• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 310
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 2
  • Tagged with
  • 313
  • 183
  • 155
  • 134
  • 98
  • 82
  • 64
  • 57
  • 51
  • 47
  • 47
  • 47
  • 44
  • 40
  • 38
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A vivencia do doente renal cronico em hemodialise : significados atribuidos pelos pacientes

Campos, Claudinei José Gomes, 1963- 26 February 2002 (has links)
Orientador : Egberto Ribeiro Turato / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-01T13:01:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Campos_ClaudineiJoseGomes_D.pdf: 15770280 bytes, checksum: c989694dfcbfb63acb4045f9225cb5d4 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: o tratamento de hemodiálise realizado por doentes renais crônicos é sabidamente conhecido na literatura como desgastante e impõe a estes indivíduos uma série de limitações no âmbito biológico, psicológico e social. Este trabalho objetivou estudar como os doentes renais vivenciam a experiência do tratamento de hemodiálise, num serviço especializado de um Hospital Público Universitário. Como objetivos específicos procurei analisar e compreender o significado que o paciente atribui ao seu tratamento; conhecer as limitações de âmbito biopsicossociais experimentados pelo doente renal em hemodiálise e compreender como lidam com elas, além de analisar, sob o ponto de vista do paciente, como percebe o atendimento dispensado a ele pelos profissionais de saúde desta área e suas relações interpessoais. O método utilizado foi o clínicoqualitativo, utilizando como instrumento de coleta de dados a técnica de entrevista semi-estruturada. Obtive uma amostra de sete pacientes selecionados por amostragem intencional e saturação de dados, sendo que as entrevistas foram gravadas em áudio e literalmente transcritos o conteúdo das mesmas, utilizou-se como técnica de tratamento do material, a análise de conteúdo temática. Como resultado, obtive cinco categorias segundo: 1) as vivências e significados da hemodiálise para o paciente, 2) aspectos psicológicos envolvidos, 3) restrições físicas e sociais impostas pela doença e tratamento, 4) a relação equipe multidisciplinar/paciente em hemodiálise e 5) a questão do transplante renal sob a ótica do doente renal crônico em hemodiálise. Concluo que o doente renal crônico apresenta significações as mais diversas ao tratamento de hemodiálise e as interpreta segundo suas crenças ou individualidade, sendo que a questão da sobrevivência surgiu como significado principal para tal evento. A doença renal e o tratamento de hemodiálise suscitam no indivíduo alterações emocionais de variados graus, que podem interferir no andamento do tratamento. Os pacientes apresentam, em relação à vivência no campo social, dificuldades no setor profissional, na relação com amigos e familiares, além de certa discriminação social. Na relação interpessoal com a equipe multidisciplinar, os pacientes referem necessitar:.. de maior atenção e mais tempo para serem ouvidos. Em alguns pacientes, surgiram sentimentos de medo e ambivalência sobre a possibilidade de realização de um transplante renal e desconfiança em relação a lei de transplantes, implantada no país / Doutorado / Saude Mental / Doutor em Ciências Médicas
2

O cuidado nas unidades de hemodiálise segundo a percepçao dos enfermeiros

Pasqual, Daisy Doris 13 March 2012 (has links)
No description available.
3

Análise de diferentes materiais biológicos para a detecção de nanopartículas calcificadas e de microrganismos / Analysis of deferent biological structers for the detention of nanopartículas calcificadas and microrganismos

Campos, Karen January 2008 (has links)
Nanobactérias (NPC) ou nanopartículas calcificadas (NPC) são estruturas não convencionais, com tamanho de 100 a 1000 vezes menor do que bactérias comuns e com taxa de crescimento muito lenta, o que torna sua detecção difícil pelos métodos convencionais. Essas estruturas têm sido observadas no meio ambiente e em diferentes materiais biológicos. Sob condições fisiológicas, elas produzem uma cápsula ou envelope de apatita biogênica em sua superfície, podendo estar implicadas na formação de calcificações extra-esqueléticas em humanos contribuindo, assim, para o desenvolvimento de muitas doenças crônicas. A biomineralização é um processo que acontece normalmente ou pode ocorrer em condições patológicas, sendo sua base molecular ainda bastante desconhecida. Pacientes com insuficiência renal crônica, além de apresentarem calcificações vasculares, estão sujeitos à contaminação por microrganismos presentes na água quando submetidos ao processo de hemodiálise. Por outro lado, pessoas aparentemente sadias podem desenvolver cálculos renais, sem que se conheça exatamente a causa. Neste estudo foram analisados diversos tipos de material biológico: cultivos celulares, água utilizada nos sistemas de hemodiálise, sangue e outros tipos de materiais biológicos calcificados. A metodologia empregada incluiu técnicas de cultivo e de microscopia eletrônica de varredura para a detecção de NPC e de microrganismos. Os resultados mostraram que a água utilizada para hemodiálise era de boa qualidade, uma vez que poucos microrganismos foram detectados nas amostras analisadas. Por outro lado, em praticamente todo o material utilizado em cultivos celulares foram detectadas NPC. No material biológico proveniente de pacientes não foram detectadas NPC, com exceção dos cálculos renais, onde a microscopia eletrônica evidenciou a presença dessas estruturas em 85% do material analisado. / Nanobacteria (NPC) or calcifyning nanoparticles (CNP) are not conventional structures, with size from 100 to 1000 times lesser of that of common bacteria and a very slow growth, wich makes difficult its detention by conventional methods. These structures have been observed in the environment and different biological materials. Under physiological conditions, they produce a capsule or envelope of hidroxyl apatite on the surface, that could be related to extraskeletal calcification in human beings contributing, thus, for the development of many chronic illness. The biomineralization is a process that occurs normally or in pathological conditions, but the molecular basis is not completely understood. Patients with chronic renal insufficience, besides presenting vascular calcification, are vunerable to contamination by microorganisms present in the water when submited to the process of hemodialysis. On the other hand, healthy people may develop kidney stones whithout an apparent cause. Different biological materials were analyzed in this study: cell cultures, water used in hemodialysis systems, blood and other types of biological samples from patients with different diseases. The methodology employed here included techeniques of culture and scanning electronic microscopy (SEM) for the detection of CNP and microorganisms. The results showed that water with good quality was used for hemodialysis, since few microorganisms were detected in the analysed samples. On the other side, most material used in cell cultures was contaminated by CNP. In material collected from patients no CNP were detected, with exception of kidney stones where SEM indicated the presence of these structures in 85% of the analyzed samples.
4

