared to striatum and cerebellum. However, brain structures are more susceptible to oxidative damage compared to liver. Leachate submitted to photoelectrooxidative process also induced increase on oxidative parameters in different structures evaluated, and decreased the glutathione S-transferase activity in striatum. Finally, we can suggest that photoelectrooxidation was unable to alter efficiently the toxic compounds presents in leachate.
4

Utilização do Lodo Gerado no Tratamento Por Eletrocoagulação de Chorume Como Fonte de Nutrientes no Crescimento Inicial de Milho (zea Mays L.)

BETIM, F. S. 28 March 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:35:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_9764_Fernando Silva Betim.pdf: 1495331 bytes, checksum: b41448f270e426dc58753a0014c5f3ab (MD5) Previous issue date: 2016-03-28 / Os resíduos sólidos urbanos (RSU) em grandes lixões são um dos maiores problemas urbanos atuais. Dentre os produtos gerados, há o chorume, um contaminante derivado de processos físicos, químicos e bioquímicos da decomposição do RSU, que, no geral, é composto de matéria orgânica dissolvida, compostos orgânicos xenobióticos, macrocomponentes inorgânicos e metais altamente tóxicos. Dentre os possíveis tratamentos, destaca-se a eletrocoagulação. Após este tratamento, resta-se um lodo, no qual há matéria orgânica e diversos nutrientes, altamente importantes para a agricultura. O presente trabalho avaliou a utilização do lodo gerado nesse tratamento como fonte de nutrientes no crescimento inicial de milho. Dose equivalentes a 0, 5, 10, 20, 30 e 40 t ha-1 foram aplicadas em um latossolo e, após 30 dias, o milho foi semeado, sendo colhido após 30 dias. Utilizando-se as técnicas de ICP-OES e FAAS, foi verificado o aumento da disponibilidade de Na, K, Ca, Mg, Mn, Fe, Cu e Zn, no solo, e redução da fração tóxica do Al no mesmo. Já nas folhas de milho, observou-se aumento nos teores de Na, K, Mn e Fe, e redução do Ca e Mg. Não foram observados aumentos significativos na massa seca e altura das plantas. Também verificou-se bom linearidade, exatidão e LD e LQ adequados em ambas as técnicas de análise.
5

Determinação de alguns parâmetros indicadores de poluição por efluente líquido de um aterro sanitário

Oliveira, Selene de [UNESP] 03 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2001-03Bitstream added on 2014-06-13T21:02:59Z : No. of bitstreams: 1 oliveira_s_dr_botfca.pdf: 1065794 bytes, checksum: d20c380b64ce2bfaee428946b9114e3a (MD5) / O presente trabalho consistiu em determinar alguns parâmetros, químicos - metais pesados (cádmio, chumbo, crômio total, mercúrio, níquel e zinco) e DQO, físico-químico (pH), indicadores de poluição/contaminação do efluente líquido do “aterro sanitário” municipal de Botucatu/SP, visando a avaliação da qualidade das águas subterrâneas provenientes do Aqüífero Botucatu (Guarani), e consequentemente a qualidade de vida da flora, fauna e habitantes das regiões circunvizinhas. Os resultados indicaram que as concentrações de Cd e Pb na água subterrânea estão acima do valor máximo permissível (vmp) pela Portaria 36/90 do Ministério da Saúde. As concentrações de Cd, Pb, e Cr na solução do solo estão em desacordo com os limites máximos permitidos pela mesma Portaria. As concentrações no efluente superficial estão de acordo com os valores (vmp) da Resolução Conama 20/86, porém na nascente o Ni aparece em valores acima do permitido por esta Resolução. Os valores de pH estão de acordo com os valores máximos permissíveis pelas referidas legislações, e as concentrações de DQO não constam nas legislações consultadas. Portanto, os parâmetros determinados indicam poluição ambiental dos metais (Cd, Pb, Cr, Ni e Zn), sendo que o Hg não foi detectado. Contaminação do lençol freático por Cd e Pb, da solução do solo por Cd, Pb e Cr e da água superficial por Ni. Apontam, também para que sejam priorizados estudos que controlam os processos construtivos e operacionais de aterros sanitários eficientes e de baixo custo para comunidades de pequeno e médio porte. / The present work consisted in determine some parameters, chemical - heavy metals (cadmium, lead, total chromium, mercury, nickel and zinc) and COD, physicalchemical (pH), pollution/contamination indicators of the liquid efluent of the sanitary landfill of Botucatu/SP, seeking the evaluation of the quality of groundwater coming Aqüífer's Botucatu, and consequently the quality of life of the flora, fauna and inhabitants of these areas. The results indicated that the concentrations of Cd and Pb in the groundwater are above the permissible maximum value (vmp) for the Law 36/90 of the Ministry of Health. The concentrations of Cd, Pb, and Cr in the solution of soil are in disagreement with the maximum limits permited by the same Law. The concentrations in the superficial efluent are in agreement with the values (vmp) for the Law 20/86 of the Ministry of Environment. Even in the spring Ni appears in values above permited for this Law. The pH values are in agreement with the permissible maximum values for the referred legislations. And the concentrations of COD don't consist in the consulted legislations. Therefore, the parameters indicate environmental pollution of the metals (Cd, Pb, Cr, Ni and Zn), and Hg was not detected. Contamination of the water table for Cd and Pb. The solution of soil for Cd, Pb and Cr. And the superficial water for Ni. They point, also that are prioritized studies that control the constructive and operational processes of efficient sanitary landfill and of low cost for small and medium communities.
6

Neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em ratos e camundongos

Bertoldi, Karine January 2012 (has links)
Atualmente, ocorre um grande aumento na geração de resíduos sólidos como consequência do crescimento populacional, juntamente com a expansão da industria. O manejo inadequado dos resíduos sólidos gerados pode afetar a saúde pública e o meio ambiente. Neste contexto, os aterros sanitários são uma alternativa adequada de destinação destes resíduos, no entanto a confinação seguida pela decomposição dos resíduos gera um efluente líquido denominado chorume. O chorume é um líquido escuro de odor desagradável e com alta carga de compostos orgânicos o qual, sem tratamento correto pode causar a poluição das águas subterrâneas e adjacentes. Estudos prévios demonstram uma relação entre a exposição ao chorume e o aumento de radicais livres e índices de lipoperoxidação em diferentes órgãos, inclusive no cérebro e fígado de roedores. Portanto, o estresse oxidativo pode ser um mecanismo bioquímico relacionado à toxicidade de xenobióticos como o chorume de aterros sanitários. A partir dessas informações torna-se necessária a busca por formas de tratamento eficientes para os agentes potencialmente tóxicos presentes no chorume. Uma alternativa de tratamento são os Processos Oxidativos Avançados (POAs) como o tratamento fotoeletrooxidativo que possui elevada capacidade e velocidade de degradação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em roedores. Além disso, o chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também foi testado em roedores para avaliar a eficiência do tratamento. Nossos resultados demonstraram que o chorume pode induzir estresse oxidativo em estruturas cerebrais e fígado tanto em camundongos quanto em ratos. Nós também observamos que o hipocampo é menos vulnerável ao dano oxidativo induzido pelo chorume do que o estriado e o cerebelo. No entanto, o estriado e o cerebelo, são mais suscetíveis ao dano quando comparados ao fígado. O chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também induziu estresse oxidativo, principalmente, no estriado e no fígado e diminuiu a atividade da enzima glutationa S-transferase no estriado. Adicionalmente, nós podemos sugerir que a fotoeletrooxidação foi incapaz de alterar eficientemente os compostos tóxicos presentes no chorume. / In the last decades, the solid waste has been increasing by great amounts due to world’s population growth together with the expansion of the industrialization. The inadequate treatment of the solid waste constitutes an important environmental problem and can affect the public health. In this context, the landfills are an appropriate alternative for the destination of the waste; however, the confinement followed by decomposition of the solid waste produce a liquid efluent known as leachate. Leachate is a dark liquid formed within landfills with elevated concentrations of chemical compounds. The absense of its treatment may cause severe pollution to the groundwater aquifer and to the adjacent surface waters. Previous studies demonstrated a relationship between the leachate exposure and the increase of free radicals and lipid peroxidation in different organs of rodents, including the brain and liver. Therefore, oxidative stress may be a biochemistry mechanism related to toxicity of xenobiotics such as landfill leachate. In view of the toxicity induced by leachate, the development of new technologies of treatment becomes necessary. In this context, one of the alternatives are the Advanced Oxidation Processes such as the photoelectrooxidative process which is formed by combination of two methods and has a high capacity and speed of degradation. The aim of this study was to evaluate the neurotoxicity and hepatotoxicity induced by in vitro exposure to landfill leachate in rodents. Moreover, leachate submitted by the photoelectrooxidative process was tested in rodents to evaluate the efficiency of the treatment. Our results showed that the landfill leachate can induce oxidative stress in brain structures and liver in both rats and mice. Additionally, we observed that the hippocampus is less vulnerable to oxidative stress induced by leachate when compared to striatum and cerebellum. However, brain structures are more susceptible to oxidative damage compared to liver. Leachate submitted to photoelectrooxidative process also induced increase on oxidative parameters in different structures evaluated, and decreased the glutathione S-transferase activity in striatum. Finally, we can suggest that photoelectrooxidation was unable to alter efficiently the toxic compounds presents in leachate.
7

Neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em ratos e camundongos

Bertoldi, Karine January 2012 (has links)
Atualmente, ocorre um grande aumento na geração de resíduos sólidos como consequência do crescimento populacional, juntamente com a expansão da industria. O manejo inadequado dos resíduos sólidos gerados pode afetar a saúde pública e o meio ambiente. Neste contexto, os aterros sanitários são uma alternativa adequada de destinação destes resíduos, no entanto a confinação seguida pela decomposição dos resíduos gera um efluente líquido denominado chorume. O chorume é um líquido escuro de odor desagradável e com alta carga de compostos orgânicos o qual, sem tratamento correto pode causar a poluição das águas subterrâneas e adjacentes. Estudos prévios demonstram uma relação entre a exposição ao chorume e o aumento de radicais livres e índices de lipoperoxidação em diferentes órgãos, inclusive no cérebro e fígado de roedores. Portanto, o estresse oxidativo pode ser um mecanismo bioquímico relacionado à toxicidade de xenobióticos como o chorume de aterros sanitários. A partir dessas informações torna-se necessária a busca por formas de tratamento eficientes para os agentes potencialmente tóxicos presentes no chorume. Uma alternativa de tratamento são os Processos Oxidativos Avançados (POAs) como o tratamento fotoeletrooxidativo que possui elevada capacidade e velocidade de degradação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a neurotoxicidade e hepatotoxicidade induzidas pela exposição in vitro ao chorume de aterro sanitário em roedores. Além disso, o chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também foi testado em roedores para avaliar a eficiência do tratamento. Nossos resultados demonstraram que o chorume pode induzir estresse oxidativo em estruturas cerebrais e fígado tanto em camundongos quanto em ratos. Nós também observamos que o hipocampo é menos vulnerável ao dano oxidativo induzido pelo chorume do que o estriado e o cerebelo. No entanto, o estriado e o cerebelo, são mais suscetíveis ao dano quando comparados ao fígado. O chorume submetido ao tratamento fotoeletrooxidativo também induziu estresse oxidativo, principalmente, no estriado e no fígado e diminuiu a atividade da enzima glutationa S-transferase no estriado. Adicionalmente, nós podemos sugerir que a fotoeletrooxidação foi incapaz de alterar eficientemente os compostos tóxicos presentes no chorume. / In the last decades, the solid waste has been increasing by great amounts due to world’s population growth together with the expansion of the industrialization. The inadequate treatment of the solid waste constitutes an important environmental problem and can affect the public health. In this context, the landfills are an appropriate alternative for the destination of the waste; however, the confinement followed by decomposition of the solid waste produce a liquid efluent known as leachate. Leachate is a dark liquid formed within landfills with elevated concentrations of chemical compounds. The absense of its treatment may cause severe pollution to the groundwater aquifer and to the adjacent surface waters. Previous studies demonstrated a relationship between the leachate exposure and the increase of free radicals and lipid peroxidation in different organs of rodents, including the brain and liver. Therefore, oxidative stress may be a biochemistry mechanism related to toxicity of xenobiotics such as landfill leachate. In view of the toxicity induced by leachate, the development of new technologies of treatment becomes necessary. In this context, one of the alternatives are the Advanced Oxidation Processes such as the photoelectrooxidative process which is formed by combination of two methods and has a high capacity and speed of degradation. The aim of this study was to evaluate the neurotoxicity and hepatotoxicity induced by in vitro exposure to landfill leachate in rodents. Moreover, leachate submitted by the photoelectrooxidative process was tested in rodents to evaluate the efficiency of the treatment. Our results showed that the landfill leachate can induce oxidative stress in brain structures and liver in both rats and mice. Additionally, we observed that the hippocampus is less vulnerable to oxidative stress induced by leachate when compared to striatum and cerebellum. However, brain structures are more susceptible to oxidative damage compared to liver. Leachate submitted to photoelectrooxidative process also induced increase on oxidative parameters in different structures evaluated, and decreased the glutathione S-transferase activity in striatum. Finally, we can suggest that photoelectrooxidation was unable to alter efficiently the toxic compounds presents in leachate.
8

