• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 194
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 200
  • 125
  • 56
  • 52
  • 44
  • 42
  • 37
  • 33
  • 33
  • 28
  • 27
  • 24
  • 24
  • 23
  • 22
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Caracterização física, química e biológica da água na sub-bacia B1, do Rio Cocó, Fortaleza-CE, com ênfase nos aspectos da poluição ao longo de um ciclo climático / Characterization physical, chemical and biological water in sub-basin B1, Rio Coco, Fortaleza-CE, with emphasis on aspects of pollution along a climate cycle

Lima, Isabelly Silva January 2012 (has links)
LIMA, I. S. Caracterização física, química e biológica da água na sub-bacia B1, do Rio Cocó, Fortaleza-CE, com ênfase nos aspectos da poluição ao longo de um ciclo climático. 2012. 225 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2012-11-29T18:05:10Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_islima.pdf: 25447671 bytes, checksum: fdc9e01f5f5f1fe47c1feb50e0041755 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2012-12-03T16:42:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_islima.pdf: 25447671 bytes, checksum: fdc9e01f5f5f1fe47c1feb50e0041755 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-12-03T16:42:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_islima.pdf: 25447671 bytes, checksum: fdc9e01f5f5f1fe47c1feb50e0041755 (MD5) Previous issue date: 2012 / This study aimed to evaluate the physical, chemical, biological, and the occurrence of both the acute toxicity and the diversity and quantity of phytoplankton biomass, along a climatic cycle, on sub-basin B1, a member of the Cocó River basin, Fortaleza - CE. The sampling occurred monthly on fourteen collecting points in the period of September 2010 to April 2011, in the exception of February 2011 that could not run it. With the parameters analyzed, temperature, transparency, pH, turbidity, true color, conductivity electrical, solids and fractions, calcium, magnesium, dissolved oxygen, chlorides, BOD5, QOD, phosphorus and fractions, sulfate, sulfide, total iron, Chlorophyll "a", total ammonia, nitrite, nitrate, organic nitrogen, total kjeldahl nitrogen, thermotolerant coliforms, Escherichia coli, acute toxicity, identification and enumeration of phytoplankton, have indicated variation in space due to different human impacts suffered. All the sub-basin B1 is found eutrophic, mainly due to the release of organic matter and nutrients, especially phosphorus. Although the monitored period to present court wintry atypical, with above the average rainfall, it was not enough to cause the dilution and possible legal framework, mainly at the oil and grease, total phosphorus and thermotolerant coliforms. In most of the monitoring, the sub-basin B1 showed signs of toxicity; only in the month of April was observed acute toxicity, which may be due to the rainfall some days before collection. With respect to phytoplanktonic diversity during the dry season to occurred the presence of 58 taxon and 7 classes and at court wintry, diversity increases to taxon 65 and 10 classes. The classes who lead both periods are: Chlorophyceae e Cyanobacteria. However, Aphanocapsa spp is the dominant class in both periods, at all points monitored, with values above the limit set by law, which is very worrying, because it is a potentially toxic species. / Este trabalho teve como objetivo avaliar as variáveis físicas, químicas, biológicas e a ocorrência tanto da toxicidade aguda como da diversidade e quantidade da biomassa fitoplanctônica, ao longo de um ciclo climático, na sub-bacia B1, integrante da bacia hidrográfica do rio Cocó, Fortaleza – CE. A amostragem ocorreu em frequência mensal para os quatorzes pontos de coleta, no período de setembro de 2010 a abril de 2011, com a exceção de fevereiro de 2011, quando não foi possível executá-la. Os parâmetros analisados, temperatura, transparência, pH, turbidez, cor verdadeira, condutividade elétrica, sólidos e frações, óleos e graxas, alcalinidade e frações, dureza e frações, cálcio, magnésio, oxigênio dissolvido, cloretos, DBO5, DQO, fósforo e frações, sulfato, sulfeto, ferro total, clorofila “a”, amônia total, nitrito, nitrato, nitrogênio orgânico, nitrogênio total kjeldahl, Coliformes Termotolerantes, Escherichia coli, toxicidade aguda, identificação e contagem do fitoplâncton, indicaram variação no espaço devido aos diferentes impactos antrópicos sofridos. Toda a sub-bacia B1 encontra-se eutrofizada, principalmente devido ao lançamento de matéria orgânica e nutrientes, especialmente o fósforo. Apesar do período monitorado apresentar quadra invernosa atípica, índices pluviométricos acima da média, isso não foi suficiente para ocasionar a diluição e possível enquadramento legal, principalmente, com relação aos teores de DBO5, óleos e graxas, fósforo total e Coliformes Termotolerantes. Na maior parte do monitoramento, a sub-bacia B1 apresentou indícios de toxicidade; somente no mês de abril foi evidenciada toxicidade aguda, o que pode ser devido à ocorrência de chuvas no dia anterior à coleta. Com relação à diversidade fitoplanctônica, no período seco houve a ocorrência de 58 táxons e 7 classes; na quadra invernosa, houve o aumento da diversidade, 65 táxons e 10 classes. As classes que lideram os dois períodos são: Chlorophyceae e Cyanobacteria. No entanto, Aphanocapsa spp é a classe dominante para os dois períodos, em todos os pontos monitorados, apresentando valores superiores ao limite estabelecido pela legislação vigente, o que se torna preocupante, pois se trata de uma espécie potencialmente tóxica.
2

Identificação de cianobactérias produtoras de saxitoxinas em reservatório de usos múltiplos no semiário cearense / Identification of cyanobacteria producing saxitoxins reservoir multipurpose semiário in Ceará