Força do aperto da mão e ângulo de fase

Garcia, Monique Ferreira January 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2012 / Made available in DSpace on 2013-06-25T23:55:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 312522.pdf: 1202294 bytes, checksum: 380de02335f26c27c2dc72c6313ecb27 (MD5) / Introdução: Na ausência de uma técnica ideal para avaliar o estado nutricional em pacientes renais, tem-se buscado identificar parâmetros capazes de diagnosticar a desnutrição. O objetivo deste estudo foi verificar a acurácia diagnóstica da força do aperto da mão (FAM) e do ângulo de fase (AF) na avaliação da desnutrição de pacientes submetidos à hemodiálise (HD). Métodos: Estudo de avaliação da acurácia diagnóstica de parâmetros nutricionais com pacientes em HD. A acurácia e os pontos de corte para desnutrição da FAM e do AF foram investigados por meio das curvas ROC (receiver operating characteristic - características de operação do receptor), utilizando como padrão de referência: avaliação subjetiva global (ASG), escore de desnutrição-inflamação (malnutrition-inflammation score - MIS) e rastreamento de risco nutricional 2002 (nutritional risk screening 2002 - NRS 2002). A associação da FAM e do AF com outros parâmetros nutricionais, como o índice de massa corporal (IMC), porcentagem de massa de gordura (% MG), massa livre de gordura (MLG), circunferência do braço (CB), circunferência muscular do braço (CMB) e AF ou FAM, foi verificada por correlação e regressão linear múltipla, considerando como significância P < 0,05. Resultados: Foram avaliados 138 pacientes (85 homens), com idade entre 24 e 84 anos (média 55,4 ± 15,2 anos). A área abaixo da curva (area under the curve - AUC) da FAM e do AF mostrou moderada acurácia nas mulheres (FAM: ASG = 0,818; MIS = 0,834; NRS 2002 = 0,882 e AF: ASG = 0,718; MIS = 0,780; NRS 2002 = 0,778) e baixa nos homens (FAM: ASG = 0,646; MIS = 0,606; NRS 2002 = 0,620 e AF: ASG = 0,570; MIS = 0,662 NRS 2002 = 0,668). Os valores preditivos positivos e negativos também foram maiores nas mulheres. Os pontos de corte para o diagnóstico da desnutrição de acordo com o padrão de referência (MIS) foram: < 18 kg e < 28,5 kg para a FAM; < 6,1° e 6,5° para o AF, nas mulheres e homens, respectivamente. Houve uma correlação positiva moderada da FAM com o AF (r = 0,396; P < 0,001) e com a MLG (mulheres: r = 0,340; P = 0,013; homens: r = 535; P = < 0,001) em ambos os sexos, e apenas no caso dos homens com a CB (r = 0,384; P < 0,001) e a CMB (r = 0,386; P < 0,001). O AF teve correlação positiva fraca nos homens com o IMC (r = 0,270; P < 0,019), e moderada com a CB (r = 0,464; P <0,001) e a CMB (r = 0,335; P < 0,001). No caso das mulheres, pacientes diagnosticadas como desnutridas pela FAM tiveram menores valores do AF (ß = -1,00), da MLG (ß = -3,15) e da CB (ß = -2,80), enquanto nos homens, os pacientes desnutridos tiveram menores valores da MLG (ß = -4,53), da CB (ß = -1,71) e da CMB (ß = -1,28). As mulheres consideradas desnutridas pelo AF tiveram valores menores da % MG (ß = -5,4) e da FAM (ß = -5,4), enquanto os homens desnutridos tiveram valores menores da CB (ß = -2,57), da CMB (ß = -2,07) e do IMC (ß = -2,44). Conclusão: A FAM e o AF apresentaram acurácia para o diagnóstico de desnutrição nas mulheres, e associação com a maioria dos parâmetros nutricionais, em ambos os sexos, sugerindo que os dois parâmetros nutricionais podem ser úteis quando utilizados como complemento na avaliação da desnutrição de pacientes em HD. <br> / Abstract : Background: In the absence of an ideal technique for assessing the nutritional status in renal patients, researchers have tried to identify appropriate parameters for the diagnosis of malnutrition. The objective of this study was to verify the diagnostic accuracy of the handgrip strength (HGS) and phase angle (PA) in the assessment of malnutrition in patients undergoing hemodialysis (HD). Methods: Validation study of diagnostic tests for HD patients. The HGS and PA accuracy and cutoff values for malnutrition were evaluated by the ROC (receiver operating characteristic) curves, using as reference standards the subjective global assessment (SGA), malnutrition-inflammation score (MIS) and nutritional risk screening 2002 (NRS 2002). The association of HGS and PA with other nutritional parameters, such as the body mass index (BMI), the fat mass percentage (% FM), fat-free mass (FFM), mid-arm circumference (MAC), mid-arm muscle circumference (MAMC) and PA or HGS, was verified by correlation and multiple linear regression, considering P<0.05 as significant. Results: A total of 138 patients on hemodialysis (85 men/53 women), aged between 24 and 84 years (average 55.4 ± 15.2 years) were evaluated. The area under the curve for the HGS and PA showed moderate accuracy in the case of women (HGS: SGA = 0.818; MIS = 0.834; NRS 2002 = 0.882 and PA: SGA = 0.718; MIS = 0.780; NRS 2002 = 0.778) and low accuracy in the case of men (HGS: SGA = 0.646; MIS = 0.606; NRS 2002 = 0.620 and PA: SGA = 0.570; MIS = 0.662 NRS 2002 = 0.668). The cutoff values in the diagnosis of malnutrition according to the reference standard (MIS) were: < 18 kg and < 28.5 kg for HGS; < 6.1° and < 6.5° for PA, for women and men, respectively. The positive and negative predictive values were also higher for women. There was a positive correlation of the PA with HGS (r = 0.396; P <0.001) and with FFM (women: r = 0.340; P < 0,001; men: r = 0.535; P = < 0,001) for both genders and only in the case of men with, MAC (r = 0.384, P < 0.001) and MAMC (r = 0.386, P < 0.001). For men, the AF was positively correlated with the BMI (r = 0.270, P < 0.019), % FM (r = 0.237, P < 0.041), MAC (r = 0.464, P < 0.001) and MAMC (r = 0.335; P < 0.001). Among women, patients diagnosed as malnourished by the HGS had lower values for PA (ß=-1.00), FFM (ß = -3.15) and MAC (ß = -2.80), while in the case of men, the malnourished patients, had lower values for FFM (ß = -4,53), MAC (ß = -1.71) and MAMC (ß = -1.28). The women diagnosed as malnourished by the PA had lower values for %FM (ß = -5.4) and HGS (ß = -5.4), while for the malnourished men lower values were obtained for MAC (ß = -2.57), MAMC (ß = -2.07) and BMI (ß = -2.44). Conclusions: HGS and PA presented accuracy in the diagnosis of malnutrition in women, and there was association with some of the nutritional parameters for both genders, suggesting that these two nutritional parameters may be useful when used as a complement in the assessment of malnutrition in HD patients.
5

