• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • Tagged with
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Câncer do colo do útero no município de São Gonçalo, RJ: tendência damortalidade e caracterização epidemiológica das neoplasias intra-epiteliais cervicais / Cancer of the cervix in São Gonçalo, RJ: damortalidade trend and epidemiological characterization of cervical intraepithelial neoplasia

Oliveira, Cátia Barcelos Rapozo January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-03-28T12:36:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 895.pdf: 480586 bytes, checksum: 16b042eec4195cd280164522a167e1a5 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / O câncer do colo uterino representa um importante problema de saúde pública,constituindo-se mundialmente na segunda principal causa de morte por neoplasia entre mulheres. Os países em desenvolvimento são os que apresentam taxas de incidência e mortalidade mais elevadas. No Brasil, o câncer do colo uterino é a quinta localizaçãoneoplásica mais incidente na população em geral, entretanto, ocupa o segundo lugar dentre os cânceres femininos. A inexistência de estudos prévios que abordem especificamente o câncer do útero em município de médio porte da área metropolitana do Rio de Janeiro levou a realização de um estudo em São Gonçalo, caracterizado basicamente como de baixo nível sócio-econômico, contribuindo para determinar amagnitude e tendência da mortalidade desta neoplasia durante um período de mais de duas décadas. Em contrapartida, a existência de uma coorte de mulheres referenciadas ao pólo de patologia cervical no município de São Gonçalo gerou a oportunidade do desenvolvimento de um estudo para conhecer a distribuição da patologia cervical, dos fatores de risco envolvidos nas lesões precursoras e avaliar a correspondência entre citopatologia de referência e os exames colposcópico e histopatológico.
2

Mortalidade por câncer de útero e rastreamento das alterações citológicas cervicais no Piauí / Mortalidade uterine cancer and cytological cervicais rastreamento alterações give no Piauí

Damacena, Andressa Moura January 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-15T12:52:51Z (GMT). No. of bitstreams: 2 32.pdf: 1677209 bytes, checksum: 00b9655b9f514e2c1cc9b1c08eb4aae1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2015 / A infecção pelo papilomavírus humano (HPV) precede o desenvolvimento do câncer do colo do útero por longo período, processo que pode variar de 10 a 20 anos. A infecção persistente pelo vírus é necessária para o desenvolvimento e progressão de lesões do colo do útero, tanto para graus mais elevados de lesões pré-cancerosas, como para o câncer. Tais características permitem que ações preventivas sejam realizadas com o objetivo de romper a cadeia epidemiológica da doença, podendo ser curável em até 100 por cento dos casos se diagnosticada precocemente e tratada de forma adequada. A morbimortalidade por câncer do colo do útero vem diminuindo em vários países, porém, para algumas regiões do Brasil, as estimativas apontam crescimento. O estado do Piauí tem sido destaque por apresentar um dos maiores incrementos nas taxas de mortalidade por câncer do colo do útero em comparação com os demais estados brasileiros. O objetivo desta dissertação foi analisar a tendência da mortalidade por câncer de útero no Piauí e realizar estudo avaliativo dos dados do Sistema de Informação do Câncer do Colo do Útero (Siscolo) disponíveis para Teresina. Utilizou-se como fonte de dados o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde DATASUS (Sistema de Informação sobre Mortalidade SIM - e o Sistema de Informação do Câncer do Colo do Útero - Siscolo). Considerando apenas os modelos estatisticamente significativos, para o Piauí e para o interior do estado, foi observada tendência crescente e não constante das taxas de mortalidade por neoplasia maligna do colo do útero em todas as faixas etárias e tendência de redução na capital Teresina nas faixas 20-39 e 40-59 anos, no período 1980-2012. (...) / A mortalidade por neoplasia maligna de corpo e partes não especificadas do útero apresentou tendência crescente e constante no Piauí e no interior do estado, na faixa etária de 60 ou mais anos. Em Teresina, a redução na mortalidade foi mais acentuada para a neoplasia maligna de corpo e partes não especificadas do útero do que para neoplasia maligna do colo do útero. Possivelmente, os casos de neoplasia de partes não especificadas encontrados na faixa etária mais jovem sejam, na maior parte, originários do colo, enquanto nas faixas mais velhas, possivelmente, são neoplasia de corpo do útero. (...) Entre as variáveis que compõem o banco de dados, os menores percentuais de completitude foram observados para escolaridade e cor/raça. A lenta progressão das lesões do câncer do colo do útero associada às deficiências observadas no processo de rastreamento desta neoplasia nas mulheres de Teresina, no período de 2006 a 2013, poderão resultar em uma tendência crescente das taxas de mortalidade por câncer do colo do útero nas mulheres da capital após alguns anos. Faz-se necessária a qualificação das ações de rastreamento do câncer do colo do útero no município de Teresina, com o objetivo de melhorar a cobertura do programa, reduzir as iniquidades das ações de controle, bem como melhorar as taxas de morbimortalidade do câncer de colo do útero. / Infection with the human papillomavirus (HPV) precedes the development of cervical cancer for a long period, a process that can vary from 10 to 20 years. Persistent infection is required for the development and progression of cervical lesions, both to higher degrees of pre-cancerous lesions and to cancer. These features allow preventive actions are carried out in order to break the epidemiological chain of the disease and may be curable in up to 100% of cases if diagnosed early and treated appropriately. The morbidity and mortality from cervical cancer has decreased in many countries, however, for some regions of Brazil, estimates indicate growth. The state of Piauí has been featured by presenting one of the largest increases in mortality rates from cervical cancer compared to other Brazilian states. The aim of this work was to analyze the trend in mortality from cancer of the uterus in Piauí and perform evaluative study of data from the Information System of Cervical Cancer (SISCOLO) available for Teresina. It was used as a data source the Department of Health System Information - DATASUS (Mortality Information System - SIM - and the Information System of Cervical Cancer - SISCOLO). Considering only statistically significant models for the Piauí and into the state, was observed growing and no consistent trend in mortality rates for malignant neoplasm of the cervix in all age groups and downward trend of the capital Teresina on tracks 20 -39 and 40-59 years in the period 1980-2012. Mortality from malignant neoplasm of body and unspecified parts of the uterus showed an increasing trend trend in Piauí and in the state, at the age of 60 years.^ien / In Teresina, the reduction in mortality was more pronounced for malignant neoplasm of body and unspecified parts of the uterus than for malignant neoplasm of the cervix. Possibly, the cases of unspecified parts of neoplasia found in younger age group are mostly originating neck, while in older tracks are possibly uterine body cancer. (...) The slow progression of cervical cancer lesions associated with the observed deficiencies in the screening process of this neoplasm in women of Teresina, in the period from 2006 to 2013, could result in a growing trend in mortality rates for cervical cancer in women of the capital after a few years. It is necessary to qualify as tracking actions of cervical cancer in the city of Teresina, in order to improve program coverage, reduce inequities of control actions as well as improve the morbidity and mortality rates of cervical cancer the uterus. (AU)^ien
3

Mortalidade por câncer de colo de útero no município do Rio de Janeiro, no período de 1999 a 2006 / Mortality for cervical cancer in Rio de Janeiro, from 1999 to 2006

Meira, Karina Cardoso January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2011-05-04T12:36:28Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009 / O Objetivo é correlacionar a mortalidade por câncer de colode útero nos 157 bairros do Município do Rio de Janeiro, no período de 1999-2006, com variáveis socioeconômicas e demográficas, além de descrever o perfil da mortalidade por câncer de útero no período. (...)

Page generated in 0.1364 seconds