• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2208
  • 59
  • 49
  • 49
  • 49
  • 45
  • 25
  • 24
  • 19
  • 19
  • 19
  • 18
  • 6
  • 6
  • 3
  • Tagged with
  • 2321
  • 654
  • 579
  • 467
  • 425
  • 343
  • 336
  • 307
  • 304
  • 263
  • 263
  • 234
  • 212
  • 207
  • 203
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Sites de comércio eletrônico e a responsabilidade pela intermediação no ambiente virtual

Rocha, Roberto Silva da January 2005 (has links)
Nos últimos anos o avanço da chamada tecnologia telemática, sobretudo a partir da Internet, proporcionou a constituição de um novo ambiente de interação social, o ciberespaço, particularmente atraente pela facilidade de comunicação a qualquer distância e em tempo real de voz, dados e imagens. A exploração econômica deste fascinante meio de relacionamento interpessoal já impõe aos operadores jurídicos inúmeros desafios, sobretudo em relação à proteção do consumidor. Se nas relações econômicas tradicionais deve-se levar em conta a vulnerabilidade do consumidor, preocupação ainda maior existe quanto às operações concretizadas por meio da Internet, tendo em vista, especialmente, a dificuldade de identificar os sujeitos envolvidos, a imaterialidade dos objetos, as técnicas agressivas de venda, os acentuados riscos de danos patrimoniais e extrapatrioniais e as dificuldades práticas para judicialização dos conflitos, etc. O presente trabalho aborda tais aspectos à luz da teoria contratual contemporânea, focalizando especificamente a responsabilidade civil dos sites de comércio eletrônico dedicados à aproximação de vendedores e compradores por meio da Internet. Objetiva-se, com isso, contribuir para a consolidação de uma dogmática jurídica específica sobre as relações de consumo na Internet, que proporcione tutela efetiva para as legítimas expectativas dos consumidores nas aquisições em sites de intermediação no comércio eletrônico.
2

Matriz do fluxo de comércio interestadual do Estado do Ceará: uma análise do período de 2011 a 2014

Moura, Denise de Andrade January 2015 (has links)
MOURA, Denise de Andrade. Matriz do fluxo de comércio interestadual do Estado do Ceará: uma análise do período de 2011 a 2014 / Denise de Andrade Moura. - 2015. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2015. 59f. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T20:12:47Z No. of bitstreams: 1 2015_dis_damoura.pdf: 647024 bytes, checksum: c3477a0f8bc822c36b627793f7c2a474 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T20:13:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_dis_damoura.pdf: 647024 bytes, checksum: c3477a0f8bc822c36b627793f7c2a474 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-29T20:13:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_dis_damoura.pdf: 647024 bytes, checksum: c3477a0f8bc822c36b627793f7c2a474 (MD5) Previous issue date: 2015 / This study aims to examine the relations of interstate commerce between the State of Ceará and the others states in Brazil, between 2011 and 2014. In order to add new information to the research in the area, was used in this work as the primary data source the Electronic Invoice, mandatory use in interstate operations from December 1, 2010. The interstate trade operations were grouped according to the Economic Activities National Classification - CNAE of the participants, as well as the products marketed were related according to the degree of technological intensity based on the OECD classification. From this perspective, it identified the nature of economic activities of importers and exporters of the state, as well as the degree of economic interdependence between Ceara and other states. It was found that the Ceará presents economic dependence on trade with the Southeast, specifically with the State São Paulo, the main supplier, even geographically distant, products with technological medium-high intensity. On the other hand, Ceará has preponderance on exports to the neighboring states of low technology products. Finally, the state records a surplus relationship mainly to Maranhao, Rio Grande do Norte, Piauí and Sergipe in the Northeast region and a deficit with South and Southeast. / O presente estudo tem por objetivo analisar as relações do comércio interestadual entre o Estado do Ceará e os demais entes federados, no período de 2011 a 2014. Visando agregar novas informações às pesquisas na área, foi utilizada neste trabalho como fonte de dados a Nota Fiscal Eletrônica, de uso obrigatório nas operações interestaduais a partir de 1º de dezembro de 2010. As operações de comércio interestadual foram agrupadas segundo a Classificação Nacional de Atividade Econômica – CNAE dos participantes, assim como, os produtos comercializados foram relacionados de acordo com o grau de intensidade tecnológica, baseado na classificação da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE. Nessa perspectiva, identificou-se a natureza das atividades econômicas das importações e exportações do Estado, assim como o grau de interdependência econômica entre o Ceará e os demais Estados. Constatou-se que o Ceará apresenta dependência econômica do comércio com a região Sudeste, especificamente com o Estado São Paulo, este seu principal fornecedor, mesmo distante geograficamente, de produtos com média-alta intensidade tecnológica. Por outro lado, o Ceará tem preponderância na exportação para os estados vizinhos, de produtos de baixa intensidade tecnológica. Finalmente, o Estado registra uma relação superavitária principalmente com o Maranhão, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe todos da região Nordeste e deficitária com as regiões Sul e Sudeste.
3

