• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1041
  • 36
  • 26
  • 24
  • 24
  • 23
  • 13
  • 11
  • 11
  • 4
  • 4
  • 4
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1104
  • 260
  • 232
  • 211
  • 193
  • 184
  • 170
  • 166
  • 124
  • 123
  • 119
  • 116
  • 108
  • 85
  • 81
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Informaçao de auxílio ao usuário no paradigma de auto-publicaçao em arquivos abertos

Souza, Lucelia de 12 March 2012 (has links)
RESUMO Repositórios de dados eletrônicos que operam via OAI (Open Archives Initiative) são atualmente uma alternativa para a disseminação do conhecimento na sociedade, pois descentralizam o poder que as editoras tradicionais detinham sobre os documentos publicados, transferindo os direitos autorais para o próprio pesquisador. A OAI incentiva a auto-publicação por parte dos pesquisadores e visa a recuperação da informação por meio dos provedores de serviços que fazem a "colheita" nos repositórios de dados. Com o intuito de facilitar a auto-publicação, o presente trabalho apresenta a informação de auxílio ao usuário baseado no software Dspace, que é institucional, trabalha com todo tipo de objeto digital, utiliza o padrão Dublin Core com Qualificadores e possui um workflow passível de adaptação para avaliação das submissões. Utilizou-se para a especificação da informação de auxílio ao usuário a metáfora da Interação Humano-Computador (IHC) por conversação da Engenharia Semiótica e, mas especificamente a linguagem Molic, que considera que a interação entre humanos via computador pode ser alcançada por meio de conversação, tratando exceções não só como algo que esporadicamente pode acontecer, mas como parte da interação. Com o objetivo de verificar possíveis breakdowns comunicativos, foi feita uma análise no processo de submissão do Dspace, identificando os breakdowns no processo de submissão, na interface, na interação em geral e no preenchimento de metadados que após uma análise exaustiva foram categorizados em semânticos, sobre campos específicos e de requisitos de entrada; e breakdowns no processo de avaliação, contribuindo para formar os tipos de mensagens de tratamento/prevenção de erros. A adoção do Molic mostrou-se oportuna no problema em questão, pois a entrada de dados leva a muitas situações de corte que podem ser evitadas e/ou tratadas. Como resultados, é possível propor novas expressões de comunicabilidade associadas a situações de entrada de dados e sistemas de workflow cooperativos. A expectativa é de que qualquer pessoa sem maiores conhecimentos sobre catalogação seja capaz de submeter seus documentos, tornando as publicações mais visíveis pelos motores de busca e sistemas de recuperação, contribuindo para o progresso científico. Apesar de o presente trabalho endereçar o problema da auto-publicação eletrônica, a maioria de seus resultados são passíveis de aplicação em sistemas que envolvam entradas de dados por pessoas leigas num domínio qualquer, assim como a sistemas de workflow cooperativo.
2

Metodologia para a construção do léxico de gestos

Silva, Lucineide Rodrigues da January 2013 (has links)
Resumo: A pesquisa descrita neste trabalho destina-se a criação de uma interface de gestos para um museu virtual 3D desenvolvido por um grupo de pesquisa em Processamento de Imagem. A fim de assegurar a adequabilidade dos resultados no tocantes à Interação Humano Computador e, em particular ao caráter genuinamente natural do vocabulário a ser proposto, o grupo se juntou a um grupo Interação Humano Computador que trabalhou durante sete anos com foco na inclusão social e no desenvolvimento de comunidades surdas. Neste contexto , a pesquisa investigou o estado da arte na pesquisa sobre interação natural e criação de vocabulário de gestos em literatura relacionada e propôs o estudo de caso em uma escola bilíngue (Língua Brasileira de Sinais e escrita Português) para crianças surdas. O trabalho relata os resultados de alguns trabalhos especialmente relevantes da literatura e descreve o processo de desenvolvimento e validação do vocabulário de gestos. Como principais contribuições da pesquisa, a adição de um estado anterior - a observação de potenciais usuários interagindo com o cenário físico que motiva usos virtuais inovadores - para o processo de um conhecido autor e a exemplificação de uma forma alternativa de trazer potenciais usuários para o fase de definir os gestos certos para o vocabulário. Finalmente, são estabelecidas as limitações dos resultados e propostas futuras pesquisas.
3

Bioprospecção de leveduras killer com potencial para aplicação em biotipagem de microorganismos patogênicos humanos

