• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 424
  • 50
  • 49
  • 49
  • 48
  • 39
  • 15
  • 6
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 426
  • 426
  • 152
  • 98
  • 90
  • 58
  • 54
  • 53
  • 52
  • 51
  • 50
  • 50
  • 49
  • 46
  • 44
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Análise de endemismo, variação geográfica e distribuição potencial das espécies de aves endêmicas do Cerrado

Leite, Lemuel Olivio January 2006 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, 2006. / Submitted by Érika Rayanne Carvalho (carvalho.erika@ymail.com) on 2009-10-13T22:22:57Z No. of bitstreams: 1 Tese DOUT Lemuel Olivio Leite.pdf: 3238033 bytes, checksum: 1a3d9d2ab08d3334142a2c6445871b8c (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-01-24T14:33:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese DOUT Lemuel Olivio Leite.pdf: 3238033 bytes, checksum: 1a3d9d2ab08d3334142a2c6445871b8c (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-24T14:33:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese DOUT Lemuel Olivio Leite.pdf: 3238033 bytes, checksum: 1a3d9d2ab08d3334142a2c6445871b8c (MD5) Previous issue date: 2006 / O Cerrado possui uma grande diversidade de espécies para vários grupos, sendo considerado uma das mais importantes áreas de endemismo da América do Sul. Este fato, somado ao elevado grau de degradação, colocou o Cerrado entre os 25 "hotspots" mais importantes para a biodiversidade mundial. Mesmo diante desta reconhecida importância, ainda permanece pouco conhecido biogeograficamente. Este estudo teve como objetivo geral fornecer informações para conservação das espécies de aves endêmicas do Cerrado, analisando a distribuição das mesmas. Foram utilizadas três metodologias distintas. Primeiramente, fez-se uma análise da distribuição espacial das espécies endêmicas do Cerrado, utilizando três parâmetros (altitude, latitude e longitude), com o objetivo de identificar padrões espaciais de distribuição destas espécies. Em seguida, foi realizada uma análise multivariada para testar a variação geográfica de caracteres morfométricos entre bacias hidrográficas, para espécies dependentes de floresta, e uma análise de agrupamento para identificar os possíveis agrupamentos populacionais das espécies independentes de floresta. E, finalmente, aplicou-se um método de modelagem de nicho ecológico (GARP), para 13 das 30 espécies endêmicas, para prever suas distribuições potenciais. Os dados foram obtidos da literatura, de espécimes tombados nas principais coleções ornitológicas do Brasil, e de coletas realizadas pelo autor. Para as análises, foram consideradas 30 espécies de aves endêmicas do Cerrado. A análise de distribuição espacial apresentou um padrão do tipo "mid-domain effect". Assim, para as aves endêmicas do Cerrado, verificou-se um pico de riqueza de espécies na região central do bioma. Este padrão se apresentou significativo para os parâmetros latitude, longitude e para a interação latitude-altitude (ex. a altitude exerce uma função compensatória sobre a latitude). A hipótese de que as bacias hidrográficas podem ser um fator de segregação entre as populações de espécies dependentes de floresta foi sustentada. As diferenças encontradas entre as unidades geográficas nas populações das espécies dependentes de floresta foram significativas, sugerindo diferenciação, ou por fatores históricos, ou ecológicos. Para as espécies independentes de floresta, nenhum padrão geográfico pode ser identificado. O padrão de distribuição potencial foi relativamente similar para todas as 13 espécies analisadas, contemplando quase toda a região deste bioma, com diferenças nos padrões de sobreposição. Os mapas evidenciaram sobreprevisão para os três biomas adjacentes ao Cerrado e omissão de ocorrência em regiões características do Cerrado. A sobreposição dos mapas das 13 espécies e a limitação de probabilidade a um nível alto identificou a região centro-sul do Cerrado como a mais indicada para a ocorrência das espécies analisadas. Por fim, utilizando os padrões espaciais encontrados, a variação geográfica das espécies dependentes de floresta e o resultado obtido para o potencial de ocorrência das espécies testadas, foi obtida uma área de extrema importância para conservação da avifauna endêmica do Cerrado. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Cerrado biome presents great diversity of several different groups of organisms and, for this reason, is considered one of the most important endemism areas of South America. This fact, together with the high level of disturbance in this biome, resulted in the inclusion of the Cerrado among the 25 hotposts of world biodiversity. In spite of this remarkable importance, the Cerrado biogeography is still poorly known. The objective of present study was to analyse the distribution of endemic bird species of the Cerrado, providing useful information for conservation strategies concerning these organisms. In the first chapter, an analysis of the spatial distribution of endemic bird species was conducted, using three parameters (altitude, latitude and longitude), aiming to identify patterns of spatial distribution for these species. In the second chapter, a multivariate analysis was performed to test the geographic variation in morphometric traits of forest-dependent bird species between river basins. Furthermore, a cluster analysis was conducted, ir order to identify possible population clusters for independent forest species. Finally, in the third chapter, a modelling approach to ecological niches (GARP) was used for 13 of 30 endemic species, aiming to predict their potential spatial distribution. Data were collected through literature surveys, visits to the most important Brazilian bird collections, and field data collected by the author. For data analyses, 30 species considered endemic to the Cerrado were used. The analysis of spatial distribution showed a “mid-domain effect” pattern. Thus, for Cerrado endemic birds, no distribution gradient was detected, but rather, a peak in species richness in the Central region of the biome. This pattern was significant for latitude and longitude, and for the interaction latitude- altitude (i.e., the altitude exerts a compensatory effect on the latitude). The hypothesis that river basins segregate populations of forest-dependent birds was supported. The differences between geographic units for populations of forest-dependent bird species were significant, indicating that they are undergoing some kind of differentiation, due to historical or ecological factors. For forest-independent bird species, no geographic pattern was identified. The pattern of potential spatial distribution was relatively similar for all 13 species analysed, encompassing the entire Cerrado region, but showing different overlapping patterns. The maps evidentiated over prediction for the three adjacent biomes and occurrence omission in typical regions of the Cerrado. The overlap between the maps for the 13 species and the high level of probability limitation indicated the central-southern region of the Cerrado as the most likely for the occurrence of the species analysed. Finally, using the spatial patterns obtained in preliminary analyses, the geographic variation of the forest-dependent bird species, and the results from the potential occurrence of the tested species, it was possible to identify an area of extreme importance for the conservation of endemic birds of the Cerrado biome.
12

