• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 453
  • 10
  • 9
  • 8
  • 8
  • 4
  • 4
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 476
  • 201
  • 145
  • 123
  • 105
  • 102
  • 98
  • 98
  • 89
  • 85
  • 68
  • 64
  • 63
  • 59
  • 55
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Streptococcus e Enterococcus isolados de águas marinhas e de galerias pluviais na costa de Fortaleza: perfil de resistência a antibióticos

Rodriguez, Marina Teresa Torres January 2015 (has links)
RODRIGUEZ, M. T. T. Streptococcus e Enterococcus isolados de águas marinhas e de galerias pluviais na costa de Fortaleza: perfil de resistência a antibióticos. 2015. 143 f. Tese (Doutorado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-06-24T14:41:57Z No. of bitstreams: 1 2015_tese_mttrodriguez.pdf: 1869791 bytes, checksum: f622e9a6a99f6ac14b10ed77d612e052 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-06-24T16:31:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_tese_mttrodriguez.pdf: 1869791 bytes, checksum: f622e9a6a99f6ac14b10ed77d612e052 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-24T16:31:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_tese_mttrodriguez.pdf: 1869791 bytes, checksum: f622e9a6a99f6ac14b10ed77d612e052 (MD5) Previous issue date: 2015 / The term of faecal streptococci are represented by bacteria from Streptococcus and Enterococcus genera with different sanitary significance and survival characteristics. Enterococcus genera have been suggested as indicators of fecal contamination in marine waters since numerous studies related to water exposure with the presence of these bacteria and the occurrence of gastrointestinal diseases and acute febrile respiratory illness. A motive to concern in relation to the increase of the population of these bacteria in aquatic environments resistant to antimicrobials resulting mainly from the widespread use of these substances in human and veterinary therapy. The aim of this research was to quantify and identify contaminating bacteria of the genera Streptococcus e Enterococcus in water of two storm sewers (Riacho Maceió gallery-G1 and the Gallery in front to Meireles beach-G2) and points of adjacent sea to every gallery (P1 and P2) on the edge of the Fortaleza city, establishing antimicrobial resistance patterns. There were 5 continuous collections with a weekly periodicity in the four selected points. The values of the standard plate counts ranged from ≤10 in G2 gallery to 192 x 102 UFC /100 mL in G1 gallery and the sea water points from ≤10 in P2 to 94 x 102 UFC/ 100 mL in P1. Once carried out the biochemical tests, 192 strains (86.45%) were identified as belonging to the genus Enterococcus and 26 strains (13.54%) to the genus Streptococcus. Six Enterococcus species were identified and E. faecium was the higher frequency. It showed high resistance (˃ 50%) to