Return to search

A intergeracionalidade na violência por parceiros íntimos

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-12-22T03:02:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1
336623.pdf: 1166955 bytes, checksum: 146202796fbd4fac1b407e4201f8bbe0 (MD5)
Previous issue date: 2015 / A violência por parceiro íntimo é um problema global de saúde, que vitimiza ambos os sexos e não exclui nível social, econômico, religioso ou cultural específico. Entre os principais desafios para os estudiosos que buscam compreender e prevenir a violência está a identificação de fatores relacionados à intergeracionalidade. Esta é entendida como o repasse, através do conteúdo geracional, de determinados fenômenos que são transmitidos de uma geração a outra e fazem com que modelos de relacionamentos violentos se perpetuem. Esta dissertação foi realizada com objetivo de identificar a natureza da violência praticada e os métodos utilizados para analisar a intergeracionalidade na violência por parceiro íntimo, por meio de revisão sistemática de artigos científicos publicados até maio de 2014 nas bases de dados LILACS, PsyNET, PubMed e SciELO, sendo selecionados os artigos publicados sobre a temática, em todos os idiomas. Foram analisadas as características bibliométricas dos artigos, a amostra, aspectos metodológicos e a natureza dos atos de violência perpetrados por parceiros íntimos. Dos artigos selecionados, 18 foram objeto de análise, os quais abordavam a intergeracionalidade na violência por parceiros íntimos. Assim, ao estudar a intergeracionalidade na violência por parceiros íntimos, foram identificados os atos no processo de perpetuação da violência e ficou claro que a repetição de situações vivenciadas em gerações passadas transfere o padrão de comportamento violento. Os principais tipos de estudos foram longitudinais e transversais e a entrevista foi a técnica mais utilizada. Todos os artigos evidenciaram aspectos que revelam a intergeracionalidade da violência perpetrada por parceiro íntimo e os resultados foram expressivos ao identificar que a exposição à violência na infância é um fator chave para influenciar na violência por parceiro íntimo na vida adulta. Comoresultado, este trabalho se revela importante, pois foi possível evidenciar o histórico da intergeracionalidade da violência, a natureza da violência transmitida com mais frequência e, acima de tudo, pode-se identificar que, em sua maioria, a violência entre parceiros íntimos é cometida pelo homem.<br> / Abstract : Violence by an intimate partner is a global health problem that victimizes both sexes and does not exclude social, economic, religious or cultural specific. Among the main challenges to researcheswho seek to understand and prevent violence is to identify factors related to intergenerational. This is understood as the transfer through the generation content of certain phenomena that are transmitted from one generation to the next and cause violent relationship models are perpetuated.This dissertation was performed in order to identify the types of violence committed and the methods used to analyze the intergenerational violence by intimate partner, through a systematic review of articles published until May 2014, on the basis data LILACS, PsyNet, PubMed and SciELO, being selected the articles published about this subject, in all languages. The bibliometric characteristics of articles, the sample, methodological aspects and types of violence perpetrated by intimate partners were analyzed.Of the selected articles, 18 were reviewed, which addressed the intergenerational violence by intimate partners.Thus, by studying the intergenerational in the violence by intimate partners were identified acts in the process of perpetuation of violence thatshows that the repetition of situations experienced in past generations transfers the pattern of violent behavior. The main types of studies were longitudinal and transverse and the interview was the most used technique. All articles provided insights that reveal the intergenerational in violence perpetrated by intimate partners and the results were significant to identify that exposure to violence of children is a key factor to influence the intimate partner violence in adulthood. As a result, this study is important because it was possible to show the history of intergenerational violence, types of violence more often transmitted, and identify that in most cases, violence between intimate partners is committed by man.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/157279
Date January 2015
CreatorsSouza, Maria Clarice de
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Coelho, Elza Berger Salema, Silva, Anne Caroline Luz Grüdtner da
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format98 p.| il., grafs.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0027 seconds