• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 818
  • 208
  • 30
  • 10
  • 5
  • 4
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 1087
  • 583
  • 177
  • 126
  • 117
  • 98
  • 98
  • 96
  • 86
  • 83
  • 83
  • 83
  • 82
  • 80
  • 80
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Análise das demandas nacional e internacional por café brasileiro: período de 1961 a 2002 / Analysis of the international and domestic demand for brazilian green coffee: time period from 1961 to 2002

Cesar De Castro Alves 16 December 2004 (has links)
Diante da necessidade de se conhecer as elasticidades preço e renda em mercados específicos sem generalizar a demanda global por café brasileiro, o presente trabalho se propôs a analisar a demanda por café brasileiro e verificar quais foram seus determinantes nos mercados interno e externo, no período de 1961 a 2002. O estudo inicialmente preocupou-se em explorar o market share em cada mercado estrangeiro de modo a associá-lo com os resultados econométricos. Para a análise, foram considerados seis mercados consumidores tradicionais do café verde brasileiro: EUA, Alemanha, Itália, França, Japão e o próprio mercado interno, que representa a demanda da indústria nacional de torrefação. Cada mercado estrangeiro foi estudado separadamente e submetido à análise de regressão, utilizando o método dos mínimos quadrados ordinários. Foram estimados 44 modelos econométricos especificados com alternativas de bebidas que poderiam estar apresentando substituição com o café brasileiro nos mercados estrangeiros. Os modelos estimados foram divididos em modelos de consumo e renda globais e modelos em termos per capita. Selecionou-se, a partir dos maiores níveis de significância, face às equações estimadas, aquela que melhor se ajustou aos dados em cada mercado. O modelo selecionado foi re-estimado considerando duas subdivisões em períodos, de modo a captar as mudanças nas elasticidades preço e renda que possam ter ocorrido ao longo do tempo. Assim, para o modelo selecionado há estimativas para os períodos de 1961 a 2002, 1970 a 2002 e 1980 a 2002. Para a demanda interna, dois modelos em termos per capita foram estimados para os períodos citados. Em todos os períodos considerados no presente trabalho (de 1961 a 2002, de 1970 a 2002 e de 1980 a 2002) e em todos os mercados, o café é um produto de demanda inelástica a preço e essa inelasticidade pouco tem se alterado ao longo do tempo. Os resultados da pesquisa indicaram que na Alemanha, Itália, Japão e no mercado doméstico ainda é possível esperar novos aumentos da demanda de café verde na medida em que essas economias cresçam. Os mercados norte-americano e francês não são promissores para as exportações de café verde, sendo necessário a inserção de uma outra alternativa de café a ser exportado, com maior diferenciação do produto nesses países / The objective of this work is to evaluate the international and domestic demand for Brazilian green coffee. Time period from 1961 to 2002 is taken into consideration. This work tries to know price and income elasticity in specific markets rather then estimating global demand for Brazilian coffee. We analyze Brazil´s market share in each foreign market in order to associate it with our econometric results. The analysis take into consideration six traditional Brazilian green coffee consumers: the United States of America, Germany, Italy, France, Japan and the Brazilian own domestic market, which represents the domestic roasting industry´s demand. Each foreign market was studied separately and submitted to a regression analysis, using the ordinary least square method. Forty-four alternative models, considering different substitute beverage which could replaced Brazilian coffee at international markets, were estimated. The estimated models were divided in global consumption and income-based models, and in per capita value-based models. Considering the largest significant levels of estimated parameters, the best model for each market was selected. The latter was re-estimated considering two subdivisions of period, which made possible to detect price and income elasticity changes during the time. At the end, regressions were run for the following periods: 1961 to 2002; 1970 to 2002 and 1980 to 2002. It was estimated two per capita value-based models for the domestic|demand and they were also submitted to the same period divisions. For all the periods considered in the present work (from 1961 to 2002, from 1970 to 2002 and from 1980 to 2002) and for all markets analyzed, coffee has inelastic price demand and this inelasticity has changed little along the time. Our findings show that in Germany, Italy, Japan and in the Brazilian domestic market is still possible to have an increase of the green coffee demand since their economies grow. US and French markets are not promising in regard to increases of green coffee export. For these markets, a differentiated coffee need to be offered in order to enlarge Brazil´s coffee exports
22