ceftriaxone, clindamycin, cefotaxime and streptomycin. Antimicrobial resistance (36 profiles) was observed in 96.15% of the strains. Of the 156 strains tested in antibiotic susceptibility test, 137 (87.88%) showed multidrug resistance (29 multidrug resistance profiles). The highest IRA value (0.05) was presented by the gallery isolates. The MRA index ≥ 0.2 was found in 131/150 resistant strains (87.33%). Resistance associated with chromosomal genes or indicative of possible plasmid transfer was verified in isolated after plasmid cure. High genetic diversity from multidrug resistant analyzed isolates confirmed the necessity to polyphasic approach in order to identify environmental strains. / O termo estreptococos fecais abrange bactérias dos gêneros Streptococcus e Enterococcus com diferentes significado sanitário e características de sobrevivência. Enterococcus tem sido sugerido como indicador de contaminação fecal em águas marinhas já que numerosos estudos relacionam a exposição a águas com a presença dessas bactérias, a ocorrência de doenças e a infecções em humanos. O aumento dessas bactérias em ambientes aquáticos resistentes a antimicrobianos, resultado do amplo emprego dessas substâncias na terapêutica humana e veterinária, é motivo de preocupação. O objetivo desta pesquisa foi quantificar e identificar bactérias contaminantes dos gêneros Streptococcus e Enterococcus em duas galerias pluviais (Galeria Riacho Maceió-G1 e Galeria frente à praia do Meireles-G2) e pontos de mar adjacentes a cada galeria (P1 e P2) na orla da cidade de Fortaleza estabelecendo padrões de resistência a antimicrobianos. Foram realizadas cinco coletas contínuas com periodicidade semanal nos quatro pontos selecionados. Os valores das Contagens Padrão em Placas variaram de ≤10 na galeria G2 a 192 x 102 UFC /100 mL na galeria G1 e para os pontos de água de mar de 1x 102 em P2 a 94 x 102 UFC/ 100 mL em P1. Uma vez realizadas as provas bioquímicas, 192 estirpes (86,45%) foram identificadas como pertencentes ao gênero Enterococcus e 26 (13,54%) ao gênero Streptococcus. Seis espécies de Enterococcus foram identificadas, sendo E. faecium a espécie de maior frequência. Foi observada alta resistência (˃ 50%) a ceftriaxone, clindamicina, cefotaxime e estreptomicina. A resistência antimicrobiana (36 perfis) foi observada em 96,15% das cepas testadas. De 156 cepas testadas no antibiograma, 137 (87,88%) apresentaram multirresistência (29 perfis). O maior valor de IRA (0,05) foi apresentado pelos isolados de galeria. O índice MRA ≥ 0,2 foi encontrado em 131/150 cepas resistentes (87,33%). Resistência associada a genes cromossômicos ou indicativa de possível transferência plasmidial foi verificada nos isolados após cura plasmidial. Alta diversidade genética dos isolados multirresistentes analisados confirmou a necessidade da abordagem polifásica na identificação de espécies ambientais.
2