Caracterização e estado nutricional de portadores de insuficiência renal crônica em tratamento hemodialítico no Distrito Federal

Costa, Luciane da Graça da 04 March 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2015. / Submitted by Fernando de Jesus Pereira (fernandodejpereira@gmail.com) on 2015-05-22T14:10:54Z No. of bitstreams: 1 2015_LucianedaGracadaCosta.pdf: 1355483 bytes, checksum: e11b2bc4ce060b39267b257e6194565c (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-05-22T14:34:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_LucianedaGracadaCosta.pdf: 1355483 bytes, checksum: e11b2bc4ce060b39267b257e6194565c (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-22T14:34:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_LucianedaGracadaCosta.pdf: 1355483 bytes, checksum: e11b2bc4ce060b39267b257e6194565c (MD5) / A presente dissertação de mestrado objetivou descrever o perfil nutricional de portadores de Doença Renal Crônica (DRC) submetidos à hemodiálise (HD). A DRC é caracterizada pela falência irreversível da função renal, associada a alterações no equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico, distúrbios hormonais e nutricionais. A HD é o tratamento dialítico mais utilizado na atualidade. A avaliação nutricional dos pacientes com DRC em HD contribui na identificação de fatores de risco para desnutrição. MÉTODOS: Para descrever o perfil da população em HD e seu estado nutricional foram coletados dados demográficos, sociais, econômicos e epidemiológicos. A população pesquisada foi de ambos os sexos, adultos ≥ 18 anos, com mais de 3 meses de tratamento hemodialítico. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado questionário e valores de albumina sérica e Kt/V, os quais foram obtidos no prontuário com data mais próxima da avaliação antropométrica. Após a sessão de hemodiálise foram obtidas as medidas de peso e altura; circunferências do braço (CB) e cintura (CC) e prega cutânea tricipital (PCT). Os seguintes parâmetros propostos pela International Society of Renal Nutrition and Metabolism foram utilizados para determinação de pacientes com desnutrição energética-proteica: albumina sérica < 3,8 g/dL, índice de massa corpórea (IMC) < 23 kg/m2 e circunferência muscular do braço com redução > 10% em relação ao percentil 50 do NHANES II. Foram classificados com estado nutricional adequado aqueles pacientes que apresentassem valores de normalidade para os três parâmetros concomitantemente. Para análise estatística foram aplicados os testes de Kolmogorov-Smirnov e Shapiro-Wilk para avaliar a distribuição normal. Na comparação dos resultados entre gêneros foi utilizado o teste T de Student ou Mann-Whitney para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente. Para as variáveis categóricas foi utilizado o teste Qui-quadrado ou teste exato de Fisher, quando apropriado. O teste de correlação de Pearson foi utilizado para avaliar a relação entre variáveis. O valor de p<0,05 foi considerado estatisticamente significativo. RESULTADOS: Foram avaliados 96 pacientes de cinco Centros de HD no Distrito Federal, sendo 57% do sexo masculino, 43% do sexo feminino e a média de idade foi de 54 ± 15 anos. Observou-se que 54% dos pacientes eram pardos, 21% brancos, 18% negros, 4% de indígenas e 3% não informaram esta questão. Quanto à naturalidade, 52% eram da região Nordeste, seguidos das regiões Centro-Oeste (30%) e Sudeste (14%), respectivamente. As causas da DRC foram atribuídas à Hipertensão Arterial Sistêmica 9 (44%), seguida de diabetes Mellitus (27%), glomerulonefrites (9%) ou outras patologias (19%), destacando-se Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) e bexiga neurogênica como outras causas. Quando agrupado Hipertensão e Diabetes observou-se que apenas 14% dos pacientes apresentavam estas comorbidades. O valor de albumina sérica dos pacientes avaliados foi de 3,8 ± 0,4 mg/dL, sendo superior nos homens em comparação às mulheres (3,9±0,4 vs 3,7±0,4 mg/dL respectivamente; P=0,006). Para avaliação da desnutrição energética-proteica foram utilizadas as metas da International Society of Renal Nutrition and Metabolism. Em relação ao IMC, dos 96 pacientes avaliados, 41 pacientes (43%; 18 mulheres) apresentaram IMC menor que 23 kg/m2. Quanto à CMB, 48 pacientes (50%; 12 mulheres; P<0,05 vs homens) apresentaram uma diminuição em seu valor superior a 10% em comparação ao percentil 50. Para a albumina sérica, 32 pacientes (33%; 18 mulheres) apresentaram um valor inferior a 3,8 mg/dL. Quando as três metas foram consideradas em conjunto, foram identificados 14 pacientes (15%; 57 ± 14 anos; 7 mulheres) com características de desnutrição energética-proteica. Encontrou-se uma relação positiva entre albumina e CB, CMB, AMB e AMB sem osso. CONCLUSÃO: A correlação positiva e significativa entre albumina e CB, CMB, AMB e AMB sem osso reforçam a importância da análise do perfil nutricional de pacientes nefropatas para a prevenção da desnutrição. Hipertensão e Diabetes estão presentes em 1/4 da população estudada. / The major purpose of the present master thesis was to describe the nutritional profile of patients with Chronic Kidney Disease (CKD) undergoing hemodialysis (HD). CKD is characterized by failure of renal function, associated with changes in electrolyte balance and acid-base, hormonal and nutritional disorders. Hemodialysis (HD) is the most widely used dialysis today. Nutritional assessment of CRF patients on hemodialysis helps to identify risk factors for malnutrition. METHODS: Demographic, social, economic and epidemiological data were acquired to describe the profile of the population in HD and analyze their nutritional status. The research population was composed by adults ≥ 18 years, with more than 3 months of hemodialysis. Questionnaires were used as socioeconomic data collection instrument. Serum albumin values and Kt/V were obtained from patient charts with the earliest date of anthropometric measurements. After hemodialysis session, anthropometric measurements were obtained: weight and height; arm (AC) and waist circumferences (WC) and triceps skinfold (TSF). The following parameters proposed by the International Society of Renal Nutrition and Metabolism were used for determination of patients with protein-energy malnutrition: serum albumin <3.8 g / dL and / or BMI <23 kg / m2 and / or arm muscle circumference (AMC) with reduction of> 10% relative to the 50th percentile of the NHANES II. Patients who had normal values for the three parameters simultaneously were classified as adequate nutritional status. For statistical analysis, the Kolmogorov-Smirnov and Shapiro-Wilk were applied to assess whether the data had normal distribution. We used the t-test of Student or Mann-Whitney test for parametric and non-parametric data, respectively, and to compare gender related data. For categorical variables we used the chi-square test and Fisher's exact test. The Pearson correlation test was used to assess the relationship between variables. A p value <0.05 was considered statistically significant. RESULTS: From a total of 96 patients in five different HD centers in the Federal District, there were 57% male, 43% female and the mean age was 54 ± 15 years. It was observed that 54% of patients were brown, 21% white, and 18% black. 52% were born in the Northeast region, in the Midwest (30%) and Southeast (14%) regions respectively. The causes of chronic renal failure were attributed to systemic hypertension (44%), followed by diabetes mellitus (27%), glomerulonephritis (9%) or other disorders (19%), highlighting lupus erythematosus (SLE) and bladder neurogenic as other causes. Only 14% of those patients had comorbidities (hypertension 11 and diabetes together). The value of serum albumin of the patients was 3.8 ± 0.4 mg / dL, being higher in men when compared to women (3,9 ± 0,4 vs 3,7± 0,4 mg / dL respectively; P= 0.006). For the evaluation of protein-calorie malnutrition the International Society of Renal Nutrition and Metabolism parameters were used. Regarding BMI of 96 evaluable patients, 41 patients (43%; 18 women) had a BMI less than 23 kg / m2. 48 patients (50%; 12 women; P <0.05 vs men) had a reduction in their AMC, more than 10% compared to the 50th percentile. 32 patients (33%; 18 women) had albumin value lower than 3.8 mg / dL. When all three parameters were considered together, 14 patients were identified with (15%; 57 ± 14; 7 females) protein-energy malnutrition characteristics. We found a positive relationship between albumin and AC, AMC, MAA and MAA boneless. CONCLUSION: The thesis concluded upon a positive and significant correlation between albumin and AC, AMC, MAA and MAA boneless that reinforces the importance of the nutritional profile of nephropathic patients for preventing malnutrition. Hypertension and diabetes are present in 1/4 of the population studied.
6

