• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8072
  • 484
  • 61
  • Tagged with
  • 8619
  • 1239
  • 1204
  • 1056
  • 1011
  • 1009
  • 994
  • 947
  • 904
  • 874
  • 852
  • 835
  • 796
  • 752
  • 752
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análise de cooperação entre instituições científicas e tecnológicas brasileiras e estrangeiras : um estudo por meio de patentes farmacêuticas e de biotecnologia submetidas em conjunto

Kuribara, Fábio Massashi 2016 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Andréa Paula Segatto Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 21/12/2015 Inclui referências : f.111-120 Resumo: O aumento da complexidade e custos no desenvolvimento tecnológico aliado a alterações nas leis relacionadas aos direitos de propriedade intelectual levam à formação de alianças estratégicas entre universidades, centros de pesquisas e indústria para pesquisa e desenvolvimento e consequente geração de inovações protegidas por patentes. A busca de parcerias para a formação destas alianças não ocorre somente dentro do país, ultrapassa as barreiras geográficas e vai atrás dos recursos necessários para a realização da pesquisa em qualquer parte do mundo. Neste contexto, estudos que tragam maior clareza sobre como ocorre este desenvolvimento em cooperações internacionais gerando inovações patenteáveis se mostram necessários. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo trazer fatores que influenciam o desenvolvimento tecnológico quando ocorrem parcerias entre instituições científicas e tecnológicas brasileiras e universidades e institutos de pesquisa estrangeiros. Para isso é apresentada uma revisão teórica sobre alianças estratégicas em inovação, cooperação universidade-empresa (com uma revisão sobre barreiras, facilitadores e motivadores que agem sobre a cooperação) e patentes em cooperação. Estudos de casos múltiplos em três alianças entre instituições do Estado de São Paulo e estrangeiras na área farmacêutica e de biotecnologia que resultaram em pedidos de patente são utilizados para explorar os mecanismos de colaboração, barreiras, facilitadores e motivadores que estiveram envolvidos em tais casos, e também identificar como seu deu a troca de conhecimento entre as partes. O estudo mostra que o desenvolvimento tecnológico internacional apresenta particularidades não identificadas em estudos locais como diferenças culturais em relação ao patenteamento de invenções e a importância da participação efetiva do núcleo de inovação tecnológica brasileiro para facilitar o fechamento do contrato internacional. Desta forma, este estudo buscou trazer sua contribuição sobre o tema, tanto na parte teórica expondo fatores que influenciam esta parceria quanto na prática, embasando futuros desenvolvimentos em parcerias internacionais que resultem na submissão de novas patentes. Palavras-chave: patentes, inovação tecnológica, aliança estratégica, patentes em cooperação Abstract: Technological development raising costs, new developments complexity, changes on intellectual property rights laws drive the formation of strategic alliances between universities, research centres and industry in research and development area and patentable innovation creation. Alliances partnership occur not only within the country but also with partners abroad, search for resources go beyond the geographic barriers, reaching labs around the world where the resources are available. In this context there is a need to better understand the patented innovation development process under international cooperation agreements. This study aims to discuss the factors that influence the technological development under partnership among Brazilian and foreign universities and research centres. A theoretical review on strategic alliances for innovation and university-industry collaboration is presented, with a revision on the cooperation and patent generation barriers, facilitators and motivations. A multiple case study on three alliances in the pharmaceutical and biotechnological area which resulted on patent submission is followed to explore the collaboration mechanisms, barriers, facilitators and motivations. This study presents some particularities only available on international technological development, not identified in studies involving local partners, like cultural differences related to willingness to patent and the local university technological innovation centre support to manage international agreements. Therefore this study aims to bring new contributions on the university-industry relation topic, on the theoretical side exposing factors influencing the partnership, on the practical side bringing news on future developments involving international partnerships involving international partnerships. Keywords: patents, technological innovation, strategic alliances, copatent
2