Fuentefria, Alexandre Meneghello January 2007 (has links)
Uma das formas de se realizar estudos epidemiológicos de dispersão de patógenos é pela discriminação intra-específica (biotipagem) desses microrganismos em subgrupos (biotipos). Métodos fenotípicos que permitem a discriminação de linhagens clínicas são almejados principalmente pela facilidade de execução e por terem menor custo, quando comparados com os métodos moleculares. O sistema killer, baseado em padrões de sensibilidade à toxina, pode representar uma ferramenta simples, barata, sensível e reprodutível para biotipagem de microrganismos de importância clínica. Neste estudo, foi pesquisada a presença deste fenótipo em 595 isolados de alimentos e de fontes ambientais, de onde foram selecionadas 32 cepas para testes de identificação molecular, caracterização genética do fenótipo killer, caracterização morfológica do mecanismo de ação da toxina e aplicação em painéis de biotipagem.A linhagem KYQU89 (CBS10423), proveniente de queijo, foi detectada como uma espécie nova, com seqüência idêntica a dois isolados killer oriundos de insetos. As três linhagens demonstraram ser relacionadas ao clado Ovoides no gênero Trichosporon, sendo caracterizadas por sequenciamento da região D1/D2 do rDNA , da região interespaçadora ITS e perfil bioquímico. A espécie nova foi denominada Trichosporon insectorum. Vinte linhagens killer foram selecionadas para compor um painel de biotipagem sobre cem isolados clínicos e ambientais de Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii. A partir dos padrões de sensibilidade à toxina, foi gerado um dendrogramademonstrando a total discriminação das linhagens. A ação letal da toxina sobre as células destas duas espécies de Cryptococcus foi observada por microscopia eletrônica de varredura e óptica, evidenciando que não houve a formação de poros na parede celular, mas sim uma provável interferência no ciclo celular da célula. Da mesma forma, um painel de 11 linhagens killer selecionadas foi utilizado para a biotipagem de cepas multi-resistentes de Staphylococcus epidermidis, provenientes de dois hospitais em Porto Alegre, RS, também sendo capaz de discriminá-las totalmente. / One of the forms of performing epidemiological studies of dispersion of pathogenic microorganisms is by means of intra-specific discrimination (biotyping) of these microorganisms in sub-groups (biotype). Phenotypic methods that allow the clinical discrimination of strains are needed, especially because they are easy to perform and have low cost, when compared to molecular methods. The killer system, based on patterns of sensitivity towards the toxin, can represent a simple, cheap, sensible and reproductive tool for biotyping of microorganisms of clinical importance. In our study, the presence of this phenotype was evaluated in 595 isolates from natural environments and food and 32 killer strains were selected for molecular identification, genetic characterization of killer phenotype, morphologic characterization of the mechanism of action, and application in biotyping panels.The strain KYQU89 (CBS10423), isolated from cheese, was found to be a new species, with D1/D2 sequence identical to two killer isolates from insects. The three strains were shown to be related to the Ovoides clade of the genus Trichosporon, and were characterized bysequencing of the D1/D2 region of the LSU rDNA and physiological profiles the new species was called Trichosporon insectorum. Twenty killer strains were selected to compose a panel of biotyping against one hundred clinical and environmental isolates of Cryptococcus neformans and Cryptococcus gattii. Basedon the killer sensitivity patterns, a dendrogram demonstrating the total discrimination of the strains was done. The lethal action of the toxin on the cells of Cryptococcus was observed by means of optical and scanning electron microscopy, showing that there was no formation of pores on the cell surface of the sensitive cells in contact with the toxins, but a probable interference in the cell cycle. In the same way, a panel of 11 selected killer strains was used for the biotyping of multi-resistant Staphylococcus epidermidis strains, provenient from two hospitals in Porto Alegre, RS, being also capable of discriminating all the strains.
4

Um homem para chamar de seu : uma perspectiva genealógica da emergência da Política Nacional de Ação Integral à Saúde do Homem

