• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 51
  • Tagged with
  • 51
  • 51
  • 23
  • 23
  • 17
  • 15
  • 10
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análise das demandas nacional e internacional por café brasileiro: período de 1961 a 2002 / Analysis of the international and domestic demand for brazilian green coffee: time period from 1961 to 2002

Alves, Cesar De Castro 16 December 2004 (has links)
Diante da necessidade de se conhecer as elasticidades preço e renda em mercados específicos sem generalizar a demanda global por café brasileiro, o presente trabalho se propôs a analisar a demanda por café brasileiro e verificar quais foram seus determinantes nos mercados interno e externo, no período de 1961 a 2002. O estudo inicialmente preocupou-se em explorar o market share em cada mercado estrangeiro de modo a associá-lo com os resultados econométricos. Para a análise, foram considerados seis mercados consumidores tradicionais do café verde brasileiro: EUA, Alemanha, Itália, França, Japão e o próprio mercado interno, que representa a demanda da indústria nacional de torrefação. Cada mercado estrangeiro foi estudado separadamente e submetido à análise de regressão, utilizando o método dos mínimos quadrados ordinários. Foram estimados 44 modelos econométricos especificados com alternativas de bebidas que poderiam estar apresentando substituição com o café brasileiro nos mercados estrangeiros. Os modelos estimados foram divididos em modelos de consumo e renda globais e modelos em termos per capita. Selecionou-se, a partir dos maiores níveis de significância, face às equações estimadas, aquela que melhor se ajustou aos dados em cada mercado. O modelo selecionado foi re-estimado considerando duas subdivisões em períodos, de modo a captar as mudanças nas elasticidades preço e renda que possam ter ocorrido ao longo do tempo. Assim, para o modelo selecionado há estimativas para os períodos de 1961 a 2002, 1970 a 2002 e 1980 a 2002. Para a demanda interna, dois modelos em termos per capita foram estimados para os períodos citados. Em todos os períodos considerados no presente trabalho (de 1961 a 2002, de 1970 a 2002 e de 1980 a 2002) e em todos os mercados, o café é um produto de demanda inelástica a preço e essa inelasticidade pouco tem se alterado ao longo do tempo. Os resultados da pesquisa indicaram que na Alemanha, Itália, Japão e no mercado doméstico ainda é possível esperar novos aumentos da demanda de café verde na medida em que essas economias cresçam. Os mercados norte-americano e francês não são promissores para as exportações de café verde, sendo necessário a inserção de uma outra alternativa de café a ser exportado, com maior diferenciação do produto nesses países / The objective of this work is to evaluate the international and domestic demand for Brazilian green coffee. Time period from 1961 to 2002 is taken into consideration. This work tries to know price and income elasticity in specific markets rather then estimating global demand for Brazilian coffee. We analyze Brazil´s market share in each foreign market in order to associate it with our econometric results. The analysis take into consideration six traditional Brazilian green coffee consumers: the United States of America, Germany, Italy, France, Japan and the Brazilian own domestic market, which represents the domestic roasting industry´s demand. Each foreign market was studied separately and submitted to a regression analysis, using the ordinary least square method. Forty-four alternative models, considering different substitute beverage which could replaced Brazilian coffee at international markets, were estimated. The estimated models were divided in global consumption and income-based models, and in per capita value-based models. Considering the largest significant levels of estimated parameters, the best model for each market was selected. The latter was re-estimated considering two subdivisions of period, which made possible to detect price and income elasticity changes during the time. At the end, regressions were run for the following periods: 1961 to 2002; 1970 to 2002 and 1980 to 2002. It was estimated two per capita value-based models for the domestic|demand and they were also submitted to the same period divisions. For all the periods considered in the present work (from 1961 to 2002, from 1970 to 2002 and from 1980 to 2002) and for all markets analyzed, coffee has inelastic price demand and this inelasticity has changed little along the time. Our findings show that in Germany, Italy, Japan and in the Brazilian domestic market is still possible to have an increase of the green coffee demand since their economies grow. US and French markets are not promising in regard to increases of green coffee export. For these markets, a differentiated coffee need to be offered in order to enlarge Brazil´s coffee exports
2

Questão da causalidade entre preços a diferentes níveis de mercados agrícolas / not available

