• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 558
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 4
  • 4
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 569
  • 569
  • 266
  • 247
  • 185
  • 101
  • 95
  • 85
  • 83
  • 77
  • 74
  • 74
  • 68
  • 52
  • 45
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Contribuição ao mecanismo do polimento eletrolítico de aços inoxidáveis austeníticos ABNT 302 em soluções de ácidos sulfúrico e fosfórico com e sem glicóis

Nicoletti Filho, Jose January 1988 (has links)
O presente trabalho estuda o polimento eletrolítico de aço inoxidável ABNT 302 em soluções de ácidos sulfúrico e fosfórico, contendo, como aditivos, três glicóis de massas moleculares pequena, média e grande. Neste estudo, foi seguido um procedimento experimental dividido em três etapas sequenciais, partindo do geral para o particular. Assim, na primeira etapa foram executados ensaios em célula de Hull, os quais tiveram o objetivo de selecionar as soluções mais promissoras. Em sequência, foram traçadas curvas de polarização potenciostáticas anódicas das soluções selecionadas que apresentaram características comuns no traçado. Nas curvas obtidas foram calculadas as resistências ôhmicas totais e parciais. Em função deste critério, foram selecionadas duas soluções de maior e duas de menor resistência. Na última etapa, foram realizados ensaios de polimento nas quatro soluções selecionadas de um total inicial de noventa e seis soluções, que foram avaliados em função do abrilhantamento e rugosidade produzidos. O trabalho, como um todo, proporcionou identificar comportamentos característicos e efeitos produzidos pelas soluções investigadas. Pela célula de Hull, faixas de densidades rle corrente nas quais se obtém abrilhantamento; pelas curvas de polarização potenciostáticas, patamares de passividade e pseudopassividade; nas soluções selecionadas, pelo critério da maior e menor resistência ôhmica, o efeito produzido em termos de abrilhantamento e rugosidade. / The present work studies the electrolytic polishing of ABNT 302 stainless steel in sulfuric and phosphoric acid solutions containing, as additives, three glycols of low, medium and high molecular weights. In this study, the experi.mental procedure was done in three successive stages, starting with the whole to a more specific case. At the first stage, experinents were done in Hull cell with the aim of selecting most promising solutions. The second part of the experiments was the plot of anodic potentiostatic polarization curves of the selected solutions. These curves presented similar characteristics in the cing. In the obtained curves the total and partial ohnic resistances werc calculated. Owing to this criteria, two solutions of major and minar resistance were selected. In the last stage, polishing experiments were done in four solutions, selected from ninety six initial ones, which were evaluated in accordance with the brightening and roughness produced. The work, as a whole, made it possible to identify typical behaviours and effects produced by the investigated solutions. Through the Hull cell, current densities zones, where brightening is obtained, were identified. Using the potentionstatic polarization curves, effect brightening and roughness was determined.
22

Caracterização da escória de aço inoxidável com vistas a seu reaproveitamento no processo de produção do aço

