• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1652
  • 55
  • 37
  • 30
  • 30
  • 26
  • 22
  • 11
  • 9
  • 8
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 2
  • Tagged with
  • 1770
  • 1770
  • 701
  • 613
  • 509
  • 436
  • 395
  • 273
  • 254
  • 215
  • 207
  • 203
  • 189
  • 182
  • 169
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

A natureza real e contratual da outorga de direitos de uso de recursos hídricos

MARQUES, Benedito Ferreira January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:17:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5053_1.pdf: 1255707 bytes, checksum: 02036603d8cad5ee587c9941a15cee44 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / A outorga de direitos de uso de recursos hídricos - para qualquer das finalidades previstas na Lei n. 9.433, de 8 de janeiro de 1997 -, encerra um direito real consubstanciado no desdobramento de uma das faculdades inerentes ao domínio o uso - e, portanto, tem eficácia contra terceiros, independentemente de registro imobiliário, bastando a sua publicação na imprensa oficial. Esse direito real permeia as mais diferentes relações jurídicas que envolvam proprietários ou possuidores de terras, por onde correm as águas ou onde estejam depositadas. E, na medida em que o uso dos recursos hídricos passou a ser objeto de cobrança dado o valor econômico atribuído a esse importante recurso natural, hoje pertencente ao domínio público , a formalização da outorga dar-se-á por contrato administrativo, à semelhança do contrato de concessão real de uso, mediante a aplicação analógica das regras estabelecidas no Dec.lei n. 271, de 28 de fevereiro de 1967, e não por intermédio de uma autorização, como simples ato administrativo, conforme preceitua a Lei n. 9.984, de 17 de julho de 2000
12

Mecanismos financeiros para a redução de risco associado ao clima: contrato de opções, seguro baseado em índice e fundo financeiro