Gravidez e maternidade em hemodiálise : limitações e sentimentos / Pregnancy and motherhood in hemodialysis : limitations and feelings / Embarazo y maternidad en la hemodiálisis : limitaciones y sentimientos

Lemos, Karine Cardoso 27 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2015. / Submitted by Guimaraes Jacqueline (jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-11-27T11:02:02Z No. of bitstreams: 1 2015_KarineCardosoLemos.pdf: 1952992 bytes, checksum: 09b6da2d21e5fe7048ef63aeec418d33 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-11-29T17:00:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_KarineCardosoLemos.pdf: 1952992 bytes, checksum: 09b6da2d21e5fe7048ef63aeec418d33 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-11-29T17:00:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_KarineCardosoLemos.pdf: 1952992 bytes, checksum: 09b6da2d21e5fe7048ef63aeec418d33 (MD5) / INTRODUÇÃO: Com o aumento significativo a cada dia de pacientes com doença renal crônica submetidos ao tratamento dialítico e considerando as mulheres em idade fértil um público bastante acentuado em hemodiálise atualmente, há uma necessidade dos profissionais de saúde em compreender as dificuldades, sentimentos e angústias dessas mulheres no que se refere à gestação e maternidade frente as limitações impostas pela doença. OBJETIVOS: Esta pesquisa tem como objetivo primário, compreender as expectativas e as percepções sobre gravidez e maternidade de mulheres adultas em idade fértil com insuficiência renal crônica em hemodiálise no sistema de saúde do Distrito Federal. Os objetivos secundários foram caracterizar as participantes do estudo no que se refere às características sociais, econômicas, clínicas e demográficas; investigar o conhecimento das participantes sobre gravidez em hemodiálise e descrever as atividades cotidianas das participantes do estudo. MATERIAL E MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal descritivo de abordagem qualitativa, realizado em Hospitais do Distrito Federal com 16 pacientes do sexo feminino, com diagnóstico de doença renal crônica e no mínimo 30 dias de início do tratamento hemodialítico, em condições clínicas/psicológicas estáveis, com idade entre 18 e 45 anos, com e sem filhos que aceitaram participar da pesquisa após terem assinado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada. Para analisar as características clínicas e sociodemográficas das entrevistadas foi realizada uma estatística simples descritiva de dados a partir de tabela e gráficos construídos. Para a análise das questões abordadas na entrevista, foi utilizada a análise de conteúdo, com auxílio do programa Alceste de análise de dados. RESULTADOS: Quanto a caracterização, constatou-se que a maioria das mulheres têm entre 18 e 39 anos (75%), são casadas (62,5%), possuem uma religião (43,75%), são procedentes do Nordeste (50%), possuem baixo nível de escolaridade, bem como, de renda, associados com pouca informação sobre sua situação de saúde. Foi demonstrado que as entrevistadas associam a maternidade com o equilíbrio familiar e o desejo da maioria das mulheres, porém, diante da doença renal, surgem sentimentos ambíguos e muitas incertezas sobre o futuro, deste modo, as mulheres em tratamento hemodialítico se apegam na esperança de cura e o transplante é citado muitas vezes como um caminho de volta à normalidade. No que diz respeito às atividades cotidianas, percebemos limitações diversas, tais como: físicas, psicológicas e sociais. As atividades que antes eram executadas rotineiramente ficaram comprometidas após a doença e o seu tratamento, o que aumenta a ansiedade, a tristeza e a revolta com a sua condição. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A expectativa das pacientes é a esperança de cura por meio do transplante; as que nunca tiveram filhos, apresentam a esperança de um dia ter condições de saúde para tê-los e as que já possuem filhos, almejam poder acompanhar o desenvolvimento dos seus filhos; com a descoberta da doença e suas limitações diversas, surgem sentimentos tais como: revolta, medo, preocupação, depressão e a necessidade de acompanhamento especializado. _____________________________________________________________________________ ABSTRACT / INTRODUCTION: With the significant and ever increasing number of patients with chronic kidney disease undergoing dialysis and considering women of childbearing age a very marked public on hemodialysis nowadays, the health professionals need to understand these women’s difficulties, feelings and anxieties towards their pregnancy and maternity once they face limitations imposed by the disease. OBJECTIVES: This research primary objective is to understand the expectations and perceptions of pregnancy and maternity in adult females of childbearing age with chronic renal failure on hemodialysis in the health system of Distrito Federal. Secondary objectives were to characterize the subjects regarding their social, economical, demographical and clinical characteristics; investigate the knowledge of the participants on hemodialysis pregnancy and describe the daily activities of the study participants. MATERIAL AND METHODS: This was a descriptive cross-sectional study of qualitative approach, performed in hospitals in Distrito Federal with 16 female patients diagnosed with chronic kidney disease that have been receiving hemodialysis treatment for at least 30 days, in