O desenvolvimento da gestão estratégica em novos empreendimentos tecnológicos

Minghini, Luciano 2015 (has links)
Orientador : Prof. Dr.Fernando Antonio Prado Gimenez Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 31/03/2015 Inclui referências : f.165-176 Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo apresentar o estudo do desenvolvimento da gestão estratégica em novos empreendimentos tecnológicos incubados a partir da perspectiva da Teoria da Atividade de Vigotsky (2009). Foi conduzido um estudo etnográfico com uma abordagem intervencionista e sócio-histórica, durante 14 meses, acompanhando quatro gestores de uma empresa incubada na Universidade Federal do Paraná, observando as rotinas dos gestores para identificar o objeto das atividades consideradas por eles como estratégicas. Neste período, foram realizadas entrevistas, observação participante, análise de documentos e atividades interventivas para identificar quais são os resultados e objetivos considerados pelos gestores como estratégicos para a organização, as contradições enfrentadas na busca por estes objetivos, como os gestores atuam para resolver estas contradições, como buscam novos conhecimentos sobre gestão estratégica e criam novos vínculos com estes objetivos pela atividade. Ao final do trabalho de pesquisa foi possível, de um lado, verificar que alguns gestores tomaram consciência dos seus conceitos de gestão estratégica, aprenderam novos conceitos a partir das interações sociais e intervenções de pesquisa, desenvolveram vínculos novos e mais complexos com o objeto considerado estratégico e desenvolveram novas atividades de gestão estratégica. Por outro lado, alguns gestores apresentaram subsídios que apontam para o desenvolvimento da relação com a gestão da empresa, mas não forneceram informações suficientes que subsidiassem conclusões sobre o desenvolvimento do indivíduo e das práticas em direção aos objetivos considerados por eles como estratégicos. Ao final o estudo realizado permitiu verificar empiricamente a tese de que o desenvolvimento da Gestão Estratégica de novos empreendimentos tecnológicos incubados é um processo cíclico e evolutivo de resolução das contradições na relação dos gestores com o objeto definido por eles como estratégico, por meio da consciência sobre conceitos espontâneos e a introdução de conceitos científicos em atividades colaborativas que promovem a aprendizagem conceitual de gestão estratégica, o desenvolvimento dos gestores e da relação deles com o objeto. Palavras-chave: desenvolvimento da gestão estratégica, teoria da atividade, estudos baseados na prática, atividade histórico-cultural. Abstract: This research aims to present the study of the development of Strategic Management on incubated technological new ventures from Vygotsky (2009) perspective of The Activity Theory. During 14 months it was conducted an ethnographic study with an interventional and socio-historical approach during 14 months, following four managers of a new venture incubated at the Federal University of Parana, watching their routines to identify the object of activities considered by them as strategic. During this period, interviews, participant observation, document analysis and interventional activities were conducted to identify what are the results and objectives considered by these managers as strategic to the organization; what are the contradictions faced by them in the pursuit of these goals; how these managers worked to resolve these contradictions - as seek new knowledge of strategic management - and create new links with these objectives in the activity. At the end of the research work, I could verify that, on one hand, some managers have become aware of the concepts of strategic management, learned new concepts from social interactions and research interventions, developed new and more complex relationships with the object considered strategic and developed new activities of Strategic Management. On the other hand, some managers had subsidies related to the development of the company's management, but did not provide sufficient information to subsidize conclusions on their development towards the goals considered by them as strategic. At the end of the study it was possible to empirically verify the thesis that the development of the Strategic Management of incubated technological new ventures is a cyclical and evolutionary process to reconcile the contradictions in the relationship of managers with the object defined by them as strategic, through awareness of managers spontaneous concepts and the introduction of scientific concepts in collaborative activities that promote conceptual learning of strategic management, development of managers and their relationship with the object. Keywords: development of strategic management, activity theory, studies based on practical, historical and cultural activity.
3

O desenvolvimento de capacidades dinâmicas para inovação do modelo de negócio : estudo de multicasos em empresas do setor de tecnologia da informação

Vicente, Afonso Ricardo Paloma 2016 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Márcia Ramos May Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 28/01/2016 Inclui referências : f.127-132 Resumo: Nas últimas décadas a inovação tem sido considerada elemento impulsionador de mudanças que influenciam no desenvolvimento das organizações e, por consequência, da economia como um todo. Nesse sentido, o processo que visa á inovação deve ser contínuo e abarcar elementos organizacionais envolvidos no direcionamento estratégico, o que permite a permanência no mercado, além de gerar vantagem competitiva. O setor de tecnologia da informação se destaca nesse cenário, ao apresentar uma diversidade de descobertas tecnológicas, além da dinamicidade em conceber inovações que são lançadas constantemente no mercado. Tal ação faz com que as empresas desse setor desenvolvam capacidades de reter informações e conhecimento que possam gerar inovações ao longo do tempo. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo analisar como o desenvolvimento de capacidades dinâmicas contribuiu para a inovação do modelo de negócio em empresas do setor de tecnologia da informação. Para isso realizou-se um estudo de casos múltiplos em quatro empresas do setor de tecnologia da informação na cidade de Curitiba, Paraná. Foram realizadas dezesseis entrevistas semiestruturadas com gestores e demais colaboradores que participam dos processos organizacionais, além da observação direta e análise documental, o que permitiu validar e confirmar os dados. Os dados coletados foram analisados com auxílio do software Atlas ti., que permitiu desmembrar os dados em categorias para posterior análise. Os resultados demonstram que conhecimento e informação são fundamentais no processo de desenvolvimento de capacidades dinâmicas, além da percepção do gestor em relação às tecnologias mundiais, que são, muitas vezes, concebidas por meio das parcerias realizadas, conforme declarado durante as entrevistas. A falha em buscar informações e gerir o conhecimento diminui as chances de inovar, além de desfavorecer uma cultura organizacional voltada à inovação, o que pode estar relacionado com a complexidade da organização e a forma como são tratados esses elementos. Sugere-se como estudos futuros aplicar a pesquisa em outras empresas, setores e localidades, além da possibilidade de realização de pesquisa quantitativa que permita verificar a relação entre a complexidade da organização com o desenvolvimento de capacidades dinâmicas. Palavras-chave: capacidades dinâmicas; modelos de negócio; tecnologia da informação; inovação. Abstract: In the recent decades, innovation has been considered the enhancer element of change that influences the development of organizations and therefore of the economy as a whole. In this sense, the process aimed at innovation must be continuous and embed organizational elements involved in strategic direction, which allows the permanence in the environment and generates competitive advantage. The information technology sector stands out in this scenario to present a variety of technological discoveries, as well as dynamics to conceive innovations that are released constantly in the environment. Such action makes the companies in this sector develop capacities to retain information and knowledge that can generate innovations over time. Thus, this paper aims to analyze how the development of dynamic capabilities contributed to the innovation of the business model for companies in the information technology sector. With this goal, a study of multiple cases was carried out in four companies in the information technology sector in the city of Curitiba, State of Parana. Sixteen semi-structured interviews with managers and other employees who participate in the organizational processes were carried out, as well as the direct observation and document analysis, which allowed to validate and confirm the data. The collected data were analyzed using the software Atlas ti., which allowed dismember the data into categories for further analysis. The results show that knowledge and information are fundamental in the process dynamic capabilities development, beyond the perception of the manager in relation to global technologies, which are often conceived through partnerships, as told during the interviews. The failure to seek information and manage knowledge decreases the chances for innovation, as well as disfavors an organizational culture focused on innovation, which can be related to the complexity of the organization and the way that these elements are treated. It is suggested as future studies the application of the research in other companies, sectors and localities, as well as the possibilities for conducting quantitative research for verifying the relationship between the complexity of the organization to the development of dynamic capabilities. Kew-words: dynamic capabilities; business models; information technology; innovation.
4

