• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3
  • Tagged with
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Gerenciamento de requisitos no ambiente Cocar

Thommazo, André Di 29 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1792.pdf: 1793786 bytes, checksum: 8e3f39a83c69deddf07abe1063163387 (MD5) Previous issue date: 2008-01-29 / The objective of this work was to implement an initial version of a development support environment, based on the Use Case Model, named COCAR. The conception and the features of this environment are the result of several master papers. In the scope of this work, the main subject under study has been requirement management, although concerning its implementation, functionalities related to other previous works have also been contemplated. This environment prop up a few software development tasks, aiming at leveling up qualitity throughout the process. It is well know that one of the principal characteristics related to software product quality is that the product should meet the user requirements. In requirement engineering, the comunication between the user and the developer is stated in the Requirement Document and based on it, the requeriment can be modelled, for instance, by means of the Use Case Model. Despite the efforts invested in gathering requirements with the user, it is know that they are very likely to be ammended during the development process. A fundamental factor for the maintainance of the overall quality is that such modifications to the requirements occur in a monitored and foreseeable way. The ability to describe and follow a requirement life-cycle within the software development process is denominated requirement traceability. As the requirement document represents what binds the user and the developers, if traceability is obtained from that point onwards, the quality of the development process tend to increase and this permits monitoring since its earliest phases. This paper contribution to the implementation of the environment COCAR, includes features such as: registering the requirement of a system, generating of a Use Case Model, requirement management (mainly what concerns traceability between the Requirement Document and the Use Case Model), providing traceability metrics found in academic literature and the possibility of determining the relationship between the requirements. Based on the data provided by the tool, it is easy to perceive that they are highly relevant to any system development planning or following up, which can be an important pragmatic contribution to the improvement of software development and software products. / Este trabalho teve como objetivo a implementação de uma versão inicial de um ambiente de apoio ao desenvolvimento de software, baseado no Modelo de Casos de Uso, denominado COCAR. A concepção e as funcionalidades desse ambiente são frutos de alguns trabalhos de mestrado. No contexto deste trabalho o objetivo principal de estudo foi o gerenciamento de requisitos, embora, em termos de implementação, funcionalidades relacionadas a outros trabalhos anteriores foram também contempladas. Esse ambiente apóia algumas atividades do desenvolvimento de software, procurando aumentar a qualidade ao longo desse processo. Sabe-se que uma das principais características relacionadas à qualidade de um produto de software é que este atenda aos requisitos do usuário. Na Engenharia de Requisitos, a comunicação entre usuário e desenvolvedor é registrada no Documento de Requisitos, sendo que, a partir deste, os requisitos podem ser modelados, por exemplo, por meio de Modelos de Casos de Uso. Apesar dos esforços em levantarem-se as necessidades junto ao usuário, sabe-se que os requisitos solicitados serão alterados durante o processo de desenvolvimento. Um ponto fundamental para que a qualidade seja mantida é que essas alterações ocorram de forma controlada e previsível. A capacidade de descrever e acompanhar a vida de um requisito dentro do processo de desenvolvimento de software é chamada rastreabilidade de requisitos. Como o documento de requisitos representa o elo entre o usuário e os desenvolvedores, caso a rastreabilidade seja obtida a partir desse ponto, a qualidade do processo de desenvolvimento tende a ser melhor e a permitir um controle desde suas fases iniciais. A contribuição deste trabalho para a implementação do ambiente COCAR incluiu as funcionalidades de registro dos requisitos de um sistema, a geração do Modelo de Casos de Uso e o gerenciamento de requisitos, sobretudo no que diz respeito aos aspectos de rastreabilidade, entre o Documento de Requisitos e o Modelo de Casos de Uso, oferecendo métricas de rastreabilidade propostas na literatura e possibilidade de determinação do relacionamento entre os requisitos. Com base nas informações oferecidas pela ferramenta, pode-se perceber que elas são de grande valia para o planejamento e acompanhamento do desenvolvimento de um sistema, o que pode ter uma grande contribuição prática para a melhoria da qualidade do processo e do produto.
2