Santos, Helen Barbosa dos January 2013 (has links)
Quem é o homem que a Política Nacional de Atenção Integral à saúde do homem (PNAISH) chamará de seu? Com este questionamento tomamos a “saúde do homem” como um problema, ou seja, buscamos compreender o diagrama dos diversos movimentos que colocaram uma determinada compreensão do homem e do masculino na constituição da Política, analisando as tensões e as linhas de força que a constituem. Enquanto estratégia biopolítica, o enunciado de que o homem não cuida de sua saúde e outros discursos sobre o corpo social masculino marcam a produção social de masculinidades inscritas na história da saúde no Brasil. Para estas problematizações, fundamentamo-nos nas ferramentas teóricas e metodológicas da Psicologia Social, a partir do prisma pós-estruturalista, especialmente ao pensamento de Michel Foucault, na forma como o autor desenvolveu uma análise dos discursos e da emergência dos saberes na sua articulação com mecanismos e tecnologias de poder, em especial acerca do dispositivo da medicalização. Ademais, nos baseamos em autores que discutem as masculinidades, em especial pela analítica queer. O desenvolvimento da pesquisa tem primeiramente como corpus de análise o documento oficial da PNAISH, bem como leis, portarias e diário de campo dos Seminários de Saúde do Homem que ocorreram no Rio Grande do Sul. Em um segundo momento, a fim de conferir visibilidade à produção social das distintas figuras do masculino moralmente hierarquizadas na história da saúde no Brasil, parte-se de estudos que tanto retratam a saúde pública no país, bem como autores que problematizam os arranjos de masculinidades em determinados contextos histórico-sociais. Também nos utilizamos de personagens da literatura e da música brasileira como parte do campo de análise, inspirado pelos preceitos epistemológicos do personagem conceitual proposto na filosofia de Felix Guattari e Gilles Deleuze. A partir destes elementos, buscamos fazer uma releitura da história, onde masculinidades sujeitadas pelas ações eugênicas da medicalização dos corpos no país adquirem seu estatuto infame perante a sociedade. Percebe-se que estratégias de normalização colocam as masculinidades em movimento, onde a compartimentalização entre masculinidades legitimas e ilegítimas se constrói sobre o imperativo de homem ideal para a nação: trabalhador, pai de família, provedor. Estes preceitos, ancorados nos ideários de raça e classe social se ancoram em uma conjuntura da desigualdade social. Nesse processo de produção de masculinidades, muitas vezes, o último ponto de ancoragem social que inscrevem esses homens socialmente é uma virilidade violenta que se evidencia nos altos índices de morte por causas externas entre os homens. Em suma, evidenciamos a produção de masculinidades desprovidas de acesso aos direitos à saúde como direitos à vida, enquanto efeitos de uma longa história de medicalização do corpo social masculino, aspecto este, que adquire pouca visibilidade nas pesquisas que têm como cerne a saúde coletiva e/ou as relações de gênero e sexualidade. / Who is the man attended by the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health? With this question in mind, we consider “men’s health” as a problem, in other words, we aim at understanding the diagram of several movements that built a determined comprehension of man and the masculinity in the political constitutions, analyzing its tensions and forces. As a biopolitical strategy, the statement that men do not take care of their health and other discourses on men’s social body underline the social production of masculinities inscribed in the health history of Brazil. To answer these questions, we use as a basis the theoretical and methodological tools of social psychology, from the poststructuralist perspective, especially the studies of Michel Foucault, in which the author developed an analysis of discourses and the emergence of knowledge in their relationship with mechanisms and technologies of power, especially on the device of medicalization. Furthermore, we also reviewed the studies of other authors on masculinities, especially in the queer analytical approach. The development of this research has, firstly, as its corpus of analysis, the official documentation of the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health, as well as related legislation and field diaries on the Men’s Health seminars that occurred in Rio Grande do Sul state. Afterwards, to highlight the social production of distinct male figures that are morally hierarchical in the history of health care in Brazil, we considered studies that portray public health in Brazil as well as authors that have questioned the arrangements of masculinities in specific historical and social contexts. Characters from Brazilian literature and music were used as part of the field of analysis, inspired by the epistemological precepts of the conceptual character proposed by the studies of Gilles Deleuze and Felix Guattari. Based on these elements, we made a re-reading of the history, in which masculinities subjected by eugenicactions of medicalization of bodies in Brazil acquired its infamous status in society. It is noticeable that the standardization strategies put masculinities in motion, in which compartmentalization between legitimate and illegitimate masculinities are build on the requirements of the ideal man for the nation: worker, father, provider. These precepts, anchored in the ideals of race and social class are anchored in a juncture of social inequality. In this process of production of masculinities, often the last point of social anchorage in which these men are socially inscribed is a violent virility that becomes evident in the high rates of death from external causes among men. To briefly summarize, we argue that the production of masculinities devoid of access to health rights as well as the right to live, as an effect of a long history of social medicalization of the male body. We should also consider that this topic is understudied in researches that have as their core public health and/or relations of gender and sexuality.
5

Um homem para chamar de seu : uma perspectiva genealógica da emergência da Política Nacional de Ação Integral à Saúde do Homem