Macrocognição no processo decisório de empreendedores experts

Ramos, Simone Cristina 2015 (has links)
Orientador : Profª Drª Karina De Déa Roglio Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 30/11/2015 Inclui referências : f. 202-223 Área de concentração: Estratégia e organizações Resumo: O processo decisório em empreendedorismo é uma relevante área de pesquisa, dada a importância da atividade empreendedora para o desenvolvimento econômico e social, e o entendimento de que a tomada de decisão afeta a sobrevivência das organizações. Frente à percepção de que os paradigmas centrais do campo sobre decisão, advindos predominantemente das teorias econômicas e calcados na racionalidade do decisor, pouco auxiliam no contexto empreendedor, autores recomendam ações para o desenvolvimento do campo. Dentre elas estão a necessidade de desenvolvimento de modelos aderentes ao processo empreendedor, e entendimento da cognição deste ator social. Visando atender tais recomendações foi delineado como objetivo geral desta tese compreender as funções e processos macrocognitivos associados ao processo decisório de empreendedores experts. A formulação do objetivo foi redigida em acordo com a lente teórica escolhida: a corrente naturalistic decision making. Nesta orientação o estudo do processo decisório demanda a compreensão dos processos e funções macrocognitivas que permitem ao decisor encontrar soluções em situações desafiadoras, caracterizadas pela alta pressão e risco, múltiplos objetivos e incerteza relevante. A pesquisa realizada pode ser caracterizada como qualitativa básica, com coleta de dados pelo método de decisão crítica e construção dos resultados por análise de conteúdo. A amostra foi propositada, com definição da quantidade de participantes por saturação teórica. Os seis empreendedores participantes tem mais de dez anos de experiência e alcançaram o crescimento ou sobrevivência de seu empreendimento em contextos de intensa competição. Os resultados indicam a existência de quatro funções macrocognitivas nos momentos críticos de tomada de decisão: i) a detecção de problemas permite a construção do entendimento se um curso de ação se afasta do esperado; ii) a tomada de decisão, caracterizada como o comprometimento com um curso de ação, ocorre por adesão a alternativa única ou por avaliação sequencial de alternativas; iii) a coordenação é associada ao esforço necessário para alinhar o comportamento de toda a equipe ao curso de ações escolhido; e iv) o planejamento incremental revela que o empreendedor constrói seu plano com a ideia de que ele será constante avaliado e reformulado. Para apoiar tais funções, quatro processos são mobilizados: gestão da atenção, simulação mental, desenvolvimento de modelos mentais e sensegiving. Este conjunto de processos subsidia o entendimento de que a cognição do empreendedor em momentos críticos de tomada de decisão guarda forte relação com a construção de histórias e outros elementos simbólicos, sem presença significativa de raciocínios quantitativos. Quatro elementos substantivos tem conexão com as funções e processos macrocognitivos. As fontes de informação são relacionadas à detecção de problemas, tomada de decisão e planejamento incremental. Os artefatos cognitivos apoiam a coordenação. Os valores e conteúdo emocional tem seu papel na tomada de decisão. Os valores são parâmetros estáveis para a construção, avaliação e descarte de alternativas. O conteúdo emocional promove a procrastinação ou engajamento com um curso de ação. É possível associar contribuições teóricas e empíricas ao trabalho realizado. Para a compreensão do empreendedorismo os aportes são um modelo de processo decisório mais aderente ao fenômeno e incremento da descrição da cognição deste ator. Para a NDM tem-se o reforço da base de evidências empíricas da corrente e o acréscimo do processo de sensegiving e dos elementos substantivos ao modelo da macrocognição. No campo de estudos sobre processos decisórios em organizações as contribuições são incremento da base teórica e metodológica, ao mostrar a viabilidade de condução de investigação com aparato advindo da ciência militar. Ao final do trabalho pesquisas futuras são recomendadas. Palavras-chave: Processo Decisório. Empreendedorismo. Naturalistic Decision Making. Abstract: Decision-making on entrepreneurship is an exciting area of research, given the importance of entrepreneurial activity for economic and social development, and the understanding that the decision-making affects an organization's survival. Central paradigms of the field about decision making, arising predominantly from economic and rationales theories, bring little help in the entrepreneurial context. Recommendations are made by the researchers for the development of the field. These include the need to develop more models to the entrepreneurial process, and better understanding of cognition of this social actor. To realize these recommendations was designed as the general purpose of this thesis to understand the macrocognitives functions and processes associated with the decision-making by experts entrepreneurs. The wording of the purpose has been made in accordance with the chosen theoretical lens: the naturalistic decision making. In this research orientation the study of decision-making requires the understanding of the macrocognitives processes and functions that allow the decision-maker find fluency in challenging situations, characterized by time pressure, uncertainty, ill-defined goals and high stakes. The research can be characterized as basic qualitative, with data collection using critical decision method and construction of results by content analysis. The sample was intentional, with the number of participants defined by theoretical saturation. The six entrepreneurs participating have over ten year's experience in this activity and lifted the growth or survival of your venture in contexts of intense competition. The results indicate the existence of four macrocognitives functions in the critical moments of decision-making: i) the problem detection allows the construction of understanding when a course of action deviates from the expected; ii) decision-making, characterized as a commitment to a course of action occurs by joining the only alternative or sequential evaluation of alternatives; iii) coordination is associated with the effort required to align the behavior of the entire team to the chosen course of events; and iv) the incremental planning reveals that the entrepreneur builds his plan with the idea that it will be evaluated and redesigned constantly. To support these functions, four macrocognitives processes are mobilized: managing attention, mental simulation, development of mental models and sensegiving. This set of processes subsidizes the understanding that cognition of the entrepreneur in critical decision-making moments is related to the construction of stories and other symbolic elements, with no significant presence of quantitative reasoning. Four substantive elements have connection with the macrocognitives functions and processes. Sources of information are related to the detection of problems, decision-making and incremental planning. Cognitive artifacts support coordination. Values and emotional content plays a role in decision making. Values are stable parameters for construction, evaluation and disposal alternatives. The emotional content promotes procrastination or engagement with a course of action. It can associate theoretical and empirical contributions to the research performed. The contributions for the field of entrepreneurship are the description of a decision-making model more adherent to the phenomenon and increase of the understanding about the cognition of this actor. For NDM has the enhancement of empirical evidence and the addition of sensegiving process and substantive elements to the macrocognição model. In the field of studies on decision-making in organizations the contributions are theoretical and methodological, by showing the feasibility of conducting research with theory arising from the military science. At the end of the work further researchs are recommended. Key Words: Decision Making. Entrepreneurship. Naturalistic Decision Making.
5

