• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 17285
  • 1338
  • 185
  • 119
  • 118
  • 118
  • 110
  • 63
  • 54
  • 34
  • 34
  • 34
  • 15
  • 11
  • 9
  • Tagged with
  • 19063
  • 7454
  • 5257
  • 4766
  • 4339
  • 4226
  • 4100
  • 3892
  • 3870
  • 2219
  • 2146
  • 2128
  • 1950
  • 1850
  • 1619
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
61

Simulação de sistemas de gestão de produção em manufatura sazonal

Iucksch, Alan Martin January 2005 (has links)
Este estudo apresenta um sistema real de produção, numa fábrica de máquinas agrícolas localizada no Paraná, cuja produção é regida pela sazonalidade.É feita a análise do processo produtivo atual da peça mais complexa produzida na empresa, processo que hoje tem sua produção empurrada. Através de simulação computacional, é estudado o desempenho do sistema como ele é atualmente, e propostas alternativas com a produção sendo gerida através de kanban ou de CONWIP. São utilizados como medidas de desempenho a quantidade total produzida, inventário em processo e tempo de ciclo. Com a equalização do nível de serviços dos modelos, através do ajuste das quantidades de cartões kanban e CONWIP, torna-se possível uma comparação mais adequada dos sistemas de gestão, e escolha do que melhor se adapta à situação estudada.
62

As sete dimensões da gestão do conhecimento das empresas de material plástico do Rio Grande do Sul

Bertollo, Diego Luís 24 August 2017 (has links)
As organizações são compostas por sistemas que abrangem diversas variáveis, as quais podem ser denominadas de dimensões. Estas dimensões têm como objetivo compreender o funcionamento e a complexidade que as organizações possuem. Assim sob este ponto de vista, segundo Terra (2005), as sete dimensões do conhecimento englobam: (D1) Estratégia e alta administração; (D2) Cultura Organizacional; (D3) Estrutura Organizacional; (D4) Políticas e práticas para a administração de Recursos Humanos; (D5) Sistemas de Informação; (D6) Mensuração de Resultados; e (D7) Aprendizado com o ambiente. O objetivo geral desta dissertação é analisar as práticas gerenciais percebidas pelos gestores das indústrias associadas aos sindicatos dos plásticos do Rio Grande do Sul, em relação às sete dimensões para promover conhecimento, bem como construir um modelo capaz de mensurar de forma quantitativa, as práticas gerenciais dos gestores. A metodologia é uma pesquisa exploratória quantitativa, com a utilização de um questionário estruturado seguindo à escala Likert de cinco pontos adaptado de Terra (2005), disponibilizado eletronicamente via Google Doc´s® e fisicamente em papel. Os resultados adquiridos sustentaram as hipóteses formuladas para esta dissertação. Pode-se verificar que as 7 dimensões têm impacto positivo na Gestão do Conhecimento que pode ser confirmada. Destaca-se como achado desta dissertação, o modelo teórico completo capaz de mensurar as práticas percebidas pelos gestores incluindo as respectivas variáveis de controle. Para estudos futuros, em outras segmentos e empresas, sugere-se a aplicação do instrumento de pesquisa validado. / Submitted by Ana Guimarães Pereira (agpereir@ucs.br) on 2017-09-29T14:24:20Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao Diego Luís Bertollo.pdf: 1967996 bytes, checksum: 65a28c5f936ea88ab5d94b56cc6a8251 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-29T14:24:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao Diego Luís Bertollo.pdf: 1967996 bytes, checksum: 65a28c5f936ea88ab5d94b56cc6a8251 (MD5) Previous issue date: 2017-09-29 / Organizations are composed of systems that span multiple variables, which can be called dimensions. These dimensions aim to understand the functioning and complexity that organizations have. Thus, according to Terra (2005), the seven dimensions of knowledge encompass: (D1) Strategy and top management; (D2) Organizational Culture; (D3) Organizational Structure; (D4) Policies and practices for the administration of Human Resources; (D5) Information Systems; (D6) Measurement of Results; And (D7) Learning from the environment. The general objective of this dissertation is to analyze the managerial practices perceived by the managers of the industries associated to the unions of plastics of Rio Grande do Sul, in relation to the seven dimensions to promote knowledge, as well as to construct a model capable of quantitatively measuring the managerial practices Of managers. The methodology is a quantitative exploratory research, using a structured questionnaire following the five-point Likert scale adapted from Terra (2005), made electronically via Google Doc's® and physically on paper. The acquired results supported the hypotheses formulated for this dissertation. It can be verified that the 7 dimensions have a positive impact on Knowledge Management that can be confirmed. It stands out as the finding of this dissertation, the complete theoretical model able to measure the practices perceived by the managers including the respective variables of control. For future studies, in other segments and companies, it is suggested to apply the validated research instrument.
63