Sousa, Augusto de Brito 09 December 2014 (has links)
SOUSA, A. B. Mecanismos financeiros para a redução de risco associado ao clima: contrato de opções, seguro baseado em índice e fundo financeiro. 2014. 125 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos)–Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2015-04-14T12:26:12Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_absousa.pdf: 7126059 bytes, checksum: fdcbb18f704cbc908888134ee0638322 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2015-04-23T18:04:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_absousa.pdf: 7126059 bytes, checksum: fdcbb18f704cbc908888134ee0638322 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-23T18:04:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_absousa.pdf: 7126059 bytes, checksum: fdcbb18f704cbc908888134ee0638322 (MD5) Previous issue date: 2014-12-09 / Water is an essential resource for the social and economic development and to maintaining healthy ecosystems. Due to its economic and social importance is a source of social conflict between the sectors interested in acquiring it and enjoy it, being the lean season far more conflict. So, as a way to harmonize conflicting interests among sectors, this study aimed to investigate and develop financial mechanisms for climate risk management in water resources based on index-based insurance associated option contract and financial background to enable minor variations in resource prices water tended as the principle of compensation to users for transfer when the water supply disruption. The valuation methodology of financial resources that met the sectors was the quantification of economic resources transferred from the equations of specific benefits of sectors. The amounts of transferred water was obtained through the exchange of allocation methodology: linear priorities and assessment system. Five scenarios that divided water availability between two sectors (irrigation and urban) with the following coefficients, respectively, for these sectors (0.10, 0.90), (0.25, 0.75) were simulated, (0, 50, 0.50), (0.75, 0.25) and (0.90, 0.10) for guarantees of 98%, 95% and 90%. Payments of options based on options contracts had lines similar to the negative impacts of irrigation (losses) trends, but with values below these intervals for all warranties and simulated. Losses grew to the scene of coefficients (0.52, 0.48), from which the economic impacts of the urban sector (gains) outweigh the irrigation. However, scenarios for the above coefficients (0.90, 0.10), the gain values decrease below losses. On financial background, only for scenarios with localized coefficients between (0.50, 0.50) and (0.90, 0.10), considered viable scenarios, is that this fund has financial viability, being among the scenarios simulated, the coefficients (0.75, 0.25) having the highest accumulated values. Finally, it is concluded that the economic viability of water transfers only focused on scenarios located between the coefficients (0.50, 0.50) and (0.90, 0.10). Furthermore, it is concluded that the association between options contract based insurance index released flow and financial background can contribute to mutual understanding between the sectors interested in local / regional on the need to harmonize, especially in times water more conflicting in the case, times of water scarcity. / Água é um recurso essencial para o desenvolvimento social e econômico como também para manutenção saudável dos ecossistemas. Devido sua importância econômica e social é fonte de conflitos sociais entre os setores interessados em adquiri-la e usufruí-la, sendo a época de escassez o momento de maior conflito. Assim, como forma de harmonizar conflitos de interesses entre os setores, este trabalho objetivou pesquisar e desenvolver mecanismos financeiros de gestão do risco climático em recursos hídricos, fundamentado em seguro baseado índice associado a contrato de opção e fundo financeiro que possibilitem menores variações nos preços dos recursos hídricos, tendo como critério o princípio da compensação aos usuários pela transferência hídrica quando das falhas no abastecimento. A metodologia de avaliação dos recursos financeiros que satisfizessem os setores foi a quantificação econômica dos recursos transferidos a partir das equações de benefícios específicas dos setores. Os valores dos recursos hídricos transferidos foram obtidos por meio da permuta de metodologia de alocação: sistema de prioridades e rateio linear. Foram simulados cinco cenários que dividiam as disponibilidades hídricas entre dois setores (irrigação e urbano) com os seguintes coeficientes, respectivamente, para esses setores (0,10; 0,90), (0,25; 0,75), (0,50; 0,50), (0,75; 0,25) e (0,90; 0,10) para as garantias de 98%, 95% e 90%. Os pagamentos de opções fundamentados nos contratos de opções apresentaram linhas de tendências semelhantes aos impactos negativos da irrigação (perdas), porém com valores abaixo destes para todos os intervalos e garantias simulados. As perdas cresceram até o cenário de coeficientes (0,52, 0,48), a partir do qual os impactos econômicos do setor urbano (ganhos) superam aos da irrigação. No entanto, para os cenários de coeficientes acima de (0,90, 0,10), os ganhos diminuem a valores abaixo dos das perdas. Quanto ao fundo financeiro, somente para os cenários com coeficientes localizados entre (0,50, 0,50) e (0,90, 0,10), considerado cenários viáveis, é que esse fundo possui viabilidade financeira, sendo, dentre os cenários simulados, o de coeficientes (0,75, 0,25) que possui os maiores valores acumulados. Por fim, conclui-se que a viabilidade econômica das transferências hídricas se concentrou apenas nos cenários localizados entre os coeficientes (0,50, 0,50) e (0,90, 0,10). Além disso, conclui-se que a associação entre contrato de opções, seguro baseado no índice vazão liberada e fundo financeiro pode contribuir para um entendimento mútuo entre os setores interessados nos recursos hídricos locais/regionais quanto à necessidade de se harmonizarem, principalmente, nos momentos mais conflituosos, no caso, épocas de escassez hídrica.
13

Percepções e motivações de produtores rurais do Distrito Federal sobre o pagamento pelo uso de recursos hídricos