Liberação comercial e quebra estrutural: evidências empíricas para a América Latina

Maluf, Sâmia Nagib January 2007 (has links)
Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2011-06-08T14:18:52Z No. of bitstreams: 1 SAMIA MONOGRAFIA.pdf: 825408 bytes, checksum: 97f037118d72fb3dfacaf0f27fc03b3a (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2011-06-08T14:20:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 SAMIA MONOGRAFIA.pdf: 825408 bytes, checksum: 97f037118d72fb3dfacaf0f27fc03b3a (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-08T14:20:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SAMIA MONOGRAFIA.pdf: 825408 bytes, checksum: 97f037118d72fb3dfacaf0f27fc03b3a (MD5) Previous issue date: 2007 / The main purpose of this thesis is to verify statistical and analytically the economic openness impacts regarding their openness degree in comply with the economic politics results. In light of the substantial movement towards trade liberalization during 80’ decade, statistical analysis aimed to identify structural breaks at international trade series (Export/GDP and Import/GDP) of the Latin America’s main countries, from 1974 up to 2003. Considering methodologies, it was used Vogelsang’s test (1997) to determine endogenous breaks; ADF and URB (2002) tests were used to classify series/erros in terms of stationarity and the Hodrick-Prescott filter, using the exponential shift function. In this thesis was developed a methodology’s adaptation to test erros stationarity in a break structural context, using URB and Vogelsang tests together and sequentially which has showed a good performance. Confirming Vogelsang’s prediction (1997), trimming’s size does not affect strongly the results. Considering first the trade ratios, most of them exhibited a structural break statistically significant in their paths; unit root; quadratic trend; average postbreak trade exceeded average prebreak trade for the majority of countries; 90’ export growth exceeded four times ISI three decades performance. In general, statistically significant break dates took place ending 80’ or beginning 90’, for exporting it happened due to consolidation of the liberalization process consolidation and regarding imports it was due to the tariffs and non tariffs barriers strongly reduction. Among the liberalization’s benefits to the region were economic stabilization; lowered inflation; balance-of-payments improvement, mainly during last years; increased manufacturing value-added structural change index comparing to the ISI period. In terms of openness measure paths [(export + import)/(PIB)], it was identified some potentialized and/or neutralized effects of one series over the other at openness degree‘s break dates. At brazilian’s openness measure case, the study was based on annual, quarterly and monthly frequencies and using Hodrick-Prescott filter were significantly important in analysing those break dates. Concerning annual frequency same breaking date founded by Vogelsang’s (1997); Sachs & Warner’s (1995) and Wacziarg & Welch’s (2003) and Hodrick-Prescott methodologies, that was 1990, coincidentally refers to the first brazilian liberalization’s phase. In terms of quarterly and monthly frequencies breaking date results were both 1998. Reasons for difference in the time breaks frequencies results were based on tendency reversion smoothness. Besides it was possible to identify only through the filter. Besides it, at this date brazilian import growth were almost twice comparing to the world import growth. / Esta tese teve por objetivo central verificar, estatística e analiticamente, o impacto da abertura econômica sobre os respectivos graus de abertura, correlacionando, por outro lado, estes resultados com as políticas econômicas adotadas. Do ponto de vista estatístico, a análise centrou-se na identificação da ocorrência ou não de quebra estrutural nas séries de comércio internacional (Exportação/PIB e Importação/PIB) dos principais países da América Latina, no período de 1974 a 2003. Para tanto, foram utilizadas as metodologias de determinação endógena de quebra de Vogelsang (1997), da estacionaridade das séries/erros, os testes ADF e URB (2002) e o filtro de Hodrick-Prescott, mediante a função de mudança exponencial. Comprovou-se empiricamente, a relevância da metodologia aqui desenvolvida para testar a estacionaridade de uma série com quebra utilizando o teste URB e de Vogelsang, seqüencialmente e em conjunto. O tamanho do trimming não influenciou fortemente os resultados, conforme previsto por Vogelsang (1997). Considerando primeiramente as séries de comércio, a maioria delas apresentou quebra estrutural estatisticamente significante nas suas trajetórias; raiz unitária; tendência quadrática; variação positiva das médias de comércio pós-quebra em relação às pré-quebra; crescimento das exportações, na década de 1990, quatro vezes superior às das três décadas do modelo ISI. A maior incidência das datas de quebras ocorreu entre o limiar da década de 1980 e o início da de 1990. No caso das exportações, em face da consolidação do processo de liberalização, e no das importações, em virtude da redução drástica das barreiras tarifárias e não tarifárias. Dentre os benefícios da liberalização para a região pode-se destacar a estabilização econômica, redução da inflação, melhora do balanço de pagamentos, principalmente nos últimos anos; aumento do índice de mudança estrutural do valor agregado de manufaturas comparativamente ao período de ISI. Em termos das trajetórias da medida de abertura [(Exportação + Importação) /PIB/ (PIB)], algumas datas de quebra apresentaram resultados que indicam a possível existência de efeitos de potencializarão ou de neutralização de uma série sobre a outra. No caso da medida de abertura do Brasil, o estudo baseou-se nas freqüências anual, trimestral e mensal. O filtro de Hodrick-Prescott foi determinante na avaliação das datas de quebra. Na freqüência anual, a mesma data de quebra foi encontrada pelas metodologias do Teste de Vogelsang (1997), o de Sachs & Warner (1995) e Wacziarg & Welch (2003) e Hodrick-Prescott, ou seja, 1990, que coincide com a primeira fase do processo de liberalização brasileira. Em termos das freqüências trimestrais e mensais, a data de quebra encontrada em ambas foi 1998, data em que a taxa anual média de crescimento das importações brasileiras foi quase duas vezes maior do que a do comércio internacional. Atribuiu-se a suavidade da reversão da tendência como razão para a diferença nas datas de quebra quando se muda a freqüência.
4

