• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • Tagged with
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Homens que fazem sexo com homens: políticas públicas de prevenção às DST/Aids para uma população anônima / Men who have sex with men (MSM): public policies for prevention of STD / AIDS in a population anonymous

COSTA, Adriano Henrique Caetano January 2011 (has links)
COSTA, Adriano Henrique Caetano. Homens que fazem sexo com homens: políticas públicas de prevenção às DST/Aids para uma população anônima. 2011. 129f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza (CE), 2011. / Submitted by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2013-10-24T12:19:26Z No. of bitstreams: 1 2011-DIS-AHCCOSTA.pdf: 865963 bytes, checksum: 8cb49e0c7b238814fb9908aba0894513 (MD5) / Approved for entry into archive by Márcia Araújo(marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2013-10-24T12:37:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011-DIS-AHCCOSTA.pdf: 865963 bytes, checksum: 8cb49e0c7b238814fb9908aba0894513 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-24T12:37:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011-DIS-AHCCOSTA.pdf: 865963 bytes, checksum: 8cb49e0c7b238814fb9908aba0894513 (MD5) Previous issue date: 2011 / The present study aims to analyze the social construction of vulnerability to HIV/Aids of men who have sex with men (MSM) in the city of Fortaleza, approaching the Brazilian politics of HIV/Aids prevention. The speeches of three social protagonists are examined: the national governmental Aids agency (DN DST/Aids and HIV), the Non-Governmental Agency (GRAB), that receives technical and financial support to execute prevention projects with “gay population and others MSM”, including MSM that walk around the city. Three important points of analysis are established: the globalization (and the relations between global and local), the constitution of a community or a social group and the construction of a sexual culture. The methodological strategy of this research involves the collection and analysis of data from different origins, types and qualities. Official documents, scientific publications on identity and HIV/Aids, projects elaborated by GRAB and a field research on MSM are analyzed. This analysis intends to highlight potentialities and limits of identity politics, suggesting the attention to the intersections between sexual orientation, gender identity, race and class, and the intersubjetive contexts established by individuals in their erotic sociabilities. These reflections allow to propose actions for STD/Aids prevention in counterpoint to the identitary speeches in vigor. / O presente estudo tem como objetivo analisar a construção social da vulnerabilidade para o HIV/Aids dos Homens que fazem Sexo com Homens (HSH) na cidade de Fortaleza, abordando a política brasileira de prevenção ao HIV/Aids. Foram examinados os discursos de três atores sociais: a agência governamental nacional de Aids (DN DST/Aids e HV), a Organização Não Governamental (GRAB) que recebe o apoio técnico e financeiro para executar projetos de prevenção com a população de gays e outros HSH e os próprios HSH que transitam pela cidade. Três eixos importantes para a análise foram estabelecidos: a globalização (e as relações entre o global e o local), a constituição de uma comunidade ou de um grupo social e a construção de uma cultura sexual. A estratégia metodológica elaborada para esta pesquisa envolveu a coleta e análise de dados de diferentes origens, tipos e qualidades. Foram analisados documentos oficiais, publicações científicas sobre identidade e HIV/Aids, projetos elaborados pelo GRAB e a realização de um trabalho de campo junto aos HSH. Esta análise pretende visibilizar potencialidades e limites da política identitária, sugerindo a atenção para as intersecções entre orientação sexual, identidade de gênero, raça e classe, e os contextos intersubjetivos estabelecidos pelos indivíduos em suas sociabilidades eróticas. Essas reflexões possibilitam a proposição de ações de prevenção às DST/Aids em contraponto aos discursos identitários vigentes.
2

O vôo da beleza: travestilidade e devir minoritário

VALE, Alexandre Fleming Câmara January 2005 (has links)
VALE, Alexandre Fleming Câmara. O vôo da beleza: travestilidade e devir minoritário. (2005). 308 f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Fortaleza-CE, 2005. / Submitted by nazareno mesquita (nazagon36@yahoo.com.br) on 2011-11-24T14:04:34Z No. of bitstreams: 1 2005_tese_AFC.Vale (2).pdf: 962995 bytes, checksum: 728080a6f9f6720796c2fb67e0876d23 (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Josineide Góis(josineide@ufc.br) on 2011-11-28T12:11:00Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_tese_AFC.Vale (2).pdf: 962995 bytes, checksum: 728080a6f9f6720796c2fb67e0876d23 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-11-28T12:11:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_tese_AFC.Vale (2).pdf: 962995 bytes, checksum: 728080a6f9f6720796c2fb67e0876d23 (MD5) Previous issue date: 2005 / Este trabalho tem por objeto as narrativas contadas por travestis e transgêneros brasileiros, dos caminhos que os conduziram a se tornar o que são e dos motivos que os levam a migrar. As trajetórias aqui analisadas indicam um processo no qual o feminilização e sua classificação no registro do estigma têm um lugar central. Indicam ainda que a busca por lugares mais clementes supõe deslocamentos, seja para grandes cidades, seja para outros países. Partindo de uma experiência antropológica de campo com travestis e transgêneros brasileiros, desenvolvida no Nordeste do Brasil (Fortaleza) e em Paris, busco discutir alguns dos elementos suscetíveis de desempenhar um lugar significativo na experiência transgênero: a injúria e a violência, o “processo de feminilização”, a prostituição e os efeitos de liberdade e de miséria dos processos migratórios. Pergunta-se ainda pelo alcance de algo que pudesse ser chamado de movimento transgênero como forma de resposta às diversas modalidades de violência vivenciadas por essas pessoas. / Cette étude a pour objet des récits que font des travestis et transgenres brésiliens du cheminement qui les a conduits à devenir ce qu’ils sont et les motifs que les ont incités à migrer. Les trajectoires ici analysées indiquent un processus dans lequel la féminisation et sa classification dans le registre du stigmate tiennent une place centrale. Elles indiquent aussi que la recherche de lieux plus cléments suppose un déplacement, soit vers des grandes villes, soit vers d’autres pays. Il s’agit de découvrir, á partir d’une recherche de terrain realiser à Fortaleza et à Paris, quelques-uns des elements susceptibles de dessiner un portrait significatif de l’expérience travesti et transgenre: l’insulte, la violence, la prostitution, les libertés et les souffrances des processus migratoires. Cette étude concerne, également, une discussion à propos des limites et possibilités du mouvement transgenre.

Page generated in 0.0953 seconds