Lopes, Ismael Keslley Carloto 16 August 2013 (has links)
LOPES, I. K. C. Identificação de cianobactérias produtoras de saxitoxinas em reservatório de usos múltiplos no semiário cearense. 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2015-04-27T13:13:57Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_ikclopes.pdf: 11159370 bytes, checksum: 0c8b6f062ae6bf1d2bf24f1e2905cc93 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2015-04-28T19:50:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_ikclopes.pdf: 11159370 bytes, checksum: 0c8b6f062ae6bf1d2bf24f1e2905cc93 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-28T19:50:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_ikclopes.pdf: 11159370 bytes, checksum: 0c8b6f062ae6bf1d2bf24f1e2905cc93 (MD5) Previous issue date: 2013-08-16 / In Brazilian semi-arid Northeast region due to irregular rainfall regime, climatic and soil characteristics, the main source of human water supply has been artificial surface reservoirs. Disorderly occupation and exploitation of natural resources on those hydrographic basins, alongside high evaporation and solar radiation, promote negative impact on stored water quality. As a consequence, the reservoirs present themselves in a process of accelerated eutrophication, often leading to phytoplankton blooms, predominantly dominated by Cyanobacteria. Due to many of these organisms are toxin-producing, which can cause a sort of problems to the population, it was decided to monitor the phytoplankton community of a multipurpose reservoir, located in the municipality of Caucaia-CE, from January 2010 to June 2011, as well as investigate the production of toxins by the dominant organisms. We identified 41 taxa, 19 of cyanobacteria and 22 of algae. Despite the predominance of algae over the identified taxa, they accounted for less than 10% of the quantified organisms, except for one sample. However cyanobacteria were present in all samples, quantitatively dominating the aquatic environment. Among the group of cyanobacteria, excelled Planktothrix agardhii (PA) and Cylindrospermosis raciborskii (CR). PA abundance along all sampling period ranged from 0 to 5.83x105 cells.mL-1 , which accounted for 94% of the total phytoplankton abundance. The average density of PA was 7.54.104 cells.mL-1 . The CR abundance in the same period ranged from 0 to 3.32x104 cells.mL-1 , accounting for 18,9% of total phytoplankton community. The average abundance of CR was 8.21.103 cells.mL-1. The dominant species were isolated and carrying out mice bioassay , ELISA and HPLC analysis, we observed the production of STX and dc-STX by CR and dc-GTX by PA. This issue highlights the need for the implementation of integrated actions from environmental agencies, water resources management and sanitation State companies towards the prevention and remediation of the degradation of water quality, acting in the expansion of sanitation, environmental education, oversighting of the use and occupation of the watershed lands, but mainly in the control of aquaculture activities in the hydraulic basin, which occur in a super intensive way / No semi-árido brasileiro, devido às características climáticas, ao regime irregular de chuvas e às características do solo, a principal fonte de água para abastecimento humano tem sido os reservatórios artificiais de superfície, açudes. A ocupação e exploração desordenada dos recursos naturais nas bacias hidrográficas, além da alta evaporação e da radiação solar, interferem negativamente na qualidade da água armazenada. Como consequência, esses reservatórios apresentam um processo de eutrofização acelerado, levando frequentemente a florações de fitoplânctons, comunidade esta predominantemente dominada por Cianobactérias. Devido grande parte desses organismos serem produtores de toxinas, podendo causar uma série de problemas à população, decidiu-se monitorar a comunidade fitoplanctônica do açude Sítios Novos, reservatório de usos múltiplos, localizado no município de Caucaia-CE, de janeiro de 2010 a junho de 2011 investigando a produção de toxinas pelos organismos dominantes. Identificou-se 41 táxons, 19 de cianobactérias e 22 de algas. Apesar da predominância de número de táxons de algas, estas representaram menos de 10% dos organismos quantificados, com exceção de 1 amostragem. Já as cianobactérias estiveram presentes em todas as amostragens, dominando quantitativamente o ambiente aquático. Dentre o grupo de cianobactérias, destacaram-se Planktothrix agardhii (PA) e Cylindrospermosis raciborskii (CR). A abundância de PA ao longo de todo o período de amostragem variou de 0 a 5.83x105 cel.mL-1, o que representou 94% da abundância total do fitoplâncton. A densidade média da PA foi 7.54.104 cel.mL-1. A abundância CR no mesmo período variou de 0 a 3.32x104 cell.mL-1, representando 18,9% do total da comunidade fitoplanctônica. A abundância média de CR foi 8.21.103 cel.mL-1. As espécies dominantes foram isoladas, e realizando-se bioensaios em camundongos, teste ELISA e método de detecção por HPLC, observou-se a produção de STX e dc-STX pela CR e dc-GTX pela PA. Essa problemática evidencia a necessidade da implementação de ações integradas dos órgãos ambiental, de gestão dos recursos hídricos e companhia de sanamento estadual visando a prevenção e remediação do processo de degradação da qualidade da água, atuando na ampliação do saneamento básico, na educação ambiental, na fiscalização dos usos e ocupações do solo na bacia hidrográfica mas, principalmente, no controle das atividades de piscicultura na bacia hidráulica, que ocorrem de maneira superintensiva
3

Estrutura das assembléias de bacterioplâncton, arqueoplâncton e fitoplâncton em estuários sob estresses antropogênicos (NE-Brasil)