Ferreira, Adriane Furlan Alves 31 July 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina , Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, 2017. / Submitted by Priscilla Sousa (priscillasousa@bce.unb.br) on 2017-11-06T12:15:12Z No. of bitstreams: 1 2017_AdrianeFurlanAlvesFerreira.pdf: 542856 bytes, checksum: e3498240c661696e801f6bc6032d774c (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-12-01T16:54:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_AdrianeFurlanAlvesFerreira.pdf: 542856 bytes, checksum: e3498240c661696e801f6bc6032d774c (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-01T16:54:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_AdrianeFurlanAlvesFerreira.pdf: 542856 bytes, checksum: e3498240c661696e801f6bc6032d774c (MD5) Previous issue date: 2017-12-01 / Conhecer a motivação e a percepção dos produtores rurais para o pagamento pelo uso de recursos hídricos é importante para viabilizar a cobrança e consequentemente implementar a Política Nacional de Recursos Hídricos, Lei nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997. O estudo demonstrou a ausência de motivação para o pagamento entre os produtores rurais do Distrito Federal, mas também aduziu que a motivação situacional negativa dos produtores rurais pode ser modificada caso o Estado intervenha no sentido de atender tanto as demandas por informações quanto os questionamentos trazidos pelos produtores, de modo a despertar as motivações, atitudes e comportamentos destes. / It’s essential to know the motivation and the perception of the rural producers for the payment for the use of water resources to enable the collection and implement the National Policy of Water Resources. This study demonstrated the absence of motivation for payment among rural producers in the Federal District, but also that the negative situational motivation of rural producers can be modified if the State intervene to meet both the demands for information and the questions brought by the producers, in order to awaken their motivations, attitudes and behaviors.
14

Desenvolvimento de um procedimento para avaliação de superfícies irrigadas por meio de imagens de satélite para fiscalização de outorga / Development of a procedure for the evaluation of irrigated surfaces by means of satellite images for control of water grant

Pereira, Greison Santos 23 June 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2017. / Submitted by Gabriela Lima (gabrieladaduch@gmail.com) on 2017-12-04T19:06:32Z No. of bitstreams: 1 2017_GreisonSantosPereira.pdf: 2997271 bytes, checksum: b7934370e9e60128d8a56f04a0238c3a (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-01-25T16:25:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_GreisonSantosPereira.pdf: 2997271 bytes, checksum: b7934370e9e60128d8a56f04a0238c3a (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-25T16:25:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_GreisonSantosPereira.pdf: 2997271 bytes, checksum: b7934370e9e60128d8a56f04a0238c3a (MD5) Previous issue date: 2018-01-25 / O presente trabalho teve por objetivo o desenvolvimento de um procedimento que possa auxiliar os órgãos gestores de recursos hídricos em relação à fiscalização de outorgas emitidas. O procedimento teve aplicação na sub-bacia do ribeirão Extrema, localizada na bacia hidrográfica do rio Preto – Distrito Federal. Para composição da base de dados, foram utilizadas imagens digitais provenientes do satélite LANDSAT 8 referentes a 2015, contemplando estações de chuvas e o período de seca, para análise comparativa em regiões com intensa agricultura irrigada. Este também foi composto pelas seguintes informações fornecidas pela ADASA - Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal, órgão gestor de recursos hídricos no DF: coordenadas de referência do produtor, a vazão outorgada, tipo e finalidade do uso. O processamento das imagens de satélite foi realizado com auxílio do software ENVI 4.4, utilizando as composições coloridas 652 (identificação de áreas verdes) e 543 (infravermelho), para identificação visual do estado das culturas em época de seca, como, também, a aplicação do NDVI (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada), e o comparativo das curvas espectrais das imagens de satélite para avaliação quantitativa, identificando, assim, quanto ao estresse hídrico, culturas irrigadas em pleno vigor no período de seca, passando, então, a analisar o cadastro de outorgas. Dois produtores, usuários de pivôs centrais, tiveram suas áreas irrigadas mensuradas (com auxílio das imagens de satélite), sendo 32,87 ha para produtor P1 e 53,06 ha para o produtor P2. Como no cadastro de outorga, não constavam os tipos de cultura para os produtores, foram simulados, respectivamente, os ciclos de cultura praticados na região da bacia hidrográfica do rio Preto (ciclo 1: soja, trigo e feijão para P1 e ciclo 2: milho, trigo e feijão para P2). Essas simulações levaram a maiores estimativas de áreas passíveis de irrigação (Api), calculadas com base na vazão outorgada para os respectivos produtores, e as demandas hídricas relativas às culturas mencionadas. Verificou-se que em junho (para ciclo 1), apresentou-se o valor de Api de 11,10 ha (maior área na época de seca) e, para o mesmo mês, para ciclo 2, uma Api de 13,95 ha, ambos os valores inferiores aos valores estimados por imagem de satélite. Sendo assim, seria emitido o indicativo de fiscalização prioritário para o órgão gestor de recursos hídricos, que deveria intensificar o monitoramento nas áreas estudadas. O procedimento proposto mostrou-se, assim, pertinente para auxílio à ação de fiscalização de pleitos de outorgas emitidas, quando aplicado em regiões com intenso uso de água para irrigação. / The objective of the present work was the development of a procedure that to assist the water resource management agencies in relation to the control of the water grants. The procedure was applied on sub-basin stream Extrema, located in the river basin of the Rio Preto - Federal District. For the composition of the database, were used digital images from the LANDSAT 8 satellite for 2015, considering rainy season and drought, for comparative analysis in regions with intense irrigated agriculture. This was also made up of the following information provided by ADASA – Regulatory Agency of Water, Energy and Sanitation of Federal District, water resources management body in DF: location coordenates, water flow' grant, kind and porpused of use. The processing of digital images was realized in software ENVI version 4.4, to make color compositions 652 (identifying green area) and 543 (infrared) to identify qualitatively the state of crops on drought, furthermore had applied the NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) and the comparative between spectral curves of sattelite images to asses quantitative, identifying healthy irrigated crops on critical season to water resources, starting to analyze the register of the water grants. Two farmers, central pivot users, had their irrigated area mensurated by sattelite images, 32,873 ha to farmer P1 and 53,055 ha to farmer P2, as in the register didn’t include the types of crops for the producers, then were simulated cycles practiced on watershed of river Preto (cycle1: soy, wheat and bean to farmer P1 and cycle2: corn, wheat and bean to farmer P2). These simulations lead greater estimation the irrigable areas expected, computed with farmers’ water flow' grant and water demand of crops mentioned. Was verificated to june, to cycle1, show 11,10 ha (largest area on drought) and to july, cycle2, with 13,95 ha, both values are lower than those estimated by the satellite images. Therefore, would be issued the urgent inspection indicator for the water resources manager is issued, which should intensify monitoring in the areas studied. The proposed procedure was therefore relevant to guide the supervision of use water grant’ registration, when applied in regions with intense use of water for irrigation.
15

