• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 10483
  • 257
  • 240
  • 239
  • 233
  • 163
  • 158
  • 76
  • 33
  • 33
  • 29
  • 17
  • 7
  • 6
  • 5
  • Tagged with
  • 10757
  • 4008
  • 2445
  • 1689
  • 1686
  • 1431
  • 1333
  • 1026
  • 825
  • 730
  • 680
  • 595
  • 575
  • 574
  • 566
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Construção de um forno tubular rotativo utilizando lâmpadas halógenas para a síntese de nanopartículas / Construction of a rotary tube furnace using halogen lamps for the synthesis of nanoparticles

Carvalho, Joelma Anastácio January 2011 (has links)
CARVALHO, J. A. Construção de um forno tubular rotativo utilizando lâmpadas halógenas para a síntese de nanopartículas. 2011. 89 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência de Materiais) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2012-01-27T19:40:36Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_jacarvalho.pdf: 5153602 bytes, checksum: f85f7bdb8793e86273b432164ec5064a (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2012-01-27T19:41:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_jacarvalho.pdf: 5153602 bytes, checksum: f85f7bdb8793e86273b432164ec5064a (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-27T19:41:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_jacarvalho.pdf: 5153602 bytes, checksum: f85f7bdb8793e86273b432164ec5064a (MD5) Previous issue date: 2011 / This paper deals with the study, construction and testing of a rotary tube furnace for calcinations and obtaining metal oxides from the conventional sol-gel protein process. The research approach aims to increase energy efficiency in order to reduce the expenditure of energy and time to obtain nanoparticles, using 6 (six) bilateral basis tungsten halogen lamps with 1000W/220V each one. This furnace is able to perform synthesis with good mixing by rotation of the powder during calcination with the differential use of halogen lamps, which enables a high heating and cooling of the sample. The components were able to withstand high temperatures, equipped with hard oxidation, and the efficient thermal insulation by low thermal conductivity in order to obtain low heat loss through the walls of the oven. The assembly process was marked by several improvements over the original design, since the beginning, the oven did not have the cooling system and its use has improved efficiency and conservation of halogen lamps. The research results show the better efficiency of the furnace of halogen lamps in comparison to the resistance furnace on the particle size and its homogeneity, as well as the loss of heat. In this last item reaching a better yield around 50% compared to electric resistance furnace. / O presente trabalho trata do estudo, construção e teste de um forno tubular rotativo, para a calcinação e obtenção de óxidos metálicos a partir do processo sol-gel protéico convencional. A abordagem da pesquisa visa aumentar a eficiência energética com o propósito de reduzir o dispêndio de energia e de tempo na obtenção de nanopartículas, utilizando-se 6(seis) lâmpadas halógenas de tungstênio de base bilateral com 1000W/220V cada uma. Este forno é capaz de realizar síntese com boa homogeneização pela rotação do pó durante a calcinação com o diferencial do uso de lâmpadas halógenas, que possibilitam um elevado aquecimento e resfriamento da amostra. Os componentes foram capazes de resistir a elevadas temperaturas, dotados de difícil oxidação, e os isolantes térmicos eficientes por sua baixa condutividade térmica a fim de obter baixas perdas de calor pelas paredes do forno. O processo de montagem foi marcado por várias melhorias em relação ao projeto original, visto que a princípio o forno não contava com o sistema de refrigeração e sua utilização melhorou a eficiência e conservação das lâmpadas halógenas. Os resultados da pesquisa evidenciam a eficiência do forno de lâmpadas halógenas em relação ao forno a resistência quanto ao tamanho da partícula e sua homogeneização, bem como quanto a perda de calor. Neste último item atingindo um rendimento melhor em torno de 50% comparado ao forno a resistência elétrica. / Cet article traite de l'étude, la construction et l'essai d'un four tubulaire rotatif pour calcinations et l’obtention les oxydes métalliques obtention de la protéine sol-gel classique. La démarche de recherche vise à accroître l'efficacité énergétique afin de réduire la dépense d'énergie et de temps pour obtenir des nanoparticules, à l'aide de 6 (six) lampes halogènes 1000W/220V base bilatérale avec chacun d'eux. Ce four est en mesure d'effectuer la synthèse avec un bon mélange par rotation de la poudre lors de la calcination avec l'utilisation différentielle des lampes halogènes, qui permet à un chauffage à haute et le refroidissement de l'échantillon. Les composants ont été en mesure de supporter des températures élevées, équipé d'oxydation dur, et l'isolation thermique efficace par une faible conductivité thermique afin d'obtenir une faible perte thermique à travers les parois du four. Le processus d'assemblage a été marquée par plusieurs améliorations par rapport à la conception d'origine, depuis le début, le four n'a pas eu le système de refroidissement et son utilisation a permis d'améliorer l'efficacité et la conservation des lampes halogènes Les résultats du sondage montrent l'efficacité de la fournaise de lampes halogènes par rapport à la fournaise de résistance sur la taille des particules et de son homogénéité, ainsi que la perte de chaleur. Dans ce dernier point pour atteindre um meilleur rendement autour de 50% par rapport à four électrique à résistance.
2