Santos, Helen Barbosa dos January 2013 (has links)
Quem é o homem que a Política Nacional de Atenção Integral à saúde do homem (PNAISH) chamará de seu? Com este questionamento tomamos a “saúde do homem” como um problema, ou seja, buscamos compreender o diagrama dos diversos movimentos que colocaram uma determinada compreensão do homem e do masculino na constituição da Política, analisando as tensões e as linhas de força que a constituem. Enquanto estratégia biopolítica, o enunciado de que o homem não cuida de sua saúde e outros discursos sobre o corpo social masculino marcam a produção social de masculinidades inscritas na história da saúde no Brasil. Para estas problematizações, fundamentamo-nos nas ferramentas teóricas e metodológicas da Psicologia Social, a partir do prisma pós-estruturalista, especialmente ao pensamento de Michel Foucault, na forma como o autor desenvolveu uma análise dos discursos e da emergência dos saberes na sua articulação com mecanismos e tecnologias de poder, em especial acerca do dispositivo da medicalização. Ademais, nos baseamos em autores que discutem as masculinidades, em especial pela analítica queer. O desenvolvimento da pesquisa tem primeiramente como corpus de análise o documento oficial da PNAISH, bem como leis, portarias e diário de campo dos Seminários de Saúde do Homem que ocorreram no Rio Grande do Sul. Em um segundo momento, a fim de conferir visibilidade à produção social das distintas figuras do masculino moralmente hierarquizadas na história da saúde no Brasil, parte-se de estudos que tanto retratam a saúde pública no país, bem como autores que problematizam os arranjos de masculinidades em determinados contextos histórico-sociais. Também nos utilizamos de personagens da literatura e da música brasileira como parte do campo de análise, inspirado pelos preceitos epistemológicos do personagem conceitual proposto na filosofia de Felix Guattari e Gilles Deleuze. A partir destes elementos, buscamos fazer uma releitura da história, onde masculinidades sujeitadas pelas ações eugênicas da medicalização dos corpos no país adquirem seu estatuto infame perante a sociedade. Percebe-se que estratégias de normalização colocam as masculinidades em movimento, onde a compartimentalização entre masculinidades legitimas e ilegítimas se constrói sobre o imperativo de homem ideal para a nação: trabalhador, pai de família, provedor. Estes preceitos, ancorados nos ideários de raça e classe social se ancoram em uma conjuntura da desigualdade social. Nesse processo de produção de masculinidades, muitas vezes, o último ponto de ancoragem social que inscrevem esses homens socialmente é uma virilidade violenta que se evidencia nos altos índices de morte por causas externas entre os homens. Em suma, evidenciamos a produção de masculinidades desprovidas de acesso aos direitos à saúde como direitos à vida, enquanto efeitos de uma longa história de medicalização do corpo social masculino, aspecto este, que adquire pouca visibilidade nas pesquisas que têm como cerne a saúde coletiva e/ou as relações de gênero e sexualidade. / Who is the man attended by the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health? With this question in mind, we consider “men’s health” as a problem, in other words, we aim at understanding the diagram of several movements that built a determined comprehension of man and the masculinity in the political constitutions, analyzing its tensions and forces. As a biopolitical strategy, the statement that men do not take care of their health and other discourses on men’s social body underline the social production of masculinities inscribed in the health history of Brazil. To answer these questions, we use as a basis the theoretical and methodological tools of social psychology, from the poststructuralist perspective, especially the studies of Michel Foucault, in which the author developed an analysis of discourses and the emergence of knowledge in their relationship with mechanisms and technologies of power, especially on the device of medicalization. Furthermore, we also reviewed the studies of other authors on masculinities, especially in the queer analytical approach. The development of this research has, firstly, as its corpus of analysis, the official documentation of the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health, as well as related legislation and field diaries on the Men’s Health seminars that occurred in Rio Grande do Sul state. Afterwards, to highlight the social production of distinct male figures that are morally hierarchical in the history of health care in Brazil, we considered studies that portray public health in Brazil as well as authors that have questioned the arrangements of masculinities in specific historical and social contexts. Characters from Brazilian literature and music were used as part of the field of analysis, inspired by the epistemological precepts of the conceptual character proposed by the studies of Gilles Deleuze and Felix Guattari. Based on these elements, we made a re-reading of the history, in which masculinities subjected by eugenicactions of medicalization of bodies in Brazil acquired its infamous status in society. It is noticeable that the standardization strategies put masculinities in motion, in which compartmentalization between legitimate and illegitimate masculinities are build on the requirements of the ideal man for the nation: worker, father, provider. These precepts, anchored in the ideals of race and social class are anchored in a juncture of social inequality. In this process of production of masculinities, often the last point of social anchorage in which these men are socially inscribed is a violent virility that becomes evident in the high rates of death from external causes among men. To briefly summarize, we argue that the production of masculinities devoid of access to health rights as well as the right to live, as an effect of a long history of social medicalization of the male body. We should also consider that this topic is understudied in researches that have as their core public health and/or relations of gender and sexuality.
6

Bioprospecção de leveduras killer com potencial para aplicação em biotipagem de microorganismos patogênicos humanos