Barroso, Hortência de Sousa January 2014 (has links)
BARROSO, H. de S. Estrutura das assembléias de bacterioplâncton, arqueoplâncton e fitoplâncton em estuários sob estresses antropogênicos (NE-Brasil). 2014. 159 f. Tese (Doutorado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-05-09T13:38:50Z No. of bitstreams: 1 2014_tese_hdesbarroso.pdf: 3426737 bytes, checksum: d33e4dfd1ad4a0c06b87ab2f298fe509 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-06-14T20:07:23Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_tese_hdesbarroso.pdf: 3426737 bytes, checksum: d33e4dfd1ad4a0c06b87ab2f298fe509 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-14T20:07:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_tese_hdesbarroso.pdf: 3426737 bytes, checksum: d33e4dfd1ad4a0c06b87ab2f298fe509 (MD5) Previous issue date: 2014 / This study evaluated the influence of nutrients and salinity on the structure of bacterioplankton, archaeoplankton and phytoplankton in four low-inflow estuaries from Ceará, northeastern Brazil (Ceará, Cocó, Pacoti e Pirangi). Sampling occurred during the dry (Nov/10) and rainy (May/11) periods in the surface layer of the water column. The richness and composition of the prokaryotes assemblages were assessed by denaturing gradient gel electrophoresis of 16S rRNA gene. Composition, species richness and density of the phytoplankton assemblage were analyzed by the traditional Utermöhl method. The estuaries were classified as eutrophic or hypereutrophic, according to the trophic state index modified for tropical environments, which take into account the contributions of total phosphorus and chlorophyll a. In the dry season, the salinity values were higher in all estuaries due to the decrease of freshwater inflow, increase of saltwater intrusion and higher evaporation rates. In the rainy season estuaries were characterized by increased river and inorganic suspended solids discharge. Regardless of environmental condition, the richness of bacteria was higher than that of archaea. Redundancy analysis (RDA) showed that the variation in the composition of particle-attached bacteria was significantly (p < 0.05) influenced by phosphorous and nitrogen concentrations, while the particle-attached archaea was driven by these nutrients and also by pH. The RDA for free-living bacteria showed that this assemblage was significantly (p < 0.05) influenced by TN:TP, while the variation in the composition of free-living archaea was not explained by any of the measured environmental variables. The highest phytoplankton densities occurred in Ceará (2.4 × 107 organisms.L-1) and Cocó (5.3 × 107 organisms.L-1) in the dry period. For these samples, the predominant taxa were the nanoplanktonic phytoflagellate Cryptomonas/Rodhomonas 1 and the cyanobacteria Synechocystis cf. aquatilis, respectively. In the dry period the Pacoti and Pirangi estuaries, where the hypersalinity condition occurred, the phytoplankton densities were low (1.0 × 105 organisms.L-1 and1.3 × 105 organisms.L-1, respectively), with the predominance of a small unidentified diatom (length = 11-15 μm) and the marine diatoms Cylindrotheca closterium and Thalassionema nitzschioides in both samples. The four estuaries in the rainy season presented the predominance of freshwater phytoplankton species, which were mostly typical of eutrophic environments (e.g. Planktothrix isothrix and Trachelomonas cf. volvocina var. volvolcina). The phytoplankton assemblage was mainly influenced by the concentrations of nitrogen, silica and salinity, according to the CCA. Taken together, our findings indicated the influence of nutrients to select populations of bacterioplankton, archaeoplankton and phytoplankton, showing the importance of pollution control in low-inflow estuaries. Regarding the salinity levels, prokaryotic assemblages seem more resistant to seasonal changes in this variable than the phytoplankton. / Este estudo avaliou a influência das concentrações de nutrientes e salinidade sobre a estrutura do bacterioplâncton, arqueoplâncton e fitoplâncton em quatro estuários de baixo influxo (Ceará, Cocó, Pacoti e Pirangi) do Ceará, Nordeste do Brasil. As amostragens ocorreram nos períodos seco (Nov/10) e chuvoso (Maio/11) na camada superficial da coluna d’água. A riqueza e composição das assembleias de procariotos foram acessadas pela técnica de eletroforese em gel de gradiente desnaturante. A riqueza, composição e densidade do fitoplâncton foram analisadas pelo método tradicional de Utermöhl. De acordo com o índice de estado trófico baseado nas concentrações de clorofila a e fósforo total os estuários foram classificados como eutróficos ou hipereutróficos. No período seco os valores de salinidade foram maiores em todos os estuários devido ao decrescimento nas descargas fluviais e aumento da intrusão marinha e taxas de evaporação. No período chuvoso os estuários foram caracterizados pela maior descarga fluvial e de sólidos inorgânicos em suspensão. A riqueza de bactérias foi sempre maior que a de arqueas em todos os estuários independente da condição ambiental. Nas análises de redundância mostrou-se que a composição de bactérias aderidas às partículas foram significativamente (p < 0,05) influenciadas pelas concentrações de nitrogênio e fósforo, enquanto as arqueias aderidas foram reguladas por estes nutrientes e também pelos valores de pH. Na RDA para as bactérias livres mostrou-se que esta teve a variação na sua composição significativamente influenciada (p < 0,05) pelas razões NT:PT, enquanto as arqueas livres não foram explicadas por qualquer dos fatores ambientais medidos. As maiores densidades fitoplanctônicas ocorreram no Ceará (2,4 × 107 organismos.L-1) e Cocó (5,3 × 107 organismos.L-1) no período seco tendo predominado nestas amostras, respectivamente, o fitoflagelado nanoplanctônico Cryptomonas/Rodhomonas 1 e a cianobactéria Synechocystis cf. aquatilis. Nos estuários Pacoti e Pirangi onde ocorreu a condição de hipersalinidade no período seco as densidades fitoplanctônicas foram baixas (1,0 × 105 organismos.L-1 e 1,3 × 105 organismos.L-1, respectivamente), com a predominância de uma diatomácea penada (comprimento= 11-15 μm) e das diatomáceas marinhas Cylindrotheca closterium e Thalassionema nitzschioides. Nos quatro estuários no período chuvoso ocorreu a predominância de espécies fitoplanctônicas dulcícolas e em sua maioria típicas de ambientes eutrofizados (e.g Planktothrix isothrix e Trachelomonas cf. volvocina var. volvolcina). Na CCA para o fitoplâncton observou-se que esta assembleia foi principalmente influenciada pelas concentrações de nitrogênio, sílica e salinidade. Em conjunto os resultados deste estudo mostraram a influência das concentrações de nutrientes em selecionar populações de bacterioplâncton, arqueoplâncton e fitoplâncton em estuários de baixo influxo, mostrando a importância do controle da poluição antropogênica nos mesmos. Quanto aos níveis de salinidade, as assembleias de procariotos parecem ser mais resistentes a mudanças sazonais nesta variável que o fitoplâncton.
4

Avaliação da qualidade das águas do açude Santo Anastácio / Evaluation of water quality of Santo Anastácio dam