Estudo sobre o padrão de revoadas de uma comunidade de termites no Parque Nacional das Emas, Goias

Brandão, Divino 17 December 1996 (has links)
Orientador: Benedito Ferreira do Amaral Filho / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-21T23:12:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Brandao_Divino_D.pdf: 10784737 bytes, checksum: 6c1784636debab18eae326b75e92e6d7 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Neste trabalho registrei o cronograma de vôos e estudei diversos aspectos do comportamento de liberação dos alados de 24 espécies de térmites no Parque Nacional das Emas, em Goiás. Durante toda uma estação de revoadas, que durou 47 dias, observei a ocorrência de 39 eventos. Os resultados apontam para a existência de estratégias contra a predação no momento da saída dos alados, mas não na determinação da época de vôo, que me pareceu influenciada pelas condições ambientais. O mesmo tipo de condicionamento deve ter sido responsável pela ocorrência de eventos simultâneos (vôos com mais de uma espécie), já que não encontrei evidências consistentes de que esse comportamento seja uma estratégia adaptativa, como defendem alguns autores. Existiu um padrão claro de variação de tamanhos e cores entre os alados diurnos (que são, em geral, menores e mais escuros) e os noturnos (maiores e mais claros). Na minha opinião as cores são determinadas por limitações ambientais relacionadas à radiação solar, mas os tamanhos podem resultar de um processo adaptativo / Abstract: In this work I have recorded the periodicity of flights and I have studied several aspects of the alates releasing behaviour in 24 termite species in the Emas National Park, State of Goias, Brazil. During a whole swarm season, that lasted for 47 days, I registered the occurrence of 39 swarm events. The results have indicated the existence of strategies which avoid predation during the release of alates. The timing of flights, however, seems to be influenced by environmental constraints. The same constraints may have been responsible for the occurrence of simultaneous events, since I have not found consistent evidences which support the thought for an adaptative strategy, as suggested by some authors. There was a clear pattern of sizes and colours variation between the diurnal (whose are, generally, smaller and darker) and nocturnal (bigger and lighter) alates. In my opinion, the colours are determined by environmental constraints related to solar radiation, but the sizes may result from an adaptative process / Doutorado / Doutor em Ciências
13

