• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3
  • Tagged with
  • 5
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Dimensionamento Otimizado de Pilares de Concreto Armado de Acordo Com a NBR 6118:2014

SOUZA, P. M. S. 15 December 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:58:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_11662_Dissertação.pdf: 4592435 bytes, checksum: 8bb187a2ea729685dde6dd647eb1612f (MD5) Previous issue date: 2017-12-15 / Esta dissertação trata do dimensionamento otimizado de pilares de concreto armado. Apresenta as formulações adotadas para o dimensionamento de seções retangulares, circulares, hexagonais e em U moderadamente esbeltas. Aborda, também, seções retangulares esbeltas em apenas uma das direções. Os cálculos são baseados na norma que define o procedimento para o projeto de estruturas de concreto, NBR 6118:2014. Assim, compreende concretos de resistência característica à compressão entre 20 e 90 MPa. O programa computacional desenvolvido foi implementado na plataforma Matlab, e utiliza o Método dos Pontos Interiores como algoritmo de otimização. Reúne exemplos que atestam a validade do programa computacional desenvolvido, bem como verificam as influências de determinadas características no dimensionamento. O estudo indica que o maior número de parâmetros liberados para a otimização permite uma redução considerável do custo total dos pilares. Palavras Chave: Dimensionamento. Pilares. Otimização. Concreto de alta resistência. Esbeltez.
2

IDENTIFICAÇÃO DE MECANISMOS RELACIONADOS À RESISTÊNCIA À FUSARIOSE DO ABACAXIZEIRO

ZORZAL, P. B. 12 February 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-02T00:16:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_4390_Elementos textuais.pdf: 18815216 bytes, checksum: 36f78badad4289964414817886492f6b (MD5) Previous issue date: 2009-02-12 / RESUMO A fusariose do abacaxizeiro, causada pelo fungo Fusarium subglutinans f. sp. ananas (Sin.: F. guttiforme), é a doença de maior importância para a cultura do abacaxizeiro. O uso de cultivares resistentes tem sido descrito como o método mais eficiente para o controle da doença. A cultivar de abacaxi Vitória (cv. Vitória), selecionada pelo INCAPER, apresenta resistência à fusariose e características agronômicas semelhantes ou superiores àquelas apresentadas pelos cultivares Pérola e Smooth Cayenne tradicionalmente plantadas. Neste trabalho, objetivou-se determinar os fatores relacionados com a resistência à fusariose no abacaxizeiro cv. Vitória. Os mecanismos de defesa desta cultivar foram avaliados através de análises histológicas, bioquímicas e microbiológicas utilizando-se dois cultivares suscetíveis à fusariose (Pérola e Smooth Cayenne) como controle. Observou-se, após 48 horas de inoculação da cv. Vitória, que os tecidos apresentaram respostas mais rápidas e eficazes de espessamento de parede e produção de camada de células suberificadas comparado com as cv. Pérola e Smooth Cayenne. A análise histoquímica revelou um padrão de distribuição tecidual dos compostos analisados semelhante entre as três cultivares avaliadas em diferentes tratamentos (constitutivamente, imediatamente após a inoculação com fungo e 48 h após a inoculação). Por outro lado, as cultivares apresentaram diferenças na intensidade de coloração indicativa da presença de compostos fenólicos totais e ligados, sendo que a cv. Vitória apresentou-se mais fortemente corada. Este dado foi confirmado através da dosagem de fenóis ligados à parede celular, em que a cv. Vitória apresentou valores mais elevados (1,63 μg de fenol/mg de folha) quando comparados com a cv. Smooth Cayenne (1,26 μg de fenol/mg de folha) e cv. Pérola (0,26 μg de fenol/mg de folha). Ao contrário disto, o teor de fenóis livres foi mais elevado para a cv. Smooth Cayenne. A dosagem do conteúdo de proteínas totais revelou uma maior concentração de proteínas nas folhas da cv. Vitória comparada com as outras duas cultivares. O extrato destas proteínas foi avaliado quanto a sua atividade antifúngica, revelando uma maior capacidade inibitória contra F. subglutinans f. sp. ananas quando o extrato da cv. Vitória foi utilizado. A cv. Vitória apresentou também mecanismos de espessamento de parede das células mais eficientes após injúria mecânica, comparado com as cultivares controle submetidas aos mesmos tratamentos. Os resultados apresentados sugerem que o cv. Vitória apresenta um mecanismo de resistência baseado no espessamento e lignificação da parede celular envolvendo a atuação de proteínas e compostos fenólicos.
3