Zettermann, Leila Ferreira January 2001 (has links)
A escória é um dos principais resíduos resultantes do processo de produção do aço. Ao contrário dos demais tipos de escória, como as de alto-forno, que são largamente recicladas, as escórias de aço inoxidável de aciaria elétrica têm pouca ou nenhuma utilização. A presença de altos teores de cromo confere periculosidade a este resíduo, o qual é normalmente mantido em depósitos cobertos devido às regulamentações dos órgãos de proteção ambiental. Em vista da necessidade de estoque e do grande volume de escória gerada, várias propostas de reciclagem ou reaproveitamento deste material têm surgido. Entre elas, está o projeto de reaproveitamento da escória de inox no próprio processo que a gerou. O primeiro passo na direção de se atingir plenamente este objetivo é a caracterização do material, objetivo deste trabalho. A importância de caracterizar a escória reside no fato de que, uma vez lançada no forno como adição, será necessário prever o seu comportamento no aquecimento e fusão. Consequentemente, será preciso saber como os seus constituintes estão arranjados. Devido à heterogeneidade do material, por vezes esta caracterização se torna difícil, razão pela qual foram escolhidas técnicas variadas, como difração de raios-x, microscopia eletrônica de varredura com microssonda acoplada, análise térmica. Os resultados obtidos mostram que a escória apresenta temperatura liquidus na faixa de 1100-1200ºC e sua microestrutura é composta principalmente por: matriz, fase poligonal constituída por óxido de cromo e magnésio, óxido de magnésio e fase metálica retida. / Slag is one of the main wastes generated in the iron and steelmaking processes. The blast-furnace slags have been highly recycled in almost every country, on the other hand stainless steelmaking slags have little or none recycling use. The presence of chromium in high contents confers hazardousness to this waste, which is usually maintained in covered deposits due environmental protection agency regulations. Due to the storage and the high volume of generated slag, some recycling and reutilization proposals have been emerged. Between them, it can be pointed out the slag reutilization in steelmaking process where it was generated. The first step on this direction is the waste characterization which is the aim of this work. The importance of slag characterization brings the fact that, for its possible addition as input material in the furnace it will be necessary to predict its behaviour under heating up and melting. As a consequence, the constituints structure must be known. Due to the heterogenity of the material, which turns the characterization quite difficult, some different techniques were used as x-ray diffraction, SEM with EDS and thermal analysis. The results have shown that the slag presents liquidus temperature between 1100- 1200°C, and its microstructure is formed mainly by: matrix, polygonal phase containing chromium and magnesium oxide, magnesium oxide and a retained metallic phase.
23

Caracterização da estabilidade de aços inoxidáveis austeniticos sem adição de níquel

Ramos, Julio Endress January 2009 (has links)
O desenvolvimento de novas ligas de aços inoxidáveis austeníticos é cada vez mais importante visto que a redução de custos de fabricação e novas aplicações são fundamentais para a manutenção da competitividade das indústrias. Uma nova liga que não necessite a adição de Níquel para manter a microestrutura totalmente austenítica a temperatura ambiente é uma proposta muito interessante. A matéria-prima usada na fabricação do aço deve ter o menor custo possível, e o Níquel aparece como o principal responsável pela variação de preço e custo do aço inoxidável austenítico, o que dificulta o planejamento de custos e vendas das grandes empresas. A substituição do Níquel por Nitrogênio e Manganês é uma ótima opção, já que seus custos e sua flutuação de preço são mais razoáveis e ainda há a chance de usar a combinação dos dois para estabilizar a Austenita e ainda alcançar uma liga com melhores propriedades quando comparados aos aços austeníticos tradicionais. A possibilidade de haver transformação martensítica pode direcionar a utilização do aço inoxidável para aplicações específicas visto que o aumento da resistência mecânica devido a esta mudança de fase pode resultar em diminuição da resistência frente à corrosão. A estabilidade microestrutural de cinco diferentes ligas após deformação plástica foi investigada e caracterizada através das técnicas de Difração de Raios-X e medição de saturação magnética do material, possibilitando a identificação e quantificação das fases austenítica, Martensita α’ e Martensita ε além de suas eventuais transformações. / The development of new austenitic stainless steel alloys is becoming more important since new applications and cost reduction are the main targets of the industries. A new alloy which does not need the addition of Nickel to maintain the microstructure fully austenitic at room temperature in an extremely interesting proposition. Raw material should be costless as possible, and Nickel comes to the austenitic stainless steels as the main responsible for its high price and cost variation. The variations at the market make the sales planning more difficult. The substitution of Nickel by Nitrogen and Manganese is interesting since their price are much more reasonable and the opportunity to mix these both elements and reach an alloy with distinguished properties is feasible. Strain induced martensite can occurs and lead to a strengthening of the alloy while the resistance against corrosion could decrease. The microstructural stability of five different alloys after mechanical deformation were investigated and characterized by X-Ray Diffraction and magnetic saturation measurements to quantify the evolution of α’ martensite and ε martensite.
24