Burnquist, Heloisa Lee 05 January 1987 (has links)
O objetivo desta pesquisa é o de avaliar os efeitos de mudanças em variáveis exógenas e de inferir sobre os efeitos de algumas políticas de mercado sobre os preços e margens de comercialização de três produtos agrícolas. Isso foi realizado com base em estimativas de elasticidades de transmissão de preços obtidos após a determinação do sentido de causalidade entre os preços. Obtiveram-se evidências de que a casualidade entre os preços a diferentes níveis de mercados agrícolas pode variar conforme os períodos selecionados para análise. Esses períodos foram selecionados de acordo com evidências empíricas quanto à predominância de efeitos de choques de oferta e de demanda dos mercados paulistas dos produtos feijão, cebola e batata. Concluiu-se que as implicações da existência de uma causalidade variável entre os preços no âmbito da formulação de políticas geram uma necessidade do conhecimento específico das circunstâncias em que vão ser tomadas medidas de intervenção no mercado. As se estabelecerem políticas de controle de preço a um determinado nível de mercado, os efeitos decorrentes são dependentes do sentido de causalidade prevalecente entre os preços. / The objective of this paper is to evaluate the effects of changes in exogenous variables and to infer the effects of some market policies on the prices and marketing margins of some agricultural products by estimating elasticities of price transmission after determining causality direction between wholesale and retail price. Initially, evidence show that causality between wholesale and retail prices can very depending on the time period considered. Periods analysed were dividided in subperiods due to empirical evidences of supply and demand shocks on the São Paulo bean, orion and potato markets. Some periods were characterized by a unidirectional casuality of wholesole prices to retail prices, indicating that supply shocks predominated over demand shocks in these periods. Demand shocks were shown to be important in the bean market from 1981-85 (bidirectional causality). The implications of the existence of variable causality between prices is shown to be important when establishing price control policies at a certain market level. The effects of these policies are dependent on the prevailing direction of causality between prices
3

Análise das demandas nacional e internacional por café brasileiro: período de 1961 a 2002 / Analysis of the international and domestic demand for brazilian green coffee: time period from 1961 to 2002

Cesar De Castro Alves 16 December 2004 (has links)
Diante da necessidade de se conhecer as elasticidades preço e renda em mercados específicos sem generalizar a demanda global por café brasileiro, o presente trabalho se propôs a analisar a demanda por café brasileiro e verificar quais foram seus determinantes nos mercados interno e externo, no período de 1961 a 2002. O estudo inicialmente preocupou-se em explorar o market share em cada mercado estrangeiro de modo a associá-lo com os resultados econométricos. Para a análise, foram considerados seis mercados consumidores tradicionais do café verde brasileiro: EUA, Alemanha, Itália, França, Japão e o próprio mercado interno, que representa a demanda da indústria nacional de torrefação. Cada mercado estrangeiro foi estudado separadamente e submetido à análise de regressão, utilizando o método dos mínimos quadrados ordinários. Foram estimados 44 modelos econométricos especificados com alternativas de bebidas que poderiam estar apresentando substituição com o café brasileiro nos mercados estrangeiros. Os modelos estimados foram divididos em modelos de consumo e renda globais e modelos em termos per capita. Selecionou-se, a partir dos maiores níveis de significância, face às equações estimadas, aquela que melhor se ajustou aos dados em cada mercado. O modelo selecionado foi re-estimado considerando duas subdivisões em períodos, de modo a captar as mudanças nas elasticidades preço e renda que possam ter ocorrido ao longo do tempo. Assim, para o modelo selecionado há estimativas para os períodos de 1961 a 2002, 1970 a 2002 e 1980 a 2002. Para a demanda interna, dois modelos em termos per capita foram estimados para os períodos citados. Em todos os períodos considerados no presente trabalho (de 1961 a 2002, de 1970 a 2002 e de 1980 a 2002) e em todos os mercados, o café é um produto de demanda inelástica a preço e essa inelasticidade pouco tem se alterado ao longo do tempo. Os resultados da pesquisa indicaram que na Alemanha, Itália, Japão e no mercado doméstico ainda é possível esperar novos aumentos da demanda de café verde na medida em que essas economias cresçam. Os mercados norte-americano e francês não são promissores para as exportações de café verde, sendo necessário a inserção de uma outra alternativa de café a ser exportado, com maior diferenciação do produto nesses países / The objective of this work is to evaluate the international and domestic demand for Brazilian green coffee. Time period from 1961 to 2002 is taken into consideration. This work tries to know price and income elasticity in specific markets rather then estimating global demand for Brazilian coffee. We analyze Brazil´s market share in each foreign market in order to associate it with our econometric results. The analysis take into consideration six traditional Brazilian green coffee consumers: the United States of America, Germany, Italy, France, Japan and the Brazilian own domestic market, which represents the domestic roasting industry´s demand. Each foreign market was studied separately and submitted to a regression analysis, using the ordinary least square method. Forty-four alternative models, considering different substitute beverage which could replaced Brazilian coffee at international markets, were estimated. The estimated models were divided in global consumption and income-based models, and in per capita value-based models. Considering the largest significant levels of estimated parameters, the best model for each market was selected. The latter was re-estimated considering two subdivisions of period, which made possible to detect price and income elasticity changes during the time. At the end, regressions were run for the following periods: 1961 to 2002; 1970 to 2002 and 1980 to 2002. It was estimated two per capita value-based models for the domestic|demand and they were also submitted to the same period divisions. For all the periods considered in the present work (from 1961 to 2002, from 1970 to 2002 and from 1980 to 2002) and for all markets analyzed, coffee has inelastic price demand and this inelasticity has changed little along the time. Our findings show that in Germany, Italy, Japan and in the Brazilian domestic market is still possible to have an increase of the green coffee demand since their economies grow. US and French markets are not promising in regard to increases of green coffee export. For these markets, a differentiated coffee need to be offered in order to enlarge Brazil´s coffee exports
4