Dissipação de energia em estruturas hidráulicas assentes sobre leitos móveis

Lopes, Ana Isabel da Rocha e Sá January 2005 (has links)
Tese de mestrado. Engenharia do Ambiente (Ramo de Hidráulica e Recursos Hídricos). 2005. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto
16

Desenvolvimento de um sistema de apoio à decisão para a otimização de traçados de obras de engenharia civil : o caso do sistema de defesa contra inundações da cidade de Resistencia, Argentina

Pilar, Jorge Victor January 2003 (has links)
O traçado de obras com características lineares num espaço geográfico tem, em princípio, um número muito grande de soluções. A seleção de traçados mais convenientes é hoje abordada pela Pesquisa Operacional por meio da Programação Dinâmica tradicional e das técnicas para resolver o problema conhecido como leastcost- path, (caminho de mínimo custo). Por sua vez, o planejamento de espaços geográficos é feito com o auxílio de técnicas de SIG (sistemas de informação geográfica). O estudo algorítmico dos caminhos de mínimo custo não é novidade e até os programas comerciais para SIG mais utilizados têm incorporado comandos que, com certas limitações, resolvem esse problema. Mas, seja qual for a abordagem, sempre é preciso conhecer a priori a funçãoobjetivo (FO), e isto não é tarefa fácil, pois devem ser conjugados objetivos de satisfação de necessidades sociais, políticas, ambientais e econômicas, o que gera um verdadeiro problema de otimização multiobjetivo e multicritério. Este trabalho teve como foco principal elaborar um modelo de decisão para ajudar na formulação da FO, adotando o paradigma multiobjetivo/multicritério, explorando inclusive o relaxamento difuso de pareceres dos decisores. Foram utilizadas apenas ferramentas computacionais (software e hardware) simples, de ampla difusão entre os engenheiros e de baixo custo, como a planilha de cálculo Excel e o programa Idrisi 32, procurando explorar suas aptidões e limitações, sem recorrer à elaboração e/ou utilização de códigos computacionais próprios, sobre os quais muitas pessoas sentem receios até não serem testados suficientemente. Foi obtido um sistema de apoio à decisão eficaz e de fácil utilização e sua possibilidade de aplicação foi testada na definição do traçado ótimo de parte da defesa norte da cidade de Resistencia (Argentina).
17