Estudo da influencia dos parametros do teste varestraint e dos formatos da poça de fusão nas trincas de solidificação

Lourençato, Luciano Augusto 23 June 2001 (has links)
Orientador: Roseana da Exaltação Trevisan / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-07-29T00:14:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lourencato_LucianoAugusto_M.pdf: 6157934 bytes, checksum: 0c1ec19baadced0ec37eec672ff3ca60 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: Trinca de solidificação é um dos maiores problemas que ocorrem em juntas soldadas, principalmente em ligas de alumínio e aços inoxidáveis. Estas trincas ocorrem de forma intergranular no cordão de solda durante o período de solidificação. Este fenômeno ocorre devido a ductilidade insuficiente que o metal de solda apresenta em suportar tensões trativas que surgem durante o resfriamento do cordão. Muitos testes são recomendados para testar a susceptibilidade ao trincamento dos materiais, porém o mais usado é o teste Varestraint. Apesar de sua importância, existe uma série de variáveis do teste que não são levadas em consideração e podem afetar consideravelmente os resultados. Este trabalho verificou a influência das variáveis do teste: Deformação Tangencial e Força de Aplicação, e da variável do processo de soldagem: Formato da Poça de Fusão, sobre o Comprimento Total de Trincas (CTT). No desenvolvimento experimental foi utilizado o processo de soldagem TIG autógeno em chapas de aço inox austenítico e alumínio 5052. Os resultados mostram que a Deformação Tangencial e o Formato da Poça de Fusão possuem grande influência sobre o CTT. No entanto, a Força de Aplicação mostrou não influenciar no trincamento / Abstract: Solidification cracking is one of the main problems that occur in welded joints, mainly in joints of aluminum alloys and stainless steel. Such cracking develops in an intergranular form at the welding bead during the solidification time-period. The phenomenon is basically due to the insufficient ductility of the filler metal to bear the traction stresses arises during the cooling of the bead. Several procedures are recommended for testing cracking susceptibility of metals, the most used being the Varestraint testo Despite its broad recogi nition and importance to the industry, there is a series of variables in the test procedure that are not taken into account even though they may affect the results considerably. The present work assesses the influence of test variables such as the tangential strain and the application force, and also the effect of the welding pool geometry, on the cracking total length (CTT). The experimental work was carried out using autogenous TIG process on 5052 AI plates and stainless steel plates. Results show that both the tangential strain and the geometry of the welding pool have a major impact on the CTT. On the other hand, the application force was shown not to affect solidification cracking / Mestrado / Materiais e Processos de Fabricação / Mestre em Engenharia Mecânica
25