Avaliação da influência da operação de descarte de lodo no desempenho dos reatores UASB em estações de tratamento de esgotos no Distrito Federal / Evaluating the influence of sludge dischard over uasb reactors performance in sewage treatment plants in the Federal District, Brazil

Ramos, Ricardo Augusto 18 December 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2008. / Submitted by Diogo Trindade Fóis (diogo_fois@hotmail.com) on 2009-10-01T11:20:46Z No. of bitstreams: 1 2008_RicardoAugustoRamos.pdf: 3111074 bytes, checksum: 5b6cf5162e1fff5cee3dc0724ece630b (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-02-10T00:36:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_RicardoAugustoRamos.pdf: 3111074 bytes, checksum: 5b6cf5162e1fff5cee3dc0724ece630b (MD5) / Made available in DSpace on 2010-02-10T00:36:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_RicardoAugustoRamos.pdf: 3111074 bytes, checksum: 5b6cf5162e1fff5cee3dc0724ece630b (MD5) Previous issue date: 2008-12-18 / O emprego de reatores UASB em estações de tratamento de esgotos no Distrito Federal vem sendo bastante difundido desde o início dos anos 1990, atendendo mais de um milhão de habitantes (POE/CAESB, 2005). Por outro lado, os problemas relativos ao manejo adequado do lodo produzido nos reatores ainda não foram suficientemente solucionados, gerando demandas crescentes de operação e manutenção. Ao avaliar a influência da operação de descarte de lodo no desempenho dos reatores UASB no DF, pretendeu-se determinar uma rotina eficiente de descarte de lodo que minimiza os problemas operacionais observados. Por meio da avaliação do desempenho dos reatores UASB da estação de tratamento de esgotos do Gama, submetidos a diferentes rotinas de descarte de lodo, buscou-se uma forma de generalização dos resultados para as demais estações de tratamento de esgotos do DF. Após monitoramento de dois reatores UASB da ETE Gama, avaliando os impactos da suspensão do descarte programado de lodo em uma das unidades, verificaram-se remoções médias de 69% de DQO, 86% de DBO e 58% para SST, superiores às observadas durante a operação regularmente adotada (DQO = 61%, DBO = 81%, SST = 44%). A análise estatística, por meio do teste t de Student, revelou que as duas modalidades de operação produziram efluentes de características distintas para DBO e DQO, nos níveis de 5 e 10% de significância e semelhantes para SST e sólidos sedimentáveis, apenas no nível de 5%. Observou-se que o excesso de escuma superficial é preocupante, podendo ter origem no fraco desempenho do tratamento preliminar e na ausência de uma estratégia de descarte de lodos bem definida. Utilizando uma metodologia proposta para amostragem do lodo e da escuma, foi definida uma rotina de periodicidade mensal para os descartes de lodo nos reatores. São ainda sugeridas alterações de projeto nos sistemas de descarte de escuma e para amostragem de lodo nos reatores UASB, buscando reduzir os gastos operacionais e de manutenção das unidades. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The use of UASB reactors as units of sewage treatment plants (STP) in the Federal District, Brazil, has been much disseminated since the beginning of the years 90, receiving sewage from more than a million inhabitants (POE/CAESB, 2005). On the other hand, the problems related to the appropriate handling of the sludge produced in the UASB reactors were not yet completely solved, generating growing demands on operation and maintenance. When evaluating the local influence of the operation of sludge discard in the UASB reactors’ performance, it was intended to determine an efficient routine of sludge discard for minimizing the observed operational problems. Through the evaluation of the performance of the UASB reactors existing in the Gama sewage treatment plant, which were submitted to different routines of sludge discard, it was searched for a generalization of these results for other sewage treatment plants in the Federal District. Monitoring two UASB reactors in the Gama STP to evaluating the impacts of stopping the intentional discard of sludge in one of the units, it was verified removal efficiencies of 69% for COD, 86% for BOD, and 58% for TSS, which were higher than the observed ones during the regular operation (COD = 61%, BOD = 81%, TSS = 44%). The statistical analysis, using the Student test, showed that the two modalities of UASB reactors operation had produced effluents with distinct characteristics for BOD and COD, in the 5 and 10% significance levels, and that they were similar for SST and Settable Solids, only in the 5% significance level. It was observed that the excess of superficial scum is a problem, which may have its origin in the poor performance of the preliminary treatment and in the absence of a well defined strategy of sludge discard. Employing the proposed methodology for sampling the sludge and the scum inside the UASB reactors, an operational routine of monthly regularity for the sludge discards has been defined for the UASB reactors. Also, project alterations in the systems of discarding of scum and for sampling of sludge in the UASB reactors were suggested, looking for reducing the operational and maintenance expenses.
3