Proposta de um modelo de avaliação de proatividade em gestão ambiental

Potrich, Louise January 2017 (has links)
A gestão ambiental contempla um amplo espectro de rotinas e práticas, as quais podem ser classificadas quanto à proatividade com relação ao atendimento de regulações ambientais. Práticas proativas se caracterizam por anteciparem e/ou superarem os requisitos regulatórios e incluem, por exemplo, o desenvolvimento e aquisição de tecnologia e inovação que visam minimizar custos e diminuir os impactos ambientais. Buscando a compreensão de como as práticas proativas de gestão ambiental são operacionalizadas e como elas estão correlacionadas entre si e com a legislação aplicável ao setor industrial, esse trabalho tem como objetivo principal propor uma modelo de proatividade em gestão ambiental no setor industrial brasileiro, de forma a evidenciar, em nível de empresa, quais práticas necessitam ser desenvolvidas e/ou melhoradas. A elaboração e a avaliação do modelo de proatividade proposto segue as seguintes diretrizes do Design Science Research: (i) identificação do problema através de uma revisão bibliográfica; (ii) construção de um framework conceitual que apresenta os estágios evolutivos e as dimensões de gestão ambiental consideradas; (iii) processo de pesquisa, o qual desenvolve uma complementação do framework conceitual a partir de dados primários e secundários; e (iv) aplicação e avaliação através da análise de três empresas do setor industrial na região metropolitana de Porto Alegre. Os resultados obtidos, relevantes para o entendimento sistêmico da gestão ambiental proativa, foram (i) correlacionar a legislação ambiental brasileira com a implementação das práticas de gestão ambiental, (ii) estabelecer, através de estágios evolutivos, as melhorias potenciais da implementação de práticas proativas e (iii) propor uma ferramenta de avaliação da gestão ambiental proativa para diferentes setores industriais, que evidencie as dimensões que necessitam ser desenvolvidas.
64

Simulação de sistemas de gestão de produção em manufatura sazonal

Iucksch, Alan Martin January 2005 (has links)
Este estudo apresenta um sistema real de produção, numa fábrica de máquinas agrícolas localizada no Paraná, cuja produção é regida pela sazonalidade.É feita a análise do processo produtivo atual da peça mais complexa produzida na empresa, processo que hoje tem sua produção empurrada. Através de simulação computacional, é estudado o desempenho do sistema como ele é atualmente, e propostas alternativas com a produção sendo gerida através de kanban ou de CONWIP. São utilizados como medidas de desempenho a quantidade total produzida, inventário em processo e tempo de ciclo. Com a equalização do nível de serviços dos modelos, através do ajuste das quantidades de cartões kanban e CONWIP, torna-se possível uma comparação mais adequada dos sistemas de gestão, e escolha do que melhor se adapta à situação estudada.
65

Sistema aprimorado de gestão ambiental : um estudo de caso na empresa Tritec Motors Ltda