Metodologia para seleção de métodos de previsão de demanda

Lemos, Fernando de Oliveira January 2006 (has links)
A formulação de planejamentos e o direcionamento estratégico das empresas dependem da identificação e a previsão correta das mudanças emergentes no ambiente de negócios, o que torna a previsão de demanda um elemento chave na tomada de decisão gerencial. Um dos maiores problemas associados com o uso de previsões de demanda no apoio à tomada de decisões é a escolha do método de previsão a ser implementado. Organizações com necessidades e características distintas em relação aos seus produtos e serviços atuam em diferentes cenários de mercado. Diferentes cenários necessitam de diferentes métodos de previsão, de forma a refletir mudanças na estrutura do mercado (como entrada de novos produtos, novos competidores e/ou mudanças no comportamento dos consumidores). Assim, uma metodologia que direcione diferentes métodos de previsão de demanda para as situações em que são mais eficientes pode auxiliar o processo preditivo e de tomada de decisões das organizações, minimizando erros de planejamentos estratégico, tático e operacional. Esta dissertação apresenta uma metodologia de seleção de métodos de previsão de demanda mais apropriados para diferentes situações. Métodos de integração de métodos qualitativos e quantitativos de previsão melhoram a acurácia nos processo preditivos e também são abordados na metodologia de seleção de métodos de previsão. A metodologia proposta é ilustrada através de dois estudos de caso. No primeiro estudo investigou-se o caso de um produto com demanda regular. No segundo estudo, detalhou-se o processo de previsão para um cenário de lançamento de um novo produto.
23

Alternativas para a previsão de demanda de gás natural : um estudo orientado ao estado do Rio Grande do Sul

Silva, Silvio Ceroni da January 2003 (has links)
O tema da presente tese é a demanda do gás natural em um novo mercado, que se encontra em expansão.O objetivo geral é o desenvolvimento de uma metodologia para a previsão de demanda do gás natural, estabelecendo um método que integre as diversas alternativas de previsão de demanda desenvolvidas. Primeiramente, é feita uma revisão da literatura abordando os seguintes temas: (i) demanda de energia no Brasil e no mundo; (ii) demanda de gás natural no Brasil e no mundo; (iii) oferta de gás natural no Rio Grande do Sul; (iv) modelos de previsão de demanda energética; (v) pesquisa qualitativa e grupos focados. São, então, desenvolvidas as alternativas para a previsão de demanda de gás natural: (i) baseado em dados históricos do Rio Grande do Sul: com base no comportamento pregresso da demanda energética estadual faz-se uma extrapolação dos dados de demanda futuros, estimando-se um percentual de participação do gás natural neste mercado; (ii) baseado em equações de previsão que se apóiam em dados sócio-econômicos: tomando-se como embasamento o tamanho da população, PIB, número de veículos da frota do estado, e as respectivas taxas de crescimento de cada uma destas variáveis, estima-se o potencial consumo de gás natural (iii) baseado em dados históricos de outros países: tomando-se por base os dados de países onde já se encontra consolidado o mercado de gás natural, faz-se uma analogia ao caso brasileiro, particularmente o estado do Rio Grande do Sul, visualizando o posicionamento deste mercado frente à curva de crescimento e amadurecimento do mercado consolidado; (iv) baseado na opinião dos clientes potenciais: através de grupos focados, busca-se a compreensão das variáveis que influenciam as decisões dos consumidores de energia, bem como a compreensão das soluções de compromisso (trade off) realizadas quando da escolha dos diferentes energéticos, utilizando-se técnicas do tipo “preferência declarada”; (v) baseado na opinião de especialistas: através de grupos focados com profissionais do setor energético, economistas, engenheiros e administradores públicos busca-se o perfil de demanda esperado para o gás natural. São aplicadas as alternativas individuais à previsão da demanda do gás natural no estado do Rio Grande do Sul, verificando a necessidade de adaptações ou desenvolvimentos adicionais das abordagens individuais. Neste momento, começa-se a construção do método integrador, partindo-se da visualização de benefícios e carências apresentados por cada alternativa individual. É, então, elaborada uma proposta para integrar os resultados das diversas abordagens. Trata-se da construção de um método para a previsão de demanda energética de gás natural que compatibiliza resultados qualitativos e quantitativos gerados nas abordagens individuais. O método parte de diferentes inputs, ou seja, os dados de saída gerados por cada abordagem individual, chegando a um output único otimizado em relação à condição inicial. A fase final é a aplicação do método proposto à previsão de demanda de gás natural no estado do Rio Grande do Sul, utilizando a base de dados gerada para o estudo particular do estado.
24