Sites de comércio eletrônico e a responsabilidade pela intermediação no ambiente virtual

Rocha, Roberto Silva da January 2005 (has links)
Nos últimos anos o avanço da chamada tecnologia telemática, sobretudo a partir da Internet, proporcionou a constituição de um novo ambiente de interação social, o ciberespaço, particularmente atraente pela facilidade de comunicação a qualquer distância e em tempo real de voz, dados e imagens. A exploração econômica deste fascinante meio de relacionamento interpessoal já impõe aos operadores jurídicos inúmeros desafios, sobretudo em relação à proteção do consumidor. Se nas relações econômicas tradicionais deve-se levar em conta a vulnerabilidade do consumidor, preocupação ainda maior existe quanto às operações concretizadas por meio da Internet, tendo em vista, especialmente, a dificuldade de identificar os sujeitos envolvidos, a imaterialidade dos objetos, as técnicas agressivas de venda, os acentuados riscos de danos patrimoniais e extrapatrioniais e as dificuldades práticas para judicialização dos conflitos, etc. O presente trabalho aborda tais aspectos à luz da teoria contratual contemporânea, focalizando especificamente a responsabilidade civil dos sites de comércio eletrônico dedicados à aproximação de vendedores e compradores por meio da Internet. Objetiva-se, com isso, contribuir para a consolidação de uma dogmática jurídica específica sobre as relações de consumo na Internet, que proporcione tutela efetiva para as legítimas expectativas dos consumidores nas aquisições em sites de intermediação no comércio eletrônico.
5

A evolução do comércio dos Estados Brasileiros: uma aplicação do modelo de Heckscher-Ohlin

