Return to search

RiPLE-TE: a software product lines testing process

Made available in DSpace on 2014-06-12T15:56:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2
arquivo2740_1.pdf: 2644880 bytes, checksum: fe1eea41159301d1e53e77c4a7ffac36 (MD5)
license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5)
Previous issue date: 2010 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Linhas de Produtos de Software (SPL) pode ser considerada uma estratégia eficiente para o
reuso de software. SPL oferece significativos benefícios econômicos para as empresas, tais
como redução de custos, melhoria da qualidade e, redução do tempo de entrega de produtos.
SPL baseia-se no reuso sistemático de artefatos, através da exploração de commonalities (pontos
em comum), e o gerenciamento de variabilities (pontos de variação), entre os produtos,
desenvolvidos sob uma arquitetura comum.
Em SPL, atenção especial deve ser dada à qualidade dos artefatos produzidos. Em termos
de garantia de qualidade, enquanto que no desenvolvimento tradicional, um programa é dito
válido se pudermos garantir que ele irá funcionar corretamente, no contexto de SPL, para este
mesmo cenário ser garantido, é necessário ter confiança de que qualquer instância de produto irá
funcionar corretamente. Reforça-se, então, a atenção necessária mencionada anteriormente. Da
mesma forma, é maior também o esforço necessário para tratar aspectos de garantia de qualidade
em projetos de SPL. No entanto, a entrega de softwares com qualidade é fundamental e, talvez,
a principal prática a se adotar, para que seja possível experimentar os benefícios mencionados.
Neste contexto, a entrega de produtos com qualidade deve contar com o apoio de processos
bem definidos, para o estabelecimento e coordenação das atividades relacionadas. Assim, testes,
como ainda a técnica de garantia de qualidade mais conhecida e aplicada, exige uma atenção
especial, devido a sua característica conhecida de ser uma atividade deveras custosa. Testes em
SPL é complexo e oneroso, podendo tornar-se um gargalo em projetos de SPL.
Assim, esta dissertação descreve um processo para apoiar as atividades de testes em projetos
de SPL. Estabelecemos este processo com o objetivo de fornecer às organizações uma estratégia
de redução de esforço na condução de atividades de teste em projetos de SPL. O processo é
parte do projeto RiPLE, um esforço para a construção de um framework para SPL, que engloba
o conjunto das disciplinas que compõem o ciclo de vida de desenvolvimento. Nossa pesquisa
fundamenta-se em um systematic mapping study, realizado com o objetivo de fornecer a base
teórica sobre o tema de investigação, bem como identificar tópicos de pesquisa a explorar.
Esta dissertação apresenta ainda uma avaliação inicial da proposta, conduzida através da
realização de estudos experimentais, objetivando coletar e reunir evidências sobre a eficácia
da proposta, bem como compreender, na prática, como a atividade de testes em SPL pode ser
melhorada, no sentido de alcançar os benefícios e metas da SPL

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/2276
Date31 January 2010
CreatorsMACHADO, Ivan do Carmo
ContributorsMEIRA, Silvio Romero de Lemos
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.002 seconds