Instrumentação de um pendulo para ensaio de impacto Charpy

Delforge, Daniel Yvan Martin 04 February 1994 (has links)
Orientador: Itamar Ferreira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-07-19T08:11:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Delforge_DanielYvanMartin_M.pdf: 12956439 bytes, checksum: 87dca7ee991c0d9b69825070294df149 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: O ensaio de impacto Charpy convencional, possibilita que se determine a energia total ('E IND. T¿) absorvida para fratura de um corpo de prova entalhado, de dimensões padronizadas. Entretanto, sabe-se que essa energia total, resulta da soma de duas componentes: a energia necessária para iniciar a fratura ('E IND.I¿) mais a energia necessária para a propagação dessa fratura ('E IND. P¿). No presente trabalho, é instrumentado um pêndulo de ensaio de impacto Charpy, utilizando-se técnicas de extensometria e de aquisição e digitalização de sinais, com o objetivo de se determinar as duas componentes ('E IND.I¿ e 'E IND. P¿) cuja soma define a energia total absorvida. Inicialmente, além de um breve estudo sobre: i) Ensaio de impacto Charpy; ii)Tenacidade à fratura de materiais metálicos; iii)Análise das condições básicas necessárias para instrumentação de ensaios dinâmicos, são confeccionadas quatro células de carga, nas quais são avaliados os melhores locais de colagem dos extensômetros. Com base em dois métodos: experimental e por elementos finitos. A verificação da eficiência da instrumentação e do sistema de aquisição de dados foi feita, realizando-se alguns ensaios em condições de carregamento dinâmico, aplicados a corpos de prova Charpy, entalhados. Os materiais utilizados na confeccão dos corpos de prova, são: Liga de alumínio AI 7050, aço ABNT 1020, aço ABNT 4140 e aço 300M de utilização aeronáutica. Verificou-se que para a liga de alumínio AI 7050 e para os aços AB~T 1020 e 300M, quando se diminui a velocidade inicial de impacto (entre 2.0 e 3.0 m/s), os valores das cargas máximas para iniciar a fratura, aumentam significativamente e, que quando ocorre fratura completamente dúctil ou escoamento generalizado dos corpos de prova, as cargas atingem valores próximos aos estabelecidos com carregamento monotônico , apoiado em três pontos. Já, quando se observam velocidades iniciais de impacto mais elevadas (da ordem de 5.5m/s) e, fratura completamente frágil dos corpos de prova, as cargas atingidas são muito inferiores às estabelecidas, nos ensaios com apoio em três pontos / Abstract: The conventional Impact Charpy Test allows for the determination of the total absorbed energy ('E IND. T¿) for fracture of notched specimens. However, such energy is the result obtained by adding two important values : the absorbed energy due to the initiation of fracture ('E IND.I¿), and the absorbed energy due to the propagation of this fracture. The aim of the present work has been to instrument the Impact Charpy Test, by means of extensometry and da ta acqui sition and digitalization techniques in order to evaluate the ('E IND.I¿ and 'E IND. P¿) components. After a brief review of the: i) Conventional impact Charpy test; ii) Metallic materiaIs fracture toughness theory ; iii) Dynamic analysis instrumentation basic requirements, a rig is described which four load cells were installed along the hammer tup , and employing two diferent methods: experimental and finite elements anaIysis, the best site for location of the foil strain-gages was determined. Afterwards, some impact tests were used to evaluate the performance of the instrumentatíon, using notched Charpy specimens in the following metaIIic aIIoys: i) High-strength aluminium; ii) Low-carbon ateeI; iii) Medium-carbon steel; iv) 300M steel. During the tests, it was observed that when the hammer's initial velocity decreased, in the high-s trength aIumini um, low-carbon stee I and 300M steel cases (2.0m/s or 3.0m/s), the maximum load values to initialize the specimens fracture, was significatively increased, and when total ductile fracture ocurred, those maximal loads resulted very similar to the expected loads. On the other hand, for increasing hammer's initial velocity (5.5m/s), and occurred brittle Charpy specimens fracture, the maximal load are toa much decreased. / Mestrado / Mestre em Engenharia Mecânica
3