Uma Análise da Eficiência dos Mercados Futuros Agrícolas Brasileiros

Flávio Pedroza Amado, Carlos January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:07:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1666_1.pdf: 2539410 bytes, checksum: b13d3a42f3b15a2bfff9272e77cb70d1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Este estudo teve o intuito de verificar a eficiência do mercado futuro de commodities agrícolas no Brasil. Foram utilizados contratos futuros de três commodities negociados na BM&F(açúcar, café e milho) após o plano real de 1995 a 2003, período em que houve um grande crescimento na negociação desses contratos. Considerando que a hipótese de um mercado futuro eficiente está ligada à capacidade do preço futuro em estimar o preço à vista, foi analisado se os preços futuros defasados em até três meses são viesados ou não. Teoricamente em um mercado futuro eficiente na forma fraca os agentes são neutros ao risco e não exigem um prêmio de risco, ou seja, os preços futuros não possuem viés. Sabendo que a definição dos modelos de testes de eficiência de mercado dependem da condição de estacionariedade das séries, foram realizados testes de raiz unitária (Dickey-Fuller) que confirmaram que as séries eram integradas de ordem 1. Em função da não-estacionariedade das séries, foram realizados testes de cointegração e gerados modelos de correção de erro de Engle e Granger (1987). As evidências sugerem que o preço futuro de café é um estimador não-viesado do preço à vista nos três períodos até vencimento e os mercados de milho e açúcar são eficientes nos dois primeiros períodos, porém, no mercado do açúcar existem indícios de que as informações passadas não estavam completamente incorporadas aos preços futuros
5

Armazenagem sob condições de incerteza: o caso do arroz no Brasil / Storage under uncertainty: the case of rice in Brazil