Aspectos da ecologia e socialidade de uma aranha colonial, Eriophora bistriata (Renger, 1936) (Araneidae)

Sandoval, Cristina Penteado 13 July 1987 (has links)
Orientador: João Vasconcellos Neto / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Bibliografia : p.152-60 / Made available in DSpace on 2018-07-24T12:42:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sandoval_CristinaPenteado_M.pdf: 8567866 bytes, checksum: a1900610c136983eb859fd3240f28aa4 (MD5) Previous issue date: 1987 / Resumo: Eriophora bistriata (Araneidae) é uma aranha colonial, de ciclo anual, comum em áreas de cerrado. Além de ser uma das poucas aranhas que exibem comportamento social, é também a única especie construtora de teias orbiculares que coopera na captura de presas. Essa aranha constroi diariamente suas teias individuais que são sustentadas por um fio suporte, grosso e resistente, e ligadas entre si por fios secundários, formando a rede de captura. Durante o dia as aranhas repousam em um refúgio, construído por todos os indivíduos. No presente trabalho, são estudados aspectos da biologia, comportamento e ecologia de E. bistriata, de forma a entender como esta espécie está adaptada às condições de cerrado. O trabalho foi realizado no município de Itirapina (2215'S, 47 49'w), estado de São Paulo, onde a vegetação natural é o cerrado. O período de estudo foi de fevereiro de 1984 à Julho de 1986. O ciclo de vida de Eriophora bistriata é anual e o crescimento das ninfas está intimamente relacionado com a abundancia de recursos (insetos voadores). No período em que este recurso é escasso (outono e inverno), a população é representada por ovos ou ninfas inativas, ao passo que no período chuvoso (primavera e verão), essas aranhas são muito abundantes... Observação: O resumo na íntegra poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Eriophora bistriata (Araneidae) is a pre-social spider, common in Brazilian cerrado. The spiders have individual orb-webs but cooperate in capture large prey. The spiders built the individual orbs daily, under a common suport silk line that is permanent and very resistant. The orbs are linked to each other by secondary support lines, forming the capture web. During the day, the spiders rest in dense silk nest, built by all the ccolony members. In this Thesis, we study biological, behavioral and ecological aspects of Eriophora bistriata, to understand some adaptations of this species to live in cerrado. The work was conducted near Itirapina (2215'S 47 49'w), São Paulo State, Brazil, where the predominant vegetation is cerrado. Field work was done between February, 1984 until July, 1986. The life cycle of Eriophora bistriata is univoltine and the development in the population is sincronous. The individual growth is related to the abundance of resources -flying insects. When resources are scarce in Fall and winter, the population consists of eggsacs and inactive nynphs only; during the rainy season (spring and summer) these spiders are abundant...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Mestre em Ciências Biológicas
14

Ecologia populacional de Hylodes asper (Anura: Leptodactylidae: Hylodinae) : dinamica e aspectos alimentares