stable clinical/ psychological conditions, aged between 18 and 45 years, with and without children who agreed to participate after signing the Informed Consent and Informed. Data collection was conducted through semi-structured interviews. To analyze the clinical and sociodemographic characteristics of the interviewees was carried out a simple descriptive statistics of the data from the table and built graphics. The issues addressed during the interview, were analized using the Alceste data analysis program. RESULTS: As for characterization, it was found that most women are between 18 and 39 years old (75%) married (62.5%) have a religion (43.75%), come from the Northeast (50 %) have low levels of education as well as income, associated with little information on their health status. It has been shown that the respondents associate motherhood with family balance and the desire of most women, however, before the kidney disease, mixed feelings and many uncertainties about the future arise, thus women in hemodialysis cling to hope of healing and transplant is often cited as a way back to normality. As for their daily activities, we noticed several limitations, such as: physical, psychological and social. The activities that once were performed routinely were compromised after the disease and its treatment, which increases anxiety, sadness and anger at their condition. FINAL CONSIDERATIONS: The expectation of patients is the hope of healing through the transplant; those who never had children, have hope of one day having health conditions to have them and those who already have children, aims to monitor the development of their children; with the discovery of the disease and its various limitations, there are feelings such as rebellion, fear, worry, depression and the need for specialized treatment. _____________________________________________________________________________ RESÚMEN / INTRODUCCIÓN: Con el aumento significativo de todos los días en los pacientes con enfermedad renal crónica en diálisis, y considerar a las mujeres en edad de procrear un público muy considerable en los días de hemodiálisis, hay una necesidad de profesionales de la salud a entender las dificultades, los sentimientos y ansiedades estas mujeres en relación con el embarazo y el parto limitaciones delanteros impostadas la enfermedad. OBJETIVOS: Esta investigación tiene como objetivo primordial, entender las expectativas y percepciones del embarazo y la maternidad las mujeres adultas en edad fértil con insuficiencia renal crónica en hemodiálisis en el sistema de salud del Distrito Federal. Los objetivos secundarios fueron caracterizar los participantes del estudio con respecto a las características sociales, económicas, demográficas y clínicas; investigar el conocimiento de los participantes sobre el embarazo de hemodiálisis y describir las actividades cotidianas de los participantes del estudio. MATERIALES Y MÉTODOS: Se realizó un estudio descriptivo transversal de enfoque qualitativo, realizado en los hospitales en el Distrito Federal con 16 pacientes de sexo femenino con diagnóstico de enfermedad renal crónica y por lo menos 30 días de inicio del tratamiento de hemodiálisis, en condiciones clínicas / estable psicológica, de edades comprendidas entre 18 y 45 años, con y sin niños y que aceptaron participar después de firmar el consentimiento informado e Informado. La recolección de datos se realizó a través de entrevistas semi estructuradas. Analizar las características clínicas y socio demográficas de los entrevistados se llevó a cabo un simple dato estadístico descriptivo de la tabla y los gráficos integrados. Para el análisis de los temas abordados en la entrevista, se utilizó el análisis de contenido, con el análisis de datos ayuda Alceste. RESULTADOS: En cuanto a la caracterización, se encontró que la mayoría de las mujeres tienen entre 18 y 39 años (75%) están casados (62,5%) tienen una religión (43,75%), viene desde el noreste (50 %) tienen bajos niveles de educación, así como los ingresos, asociados con poca información sobre su estado de salud. Se ha demostrado que los encuestados maternidad asociado con el equilibrio familiar y el deseo de la mayoría de las mujeres, sin embargo, antes de que la enfermedad renal, hay una mezcla de sentimientos y muchas incertidumbres sobre el futuro, por lo tanto, las mujeres en hemodiálisis se aferran en la esperanza la curación y el trasplante se citan a menudo como una manera de volver a la normalidad. Con respecto a las actividades diarias, nos dimos cuenta de varias limitaciones, como por ejemplo: físico, social, sexual y autoestima. Las actividades que se realizaron rutinariamente fueron comprometidas después de la enfermedad y su tratamiento, lo que aumenta la ansiedad, la tristeza y la ira en su condición. CONSIERACIONES FINAL: La expectativa de los pacientes es la esperanza de la curación a través del trasplante; aquellos que nunca tuvieron hijos, tienen la esperanza de algún día tener condiciones de salud que tienen ellos y los que ya tienen hijos, tiene como objetivo supervisar el desarrollo de sus hijos; con el descubrimiento de la enfermedad y sus diversas limitaciones, hay sentimientos como la rebelión, miedo, preocupación, depresión y la necesidad de tratamiento especializado.
7

Prevalência do vírus linfotrófico de células T humanas tipo 1 (HTLV-1) nos pacientes em hemodiálise de manutenção em Salvador