Um método de modelagem de um sistema de indicadores de sustentabilidade para gestão dos recursos hídricos-MISGERH : o caso da bacia dos Sinos

Laura, Aquiles Arce January 2004 (has links)
Um dos debates dentro a temática ambiental concentra-se sobre o desenvolvimento de indicadores de sustentabilidade para monitorar, mensurar e avaliar a sustentabilidade do desenvolvimento. Neste contexto, o presente trabalho objetivou desenvolver um método de modelagem de um sistema de indicadores para avaliar a sustentabilidade do sistema dos recursos hídricos, propiciando a participação dos atores sociais e visando ter maior conhecimento do problema e legitimidade do processo da gestão dos recursos hídricos numa bacia hidrográfica. Para tal, adotou-se o paradigma construtivista e foram abordados três temas: gestão ambiental, sistemas de apoio à decisão e indicadores de sustentabilidade. Esta metodologia foi aplicada, através de um estudo de caso, na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. A proposta do sistema de indicadores congrega duas áreas de interesse: a primeira, na perspectiva dos objetivos privados - a sustentabilidade como fluxo de bens e serviços, que contempla 8 Clusters: abastecimento público, abastecimento industrial, irrigação, criação de animais, geração de energia elétrica, navegação, aquicultura, turismo e recreação; a segunda, na perspectiva dos interesses públicos - a sustentabilidade como estoque dos recursos hídricos, que contempla 4 Clusters: regime hidrológico, qualidade da água, estrutura "habitat", resíduos sólidos. Em suma, foram definidos um total de 238 indicadores básicos, alguns deles (88 indicadores) são partilhados entre os Clusters, mostrando a interação dos indicadores e dependência entre os Clusters setoriais do sistema de recursos hídricos. Em termos gerais, recomenda-se empregar esse método se o interesse for, além do resultado, sendo a proposta de um sistema de indicadores de sustentabilidade, também do processo de participação dos atores envolvidos para compreender a problemática dos recursos hídricos. Assim, a modelagem de um sistema de indicadores será feita sob as inter-relações da ciência, política e os valores e objetivos dos atores sociais.
18

Água, cultura e crise : uma análise do discurso contemporâneo sobre recursos hídricos