Patto, Claudio Eduardo Germano 08 December 1999 (has links)
Orientador: João Vasconcellos Neto / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-25T00:47:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Patto_ClaudioEduardoGermano_M.pdf: 4340379 bytes, checksum: 97693d460227cd62a47d5a74523d47a6 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: Os anuros leptodactilídeos da sub-família Hylodinae, endêmicos de riachos de Mata Atlântica, são muito pouco estudados, e quase nada é conhecido sobre a ecologia das populações de adultos. Neste trabalho, uma população de Hylodes asper foi acompanhada durante um ano, com objetivo de determinar a dinâmica populacional e os hábitos alimentares. Foi observada uma baixa densidade bruta, mas uma alta densidade ecológica, considerando apenas a área dos riachos ocupados pela espécie. A estrutura etária da população variou sazonalmente, sendo composta principalmente por adultos no início da estação reprodutiva, em novembro, por adultos e juvenis recém metamorfoseados o pico da estação reprodutiva, em janeiro e principalmente por juvenis no final da estação reprodutiva. Os indivíduos estudados apresentaram crescimento contínuo. Os jovens apresentaram taxas de crescimento maiores que as dos adultos. Os juvenis que completaram seu desenvolvimento larval durante o verão, cresceram rapidamente ao longo do ano, atingindo a maturidade sexual já com um ano de vida. Os machos aparentemente cresceram em taxas menores que as fêmeas, que chegaram a apresentar, com a mesma idade, até 4 mm a mais que os machos adultos. O método de lavagem estomacal foi testado e adaptado com sucesso para o uso em anuros pequenos. A dieta de Hylodes Asper foi extremamente diversificada, com presas terrestres, aquáticas e aéreas pertencentes a mais de 20 ordens taxonômicas. Foi observada uma variação ontogenética na dieta. Indivíduos maiores de H. Asper passaram a utilizar presas grandes, sem deixar de utilizar as pequenas. Além do tamanho, houve uma variação nas proporções utilizadas das categorias de presas em função do tamanho do anuro. Esta variação pode ser explicada em parte pela compartimentalização do tamanho dos taxons dos artrópodos, mas também por uma diferença nos hábitos dos anuros e de suas presas. Os jovens utilizaram mais presas aquáticas, enquanto que os adultos utilizaram mais presas terrestres. Foi registrado um padrão consistente na distância de fuga. Tanto no dia ensolarado quanto no nublado a fuga ocorria a uma maior distância pela manhã, diminuindo próximo ao meio-dia e voltando a aumentar a tarde. Este padrão foi mais evidente no dia ensolarado. Também foi encontrada uma variação da distância de fuga em função da idade do animal. Os juvenis apresentaram uma menor oscilação na distância de fuga, sendo mais tolerantes à aproximação de um predador em potencial / Abstract: There is very few information about the Leptodactilidae sub-family Hylodinae, endemic to the Atlantic Forest streams. Almost nothing is known about the adults population ecology. In this work, a population of Hylodes asper was followed during a period of a year to observe its dynamics and its feeding habits. Despite of the low total density that was observed found, a high ecological density was found (considering only the streams area). The age structure of the population varied sazonally. There were almost only adults in the beginning of the reproductive season in November, both adults and young juveniles in the peak of the reproductive season in January and a majority of juveniles in the end of the reproductive season in February. The observed animals presented continuous growth. The juveniles had larger growth rates than the adults. The juveniles that finished their metamorphosis during the summer, had grown quickly during the year, reaching the sexual maturity with one year old. The males apparently had grown slower than the females, that used to be up to 4 mm larger than the adult males. The stomach flushing method was tested and successfully adjusted to be used in small anurans. The diet of Hylodes asper was extremely diversified, presenting terrestrial, aquatic and aerial preys of more than 20 taxonomic orders. A Ontogenetic diet variation was observed. Larger individuals used larger prey itens, but they continued to capture small itens. There was also a variation in the prey type proportion used according to the frog size. This variation could be explained in part by a size compartimentalization of the artropods taxons, but also by an habit difference among the different frog ages and their preys. The younger and smaller frogs used proportionally more aquatic preys while the larger adults used more terrestrial preys. There was a consistent pattern in the escape distance behavior of the studied species. The escape was bigger in the early morning, reducing by the mid-day and growing again during the afternoon, both in the sunny and in the cloudy day. There have been also a variation in the escape distance according to the anuran age. The juveniles presented a small ocilation in the escape distance, being more tolerant to a potential predator aproximation / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
15

Ecologia alimentar de Traupideos (Aves: Thraupinae) em uma area de Mata Atlantica do Estado de São Paulo