Oliveira, Ana Cristina Bastos de January 2013 (has links)
OLIVEIRA, A. C. B.; BECKER, H. Avaliação da qualidade das águas do açude Santo Anastácio. 2013. 125 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2014-10-15T19:55:24Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_acboliveira.pdf: 2241173 bytes, checksum: 6488f4d91550dd178feec3c74dda7b33 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2014-11-03T20:04:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_acboliveira.pdf: 2241173 bytes, checksum: 6488f4d91550dd178feec3c74dda7b33 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-03T20:04:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_acboliveira.pdf: 2241173 bytes, checksum: 6488f4d91550dd178feec3c74dda7b33 (MD5) Previous issue date: 2013 / Brazil has a large quantity of freshwater, but the Northeast Region and state of Ceará suffer scarcity of this resource. In function of this, many rivers were barred to build reservoirs. Within this context, there is the Santo Anastácio dam (ASA), the object of this research, located in Fortaleza-Ceará. ASA is suffering progressive losses in the quality and depth of waters, mainly due to human actions. Thus, this study aimed to diagnose the evolution of this degradation by physical, chemical and biological analysis, as well as to calculate the water quality index (IQA) for ASA, to evaluate eutrophication and siltation levels and to study the spatial and temporal variability of their limnological parameters. All methods used here were based on the 21st edition of Standard methods for the examination of water and waterwaste - APHA-AWWA-WPCF. By the results, it was possible to conclude that some of the analysed parameters, including OD, total phosphorus and BOD, were evaluated against the established standards for freshwater, class 3, by “Resolução CONAMA nº357”, in which ASA was classified according to its predominant uses. This means that this reservoir is unfit for the purposes for which it is currently used. The results indicated a low quality of the waters, according to IQA, which oscillated between good and bad, with deterioration in quality, at the point 1, which is the region of ASA dam near the community that resides in its surroundings. About the level of eutrophication, it was classified as hypertrophic, higher ranking in artificial aging process. Regarding the temporal variation of the parameters, it can be concluded that there was seasonal, with the influence of local climate. This fact was observed by the study of correlations among the climatic factors using Tukey’s test and ratified by Principal Component Analysis (PCA). In relation to spatial variation, it was not observed in most variables, except the OD, that exhibited heterogeneity at the point 1, according to Tukey’s test. / O Brasil possui um grande volume de água doce, porém a Região Nordeste e o Estado do Ceará sofrem pela escassez deste recurso. Diante deste quadro muitos rios desta região foram barrados para a construção de reservatórios. Inserido neste contexto está o açude Santo Anastácio (ASA), objeto desta pesquisa, localizado em Fortaleza-Ceará. O ASA está sofrendo progressivo processo de perda da qualidade e da profundidade de suas águas, principalmente em função das ações antrópicas. Assim, esse trabalho teve como objetivo diagnosticar a evolução da perda dessa qualidade, por meio de análises físicas, químicas e biológicas, além de calcular o índice de qualidade das águas (IQA) do açude, avaliar o nível de eutrofização e de assoreamento e estudar a variabilidade espacial e temporal dos seus parâmetros limnológicos. Todos os métodos de análise utilizados foram baseados na 21ª edição do “Standard methods for the examination of water and waterwaste – APHA-AWWA-WPCF”. De acordo com os resultados, pode-se concluir que alguns dos parâmetros analisados, entre eles OD, fósforo total e DBO, estão em desacordo com os padrões estabelecidos para água doce, classe 3, pela Resolução CONAMA nº 357, na qual o ASA foi classificado, de acordo com seus usos preponderantes. Isto significa que esse corpo d’água se encontra impróprio para as finalidades para as quais ele se destina atualmente. A avaliação desse corpo hídrico apontou para baixa qualidade das suas águas, segundo o cálculo do IQA, que oscila entre bom e ruim, com agravamento na qualidade no ponto 1, que é a região do açude próxima à comunidade que reside no seu entorno. Com relação ao seu nível de eutrofização, ele foi classificado como hipereutrófico, classificação mais elevada no processo de envelhecimento artificial. Quanto à variação temporal dos parâmetros analisados, pode-se concluir que houve sazonalidade, com influência do clima local. Esse fato foi observado por meio do estudo das correlações entre os fatores climáticos no teste de Tukey e ratificado pela análise de componentes principais (PCA). Com relação à variação espacial, ela não foi observada na maioria das variáveis, com exceção do OD, que mostrou heterogeneidade no ponto 1, de acordo com o teste de Tukey.
5

Qualidade da água e Comunidade Íctia do Açude Marengo (Madalena, CE) durante o período de estiagem / Water quality and Community of Fishes in Marengo Dam (Madalena, CE) during the drought