Nobre, Fábio Chaves January 2006 (has links)
NOBRE, Fábio Chaves. A evolução do comércio dos estados brasileiros: uma aplicação do modelo de Heckscher - Ohlin. 2006. 78f. : Dissertação (mestrado profissional) - Programa de Pós-Graduação em Economia CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2006. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-06T18:14:22Z No. of bitstreams: 1 2006_dissert_fcnobre.pdf: 423426 bytes, checksum: b8c91224a473c892b2c3aed6c99be15e (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-06T18:14:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_dissert_fcnobre.pdf: 423426 bytes, checksum: b8c91224a473c892b2c3aed6c99be15e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-06T18:14:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_dissert_fcnobre.pdf: 423426 bytes, checksum: b8c91224a473c892b2c3aed6c99be15e (MD5) Previous issue date: 2006 / The objective of this research is to show how the Brazilian states trade their products worldwide. The theoretical framework is based upon the theorem of Heckscher-Ohlin in which a country or region tends to specialize in the production of a good in which the abundant factor of production is more intensively used. this research evaluates to trade patterns of 15 products of the Annual Industrial Research and it was evidenced that great part of the production depends on the factor production human capital. Therefore, the Brazilian states that are abundant on this production factor tends to concentrate its production in the products that use this factor intensively, this way, the sate will be internationaly competitive. In the same way for the work force, therefore the national states that are endowed with this factor in abundance tends to concentrate its production in the products that uses this factor of production intensively. / O objetivo desta pesquisa é mostrar como os estados brasileiros comercializam seus produtos com o resto do mundo. A fundamentação teórica vem do teorema de Heckscher-Ohlin, teoria que pressupõe que um país ou região tende a se especializar na produção de bens cujo fator de produção mais abundante é utilizado mais intensivamente. Avaliou-se o padrão de comércio de 15 produtos da pesquisa industrial anual - PIA e foi constatado que grande parte da produção depende do fator de produção capital humano. Então, os estados brasileiros que detêm este fator de produção em abundância, deverão concentrar sua produção nos produtos que utilizam este fator intensivamente. Desta forma, este estado terá competitividade internacional. O mesmo raciocínio pode ser aplicado na variável força de trabalho, pois os estados nacionais que detêm este fator em abundância, deverão se concentrar na produção de produtos que utilizem este fator de produção intensivamente.
6

Sites de comércio eletrônico e a responsabilidade pela intermediação no ambiente virtual

Rocha, Roberto Silva da January 2005 (has links)
Nos últimos anos o avanço da chamada tecnologia telemática, sobretudo a partir da Internet, proporcionou a constituição de um novo ambiente de interação social, o ciberespaço, particularmente atraente pela facilidade de comunicação a qualquer distância e em tempo real de voz, dados e imagens. A exploração econômica deste fascinante meio de relacionamento interpessoal já impõe aos operadores jurídicos inúmeros desafios, sobretudo em relação à proteção do consumidor. Se nas relações econômicas tradicionais deve-se levar em conta a vulnerabilidade do consumidor, preocupação ainda maior existe quanto às operações concretizadas por meio da Internet, tendo em vista, especialmente, a dificuldade de identificar os sujeitos envolvidos, a imaterialidade dos objetos, as técnicas agressivas de venda, os acentuados riscos de danos patrimoniais e extrapatrioniais e as dificuldades práticas para judicialização dos conflitos, etc. O presente trabalho aborda tais aspectos à luz da teoria contratual contemporânea, focalizando especificamente a responsabilidade civil dos sites de comércio eletrônico dedicados à aproximação de vendedores e compradores por meio da Internet. Objetiva-se, com isso, contribuir para a consolidação de uma dogmática jurídica específica sobre as relações de consumo na Internet, que proporcione tutela efetiva para as legítimas expectativas dos consumidores nas aquisições em sites de intermediação no comércio eletrônico.
7

Comércio eletrônico : impacto das compras virtuais na receita tributária do ICMS no Estado do Ceará

Fernandes Filho, Jose Nilson 26 December 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2019-04-05T23:00:40Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2002-12-26 / This work deals with shopping by e-commerce and telemarketing,pointing out its extension and influence on the economy and the outturn of Ceará State.Its principal objectives are the measurement of ICMS tax losses in Ceará and the execution of tax obligations in electronic purchase,transported by ECT -Brazilian Mail and Telegraph Company.This is mainly a descriptive field research that uses a questionnaire to collect the required information.These questionnaires were applied by official employees of the Treasury state secretary supervising the cargo and goods distribution on the ECT Central Agency.The definition of the samples were taked by indicators of the post office (ECT).The section of parcels was used as part of he research,because they showed the ICMS taxed merchandise,object of this work.As a conclusion,this research presents the percentage of taxed and non-taxed merchandises.It makes a projection of ICMS losses the State had due to electronic and telemarketing commerce.It also analyzes the peculiar deals that are made in the poorer states and their impact on the legal and economic system inside the reality of a country full of social distortions and injustice. / Este trabalho traça um panorama sobre as compras realizadas através do comércio eletrônico e de telemarketing observando sua amplitude e reflexos nas óticas econômica e tributária no contexto do Estado do Ceará. Define como objetivo principal a mensuração das perdas de ICMS para o Estado do Ceará e o cumprimento das obrigações tributárias nas compras realizadas por meios virtuais, transportadas através da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ECT. O estudo foi do tipo descritivo e de campo com questionário como instrumento de pesquisa, aplicado por servidores da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará com coleta de dados a partir da verificação física das cargas no ambiente do centro de triagem da ECT em Fortaleza. A definição da amostra tomou por base indicadores quantitativos da própria ECT. O setor de pacotes é usado como estrato de pesquisa porque por ele transitam as mercadorias tributadas pelo ICMS, foco desse exercício científico. Como conclusão, este trabalho apresenta os percentuais de mercadorias tributadas e de mercadorias desacompanhadas de documentos fiscais dentre as cargas, faz a projeção quantitativa das perdas de arrecadação de ICMS pela peculiaridade com que os negócios são constituídos.
8