Fuentefria, Alexandre Meneghello January 2007 (has links)
Uma das formas de se realizar estudos epidemiológicos de dispersão de patógenos é pela discriminação intra-específica (biotipagem) desses microrganismos em subgrupos (biotipos). Métodos fenotípicos que permitem a discriminação de linhagens clínicas são almejados principalmente pela facilidade de execução e por terem menor custo, quando comparados com os métodos moleculares. O sistema killer, baseado em padrões de sensibilidade à toxina, pode representar uma ferramenta simples, barata, sensível e reprodutível para biotipagem de microrganismos de importância clínica. Neste estudo, foi pesquisada a presença deste fenótipo em 595 isolados de alimentos e de fontes ambientais, de onde foram selecionadas 32 cepas para testes de identificação molecular, caracterização genética do fenótipo killer, caracterização morfológica do mecanismo de ação da toxina e aplicação em painéis de biotipagem.A linhagem KYQU89 (CBS10423), proveniente de queijo, foi detectada como uma espécie nova, com seqüência idêntica a dois isolados killer oriundos de insetos. As três linhagens demonstraram ser relacionadas ao clado Ovoides no gênero Trichosporon, sendo caracterizadas por sequenciamento da região D1/D2 do rDNA , da região interespaçadora ITS e perfil bioquímico. A espécie nova foi denominada Trichosporon insectorum. Vinte linhagens killer foram selecionadas para compor um painel de biotipagem sobre cem isolados clínicos e ambientais de Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii. A partir dos padrões de sensibilidade à toxina, foi gerado um dendrogramademonstrando a total discriminação das linhagens. A ação letal da toxina sobre as células destas duas espécies de Cryptococcus foi observada por microscopia eletrônica de varredura e óptica, evidenciando que não houve a formação de poros na parede celular, mas sim uma provável interferência no ciclo celular da célula. Da mesma forma, um painel de 11 linhagens killer selecionadas foi utilizado para a biotipagem de cepas multi-resistentes de Staphylococcus epidermidis, provenientes de dois hospitais em Porto Alegre, RS, também sendo capaz de discriminá-las totalmente. / One of the forms of performing epidemiological studies of dispersion of pathogenic microorganisms is by means of intra-specific discrimination (biotyping) of these microorganisms in sub-groups (biotype). Phenotypic methods that allow the clinical discrimination of strains are needed, especially because they are easy to perform and have low cost, when compared to molecular methods. The killer system, based on patterns of sensitivity towards the toxin, can represent a simple, cheap, sensible and reproductive tool for biotyping of microorganisms of clinical importance. In our study, the presence of this phenotype was evaluated in 595 isolates from natural environments and food and 32 killer strains were selected for molecular identification, genetic characterization of killer phenotype, morphologic characterization of the mechanism of action, and application in biotyping panels.The strain KYQU89 (CBS10423), isolated from cheese, was found to be a new species, with D1/D2 sequence identical to two killer isolates from insects. The three strains were shown to be related to the Ovoides clade of the genus Trichosporon, and were characterized bysequencing of the D1/D2 region of the LSU rDNA and physiological profiles the new species was called Trichosporon insectorum. Twenty killer strains were selected to compose a panel of biotyping against one hundred clinical and environmental isolates of Cryptococcus neformans and Cryptococcus gattii. Basedon the killer sensitivity patterns, a dendrogram demonstrating the total discrimination of the strains was done. The lethal action of the toxin on the cells of Cryptococcus was observed by means of optical and scanning electron microscopy, showing that there was no formation of pores on the cell surface of the sensitive cells in contact with the toxins, but a probable interference in the cell cycle. In the same way, a panel of 11 selected killer strains was used for the biotyping of multi-resistant Staphylococcus epidermidis strains, provenient from two hospitals in Porto Alegre, RS, being also capable of discriminating all the strains.
7

Avanços no isolamento e caracterização biológica e molecular de acanthamoeba spp (Acanthamoebidae) – ameba de vida livre : determinação experimental do potencial patogênico / Advances in isolation and biological and molecular characterization of acanthamoeba spp (Acanthamoebidae) – free-living amoeba : experimental determination of pathogenic potential