Influências de valores pessoais de gestores estratégicos no processo decisório organizacional

Maccali, Nicole 2015 (has links)
Orientador : Profª Drª Karina de Déa Roglio Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 24/03/2015 Inclui referências : f. 220-227 Área de concentração: Estratégia e análise organizacional Resumo: O processo decisório vem sendo foco nos estudos de processo estratégico nos últimos 40 anos, onde grande parte desses estudos descrevem o processo como uma seqüência de passos ou fases (PAPADAKIS; BARWISE, 2002). Estudos das últimas décadas sugerem que o foco singular sobre o processo de decisão racional precisa dar vistas para outros pontos importantes da influência do gestor sobre as decisões organizacionais. As agendas de pesquisas sugerem estudos com foco nas características psicológicas dos executivos (FINKELSTEIN; HAMBRICK; CANNELLA, 2009, CHIN, HAMBRICK, TREVIÑO, 2013). Com base nessas agendas, este estudo propõe-se a investigar o processo decisório tendo como perspectiva os valores pessoais que influenciam de modo subjetivo as decisões organizacionais realizadas por gestores estratégicos, conceituados neste trabalho como os indivíduos integrantes de diretorias organizacionais e que são responsáveis por tomar decisões estratégicas entendidas como decisões que têm um impacto significativo nas organizações (CHILD; ELBANNA; RODRIGUES, 2010). Buscou-se assim, compreender de que maneira esses valores influenciaram nas decisões organizacionais, sendo estas as unidades de análise da investigação realizada. Rokeach (1973) define valores como a crença em um modo de conduta ou estado definitivo de existência pessoal ou socialmente aceito. Para o autor, os valores não se manifestam isoladamente, mas se relacionam entre si e se constituem em sistemas de valores que são classificados pelo individuo em uma ordem de importância. Segundo Hambrick e Mason (1984, p. 195), os valores são "princípios que ordenam as conseqüências ou alternativas de acordo com [a própria] preferência" do executivo. Os valores pessoais foram identificados tendo como base a tipologia proposta por Hambrick e Brandon (1988), fundamentada nas propostas de England (1967), Allport-Vernon-Lindzey (1970), Rokeach (1973) e Hofstede (1980), na qual os autores propõem seis dimensões de valores: a) coletivismo (valorização da plenitude humana, dos sistemas sociais); b) dever (relacionado a obrigações e lealdade); c) racionalidade (decisões e ações sem emoção, baseadas em fatos); d) Inovação (mudanças nos valores, abertura ao novo); e) materialismo (relacionada a riqueza de valor e posses); e f) poder (valorização do controle das situações e das pessoas). A pesquisa, de abordagem metodológica qualitativa, combinou narrativas biográficas, entrevistas e análise de documentos, utilizando-se de aspectos do método história de vida como lente na coleta e análise dos dados de 4 (quatro) gestores estratégicos. Nas análises buscou-se demonstrar as influências dos valores pessoais de cada gestor nas decisões organizacionais ao longo de sua trajetória, evidenciando-se as subjetividades presentes em uma tomada de decisão. Palavras-chave: processo decisório organizacional, gestor estratégico, valores pessoais, decisão. Abstract: The decision-making process has been focus on strategic process studies in the last 40 years, where most of these studies describe the process as a sequence of steps or stages (PAPADAKIS; BARWISE, 2002). The last decades studies suggest that singular focus on the rational decision-making need to give views of other important points of the influence of manager on organizational decisions. The research agendas studies suggest focusing on the psychological characteristics of executives (FINKELSTEIN; HAMBRICK; CANNELLA 2009, CHIN, HAMBRICK, TREVIÑO, 2013). Based on these agendas, this study aims at investigating the decision-making process, having in mind that the personal values subjectively influence the organizational decisions made by strategic managers, regarded here as the individual members of organizational boards that are responsible for making strategic decisions. We consider strategic decisions as those that have a significant impact on organizations (CHILD; ELBANNA; RODRIGUES, 2010). In sum, they highlight the comprehension of how strategic managers' values influence strategic decisions as a relevant theoretical and empirical gap. Rokeach (1973) defines values as the belief in a mode of conduct or permanent state of personal existence or socially acceptable. For the author, the values do not occur isolated but are interrelated and constitute a value systems which are classified by the individual in order of self importance. According to Hambrick and Mason (1984, p. 195), the values are "principles that rule the consequences or alternatives according to [one's] preference". Based on the proposals of England (1967), Allport-Vernon-Lindzey (1970), Rokeach (1973), and Hofstede (1980, 1983), Hambrick and Brandon (1988) proposed six value dimensions used to identify the executives' personal values in this research: a) collectivism (value the wholeness of humankind and of social systems); b) duty (related to obligations and loyalty); c) rationality (decisions and actions emotion-free, fact-based); d) novelty (to value change, the new, the different); e) materialism (related to wealth and pleasing possessions); f) power (to value control of situations and people). The research, with a qualitative methodological approach, combined biographical narratives, interviews and analysis of documents, using aspects of life history method as lens in the collection and analysis of data from four (4) strategic manager. In the analyzes we sought to demonstrate the influence of personal values of each manager in organizational decisions throughout its history, demonstrating the subjectivity present in a decision-making. Keywords: organizational decision-making, strategic manager, personal values, decision.
6