Ozonização como pós-tratamento de efluente de esgoto doméstico

Camilo Júnior, Osli Barreto 22 February 2018 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2018. / Submitted by Fabiana Santos (fabianacamargo@bce.unb.br) on 2018-08-20T19:43:11Z No. of bitstreams: 1 2018_OsliBarretoCamiloJúnior.pdf: 1184807 bytes, checksum: b209ead832966f07a75cb8760bfbb64e (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-08-20T20:17:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_OsliBarretoCamiloJúnior.pdf: 1184807 bytes, checksum: b209ead832966f07a75cb8760bfbb64e (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-20T20:17:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_OsliBarretoCamiloJúnior.pdf: 1184807 bytes, checksum: b209ead832966f07a75cb8760bfbb64e (MD5) Previous issue date: 2018-08-20 / Dentre as várias opções de tratamento secundário de esgoto, o uso de tanques sépticos seguidos do Sistema de Zona de Raízes (SZR) apresentam características favoráveis, como eficiente remoção de microrganismos, sais e compostos tóxicos. Entretanto, persistem atributos como a cor, turbidez, dentre outros que podem ser reduzidos com tratamento terciário, como a ozonização. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a aplicação da ozonização em efluente de esgotos doméstico tratado em tanques sépticos em série seguidos de SZR. Foram aplicados os tempos de exposição ao ozônio de 0, 30, 60, 90, 120 e 150 min. na dosagem constante de 12 mg L-1 de O3, bem como dosagens de 0, 4, 10, 17, 25 e 35 mg L-1 de O3 durante tempo de exposição de 30 min. Em todos os ensaios, a vazão de ozônio foi ajustada em 1 L min.-1. Foram realizadas sete campanhas de coleta de efluente de diferente composição, sendo que em cada amostra foi analisado o Potencial Hidrogeônico (pH); Condutividade Elétrica (CE), Demanda Química de Oxigênio (DQO), Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Oxigênio Dissolvido (OD) Alcalinidade Total (Atotal), Sódio (Na+), Potássio (K+), Amônia (NH3), Turbidez, Cor, Escheria coli, Coliformes Totais, Sólidos Suspensos, Sólidos Dissolvidos e Sólidos Totais. A ozonização promoveu redução significativa de cor e turbidez do efluente até o tempo de 120 min de exposição na dosagem de 12 mg L-1 de O3 e até a concentração de 17 mg L-1 de O3 por 30 min. A condutividade elétrica reduziu 7,0% no tempo de esposição de 120 min. sendo que, de maneira geral, o tempo de exposição é mais efetivo na alteração da CE do que o aumento na dosagem de ozônio. O pH se elevou 12,30% no tempo de 120 e 150 min. e 9,4% na dosagem de 4 mg L-1 de O3; já a alcalinidade se elevou 22,2% na dosagem de 17 mg L-1 de O3 e oxigênio dissolvido de 351% no tempo de 90 min. e 424% na dosagem de 17 mg L-1 de O3. A ozonização não promoveu alterações nos teores de potássio, sódio, amônia, sólidos suspensos, sólidos dissolvidos e sólidos totais. A Escheria coli, coliformes totais, DQO e DBO não apresentaram correlação consistente entre os diferentes tempos de exposição e dosagens de ozônio. / There are several options to treat sewage and the use of septic tanks and the Root Zone System (RZS) presents valuable characteristics, as the remotion of microorganisms, salts and toxic compounds. However, there are persistent attributes such as color, turbidity, among others that can be removed with tertiary treatment, such as ozonization. In view of the above, the objective of this work was to evaluate the application of ozonation in treated domestic sewage effluent in septic tanks in series. Exposure times of 0, 30, 60, 90, 120 and 150 min were applied in the constant dosage of 12 mg L-1 of O3, as well as dosages of 0, 4, 10, 17, 25 and 35 mg L-1 of O3 during the exposure time of 30 min. In all tests, the ozone flow rate was adjusted to 1 L min -1. Seven campaigns of collection of different effluent composition were carried out. In each sample of effluent were analyzed the Potention Hydrogen (pH), Electrical Conductivity (EC), Chemical Oxygen Demand (COD), Biochemical Oxygen Demand (BOD), Dissolved Oxygen (DO), Total Alkalinity (totalA), Sodium (Na+), Potassium (K+), Ammonia (NH3), Turbidity, Color, Escheria coli, Total Coliforms, Suspended Solids, Dissolved Solids and Total Solids. At the exposure time of 120 min and 17 mg L-1 of O3, there was reduction of turbidity of 40.6% and 58.9%; color reduction of 76.2% and 81.5%; and reduction of the electrical conductivity of 7.0% in the time of 120 min. The pH increased by 12.30% in the time of 120 and 150 min and 9.4% in the dosage of 4 mg L-1 of O3; Alkalinity rose 22.2% at the dose of 17 mg L-1 of O3 and dissolved oxygen of 351% at 90 min of exposure and 424% at the dose of 17 mg L-1 of O3. The ozonization does not promote any changes in the contents of potassium, sodium, ammonia, suspended solids, dissolved solids and total solids. E. coli, Total Coliforms, Chemical Oxygen Demand (COD) and Biochemical Oxygen Demand (BOD) did not present a consistent relation between the exposure time and the ozon doses.
4