Silva, Ana Caroline Bento da January 2014 (has links)
SILVA, A. C. B. Qualidade da água e Comunidade Íctia do Açude Marengo (Madalena, CE) durante o período de estiagem. 2014. 89 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Pesca) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by Daniel Eduardo Alencar da Silva (dealencar.silva@gmail.com) on 2015-01-20T20:13:09Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_acbsilva.pdf: 2872611 bytes, checksum: 140260323a79a692c52e4895f6ab5b3d (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2015-11-24T20:53:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_acbsilva.pdf: 2872611 bytes, checksum: 140260323a79a692c52e4895f6ab5b3d (MD5) / Made available in DSpace on 2015-11-24T20:53:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_acbsilva.pdf: 2872611 bytes, checksum: 140260323a79a692c52e4895f6ab5b3d (MD5) Previous issue date: 2014 / In the semiarid region of northeastern Brazil, long scarcity may to cause big changes in limnological variables. Aquatic organisms quickly realize the changes occurring in the environment and they are good tools to understand the preservation of interest area. This research aimed to observe the impacts about the water quality and ichthyofauna of the Marengo reservoir (localized in the Assentamento São Joaquim, Madalena, Ceará) due long scarcity. They were performed seven monthly collections (March to September of 2013) to evaluate the volume of water accumulated, the water’s trophic status and local ichthyofauna. The limnological variables analyzed were the Secchi transparency (euphotic zone), dissolved oxygen, temperature, pH, electrical conductivity, total phosphorus, chlorophyll a, Chemical Oxygen Demand (COD) and total nitrogen. The trophic status was estimated by the Lamparelli (2004) equations. The local ichthyofauna was analyzed by ecological indexes (Shannon’s diversity, Margalef’s richness and Pielou’s eveness). The results showed a significant reduction of 1,60 hm3 in the volume of water of Marengo reservoir, due to absence of rains and high rate of evaporation and population demand. The chlorophyll a and total phosphorus showed values above the maximum limit set by CONAMA Resolution 357/2005. The trophic status by Lamparelli (2004) indicated the reservoir can be eutrophic in all collections points, reaching hypereutrophic level. They were collected 1.129 fishes belong to 12 different species. The eveness showed high abundance of small fishes (A. bimaculatus, C. orientale and S. notonota) in the point 3, due to morphological aspect, giving refuge possibilities. The point 1 was characterized as the most diverse, richest and largest values of eveness, due to high movement of people and animals. The prolonged drought caused reduction of level of water in the Marengo reservoir and it provided high concentration of nutrients in the water column, reaching the highest trophic level (hypereutrophic). Due to poor water quality, the ichthyofauna will may enter into ecological imbalance and reach high rates of mortality for several species, similar to what occurred in Paus Branco reservoir (Madalena, Ceará). / Na região semiárida do nordeste brasileiro, períodos de escassez prolongados podem ocasionar profundas modificações nas variáveis limnológicas. Organismos aquáticos percebem rapidamente as alterações que ocorrem no ambiente e são boas ferramentas para o conhecimento do estado de conservação da área de interesse. A presente pesquisa buscou observar os impactos sobre a qualidade da água e a ictiofauna do açude Marengo (localizado no assentamento São Joaquim, em Madalena, Ceará) decorrentes do extenso período de estiagem. Foram realizadas sete coletas mensais (de março a setembro de 2013) para avaliar o volume de água acumulado, o estado trófico da água e a ictiofauna local. As variáveis limnológicas analisadas foram a transparência de Secchi (zona eufótica), oxigênio dissolvido, temperatura, pH, condutividade elétrica, fósforo total, clorofila a, Demanda Química de Oxigênio (DQO) e nitrogênio total. O estado trófico foi estimado mediante as equações propostas por Lamparelli (2004). A ictiofauna local foi analisada através de índices ecológicos (diversidade de Shannon, riqueza de Margalef e equitabilidade de Pielou). Os resultados mostraram que houve uma significativa redução de 1,60 hm3 no volume de água do açude Marengo, devido à ausência de chuvas e elevadas taxas de evaporação e demanda populacional. As concentrações de clorofila a e fósforo total apresentaram valores acima do limite máximo estabelecido pela Resolução 357/2005 do CONAMA. O Índice de Estado Trófico de Lamparelli (2004) indicou que o açude pode estar eutrofizado em todos os pontos de coleta, atingindo nível hipereutrófico. Foram coletados 1.129 peixes pertencentes a 12 espécies diferentes. Os valores de diversidade e riqueza foram considerados baixos para os três locais de coleta. A estimativa da equitabilidade local mostrou que houve maior abundância de peixes pequenos das espécies A. bimaculatus, C. orientale e S. notonota no ponto 3, devido ao aspecto morfológico do local, conferindo maior possibilidade de refúgio. Dentre os pontos analisados, o ponto 1 foi caracterizado como o mais diverso, mais rico e com maiores valores de equitabilidade, devido a movimentação de pessoas e animais no local. A seca prolongada ocasionou a redução do nível da água do açude Marengo e proporcionou a concentração de nutrientes na coluna d’água, atingindo o nível hipereutrófico. Devido à má qualidade da água, a comunidade de peixes poderá entrar em desequilíbrio ecológico e atingir altas taxas de mortalidade, semelhante ao ocorrido no açude Paus Branco (Madalena).
6