Amorim, Paulo Henrique Oliveira Porto de January 2011 (has links)
O final do século XX presenciou a ascensão do discurso ambiental nas sociedades capitalistas. Constata-se também, no caso específico da água, o crescimento da atenção sobre o tema juntamente com a disseminação de um discurso que prega a necessidade de racionalização do uso e da gestão dos recursos hídricos frente ao seu iminente escasseamento, o que significa uma transformação radical naquilo que se compreende como cultura da água da sociedade brasileira. É exatamente nesse contexto que se põe a seguinte questão: que efeitos são produzidos, na própria ordem do discurso, através da afirmação da água como recurso escasso? Quem são os sujeitos da gestão racional da água? Que elementos passam a compor o universo da política de recursos hídricos? Esses questionamentos foram elaborados a partir da aplicação de conceitos foucaultianos de análise de discursos à fala hegemônica sobre recursos hídricos. Utilizando-se um recorte amostral que envolve livros didáticos de Geografia, trabalhos acadêmicos geográficos e marcos legais brasileiros sobre recursos hídricos, pode-se constatar a abrangênica e efetividade desse discurso dominante. Verificou-se, igualmente, a existência de falas alternativas que propõem outros enunciados para se discursar sobre a temática da água no contemporâneo, juntamente com outras formulações para uma política da água. Por fim, sinalizam-se contribuições para uma compreensão alternativa para a crise da água, a fim de colocar em relevo atores atualmente subalternos diante da voz dominante. / The late twentieth century witnessed the rise of environmental discourse in capitalist societies. There is also, in the specific case of water, a growth in the attention on the topic along with the dissemination of a discourse that preaches the need for rational use and management of water resources front of his impending shortages, which means a radical transformation in what we understand as water culture of brazilian society. It is precisely in this context that appears the following questions: what effects are produced in the very order of discourse, through the affirmation of water as a scarce resource? Who are the subjects of rational water management? Which are the elements that compose the universe of water resources politics? These questions were developed from the application of foucauldian concepts of discourse analysis to the hegemonic over water resources. Using an analytical sample that involves geography textbooks, geographical academic papers and legal frameworks on brazilian water resources, we could confirm the coverage and effectiveness of this dominant discourse. It was also possible to confirm the existence of alternative discourses that propose other statements to speak on the issue of water in contemporary, along with other formulations for a water policy. Finally, it shows up contributions to an alternative understanding to the water crisis in order to show the importance of junior players currently on the dominant voice.
19

Previsão de vazões mensais para o sistema interligado nacional utilizando informações climáticas / Forecast of monthly flows for the national interconnected system using climate information

Alexandre, Alan Michell Barros 31 July 2012 (has links)
ALEXANDRE, A. M. B. Previsão de vazões mensais para o sistema interligado nacional utilizando informações climáticas. 2012. 291 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2012-10-02T17:21:31Z No. of bitstreams: 1 2012_tese_ambalexandre.pdf: 10188426 bytes, checksum: 6a3384cf4b6b0d8880874693be69220c (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2012-10-10T16:35:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_tese_ambalexandre.pdf: 10188426 bytes, checksum: 6a3384cf4b6b0d8880874693be69220c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-10T16:35:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_tese_ambalexandre.pdf: 10188426 bytes, checksum: 6a3384cf4b6b0d8880874693be69220c (MD5) Previous issue date: 2012-07-31 / The hegemony of hydroelectricity in Brazil’s electricity matrix calls for a careful analysis of river regimes