Geração de pontos de casos de uso no ambiente Cocar

Martins, Marcos Danilo Chiodi 29 January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1803.pdf: 1717533 bytes, checksum: 1210db8814aa3022bcdf784743d9e6f4 (MD5) Previous issue date: 2007-01-29 / The objective of this paper was to implement an initial version of a development support environment named COCAR based on the Use Case Model. Even though the conception and some features of this environment are the outcome of several other master papers, this work emphasises the relevance of the Use Case Point metric (PCU). This metric strengthens the usage of estimates which are of fundamental importance for the calculation of a system development time. Furthermore, such a metric is associated to one of the main drivers of a software product quality, which is the ability to meet delivery time. With the advent of the object oriented development paradigm, the Use Case Point metric based on the Use Case Model has been highlighted. However, given the lack of formality and standardization, specifying and building these models a PCU metric may be jeopardized. In the scope of this work, there have been relevant contributions to building such an environment implementing a technique called TUCCA which helps with the model standardization, a functionality that supports the insertion of system requirements in the environment and the generation of PCU as in the model generated by TUCCA application. In the assessment process of the COCAR environment an informal case study, in which a specification of actual software from a development company, has been carried out, producing Use Case Models, PCU s and effort estimates, both compared against the industry benchmarks. The results of this research showed that for this particular situation the output from the COCAR environment were very close to those defined by the industry. / Este trabalho teve como objetivo a implementação de uma versão inicial de um ambiente de apoio ao desenvolvimento de software, denominado COCAR, baseado no Modelo de Casos de Uso. A concepção e as funcionalidades desse ambiente são frutos de alguns trabalhos de mestrado, sendo que no contexto deste trabalho deu-se ênfase à métrica Pontos de Caso de Uso (PCU). Essa métrica dá subsídios à aplicação de técnicas de estimativas, as quais são fundamentais para o cálculo do tempo de desenvolvimento de um sistema, o qual está associado a uma das características principais relacionadas à qualidade de um produto de software, que é o atendimento de seu prazo de entrega. Com o advento do paradigma de desenvolvimento orientado a objeto, tem ganhado destaque os Pontos de Caso de Uso, que se baseia no Modelo de Casos de Uso da UML. Porém, dada a falta de formalidade e padronização na especificação e construção desses modelos, a métrica de PCU pode ficar comprometida. Assim, no contexto deste trabalho contribui-se para a construção desse ambiente implementando-se uma técnica denominada TUCCA, que ajuda nessa padronização do modelo, uma funcionalidade que apóia a inserção dos requisitos do sistema no ambiente, e a geração dos PCU, com base no modelo gerado com a aplicação da TUCCA. Para a avaliação do ambiente COCAR foi realizado um estudo de caso informal, no qual uma especificação de software real, de uma empresa de desenvolvimento de software foi submetida ao ambiente COCAR, gerando-se o Modelo de Casos de Uso bem como o PCU e a estimativa de esforço, os quais foram comparados àqueles gerados pela indústria. Os resultados deste pequeno estudo mostraram que, para esta situação específica, os resultados apresentados pelo ambiente COCAR foram bastante semelhantes àqueles definidos pela indústria.
3

GUCCRA: técnicas de leitura para construção de modelos de casos de uso e análise de documentos de requisitos.

Belgamo, Anderson 10 April 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissAB.pdf: 3386998 bytes, checksum: 15539f36fdb8879a0e9b63813373bb2b (MD5) Previous issue date: 2004-04-10 / Financiadora de Estudos e Projetos / The objective of this work was to define guidelines for Use Case Model (Use Case Diagram and Specification) construction. The use of use cases and UML notation for requirements modeling is a widely used option, don' t matter the development paradigm. However, neither guidelines for Use Case construction are provided by UML, neither there are works in the literature that provide a more systematic support for this activity. Hence, this activity is very dependent on the designer experience and subjectivity, leading to different models for the same system. The proposed techniques, named GUCCRA Guidelines for Use Case Construction and Requirement Analysis, are composed of two readings, AGRT Actor Goal Reading Technique and UCRT Use Case Reading Technique. The definition of these techniques was based on two other reading techniques: PBR-User, used for requirements Document inspection and ER1, of OORTs/ProDeS family, used to validate Use Case Models in relation to the Requirement Documents that were the basis for the model construction. Aiming at evaluating GUCCRA two empirical studies were carried out: the first compared the proposed techniques with an Ad-Hoc approach by constructing Use Case Models related with some Requirement Documents. The second study compared the defects related during the models construction with the defects of PBR-User application in the same documents. From the first study, the results provide evidences that the activity became more systematic with the use of the techniques and that the models became more standardized. From the second study the results showed that the majority of defects found were common to both techniques. Moreover, a study has been prepared to show the positive influence of the systematic standardization of Use Case Models in the application of the Use Case Point metric. / O objetivo deste trabalho foi definir diretrizes para a construção de Modelos de Casos de Uso (Diagrama e Especificação de Casos de Uso). A modelagem de requisitos com casos de uso, bem como a utilização da notação UML para essa finalidade é uma alternativa muito utilizada, independentemente do paradigma de desenvolvimento. No entanto, nem a UML fornece diretrizes para a construção de Casos de Uso como também não se encontram trabalhos na literatura que dêem suporte mais sistemático a essa atividade, deixando-a muito dependente da experiência e da subjetividade do projetista, fazendo com que modelos bastante diferentes sejam elaborados para o mesmo sistema. As técnicas propostas, denominadas GUCCRA Guidelines for Use Case Construction and Requirements Analysis, são compostas de duas leituras, AGRT Actor Goal Reading Technique and UCRT Use Case Reading Technique. À medida que essas técnicas são aplicadas visando à construção do Modelo de Casos de Uso, seus passos auxiliam também uma inspeção do Documento de Requisitos. A definição dessas técnicas foi baseada em duas outras técnicas de leitura: a PBR-Usuário, utilizada para inspeção de Documentos de Requisitos e a ER1, da família OORTs/ProDeS, utilizada para fazer validação de Modelos de Casos de Uso em relação ao Documento de Requisitos no qual ele foi baseado. Para avaliação da GUCCRA, foram realizados dois estudos empíricos: o primeiro comparou as técnicas propostas com a abordagem Ad-Hoc na construção de Modelos de Casos de Uso relacionados a alguns documentos de requisitos e o segundo, comparou os defeitos relatados durante a construção desses modelos com a aplicação da PBR-Usuário nos mesmos documentos. Em relação ao primeiro estudo, os resultados fornecem evidências de que as técnicas sistematizam a atividade, gerando modelos mais padronizados e, em relação ao segundo, os resultados mostraram que a maioria dos defeitos encontrados foi comuns às duas técnicas. Além disso, realizou-se também um estudo que mostrou a influência positiva da sistematização e padronização de Modelos de Casos de Uso na aplicação da métrica Pontos de Casos de Uso.

Page generated in 1.5392 seconds