Aguiar, Ana Lucia de 04 May 1992 (has links)
Com objetivo de se comparar analiticamente alternativas de estabilização do mercado de arroz no Brasil, através de políticas de armazenagem, utilizou-se a Teoria da Armazenagem sob Condições de Incerteza cujo modelo é formado pelas funções de oferta e demanda de produtos para armazenamento. Pressupondo que as expectativas sejam racionais, ou seja, que os agentes econômicos façam suas previsões com base nos valores esperados de equilíbrio, demonstrou-se como preços, estoques, quantidades consumidas e produzidas são de- terminadas para um período temporal (t, t + 1, ... , t + n), onde t + n é o período esperado de armazenamento. Foram feitas simulações de política de armazenagem competitiva com base nas elasticidades preços da oferta e da demanda empiricamente estimadas em estudos anteriores para os valores médios do consumo aparente e do preço recebido pelos produtores, obtidos a partir dos valores observados nas décadas de 70 e de 80. A análise de sensibilidade foi feita para valores observados na década de 80 com base em elasticidades aleatórias (sem fundamentação empírica). As alternativas de estabilização do mercado de arroz consideradas foram: política de estabilização completa de preços e política de estabilização parcial de preços. Os efeitos distributivos das políticas foram mensurados sob a ótica da Teoria do Bem-Estar: a política de armazenagem competitiva comparativamente ao não armazenamento e as políticas de estabilização comparativamente à competitiva. As estimativas mostraram que a política de armazenagem competitiva é socialmente recomendável. Os ganhos dela decorrentes são suficientes para compensar os indivíduos que perdem com ela e ainda resulta em ganhos líquidos para a sociedade. Quanto às políticas de estabilização do mercado de arroz, as estimativas demonstram que para implementá-las o Estado têm, obrigatoriamente, que assumir a função de armazenador; seja sozinho, alijando a iniciativa privada da atividade, ou seja dividindo o mercado com ela. Em todos os casos simulados o quantum a ser armazenado é sempre superior ao quantum competitivo. / Alternatives for stabilization of rice market in Brazil were analytically compared. To do so, the "Theory of Storage under Uncertain Conditions" was the employed. This theory is based on supply and demand functions of products to be stored. It was assumed that expectations are rational, i.e. that the economic agents base their forecasts on expected equilibrium values. It was demonstrated that the sale value of rice, their storage costs, and produced and consumed quantities were determined by a "temporal period" (t, t+l, ..., t+n), where t+n is the expected period of storage. Simulations of policies of competitive storage were done. These simulations were done based on supply and demand price of elasticity. The price of elasticity were empirically estimated in previous studies by comparing the average values of the apparent consuption and price paid to producers. These values were noted in 70s and 80s. The sensitivity analysis was performed to observed values in the 80s based on random elasticities, i.e. without empirical basis. Stabilization alternatives to the rice market were: politicies of complete and partial price stabilization. The distributive effects were measured under the perspective of the "Welfare Theory": a competitive storage politicy was compared to a no storage and stabilization politicies. Estimates have shown that a competitive storage policy is socially advisable. The gains resulting from this policy are enough to compensate the losses. This policy also provides net gains to the entire society. It has been estimated to establish the stabilization policies of the rice market, the State has to be in charge of storage. The State can do this alone or jointly with the private sector. In all simulated cases the quantum to be storage is always more then the competitive quantum.
6

Os custos sociais da política comercial brasileira para a soja / not available

Zanlorenzi, Maria Rita Padovani 06 November 1992 (has links)
O presente estudo teve por objetivo quantificar os custos sociais das intervenções do governo brasileiro nos mercados da soja em grão, do farelo e do óleo de soja no período 1970/1984. Para tanto, utilizamos o método dos excedentes do consumidor e do produtor. Construímos um modelo econométrico para gerar as estimativas necessárias ao cálculo dos excedentes. Os resultados obtidos indicam que os custos sociais (ou a perda de bem-estar social) decorrentes das intervenções nos mercados da soja em grão e do ó1eo de soja foram grandes em relação ao valor das exportações respectivas. No caso do farelo de soja, os custos sociais resultaram pequenos em relação ao valor das exportações. Em alguns anos do período não foi possível calcular os custos sociais devido à incoerência verificada entre os dados obtidos e a politica comercial do governo para os produtos em questão. / not available
7

Caracterização das estratégias de comercialização dos agentes do mercado atacadista hortigranjeiro nas centrais de abastecimento do Ceará (CEASA-CE) / Characterization of Marketing Strategies of Agents in the Central Wholesale Market Hortigranjeiro Supply of Ceará (Inglês)