considering the significant impact such streamflow variations may have on energy supply and consequently on the entire country’s economy. Based on this fact, streamflow forecast statistical models have been important tools to support decision-making, planning and management of water resources used in the Brazilian Hydropower Network (Sistema Interligado Nacional - SIN). In that sense, this thesis proposes methodologies of simultaneous forecast and for developing monthly streamflow scenarios in SIN Base Stations (Postos Base - PBs) using statistical models; the aim is to make better use of available data by including methods that will maintain the national hydrographic network's spatial structure. It also aims to analyze the impact of incorporating climate information for monthly streamflow forecasting. Proposed streamflow forecasting models use natural streamflow data generated by Brazil’s Electric System National Operator (ONS) and statistical techniques such as Multiple Linear Regression, Principal Component Analysis, the Stepwise method for choosing explanatory variables, in addition to models of the Periodic Auto-Regressive (PAR) and Periodic Auto-Regressive Exogenous (PARX). PAR models show the best performances, according to the index Distance Multicriteria in most months and SIN PBs when compared with PARX models. Among spatial correlation methods for PAR models, the correlation between regression noises (CRD) and principal component analysis (ACP) stand out. There is no predominant method for all months and SIN PBs. The best PARX models are those that use climate indexes as exogenous variables, among which the following stand out: AMO (Atlantic Multi-Decadal Oscillation) and TNI (Trans-Niño Index). They show better performance during the dry season of basins in the North of Brazil - Amazon and AraguaiaTocantins; in the Middle-West region in Brazil - Atlantic East and in most rivers that make up the Paraná Basin. / A hegemonia da hidroeletricidade na matriz de energia elétrica brasileira impõe cautelosa análise sobre o regime fluvial, tendo em vista o significativo impacto que possíveis variações das vazões possam produzir na oferta de energia e consequentemente em toda a economia nacional. Com base nisto, modelos estatísticos de previsão de afluências têm sido uma ferramenta importante no suporte à tomada de decisões, no planejamento e na gestão de recursos hídricos aplicados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Neste sentido, a presente tese propõe metodologias de previsão simultâneas e elaboração de cenários de vazões mensais afluentes aos Postos Base (PB’s) do SIN através de modelos estatísticos; visando ao melhor aproveitamento dos dados disponíveis a partir da inserção de métodos que mantenham a estrutura espacial da rede hidrográfica nacional. Esta visa também a analisar o impacto da incorporação de informações climáticas na previsão de vazões mensais. Os modelos propostos de previsão de afluência utilizam os dados de vazões naturais gerados pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) e técnicas estatísticas com as de Regressão Linear Múltipla, Análise de Componentes Principais, método Stepwise para escolha de variáveis explanatórias; além de modelos do tipo Periódico Autorregressivo (PAR) e periódico Autorregressivo com variáveis exógenas (PARX). Os modelos do tipo PAR apresentam os melhores desempenhos, de acordo com o índice de Distância Multicritério, na maioria dos meses e dos PB’s do SIN quando comparados aos modelos PARX. Entre os métodos de correlação espacial para os modelos PAR, destacam-se a correlação entre os ruídos da regressão (CRD) e a análise de componentes principais (ACP). Não há um predomínio entre esses métodos para todos os meses e PB’s do SIN. Os melhores modelos do tipo PARX são os que fazem uso de índices climáticos como variáveis exógenas, dentre os quais se destacam os índices AMO (Oscilação Atlântica Multidecadal) e TNI (Trans–NINO). Estes apresentam melhor desempenho no período seco das bacias do norte do Brasil – Amazonas e Araguaia-Tocantins; centro-leste brasileiro – Atlântico Leste e na maioria dos rios que formam a Bacia do Paraná.
20