A demanda setorial de energia elétrica em Pernambuco

Lima, Henrique Cardim Gouveia de 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:08:40Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3444_1.pdf: 1568218 bytes, checksum: 5c3c41cf5f8a9918d1d1a20a0529cdf6 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Este trabalho teve como objetivo obter uma estimativa para a demanda de energia elétrica em Pernambuco, em seus segmentos específicos, no período de 1970 a 2009. Pretendeu-se identificar os fatores que influenciam a demanda por energia elétrica nos segmentos residencial, industrial, comercial e total no estado e estimar a elasticidade-preço e a elasticidade-renda dessa demanda. Após identificar que as séries estudadas eram não-estacionárias, optou-se pela utilização do conceito de cointegração, sendo estimado um modelo de correção de erros vetoriais. Os resultados obtidos mostraram que a demanda estudada é mais sensível às variações na renda que na tarifa de energia elétrica. Conclui-se também que as elasticidades de alguns setores em Pernambuco diferem levemente das estimadas para o Brasil, sugerindo padrões diferenciados de consumo de energia entre os diversos estados do país. O conjunto de dados incorpora também informações recentes às pesquisas nesta área. Estes dados são relevantes não só para uma otimização do planejamento energético, mas também para auxiliar o órgão regulador nas formulações de regras para este setor
25

Propuesta de mejora del modelo de gestión de la demanda de requerimientos y proyectos para grandes empresas

Peralta, Iris, Macijewicz, Vanina, Perez, Roy 01 January 2016 (has links)
El cambio es, en esencia, parte importante y omnipresente en el quehacer de todas las empresas; acompaña a los procesos operativos, tácticos y estratégicos, por lo cual obliga a que el planeamiento estratégico de los mismos tenga horizontes finitos y de mediana duración. La adaptabilidad es un fenómeno natural e inherente a la evolución del hombre, y se traslada a las grandes empresas como una manera de vivir en su entorno empresarial y de desarrollar estrategias para lograr una ventaja competitiva que les ayude a diferenciarse en su rubro, que se evidencie en el retorno de las inversiones y se transforme en utilidades para sus accionistas y trabajadores. Es importante por esto, que todas las áreas que conforman una empresa, estén alineadas a los objetivos estratégicos que se plantean en los planes directores, con el fin de dirigir los esfuerzos de manera conjunta en la consecución de los logros y metas propuestas. Las áreas de TI en conjunto, como un área fundamental para el soporte de los procesos de negocio, deben tener la suficiente flexibilidad para adaptarse a los cambios que el negocio propone. Sus objetivos deben estar alineados a los objetivos estratégicos de la compañía y deben tener una visión exacta de cómo aportar valor en su interacción con las demás áreas para, sin descuidar el soporte común del día a día, participar en proyectos de alto impacto y directa correlación a la consecución de las metas organizacionales, cambiando con esto la visión hacia TI de un rol de proveedor de servicios a un rol de socio estratégico. La presente tesis pretende cambiar la visión del área de TI de una gran empresa industrial, proponiendo un modelo de Gestión de la Demanda de proyectos y requerimientos basado en las mejores prácticas de Gobierno de TI y Servicios de TI, que permita asegurar que las iniciativas del negocio se transformen en proyectos o requerimientos que contribuyan al logro de los objetivos estratégicos, optimizando el uso de los recursos a través de un adecuado proceso de priorización de iniciativas. Asimismo, el modelo aspira a servir como base para su implementación en otras empresas. En el primer capítulo se presenta el marco teórico, el modelo de madurez de la Gestión de la Demanda de TI y el alineamiento del marco teórico con el modelo de madurez respectivo, que sirven de guía para formular el modelo. En el segundo capítulo se analiza el proceso actual de la Gestión de la Demanda, y se determina el escenario que motiva la inmediatez de una acción. En el tercer capítulo se detalla la propuesta de solución, se presenta, el nuevo modelo de la Gestión de la Demanda, sus herramientas, procesos, roles e indicadores de gestión, así como también el proceso de implementación y un análisis de costo beneficio. La implementación del modelo prevé una ganancia de S/313,800 calculada en forma anual. En el capítulo cuatro se detallan las conclusiones asociadas al trabajo realizado y las recomendaciones para futuros trabajos relacionados al tema de la presente tesis. / Tesis
26