Custos para implantação de sistemas de esgotamento sanitário

Pacheco, Rodrigo Pinheiro 07 March 2013 (has links)
Resumo: O transporte e tratamento dos esgotos, bem como o tratamento e destinação correta do lodo são assuntos recorrentes no saneamento básico. No entanto, ainda não se encontram com frequência, na literatura, os custos atualizados para a implantação destes sistemas. Visando orientar estudos de viabilidade e políticas para implantação dos sistemas, o objetivo deste trabalho foi desenvolver métodos para estimativa de custos de implantação para a coleta e transporte dos esgotos, tratamento dos esgotos e tratamento do lodo. Foram atualizados custos de projetos para implantação dos sistemas de transporte e tratamento de esgoto. Também foram desenvolvidos pré-dimensionamentos e seus respectivos orçamentos, para diferentes vazões do lodo produzido em dois tipos de ETEs (UASB e UASB + Lodo Ativado). Os pré-dimensionamentos atenderam as seguintes etapas para o lodo já estabilizado: (i) adensamento, (ii) condicionamento, (iii) desaguamento e (iv) higienização para a disposição final. Para as redes coletoras foram obtidos estimativas de custos para a implantação de tubos de PVC com DNs entre 150 a 350 mm, considerando diferentes tipos de solos e urbanização. Para os Coletores e Interceptores foram apresentadas equações com DNs que variam de 200 a 800 mm, dentre materiais de PVC à Concreto Armado. Para as Estações Elevatórias de Esgoto - EEEs foram obtidas estimativas de custos para faixas de diferentes Alturas Manométricas - Hm: até 15 m.c.a., de 15 a 30 m.c.a., de 30 a 45 m.c.a. e acima de 45 m.c.a., com relação à vazão em L/s. Para as Linhas de Recalque - LR encontrouse estimativas de custo em função do Diâmetro Nominal - DN com a utilização de diferentes materiais (PEAD, PVC DEFoFo, FoFo e RPVC/PRFV). Para as Estações de Tratamento de Esgoto - ETEs foram obtidos custos para os sistemas de Lagoas de Estabilização, RALF + Filtro Anaeróbio, RALF + Lagoas Facultativas, UASB + Filtro Biológico e Lodos Ativados. Quanto aos sistemas de tratamento de lodo, considerando apenas os custos de implantação, para as ETEs do tipo UASB e UASB + LA até aproximadamente 35 L/s, pode-se optar pelo uso de leitos de secagem com calagem. A partir desta vazão fica sugerida a implantação de sistemas mecanizados.
5

Desemulsificação e purificação de resíduos gordurosos provenientes de esgotos domésticos /

Souza, Maria Aparecida de, Meier, Henry França, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. January 2003 (has links) (PDF)
Orientador: Henry França Meier. / Acompanha 1 cópia em CD-ROM. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Tecnológicas, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental.
6

Avaliação de tratamento integrado de esgotos sanitários e de lodo de tanque séptico em um Reator Anaeróbico Ralf /

Tachini, Mário, Belli Filho, Paulo, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. January 2002 (has links) (PDF)
Orientador: Paulo Belli Filho. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Ambiental.
7

Propriedade das normas de lancamento de esgoto

Amigo, Nisete Augusto de. January 1998 (has links) (PDF)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 1998.
8