Avaliação do impacto das mudanças climáticas na oferta hídrica da bacia hidrográfica do reservatório Óros usando os modelos de mudanças climáticas do IPCC-AR4, levando em consideração as diversas incertezas associadas / Evaluation of the impact of climate change on water supply watershed reservoir models using Óros climate change IPCC-AR4, taking into consideration the various uncertainties associated

Fernandes, Wescley de Sousa January 2012 (has links)
FERNANDES, W. S. Avaliação do impacto das mudanças climáticas na oferta hídrica da bacia hidrográfica do reservatório Óros usando os modelos de mudanças climáticas do IPCC-AR4, levando em consideração as diversas incertezas associadas. 2012. 128 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Cívil: Recursos Hídricos) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2012-10-18T18:17:30Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_wsfernandes.pdf: 2362523 bytes, checksum: c6a0553649a586fa8e343bb85792677b (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2012-10-18T18:18:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_wsfernandes.pdf: 2362523 bytes, checksum: c6a0553649a586fa8e343bb85792677b (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-18T18:18:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_wsfernandes.pdf: 2362523 bytes, checksum: c6a0553649a586fa8e343bb85792677b (MD5) Previous issue date: 2012 / In the present work flow projections for the basin Óros (Ceará) were obtained using the precipitation of global models of the fourth report of the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC-AR4) for the period 2010 to 2099 the A1B scenario. The flows were generated by the hydrologic model Soil Moisture Account Procedure (SMAP). To obtain these, the precipitations were statistically corrected from the observed data, considering the distributions of the type series range. The evaporation model input rainfall-runoff were two considerations, the first consideration obtained by using flow hydrologic model initialized with SMAP evaporation provided by INMET and considers that the second boot occur by evaporation estimated by the method of Penann Mothieth. For the analysis of interannual variations were observed the characteristics of trends of the series (using the classical method of Mann-Kendall-Sen), the changing patterns of variation (analysis of the mean and coefficient of variation of the series) and the analysis of extremes (compared cumulative distribution curves of the twentieth century and XXI). For seasonal analysis considered the climate anomaly in the middle of the XXI century models over the twentieth century. For analysis it was observed that interannual hydrologic model initialization SMAP with evaporation estimated by the modified Penann Motheith can arise as an implementation for the hypothesis test of Mann Kendall Sen. The calculation of the coefficient of variation showed that despite the short confrontation over the occurrence of variability, in the case of streamflow series obtained by SMAP initialized with estimated evaporation, the rounds of the models MIROC3_2_MEDRES reported increases in variability for the XXI century in relation to the twentieth century. When booting into SMAP occurs through evaporation provided by INMET is a great diversification in the values of variability. Although the interannual analysis, the curve of cumulative distribution function (CDF) showed that eight of the analyzed models (models initialized with evaporation estimated by the method of Penann Motheith-modified) 3 have a higher frequency of dry events, have a third event frequency wet and two models showing no meaningful analyzes approaching the curve generated by the series of observed flows. As for seasonal analysis of the flow is observed that when using the method of Penann Motheith modified to evaporation (initialization SMAP) values of flow rates become smaller than the values obtained by series generated by the hydrologic model initialized with evaporation provided by INMET , relating the new century, the twentieth century. / No presente trabalho as projeções de vazões para a bacia do Óros (Ceará) foram obtidas usando as precipitações dos modelos globais do quarto relatório do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC-AR4) para o período de 2010 a 2099 do cenário A1B. As vazões foram geradas pelo modelo hidrológico Soil Moisture Account Procedure (SMAP). Para a obtenção destas, as precipitações foram corrigidas estatisticamente a partir dos dados observados, considerando as séries distribuições do tipo gama. Quanto à evaporação de entrada do modelo chuva-vazão foram feitas duas considerações, a primeira consideração utiliza vazões obtidas pelo modelo hidrológico SMAP inicializado com evaporação fornecidas pelo INMET e a segunda considera que a inicialização foi feita por evaporações estimadas pelo método de Penann Mothieth. Para a análise das variações interanuais foram observadas as características de tendências das séries (usando método clássico de Mann-Kendall-Sen) nos padrões de variação (análise da média e do coeficiente de variação da série) e a análise de extremos (comparação das curvas de distribuição acumulada do século XX e XXI). Para análise sazonal considerou-se a anomalia na climatologia média dos modelos do século XXI em relação ao século XX. Para a análise interanual foi observado que a inicialização do modelo hidrológico SMAP com evaporações estimadas pelo método de Penann Motheith modificado pode surgir como implementação para o teste de hipótese de Mann Kendall Sen. O calculo do coeficiente de variação demonstrou que apesar da pouca divergência quanto a ocorrência de variabilidade, tratando-se de séries de vazões obtidas pelo SMAP inicializado com evaporações estimadas, as rodadas dos modelos MIROC3_2_MEDRES relatou aumentos de variabilidade para o século XXI em relação ao século XX. Quando a inicialização no SMAP ocorre por meio de evaporações fornecidas pelo INMET ocorre uma grande diversificação nos valores de variabilidade. Ainda na análise interanual, a curva de função de distribuição acumulada (CDF) demonstrou que dos 8 modelos analisados (modelos inicializados com evaporações estimadas pelo método de Penann-Motheith modificado) 3 apresentam maior freqüência de eventos secos, 3 apresentam uma freqüência de eventos mais úmidos e 2 modelos não apresentando análises significativas aproximando-se da curva gerada pela série de vazão observada. Quanto à análise sazonal das vazões é observado que quando se utiliza o método de Penann Motheith modificado para evaporação (na inicialização do SMAP) os valores de vazões tornam-se menores do que os valores obtidos por séries geradas pelo modelo hidrológico inicializado com evaporações fornecidas pelo INMET, relacionando o século XXI com o século XX.

Page generated in 0.0695 seconds