Chiele, Caroline January 2003 (has links)
Um sistema de gestão ambiental fornece uma estrutura eficiente para uma empresa gerenciar suas responsabilidades ambientais, sendo também um componente essencial em sua estratégia comercial. O presente trabalho descreve a implantação de um sistema de gestão ambiental na empresa Tritec Motors Ltda, de acordo com a norma NBR ISO 14001:1996, a fim de garantir um gerenciamento adequado de riscos, com um desempenho ambiental melhorado, refletindo na imagem corporativa, entre outros benefícios. Partindo da experiência de outras implantações similares realizadas pela corporação DaimlerChrysler em várias partes do mundo, a Tritec Motors implantou seu sistema aprimorado de gestão ambiental. A metodologia utilizada para implantar este sistema foi a criação de um plano de trabalho detalhado, baseado nos cinco princípios de um sistema de gestão ambiental: comprometimento, planejamento, implementação, medição e análise crítica. O plano de trabalho permitiu a implantação do sistema de gestão ambiental, que resultou na conquista do certificado ISO 14001. Este trabalho também apresenta um conjunto de propostas adicionais, como a criação de um calendário ambiental, a implantação de uma sistemática de auditorias em processadores de resíduos e o desenvolvimento de um software de gerenciamento ambiental, que irão garantir a manutenção e o aprimoramento do sistema de gestão ambiental da empresa.
66

As sete dimensões da gestão do conhecimento das empresas de material plástico do Rio Grande do Sul

Bertollo, Diego Luis 24 August 2017 (has links)
As organizações são compostas por sistemas que abrangem diversas variáveis, as quais podem ser denominadas de dimensões. Estas dimensões têm como objetivo compreender o funcionamento e a complexidade que as organizações possuem. Assim sob este ponto de vista, segundo Terra (2005), as sete dimensões do conhecimento englobam: (D1) Estratégia e alta administração; (D2) Cultura Organizacional; (D3) Estrutura Organizacional; (D4) Políticas e práticas para a administração de Recursos Humanos; (D5) Sistemas de Informação; (D6) Mensuração de Resultados; e (D7) Aprendizado com o ambiente. O objetivo geral desta dissertação é analisar as práticas gerenciais percebidas pelos gestores das indústrias associadas aos sindicatos dos plásticos do Rio Grande do Sul, em relação às sete dimensões para promover conhecimento, bem como construir um modelo capaz de mensurar de forma quantitativa, as práticas gerenciais dos gestores. A metodologia é uma pesquisa exploratória quantitativa, com a utilização de um questionário estruturado seguindo à escala Likert de cinco pontos adaptado de Terra (2005), disponibilizado eletronicamente via Google Doc´s® e fisicamente em papel. Os resultados adquiridos sustentaram as hipóteses formuladas para esta dissertação. Pode-se verificar que as 7 dimensões têm impacto positivo na Gestão do Conhecimento que pode ser confirmada. Destaca-se como achado desta dissertação, o modelo teórico completo capaz de mensurar as práticas percebidas pelos gestores incluindo as respectivas variáveis de controle. Para estudos futuros, em outras segmentos e empresas, sugere-se a aplicação do instrumento de pesquisa validado. / Organizations are composed of systems that span multiple variables, which can be called dimensions. These dimensions aim to understand the functioning and complexity that organizations have. Thus, according to Terra (2005), the seven dimensions of knowledge encompass: (D1) Strategy and top management; (D2) Organizational Culture; (D3) Organizational Structure; (D4) Policies and practices for the administration of Human Resources; (D5) Information Systems; (D6) Measurement of Results; And (D7) Learning from the environment. The general objective of this dissertation is to analyze the managerial practices perceived by the managers of the industries associated to the unions of plastics of Rio Grande do Sul, in relation to the seven dimensions to promote knowledge, as well as to construct a model capable of quantitatively measuring the managerial practices Of managers. The methodology is a quantitative exploratory research, using a structured questionnaire following the five-point Likert scale adapted from Terra (2005), made electronically via Google Doc's® and physically on paper. The acquired results supported the hypotheses formulated for this dissertation. It can be verified that the 7 dimensions have a positive impact on Knowledge Management that can be confirmed. It stands out as the finding of this dissertation, the complete theoretical model able to measure the practices perceived by the managers including the respective variables of control. For future studies, in other segments and companies, it is suggested to apply the validated research instrument.
67

