Return to search

A constituição da saúde bucal coletiva no Brasil.

Submitted by Maria Creuza Silva (mariakreuza@yahoo.com.br) on 2015-04-20T11:33:23Z
No. of bitstreams: 1
Tese Catharina Matos. 2014.pdf: 3159496 bytes, checksum: a5d1a7986a06f6931de1d62542b8a492 (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Creuza Silva (mariakreuza@yahoo.com.br) on 2015-04-20T13:26:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1
Tese Catharina Matos. 2014.pdf: 3159496 bytes, checksum: a5d1a7986a06f6931de1d62542b8a492 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-20T13:26:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Tese Catharina Matos. 2014.pdf: 3159496 bytes, checksum: a5d1a7986a06f6931de1d62542b8a492 (MD5) / Com o objetivo de analisar a constituição da Saúde Bucal Coletiva no Brasil - SBC foi realizado um estudo sócio-histórico no período compreendido entre a segunda metade do século XX e a atualidade. Para tanto, foi adotado o referencial teórico da sociologia reflexiva de Pierre Bourdieu, especialmente a teoria dos campos. A análise do espaço SBC foi feita por meio do estudo das trajetórias dos agentes envolvidos na emergência da SBC no Brasil, bem como examinando as relações entre esses agentes e o espaço da Saúde Coletiva, o movimento da Reforma Sanitária Brasileira e a Saúde Bucal no SUS. Além disso, foram analisadas as condições de possibilidade histórica que permitiram a gênese desse espaço social. Verificou-se que o espaço SBC constituiu-se em um espaço de luta, produto de movimento político pela politização e democratização do campo odontológico e suas práticas correlatas, além de crítico, pela negação das práticas de odontologia simplificada e da odontologia integral em curso nos serviços públicos no Brasil, nas décadas de 80 e 90. Observou-se também que a constituição desse espaço foi produto da articulação dos seus agentes com outros agentes da Saúde Coletiva, assim como da inserção desses agentes no movimento de Reforma Sanitária Brasileira, possibilitando a emergência de uma rede de relações na luta pela democracia no Brasil e pelo Sistema Único de Saúde.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:192.168.11:11:ri/17439
Date28 March 2014
CreatorsSoares, Catharina Leite Matos
ContributorsPaim, Jairnilson Silva, Silva, Ligia Maria Vieira da, Chaves, Sônia Cristina Lima, Garrafa, Volnei, Botazzo, Carlos
PublisherInstituto de Saúde Coletiva-ISC, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, ISC-UFBA, brasil
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFBA, instname:Universidade Federal da Bahia, instacron:UFBA
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0016 seconds