Dissolução de hidroxiapatite em presença de catiões metálicos

Ribeiro, Maria Cristina de Castro January 1994 (has links)
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia de Materiais, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação do Prof. Doutor Mário Adolfo Barbosa
4

Resistencia a usinagem : uma contribuição a caracterização dos materiais

Destro, Jose Paulo Breda 18 February 1993 (has links)
Orientador: Nivaldo Lemos Cupini / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-07-18T05:22:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Destro_JosePauloBreda_M.pdf: 2665807 bytes, checksum: a825769f75ad5d4ae2092f3a96ca4ed3 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Este trabalho tem o objetivo de propor uma nova propriedade intrinseca dos materiais: Resistência à Usinagem. Tal propriedade foi idealizada para substituir a propriedade tecnologica usinabilidade, exclusivamente no que tange à caracterização dos materiais durante o seu desenvolvimento e controle de qualidade durante sua produção. Para a medida da Resistencia à usinagem foi definido o índice RU, que traduz a resistencia do material à usinagem em termos da força ativa necessária para usiná-lo e da taxa de desgaste sofrido pela ferramenta após um dado volume de cavaco removido. Foram realizadas medidas das propriedades para aços ABNT-1212, -12L14, INOX 303. Os resultados destas medidas mostraram-se coerentes quando comparados com indices universais de usinabilidade / Abstract: The aim of this work is the conception of a new material property: Strength to Machining, which is only inherent to it. This property was conceived to replace the technological property of machinability, only regarding to material characterization during its research, development and quality control within its production. Tne index RU was defined in order to allow and express its measurement. It means the machining strength in relation to the active force, required to machine it, and to the wear rate endured by the tool- after the remotion of a fixed chip amount. Measurements of the property were performed for the following steels: ABNT-1212, -12L14 and INOX 303. Experimental results showed to be quite fair to universal machinability indexes from literature / Mestrado / Mestre em Engenharia Mecânica
5

