Return to search

Gestão do cuidado à pessoa com estomia sob a perspectiva da rede de atenção à saúde centrada no profissional enfemeiro

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-10-19T12:57:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1
339566.pdf: 1458326 bytes, checksum: dde34a012a1e0c5ad7fde35658b31965 (MD5)
Previous issue date: 2015 / Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória, de abordagem qualitativa, tendo como eixo metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados (TFD) ou Grounded Theory. A pesquisa teve por objetivo compreender a Gestão do Cuidado (GC) à pessoa com estomia sob a perspectiva da Rede de Atenção à Saúde (RAS) do município de Florianópolis, centrada no profissional enfermeiro. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semi-estruturada. Foram compostos três Grupos Amostrais (GA) para a coleta de dados sendo os participantes do primeiro GA dez enfermeiros da Estratégia Saúde da Família (ESF) e dois enfermeiros das policlínicas municipais; do segundo GA a equipe especializada no cuidado à pessoa com estomia do Centro Catarinense de Reabilitação (CCR) sendo um médico, uma enfermeira e uma nutricionista; e do terceiro (GA) uma fisioterapeuta gestora da RAS estadual, uma enfermeira responsável técnica da secretaria municipal de saúde e uma enfermeira especialista em estomaterapia. O modelo teórico explicativo abrangeu o fenômeno Emergindo a gestão do cuidado à pessoa com estomia sob a perspectiva da rede de atenção à saúde centrada no profissional enfermeiro o qual foi composto pelas categorias: Desvelando a Gestão do Cuidado à pessoa com estomia; Conhecendo à pessoa com estomia durante o período da graduação e por meio da prática profissional; Realizando o cuidado à pessoa com estomia como parte integrante do processo de trabalho na Atenção Primária e Secundária em Saúde; Realizando o cuidado à pessoa com estomia por meio da RAS; Caracterizando o papel dos pontos de atenção em saúde no cuidado à pessoa com estomia. Concluiu-se que o cuidado à pessoa com estomia possui particularidades e deve ser estimulado e desenvolvido em todos os níveis de atenção da RAS, cada qual com sua densidade tecnológica e suas funções definidas, no intuito de potencializar a autonomia, o autocuidado e a reinserção social desta pessoa, minimizando o impacto que a estomia provoca em termos negativos e privativos. A GC à pessoa com estomia deve ser realizada por enfermeiros que compõem as equipes da Saúde da Família com capacitação para o cuidado que lhe compete, bem como pelas equipes especializadas na atenção secundária municipal e estadual, estas atuando como apoiadoras e sendo resolutivas nos casos de maior complexidade. Entendeu-se que não se faz necessária a criação de uma RAS específica para a pessoa com estomia, mas sim ter a disposição uma gama de serviços, tanto gerais quanto específicos à pessoa com estomia, na RAS como um todo, fortalecendo a mesma enquanto reformulação do sistema de saúde e integração dos serviços. O modelo teórico proposto considerou que uma RAS fortalecida em termos de diversidade de ações e serviços proporcionará uma melhor GC à pessoa com estomia centrada na atuação do profissional enfermeiro.<br> / Abstract : It is a descriptive exploratory research, with a qualitative approach, based in Grounded Theory method. The research aimed to understand the Care Management (CM) to the person with ostomy from the perspective of Health Care Network (HCN), focused on professional nursing, of the municipality of Florianópolis, Brazil. The data were collected through semi-structured interview. It was composed three Sample Groups (SG) for data collection. The participants of the first SG were ten nurses of the Family Health Strategy (FHS) and two nurses from the local polyclinics. The second SG were composed by the Centre for Rehabilitation specialized team (a doctor, a nurse and a dietitian). The third SG included a physiotherapist and two nurses that deals with the stomatherapy management in the public health. The theoretical model covered the phenomenon "Emerging the care management the person with ostomy from the perspective of the health care network focused on professional nursing" which was composed by the following categories: Unveiling the care management to the person with ostomy; Knowing the person with ostomy during the graduation period and through professional practice; Performing the care to the person with Ostomy as an integral part of the work process on primary and secondary health care services; Performing the person with Ostomy care through the HCN; Characterizing the role of health care services to the person with ostomy. It was concluded that the caring of the person with ostomy has particularities and should be nurtured and developed in all levels of the HCN, each with its density and their roles defined, in order to increase the autonomy, self-care and social reintegration of this person, minimizing the impact to the ostomy causes. The CM to the person with ostomy should be carried out by primary health teams with training, as well as by specialized teams on secondary municipal and State level, those acting as supporters in cases of greater complexity. It is not necessary to create a specific HCN for the person with ostomy, but the network must have a multiplicity range of services, both general and specifics for the person with ostomy, strengthening the health system and promoting the integration of services. The theoretical model proposed addressed that a strengthened HCN in terms of diversity of actions and services will provide an improved CM to the person with ostomy.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/169463
Date January 2015
CreatorsTramontina, Priscilla Cibele
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format227 p.| il., tabs.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0021 seconds