Santos, Rilma Ferreira de Souza 18 September 2013 (has links)
Submitted by Hiolanda Rêgo (hiolandar@gmail.com) on 2013-09-17T19:08:10Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_ Rilma Ferreira de Souza Santos.pdf: 2519703 bytes, checksum: 9b3e67fd2162d148a0e9d2e3c41a3675 (MD5) / Approved for entry into archive by Patricia Barroso(pbarroso@ufba.br) on 2013-09-18T17:02:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_ Rilma Ferreira de Souza Santos.pdf: 2519703 bytes, checksum: 9b3e67fd2162d148a0e9d2e3c41a3675 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-18T17:02:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_ Rilma Ferreira de Souza Santos.pdf: 2519703 bytes, checksum: 9b3e67fd2162d148a0e9d2e3c41a3675 (MD5) / Auxílio Financeiro à Pesquisa para apoio a projeto de pesquisa científica e/ou tecnológica – Processo 480292/2009-4; Bolsa de Produtividade em Pesquisa do coordenador do Estudo PROHEMO (CNPq – Processo 309468/2009-4); Bolsas de iniciação científica do PIBIC concedidas ao coordenador do Estudo PROHEMO – doze bolsas PIBIC – CNPq de 2005 a 2011. / Introdução: A prevalência da infecção pelo HTLV-1 varia de acordo com a região considerada. No Brasil, Salvador tem uma das maiores prevalências do vírus, variando de 1,35% a 1,80% de acordo com os diversos estudos. Em um estudo populacional realizado na cidade, encontrou-se uma prevalência de 1,70% (IC95%: 1,1 a 2,5%). Sabe-se pouco sobre a prevalência desta infecção na população dialítica, o que justifica a realização deste estudo. Objetivo: Determinar a prevalência de infecção por HTLV-1 em indivíduos em hemodiálise na cidade de Salvador, avaliar o impacto desta infecção sobre a anemia da doença renal crônica (DRC) e a frequência de co-infecção com outros vírus (vírus hepatotróficos). Métodos: Corte transversal dentro de uma coorte prospectiva. Entraram no estudo todos os participantes do PROHEMO (Estudo Prospectivo do Prognóstico de Pacientes Tratados por Hemodiálise) e que se encontravam ativos no estudo no período da coleta do sangue para a pesquisa sorológica. A sorologia para HTLV-1 foi feita pelo método ELISA e os casos positivos foram confirmados pelo método Western Blot. Utilizou-se o teste t de student (distribuição normal) ou U de Mann Witney (distribuição não normal) para comparar variáveis contínuas e teste do X2 ou teste exato de Fisher para variáveis categóricas. Resultados: Foram avaliados 695 indivíduos com média de idade de 48,7 anos, sendo 62% do sexo masculino. Identificamos 15 casos de HTLV-1, correspondendo a uma prevalência de 2,2% (IC95% 1,11 a 3,29). Dentre os casos positivos para HTLV-1, um deles (6,7%) era portador do vírus C da hepatite (HCV) e um (6,7%) portador do vírus B da hepatite (HBV). Os indivíduos soropositivos se encontravam há menos tempo em diálise e apresentavam níveis séricos menores de creatinina e paratormônio (PTH) que os indivíduos soronegativos; não houve diferença estatisticamente significante nos parâmetros hematimétricos entre os dois grupos. Conclusão: A prevalência de infecção pelo HTLV-1 na população dialítica pouco diferiu da encontrada na população geral de Salvador, sem impacto sobre a anemia da DRC. A coinfecção com os vírus B e C não foi comum. Na análise univariada, o tempo em diálise, a creatinina e o PTH foram significativamente mais baixos no grupo soropositivo. Estes achados, porém, não foram confirmados na análise multivariada. Nesta última análise, observou-se também que a classe social e o estado civil se associaram de forma independente com a sorologia positiva para o HTLV-1. / Salvador
8

Avaliação da qualidade do atendimento do serviço de saúde do doente renal crônico: diferencial entre público e privado

Castelo, Ricardo José Marinho January 2014 (has links)
CASTELO, Ricardo José Marinho. Avaliação da qualidade do atendimento do serviço de saúde do doente renal crônico : diferencial entre público e privado. 2014. 48f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN,Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2014-11-27T13:23:13Z No. of bitstreams: 1 2014_dissert_rjmcastelo.pdf: 1033047 bytes, checksum: c6d9c242f4e3e657f1f92e1b9f015241 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2014-11-27T13:23:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dissert_rjmcastelo.pdf: 1033047 bytes, checksum: c6d9c242f4e3e657f1f92e1b9f015241 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-27T13:23:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dissert_rjmcastelo.pdf: 1033047 bytes, checksum: c6d9c242f4e3e657f1f92e1b9f015241 (MD5) Previous issue date: 2014 / The health sector is one of the public administration segments where the user dissatisfaction can acquire a vital outcome. Particularly for patients suffering from chronic renal failure (CRF), a disease in which the kidneys loose functioning and no longer perform in totality its basic functions, the quality of services should always maintain excellence. The present work aims to analyze and compare the degree of satisfaction of these patients at consultation and dialysis services provided by public and private sectors. For this, it was used a multivariate logit model with 2003 and 2008 information of PNAD’s (National Household Sample Survey) health supplements. The results showed that people in private service have a higher degree of satisfaction than those in public. However, this difference did not increase between 2003 and 2008 and not shown to be significant in relation to the dialysis service. / O setor da saúde é um dos segmentos da administração pública em que a insatisfação do usuário pode adquirir um desfecho vital. Particularmente para pacientes acometidos de insuficiência renal crônica (IRC), doença que leva à perda de função dos rins, fazendo com que deixem de executar plenamente sua atividade básica, a qualidade dos serviços deve sempre manter a excelência. O presente trabalho destina-se a analisar e comparar o grau de satisfação destes pacientes quanto aos serviços de consultas e de hemodiálise prestados pelos setores público e privado. Para isso, foi utilizado um modelo logit multivariado com informações advindas dos suplementos de saúde das PNADs (Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílio) de 2003 e 2008. Os resultados mostraram que as pessoas atendidas na rede particular possuem um grau de satisfação maior em relação à pública. No entanto, este diferencial não aumentou entre 2003 e 2008 e não se mostra significativo em relação ao serviço de diálise.
9