Rodrigues, Marcos 12 April 1991 (has links)
Orientador : Jacques M. E. Vielliard / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T23:35:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rodrigues_Marcos_M.pdf: 4471502 bytes, checksum: e88b43d08a6540e5998cb035cfe5a426 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Ecologia alimentar de traupídeos (Aves:Thraupinae) em uma área de Mata Atlântica do Estado de São Paulo. A partir de um ano de observações na Mata Atlântica do sul do Estado de São Paulo (240 11'S; 480 32'W), procurou-se relacionar a coexistência entre 13 espécies de aves da subfamília Thraupinae com a sua ecologia alimentar. Foram calculados, a partir de um índice de similaridade, as sobreposições do nicho referente a três parâmetros: substrato explorado na vegetação; estratificação vertical; e tipo de alimento. Todas as espécies possuem uma dieta mista de frutos e artrópodos, sendo o néctar um elemento também importante. sobreposiçao na altura em que as espécies se alimentam não se mostrou como fator de isolamento ecológico, sendo que a segregação foi acentuada em relação ao substrato de captura de presas e mais ainda na dieta frugívora. Espécies taxonomicamente próximas se segregaram principalmente quanto ao substrato de forrageamento. A sobreposição global do nicho foi baixa entre todas as espécies. A dieta frugívora foi o eixo mais importante para redução de competição entre as espécies, contradizendo o esperado para aves frugivoras / Mestrado / Mestre em Ciências Biológicas
16

Defesa quimica por acaloides pirrolizidinicos (PAs) em Lepidoptera : testes por um predador vertebrado

Cardoso, Márcio Zikan 05 August 1991 (has links)
Orientador: Keith Spalding Brown Junior / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T00:27:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cardoso_MarcioZikan_M.pdf: 1065375 bytes, checksum: da95859ab91509c8d193adfe46a785d1 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Predadores vertebrados com orientação sensorial por visão são considerados os principais predadores de lepidópteros adultos. Dentre estes, os pássaros são aqueles que exercem maior pressão de predação neste grupo de insetos. De modo a escapar ao ataque destes predadores, estes insetos desenvolveram os mais variados tipos de adaptação. A defesa quimica, advinda através do seqüestro seletivo de substâncias tóxicas de plantas ou de biossintese em adultos, é uma das mais importantes destas adaptações. Alcalóides pirrolizidinicos (PAs) são encontrados usualmente nas borboletas das subfamilias Ithomiinae e Danainae (Nymphalidae) e na familia de mariposas Arctiidae. Embora várias evidências experimentais apontem a .impalatabilidade dos insetos que estocam PAs, não há um teste especifico da resposta daquele grupo de predadores considerados os agentes seletivos mais importantes no desenvolvimento de contra-adaptações à predação os pássaros. Deste modo, foi idealizado um experimento com o propósito de testar especificamente a hipótese da impalatabilidae advinda do uso de PAs e da capacidade deste alcalóide em promover um processo de aversão condicionada nos predadores se este estiver associado a padrão de cor / Abstract: Visually-oriented vertebratepredators are ranked as the main enemies of adult butterflies and moths. Among them, birds are the most important, being considered strong selective agents in the development of several counter-adaptations by these insects in order to escape this intense pressure. Chemical defense acquired by the selective sequestration of toxic chemicals from plants or biosynthesized by the insects is one of the best known of these adaptations. Pyrrolizidine alkaloids are sequestered by butterflies of the Nymphalid subfamilies Ithomiinae and Danainae and moths of the family Arctiidae. Although, some experimental evidence supports the idea that PAs might be responsible for-the unpalatability of the insects that contain them, there is no direct experimental evidence that these chemicals may render a PA-bearing insect obnoxious to its major aelective agents -- birds. In this sense, an experiment was-designed to test the hypothesis of chemical defense by the accumulation of PA and also for its capacity to elicit an avertion conditioning in the predator if it is associated with a color pattern / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
17

Estrutura, composição e dinamica de bandos mistos de aves na Mata Atlantica do alto da Serra de Paranapiacaba, SP