Análise econômica dos medicamentos genéricos no Brasil

Nishijima, Marislei 04 April 2003 (has links)
Esta tese realiza uma análise econômica do impacto da entrada de medicamentos genéricos no mercado farmacêutico brasileiro, em particular sobre os preços dos seus respectivos medicamentos de marca de referência. Analisa, também, as características dos medicamentos de marca que atraíram os medicamentos genéricos aos seus mercados, bem como, busca avaliar o comportamento dos consumidores com base numa estimação de demanda de medicamentos. A análise das condições institucionais específicas do mercado farmacêutico brasileiro indica muitas particularidades inerentes ao país que não devem ser desconsideradas para a avaliação de política. Estruturas teóricas de oligopólio, avaliadas por simulações, descrevem como o comportamento do consumidor e a quantidade de produtores de medicamentos genéricos afetam os preços dos medicamentos de marca. Seus resultados sugerem que políticas públicas de regulação que incentivem o aumento de produtores de genéricos e um maior intercâmbio por parte dos consumidores entre medicamentos de marca e de genéricos podem promover melhoras de bem-estar na economia. As evidências empíricas, com base em vários modelos econométricos, sugerem três resultados principais: que os preços dos medicamentos de marca, que se tornaram referência de genéricos, foram reduzidos quando passaram a enfrentar a concorrência destes, com preços mais competitivos, e também quando a concorrência aumentou; que os medicamentos de marca com maior participação no faturamento do mercado foram os que mais atraíram genéricos para seus mercados; e os medicamentos de marca que passaram a enfrentar concorrência de genéricos apresentaram elasticidade preço da demanda maior do que a dos medicamentos de marca que não passaram a enfrentar genéricos.
27

Demanda de carne bovina no mercado brasileiro / BEEF DEMAND IN BRAZILIAN MARKET

Bacchi, Mirian Rumenos Piedade 07 June 1990 (has links)
O objetivo principal do presente estudo foi o de obter as elasticidades da demanda de carne bovina no mercado brasileiro. O modelo utilizado para a obtenção dessas elasticidades segue uma abordagem integracionista (considera a inter-relação de todos os bens e serviços) e se fundamenta no conceito de separabilidade homogênea da função de utilidade. Com dados do período 1957-87, a função de demanda foi ajustada pelo método de mínimos quadrados, com as variáveis expressas nos números naturais. As elasticidades encontradas foram: direta: curto prazo = -0,48, longo prazo = -1,09; cruzada com preço de frango: curto prazo = 0,10, longo prazo = 0,22; cruzada com preço de suíno: curto prazo = 0,33, longo prazo = 0,67. O coeficiente da variável preço de frango apresentou-se não significativo o que atribuiu-se a problemas de ordem econométrica ou de qualidade dos dados utilizados. As elasticidades de curto prazo encontradas permitem concluir que variações na renda dos consumidores têm baixa influência no consumo de carne bovina. Conquanto o sinal positivo do coeficiente da variável preço de carne suína indique que esta carne e a bovina sejam produtos substitutos, verifica-se que o consumo de carne bovina é também pouco sensível às variações nos preços de carne suína. A quantidade demandada de carne bovina é mais sensível às variações ocorridas em seu preço, no preço de carne suína e na renda dos consumidores à medida que o tempo se alonga. O valor do coeficiente de ajustamento (δ), calculado a partir do coeficiente da variável consumo de carne bovina defasado, indica que 44,4% da diferença entre a demanda observada e a desejada é eliminada em um período. O tempo necessário para a demanda observada atingir 98% da desejada, foi calculado em 6 anos e 8 meses / The main objective of this study was to determine beef demand elasticities for Brazilian market. The model used obtaining the elasticities is based on the integrationist approach that recognizes the concept of homogeneous separability of the utility function. Data from the 1957-87 period, expressed in terms of natural numbers, were adjusted by the ordinary least square method. The results estimated for demand elasticities were: Direct elasticity: short term = .48, long term = 1,09; Cross elasticity with chicken meat: short term = .10, long term = .22; cross elasticity with pork meat: short term= .33, long term = .73; Income elasticity: short term = .30, long term = .67. Although the chicken price coefficient in the equation was not significant, we tend to believe that either econometric problems or data quality didn't allow the detection of correlation between this variable and beef consumption. The short term elasticity values found allow us to conclude that variations in income have little influences on beef consumption. Although the positive sign of the pork price coefficient indicates that beef and pork are substitute products, it can be observed that beef consumption is more sensible to its own price variations, pork price and income, in the long run. The adjustment coefficient value (?), calculated from the lagged beef consumption coefficient, indicates that 44.4% of the difference between observed and desired for the observed demand to reach 98% of the desired demand was estimated to be 6 years and 8 months
28