Almeida, Antônio Odálio Girão de 10 September 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:51:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-09-10 / Agricultural commercialization can be quite widely perceived as a continuous and organized process of channeling of agricultural production over a marketing channel, in which the product undergoes modification, differentiation and value. The establishment of the strategy by the agents of marketing of agricultural products should take into account the market in which they are inserted. When we analyze the agricultural market in Ceará, CEASA stands out because substantial contribution in improving the marketing of horticultural and is present in 184 municipalities. Thus, this research aims to characterize the market strategies of CEASA-CE and marketing of horticultural products channels. The analysis method was based on a quantitative research using descriptive statistical techniques, from the use of questionnaires with wholesalers agents, producers and suppliers. Concerning the strategies used by wholesalers agents, we realize that part of them use-based differentiation strategy, as they seek to distinguish themselves from other competitors, either by implementing actions for relationship marketing, is to perform the classification of its products, or by cleaning of packaging used. Farmers agents have actions based on a strategy based on leadership in costs, because these producers have the practice of dividing the same productive resources (physical and human) to produce two or more products together. These producers grow both fruits as vegetables. Regarding the strategy used by the agent provider, there actions based on a strategy based on lead costs because these suppliers have practical to seek economies of scale to provide a competitive advantage in costs and, moreover, share the same productive resources (physical and human) to market two or more products together, because these agents buy from different producers in order to ensure the lowest price in the market. Thus, from this information, this study can contribute to the identification of the bottlenecks and promoting the adoption of strategies by market, as it may identify possible routes to be followed for the development of agriculture, both familiar as agribusiness, the producing regions of Ceará. Keywords: Strategy. Marketing. Horticultural Agents. / A comercialização agrícola pode ser percebida de forma bem ampla, como um processo ininterrupto e organizado de canalização da produção ao longo de um caminho de comercialização, no qual o produto passa por modificação, diferenciação e agregação de valor. O estabelecimento da estratégia por parte dos agentes de comercialização de produtos agrícolas deve levar em conta o mercado em que estes estão inseridos. Quando se analisa o mercado agrícola no Ceará, a CEASA se destaca por sua substancial contribuição no aprimoramento da comercialização dos hortigranjeiros e está presente nos 184 municípios do Estado do Ceará. Desta forma, esta pesquisa tem por objetivo caracterizar as estratégias de mercado da CEASA-CE e dos canais de comercialização dos produtos hortigranjeiros. O método de análise se baseou em uma pesquisa quantitativa, por meio de técnicas de Estatística Descritiva, com aplicação de questionários com os agentes atacadistas, produtores e fornecedores. Quanto aos resultados, destacam-se: as estratégias utilizadas pelos agentes atacadistas caracterizam-se pela diferenciação, pois buscam se distinguir dos demais concorrentes, seja na implantação de ações de marketing de relacionamento, seja por fazer a classificação de seus produtos por higienização das embalagens utilizadas. Os agentes produtores têm ações ancoradas em uma estratégia baseada em liderança nos custos, pois estes têm a prática de dividir os mesmos recursos produtivos (físicos e humanos) para produzir dois ou mais produtos conjuntamente. Estes produtores tanto cultivam frutas quanto hortaliças. Quanto à estratégia utilizada pelo agente fornecedor, há ações fundamentadas em uma estratégia baseada em liderança nos custos, pois estes têm a prática de buscar economias de escala que proporcionem vantagens competitivas em custos e, além disso, dividem os mesmos recursos produtivos (físicos e humanos) para comercializar dois ou mais produtos conjuntamente, pois os agentes compram de vários produtores a fim de garantir o menor preço no mercado. Desta forma, com suporte nessas informações, o estudo pode contribuir tanto na identificação das dificuldades de comercialização quanto no fomento à adoção de estratégias pelos agentes de mercado, como possíveis caminhos a serem trilhados para o desenvolvimento da agricultura, tanto familiar como de agronegócio, nas regiões produtoras do Ceará. Palavras-chave: Estratégia. Comercialização. Agentes hortigranjeiros
8