Santos, Caio Graco Machado 14 July 2018 (has links)
Orientador : Wesley Rodrigues Silva / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T00:56:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Santos_CaioGracoMachado_M.pdf: 2615004 bytes, checksum: ef3c7f3fd4f42e2ad48130d3a69d341c (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Bandos mistos de aves são agrupamentos de duas ou mais espécies cuja formação e coesão se deve a interações comportamentais entre seus integrantes. Espécies que participam de bandos mistos podem ser beneficiadas pela maximização de alimentação e diminuição de riscos de predação. Este estudo investigou a estrutura, composição e dinâmica dos bandos mistos na Mata Atlântica da Fazenda Intervales, no alto da Serra do Paranapiacaba, no Estado de são Paulo (24 graus12' a vinte quatro graus25'S; 48 graus03' a 48 graus30' W). Foram feitas visitas mensais, totalizando 432 horas de observações em campo, de abril de 1990 a março de 1991. A cada bando contatado registrava-se o número de indivíduos, composição e distribuição específica. Tamanho de bando e número de espécies por bando tiveram correlação positiva, com r= 0,8. O tamanho médio dos bandos foi de 17,26 indivíduos e composição média de 6,71 espécies por bando, com alterações significativas durante o ano, sendo os bandos maiores e mais ricos em espécies nos meses de verão. Em 388 contatos com bandos mistos, registrou-se um total de 120 espécies de aves, com apenas três espécies regulares, presentes em mais de 25% dos bandos, Basileuterus culicivorus, Philidor rufus e Sittasomus griscicapillus. Nenhuma espécie apresentou características típicas de espécie-núcleo. Desta forma, sugere-se que, para este tipo de ambiente, a força coesiva dos bandos mistos é feita por um conjunto de espécies, um "complexo-núcleo", e não por uma ou mais espécies-núcleo típicas / Abstract: Mixed flocks of birds are two or more species groupings whose formation and cohesion depend behavioral responses among members in the group. Bird species, which forage in groups increase their food consumption and decrease predation risk. This study investigates the structure, composition and dynamics of the mixed flocks in Atlantic Rain Forest at the Fazenda Intervales (24 degrees 12' to 24 degrees 25'S; 48 degrees 03' to48 degrees 30' W), in southeastern Brazil. Fieldwork was conducted from April 1990 to March 1991, totaling 432 hours. Flock size, species composition and distribution were recorded for each mixed flock. Number of bird species per flock was positively correlated with flock size (r=0,8). The species and flock size averaged numbers respectively 6,71 and 17,26 birds per flock. The numbers, however, showed significant seasonal variation. During the summer mixed flocks presented their richest number of species and greatest number of individuals. A total of 120 bird species were registered in 388 records of flocks. Only tree species (Basileiterus culicivorus, Philydor rufus and Sittasomus griscicapillus) appeared regularly, occurring in more than 25% of the flocks recorded. No species could be characterized as a typically nucleus species. It is suggested that in the group pf species in the flock, referred here as "nucleus complex'", and not by a few typical nucleus species / Mestrado / Mestre em Ciências Biológicas
18

Estrutura morfometrica de comunidades de lagartos de areas abertas do litoral sudeste e Brasil Central