Efeito do nitrogenio nas trincas de solidificação de aço austenitico

Braga, Eduardo de Magalhães 12 June 2002 (has links)
Orientador : Roseana da Exaltação Trevisan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-08-03T09:19:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Braga_EduardodeMagalhaes_D.pdf: 6914803 bytes, checksum: 938752f9896a583e8455337b3bd3d295 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Trincas de solidificação ocorrem na zona fundida de soldas e atingem diversos materiais de engenharia. Este tipo de trinca é intergranular e sua ocorrência está associada a uma ductilidade insuficiente que o material apresenta, em um certo intervalo de temperatura, em suportar tensões trativas que surgem durante o resfriamento. Neste trabalho utilizou-se o processo FCAW em CC+ e metal de adição do tipo AWS E316LTl-l, empregando corrente pulsada e convencional. A corrente média foi variada em três níveis, 150, 200 e 250 A. Como metal base foi utilizado o aço inoxidável austenítico AISI 316L. O gás de proteção utilizado foi o CO2 com quatro diferentes porcentagens de nitrogênio 0, 5, 10 e 15%, com o intuito de introdução deste elemento na zona fundida em diferentes concentrações com uma vazão de 15 l/min. Para avaliar a susceptibilidade ao trincamento a quente da zona fundida da junta soldada, foi projetado, construído e aferido o equipamento de teste Transvarestraint e utilizado com 1, 3 e 5% de deformação tangencial. O critério adotado para a susceptibilidade ao trincamento foi através da medida do comprimento total de trincas - CTT. Os resultados indicaram que o comprimento total de trincas não sofreu influência pelo aumento do nível de nitrogênio na zona fundida, sendo maior para a soldagem usando corrente elétrica no modo convencional, assim como, este aumento de nitrogênio causou a diminuição na quantidade de ferrita delta formada. Para correntes de soldagens maiores, o comprimento total de trincas diminuiu e a formação de ferrita delta na zona fundida aumentou, independente do tipo de corrente usada no processo. Observou-se também, que a tensão tangencial foi a variável que mais influenciou na formação das trincas de solidificação, tendo uma relação direta com o fenômeno, afetando significativamente, independente do seu valor utilizado / Abstract: Solidification cracking is one of the main problems that occur in welded joints, mainly in joints of aluminum alloys and stainless steel. Such cracking develops in an intergranular form at the welding bead during the solidification time-period. The phenomenon is basically due to the insufficient ductility of the filler metal to bear the traction stresses arises during the cooling of the bead. During shrinkage, micro fissures form within the weld, which during further cooling may propagate to the surface where they then can appear as macro cracks. In this work an experimental evaluation of the influence of both pulsed and conventional welding currents on the formation of solidification cracks. The AISI 316L austenitic stainless steel was employed as the base metal. The weld was carried out by the Flux Cored Arc Welding - FCA W process in CDEP using CO2 shielding gas with four different nitrogen levels (O, 5, 10 and 15%) in order to induce different nitrogen weld metal concentrations and A WS E316LT1-1 as tubular wire. Pulsed and conventional welding currents were applied with three different levels: 150, 200 and 250 A. The Transvarestraint test, projected, constructed and calibrated, with three different tangential strain levels 1, 3 and 5% was used for the evaluation of the solidification cracks. The results showed that the total crack length (CTL) was not influenced by the increase of the level of nitrogen in metal weld and it was larger when conventional current was used, as well as, this increase of nitrogen decreased the amount of delta ferrita. With the use of larger welding currents, CTL decreased and the ferrita delta increased, independent of the type of used current. The tangential strain has a significant impact on the CTL independent of its used value / Doutorado / Fabricação / Doutor em Engenharia Mecânica
26

Contribuição ao estudo da propriedade fisica de fios de aço inoxidavel para fins ortodonticos (dureza)

Prates, Norma Sabino, 1945- 03 August 2018 (has links)
Orientador: Luiz Antonio Ruhnke / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-03T12:54:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Prates_NormaSabino_M.pdf: 2039173 bytes, checksum: 0e8deb645136a63acf464f896eddb250 (MD5) Previous issue date: 1972 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Mestrado / Ortodontia / Mestre em Ciências
27

Influência do pH, temperatura e tratamento térmico na corrosão localizada do açoSAE 304 em soluções cloretadas

Konrad, Irene Bender January 1982 (has links)
Foi observado o comportamento eletroquímico e a morfologia das trincas resultantes da aplicação de uma deformação constante no aço SAE 304 homogeneizado e sensitizado, em solução de 3% NaCl, pH = 7,0 e pH = 2,0, em temperatura ambiente e a 100°C. Foram utilizadas curvas de polarização, além de ensaios galvanostáticos e potenciostáticos. Concluiu-se que o aumento da temperatura e o abaixamento do pH favorece a formação de fissuras transgranulares, e que o aumento do grau de sensitização diminui o tempo de fratura e favorece o aparecimento de fissuras intergranulares. Pequenos tempos de sensitização podem provocar fissuras transgranuleres, mesmo à temperatura ambiente, condições em que o material homogeneizado não apresenta corrosão sob tensão. / The electrochemical behaviour and fracture morphology of homogenized and sensetized type SAE 304 stainless steel U bent specimens, in 3% NaCl solution, at pH = 2,0 and pH = 7,0 both at room temperature and 100°C was studied. Polarization curves and galvanostatic and potentiostatic experiments were run . It could be observed that high temperature and low pH favour transgranular cracking and longer sensitization times lower fracture time and tend to promove intergranular fracture. Light sensitization can produce transgranular cracking even at room temperature, when the homogenized alloy does not present stress-corrosion cracking for the same conditions.
28