Uma plataforma de e-commerce reconfigurável para equipamento informático

Igreja, Margarida Júlia Rodrigues da January 2006 (has links)
Tese de mestrado. Gestão de Informação. 2006. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto
9

Conceptualizing interaction in online grocery retail : mapping the customer's mindset

Carneiro, Miguel Armando Oliveira Henriques January 2010 (has links)
Estágio realizado na empresa Wipro Retail e orientado pelo Eng.º José Ribas e Engenheiro Hugo Neto / Tese de mestrado. Engenharia de Serviços e Gestão. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2010
10

Aplicação das regras de origem não preferenciais da OMC nos casos de circumvention

Lima, Márcio Luiz de Freitas Naves de 27 January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Economia, 2011. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-09-24T15:23:50Z No. of bitstreams: 1 2011_MarcioLuizFreitasNavesLima.pdf: 1059784 bytes, checksum: 1b7b076c5575c84a86096db8f0dc8c4e (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-09-25T12:08:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_MarcioLuizFreitasNavesLima.pdf: 1059784 bytes, checksum: 1b7b076c5575c84a86096db8f0dc8c4e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-25T12:08:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_MarcioLuizFreitasNavesLima.pdf: 1059784 bytes, checksum: 1b7b076c5575c84a86096db8f0dc8c4e (MD5) / Este trabalho descreve os problemas na aplicação das regras de origem não preferenciais nos casos envolvendo circumvention bem como relata o desenvolvimento das negociações para a harmonização das referidas regras no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC). Relaciona-se a falta de avanço nas negociações para a harmonização com a preocupação, por parte de alguns países membros, na aplicação dessas regras em todos os casos relacionados às medidas discriminatórias ao comércio, conforme disposto no Acordo de Regras Origem (ARO) do General Agreement on Trade and Tariff (GATT 1994) negociado durante a Rodada Uruguai (1986-1994). Dessa forma, é crucial analisar até que ponto a postura protecionista adotada por alguns países membros no processo negociador estaria afetando a conclusão dos trabalhos por parte do Comitê de Regras de Origem (CRO) da OMC. Para isso, são apresentadas inúmeras situações de comércio que envolvem a aplicação de regras de origem nos casos de medidas compensatórias, direitos anti-dumping e salvaguardas, todas consideradas medidas de defesa comercial. Além do mais, discute-se como a falta de uma regulamentação e manutenção dessas regras em uma ordem econômica mundial a tornaria instável à medida que o livre-comércio e o liberalismo cedessem lugar ao nacionalismo econômico e, conseqüentemente, às práticas protecionistas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This paper describes the problems in the application of non-preferential rules of origin in cases involving circumvention and describes the development of negotiations on the harmonization of these rules under the World Trade Organization (WTO). Relates to the lack of progress in negotiations on the harmonization with the concern on the part of some member countries in applying those rules in all cases relating to discriminatory trade measures, as set forth in the Agreement on Rules of Origin (ARO) of the General Agreement on Trade and Tariff (GATT 1994) negotiated during the Uruguay Round (1986-1994). Thus, it is crucial to analyze the extent to which protectionist stance adopted by some countries in the negotiating process would be affecting the completion of the work by the Committee on Rules of Origin (CRO) of the WTO. To this end, we present several situations of trade which involves the application of rules of origin in case of countervailing measures, anti-dumping and safeguards, all considered measures to protect trade. Moreover, it discusses how the lack of regulation and maintenance of such rules in a worldwide economic order would become unstable as the free trade and liberalism give place to economic nationalism and, consequently, protectionist practices.

Page generated in 0.0386 seconds