Araujo, Alexandre Fernandes Bamberg de 20 March 1992 (has links)
Orientador : Augusto Shinea Abe / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T02:14:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Araujo_AlexandreFernandesBambergde_D.pdf: 8640814 bytes, checksum: 678143e51a7c783a89a72ec5478e892f (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Caracterizei as relações morfometricas entre as especies de lagartos de tres localidades de Cerrado do Centro Oeste e duas Restingas do Sudeste brasileiro, usando nove medidas da cabeça, corpo e extremidades, ordenadas através da Análise de Componentes Principais. Cada especie foi localizada em um espaço morfologico, definido pelos logaritmos das medidas originais. Calculei a dispersão das especies de cada localidade estudada ao longo dos tres primeiros componentes principais. Assim, reduzi o numero de dimensões e obtive uma estimativa do espaço morfologico ocupado-por cada comunidade de lagartos. Tanto na amostra combinada de todas as especies, como para cada comunidade em particular, os tres primeiros componentes principais acumularam uma variancia maior que 95% no espaço morfologico. Calculei as medias das distincia dos vizinhos mais proximos, atraves das Distancias Euclidianas entre os pares de especies, para estimar o nivel de "empacotamento de especies" ("species packing", MacArthur & Levins) das comunidades de lagartos. Os valores obtidos não apresentaram medias significativamente diferentes entre as comunidades de lagartos estudadas. As medias das Distancias do Vizinho Mais Proximo dessas comunidades é inversamente proporcional ao numero de especies, que é maior na maioria das comunidades de Cerrado estudadas, sugerindo que as especies de lagartos nas comunidades dos Cerrados apresentam, em media, maior convergencia na forma geral do corpo. Apesar de convergentes, as especies de lagartos do Cerrado ocupam volumes no espaço morfologico mais distintos que as especies de Restinga. Usando outro indice, "de/w", cuja formulação foi baseada no "limite de coexistencia" - d/w - de MacArthur e Levins, verifiquei que as comunidades de Cerrado apresentam niveis de empacotamento de especies significativamente maiores que aqueles das Restingas, mostrando tambem um ajuste mais regular das suas formas no espaço morfologico. Os valores do indice de empacotamento, somado as particularidades das composições de especies e suas ecologias, mostraram que as comunidades de lagartos dos Cerrados do Brasil Central tem estrutura mais proxima ao modelo "coevoluido" (maior riqueza de especies, baixa sobreposição de formas) que as comunidades de lagartos das Restingas do Sudeste. Um teste de hipotese nula, comparando as comunidades naturais com 56 arranjos aleatorios de especies de lagartos de Restinga e Cerrado, mostrou que a convergencia de formas aumenta com o numero de especies da comunidade, seja ela aleatoria ou natural. No entanto, as comunidades naturais com menos especies mostraram maior convergencia que aquelas geradas aleatoriamente, enquanto as mais ricas mostraram uma tendencia a manutenção de um nivel de convergencia, a partir de comunidades com onze especies. A estabilização do nivel de convergencia indica que existe um limite para a semelhança entre as formas das especies. Em todas as comunidades naturais estudadas, a homogeneidade das distancias entre as formas das especies é maior que nos arranjos de especies gerados ao acaso. Esta analise indica forte relação entre as interações ecologicas entre as especies e seus atributos morfologicos, mostrando sua importancia como instrumento para estudos de estrutura comunitaria de lagartos. As duas comunidades de Cerrado com as maiores riquezas de especies (o dobro das demais) tambem mostraram os maiores volumes de espaço morfometrico. As especies do Cerrado que não ocorrem no litoral, ocupam nichos não explorados nas Restingas, apesar de haver disponibilidade aparente de recursos / Doutorado / Ecologia / Doutor em Ciências Biológicas
19

Ecologia alimentar de gafanhoto Abracris dilecta Walker 1870 (Orthoptera: Acrididae)