Estudo da utilização da energia do biogás na incineração do chorume em aterros sanitários: eliminação simultânea de duas fontes poluentes - gasosa e líquida / not available

Regattieri, Carlos Roberto 08 December 2003 (has links)
Este trabalho foi realizado junto ao NETeF - Núcleo de Engenharia Térmica e Fluídos da EESC/USP e ao aterro sanitário \"Fazenda Guaporé\" em São Carlos, e teve como objetivo a verificação da viabilidade energética e ambiental do tratamento do chorume através da sua incineração com o biogás produzido pelo aterro, eliminando-se desta forma também o metano, reconhecido como gás estufa. Determinou-se experimentalmente a composição do biogás e calculou-se e mediu-se a sua vazão. As propriedades físico-químicas e a vazão do chorume também foram quantificadas. A vazão de gás foi calculada com informações obtidas da literatura e medida experimentalmente com uma sonda especialmente desenvolvida neste trabalho. Para determinar a aplicabilidade do conceito fez-se um balanço energético para verificar a disponibilidade de energia e um balanço químico, para determinar o potencial de emissão de poluentes do ar. Os resultados indicaram que há mais energia presente no gás do que a energia requerida para incinerar o chorume, embora a diferença seja pequena e deva ser vista com cautela. O balanço químico mostrou em geral um potencial poluidor abaixo das emissões permitidas pela legislação, embora em alguns casos isto não tenha ocorrido. / This work was developed at the NETeF (Thermal Engineering and Fluids Group) at EESC/USP, Sao Carlos, SP, and the local landfill \"Guapore Farm\". It was aimed to the treatment of the \"chorume\" through its incineration with the biogas produced in the landfill, this way eliminating also the methane, the second most important greenhouse gas according to IPCC. The composition and flow rate of the biogas were determined by calculations and experimentaly and the same was done with the chorume. The gas flowrate was calculated using data available in the literature and measured with a probe specially developed in this work. To evaluate the feasibility of the concept it was done a balance of energy to verify if the energy of the gas was enough to the chorume thermal destruction and a chemical balance to determinate the potential of emission of air pollutants. The results have shown that there is more energy available than it is required for that purpose but they should be considered with some caution given the small diference between the required and produced energy and the uncertaints in the measurements and evaluations. The chemical balance has shown that, in general, the potential for emissions was bellow the legally stablished limits although in a few cases it was above.
9