Análise de diferentes materiais biológicos para a detecção de nanopartículas calcificadas e de microrganismos / Analysis of deferent biological structers for the detention of nanopartículas calcificadas and microrganismos

Campos, Karen January 2008 (has links)
Nanobactérias (NPC) ou nanopartículas calcificadas (NPC) são estruturas não convencionais, com tamanho de 100 a 1000 vezes menor do que bactérias comuns e com taxa de crescimento muito lenta, o que torna sua detecção difícil pelos métodos convencionais. Essas estruturas têm sido observadas no meio ambiente e em diferentes materiais biológicos. Sob condições fisiológicas, elas produzem uma cápsula ou envelope de apatita biogênica em sua superfície, podendo estar implicadas na formação de calcificações extra-esqueléticas em humanos contribuindo, assim, para o desenvolvimento de muitas doenças crônicas. A biomineralização é um processo que acontece normalmente ou pode ocorrer em condições patológicas, sendo sua base molecular ainda bastante desconhecida. Pacientes com insuficiência renal crônica, além de apresentarem calcificações vasculares, estão sujeitos à contaminação por microrganismos presentes na água quando submetidos ao processo de hemodiálise. Por outro lado, pessoas aparentemente sadias podem desenvolver cálculos renais, sem que se conheça exatamente a causa. Neste estudo foram analisados diversos tipos de material biológico: cultivos celulares, água utilizada nos sistemas de hemodiálise, sangue e outros tipos de materiais biológicos calcificados. A metodologia empregada incluiu técnicas de cultivo e de microscopia eletrônica de varredura para a detecção de NPC e de microrganismos. Os resultados mostraram que a água utilizada para hemodiálise era de boa qualidade, uma vez que poucos microrganismos foram detectados nas amostras analisadas. Por outro lado, em praticamente todo o material utilizado em cultivos celulares foram detectadas NPC. No material biológico proveniente de pacientes não foram detectadas NPC, com exceção dos cálculos renais, onde a microscopia eletrônica evidenciou a presença dessas estruturas em 85% do material analisado. / Nanobacteria (NPC) or calcifyning nanoparticles (CNP) are not conventional structures, with size from 100 to 1000 times lesser of that of common bacteria and a very slow growth, wich makes difficult its detention by conventional methods. These structures have been observed in the environment and different biological materials. Under physiological conditions, they produce a capsule or envelope of hidroxyl apatite on the surface, that could be related to extraskeletal calcification in human beings contributing, thus, for the development of many chronic illness. The biomineralization is a process that occurs normally or in pathological conditions, but the molecular basis is not completely understood. Patients with chronic renal insufficience, besides presenting vascular calcification, are vunerable to contamination by microorganisms present in the water when submited to the process of hemodialysis. On the other hand, healthy people may develop kidney stones whithout an apparent cause. Different biological materials were analyzed in this study: cell cultures, water used in hemodialysis systems, blood and other types of biological samples from patients with different diseases. The methodology employed here included techeniques of culture and scanning electronic microscopy (SEM) for the detection of CNP and microorganisms. The results showed that water with good quality was used for hemodialysis, since few microorganisms were detected in the analysed samples. On the other side, most material used in cell cultures was contaminated by CNP. In material collected from patients no CNP were detected, with exception of kidney stones where SEM indicated the presence of these structures in 85% of the analyzed samples.
10

Cefaléia relacionada à hemodiálise: caracterização clínica

SANTOS, Karllus Andhre Leite de Mendonça January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:00:31Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8592_1.pdf: 414070 bytes, checksum: a36d4a30e3746234652d268503d03f75 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Embora a cefaléia seja um dos sintomas mais freqüentemente encontrados durante a hemodiálise, estudos sobre suas características ainda são escassos. Foram estudados 40 pacientes, com insuficiência renal crônica, do serviço de hemodiálise do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco no período de janeiro a outubro de 2006. Destes vinte e três apresentavam cefaléia, a dor de cabeça foi avaliada através de ficha clínica padronizada, na qual constavam quesitos relativos à localização, duração, fatores precipitantes, caráter e evolução da dor. A cefaléia foi referida como de caráter pulsátil (86,9%), de forte intensidade (52,2%), de localização anterior (69,6%) e bilateral (86,9%) iniciando predominantemente a partir da quarta hora de hemodiálise (65,2%), sendo tratada preferencialmente com analgésicos comuns (69,5%). Os níveis de pressão arterial sistólica (PAS) pós-diálise foram significativamente superiores nos pacientes com cefaléia durante a hemodiálise. As variações de uréia e peso, pré e pós-dialíticos, não parecem ter influência na evolução da cefaléia da hemodiálise

Page generated in 0.2045 seconds