Sperber, Carlos Frankl 10 February 1992 (has links)
Orientador : Thomas Michael Lewinsohn / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T02:15:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sperber_CarlosFrankl_M.pdf: 10774108 bytes, checksum: 48972009d7a76555bf889e7516e694f6 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Este estudo teve por objetivo comparar a dieta e preferência alimentar de gafanhotos A. dilecta com a disponibilidade recursos no campo, em duas épocas de abundâncias diferentes de r' plantas e analisar a variação individual na preferência alimentar dos gafanhotos, em uma área de pastagem e borda de mata, em São José do Rio Preto, SP. A preferência alimentar dos gafanhotos foi investigada em laboratório, oferecendo-se quatro discos foliares de seis espécies vegetais encontradas no campo, em três combinações de quatro plantas: combinação I : Bauhinia bongardii (Leguminosae), Elephantopus mollis (Compositae) , Hyptis suaveolens (Labiatae) e Rhamnidium elaeocarpum (Rhamnaceae)i combinação II : B. bongardii, Chomelia sp (Rubiaceae), Orthopappus angustifolius (Compositae) e R. elaeocarpumi combinação III: E. mollis, Chomelia sp, H. suaveolens e o. angustifolius. A dieta foi determinada a partir da análise, em microscópio óptico, das fezes dos gafanhotos, recolhidas após a coleta dos animais no campo. A disponibilidade de recursos foi estimada por amostragem, com transetos em linha, da abundância das plantas utilizadas nos ensaios com discos foliares, na área de estudo, em duas épocas: seca (início da estação chuvosa) e chuva (pico da estação chuvosa), Foram estabelecidas duas ;subdivisões espaciais na área de estudo: faixa A e faixa B. Houve aumento na abundância de folhas da seca para a chuva em todas as espécies de planta investigadas, sem alteração na abundância relativa destas plantas. Os gafanhotos ingeriram, no campo, pelo menos 15 espécies de plantas distintas, pertencentes a pelo menos 10 famílias distintas, entre elas Compositae (59%), Labiateae (30%), Malvales (uma ou mais famílias: 26%) e Graminae (13%). Foram encontradas evidências de que os gafanhotos apresentam preferência alimentar no campo por H. suaveolens em relação a E. mollis, as duas plantas mais freqüentemente ingeridas, assim como o fizeram em ordem de preferência alimentar dos gafanhotos laboratório foi H. suaveolens ) E. mollis ) angustifolius. R. elaeocarpum e B. bongardii foram muito pouco consumidas e não foram ingeridas no campo, assim como o. angustifolius . A. dilecta parece se alimentar, no campo, de plantas herbáceas ou sub-arbustivas, de área aberta, apesar de consumir plantas arbóreas de mata em laboratório. Não houve alteração no número de espécies ingeridas nem ocorreu alteração na dieta entre épocas nem entre sexos. Os gafanhotos consumiram maior quantidade das mesmas plantas na chuva em relarão à seca e na combinação III, que incluiu as 4 plantas preferidas, em relação as outras combinações Chomelia sp foi a única planta cujo consumo não aumentou na chuva, o que levou a uma inversão na ordem de preferências alimentares entre épocas. Não encontramos evidências de variação interindividual. Foi observada diferença na dieta de campo entre gafanhotos coletados na Faixa A versus Faixa B, mas isto não ocorreu em laboratório / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
20

Partilha de recursos em uma guilda de lagartos de restinga (sauria)

Araujo, Alexandre Fernandes Bamberg de 14 July 2018 (has links)
Orientador: Woodruff W. Benson / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T03:13:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Araujo_AlexandreFernandesBambergde_M.pdf: 2379896 bytes, checksum: 9438fbbd2e1287006caa2988ab8f37dd (MD5) Previous issue date: 1985 / Resumo: Nove espécies de lagartos vivem em simpatria na restinga de Barra de Maricã, Rio de Janeiro. As duas famílias mais estudadas mostraram diferenças nas estratégias de forrageamento, que ajudaram a permitir coexistência. Membros da família ¿senta-e-espera¿ Iguanidae, Tropidurus torquatus e Liolaemus lutzae, demonstraram similaridades com respeito às suas dietas, bem como ao horário de forrageamento, mas diferiram em habitat. T. torquatus tem coloração críptica adaptada à área com moitas e ocorre apenas nesta formação, enquanto que Liolaemus lutzae tem coloração críptica apropriada para as dunas de areia e corre principalmente na praia, em agregados de gramíneas junto ao oceano ... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Nine lizard species 'live in simpatry in beach dune vegetation of Barra de Maricá, RJ.The two most studied families showed differences in feeding strategies that helped allow co-existence. Members of the. "sit-and-wa:Lt" family Iguanidae, Tropidurus torquatus and Liolaemus lutzae, demonstrated similarities with respect to their diets as well as foraging schedules, but differed in habitat. T. torquatus has cryptic coloration adapted to the shrub area and occurs only in that formàtion, while L.lutzae has cryptic coloration apropriate to sandy dunes and occurs mainly on the beach, in grass patches near the oceano ... Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Mestre em Ecologia

Page generated in 0.0806 seconds