Os esgotos sanitarios em Florianopolis

Silva, Dalton da January 1989 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2012-10-16T02:05:15Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T16:19:22Z : No. of bitstreams: 1 78859.pdf: 137706554 bytes, checksum: d77bdbbe517f8f18012b2fccb719111e (MD5) / O saneamento básico e a ecologia são temas polêmicos. Ao considerar os diferentes pontos de vista das diversas camadas que compõem nossa sociedade nem sempre coincidentes, suas obstinações em respeito aos alarmas do nosso tempo justificam plenamente. A liberdade de proposição deste tema; "os esgotos sanitários em Florianópolis" (uma contribuição geográfica ao estudo do problema na capital do Estado de SC). As condições antibiogênicas de nossos centros urbanos são agravadas pelos problemas originados dos despejos sanitários. No atual estágio de nossa evolução considera-se o abastecimento de água potável como um serviço essencial em qualquer comunidade civil. A distribuição de água através da rede pública consequentemente requer a necessidade de coleta, afastamento e disposição conveniente das águas servidas. Esta última necessidade deve ser atendida pelo estabelecimento dos sistemas de esgotos sanitários, para com isto, garantir objetos de ordem ecológica, sanitária, social e econômica. Com esta pesquisa, esperamos ter demonstrado que o equacionamento dos esgotos sanitários em Florianópolis está intimamente relacionado à melhoria da qualidade de vida da população. Esperamos haver comprovado que a organização da vida urbana deve ser produto de ações firmes, que contestem a inércia e procurem o envolvimento solidário e humano, promovendo iniciativas que busquem cumprir os preceitos sanitários e os elementos essenciais a organização e ao desenvolvimento social e urbano.
9

Processo de granulação aeróbia em reatores em bateladas sequenciais em condições de baixa carga orgânica

Wagner, Jamile January 2015 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-10-27T03:06:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 335773.pdf: 3095034 bytes, checksum: bc671fc92b304f7ca85ec5d35022c1fc (MD5) Previous issue date: 2015 / A tecnologia de grânulos aeróbios tem sido amplamente estudada para a remoção de nitrogênio e fósforo de águas residuárias. Entretanto, a maioria dos estudos tem sido realizada utilizando efluentes sintéticos de média e elevada carga orgânica volumétrica (COV). Existem poucos relatos sobre a granulação aeróbia com efluentes reais de baixa COV, como os esgotos domésticos. Neste contexto, o processo de granulação aeróbia em condições de baixa COV foi avaliado utilizando três Sistemas Experimentais (SE) distintos. No SE-I foi explorada a remoção de nitrogênio durante a formação e a maturação dos grânulos aeróbios em um reator em bateladas sequenciais (RBS) alimentado com esgoto doméstico. Após 160 dias de operação, o processo de granulação estava completo no reator. Os grânulos maduros apresentavam uma estrutura esférica e densa, com diâmetro médio de 473 µm e IVL30 (índice volumétrico de lodo) de 75,6 mL·gSST-1. A assimilação da amônia para o crescimento celular foi mais expressiva durante o período de start-up do reator. Após a formação dos grânulos, a assimilação foi menor do que 5% e a remoção do nitrogênio ocorreu, principalmente, por nitrificação-desnitrificação via nitrito. O SE-II teve como objetivo compreender como a presença de matéria orgânica particulada (XS) afeta a formação dos grânulos e a qualidade do efluente tratado sob diferentes condições operacionais. Para isso, dois reatores alimentados com esgoto sintético foram operados na ausência (R1) ou presença (R2) de XS. Os grânulos cultivados na presença de XS apresentaram uma estrutura irregular e filamentosa, a qual afetou a capacidade de sedimentação da biomassa e, consequentemente, a qualidade do efluente tratado. A operação em volume constante (enchimento ascendente pela parte inferior do reator e descarte simultâneo pela parte superior do reator) mostrou-se favorável para uma maior eficiência de remoção de substrato e também para o suprimento do crescimento filamentoso