• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1
  • Tagged with
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Vespas sociais (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae) do Estado da Paraíba: diversidade e estudo comportamental

Elisei, Thiago 20 February 2017 (has links)
Submitted by Leonardo Cavalcante (leo.ocavalcante@gmail.com) on 2018-04-25T12:47:24Z No. of bitstreams: 1 Arquivototal.pdf: 3335504 bytes, checksum: e81bc52b72d0af2d95101eed4cee236c (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-25T12:47:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Arquivototal.pdf: 3335504 bytes, checksum: e81bc52b72d0af2d95101eed4cee236c (MD5) Previous issue date: 2017-02-20 / Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq / The study of animal behavior is an important tool for understanding ecological interactions. The identification of behavioral patterns serves as a basis for comparison in different climate and environment situations. Environmental changes may result in behavioral changes. Insects are great models for behavioral studies since they have broad distribution in the globe, which results in interactions with different types of environments, faunas and floras in the search for resources. As to the insects we can highlight the social wasps, characterized in Brazil by the subfamily Polistinae, which have been used for the indication of environmental quality. In addition, the group has been analyzed regarding the possibility of use in programs of integrated pest management; this is because they are effective predators of defoliation caterpillars. The objective of the present study was to record the diversity of social wasps in Paraíba; evaluate the action of environmental variables on the dynamics of the group; compare areas of intercropping to areas of dry forest; and to analyze the behavior of Polistes canadensis, expanding the Caatinga diversity studies and supporting programs aimed at the use of Polistinae in agricultural pest management. The methodology used was the meta-analysis of articles that reported the presence of Polistinae in Paraíba in order to generate a checklist for the state, associated to samplings of species in the Cariri of the Paraiba State and in the municipality of João Pessoa. The samples in the Cariri resulted in 10 species distributed in six genera – two of which were new records. The meta-analysis and samples in João Pessoa resulted in eleven species, with five new records, raising from nine to 20 the diversity of Polistinae in the state. The social wasp community in the intercropped plantation presented greater richness and abundance when compared to the Caatinga. Such result highlights the importance of crop diversity in agriculture, such as that which occurs in crop consortia, since it results in greater attraction of animals to their domain. In the Caatinga, it was verified that abundance and richness of social wasps are influenced by the environmental variables, thus, environmental changes can lead to disappearance of the group in the studied biome. P. canadensis presented results that indicate the potential of its application in integrated pest management, presenting conditions for colony translocations and effective predation of lepidopteran caterpillars – the main agent of damage to agriculture. / O estudo do comportamento animal é uma importante ferramenta para o entendimento de interações ecológicas. A identificação de padrões comportamentais serve como base de comparação em diferentes situações de clima e ambiente. Mudanças ambientais podem recorrer em alterações comportamentais. Os insetos são ótimos modelos para estudos de comportamento por terem ampla distribuição no globo o que resulta em interações com diversos tipos de ambientes, faunas e floras na busca por recursos. Nos insetos podemos destacar as vespas sociais, no Brasil representadas pela subfamília Polistinae, que vêm sendo utilizadas na indicação de qualidade ambiental. Além disso, o grupo tem sido analisado quanto à possibilidade de aplicação em programas de manejo integrado de pragas, isso porque são efetivos predadores de lagartas desfolhadoras. O objetivo do presente estudo foi registrar a diversidade de vespas sociais na Paraíba; avaliar a ação de variáveis ambientais sobre a dinâmica do grupo; comparar as comunidades de vespas em áreas de plantio consorciado a áreas de mata seca; e analisar o comportamento de Polistes canadensis através de transferências de colônias e análise do forrageio, ampliando os estudos de diversidade da Caatinga e apoiando programas que visem o uso de Polistinae em manejo de pragas agrícolas. A metodologia utilizada foi a metanálise de artigos que reportavam a presença de Polistinae na Paraíba a fim de se gerar um check-list para o estado, associada a coletas de espécies no Cariri Paraibano e no município de João Pessoa. Além disso, 30 colônias de P. canadensis foram transferidas para abrigos artificiais e os comportamentos exibidos foram analisados e comparados com colônias não manejadas. As coletas no Cariri resultaram em 10 espécies distribuídas em seis gêneros, sendo dois novos registros. A metanálise e as coletas em João Pessoa resultaram em onze espécies, com cinco novos registros, elevando de nove para 20 a diversidade de Polistinae para o estado. A comunidade de vespas sociais no plantio consorciado apresentou maior riqueza e abundância quando comparada a da Caatinga. Esse resultado reforça a importância da diversidade de cultivo na agricultura, como o que ocorre em consórcios de plantações, já que resulta em maior atração de animais para seu domínio. Na Caatinga, foi verificado que abundância e riqueza de vespas sociais são influenciadas pelas variáveis ambientais, sendo assim, mudanças ambientais podem acarretar em desaparecimento do grupo no bioma estudado. P. canadensis apresentou resultados que 10 indicam a possibilidade de sua aplicação em manejos integrados de pragas sendo que 22 colônias se mantiveram no abrigo por mais de sete dias, atingindo um sucesso de 73%. Não houve diferença significativa nos padrões de comportamentos exibidos por indivíduos em colônias transferidas e não transferidas. A espécie estudada na presente pesquisa demonstrou ter a atividade de forrageamento influenciada pela variação da umidade do ar e por comportamentos agressivos apresentados tanto por rainhas como por operárias. A principal fonte de recurso proteico utilizado na alimentação dos imaturos foi oriunda da predação de lagartas. A análise do forrageio revelou a potencialidade do uso de P. canadensis em programas que visem a utilização de processos ecológicos no controle de pragas agrícolas.

Page generated in 0.0879 seconds