Análise espaço temporal do estado trófico de uma laguna costeira subtropical

Silva, Victor Eduardo Cury January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2016-12-27T03:11:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 342545.pdf: 3062343 bytes, checksum: 1ac99563c244acf690ada1cd566aa825 (MD5) Previous issue date: 2016 / A entrada de nutrientes de fonte terrestre em corpos de água superficiais é um fenômeno natural, porém o aumento da população humana e a expansão das áreas urbanizadas sem planejamento urbanístico promove um incremento nas cargas de lançamento, acelerando o processo de eutrofização natural desses ambientes. Altos níveis de eutrofização em lagunas costeiras devido à atividade antrópica têm sido documentados em todo mundo, provocando impactos que podem levar a floração de algas tóxicas, hypoxia, anoxia, mortalidade de peixes, redução da biodiversidade e perda do estoque pesqueiro. A Lagoa da Conceição é uma laguna costeira estrangulada localizada em uma bacia hidrográfica urbanizada na região leste da ilha de Santa Catarina. A população residente da bacia hidrográfica que em 2000, segundo dados da prefeitura municipal de Florianópolis, era de 47mil chegou a 92mil habitantes em 2015. A taxa anual de crescimento populacional de 6,5% ao ano resulta mais de quatro vezes maior que o crescimento populacional médio do estado de Santa Catarina (1,5% ao ano). Esta dissertação avaliou a evolução do estado trófico da Lagoa da Conceição nos últimos 15 anos a partir da integração dos dados coletados em campo por vários autores ao longo do período. O diagnóstico do estado atual (2015) da laguna foi estimado por meio da medição de cargas lançadas para o corpo de água, em treze campanhas amostrais realizadas em cinco rios da bacia hidrográfica e quatro campanhas amostrais realizadas no corpo lagunar ao longo do ano. A análise da evolução do estado trófico com base no índice TRIX demonstrou dois períodos bem distintos. Até 2005 a laguna apresentava oligo-mesotrofismo, mas a partir de 2007 passou a ser eutrófica. As regiões da laguna mais afetadas estão na porção sul da laguna, onde foram registrados os máximos valores de índice trófico (hiper-eutrófico) e no subsistema central que apresenta hipoxia e anoxia nas águas de fundo, intensificadas pela forte estratificação da coluna d?água nesta região. Verificamos um aumento da estratificação vertical dessa região nos últimos anos, fato atribuído ao aumento gradual da salinidade de fundo e redução da salinidade da superfície, tornando o fundo deste setor mais suscetível ao acumulo de nutrientes. A partir das campanhas realizadas em 2015 foram estimadas cargas anuais de lançamento de nutrientes de fonte terrestre que resultaram em 20,2 toneladas de nitrogênio na forma inorgânico dissolvido (NID) e 1,3 toneladas de fósforo na forma inorgânico dissolvido (PID). A produção de carga específica de nutrientes por unidade de área da bacia hidrográfica resultou de aproximadamente 260g N/m²ano e 17g P/m²ano, sendo maiores do que os valores de referência para risco de eutrofização. As regiões da Bacia Hidrográfica que possuem maior impacto nas cargas de lançamento de nutrientes foram a região norte (alta densidade demográfica) que apresentou as maiores cargas de NID (60,5%) e a segunda maior carga de PID (14,1%) com a menor vazão relativa a total (15,69%) e a região centro-sul (alta densidade urbana e populacional) que apresentou elevada proporção das cargas de NID (27,4%) e a maior carga de PID (44%), sendo que sua vazão é a segunda menor (17,72%). Sendo assim, sugere-se que ações de gestão dos sistemas de tratamento do esgoto sanitário deveriam ser priorizadas nestas duas áreas, já que estas representam grande parte das contribuições de efluente sanitário que podem ser tratados diminuindo assim os impactos antrópicos da urbanização da bacia hidrográfica.<br> / Abstract : The input of terrestrial source nutrients in surface water bodies is a natural phenomenon, but the increase of human population and the expansion of urbanized areas without urban planning promotes an increase in the nutriente loads, accelerating the natural eutrophication process of these environments. High eutrophication levels in coastal lagoons due to human activity have been documented worldwide, causing impacts that may lead to blooming of toxic algae, hypoxia and anoxia, fish mortality, reduction of biodiversity and stock of fishing. The Lagoa da Conceição is a chocked coastal lagoon located in an urbanized watershed in the eastern region of the island of Santa Catarina. The resident population of the river basin in 2000, according to the Florianópolis prefecture, was 47 thousands reached 92 thousands habitants in 2015. The annual population growth rate of 6.5% per year results more than four times the growth average rate of the state of Santa Catarina (1.5% per year). This paper evaluated the evolution of the trophic state of Lagoa da Conceição in the last 15 years from the integration of data collected in the field by various authors over the period. The diagnosis of the current state (2015) of the lagoon was estimated by measuring rivers loads into the water body, through thirthteen survey campaings in five rivers and four campaigns in the lagoon all over the year. The analysis of the evolution of the trophic state based on TRIX index showed two distinct periods. Until 2005 the lagoon had oligo-mesotrofismo, but from 2007 became eutrophic. The most affected lagoon regions are in the south of the lagoon portion where were recorded the maximum trophic index values (hyper-eutrophic) and the central subsystem that features hypoxia and anoxia in the bottom waters that are intensified by the strong vertical stratification of the water column in this region. We found an increase in stratification of the region in recent years, which was attributed to the gradual increase in the bottom salinity and reducing the salinity of the surface, making the bottom of this sector more susceptible to accumulation of nutrients. From campaigns in 2015 they were estimated annual nutrient loads release of terrestrial source resulted in 20.2 tons of nitrogen in the dissolved inorganic form (NID) and 1.3 tons of phospsorus in the dissolved inorganic form (PID). The production of specific nutrient load in the river basin area resulted approximately 260g N / m²ano and 17g P / m²ano, being higher than the reference values for risk of eutrophication. The regions of the basin that have greater impact on release of nutriente loads were the northern region (high population density) that had the highest loads of NID (60.5%) and the second largest PID load (14.1%) with the reduced flow on total (15.69%) and the south-central region (high-density urban and population) that showed high proportion of cargo NID (27.4%) and the highest PID load (44%), and second lowest flow rate of the basin (17.72%). Thus, it is suggested that management actions of the sewage treatment systems should be focused on these two areas, as these account for most of sanitary effluent contributions that can be treated so reducing human impacts in the basin.
7

AVALIAÇÃO DA PRESENÇA DE CIANOBACTÉRIAS POTENCIALMENTE TÓXICAS E MICROCISTINAS NAS LAGOAS HIPEREUTRÓFICAS DA REGIÃO DA GRANDE VITÓRIA, ES.

GOMES, Y. M. 30 May 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-24T22:53:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7879_Dissertação final.pdf: 1763063 bytes, checksum: 2ce4fd9ae84336ce09df75f4cc24c04e (MD5) Previous issue date: 2014-05-30 / Um dos problemas mais graves relacionados com a eutrofização de corpos hídricos são as florações de cianobactérias produtoras de cianotoxinas. O objetivo da pesquisa foi verificar a presença e avaliar o potencial tóxico de cianobactérias em três lagoas localizadas no município da Serra-ES, Brasil. Entre os meses de fevereiro a dezembro de 2013, foram coletadas amostras de água das lagoas Maringá, Juara e Jacuném. Foram realizadas as análises dos parâmetros de qualidade de água (temperatura, pH, turbidez, DQO, DBO, fósforo, nitrogênio, clorofila a e estado trófico do corpo dágua), a detecção e quantificação das microcistinas por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e a detecção dos genes para expressão de ficocianina e microcistinas por reação em cadeia da polimerase (PCR). Durante todo o estudo estas lagoas apresentaram concentrações superiores a 56 &#956;g/L de clorofila e 50 &#956;g/L de fósforo, sendo então classificadas como ambientes hipereutróficos. Além disso foram encontrados altos níveis de nitrogênio, DBO e DQO indicando um ambiente altamente impactado. As microcistinas estiveram presentes em 56,2% (9/16) das amostras de águas analisadas, sendo que no mês de junho foi detectado concentrações de 8,9 &#956;g/L da variante LR e 18,8 &#956;g/L da variante RR nas lagoas Juara e Jacuném, respectivamente. O gene responsável pela codificação da ficocianina foi detectado em 87,5% (14/16) das amostras de águas e nessas mesmas amostras genes mcy foram detectados. Os resultados das análises físico-químicas da água das três lagoas avaliadas e a presença do gene mcy indicam condições ambientais favoráveis para o desenvolvimento de florações de cianobactérias com potencial tóxico. As altas concentrações de microcistinas detectadas nas lagoas oferecem risco à saúde pública.
8