Os custos sociais da política comercial brasileira para a soja / not available

Maria Rita Padovani Zanlorenzi 06 November 1992 (has links)
O presente estudo teve por objetivo quantificar os custos sociais das intervenções do governo brasileiro nos mercados da soja em grão, do farelo e do óleo de soja no período 1970/1984. Para tanto, utilizamos o método dos excedentes do consumidor e do produtor. Construímos um modelo econométrico para gerar as estimativas necessárias ao cálculo dos excedentes. Os resultados obtidos indicam que os custos sociais (ou a perda de bem-estar social) decorrentes das intervenções nos mercados da soja em grão e do ó1eo de soja foram grandes em relação ao valor das exportações respectivas. No caso do farelo de soja, os custos sociais resultaram pequenos em relação ao valor das exportações. Em alguns anos do período não foi possível calcular os custos sociais devido à incoerência verificada entre os dados obtidos e a politica comercial do governo para os produtos em questão. / not available
9

Dinâmica tecnológica no agronegócio brasileiro : uma análise de alguns indicadores de capacitação tecnológica de empresas privadas de sementes

Moura, Débora de January 2003 (has links)
A indústria de sementes vem ao longo do tempo tornando-se um fator de grande importância para o desempenho da agricultura. Nos últimos anos, a importância do setor pode ser percebida pela nova dinâmica da indústria de sementes, a partir das mudanças cada vez mais constantes e profundas tanto no plano econômico, como no tecnológico. A emergência da biotecnologia agrícola está muito imbricada com as fusões e aquisições recentes, envolvendo a indústria de sementes, mas também o setor agroquímico, o novo aliado estratégico das empresas de sementes. A importância do mercado brasileiro de sementes é evidente. O Brasil detém a sexta posição no mercado para o consumo de sementes –estimado em US$ 1.200 milhões, o que se traduz em 4% do mercado mundial, que movimenta aproximadamente US$ 30 bilhões ao ano. Esta importância justifica este trabalho, que faz uma análise exploratória da capacitação tecnológica das empresas privadas de sementes no Brasil, sob a luz da teoria neoschumpeteriana. Metodologicamente os dados foram coletados junto às principais empresas privadas (de capital nacional e estrangeiro) produtoras de sementes básicas. As informações foram obtidas através de entrevistas com os diretores de P&D, referentes ao período de 1999-2002. Dentre os principais resultados obtidos pode se destacar o uso da biotecnologia no desenvolvimento de sementes geneticamente modificadas, ou seja, a produção de sementes transgênicas, a busca constante de técnicas de aperfeiçoamento do melhoramento genético de plantas, o desenvolvimento de sementes cada vez mais resistentes a pragas e doenças, e as crescentes parcerias na condução das atividades tecnológicas. Foi possível também concluir que tecnologicamente os dois tipos de empresas são similares em termos de capacitação de recursos humanos (qualificação e número de pesquisadores). A aquisição e a disponibilidade de recursos financeiros é a diferença mais relevante entre os dois tipos de empresas. Também se concluiu que a extensão e o potencial agrícola torna o Brasil um país atrativo tanto para o desenvolvimento de novas técnicas utilizadas no desenvolvimento de novas sementes, quanto na instalação de empresas multinacionais como ponto de partida para a atuação das mesmas em todo o mercado latino-americano. / Across the time, the industry of seeds is turning into a factor of great importance for the agriculture performance. In the last years, the importance of this sector could be percieved by the new dynamics of the seeds’ industry, from the increasingly deep changes both in the economic plan and in the technology plan. The emergency of the agricultural biotechnology is mixed with the recent movement of mergers and acquisitions (involving the seeds’ industry), but also with the agro-chemical sector (the new strategical ally of the seeds’ companies). The importance of the Brazilian seeds market is evident. Brazil withholds the sixth position in the market for the consumption of seeds – estimated in USS 1,200 million – which represents 4% of the world market that envolves approximately USS 30 billion a year. Such importance justifies this work, which makes an exploratory analysis of the technological qualification of the private seed companies in Brazil, under the light of the neo-chumpeterian theory. Metodologically, the data had been collected in the main privaties companies (with national and foreign capital) that produce basic seeds. The information had been gotten through interviews with R&D directors, concerning the period between 1999-2002. Amongst the main results, it can be highlighted the use of the biotechnology in the development of genetically modified seeds, the constant search for techniques to enhance plants’ genetic improvement, the development of more resistant seeds (to herbs and illnesses), and the increasing partnerships in the conduction of technological activities. It was also possible to conclude that, tecnologically, the two types of companies are similar in terms of human resources qualification (qualification and number of researchers). The acquisition and the availability of financial resources are the most relevant differences between the two types of companies. It was also concluded that the extension and potential of Brazilian agricultural make it an attractive country both for the development of new techniques used in the development of new seeds and for the installation of multinational companies, as the starting point for their performance in all Latin American market.
10