Tratamento anaeróbio de chorume em conjunto com esgoto sanitário

Felipe de Melo Sales Santos, André 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:36:56Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo2395_1.pdf: 5327752 bytes, checksum: 84bc9059e6f85d23e7ec32d08a4c7c5f (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / O tratamento de chorume conjuntamente com esgoto sanitário, em reatores tipo UASB, é uma alternativa que possui vantagens e desvantagens como qualquer tecnologia. Os tratamentos anaeróbios são bastante dificultados quando utilizados no tratamento de chorume bruto devido às altas concentrações de substâncias orgânicas, inorgânicas e tóxicas os microrganismos anaeróbios. A diluição do chorume em esgotos sanitário favorece o tratamento anaeróbio pela redução das concentrações de nitrogênio amoniacal, metais alcalinos, alcalinos terrosos, metais pesados e de uma infinidade de substâncias recalcitrantes do chorume. Neste trabalho, foi avaliada esta alternativa testando percentagens de aplicação volumétrica de chorume no esgoto de até 10%, em um reator UASB, em escala piloto, de 33 litros, com TDH de 8 horas, utilizando chorume com características de aterro em fase metanogênica, esgoto sanitário e lodo anaeróbio floculento proveniente de um reator UASB utilizado no tratamento de esgotos em escala real. Observou-se que até a proporção de 2,5% não ocorreu efeito adverso significativo na eficiência do reator UASB (eficiência de remoção de DQO e DBO). Na faixa de 2,5% até 5 % os efeitos tornaram-se significativos e acima de 10% essa alternativa não é recomendada. A eficiências máximas de remoção de DQO (72,9 %) e DBO (80,2%) foram observadas para a proporção de 1% de chorume. Verificou-se a necessidade de pós-tratamento para remoção de nitrogênio amoniacal e DQO residual do efluente do UASB. Foi utilizado um filtro biológico aerado de 200 L, com TDH de 50,17 horas seguido de um filtro anaeróbio de 25L com TDH de 4,16 horas. A eficiência média máxima de nitrificação chegou a 92,7% (na proporção de chorume de 2,5%), enquanto a desnitrificação média máxima foi de 35,9% (proporção de chorume 10 %). A remoção de DQO residual média máxima foi observada para a proporção de 1% de chorume no esgoto, para o filtro biológico aerado. No filtro anaeróbio a remoção média máxima de DQO foi de 37% para a proporção de 5% de chorume no esgoto. Não foi observada acumulação de metais (Fe, Cu, Zn e Mn) no lodo anaeróbio, nem nos leitos dos filtros biológicos, entretanto os efluentes finais apresentaram elevada cor residual (acima de 100 mgPtCo/L) a partir da proporção de 5%
10

Estudo da utilização da energia do biogás na incineração do chorume em aterros sanitários: eliminação simultânea de duas fontes poluentes - gasosa e líquida / not available

Carlos Roberto Regattieri 08 December 2003 (has links)
Este trabalho foi realizado junto ao NETeF - Núcleo de Engenharia Térmica e Fluídos da EESC/USP e ao aterro sanitário \"Fazenda Guaporé\" em São Carlos, e teve como objetivo a verificação da viabilidade energética e ambiental do tratamento do chorume através da sua incineração com o biogás produzido pelo aterro, eliminando-se desta forma também o metano, reconhecido como gás estufa. Determinou-se experimentalmente a composição do biogás e calculou-se e mediu-se a sua vazão. As propriedades físico-químicas e a vazão do chorume também foram quantificadas. A vazão de gás foi calculada com informações obtidas da literatura e medida experimentalmente com uma sonda especialmente desenvolvida neste trabalho. Para determinar a aplicabilidade do conceito fez-se um balanço energético para verificar a disponibilidade de energia e um balanço químico, para determinar o potencial de emissão de poluentes do ar. Os resultados indicaram que há mais energia presente no gás do que a energia requerida para incinerar o chorume, embora a diferença seja pequena e deva ser vista com cautela. O balanço químico mostrou em geral um potencial poluidor abaixo das emissões permitidas pela legislação, embora em alguns casos isto não tenha ocorrido. / This work was developed at the NETeF (Thermal Engineering and Fluids Group) at EESC/USP, Sao Carlos, SP, and the local landfill \"Guapore Farm\". It was aimed to the treatment of the \"chorume\" through its incineration with the biogas produced in the landfill, this way eliminating also the methane, the second most important greenhouse gas according to IPCC. The composition and flow rate of the biogas were determined by calculations and experimentaly and the same was done with the chorume. The gas flowrate was calculated using data available in the literature and measured with a probe specially developed in this work. To evaluate the feasibility of the concept it was done a balance of energy to verify if the energy of the gas was enough to the chorume thermal destruction and a chemical balance to determinate the potential of emission of air pollutants. The results have shown that there is more energy available than it is required for that purpose but they should be considered with some caution given the small diference between the required and produced energy and the uncertaints in the measurements and evaluations. The chemical balance has shown that, in general, the potential for emissions was bellow the legally stablished limits although in a few cases it was above.

Page generated in 0.0437 seconds