Planejamento da Operação de Reservatório Objetivando a Melhoria da Qualidade da Água: Estudo de Caso No Agreste Pernambucano

BARBOSA, Ioná Maria Beltrão Rameh 27 March 2012 (has links)
Submitted by Eduarda Figueiredo (eduarda.ffigueiredo@ufpe.br) on 2015-03-05T12:27:46Z No. of bitstreams: 2 TESE_Ioná_ Rameh.pdf: 5853708 bytes, checksum: 4f8e81096319c235295cbe05376c81f7 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T12:27:46Z (GMT). No. of bitstreams: 2 TESE_Ioná_ Rameh.pdf: 5853708 bytes, checksum: 4f8e81096319c235295cbe05376c81f7 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012-03-27 / O aporte de nutrientes constitui-se um dos maiores problemas em reservatórios artificiais. A eutrofização desencadeada pelo excesso de nitrogênio e fósforo em corpos hídricos tem despertado a atenção do Poder Público em função do perigo que estas águas oferecem, principalmente quando utilizadas para o abastecimento humano. Esta pesquisa desenvolveu-se no reservatório Jucazinho, que abastece cerca de 800 mil habitantes e está localizado na Bacia do rio Capibaribe, no Agreste pernambucano. O trabalho teve como objetivo definir estratégias de operação do reservatório, visando à redução das concentrações de fósforo total e, consequentemente, a tendência à eutrofização das águas. A metodologia do balanço de massa foi adotada para simular concentrações de fósforo total no reservatório, embasada em cenários de reduções do aporte deste nutriente devido ao tratamento dos efluentes domésticos e industriais das lavanderias de jeans a montante de Jucazinho, no volume mensalmente retirado pela COMPESA (Companhia Pernambucana de Saneamento) e no que deve ser liberado pela descarga de fundo. Com os cenários previstos foram avaliados os horizontes de recuperação da qualidade da água represada no manancial quanto à concentração de fósforo. A meta foi definir volumes mensais de descarga que possibilitem reduzir as concentrações deste nutriente ao nível recomendado pela Resolução CONAMA 357/05. Em articulação com a COMPESA e a APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima) procedeu-se um teste experimental de funcionamento da descarga de fundo, estabelecendo-se monitoramento da água liberada e avaliando-se o seu impacto no trecho a jusante de Jucazinho. Os cenários simulados indicaram que a operação adequada do reservatório para a renovação da água e a implantação de padrões elevados de tratamento dos esgotos podem levar à recuperação do manancial a médio prazo (11 anos).
9

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA FAUNA DE ANELÍDEOS POLIQUETAS DE PRAIAS ARENOSAS AO LONGO DE UM GRADIENTE DE POLUIÇÃO ORGÂNICA NA BAÍA DE GUANABARA, RJ.

Oliveira, Fernanda Silveira Costa 20 August 2013 (has links)
Submitted by Mendes Eduardo (dasilva@ufba.br) on 2013-08-20T16:31:24Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao Mestrado Fernanda Silveira Costa de Oliveira.pdf: 1979424 bytes, checksum: 1053254240264a65735e4ad2c4a90a37 (MD5) / Approved for entry into archive by Alda Lima da Silva(sivalda@ufba.br) on 2013-08-20T20:58:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao Mestrado Fernanda Silveira Costa de Oliveira.pdf: 1979424 bytes, checksum: 1053254240264a65735e4ad2c4a90a37 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-20T20:58:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao Mestrado Fernanda Silveira Costa de Oliveira.pdf: 1979424 bytes, checksum: 1053254240264a65735e4ad2c4a90a37 (MD5) / Capes / A estrutura da comunidade de poliquetas foi comparada entre seis praias arenosas da Baía de Guanabara ao longo de um presumido gradiente de qualidade ambiental baseado na divisão da baía em cinco setores proposto por Mayr et al. (1989). As praias estão situadas nos setores 5 (Catalão e Ramos), 3 (Bica e Bananal) e 4 (Limão e São Gabriel) na região interna da Baía, a qual é caracterizada pela menor influência de águas oceânicas e por um gradiente de poluição que se desloca no eixo oeste-leste. Os descritores da comunidade foram composição, densidade, biomassa, riqueza de Margalef, diversidade de Shannon e equitabilidade de Pielou. As praias foram amostradas em três campanhas – setembro/2005, março/2006 e outubro/2006. As praias foram seccionadas em três estratos (superior, intermediário e inferior) ao longo da zona entre-marés em três transectos (10 m de largura), sendo coletados três corers (0,01m2) por estrato. Os descritores abióticos foram granulometria, matéria orgânica e declividade. As espécies dominantes foram Capitella capitata complexo, Streblospio benedicti, Polydora sp., Syllis cornuta e Prionospio sp. A estrutura da comunidade de poliquetas apresentou variabilidade espacial entre praias e setores. Os setores 4, 5 e 3 podem ser classificados como não poluído, moderadamente poluído e poluído, respectivamente. A contribuição de várias espécies de grande porte e em baixa densidade, como L. acuta, A. succinea e C. capitata complexo, podem explicar porque o setor 4 é classificado como não poluído. O setor 5 apresentou biomassa e densidade intermediários aos demais setores, não sendo o mais afetado pela poluição orgânica. O setor 3 foi mais afetado pela poluição orgânica, possivelmente pelos baixos valores de riqueza e diversidade e pela presença de espécies bioindicadoras, de baixa biomassa e elevada densidade sugerindo um maior efeito da poluição sobre a fauna de poliquetas neste local. / Salvador (BA)
10