na presença de XS. No SE-III buscou-se entender como a velocidade ascensional de esgoto (VWW) aplicada durante a fase de enchimento-descarte simultâneos (volume constante) influencia as propriedades do lodo e a conversão do substrato. Para isso, o reator utilizado foi alimentado com esgoto doméstico de baixa carga orgânica em diferentes VWW: 1, 5,9, 8, 12,5 e 16 m·h-1. Elevadas eficiências de remoção de sustrato foram obtidas a uma VWW de 1 m·h-1, uma vez que houve uma maior retenção de biomassa no reator sob essas condições. Em média, 96 ± 4% de amônia e 89 ± 7% de fósforo foram removidos a uma baixa VWW de 1 m·h-1. No entanto, o processo de desnitrificação foi a etapa limitante na remoção de nitrogênio. De maneira geral, os sistemas estudados mostraram que é possível desenvolver grânulos maduros e estáveis com esgoto doméstico de baixa carga orgânica utilizando RBS. Além disso, também foi possível remover carbono, nitrogênio e fósforo em uma única unidade operacional compacta. Entretanto, o modo de operação do RBS deve ser adaptado de acordo com o tipo de efluente a ser tratado, principalmente aqueles que contêm XS em sua composição.<br> / Abstract : The aerobic granular sludge (AGS) technology has been widely studied for the biological nutrient removal from wastewater. However, most of the studies have been performed using synthetic wastewaters at high or middle-high organic loading rates (OLR). Only few studies reported successful granulation with real influents at low OLR, such as domestic wastewater. In this context, three different Experimental Systems (ES) were used in order to evaluate the aerobic granulation process under conditions of low OLR. In the ES-I the performance of a sequencing batch reactor (SBR) was evaluated in terms of nitrogen removal during the formation and maturation of aerobic granules fed with real domestic wastewater. The granulation process was complete after 160 days of operation. The mature granules had a nearly spherical structure, an average size of 473.0 µm, and a good settling ability (SVI30 of 75.6 mL·g-1). Ammonium assimilation for cell growth was more significant during the reactor start-up period. After granule formation, assimilation accounted for less than 5% and nitrogen was mainly removed by nitrification-denitrification via nitrite. The ES-II aimed at understanding how the presence of XS affects the formation of the granules and the quality of the treated effluent under different operating conditions. Two reactors fed with synthetic influents were operated in absence (R1) or presence (R2) of particulate organic matter (XS). The granules grown in presence of XS had irregular and filamentous outgrowths in the surface, which affected the settleability of the biomass and therefore the quality of the effluent. Operating at constant volume (simultaneous fill from the bottom of the reactor and draw from the upper part of the reactor) showed to be beneficial for the substrate removal efficiency and for suppressing filamentous overgrowth in presence of XS. In the ES-III the focus was on understanding how the wastewater upflow velocity (VWW) applied during the fill-and-draw phase (constant volume) influenced the sludge properties and in turn the substrate conversion. The reactor was fed with low-strength domestic wastewater at different VWW: 1, 5.9, 8, 12.5 and 16 m h-1. High efficiencies for substrate removal were obtained at VWW of 1 m·h-1, due to the higher biomass retention in the system under these conditions. Average removal efficiencies of 96 ± 4% for ammonium and 89 ± 7% for phosphorus were obtained at very low VWW of 1 m·h-1. However, denitrification was the limiting step for nitrogen removal. Overall, the studied systems showed that it is possible to develop mature and stable aerobic granules in SBR using low-strengthdomestic wastewater. Besides, it was also possible to efficiently remove carbon, nitrogen, and phosphorus in a single and compact reactor unit. However, the operation mode of such reactors must be adapted according to the composition of the influent, especially the ones containing XS.
10