Estudo do comportamento ao desgaste e corrosão dos aços inoxidáveis AISI 316L e AISI 420 depositados pelo processo de aspersão térmica a arco elétrico

Guilherme Leal de Macêdo, Ney January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:39:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7540_1.pdf: 5026248 bytes, checksum: f5f447185ca3deff43887579c576a4c9 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Os componentes mecânicos em serviço apresentam comportamento que é uma conseqüência extremamente dependente da qualidade de sua superfície, da área de contato entre superfícies e do ambiente sob o qual os componentes são aplicados. Em particular, a corrosão e o desgaste, danificam direta e indiretamente a superfície dos componentes mecânicos, que se reverte em elevados custos de produção e de manutenção de sistemas mecânicos devido às paradas de equipamentos para reparo ou substituição de componentes, que chega a atingir aproximadamente 4,2% do produto interno bruto nos países industrializados. Para eliminar ou minimizar os efeitos da corrosão e do desgaste, os componentes são submetidos a tratamentos superficiais. Os processos de revestimentos metálicos de materiais que apresentam propriedades superiores às do material de base se mostram eficientes em aplicações industriais e na proteção de superfícies metálicas em ambientes agressivos. A técnica de aspersão térmica oferece a possibilidade de se revestir materiais de construção mecânica tais como aços comuns ao carbono com outros metais e ligas, objetivando protegê-los contra a corrosão e também ao desgaste. Dentro deste contexto, o presente trabalho de dissertação tem como objetivo analisar e comparar o desempenho de revestimentos metálicos aplicados industrialmente por aspersão térmica. Neste estudo são analisados revestimentos a base dos aços inoxidáveis austenítico AISI 316L, do martensítico AISI 420 e a mistura desses aços, quanto às suas resistências ao desgaste e a corrosão. No caso da mistura destes revestimentos alia-se a maior proteção contra corrosão do revestimento AISI 316L à maior resistência ao desgaste por abrasão do revestimento AISI 420. Foi efetuado tratamento térmico para a mistura dos revestimentos AISI 316L e AISI 420 e observação da influência e efeito deste sobre as propriedades investigadas para cada liga. Os revestimentos foram aplicados pelo processo de Aspersão Térmica a Arco Elétrico (Arc Spray) e são analisadas as propriedades de micro-dureza, de resistência a corrosão e ao desgaste. Para os ensaios de resistência ao desgaste foi proposto e construído um abrasômetro do tipo pino sobre disco, que consiste em um método de avaliação eficiente. As análises de corrosão foram baseadas nas técnicas eletroquímicas, em meio cloreto. As características microestrutural, mecânica e química dos revestimentos foram analisadas através de testes específicos para cada uma das propriedades desejadas. Utilizou-se microscopia ótica e eletrônica de varredura para caracterizar o revestimento aplicado e a técnica de difração de raios-X na identificação dos constituintes do revestimento. Nos resultados obtidos, para todos os revestimentos aplicados, analisou-se a eficiência dos revestimentos aplicados quanto ao aumento da resistência aodesgaste e à corrosão das superfícies revestidas, à dureza do revestimento e porosidade. O efeito dos tratamentos térmicos aplicados aos revestimentos resultou em um acentuado aumento de todas as propriedades avaliadas, quando comparado com o revestimento sem tratamento térmico. Através dos resultados obtidos foi evidenciado que o processo de aspersão térmica a arco elétrico, com os parâmetros definidos, apresentou um resultado satisfatório para a utilização dos arames AISI 316L e AISI 420, bem como a mistura destes dois aços, como revestimento de superfícies de aço baixo carbono
29