Modelagem fuzzy da dinâmica de cianobactérias e análise de risco ambiental em rios, utilizando parâmetros hidráulicos e de transporte de massa / Fuzzy modeling of cyanobacteria dynamics and environmental risk analysis in rivers, using hydraulic and mass transport parameters

Souza, Alice Rocha de 01 December 2016 (has links)
SOUZA, A. R. Modelagem fuzzy da dinâmica de cianobactérias e análise de risco ambiental em rios, utilizando parâmetros hidráulicos e de transporte de massa. 2016. 131 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Hohana Sanders (hohanasanders@hotmail.com) on 2017-02-02T11:04:49Z No. of bitstreams: 1 2016_tese_arsouza.pdf: 1094098 bytes, checksum: 81dc06f1fea64764456b974e11341855 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2017-02-23T12:04:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_tese_arsouza.pdf: 1094098 bytes, checksum: 81dc06f1fea64764456b974e11341855 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-23T12:04:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_tese_arsouza.pdf: 1094098 bytes, checksum: 81dc06f1fea64764456b974e11341855 (MD5) Previous issue date: 2016-12-01 / Excessive proliferation of phytoplanktonic organisms, a phenomenon known as flowering Or -bloom‖, with cyanobacteria being the most frequent organisms in water blooms Has been an environmental problem in the world. Several surveys have paid attention Especially to the occurrence of cyanobacteria, because some species are potential Toxins and may pose a serious health risk to the population. This job Developed an environmental risk analysis methodology related to the proliferation of Cyanobacteria in rivers, based on a fuzzy mathematical structure, so that models Can be evaluated. For the study, hydraulic models were developed Together with mass transport models for nutrients, making it possible to know the Behavior of the cyanobacteria in the movement and growth in rivers and, with this, Perform the fuzzy risk and reliability calculation. The model presents a Fuzzy mathematics, which describes the dynamics of cyanobacteria in terms of density, Growth, vertical and horizontal migration as a function of light, temperature, nutrients and Hydraulic fluvial, allowing to carry out environmental risk analysis according to the legislation. Simulations were performed through a computer program in language FORTRAN, on the influence of these environmental parameters on the water body and on the Cyanobacteria, both in the vertical and in the longitudinal direction of the river. The results Showed that among the evaluated parameters, the luminosity was the one that showed greater Influence on the behavior of cyanobacteria, with direct effects on density, Growth rate and fluctuation of cyanobacteria, especially in the period of greatest Solar incidence. Phosphorus, a limiting nutrient in the study, showed that in greater or lesser Intensity is decisive in the process of development of cyanobacteria and that even For different concentrations, have a behavior with very close variations, Providing similar behavior regarding cyanobacteria dynamics. With Temperature, the cyanobacteria showed better 26 ° C for all parameters studied, both vertically and horizontally River. Finally, the developed model proved to be a viable alternative in the risk assessment Of cyanobacteria in rivers, and can thus subsidize management actions and Monitoring of water quality. / A proliferação excessiva de organismos fitoplanctônicos, fenômeno conhecido como floração ou ―bloom‖, sendo as cianobactérias os organismos mais frequentes em florações de águas continentais, tem sido um problema ambiental no mundo. Várias pesquisas tem dado atenção especial à ocorrência de cianobactérias, pelo fato de algumas espécies serem potenciais produtoras de toxinas, podendo representar um sério risco à saúde da população. Este trabalho desenvolveu uma metodologia de análise de risco ambiental relacionada à proliferação de cianobactérias em rios, com base em uma estrutura matemática fuzzy, de modo que modelos de previsão possam ser avaliados. Para o estudo foram desenvolvidos modelos hidráulicos conjuntamente com modelos de transporte de massa para nutrientes, possibilitando conhecer o comportamento da cianobactérias quanto ao movimento e crescimento em rios e, com isso, realizar o cálculo de risco e confiabilidade fuzzy. O modelo apresenta uma estrutura matemática fuzzy, que descreve a dinâmica das cianobactérias quanto a densidade, taxa de crescimento, migração vertical e horizontal em função da luz, temperatura, nutrientes e hidráulica fluvial, permitindo realizar análise de risco ambiental de acordo com a legislação. Foram realizadas simulações, por meio de um programa computacional em linguagem FORTRAN, sobre a influência desses parâmetros ambientais no corpo hídrico e sobre as cianobactérias, tanto no sentido vertical quanto no sentido longitudinal do rio. Os resultados mostraram que entre os parâmetros avaliados, a luminosidade foi a que mostrou maior influência sobre o comportamento das cianobactérias, com efeitos diretos sobre a densidade, taxa de crescimento e flutuação das cianobactérias, principalmente no período de maior incidência solar. O fósforo, nutriente limitante no estudo, mostrou que em maior ou menor intensidade é determinante no processo de desenvolvimento das cianobactérias e que mesmo para diferentes concentrações, possuem um comportamento com variações muito próximas, proporcionando comportamento semelhante quanto a dinâmica das cianobactérias. Com relação a temperatura, as cianobactérias apresentaram melhor desempenho na temperatura de 26°C para todos os parâmetros estudados, tanto na vertical quanto no sentido horizontal do rio. Por fim, o modelo desenvolvido mostrou-se uma alternativa viável na avaliação de risco ambiental de cianobactérias em rios, podendo, assim, subsidiar nas ações de gestão e monitoramento da qualidade da água.

Page generated in 0.051 seconds