Diagramas de fases Al-Cr, Cr-Nb e secçãoAl-Cr-Nb a 1000 C

Costa Neto, Joaquim Gonçalves 30 October 1991 (has links)
Orientador: Sergio Gama / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:20:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CostaNeto_JoaquimGoncalves_M.pdf: 7232654 bytes, checksum: ffba45a874b3eb5a4e302dbd801bff79 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo:O sistema AI-Cr-Nb surge como um sistema promissor na produção de superligas. O objetivo deste trabalho foi a revisão da secção a 1000°C do sistema AI-Cr-Nb, passando pela revisão dos binários AI-Cr e Cr-Nb. O diagrama AI-Cr consiste de uma reação peritética a 1315°C, entre a fase líquido e a fase (Cr), que no resfriamento resulta na formação da fase Al8Cr5. Três outras fases intermediárias são geradas também por reações peritéticas (AI9Cr4, Al4Cr, Al7Cr). A 657°C, a fase liquido, rica em alumínio (cerca de 0,4 %at.Cr), decompõe-se em Al7Cr e (AI). A fase (Cr) sofre uma transformação congruente a 910°C dando origem à fase AICr2. Através de uma reação eutetóide a 872°C e 61 %at.Cr, a fase (Cr) decompõe-se em Al8Cr5 e AICr2. A fase ? (Al11 Cr2) não foi encontrada em amostras como fundidas, tratadas ou após análise térmica diferencial (ATD). Os sinais de ATD também não mostram a temperatura de formação de 1 (AI11Cr2). A natureza da reação envolvendo a fase (AI) foi determinada ser eutética ao invés de peritética como mostra a literatura. O sistema Cr-Nb é caracterizado por uma fase de formação congruente, fase de Laves Cr2Nb, que forma um eutético com cada uma das soluções sólidas terminais. O eutético rico em cromo foi encontrado para a composição de 20,0 %at.Nb. A existência da fase Cr2Nb foi confirmada com um largo intervalo de solubilidade. A composição do eutético rico em nióbio foi determinada em 49,0 %at.Nb. Uma fase não estável no sistema Cr-Nb, de crescimento facetado, de estequiometria CrNb, foi encontrada em amostras preparadas para este trabalho. Tentativas de estabilização desta fase, a altas temperaturas ou por tratamento térmico sob atmosfera oxidante, falharam. O diagrama de fases ternário AI-Cr-Nb foi revisado, com ênfase na secção a 1000°C. Um esquema de reações e as relações de fases para a secção a 1000°C são apresentados. Análises térmicas da liga AI54Cr34Nb12, e em outras três composições vizinhas a esta, mostram a não existência de um eutético ternário nesta composição. Microanálises quantitativas determinaram campos de equilíbrio na secção a 1000°C. A secção é caracterizada por oito equilíbrios ternários; uma grande solubilidade de AI na fase Cr2Nb, a nióbio constante; admissão de cerca de 8 e 4,5 %at.Cr nas fases Nb2Al e Nb3AI, respectivamente, a nióbio constante; e equilíbrio binário entre Cr2Nb e Al3Nb / Abstract: The AI-Cr-Nb system appears as an interesting system in the field of superalloys. The purpose of his work is to revise the isothermal section AI-Cr-Nb at 1000°C as well as to verify the binaries AI-Cr and Cr-Nb. The AI-Cr phase diagram consists af a peritectic reaction at 1315° C, , between the liquid and (Cr) phases, which on cooling results in the Al8 Cr5, phase. Three other intermediate phases have a peritectic formation (Al9 Cr4, Al4Cr and AI7Cr). The aluminum rich jiquid (0.4%atCr) decomposes eutectically in Al7Cr and (AI). The (Cr) phase transforms congruently in AICr2 at 910°C. By means of a eutectoid reaction at 872°C, 61 %at Cr, the (Cr) phase decomposes in Al8 Cr5 and AICr2. The ? phase (Al11Cr2) was not found in as cast or heat treated samples neither in differential thermal analysis (DTA) samples. The DTA signals did not show the formation temperature of ? (A11Cr2). The nature of the reaction involving the (AI) phase was verified to be eutectic instead of peritectic as shown in the literature. The Cr-Nb system is characterized by having a Laves type phase Cr2Nb3, which takes part in both eutectic reactions with the terminal phases (Cr) and (Nb). The chromium rich eutectic was found to be at 20.0% at Nb. The existence of the Cr2Nb phase with a large solubility range was confirmed. The niobium rich eutectic was determined to be at 49% at Nb. A CrNb phase was found in some samples of this work. Experiments to vcrify the stability of this phase at high temperatures or its stabilization by oxygen failed. The ternary phase diagram AI-Cr-Nb was revised, with emphasis in the section at 1000°C. The phase relations for this section and a scheme of reactions are presented. Thermal analyses of the Al54Cr34Nb12 alloy and of three other surrounding compositions show the non existence of a ternary eutectic. Quantitative microanalyses determined the equilibrium fields in the section at 1000°C. This section has eight equilibrium triangles; a large aluminum solubility for the Cr2Nb phase at constant niobium; the AINb2 and AINb3 phases admitting approximately 8.0 and 4.5% at Cr, respectively, at constant niobium; and a two phase equilibrium between Cr2Nb and Al3Nb / Mestrado / Mestre em Engenharia Mecânica
6