Estudo do comportamento ao desgaste e corrosão dos aços inoxidáveis AISI 316L e AISI 420 depositados pelo processo de aspersão térmica a arco elétrico

Rogério de Carvalho, Paulo January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:41:17Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7960_1.pdf: 5026248 bytes, checksum: f5f447185ca3deff43887579c576a4c9 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Os componentes mecânicos em serviço apresentam comportamento que é uma conseqüência extremamente dependente da qualidade de sua superfície, da área de contato entre superfícies e do ambiente sob o qual os componentes são aplicados. Em particular, a corrosão e o desgaste, danificam direta e indiretamente a superfície dos componentes mecânicos, que se reverte em elevados custos de produção e de manutenção de sistemas mecânicos devido às paradas de equipamentos para reparo ou substituição de componentes, que chega a atingir aproximadamente 4,2% do produto interno bruto nos países industrializados. Para eliminar ou minimizar os efeitos da corrosão e do desgaste, os componentes são submetidos a tratamentos superficiais. Os processos de revestimentos metálicos de materiais que apresentam propriedades superiores às do material de base se mostram eficientes em aplicações industriais e na proteção de superfícies metálicas em ambientes agressivos. A técnica de aspersão térmica oferece a possibilidade de se revestir materiais de construção mecânica tais como aços comuns ao carbono com outros metais e ligas, objetivando protegê-los contra a corrosão e também ao desgaste. Dentro deste contexto, o presente trabalho de dissertação tem como objetivo analisar e comparar o desempenho de revestimentos metálicos aplicados industrialmente por aspersão térmica. Neste estudo são analisados revestimentos a base dos aços inoxidáveis austenítico AISI 316L, do martensítico AISI 420 e a mistura desses aços, quanto às suas resistências ao desgaste e a corrosão. No caso da mistura destes revestimentos alia-se a maior proteção contra corrosão do revestimento AISI 316L à maior resistência ao desgaste por abrasão do revestimento AISI 420. Foi efetuado tratamento térmico para a mistura dos revestimentos AISI 316L e AISI 420 e observação da influência e efeito deste sobre as propriedades investigadas para cada liga. Os revestimentos foram aplicados pelo processo de Aspersão Térmica a Arco Elétrico (Arc Spray) e são analisadas as propriedades de micro-dureza, de resistência a corrosão e ao desgaste. Para os ensaios de resistência ao desgaste foi proposto e construído um abrasômetro do tipo pino sobre disco, que consiste em um método de avaliação eficiente. As análises de corrosão foram baseadas nas técnicas eletroquímicas, em meio cloreto. As características microestrutural, mecânica e química dos revestimentos foram analisadas através de testes específicos para cada uma das propriedades desejadas. Utilizou-se microscopia ótica e eletrônica de varredura para caracterizar o revestimento aplicado e a técnica de difração de raios-X na identificação dos constituintes do revestimento. Nos resultados obtidos, para todos os revestimentos aplicados, analisou-se a eficiência dos revestimentos aplicados quanto ao aumento da resistência aodesgaste e à corrosão das superfícies revestidas, à dureza do revestimento e porosidade. O efeito dos tratamentos térmicos aplicados aos revestimentos resultou em um acentuado aumento de todas as propriedades avaliadas, quando comparado com o revestimento sem tratamento térmico. Através dos resultados obtidos foi evidenciado que o processo de aspersão térmica a arco elétrico, com os parâmetros definidos, apresentou um resultado satisfatório para a utilização dos arames AISI 316L e AISI 420, bem como a mistura destes dois aços, como revestimento de superfícies de aço baixo carbono
30