Dinâmica tecnológica no agronegócio brasileiro : uma análise de alguns indicadores de capacitação tecnológica de empresas privadas de sementes

Moura, Débora de January 2003 (has links)
A indústria de sementes vem ao longo do tempo tornando-se um fator de grande importância para o desempenho da agricultura. Nos últimos anos, a importância do setor pode ser percebida pela nova dinâmica da indústria de sementes, a partir das mudanças cada vez mais constantes e profundas tanto no plano econômico, como no tecnológico. A emergência da biotecnologia agrícola está muito imbricada com as fusões e aquisições recentes, envolvendo a indústria de sementes, mas também o setor agroquímico, o novo aliado estratégico das empresas de sementes. A importância do mercado brasileiro de sementes é evidente. O Brasil detém a sexta posição no mercado para o consumo de sementes –estimado em US$ 1.200 milhões, o que se traduz em 4% do mercado mundial, que movimenta aproximadamente US$ 30 bilhões ao ano. Esta importância justifica este trabalho, que faz uma análise exploratória da capacitação tecnológica das empresas privadas de sementes no Brasil, sob a luz da teoria neoschumpeteriana. Metodologicamente os dados foram coletados junto às principais empresas privadas (de capital nacional e estrangeiro) produtoras de sementes básicas. As informações foram obtidas através de entrevistas com os diretores de P&D, referentes ao período de 1999-2002. Dentre os principais resultados obtidos pode se destacar o uso da biotecnologia no desenvolvimento de sementes geneticamente modificadas, ou seja, a produção de sementes transgênicas, a busca constante de técnicas de aperfeiçoamento do melhoramento genético de plantas, o desenvolvimento de sementes cada vez mais resistentes a pragas e doenças, e as crescentes parcerias na condução das atividades tecnológicas. Foi possível também concluir que tecnologicamente os dois tipos de empresas são similares em termos de capacitação de recursos humanos (qualificação e número de pesquisadores). A aquisição e a disponibilidade de recursos financeiros é a diferença mais relevante entre os dois tipos de empresas. Também se concluiu que a extensão e o potencial agrícola torna o Brasil um país atrativo tanto para o desenvolvimento de novas técnicas utilizadas no desenvolvimento de novas sementes, quanto na instalação de empresas multinacionais como ponto de partida para a atuação das mesmas em todo o mercado latino-americano. / Across the time, the industry of seeds is turning into a factor of great importance for the agriculture performance. In the last years, the importance of this sector could be percieved by the new dynamics of the seeds’ industry, from the increasingly deep changes both in the economic plan and in the technology plan. The emergency of the agricultural biotechnology is mixed with the recent movement of mergers and acquisitions (involving the seeds’ industry), but also with the agro-chemical sector (the new strategical ally of the seeds’ companies). The importance of the Brazilian seeds market is evident. Brazil withholds the sixth position in the market for the consumption of seeds – estimated in USS 1,200 million – which represents 4% of the world market that envolves approximately USS 30 billion a year. Such importance justifies this work, which makes an exploratory analysis of the technological qualification of the private seed companies in Brazil, under the light of the neo-chumpeterian theory. Metodologically, the data had been collected in the main privaties companies (with national and foreign capital) that produce basic seeds. The information had been gotten through interviews with R&D directors, concerning the period between 1999-2002. Amongst the main results, it can be highlighted the use of the biotechnology in the development of genetically modified seeds, the constant search for techniques to enhance plants’ genetic improvement, the development of more resistant seeds (to herbs and illnesses), and the increasing partnerships in the conduction of technological activities. It was also possible to conclude that, tecnologically, the two types of companies are similar in terms of human resources qualification (qualification and number of researchers). The acquisition and the availability of financial resources are the most relevant differences between the two types of companies. It was also concluded that the extension and potential of Brazilian agricultural make it an attractive country both for the development of new techniques used in the development of new seeds and for the installation of multinational companies, as the starting point for their performance in all Latin American market.

Page generated in 0.0273 seconds