Gestão da qualidade no Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco : uma proposta de modelo para excelência na Administração Pública

FARIAS, Roseane Milanez de January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:36:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7958_1.pdf: 832177 bytes, checksum: d421223538a0957b8adf33b6e80810da (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / A Reforma Administrativa propõe um Estado voltado para a administração gerencial, determinando cortes, em especial de funcionários, quando se extrapolar o limite máximo de gastos com pessoal, sem, no entanto, propor alternativas de gestão para a qualidade. A Lei de Responsabilidade Fiscal refere-se ao equilíbrio das finanças públicas, transparência na gestão, impondo sanções aos gestores públicos, quando do seu descumprimento, entretanto, relega o aspecto social e não propõe, de fato, a implantação de ferramentas administrativas que visem a excelência do desempenho. Sendo assim, antes de se pensar em um novo Estado com menos funcionários a servir à população, que seja concretizado um Estado onde os gestores tenham a devida consciência pelo zelo do patrimônio público, trabalhando na busca de uma gestão por excelência, onde os servidores sejam devidamente qualificados no exercício de sua profissão: prestar serviços de qualidade à sociedade. E também onde as ações sejam desenvolvidas com vistas à eficiência e eficácia dos resultados, gerando satisfação aos usuários internos e externos. Dessa forma, pois, chegaremos a uma gestão pública eficiente e eficaz, rompendo o paradigma burocrático em direção ao equilíbrio das finanças públicas e à satisfação da sociedade. E é neste contexto que se insere a atuação do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, enquanto órgão público que necessita se modernizar, através de ferramentas administrativas e gerenciais que possam lhe propiciar qualidade nos serviços que presta à sociedade, nas suas informações e nos seus servidores, pois é bem verdade que cada vez mais lhe são exigidas eficácia e eficiência nas suas ações. Através de pesquisas de campo, tanto interna como externa à instituição, verificando ainda possíveis implementações de Programas de Qualidade em outros Tribunais de Contas do país, aliadas aos conceitos existentes sobre a matéria, formulamos no final do trabalho uma proposta de modelo de Programa de Qualidade para o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco
68

O controle social na gestão pública : as funções de fiscalização e de ouvidoria dos Tribunais de Contas do Brasil

PEREIRA, Ricardo Martins January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:36:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7959_1.pdf: 622179 bytes, checksum: b44ce96b0607744ff80aa75334b4cafa (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Esta dissertação objetivou estudar a relação entre as funções de ouvidoria e de fiscalização dos Tribunais de Contas brasileiros (TC´s), assim como os impactos gerados pela criação da Ouvidoria do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), especificamente na sua relação com a sociedade, no mecanismo da denúncia formal e nos trabalhos de fiscalização desenvolvidos por essa instituição. Considerada uma das grandes inovações na área de controle externo da administração pública, a função de ouvidoria dos TC´s representa uma das principais vias de controle direto da sociedade sobre a gestão pública. O TCE-PE, de forma pioneira, criou uma Ouvidoria com o objetivo específico de facilitar a comunicação com a população, promovendo alterações nos canais de comunicação existentes e nos trabalhos de fiscalização desenvolvidos pela instituição. Destarte, buscando atender ao objetivo proposto para este trabalho, levantamos e analisamos o comportamento nos últimos dez anos dos processos instaurados no TCE-PE por iniciativa da sociedade e da própria instituição e enfatizamos as mudanças ocorridas a partir da criação da Ouvidoria. Acrescentamos à análise os dados referentes às informações recebidas da sociedade por essa nova unidade, bem como levantamos a percepção dos técnicos fiscalizadores do TCE-PE sobre a utilidade dessas informações para os trabalhos de fiscalização. Essas reflexões nos levaram a concluir que, com a criação da Ouvidoria, houve um aumento na participação da sociedade no controle da gestão publica e que as informações prestadas têm sido úteis para a fiscalização, contudo as limitações operacionais da instituição e a falta de detalhes no conteúdo dessas informações têm reduzido a sua utilidade
69