A influência da orientação para inovação nas capacidades arquiteturais de marketing e o impacto sobre o desempenho de inovação

Gieseler, Tatiane Cristina Pscheidt 2016 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Simone Regina Didonet Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 23/02/2016 Inclui referências : f.159-167 Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo verificar a influência da orientação para a inovação nas capacidades arquiteturais de marketing e o seu impacto no desempenho de inovação. São consideradas como capacidades arquiteturais de marketing suas duas dimensões: capacidade de planejamento da estratégia de marketing e capacidade de implementação da estratégia de marketing. Esta pesquisa foi realizada com os gestores de empresas do setor de Tecnologia da Informação e de Comunicação do território brasileiro, por meio de um questionário online que resultou em 90 casos válidos para o teste das hipóteses. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva com o auxílio do software estatístico SPSS 21; e as hipóteses foram testadas por meio de estatística inferencial através de Modelagens de Equações Estruturais com o auxílio do software SMART PLS 2.0. Os resultados da pesquisa demonstram que a orientação para a inovação se relaciona direta e positivamente com o desempenho de inovação, e também com as duas dimensões das capacidades arquiteturais de marketing. Por outro lado, ao contrário do que se havia proposto, as dimensões das capacidades arquiteturais de marketing não se relacionam com o desempenho de inovação, e nem mediam a relação entre a orientação para a inovação e este tipo de desempenho. Para buscar uma possível explicação para a rejeição de algumas hipóteses, um modelo alternativo foi testado. O teste do modelo alternativo indicou que as capacidades arquiteturais de marketing, quando tratadas como um construto único, além de influenciar direta e positivamente o desempenho de inovação, também mediam a relação entre a orientação para a inovação e tal desempenho. Desta forma, concluise que a orientação para a inovação é um tipo de orientação estratégica importante para a organização já que influencia positivamente o desempenho de inovação. Além disso, este tipo de orientação estratégica também proporciona o desenvolvimento das capacidades arquiteturais de marketing. Entretanto, as duas dimensões das capacidades arquiteturais de marketing, quando consideradas individualmente, não favorecem o desempenho de inovação. Já, quando consideradas de forma conjunta, influenciam tanto o desempenho de inovação como também mediam a relação entre orientação para a inovação e este tipo de desempenho. Estes resultados demonstram que as capacidades arquiteturais de marketing das empresas podem não contribuir para o desempenho da empresa isoladamente, mas sim, o impacto destas capacidades sobre o desempenho se baseia na sua complementariedade e interdependência. Abstract: The aim of this study is to analyze the influence of innovation orientation on architectural marketing capabilities and the impact on innovation performance. Architectural marketing capabilities are considered through its two dimensions: strategic market planning capability and marketing strategy implementation capability. The research was conducted with top managers from companies in the Information and Communication Technologies (ICT) industry in Brazil using an online questionnaire that resulted in 90 valid cases for the hypotheses test. The data was analyzed through descriptive statistics using SPSS 21 statistics software; and the hypotheses were tested by inferential statistics through Structural Equation Modeling (SEM) using SMART PLS 2.0 software. The research outcomes show that innovation orientation is directly and positively related to innovation performance, and so it is with the two architectural marketing capabilities dimensions. However, contrary to what was proposed, the two architectural marketing capabilities dimensions are not related to innovation performance, neither they mediate the relation between innovation orientation and innovation performance. Thus, in order to search for a possible explanation for the rejection of some hypotheses, an alternative model was tested. The alternative model test indicated that architectural marketing capabilities, when considered as a single construct, present a significant relation with innovation performance and mediate the relation between innovation orientation and this type of performance. Therefore, the research results allow concluding that innovation orientation is an important organizational strategic orientation since it positively influences innovation performance. Moreover, innovation orientation also favors architectural marketing capabilities development. However, both architectural marketing capabilities, when considered individually, do not favor innovation performance. But, when considered as a single construct, they influence innovation performance, so they mediate the relation between innovation orientation and this type of performance. These results demonstrate that organizational architectural marketing capabilities may not contribute to company performance isolate, but the capabilities impact on performance is based on their complementarity and interdependency.
7