Alves, Daniella de Sousa Mendes Moreira 23 March 2012 (has links)
Tese(doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de ciências da saúde, Programa de pós-graduação em ciências da saúde, 2012. / Submitted by Sabrina Silva de Macedo (sabrinamacedo@bce.unb.br) on 2012-07-24T12:32:25Z No. of bitstreams: 1 2012_DanielladeSousaMendesMoreiraAlves.pdf: 1244791 bytes, checksum: dc7a7f8820b1c2ea4b7f7ff74913ebe4 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2012-07-27T11:04:00Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_DanielladeSousaMendesMoreiraAlves.pdf: 1244791 bytes, checksum: dc7a7f8820b1c2ea4b7f7ff74913ebe4 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-07-27T11:04:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_DanielladeSousaMendesMoreiraAlves.pdf: 1244791 bytes, checksum: dc7a7f8820b1c2ea4b7f7ff74913ebe4 (MD5) / Várias espécies do gênero Acanthamoeba podem causar ceratite e encefalite amebiana granulomatosa. A avaliação dos critérios de patogenicidade é de grande importância para analisar o risco de infecção. Nossos objetivos foram determinar o potencial patogênico de isolados ambientais de Acanthamoeba de Brasília, DF e avaliar uma técnica de purificação de cultivos de Acanthamoeba. A análise da sequência do 18S rDNA revelou que: entre os 19 isolados estudados, oitoapresentaram similaridade com o genótipo T5, seis com o genótipo T4 e um com o genótipo T2/T6. Os genótipos dos outros quatro isolados não foram determinados. A cepa de referência Acanthamoeba polyphaga (ATCC 30461) serviu de controle. Além disso, 11 isolados (58%) cresceram a 37°C e oito (42%) cresceram em presença de manitol 1,5 M, parâmetros fisiológicos associados com isolados patogênicos de Acanthamoeba, enquanto quatro isolados de água de piscina e um de ceratite apresentaram elevado potencial patogênico. Nos testes de patogenicidade in vivo, realizados com três isolados e a cepa de referência ATCC30461, o isolado de córnea foi considerado patogênico e dois isolados ambientais,invasivos. Foi possível reduzir a porcentagem de fungos e bactérias em uma placa de cultura da cepa de referência ATCC 30461 e de bactérias em uma placa de cultura de um isolado de solo com a inoculação na cavidade peritoneal de camundongos. Nossos resultados indicam ampla distribuição de isolados de Acanthamoeba spp. similares aos genótipos T4, T5 e T2/T6, classificados como invasivos, em diversos habitats de Brasília, DF, revelando o risco potencial de infecção humana e a necessidade de medidas preventivas. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Several Acanthamoeba species may cause keratitis and granulomatous amebic encephalitis. The evaluation of the criteria of pathogen city is very important to assess the risk of infection. We aimed to determine the pathogenic potential of environ mental isolates of Acanthamoeba from Brasília, DF, Brazil, and assess technique to purify Acanthamoeba cultures. Sequence analysis of 18S rDNArevealed that: among the 19 isolates tested, eight were similar to genotype T5, six to genotype T4, and one to genotype T2/T6. The genotypes of the remaining four isolates were not determined. The reference Acanthamoeba polyphaga strain (ATCC30461) was the control. Moreover, 11 strains (58%) presented growth at 37°C and eight (42%) developed in medium containing 1.5 M mannitol, the physiological parameters associated with pathogenic isolates of Acanthamoeba, whereas fours trains isolated from swimming pool water and one from a patient with keratitisshowed high pathogenic potential. In vivo pathogen city tests, performed with three isolates and the reference strain ATCC 30461, showed that the isolate from a patient with keratitis was considered pathogenic and two environmental isolates, invasive. It was possible to reduce the percentage of fungi and bacteria in a culture plate of the reference strain ATCC 30461 and bacteria in a culture plate of one soil isolate byinoculating them into the peritoneal cavity of mice. Our results indicate a wide distribution of Acanthamoeba spp. isolates similar to genotypes T4, T5, and T2/T6, classified as invasive, isolated from several habitats of Brasília, DF, revealing the potential risk of human infection and the need for preventive measures.
8

O Princípio da isonomia no contexto do Direito Tributário

COUTINHO, João Hélio de Farias Moraes January 2001 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:21:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5831_1.pdf: 305730 bytes, checksum: 4ea690ad87cafb795ac097cf8ae952bc (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2001 / Universidade Católica de Pernambuco / Neste trabalho, o princípio da isonomia é contextualizado como uma idéia pertinente ao direito natural, assimilado pelas declarações de direitos do homem, além de positivado nas constituições hodiernas, a exemplo da Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Aborda-se a função ordenadora dos princípios, como que numa introdução à compreensão do princípio da isonomia como princípio fundante da vigente ordem constitucional pátria, assim como se evidencia a relação entre o princípio constitucional da isonomia e as normas infraconstitucionais. Considerando a positivação dos direitos fundamentais, a dicotomia jusnaturalismo versus juspositivismo ficou operacionalmente enfraquecida, uma vez que a consagração dos direitos fundamentais mitigou a tensão entre o real e o ideal, que sempre inspirou as concepções jusnaturalistas. Os tipos ideais jusnaturalismo e juspositivismo são tratados como generalizações necessárias ao aparato cognitivo do ser humano, ou seja, unem-se unidades reais em conceitos ideais aproximativos com o propósito de ultrapassar o abismo cognoscitivo do direito. É levada a efeito a discussão sobre a concretização da isonomia por meio dos subprincípios vinculados à capacidade contributiva, assim como a falácia da atração de investimentos privados por meio da concessão de incentivos fiscais pelos Estados. A guerra fiscal é apresentada como a mais flagrante violação da isonomia tributária, verdadeira apropriação privada de recursos públicos
9

