Return to search

Proposta de metodologia de avaliação da implementação de práticas enxutas em serviços de saúde

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2017 / Made available in DSpace on 2017-09-26T04:20:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1
348004.pdf: 955456 bytes, checksum: eda8cad184a69de136c68b4485c3b36c (MD5)
Previous issue date: 2017 / Dadas as pressões por melhoria de qualidade e redução de custos, os serviços de saúde têm buscado técnicas provenientes de Sistemas de Produção Enxuta (SPE) para solucionar seus problemas e gerenciar seus processos. Tal adaptação e consequente aplicação dos princípios e práticas enxutas recebe a denominação de Lean Healthcare (LH - serviços de saúde enxutos). Apesar da vasta literatura sobre a implementação de práticas enxutas em serviços de saúde, ainda existe escassez de evidências quanto a estudos contendo métodos de avaliação da implementação. Nesse contexto de implementação do LH, o presente trabalho tem por objetivo propor uma metodologia de avaliação da implementação das práticas enxutas no contexto de serviços de saúde. Esta metodologia agrega conceitos de análise de maturidade em implementação enxuta com o modelo desenvolvido por Dahlgaard et al. (2011), possibilitando elencar as Práticas Enxutas (PEs) mais críticas para a implementação do LH e estabelecer um direcionamento prático, no qual o contexto da organização é levado em consideração para determinar a adequada priorização de implementação das PEs. A aplicação desta metodologia ocorreu em um setor de emergência de um hospital-escola Brasileiro. A metodologia foi construída e ilustrada ao longo de três artigos que compreendem as seguintes etapas: (i) identificação na literatura de lacunas relacionadas às práticas, barreiras e métodos de avaliação da implementação enxuta em serviços de saúde; (ii) compreensão dos relacionamentos entre as PEs e os Fatores Críticos (FCs) para a implementação do LH; e (iii) proposição de uma metodologia de avaliação das PEs em serviços de saúde considerando a frequência de ocorrência dos problemas e o nível de adoção da PEs na organização em estudo. Do ponto de vista teórico, o presente trabalho contribui com a proposição de uma metodologia de avaliação da implementação enxuta em organizações de saúde que permite a integração dos problemas existentes, do nível de adoção das PEs e dos critérios de suporte à tomada de decisão na organização de saúde, levando em conta as características específicas da organização. Em termos práticos, os resultados da aplicação da metodologia proposta possibilitam às organizações de saúde focarem seus esforços de implementação enxuta correlacionando-os e evitando dispêndios de energia desnecessários durante a implementação do LH. / Abstract: Given the pressures for quality improvement and cost reduction, health services have sought techniques from Lean Production Systems (LPS) to solve their problems and manage their processes. Such adaptation and consequent application of lean principles and practices is called Lean Healthcare (LH). Despite the vast literature on the implementation of lean practices in health services, there is still a lack of evidence for studies containing methods of lean implementation assessment. In this context, this paper aims to propose a methodology to assess the implementation of lean practices in the context of health services. This methodology aggregates concepts of maturity analysis in lean implementation with the model developed by Dahlgaard et al. (2011), making it possible to list the most critical Lean Practices (LPs) for the implementation of LH and establish a practical orientation in which the organization context is taken into account to determine the appropriate prioritization of LPs implementation. The method is applied in an emergency sector of a Brazilian university hospital. The method was constructed and illustrated throughout three articles that comprise the following steps: (i) identification through a literature review of gaps related to practices, barriers and assessment methods of lean implementation in health services; (ii) understanding the relationships between LPs and Critical Factors (CFs) for LH implementation; and (iii) proposing a method for evaluating LPs in health services, considering the frequency of occurrence of problems and the level of adoption of LPs in the organization. From the theoretical point of view, the present work contributes to the proposal of a method of assessment of the lean implementation in health organizations that allows the integration of existing problems, the level of adoption of LPs and the decision making criteria in the organization, taking into account the specific characteristics of the organization. In practical terms, the results of applying the proposed method allow health organizations to focus their lean implementation efforts by correlating them in a contingent manner and avoiding unnecessary energy surges during LH implementation.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/179801
Date January 2017
CreatorsAugusto, Byanca Pinheiro
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Tortorella, Guilherme Luz
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format180 p.| grafs., tabs.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.002 seconds