Expectativas de las pacientes en relación al profesional obstetra en consulta externa del C.S Juan Perez Carranza. 2015

Chilipio Chiclla, Marco Antonio January 2015 (has links)
OBJETIVO: Determinar las expectativas de las pacientes en relación al profesional obstetra en consulta externa del C.S Juan Pérez Carranza en el periodo enero a febrero de 2015. METODOLOGÍA: El presente estudio fue observacional, descriptivo, prospectivo, de corte transversal. La muestra estuvo conformada por 238 pacientes atendidas en los consultorios externos de obstetricia de C.S Juan Pérez Carranza durante los meses de enero y febrero del año 2015. Se elaboró un cuestionario que incluyó datos con respecto a las características sociodemográficas, características de la demanda y las expectativas de las pacientes, el mismo que se validó mediante juicio de expertos (prueba binomial). Para el análisis de variables cuantitativas se usaron medidas de tendencia central (media) y dispersión (desviación estándar). Para variables cualitativas se usaron frecuencias y porcentajes. RESULTADOS: La edad promedio de las pacientes fue 30,4±10 años; asimismo, la mayoría, tenía estado civil conviviente (57,1%), nivel de instrucción secundaria (59,7%) y pertenecían a la religión católica (76,5%). La demanda se caracterizó principalmente por acudir a planificación familiar (35,3%) y control prenatal (29,4%) para recibir atención; asimismo, la mayoría tenía experiencia previa en atención obstétrica (76,5%) y principalmente prefirieron ser atendidas por una obstetra mujer (64,7%). Si bien las pacientes mostraron una mayor preferencia a ser atendidas por un obstetra de sexo femenino, en el análisis de expectativas se evidenció que antes del género estas otorgaron una mayor importancia a aspectos comunicativos y resultados de la atención; así, el “mostrar interés y escuchar” fue la expectativa considerada como importante por el 99,2% de pacientes, seguida por las expectativas “recibir una prescripción” (97,5%), “recibir explicaciones”(96,6%),“conocer su diagnóstico” (96,6%), “recibir indicación de un examen” (95,8%); mientras que entre las expectativas menos priorizadas se encontraron la “toma de decisiones por la paciente” (83,2%), “elección del obstetra” (77,3%) y en el decimotercer y último lugar se encontró el “género del obstetra” considerada importante por el 51,3% de pacientes. Las pacientes de diferentes grupos etarios y niveles de instrucción siguieron dando mayor importancia a los aspectos comunicativos de la atención como ser escuchas de forma activa y que el obstetra muestre interés hacia ellas; asimismo, el “género del obstetra” se siguió situando en el último lugar de importancia; sin embargo, las pacientes de menor edad y nivel de instrucción consideraron con mayor frecuencia al “género de obstetra” importante. Las pacientes sin experiencia previa en atención obstétrica consideraron con más frecuencia al “género del obstetra” una expectativa importante. Entre las pacientes que prefirieron a una obstetra de sexo femenino, el 31,2% a pesar de preferir a una obstetra mujer consideraron que el “género del obstetra” no era importante. CONCLUSIONES: Las pacientes que acuden por atención obstétrica al C.S Juan Pérez Carranza tienen en su mayoría preferencias a ser atendidas por una obstetra mujer; sin embargo, antes que el género las pacientes otorgan mayor importancia a otras expectativas relacionadas a aspectos comunicativos y resultados de la atención como la muestra de interés y ser escuchadas, obtener una receta con letra legible y recibir explicaciones y conocer su diagnóstico. / --- OBJECTIVE: Determine the expectations of patients regarding the obstetrician professional outpatient C.S Juan Perez Carranza. 