Como a motivação que o consumidor atribui à empresa na promoção de uma ação social influencia seu comportamento pró-social : o papel da proximidade do consumidor com a marca e do ceticismo

Andrade, Lucas Magalhães de 2016 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Danielle Mantovani Lucena da Silva Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 26/02/2016 Inclui referências : f. 70-77 Área de concentração: Estratégia de marketing e comportamento Resumo: Diante de evidências de que os consumidores esperam das empresas um maior envolvimento em ações de Responsabilidade Social Corporativa (RSC), e de que esse tipo de prática pode trazer benefícios para a empresa e para sociedade, diversas organizações desenvolvem programas de apoio a causas sociais. Estudos demonstram que ao observar esse tipo de prática o consumidor busca inferir qual a real motivação da empresa, sendo que a motivação atribuída pode influenciar sua atitude, ou até mesmo levá-lo a contribuir para uma causa social. Ademais, essa influência pode ser moderada pela distância social entre o consumidor e a marca, pois influencia a forma como o consumidor processa a informação recebida. Assim, este estudo propõe que a motivação da empresa (benevolente vs. interesses próprios) e a proximidade do consumidor com a marca (próximo vs. distante da marca), influenciam a intenção do consumidor em adotar comportamentos pró-sociais como doação de tempo e dinheiro. Além disso, o papel do ceticismo do consumidor em relação à empresa é testado como um mediador desta relação. O primeiro estudo (n= 193), com design 3 (motivação da empresa: benevolente vs. controle vs. interesses próprios) por 2 (proximidade do consumidor com a marca: próximo vs. distante) mostrou o papel moderador da proximidade do consumidor com a marca na relação entre a motivação de RSC e a disposição ao comportamento pró-social. Basicamente, a motivação benevolente tem impacto positivo quando a marca é percebida pelo consumidor tanto como próxima quanto como distante. Porém, a motivação para lucro diminui o comportamento altruísta do consumidor quando a marca é próxima do consumidor. Nota-se aqui o efeito negativo que a motivação por interesses próprios pode ter sobre os consumidores próximos à marca. O estudo 2 (n =163), com design 2 (motivação da empresa: benevolente vs. interesses próprios) por 2 (proximidade do consumidor com a marca: próximo vs. distante) replica o efeito de moderação encontrado e mostra o papel mediador do ceticismo do consumidor com relação à responsabilidade social da empresa. Quando a ação é vista como motivada por interesses próprios, o ceticismo do consumidor aumenta, portanto os consumidores próximos à marca ficam menos dispostos ao comportamento pró-social. Este estudo contribui com a teoria de RSC ao demonstrar os efeitos positivos e negativos das ações de RSC da marca sobre o comportamento altruísta do consumidor e o papel mediador do ceticismo. Dado que os consumidores hoje não são apenas receptores de informações, mas também co-criadores das mesmas ao expressarem suas opiniões, a interpretação que eles fazem sobre a real motivação da empresa tem implicações para a teoria de RSC e também para as teorias de influência social da marca. Do ponto de vista gerencial, há implicações para os resultados e para a imagem da empresa perante os clientes, mas também perante a sociedade. Os resultados alertam que se uma aliança causamarca for percebida como pouco sincera, podem haver impactos negativos tanto para a marca quanto para organizações sem fins lucrativos. Abstract: Considering evidence that consumers expect from companies more involvement in Corporate Social Responsibility (CSR) actions, and that these actions may benefit both, firm and society, many organizations engage in programs to support social causes. Past research has shown that when exposed to such practices, the consumer tries to infer the real motivation of the company, and the perceived firm intention may influence the attitude toward the brand, or even influence the consumer to contribute to a social cause. Besides, this influence may be moderated by the social distance between the consumer and the brand, considering it affects how the consumer processes the information. Thus, this study proposes that firm intentions (benevolent vs. self-interested) and the psychological distance of the brand (near vs. distant) affects consumer's intention to engage in prosocial behaviors such as time and money donations. The role of the consumer skepticism toward the company is also tested as a mediator of the proposed relation. The first study (n=193), with design 3 (firm motivation: benevolent vs. control vs. self-interested) x 2 (brand social distance: near vs. distant) demonstrated the moderator role of the brand social distance in the relation between CSR motivation and consumer prosocial behavior intentions. Basically, when the brand social action is perceived as benevolent, it positively affects near as well as distant consumers. On the other hand, when profit-oriented, it diminishes prosocial behavior intention when the consumer is psychologically close, but not when distant, to the brand. The negative effect of the firm centered motive over consumers close to the brand can be noted. Study 2 (n=163), with design 2 (firm motivation: benevolent vs. self-interested) x 2 (brand social distance: near vs. distant) replicates the brand social distance moderation and reveals the mediation role of the consumer skepticism toward the firm social responsibility. The self-interested motivations enhances consumer skepticism, which lowers consumer prosocial behavior when the brand is perceived as near. This study contributes to CSR theory demonstrating positive and negative effects of CSR actions on consumer altruist behavior, and the skepticism mediation. Considering that consumers are no longer mere information receivers, but also sources of information when expressing their opinions, this study has implications for brand social influence theories too. There are also managerial implications for companies and for society as a whole. The results advert that if a brand-cause alliance is perceived as insincere, it can negatively impact brand image, as well as nonprofit organizations.
8

