Return to search

Estudo fitoquímico da fração AcOEt do extrato etanólico das folhas de Arrabidaea brachypoda (DC) Bureau - Bignoniaceae e atividades antioxidante e inibitória da enzima mieloperoxidase das substancias isoladas /

Orientador: Vanderlan da Silva Bolzani / Coorientador: Claúdio Viegas Júnior / Banca: Wilson Roberto Cunha / Banca: Mary Ann Foglio / Resumo: O presente trabalho visou o estudo químico da Arrabidaea brachypoda, uma espécie pouco estudada, possuindo somente um registro de trabalho sobre o seu estudo químico na literatura. Primeiramente foi feito um trabalho de desreplicação dos extratos etanólicos dos caules, das folhas e das inflorescências em HPLC-DAD usando padrões de xantonas isoladas da A. samydoides. Observou-se que a espécie estudada não possuia xantonas como seus principais constituintes. A fração AcOEt do extrato etanólico das folhas forneceu dois flavonóis derivados de quercetina inéditos: arrabidosídeo A e arrabidosídeo B, além dos flavonóis rutina e isoquercitrina. A atividade antioxidante desses flavonóis frente ao radical DPPH foi avalidada e os valores de CI50 foram: isoquercetrina 15,10 μM, rutina 4,88 μM, arrabidosídeo A 8,95 μM e arrabidosídeo B 5,34 μM. Além disso, essas substâncias foram ensaiadas para a atividade inibitória de mieloperoxidase (MPO). Os valores de CI50 para essa atividade foram: isoquercetrina 3,75 nM, rutina 3,60 nM, arrabidosídeo A 1,80 nM e arrabidosídeo B 4,82 nM e mostraram o potencial antiinflamatório desses flavonóis. / Abstract: The scope of this work was the phytochemical study of Arrabidaea brachypoda with only one previous chemical study reported in the literature. Initially a dereplication method was applied to the barks, leaves and flowers ethanolic extracts using xanthones previously isolated from A. samydoides as standards. The crude extract of A. brachypoda did not show xanthones as major constituents. The AcOEt fraction obtained from leaves ethanolic extract yielded two new falvonols: arrabidoside A and arrabidoside B, along with isoquercitrin and rutin. The antioxidant activity of these flavonols was evaluated using DPPH and IC50 values obtained were: isoquercitrin 15,10 μM, rutin 4,88 μM, arrabidoside A 8,95 μM and arrabidoside B 5,34 μM. Inhibitory activity of mieloperoxidase enzyme of the four flavonols was also evaluated. The values of IC50 obtained were: isoquercitrin 3,75 nM, rutin 3,60 nM, arrabidoside A 1,80 nM and arrabidoside B 4,82 nM and showed de anti-inflammatory potential of these flavonols. / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000552159
Date January 2008
CreatorsGarcia, Fernanda.
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Química.
PublisherAraraquara : [s.n.],
Source SetsUniversidade Estadual Paulista
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typetext
Format100 f. :
RelationSistema requerido: Adobe Acrobat Reader

Page generated in 0.0017 seconds