• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • Tagged with
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo taxonômico do gênero Ocotea Aubl. (Lauraceae) na floresta ombrófila dens ano estado do Paraná, Brasil

Brotto, Marcelo Leandro 15 June 2010 (has links)
Resumo: Este trabalho consiste no levantamento das especies de Ocotea Aubl. (Lauraceae) que ocorrem na Floresta Ombrofila Densa (FOD) no Estado do Parana. O genero e caracterizado por arvores ou arbustos com flores unissexuadas ou bissexuadas, estames com anteras 4-locelares, locelos arranjados em dois pares sobrepostos, um par de glandulas na base dos filetes dos estames da serie III e estaminodios da serie IV pouco desenvolvidos. Ocotea e o maior genero de Lauraceae no Neotropico com pelo menos 300 especies das quais cerca de 150 ocorrem no Brasil. A FOD recobre a porcao Leste no Estado e localiza-se entre as coordenadas 24¨¬40.-26¡Æ00. S e 48¡Æ00.-49¡Æ10. W. Foram realizadas coletas na regiao e analisadas exsicatas dos herbarios B, EFC, HBR, HFC, HFIE, HUCP, K, MBM, NY, P, PKDC, RB, SPF, SPSF, UPCB e W. Sao apresentadas chave de identificacao das especies, descricoes, ilustracoes, mapas de distribuicao, pranchas fotograficas, alem de dados sobre floracao e frutificacao, habitat, distribuicao geografica e comentarios. Na area o genero Ocotea Aubl. esta representado por 22 especies: Ocotea aciphylla (Nees) Mez; O. bicolor Vattimo-Gil; O. brachybotrya (Meisn.) Mez; O. catharinensis Mez; O. dispersa (Nees) Mez; O. elegans Mez; O. glaziovii Mez; O. lanata (Nees) Mez; O. laxa (Nees) Mez; O. lobbii (Meisn.) Rohwer; O. nectandrifolia Mez; O. notata (Nees) Mez; O. nunesiana (Vattimo-Gil) Baitello; O. odorifera (Vell.) Rohwer; O. porosa (Nees) Barroso; O. puberula (Rich.) Nees; O. pulchella Mart.; O. silvestris Vattimo-Gil; O. teleiandra (Meisn.) Mez; O. tristis (Nees) Mez; O. vaccinioides (Meisn.) Mez; O. sp. nov. Uma especie e categorizada como Em Perigo Critico (CR) e sete sao categorizadas como Em Perigo (EN) segundo os criterios da IUCN. Ocotea brachybotrya (Meisn.) Mez e citada pela primeira vez no Parana e uma especie ainda nao descrita foi confirmada para a FOD no Parana. Os dados e resultados obtidos evidenciam a importancia do conhecimento e da preservacao do genero Ocotea na composicao e estrutura da vegetacao da Floresta Ombrofila Densa no Estado do Parana.
2

Anatomia da madeira de Ocotea odorifera (Vell.) Rohwer (Lauraceae)

Silva, Márcio da January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal / Made available in DSpace on 2012-10-20T11:07:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 208911.pdf: 8714096 bytes, checksum: 68592332f27f06b7ba043b574c56e043 (MD5) / Lauraceae é uma Família de Magnoliophyta com distribuição marcadamente tropical e subtropical em todo o mundo, especialmente nas florestas centro e sul-americana. No Brasil, a família Lauraceae possui uma distribuição muito extensa, sendo encontrada nas mais diversas regiões, estando presente nas restingas do litoral, nos cerrados e nas matas, compreendendo cerca de 2.000 espécies. Ocotea Aublet é o maior gênero em número de espécies dentro da família, apresentando cerca de 400 espécies, distribuindo-se principalmente na América do Sul e América Central e em menor grau, no oeste da África e Madagascar. Ocotea apresenta grande importância econômica, destacando-se inúmeras espécies usadas na indústria madeireira, ou como produtoras de óleo usado na indústria farmacêutica e na medicina. Não obstante a importância do gênero no contexto econômico e ecológico, o uso irracional destes recursos naturais levou inúmeras espécies quase a extinção, entre as quais Ocotea odorifera (Vell.) Rohwer. Os caracteres morfológicos do grupo são muito homogêneos, e sua utilização, para a delimitação e determinação das relações entre os taxa, é limitada. No presente trabalho são apresentadas as características anatômicas da madeira de O. odorifera. Foi analisado o lenho de quatro árvores coletadas em ambientes distintos, nos municípios de Rancho Queimado/SC e Florianópolis/SC, em ambientes de Floresta Ombrófila Mista e Floresta Ombrófila Densa, respectivamente. As amostras de lenho avaliadas não apresentaram diferenças anatômicas entre si e todas as características anatômicas descritas para a Família Lauraceae foram observadas no lenho de O. odorifera. Presença de tilos no interior dos elementos de vaso, tanto em cerne, como em alburno foram observados. Células de óleo são abundantes no xilema e também no floema. Cristais rombóides e estilóides foram encontrados no interior de células do parênquima. Cristais rombóides foram encontrados no interior de fibras.

Page generated in 0.0376 seconds