Análise das variáveis organizacionais do comportamento de compra das grandes empresas industriais do Rio Grande do Sul

Rosandra Fernandes da Silveira 2000 (has links)
Compreender o comportamento de compra das organizações é um importante desafio, tanto para os meios acadêmicos quanto empresariais, não apenas pela abrangência e complexidade do tema, mas também pelos volumes de negócios envolvidos entre empresas. Com o intuito de contribuir com o aprofundamento dos conhecimentos atinentes ao assunto, o presente estudo objetivou descrever as variáveis organizacionais referentes ao comportamento de compra das grandes empresas industriais associadas à Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul. Foram pesquisadas 82 organizações com mais de 500 funcionários e analisados seus comportamentos relativos à compra de itens considerados "A" de estoque e utilizados diretamente em seus processos produtivos. Buscou-se verificar a utilização da tecnologia como forma de otimização de processos, o nível de prúfissionalização dos funcionários dos departamentos, a fonnalização e centralização empregadas nas atividades de compras, as principais políticas, regras e procedimentos da área, a participação da mesma em decisões consideradas de alto nível relativas a fontes de suprimentos e a predominância de atividades estratégicas ou operacionais no funcionamento dos setores de compras. Visou-se também identificar a existência de associações entre tais aspectos e o tamanho das empresas. Verificou-se que as empresas preocupam-se com o investimento em recursos para os setores de compras, através do oferecimento de treinamentos a seus funcionários e da disponibilização de tecnologias para a otimização de rotinas. Constatou-se também que as organizações são, em geral, bastante formalizadas e centralizadas, e que o comprador dispõe de pouca autonomia. Com relação às políticas relativas a fontes de fornecimento, observou-se que a maioria das empresas pratica a terceirização de seus processos produtivos e possui relacionamentos mais estreitos com seus fornecedores, sem entretanto, limitar-se a uma base local de suprimento, pois reconhecem e adquirem insumos de acordo com as alternativas globais. Identificou-se ainda a prevalência de atividades operacionais em relação às estratégicas no funcionamento dos setores de aquisição pesquisados. Com relação ao tamanho das organizações, foi possível constatar que as maiores tendem a oferecer mais treinamentos a seus profissionais de compras, possuem mais recursos tecnológicos alocados a estes setores, mais comumente estabelecem relacionamentos de longo prazo com os fornecedores e importam componentes. To understand the organizational buying behavior means an important challenge to the academic and business environments. The reason for that is not only its amplitude and complexity, but, besides this, the amounts negotiated among compames. With the intent of to be useful to enrichment of the knowledge about this subject, this study aimed to describe the organizational variables concemed about the organizational buying behavior in the big industries associated to the Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul. This research regarded 82 enterprises with more than 500 employees, considering just the "A" items (in the ABC inventory c1assification) used straightly in their productive processoThe objectives were: a) to verify the technology as a way of process optimization; b) the procurement employees background; c) the formalization and centralization of buying routines; d) the main supply sources policies, rules and procedures; e) the strategic or operational activities predominance and f) the influence of organizational size in the other topics. It was possible to identify that companies are investing in their procurement resources, offering training to their employees and technologies to routines optimization. In addition, it was verified that the organizations are very formalized and centralized, and their buyers have a short autonomy. About the supply sources policies, it was observed that the majority of the companies have outsourced process and presents c10ser relationships with their suppliers, but, at the same time, they not only buy in a local source, but in a global source. The operational activities were identified as prevalent if compared with the strategic in the procurement departments analyzed. The bigger organizations offer more frequently training to their professionals, have more technological resources allocated to buying areas, have more long terms agreements established with their vendors and import components more often than smaller companies.
9

Capacidades dinâmicas, interpretação e lógicas institucionais : um estudo de caso em instituição de ensino superior