Bioprospecção de leveduras killer com potencial para aplicação em biotipagem de microorganismos patogênicos humanos

Fuentefria, Alexandre Meneghello January 2007 (has links)
Uma das formas de se realizar estudos epidemiológicos de dispersão de patógenos é pela discriminação intra-específica (biotipagem) desses microrganismos em subgrupos (biotipos). Métodos fenotípicos que permitem a discriminação de linhagens clínicas são almejados principalmente pela facilidade de execução e por terem menor custo, quando comparados com os métodos moleculares. O sistema killer, baseado em padrões de sensibilidade à toxina, pode representar uma ferramenta simples, barata, sensível e reprodutível para biotipagem de microrganismos de importância clínica. Neste estudo, foi pesquisada a presença deste fenótipo em 595 isolados de alimentos e de fontes ambientais, de onde foram selecionadas 32 cepas para testes de identificação molecular, caracterização genética do fenótipo killer, caracterização morfológica do mecanismo de ação da toxina e aplicação em painéis de biotipagem.A linhagem KYQU89 (CBS10423), proveniente de queijo, foi detectada como uma espécie nova, com seqüência idêntica a dois isolados killer oriundos de insetos. As três linhagens demonstraram ser relacionadas ao clado Ovoides no gênero Trichosporon, sendo caracterizadas por sequenciamento da região D1/D2 do rDNA , da região interespaçadora ITS e perfil bioquímico. A espécie nova foi denominada Trichosporon insectorum. Vinte linhagens killer foram selecionadas para compor um painel de biotipagem sobre cem isolados clínicos e ambientais de Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii. A partir dos padrões de sensibilidade à toxina, foi gerado um dendrogramademonstrando a total discriminação das linhagens. A ação letal da toxina sobre as células destas duas espécies de Cryptococcus foi observada por microscopia eletrônica de varredura e óptica, evidenciando que não houve a formação de poros na parede celular, mas sim uma provável interferência no ciclo celular da célula. Da mesma forma, um painel de 11 linhagens killer selecionadas foi utilizado para a biotipagem de cepas multi-resistentes de Staphylococcus epidermidis, provenientes de dois hospitais em Porto Alegre, RS, também sendo capaz de discriminá-las totalmente. / One of the forms of performing epidemiological studies of dispersion of pathogenic microorganisms is by means of intra-specific discrimination (biotyping) of these microorganisms in sub-groups (biotype). Phenotypic methods that allow the clinical discrimination of strains are needed, especially because they are easy to perform and have low cost, when compared to molecular methods. The killer system, based on patterns of sensitivity towards the toxin, can represent a simple, cheap, sensible and reproductive tool for biotyping of microorganisms of clinical importance. In our study, the presence of this phenotype was evaluated in 595 isolates from natural environments and food and 32 killer strains were selected for molecular identification, genetic characterization of killer phenotype, morphologic characterization of the mechanism of action, and application in biotyping panels.The strain KYQU89 (CBS10423), isolated from cheese, was found to be a new species, with D1/D2 sequence identical to two killer isolates from insects. The three strains were shown to be related to the Ovoides clade of the genus Trichosporon, and were characterized bysequencing of the D1/D2 region of the LSU rDNA and physiological profiles the new species was called Trichosporon insectorum. Twenty killer strains were selected to compose a panel of biotyping against one hundred clinical and environmental isolates of Cryptococcus neformans and Cryptococcus gattii. Basedon the killer sensitivity patterns, a dendrogram demonstrating the total discrimination of the strains was done. The lethal action of the toxin on the cells of Cryptococcus was observed by means of optical and scanning electron microscopy, showing that there was no formation of pores on the cell surface of the sensitive cells in contact with the toxins, but a probable interference in the cell cycle. In the same way, a panel of 11 selected killer strains was used for the biotyping of multi-resistant Staphylococcus epidermidis strains, provenient from two hospitals in Porto Alegre, RS, being also capable of discriminating all the strains.
10

Um homem para chamar de seu : uma perspectiva genealógica da emergência da Política Nacional de Ação Integral à Saúde do Homem