Avaliação de rampas de escoamento superficial como pós-tratamento de esgoto sanitário de lagoas de estabilização / Evaluation of surface runoff ramps as post treatment of sewage stabilization ponds

Nascimento, José Gilmar da Silva do January 2012 (has links)
NASCIMENTO, J. G. S. do. Avaliação de rampas de escoamento superficial como pós-tratamento de esgoto sanitário de lagoas de estabilização. 2012. 106 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2013-06-24T12:11:16Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_jgsnascimento.pdf: 15674664 bytes, checksum: 8873853aa060ec2b6c83c23021b51170 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2013-06-28T17:10:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_jgsnascimento.pdf: 15674664 bytes, checksum: 8873853aa060ec2b6c83c23021b51170 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-28T17:10:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_jgsnascimento.pdf: 15674664 bytes, checksum: 8873853aa060ec2b6c83c23021b51170 (MD5) Previous issue date: 2012 / This study aimed to evaluate the use of overland-flow system as a method of wastewater posttreatment. The disposition of wastewater in soil has been considered for a long time as an alternative for effluents treatment and post-treatment. However, much of the population is not receptive to this method either due to ignorance or due to a lack of adequate information on the ways of the effluent reuse that can be possible by this technique. The overland-flow system has simple construction and operation, as well as the crop production obtained with this type of technique. For this work, it was used the grass Tifton 85 (Cynodon sp) because it has great adaptability to conditions of high concentrations of nutrients and moisture, showing up as a viable option for cultivation on overland-flow system. Experiments were conducted at Centro de Reuso, located in the Wastewater Treatment Plant of Aquiraz, Ceará. Three ramps runoff were constructed with different slopes, 2%, 4% and 6% with 30 meters long and 10 meters further on the ramp of 6% inclination. Treated wastewater from maturation ponds was applied in the overland-flow system. The application rates tested were 0,2m3 /m.h, 0,3 m3 /m.h and 0,4 m3 /m.h. It was evaluated the system's ability to remove nutrients, nitrogen and phosphorus as well as organic matter. By the quantitative analysis, it was possible to determine which inclination allowed a greater removal and which flow ratio. For rates of 0,2m3 /m.h and 0,3 m3 /m.h, the ramp with 2% inclination reached 57.65% and 57.11% removal of organic matter respectively. In terms of total nitrogen removal, the ramp with 6% inclination showed higher removal rates reaching 57.5%. The phosphorus removal performance was low reaching a maximum of 33.86% removal. The system also showed significant removals of microalgae, which was measured by chlorophyll-a rates with maximum values of 52.44%. In all of the aspects evaluated, the system improved the quality of the final effluent, showing up as a simple and inexpensive technique compatible with the economic reality of the Brazilian northeast. / Este trabalho teve como objetivo avaliar o uso de Rampas de escoamento superficial como pós-tratamento de esgotos sanitários. A disposição no solo há muitos anos mostra-se como opção para tratamento e pós-tratamento de efluentes domésticos, sendo que a recusa por grande parte da população reside da ignorância e da falta de informações adequadas quanto às formas de reúso que podem ser oferecidas. O escoamento superficial mostra-se simples quanto à construção e operação, bem como a produção vegetal obtida com esse tipo de sistema. Para este trabalho foi utilizada a grama Tifton 85(Cynodon sp), pois possui grande adaptação a condições de altas concentrações de nutriente e umidade, mostrando-se como opção viável para cultivo em rampas de escoamento superficial. O experimento foi realização no Centro de Reúso da CAGECE localizado na Estação de Tratamento de Efluentes da cidade de Aquiraz, Ceará. Foram construídas três rampas de escoamento superficial com inclinações diferentes, 2%, 4% e 6% com 30 metros de comprimento e 10 metros adicionais na rampa de 6% de inclinação. O líquido aplicado nas rampas era esgoto sanitário tratado, proveniente de lagoa de maturação. As taxas de aplicação de esgoto testadas foram 0,2m3 /m.h, 0,3 m3 /m.h e 0,4 m3 /m.h. Avaliou-se a capacidade do sistema em remover nutrientes, nitrogênio e fósforo, bem como matéria orgânica. Com a realização de análises quantitativas foi possível determinar qual inclinação permitia maior remoção e em qual vazão de operação. Para taxas de 0,2m3 /m.h, 0,3 m3 /m.h a rampa com 2% de inclinação alcançou 57,65% e 57,11% de remoção de matéria orgânica respectivamente. Em termos de remoção de nitrogênio total, a rampa de 6% de inclinação alcançou maiores índices de remoção chegando a de 57,5%. O desempenho na remoção de fósforo foi baixo chegando a no máximo 33,86% de remoção. O sistema também apresentou remoções significativas de microalgas, avaliados em termos de clorofila-a com valores máximos de 52,44%. Em todos os aspectos analisados, o sistema melhorou a qualidade final do efluente, mostrando-se como alternativa, com técnica simples e barata compatível com a realidade econômica do nordeste brasileiro.

Page generated in 0.0725 seconds