Sander, Josué Alexandre 2016 (has links)
Orientadora : Profª Drª Adriana R. W. Takahashi Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 29/03/2016 Inclui referências : f. 266-282 Área de concentração: Estratégia e Análise Organizacional Resumo: Esta tese analisou como ocorreu o processo de desenvolvimento das capacidades dinâmicas a partir da influência das lógicas institucionais sobre a decisão (seize) e a ação (reconfiguração) dos gestores de uma instituição de ensino superior considerando a interpretação (sense) dos eventos. Para alcançar o objetivo foi proposta a integração entre a abordagem das capacidades dinâmicas, oriunda da Teoria Baseada em Recursos, com conceitos da Teoria Institucional, especificamente sobre interpretação e lógicas institucionais. O campo escolhido para conduzir a pesquisa foi o de ensino superior brasileiro, porque tem passado por intensas transformações nas últimas décadas, como: o crescimento de matrículas; aumento de instituições de ensino superior; mudanças legislativas; acirramento concorrencial. Inicialmente foi realizada a análise do campo da educação superior brasileira, na qual foram identificadas as mudanças regulativas, de políticas públicas e concorrenciais. Na análise do campo identificou-se a presença de três lógicas principais: estado, comunidade e mercado, e apresentou-se um arquétipo de uma instituição de ensino superior orientada por cada uma destas lógicas. A seguir foi realizado um estudo de caso único em uma instituição de ensino superior que apresentava previamente indícios de capacidades dinâmicas. Os dados foram coletados por entrevistas e documentos: públicos ou da organização. Foi realizada análise de conteúdo com base em categorias previamente identificadas na literatura. No caso da Universidade Alfa foram identificados três eventos críticos nos quais ocorreram renovação de recursos. A análise dos eventos identificou a presença dos grupos de atividades das capacidades dinâmicas relacionadas ao monitoramento de mudanças ambientais, apropriação de oportunidades identificadas e reconfiguração dos recursos organizacionais e que estas atividades ocorreram de maneira recorrente. Com base na análise do caso é possível afirmar que a organização detém capacidades dinâmicas e que estas auxiliaram o seu processo de renovação de recursos. Identificou-se que as atividades de monitoração estão relacionadas tanto com a avaliação presciente do ambiente quanto com as atividades analíticas de monitoramento da realidade atual. Na universidade analisada as capacidades dinâmicas estão relacionadas com: a) ingresso em novas modalidades de ensino; b) renovação do processo pedagógico; c) busca por novas fontes de receitas. Identificou-se a correspondência entre oportunidade identificada e recursos organizacionais como precursora da atividade de apropriação. O caso evidencia que a existência de capacidades dinâmicas não está relacionada somente com resultados financeiros positivos. O esquema interpretativo atual dos gestores da Universidade Alfa é híbrido, sendo composto por atributos das lógicas de mercado e de comunidade. Também foi descrita a relação da influência das lógicas institucionais sobre as atividades das capacidades dinâmicas, evidenciando que cada lógica institucional pode indicar um curso de ação distinto para a organização. Abstract: This dissertation analyzed how occur the process of development of dynamic capabilities from influence of institutional logics on seize and reconfiguring of managers of a high education institution, considering the sense of events. To achieve the goal was proposed an integration between dynamic capabilities, which is originated in resource based theory, and institutional theory, specifically the concepts of institutional logics and interpretative schemas. The field to research was the high education in Brazil because it has passed by intense transformation in the last decade such as: the rise of enrolment, the increase in the number of high education institutions, legal changes, the increase competition. Initially, we analyzed the industry of high education in Brazil, identifying the changes in regulation, governmental policies and competition. In the analyze of industry, we identified the existence of three logics - state, community and market and proposed an organizational archetypal derived of each logic. After, we conducted a single case study in a high education institution that showed previously indicatives of dynamic capabilities. The data was collected with interviews and documents, which are public or confidential. To analyze the data, we used the content analysis with categories identified in literature review. In the case of Alfa University was identified three critical events in which occurred the resource renovation. The analyze of events showed the presence of activities of dynamic capabilities related to sense of environmental changes, seize the opportunities identified and reconfiguring organizational resources and that such activities happen recurrently. Basing in the analyses, it is possible to affirm that the organization have dynamic capabilities and these help the organizational process of resource renovation. We identified that the activities of sense are related not only with the evaluation of environment but also with the development of analytical activities of reality monitoring. In Alpha University, the dynamic capabilities are related to: a) getting in new forms of education, b) renovation of pedagogical process, c) searching new funding forms. In addition, we identified a correspondence between opportunities and organizational resources as the starting point of seize activities. The case evidence that the existence of capacities dynamics is not related only with positive financial results. The current interpretive schema of managers of Alfa University is hybrid composed of market logic and community logic. Finally, we described the relation between institutional logics and the activities of cd, showing that each institutional logic can indicate different actions to organization.
10

A identificação dos indivíduos com a cultura organizacional e o desejo de permanecer na empresa

Rogge, Jully Fabiola Nunes 2016 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Mariane Lemos Lourenço Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 11/04/2016 Inclui referências : f.86-94 Resumo: A valorização do conhecimento tácito, a compreensão das dimensões intersubjetivas e as abordagens contemporâneas da gestão de pessoas nas organizações são perspectivas que reforçam a importância da retenção dos indivíduos nas empresas. Contudo, e se a questão não for a retenção, mas as condições para que as pessoas escolham ficar? Disto surgiu o interesse em compreender como a cultura organizacional, mediante a identificação dos indivíduos com as organizações, abriga condições capazes de despertar o desejo de sua permanência em determinado contexto organizacional. Para tanto, se utilizou como estratégia de pesquisa o estudo de casos múltiplo, mediante entrevistas e análise documental, com corte temporal transversal e aproximação longitudinal. As análises em cinco organizações mostraram que a identificação das pessoas com os traços culturais da organização parece ser fator decisivo para que elas queiram permanecer na empresa. Porém, não existe fórmula prescritiva uma vez que a influência se dá pela identificação dos indivíduos com os elementos da cultura, construída na dimensão intersubjetiva. Palavras chave: cultura organizacional, identificação, retenção de pessoas, desejo de permanecer Abstract: The appreciation of the tacit knowledge, understanding inter-subjective dimensions and contemporary approaches to the management of people in organizations are perspectives that reinforce the importance of retention of individuals in enterprises. However, what if the issue is not retention, but the conditions for people to choose to stay? This became interested in understanding how organizational culture by identifying individuals, housing conditions capable of awakening the desire for permanence of people in a particular organizational context. Therefore, it uses as a research strategy the study of multiple cases, through structured interviews and documentary analysis, crosstemporal cutting and longitudinal approach. The analyzes in five companies showed that the identification of people with the organization of cultural characteristics seem to be decisive factor for them to want to stay in the company. However, there is no prescriptive formula once the influence is by identifying individuals with the elements of culture, built on the subjective dimension. Keywords: organizational culture, identification, retention of people, desire to stay

Page generated in 0.1009 seconds