Resistência ao desgate de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada / Resin cements wear resistance evaluation under brushing abrasion preceded by pH cycling simulations

Anuradha Prakki 23 May 2003 (has links)
A importância da avaliação da resistência ao desgaste de cimentos resinosos se justifica, uma vez que estes podem ser expostos ao meio bucal em função do grau de desadaptação das restaurações estéticas indiretas, tornando-os susceptíveis às degradações físicas, químicas e mecânicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao desgaste, por meio da escovação simulada, de três cimentos resinosos, Enforce (Dentsply), Rely X (3M) e Variolink II (Vivadent) quando comparados a dois materiais de restauração indireta, Artglass (Heraeus Kulzer) e Duceram Plus (Ducera), através da alteração de massa e rugosidade superficial. Foram confeccionados 100 corpos de prova, 20 para cada material testado, onde metade foi submetida aos ciclos dinâmicos de pH previamente à escovação simulada. Os espécimes foram submetidos a 100.000 ciclos de escovação, utilizando-se escovas dentais macias (Oral B) e pasta dental (Colgate) diluída em água deionizada. A alteração de massa foi verificada pela diferença entre massa inicial (antes da escovação) e final (após escovação) em balança analítica. A alteração da rugosidade superficial (Ra) foi determinada pela diferença entre a média de cinco leituras iniciais (antes da escovação) e cinco leituras finais (após escovação) com rugosímetro Hommel Tester T 1000. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). A porcelana Duceram Plus não foi influenciada pela ciclagem de pH e, apresentou o melhor comportamento frente ao teste de escovação simulada. Entre os materiais resinosos, o Artglass e o Variolink II apresentaram os melhorescomportamentos para alteração de massa e rugosidade superficial, seguidos do Rely X e Enforce. A ciclagem de pH não influenciou estatisticamente no desgaste dos materiais avaliados. / Indirect aesthetic restorations have been found to have a wide variation on its adaptation, subjecting consequently, the luting material to the oral environment degradation provided by physical, mechanical or chemical processes. Thus, theirwear resistances still worry researchers. In this context, the objective of this work was to evaluate the wear resistance of three resin luting cements, Enforce (Dentsply),Rely X (3M) and Variolink II (Vivadent) when compared to the following indirect restorative materials, Artglass (Heraeus Kulzer) and Duceram Plus (Ducera). All the material was subjected to dynamic pH cycles and to brushing simulation and the wear was detected by their weight and surface roughness changes. A hundred specimens were obtained, twenty for each material, half of them (ten for each material) was submitted to dynamic pH cycles before the brushing strokes. For the abrasion test, the specimens were subjected to 100.000 cycles of brushing with soft bristles tips (Oral B) containing dentifrice solution (Colgate) and deionized water. The weight loss was detected by the difference between the initial (before brushing strokes) and final measurements (after brushing strokes). The evaluation of surface roughness was obtained by the difference between initial and final means after five roughness readings in a Hommel Tester T 1000 testing machine. The results (ANOVA and Tukey) showed significant differences of weight loss and surface roughness among the tested materials.Duceram Plus was not influenced by pH cycling and presented the best performance after tooth brushing test. Among composite materials, Artglass and Variolink II presented better results for weight and roughness alterations followed by Rely X and Enforce. PH cycling did not influence statistically on tested materials wear resistance.
4

Resistência ao desgate de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada / Resin cements wear resistance evaluation under brushing abrasion preceded by pH cycling simulations