2015 METHODOLOGY: The present study was observational, descriptive, prospective, cross-sectional. The sample consisted of 238 patients treated in outpatient obstetric CS Juan Perez Carranza during January and February 2015. A questionnaire that included data regarding sociodemographic characteristics, characteristics of demand and expectations are developed patients, the same as was validated by expert judgment (binomial test). For the analysis of quantitative variables measures of central tendency (mean) and dispersion (standard deviation) were used. For qualitative variables, frequencies and percentages were used. RESULTS: The average age of patients was 30,4 ± 10 years; Also, most had been civil cohabiting (57,1%), level of secondary education (59,7%) and belonged to the Catholic religion (76,5%). The demand was mainly characterized by attending family planning (35,3%) and fetal (29,4%) control to receive care; Also, most had prior experience in obstetric care (76,5%) and mostly preferred to be heard by an obstetrician women (64,7%). Although patients showed a greater preference to be met by a female obstetrician in expectations analysis showed that gender before these gave greater importance to communication aspects and outcomes of care; so, "she show interest and listen to" the expectation was considered important by 99,2% of patients, followed by expectations "to receive a prescription" (97.5%), "receiving explanations" (96,6%) "knowing their diagnosis" (96,6%), "receiving indication of an examination" (95,8%); while among the least prioritized expectations the "decision-making by the patient" (83,2%), "choice of midwife" (77,3%) and in the thirteenth and last "gender was found obstetrician found "considered important by 51,3% of patients. The patients of different age groups and levels of education continued with greater emphasis on the communicative aspects of care such as listening actively and obstetrician show interest towards them; Also, the "gender obstetrician" continued placing last in importance; however, younger patients and educated more often considered "gender obstetrician" important. Patients without previous experience in obstetric care more often considered "gender obstetrician" an important expectation. Among the patients who preferred a female obstetrician, 31,2% despite preferring a female obstetrician considered "gender obstetrician was" not important. CONCLUSIONS: Patients presenting for obstetric care to CS Juan Perez Carranza mostly have preferences to be heard by an obstetrician women; however, before that gender patients give more importance to other related communicative aspects and outcomes of care as the sample of interest and be heard expectations, get a prescription legibly and receive explanations and their diagnosis. KEYWORDS: Gender, expectations, demand for care, communication / Tesis
29

Análisis de la Demanda del Consumidor Agroindustrial de Damasco (Armeniaca vulgari J.) en la Ciudad de Tacna

Montanchez Picardo, Edwin Gonzalo 03 October 2013 (has links)
El presente trabajo denominado “ANÁLISIS DE LA DEMANDA DEL CONSUMIDOR AGROINDUSTRIAL DE DAMASCO (Armeniaca vulgari J.) EN LA CIUDAD DE TACNA” tuvo como objetivo determinar las características del consumidor industrial y su influencia en la determinación del consumo del damasco en la ciudad de Tacna. La investigaciónplanteada es de tipo descriptivo - correlacional, aplicando el modelo estadístico Chi-Cuadrado, los resultados evidenciaron lo siguiente: • Se ha determinado con un 95% de C.E. que las variables experienciay tamaño no influyen en la determinación del consumo de damasco en el sector agroindustrial. • Se ha determinado con un 95% de C.E. que la variable calidad influye en la determinación del consumo de damasco en el sector agroindustrial.
30

Microeconomía MTA1. Demanda oferta y equilibrio del mercado

29 April 2013 (has links)
Demanda oferta y equilibrio del mercado

Page generated in 0.1138 seconds