Santos, Helen Barbosa dos January 2013 (has links)
Quem é o homem que a Política Nacional de Atenção Integral à saúde do homem (PNAISH) chamará de seu? Com este questionamento tomamos a “saúde do homem” como um problema, ou seja, buscamos compreender o diagrama dos diversos movimentos que colocaram uma determinada compreensão do homem e do masculino na constituição da Política, analisando as tensões e as linhas de força que a constituem. Enquanto estratégia biopolítica, o enunciado de que o homem não cuida de sua saúde e outros discursos sobre o corpo social masculino marcam a produção social de masculinidades inscritas na história da saúde no Brasil. Para estas problematizações, fundamentamo-nos nas ferramentas teóricas e metodológicas da Psicologia Social, a partir do prisma pós-estruturalista, especialmente ao pensamento de Michel Foucault, na forma como o autor desenvolveu uma análise dos discursos e da emergência dos saberes na sua articulação com mecanismos e tecnologias de poder, em especial acerca do dispositivo da medicalização. Ademais, nos baseamos em autores que discutem as masculinidades, em especial pela analítica queer. O desenvolvimento da pesquisa tem primeiramente como corpus de análise o documento oficial da PNAISH, bem como leis, portarias e diário de campo dos Seminários de Saúde do Homem que ocorreram no Rio Grande do Sul. Em um segundo momento, a fim de conferir visibilidade à produção social das distintas figuras do masculino moralmente hierarquizadas na história da saúde no Brasil, parte-se de estudos que tanto retratam a saúde pública no país, bem como autores que problematizam os arranjos de masculinidades em determinados contextos histórico-sociais. Também nos utilizamos de personagens da literatura e da música brasileira como parte do campo de análise, inspirado pelos preceitos epistemológicos do personagem conceitual proposto na filosofia de Felix Guattari e Gilles Deleuze. A partir destes elementos, buscamos fazer uma releitura da história, onde masculinidades sujeitadas pelas ações eugênicas da medicalização dos corpos no país adquirem seu estatuto infame perante a sociedade. Percebe-se que estratégias de normalização colocam as masculinidades em movimento, onde a compartimentalização entre masculinidades legitimas e ilegítimas se constrói sobre o imperativo de homem ideal para a nação: trabalhador, pai de família, provedor. Estes preceitos, ancorados nos ideários de raça e classe social se ancoram em uma conjuntura da desigualdade social. Nesse processo de produção de masculinidades, muitas vezes, o último ponto de ancoragem social que inscrevem esses homens socialmente é uma virilidade violenta que se evidencia nos altos índices de morte por causas externas entre os homens. Em suma, evidenciamos a produção de masculinidades desprovidas de acesso aos direitos à saúde como direitos à vida, enquanto efeitos de uma longa história de medicalização do corpo social masculino, aspecto este, que adquire pouca visibilidade nas pesquisas que têm como cerne a saúde coletiva e/ou as relações de gênero e sexualidade. / Who is the man attended by the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health? With this question in mind, we consider “men’s health” as a problem, in other words, we aim at understanding the diagram of several movements that built a determined comprehension of man and the masculinity in the political constitutions, analyzing its tensions and forces. As a biopolitical strategy, the statement that men do not take care of their health and other discourses on men’s social body underline the social production of masculinities inscribed in the health history of Brazil. To answer these questions, we use as a basis the theoretical and methodological tools of social psychology, from the poststructuralist perspective, especially the studies of Michel Foucault, in which the author developed an analysis of discourses and the emergence of knowledge in their relationship with mechanisms and technologies of power, especially on the device of medicalization. Furthermore, we also reviewed the studies of other authors on masculinities, especially in the queer analytical approach. The development of this research has, firstly, as its corpus of analysis, the official documentation of the Brazilian Policy of Integral Attention of Men’s Health, as well as related legislation and field diaries on the Men’s Health seminars that occurred in Rio Grande do Sul state. Afterwards, to highlight the social production of distinct male figures that are morally hierarchical in the history of health care in Brazil, we considered studies that portray public health in Brazil as well as authors that have questioned the arrangements of masculinities in specific historical and social contexts. Characters from Brazilian literature and music were used as part of the field of analysis, inspired by the epistemological precepts of the conceptual character proposed by the studies of Gilles Deleuze and Felix Guattari. Based on these elements, we made a re-reading of the history, in which masculinities subjected by eugenicactions of medicalization of bodies in Brazil acquired its infamous status in society. It is noticeable that the standardization strategies put masculinities in motion, in which compartmentalization between legitimate and illegitimate masculinities are build on the requirements of the ideal man for the nation: worker, father, provider. These precepts, anchored in the ideals of race and social class are anchored in a juncture of social inequality. In this process of production of masculinities, often the last point of social anchorage in which these men are socially inscribed is a violent virility that becomes evident in the high rates of death from external causes among men. To briefly summarize, we argue that the production of masculinities devoid of access to health rights as well as the right to live, as an effect of a long history of social medicalization of the male body. We should also consider that this topic is understudied in researches that have as their core public health and/or relations of gender and sexuality.

Page generated in 0.0421 seconds