Prakki, Anuradha 23 May 2003 (has links)
A importância da avaliação da resistência ao desgaste de cimentos resinosos se justifica, uma vez que estes podem ser expostos ao meio bucal em função do grau de desadaptação das restaurações estéticas indiretas, tornando-os susceptíveis às degradações físicas, químicas e mecânicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao desgaste, por meio da escovação simulada, de três cimentos resinosos, Enforce (Dentsply), Rely X (3M) e Variolink II (Vivadent) quando comparados a dois materiais de restauração indireta, Artglass (Heraeus Kulzer) e Duceram Plus (Ducera), através da alteração de massa e rugosidade superficial. Foram confeccionados 100 corpos de prova, 20 para cada material testado, onde metade foi submetida aos ciclos dinâmicos de pH previamente à escovação simulada. Os espécimes foram submetidos a 100.000 ciclos de escovação, utilizando-se escovas dentais macias (Oral B) e pasta dental (Colgate) diluída em água deionizada. A alteração de massa foi verificada pela diferença entre massa inicial (antes da escovação) e final (após escovação) em balança analítica. A alteração da rugosidade superficial (Ra) foi determinada pela diferença entre a média de cinco leituras iniciais (antes da escovação) e cinco leituras finais (após escovação) com rugosímetro Hommel Tester T 1000. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). A porcelana Duceram Plus não foi influenciada pela ciclagem de pH e, apresentou o melhor comportamento frente ao teste de escovação simulada. Entre os materiais resinosos, o Artglass e o Variolink II apresentaram os melhorescomportamentos para alteração de massa e rugosidade superficial, seguidos do Rely X e Enforce. A ciclagem de pH não influenciou estatisticamente no desgaste dos materiais avaliados. / Indirect aesthetic restorations have been found to have a wide variation on its adaptation, subjecting consequently, the luting material to the oral environment degradation provided by physical, mechanical or chemical processes. Thus, theirwear resistances still worry researchers. In this context, the objective of this work was to evaluate the wear resistance of three resin luting cements, Enforce (Dentsply),Rely X (3M) and Variolink II (Vivadent) when compared to the following indirect restorative materials, Artglass (Heraeus Kulzer) and Duceram Plus (Ducera). All the material was subjected to dynamic pH cycles and to brushing simulation and the wear was detected by their weight and surface roughness changes. A hundred specimens were obtained, twenty for each material, half of them (ten for each material) was submitted to dynamic pH cycles before the brushing strokes. For the abrasion test, the specimens were subjected to 100.000 cycles of brushing with soft bristles tips (Oral B) containing dentifrice solution (Colgate) and deionized water. The weight loss was detected by the difference between the initial (before brushing strokes) and final measurements (after brushing strokes). The evaluation of surface roughness was obtained by the difference between initial and final means after five roughness readings in a Hommel Tester T 1000 testing machine. The results (ANOVA and Tukey) showed significant differences of weight loss and surface roughness among the tested materials.Duceram Plus was not influenced by pH cycling and presented the best performance after tooth brushing test. Among composite materials, Artglass and Variolink II presented better results for weight and roughness alterations followed by Rely X and Enforce. PH cycling did not influence statistically on tested materials wear resistance.
5

Classificação de raças fisiológicas de Uromyces appendículatus e piramidação de genes de resistência ao patógeno em feijão do tipo carioca / Classification of Uromyces appendiculatus physiological races and pyramiding of resistance genes to this pathogen in “carioca-type” common bean