Influencia do tempo pos-prensagem (imediato e 24 horas) na porosidade, rugosidade, dureza de superficie e resistencia ao impacto de resinas acrilicas

Tanji, Mauricio 22 November 2002 (has links)
Orientadores: Saide Sarckis Domitti, Simonides Consani / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-02T20:43:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tanji_Mauricio_D.pdf: 4246252 bytes, checksum: 61c4c50d9c7400751bbd6ffc53d3b815 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Este trabalho verificou a influência do tempo pós-prensagem (imediato e 24 horas) sobre porosidade, rugosidade, dureza de superficie e resistência ao impacto de resinas acrílicas termopolimerizávéis: Clássico, QC-20 e Onda-Cryl. Foram obtidos 60 corpos-deprova a partir de matrizes retangulares de alumínio (65xl0 e 64x9 x 3,0 mm), fixados com adesivo instantâneo (Super Bonder, Loctite) em suporte de madeira. As matrizes foram moldadas com silicona por condensação para uso laboratorial (Zetalabor-Labordental Ltda.) e os moldes incluídos em muflas metálicas ou de fibra de vidro. A proporção pó/líquido e mistura, assim como a prensagem das resinas acrilicas foram realizadas de acordo com as instruções dos fabricantes. Após polimerização nos ciclos de água aquecida a 74°C por 9 horas, água em ebulição por 20 minutos e energia de microondas a 1100W por 10 minutos, os corpos-de-prova foram removidos das muflas após esftiamento em temperatura ambiente e submetidos aos processos de acabamento e polimento convencionais. Em seguida, foram submetidos aos ensaios de porosidade, por meio da imersão dos corpos-de-prova em tinta Nankin (Acrilex) por 12 horas, lavagem em água corrente por 10 segundos, sendo posteriormente quantificado e fotografado em área previamente determinada; de rugosidade num rugosímetro Surfcorder SE 1700; dureza, num microdurômetro Shimadzu (Modelo HMV-2000) calibrado com carga de 25 gramas por 10 segundos e o ensaio de resistência ao impacto, numa máquina Otto Wolpert Werke, pelo sistema Charpy. Os resultados submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (5%) mostraram que: 1 - Porosidade: a maior porosidade foi promovida pela resina Onda-Cryl no tempo imediato e a QC-20 no período de 24 horas. Quando o tempo pós-prensagem foi comparado, todas as resinas acrílicas mostraram diferença estatística significativa. 2 - Rugosidade: a rugosidade de superficie não mostrou diferença estatística significativa nos valores entre materiais, quando o fator tempo foi considerado. Quando os tempos foram comparados, somente a resina acrílica Clássico mostrou valores com diferença estatística significativa. 3 - Dureza: no tempo imediato a maior dureza foi mostrada pela resina acrílica Onda-Cryl e a menor pela QC-20, com diferença estatística significativa entre si. No período de 24 horas, a resina acrílica Onda-Cryl apresentou maior valor de dureza, com diferença estatística significativa quando comparado à QC-20. A resina acrílica Clássico apresentou similaridade estatística com ambas. Quando os tempos foram comparados, somente a resina acrílica Onda-Cryl não apresentou diferença estatística significativa. 4 - Resistência ao impacto: não houve diferença estatística significativa nos valores de resistência ao impacto entre os materiais, no tempo imediato. No período de 24 horas, as resinas acrílicas Clássico e Onda-Cryl não mostraram diferença estatística significativa, entretanto ambas foram diferentes estatisticamente da resina acrílica QC-20, esta com menor valor. Quando foram comparados os tempos, somente a resina QC-20 apresentou valor com diferença estatística significativa / Abstract: This study investigated the influence of the post-pressing time (immediate and 24 hours) on the porosity, roughness, hardness of surface and impact strenght variables in Clássico, QC-20 and Onda-Cryl thermo-cured acrylic resins. Sixty specimens were made with a retangular aluminium die (65xl0 and 64x9 x 3,0 mm) attached to a wooden plate with Super Bonder adhesive (Loctite). The die were moulded with Zetalabor condensation silicone (Labordental Ltda.) used for laboratory purposes and the molds were included into metal flasks or reinforced fiberglass flasks. The powder/liquid proportion and mixture, as well as acrylic resin pressing were made according to manufature's instructions. The acrylic resins were cured in heat water (74°C) for 9 hours, boiling water for 20 minutes or by microwave energy with 1100W for 10 minutes. The specimens were removed afier flasks cooling at room temperature and submetted to polishing by conventional procedure. Subsequently, were submetted to: a) porousness test by specimens immersion into Nankin ink (Acrilex) for 12 hours, washed into running water for 10 seconds and thererafter the porous was counted and photographed in. pre-determined areas; b) superficial roughness with Surfcorder SE 1700; c) hardness with Shimadzu microdurometer with load of25 grams by 10 seconds; d) impact strenght test with Charpy system in a Wolpert machine. The results submetted to ANOVA and Tukey's test showed that: 1 - porosity: the best porosity was promoted by Onda-Cryl in the immediate post-pressing time, and the QC-20 in the 24 hours one. When the post-pressing time was compared, alI acrylic resins showed statistical significative difference. 2 - roughness: no statistical significative difference was observed among materials when the post-pressing time was considered. When the post-pressing time was unfoqued, only Clássico acrylic resin showed values with statistical significative difference. 3 - hardness: in the immediate post-pressing the best hardness was showed by the Onda-Cryl and the smallest by QC-20 both with statistical significative difference. In the 24 hours post-pressing, Onda-Cryl showed great hardness values with statistical significative difference when compared to QC-20. Clássico resin showed statistical similarity with both. When the post-pressing time compared, only Onda-Cryl do not presenting statistical significative difference. 4 - impact strength: no statistical significative difference was observed among resins in the immediate post-pressing. In the 24 hours postpressing, the Clássico and Onda-Cryl resins do not showed statistical significative difference, however both were statistically diferent ITomthe QC-20 resin with the smaller value. When the post-pressing time compared, only the QC-20 resin showed value with statistical significative difference / Doutorado / Protese Dental / Doutor em Clínica Odontológica
7

Gestão de materiais de embalamento na ColepCCL

Mota, António Mário Ribeiro Nunes Moreira January 2010 (has links)
Estágio realizado na empresa ColepCCL e orientado pelo Eng.º Renato Alves / Documento confidencial. Não pode ser disponibilizado para consulta / Tese de mestrado integrado. Engenharia Mecânica. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2010
8

Caracterização do comportamento à fractura de materiais compósitos : (PRFV)

Lima, António M. Vasconcelos January 1988 (has links)
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia de Estruturas, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação dos Prof. Doutores Paulo M. S. Tavares de Castro e António Torres Marques
9

Estudo do comportamento à compressão de materiais compósitos

Morais, Alfredo Manuel Balacó de January 1997 (has links)
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Doutor na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação do Prof. Doutor Torres Marques
10

Análise do comportamento de camadas de desgaste drenantes com materiais graníticos

Ribeiro, Jaime Manuel Queirós January 1995 (has links)
Dissertação para obtenção do grau de Doutor em Engenharia Civil, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação do Prof. Doutor Arnaldo Humberto Pereira de Sousa Melo

Page generated in 0.2268 seconds