• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • Tagged with
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Sistema de integração lavoura-pecuária como método de controle da contaminação da pastagem por nematódeos gastrintestinais de ovinos / Crop-livestock integration system as a method of control of pasture contamination by gastrintestinal nematodes of sheep

Piza, Marina Laís Sabião de Toledo [UNESP] 21 June 2017 (has links)
Submitted by Marina Laís Sabião de Toledo Piza null (marinalstpiza@gmail.com) on 2017-07-05T16:56:43Z No. of bitstreams: 1 DissertaçãoMarina Piza_ok.pdf: 365618 bytes, checksum: ca82f65f8113e0ae549690375583cef7 (MD5) / Approved for entry into archive by LUIZA DE MENEZES ROMANETTO (luizamenezes@reitoria.unesp.br) on 2017-07-05T20:03:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 piza_mlst_me_bot.pdf: 365618 bytes, checksum: ca82f65f8113e0ae549690375583cef7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-05T20:03:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 piza_mlst_me_bot.pdf: 365618 bytes, checksum: ca82f65f8113e0ae549690375583cef7 (MD5) Previous issue date: 2017-06-21 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O longo período de descanso necessário para que haja descontaminação da pastagem por nematódeos gastrintestinais de ovinos pode ser utilizado com culturas agrícolas. O objetivo foi verificar se após a implantação do sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) com um período de 300 dias sem a presença de animais, o pasto estaria livre de contaminação por larvas infectantes (L3) de nematódeos gastrintestinais de ovinos. A área foi utilizada para produção de silagem mista de milho (Zea mays), capim-marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu) e feijão guandu (Cajanus cajan), e sobressemeadura de aveia-preta (Avena strigosa) para pastejo com ovinos. Essa área foi dividida em quatro tratamentos: (ILP 1) milho + capim-marandu + feijão guandu + aveia na linha; (ILP 2) milho + capim-marandu + feijão guandu + aveia a lanço; (ILP 3) milho + capim-marandu + aveia na linha; (ILP 4) milho + capim-marandu + aveia a lanço. A fim de verificar a descontaminação da pastagem, foram utilizados 12 cordeiros traçadores (3/tratamento), machos não castrados, cruzados Dorper x Santa Inês com 60 dias de idade, 25 kg de peso corporal e livres de infecção por Trichostrongylideos e Strongyloides. Os animais pastejaram a área por 14 dias das 6h às 16h e, após esse período, ficaram mais 14 dias em baias coletivas, sendo abatidos para recuperação e identificação dos parasitas presentes no abomaso e intestinos delgado e grosso. Análises de ovos por grama de fezes (OPG) e coprocultura foram feitas nos dias 0, 7 e 14 pós-pastejo. Não foram detectados ovos (OPG = zero) em nenhuma das coletas de fezes, bem como não foram encontradas larvas nas coproculturas. Depois do abate, não foram encontrados vermes adultos no conteúdo do abomaso, intestino delgado e grosso desses animais. Conclui-se que o período de 300 dias sem a presença de animais foi suficiente para descontaminar a pastagem por larvas infectantes de nematódeos gastrintestinais de ovinos. / The rest period necessary for the decontamination of pasture by gastrointestinal nematodes of sheep can be used with agricultural crops. The objective of this study was to determine if after the implantation of the crop-livestock integration system (ICL) with a period of 300 days without animals, the pasture would be free of contamination by infective larvae (L3) of gastrointestinal nematodes of sheep. The area was used for the production of a mixed silage—maize (Zea mays), marandu palisade grass (Urochloa brizantha cv. Marandu) and pigeon pea (Cajanus cajan), and overseeding of black oats (Avena strigosa), with the grazing of sheep. This area was divided into four treatment subplots: ICL 1 (maize + marandu palisade grass + pigeon pea + black oats, sown in rows); ICL 2 (maize + marandu palisade grass + pigeon pea + black oats, sown by broadcasting); ICL 3 (maize + marandu palisade grass + black oats, sown in rows); and ICL 4 (maize + marandu palisade grass + black oats, sown by broadcasting). In order to verify the decontamination of the pasture, were used twelve tracer lambs (3 / treatment), male not castrated, Dorper x Santa Inês crossbred with 60 days of age, 25 kg of weight and worm free by Trichostrongylideos and Strongyloides infections. The animals grazed the area for 14 days from 6 a.m. to 4 p.m., and after that period they stayed another 14 days in collective pens, being slaughtered for recovery and identification of the parasites present in the abomasum and small and large intestines. Analysis of eggs per gram of faeces (EPG) and composite faecal cultures were done on days 0, 7 and 14 post-grazing. No eggs (EPG = zero) were detected in any of the faeces collections, nor were any larvae found in the composite faecal cultures. After slaughter, no adult worms were found in the abomasum, small and large intestine contents. It is concluded that the period of 300 days without animal presence was sufficient to descontaminate the pasture by infective larvae of gastrointestinal nematodes of sheep. / FAPESP: 2015/25413-1
2

Sistema de integração lavoura-pecuária como método de controle da contaminação da pastagem por nematódeos gastrintestinais de ovinos

Piza, Marina Lais Sabião de Toledo. January 2017 (has links)
Orientador: Ciniro Costa / Resumo: O longo período de descanso necessário para que haja descontaminação da pastagem por nematódeos gastrintestinais de ovinos pode ser utilizado com culturas agrícolas. O objetivo foi verificar se após a implantação do sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) com um período de 300 dias sem a presença de animais, o pasto estaria livre de contaminação por larvas infectantes (L3) de nematódeos gastrintestinais de ovinos. A área foi utilizada para produção de silagem mista de milho (Zea mays), capim-marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu) e feijão guandu (Cajanus cajan), e sobressemeadura de aveia-preta (Avena strigosa) para pastejo com ovinos. Essa área foi dividida em quatro tratamentos: (ILP 1) milho + capim-marandu + feijão guandu + aveia na linha; (ILP 2) milho + capim-marandu + feijão guandu + aveia a lanço; (ILP 3) milho + capim-marandu + aveia na linha; (ILP 4) milho + capim-marandu + aveia a lanço. A fim de verificar a descontaminação da pastagem, foram utilizados 12 cordeiros traçadores (3/tratamento), machos não castrados, cruzados Dorper x Santa Inês com 60 dias de idade, 25 kg de peso corporal e livres de infecção por Trichostrongylideos e Strongyloides. Os animais pastejaram a área por 14 dias das 6h às 16h e, após esse período, ficaram mais 14 dias em baias coletivas, sendo abatidos para recuperação e identificação dos parasitas presentes no abomaso e intestinos delgado e grosso. Análises de ovos por grama de fezes (OPG) e coprocultura foram feitas nos dias 0, 7 ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre

Page generated in 0.088 seconds