Souza, Thiago Lívio Pessoa Oliveira de 01 August 2005 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2017-06-05T16:47:15Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1609840 bytes, checksum: a3f17f229d5897844df900b98a6be2c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-05T16:47:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1609840 bytes, checksum: a3f17f229d5897844df900b98a6be2c6 (MD5) Previous issue date: 2005-08-01 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Visando contribuir com a padronização internacional da classificação de raças fisiológicas do fungo Uromyces appendiculatus, agente causal da ferrugem do feijoeiro comum, no presente trabalho foi realizada a caracterização de isolados do patógeno usando a nova série diferenciadora e o sistema binário de nomenclatura propostos no “3rd The Bean Rust Workshop”. Esses isolados, oriundos do estado de Minas Gerais, são utilizados nas avaliações dos genótipos resistentes a ferrugem desenvolvidos pelo programa de melhoramento do feijoeiro conduzido no BIOAGRO/UF V. O procedimento utilizado classificou 12 isolados em sete raças fisiológicas distintas: 21-3, 29-3, 53-3, 53-19, 61-3, 63-3 e 63-19. Espera-se que a adoção desse procedimento possa facilitar o intercâmbio de informações e o uso cooperativo dos resultados obtidos pelos diferentes grupos de pesquisa que, no mundo, estudam 0 U. appendiculatus. Com esta classificação, foram também identificadas fontes com amplo espectro de resistência: Mexico 309, Mexico 235 e PI 181996, as quais se mostraram incompatíveis com todos os isolados caracterizados. Em face à grande variabilidade apresentada por U. appendiculatus, e visando o controle genético eficiente e duradouro desse patógeno, outra meta do presente trabalho foi piramidar os genes de resistência Ur-5 (Mexico 309), Ur-I] (Belmidak RR-3, derivado de PI 181996) e Ur-ON (Ouro Negro) no background genético “carioca” do feijoeiro, utilizando o cultivar Rudá como genitor recorrente. Grãos do tipo carioca possuem maior aceitação pelo consumidor brasileiro. Para viabilizar a piramidação, a estratégia adotada foi o uso de marcadores moleculares, para estudos de fingerprinting e na seleção indireta dos genes. / Aiming to contribute to the international standardization of the classification of physiological races of the fungus Uromyces appendiculatus, the causal agent of common bean rust, this work characterized isolates of the pathogen using the new differential series and the binary nomenclature system recommended in the 3rd Bean Rust Workshop. These isolates were collected in the state of Minas Gerais, Brazil, and are used for the evaluation of bean rust resistant genotypes developed in the BIOAGRO/UF V breeding program. Twelve isolates were classified into seven physiological races: 21-3, 29-3, 53-3, 53-19, 61-3, 63-3 and 63-19. It is expected that the adoption of this classification procedure will facilitate the exchange of information among different research groups interested in common bean rust and its causal agent U. appendiculatus. The classification procedure also allowed the identification of resistance sources with ample resistance spectra: ‘Mexico 309’, ‘Mexico 235’ and ‘PI 181996’. These sources were incompatible with all the isolates analyzed. Considering the high variability of U. appendiculatus, and aiming the durable and efficient genetic control of this pathogen, in this work the following rust resistance genes were associated (pyramided) in the “carioca-type” genetic background Ruda: Ur- 5 (Mexico 309), Ur-I] (Belmidak RR-3, derived from PI 181996) and Ur-ON (Ouro Negro). Cultivars with “carioca-type” grains are preferred by the Brazilian consumer. Molecular markers were used for fingerprinting analyses and indirect selection during the pyramiding process in association with conventional breeding techniques, such as backcrossing and segregating generation advancement with genealogical control. SCAR markers 8119460 and SAE19890, and RAPD marker OPX11630, linked to Ur-5, Ur-I] and Ur-ON, respectively, were used to monitor the resistance alleles along the pyramiding process. The phenotypic selection of these three alleles was not possible because they present the same resistance spectra in relation to the isolates available in the BIOAGRO/UFV breeding program. F 3 seeds with pyramided Ur-5, Ur-I] and Ur-ON rust resistance alleles were obtained from F 2 plants harboring the three molecular markers, and also the “carioca-type” genetic background. Aiming to reach homozygosity for all three resistance loci, the F 3 population and subsequent generations will be conducted by a molecular-marker assisted genealogical breeding process. In addition to the activities already mentioned, the “carioca- type” cultivar BRSMG Talismã, which was recently recommended for commercial use in the Minas Gerais and Parana States, was evaluated as to its reaction to U. appendículatus isolates maintained in the fungal collection of BIOAGRO/UFV. It was also characterized with molecular markers 8119460, SAE19890 and OPXll630. The results demonstrate that ‘BRSMG Talismã” is susceptible to five of the 12 U. appendiculatus isolates tested. The three molecular markers analyzed were polymorphic between “BRSMG Talismã” and the resistance sources harboring the alleles Ur-5, Ur-I] and Ur-ON. That indicates the absence of these resistance alleles in cultivar BRSMG Talismã and that these markers can be used to monitor the possible simultaneous introgression of the resistance alleles in this cultivar.

Page generated in 0.0673 seconds