Influência da potência de laser Nd: YAG na soldagem do aço inoxidável duplex UNS S32205 /

Crespo, Gillian da Silva. January 2014 (has links)
Orientador: Vicente Afonso Ventrella / Co-orientador: Ruís Camargo Tokimatsu / Banca: Wyser José Yamakami / Banca: Angelo Caporalli Filho / Resumo: Conduziu-se um estudo da soldagem laser na condição "bead on plate" no aço inoxidável duplex UNS S 32205 na forma de chapas com 3,0 x 20 x 45 mm (A x L x P). Realizou-se 12 soldas em atmosfera de gás argônio com fluxo de gás de 15 l/min, diâmetro de feixe de 0,2 mm, ângulo de 90º, taxa de repetição de 9 Hz, velocidade de soldagem de 150 mm/min, profundidades de foco iguais a 1,0; 1,5 e 2,0 mm abaixo da superfície da peça e energia do pulso (Ep) fixada em 6,0 J. A variação de potência foi obtida variando as larguras temporais (Lt) em valores de 4, 6, 8 e 10 ms. Os resultados foram analisados com base na relação entre potência, geometria do cordão de solda, balanço de fases ferrita/austenita, dureza Vickers e análise química. Para revelação dos metais de solda utilizou-se reagentes Behara modificado e eletrolítico com solução oxálica 10%. As medidas de geometria (largura e profundidade) dos cordões de solda foram realizadas através de imagens obtidas através de câmera digital em um microscópio óptico comum. O processamento das imagens foi realizado através do programa "Image J", um software de edição de imagens de domínio público pautado na plataforma Java. Os maiores valores de largura e profundidade foram encontrados nos maiores valores de potência e o aumento do valor da posição focal acarretou em um aumento da variabilidade da média desses parâmetros geométricos. O valor do balanço ferrita/austenita para o metal base e metal de solda foi de 52/48 % e 70/30 % respectivamente. O valor médio da dureza para o metal base foi igual a 286 HV. Nos metais de solda e nas ZTAs a posição focal -1,5 mm apresentou os menores valores de dureza, independente da potência utilizada. A composição química dos elementos de liga não apresentou grandes variações entre os dados de fábrica e os obtidos para o metal base e o metal de solda / Abstract: We carried out a study of laser welding provided "bead on plate" in duplex stainless steel UNS S 32205 in the form of plates with 3,0 x 20 x 45 mm (H x W x D). 12 welds was performed in argon gas flow of 15 l/min, beam diameter 0,2 mm, angle of 90°, repetition rate of 9 Hz, welding speed of 150 mm / min, gas depths focus equal to 1,0; 1,5 and 2,0 mm below the surface of the workpiece and the pulse energy (Ep) set at 6,0 J. The power variation was obtained by varying the time width (Lt) at values of 4, 6, 8 and 10 ms. The results were analyzed based on the relationship between power, weld bead geometry, balance ferrite/austenite phases, Vickers hardness and chemical analysis. For structure revelation of the weld metals used both Behara modified and electrolyte with 10% oxalic solution reagents. Measures of geometry (width and depth) of the weld beads were made using images taken by digital camera on an ordinary optical microscope. Image processing was performed using the "Image J" program, a graphics editing software in the public domain lined on Java platform. The highest values of width and depth were found in higher values of power and increasing the value of the focal position resulted in an increase in the variability of the mean of these geometrical parameters. The balance sheet value of the ferrite/austenite for the base metal and weld metal was 52/48 % and 70/30% respectively. The average hardness for the base metal was equal to 286 HV. In weld metals and the ZTAs focal position -1.5 mm had the lowest hardness values, regardless of power used. The chemical composition of alloying elements did not show large variations between factory data and those obtained for the base metal and the weld metal / Mestre

Page generated in 0.0634 seconds