Return to search

Avaliação da cicatrização de feridas cutâneas tratadas com hidrogel de policaju e quitosana associado a laser terapêutico

Submitted by Leonardo Freitas (leonardo.hfreitas@ufpe.br) on 2015-04-10T17:54:33Z
No. of bitstreams: 2
Dissertação Adelmo Cavalcanti Aragão Neto.pdf: 5220139 bytes, checksum: e7ef7287d8dbc03771d9eaf0fc51fc8c (MD5)
license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-10T17:54:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2
Dissertação Adelmo Cavalcanti Aragão Neto.pdf: 5220139 bytes, checksum: e7ef7287d8dbc03771d9eaf0fc51fc8c (MD5)
license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5)
Previous issue date: 2013-12-18 / CNPq / O desenvolvimento de protocolos para o tratamento de ferimentos cutâneos é uma área em
constante evolução, onde se fazem necessárias várias estratégias visando uma eficiente
cicatrização. Dentre os tipos de tratamentos que podem ser empregados para este fim,
destacam-se os hidrogéis a base de polissacarídeos, pela sua biocompatibilidade e capacidade
de manutenção da umidade da região lesionada, e a laserterapia de baixa intensidade (“Low
level laser therapy” - LLLT), em função do potencial de certos comprimentos de onda em
estimular tecidos vivos, aumentando o metabolismo local, produção de ATP, assim como de
estimular a ação de fibroblastos. Desta forma, o objetivo do presente trabalho foi a avaliação
do processo de cicatrização de feridas cutâneas induzidas em ratos Wistar, tratadas com um
hidrogel a base dos polissacarídeos, policaju, extraído da goma do cajueiro (Anacardium
occidentale L) e quitosana, sendo o mesmo denominado POLI-CHI, associado ou não a LLLT
no espetro do vermelho (660 nm). Foram utilizados 45 animais, machos, com idade entre 90 e
120 dias, os quais foram submetidos a procedimento cirúrgico para a confecção de ferida
circular (Ø = 0,8 cm) na região dorsal torácica. Os mesmos foram divididos em 3 grupos de
acordo com o tratamento empregado: Controle (C), tratado com NaCl 0,1M; Tratado com
Hidrogel (H); e tratados com Hidrogel associado a LLLT (HL). As avaliações macroscópicas,
evolução do processo de reparo do ponto de vista clínico e mensuração da área da ferida,
acompanhada por paquímetro digital, foram realizadas durante todo o período experimental e
as microscópicas, através de escores histológicos. A análise estatística foi realizada através do
método de analise de variância (ANOVA) e do teste de Bonferroni para comparações
múltiplas (p < 0,05). Com relação a avaliação clínica, os grupos H e HL apresentaram
cicatrizes mais estéticas, com coloração mais próxima do tecido maduro e uma maior
regressão da área da ferida, com significância estatística aos 7 e 14 dias, ambos em relação ao
Controle. Com relação a avaliação microscópica, foram identificados os seguintes achados:
presença de crosta fibrino-leucocitária mais intensa no grupo HL; maior presença de colágeno
nos grupos H e HL; menor presença de necrose focal aos 7 e 14 dias no grupo H; menor
presença de exudato neutrofílico nos grupos H e HL; menor presença de edema nos grupos H
e HL; regressão da neoformação vascular aos 7 dias no grupo H e modulação da mesma no
grupo HL. Os resultados obtidos demonstram que a utilização do hidrogel POLI-CHI
contribuiu para uma cicatrização mais eficiente dos ferimentos induzidos e modulação do
processo inflamatório, além disso, o uso combinado com a LLLT atuou de forma sinérgica
neste processo

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/12955
Date18 December 2013
CreatorsARAGÃO NETO, Adelmo Cavalcanti
ContributorsCUNHA, Maria das Graças Carneiro da
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguageBreton
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
RightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil, http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/, info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0028 seconds