Transparência da gestão municipal através das informações contábeis divulgadas na Internet

LOCK, Fernando do Nascimento January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:36:32Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7963_1.pdf: 497391 bytes, checksum: 3a749b64587c28396c74719fb798eef1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Esta pesquisa buscou constatar se o contido no Art. 48, da Lei de Responsabilidade Fiscal, vem sendo cumprido pelas prefeituras, com relação à ampla divulgação em meios eletrônicos de acesso público dos: planos, orçamentos e leis de diretrizes orçamentárias; prestações de contas e o respectivo parecer prévio; Relatório Resumido da Execução Orçamentária; Relatório de Gestão Fiscal; versões simplificadas desses documentos e se a transparência está sendo assegurada através do incentivo à participação popular com a realização de audiências públicas. Inicialmente foi realizada uma pesquisa bibliográfica em livros, anais de congressos e convenções, outras obras editadas e na internet. Com base neste levantamento e nos objetivos da pesquisa, foi elaborado um questionário, que foi enviado às prefeituras através de e-mail. Embora tenham sido enviados 35 e-mails, não se obteve nenhuma resposta. Optou-se então por uma estratégia alternativa: a investigação direta das home-pages das prefeituras, para identificar como as mesmas estavam divulgando seus relatórios e demonstrativos. Foi selecionada uma amostra de 208 cidades do interior e 27 capitais, com o intuito de investigar, através da internet, o que as prefeituras estão divulgando aos cidadãos, relativo à responsabilidade na gestão fiscal. O objetivo é identificar o grau de transparência na gestão municipal. A pesquisa revela que a grande maioria das prefeituras não atende sequer minimamente à legislação, deixando os cidadãos sem acesso aos dados econômicofinanceiros relativos aos gastos das prefeituras, bem como informações relacionadas ao planejamento e orçamento
70

Análise das mudanças de atitudes entre os representantes do segmento popular do fórum do PREZEIS do recife em dois momentos políticos diferentes : Último semestre da gestão Roberto Magalhães-PFL (2000) e primeiro semestre da gestão João Paulo-PT (2001)

SANTOS, Gláucio Alves dos January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:36:37Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7973_1.pdf: 718009 bytes, checksum: feb82af4919691c9352034f271c67c7d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Nesta dissertação nos propusemos a analisar a intensidade e qualidade no processo de participação popular, dos representantes do segmento popular no Fórum do PREZEIS, em dois momentos políticos distintos: durante as gestões do então prefeito do Recife, Roberto Magalhães (último semestre), e do atual prefeito João Paulo (primeiros seis meses). O Fórum do PREZEIS congrega os representantes das Comissões de Urbanização e Legalização, os membros das ONGs que prestam assessoria, e os representantes de diversas secretarias e empresas públicas do Poder Municipal. É importante salientar que, ao longo de vários séculos, a questão da participação direta de alguns cidadãos no âmbito das políticas públicas adotadas no país, serviu de cenário para inúmeras discussões e debates em torno de se alcançar os objetivos em que a participação popular era inicialmente o único caminho para a consolidação da democracia. Isso só seria possível, através dos diversos canais de gestão democrática, abrangendo todos os níveis e setores das políticas públicas. Analisamos na nossa pesquisa a intensidade e a qualidade da participação dos representantes do segmento popular através da avaliação da sua freqüência às sessões do Fórum e da quantidade e teor das suas intervenções durante esses os dois períodos analisados. Em relação à intensidade percebemos que na gestão Roberto Magalhães, os representantes do segmento popular, apresentaram uma menor assiduidade e quantidade de intervenções do que na gestão João Paulo; em relação à qualidade da participação, na gestão Roberto Magalhães as intervenções, dos representantes do segmento popular tinham maior relevância para fortalecimento do PREZEIS do que na gestão João Paulo

Page generated in 0.0556 seconds