• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 27
  • Tagged with
  • 28
  • 28
  • 13
  • 12
  • 11
  • 10
  • 10
  • 7
  • 7
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Iracemas do cinema: um estudo de adaptações Iracemas of the cinema: a study of adaptations

Soares, Aline Rebouças Azevedo 2017 (has links)
SOARES, Aline Rebouças Azevedo. Iracemas do cinema: um estudo de adaptações. 2017. 146f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Fortaleza (CE), 2017. Submitted by Gustavo Daher (gdaherufc@hotmail.com) on 2017-07-04T16:53:59Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_arasoares.pdf: 2549288 bytes, checksum: 0db7586f91ba61283e85ae7ef247f62e (MD5) Approved for entry into archive by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2017-07-25T14:19:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_arasoares.pdf: 2549288 bytes, checksum: 0db7586f91ba61283e85ae7ef247f62e (MD5) Made available in DSpace on 2017-07-25T14:19:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_arasoares.pdf: 2549288 bytes, checksum: 0db7586f91ba61283e85ae7ef247f62e (MD5) Previous issue date: 2017 The character Iracema, of the novel of Jose de Alencar was conceived to become the mythical mother of Brazil. A little more than a hundred years later, Carlos Coimbra canonically adapts to the cinema the beautiful and courageous India in Iracema, a virgem dos lábios de mel (1979). However, four years earlier, Jorge Bodanzky and Orlando Senna had conceived in Iracema, uma transa amazônica (1974) a mundane Iracema, with traits that the virgin of the lips of honey could never have, since she was created to be close to the divine and the chastity. This work approximates these motion pictures from the reinvention of its Iracemas and the foundation project of Alencar. We raise a theoretical discussion about the cinematographic adaptation and certain aspects that relate to it, such as the concepts of translation and transcription, the paradigm of fidelity, bereavement in translation and the question of authorship. We investigated the characterization of Iracema de Alencar from his mythical heroine traits and established some parallels between characteristics of classic heroines, such as Pocahontas, whose biography gained contours of myth; Atala, character of the novel of François-René de Chateaubriand; and Dido, Camilla and Lavinia, three characters from the Roman epic "Aeneid", by Publius Virgilio Maro. We then traced the profiles of Iracema of Coimbra and Iracema of Bodanzky and Senna, from some techniques of film analysis, such as study of plans and sequences and analysis of the film as narrative. We approach the characters from their counterpoints and elaborate a reflection on a trait identified in both: the erotization process. From the bibliography that guided the elaboration of this work we can highlight the studies of Linda Hutcheon, Marcel Silva, Julio Plaza, Paul Ricoeur, Jacques Aumont and Laura Mulvey. We conclude with a reflection on the importance of the history of Brazilian cinematographic productions and the large amount of material we have available for studies in academic research. A personagem Iracema, do romance indigenista de José de Alencar foi concebida para tornar-se a mãe mítica do Brasil. Pouco mais de cem anos depois, Carlos Coimbra adapta canonicamente para o cinema a bela e corajosa índia em Iracema, a virgem dos lábios de mel (1979). Todavia, cinco anos antes, Jorge Bodanzky e Orlando Senna haviam concebido em Iracema, uma transa amazônica (1974) uma Iracema mundana, com traços que a virgem dos lábios de mel jamais poderia ter, já que foi criada para estar próxima ao divino e à castidade. Este trabalho aproxima esses filmes a partir da recriação de suas Iracemas e do projeto de fundação alencarino do Brasil. Levantamos uma discussão teórica acerca da adaptação cinematográfica e determinados aspectos que a ela se relacionam, como os conceitos de tradução e transcriação, o paradigma da fidelidade, o luto na tradução e a questão da autoria. Investigamos a caracterização da Iracema de Alencar a partir de seus traços de heroína mítica e estabelecemos alguns paralelos entre características das heroínas clássicas Pocahontas, cuja biografia ganhou contornos de mito; Atala, personagem do romance de François-René de Chateaubriand; e Dido, Camila e Lavínia, três personagens da epopeia romana “Eneida”, de Públio Virgílio Maro. Traçamos, então, os perfis da Iracema de Coimbra e da Iracema de Bodanzky e Senna a partir de algumas técnicas de análise fílmica, como estudo de planos e sequências e análise do filme como narrativa. Aproximamos as personagens a partir de seus contrapontos e elaboramos uma reflexão sobre um traço identificado em ambas: o processo de erotização. Da bibliografia que norteou a elaboração deste trabalho podemos destacar os estudos de Linda Hutcheon, Marcel Silva, Julio Plaza, Paul Ricoeur, Jacques Aumont e Laura Mulvey. Encerramos com uma reflexão acerca da importância histórica das produções cinematográficas brasileiras e da numerosa quantidade de material de que dispomos para estudos em pesquisas acadêmicas.
2

Dois olhares cinematográficos contemporâneos sobre a descolonização e a pós-colonização no espaço luso-brasileiro : tabu de Miguel Gomes e o som ao redor de Kleber Mendonça Filho

Polly, Annabelle Louise Marie 2015 (has links)
Orientadora: Prof. Dr. João Carlos Vitorino Pereira Coorientadora: Profª Drª Patrícia da Silva Cardoso Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação e Université Lumière Lyon 2, Faculté des Langues, Programa Master en Études Lusophones Defesa: Curitiba, 29/09/2015 Inclui referências : f. 103-105 Resumo: De que modo o fantasma opressor da colonização ainda está presente nas sociedades luso-brasileiras ? O que essa presença revela acerca dessas sociedades ? A nossa pesquisa procura responder a estes questionamentos através do estudo de duas obras cinematográficas. O filme Tabu, obra do português Miguel Gomes, aborda a colonização e a descolonização na África, enquanto o filme O som ao redor, do brasileiro Kleber Mendonça Filho, enraíza sua ficção no contexto atual da pós-colonização no próprio país. A análise da construção dos espaços-tempos representados nas duas obras destaca a importância do "mito da origem" no espaço colonial, bem como a passagem do tempo na narração cinematográfica e a disposição dos espaços segundo a classe social. A oposição constante entre dominantes e dominados é representada através de duas visões, a partir das quais pode-se notar uma tensão desequilibrada entre as partes, que resultará em um final trágico. Esses dramas refletem a violência existente nessas sociedades, oriundas de uma luta de classes cada vez mais camuflada. Embora os contextos sejam diferentes, as duas obras cinematográficas têm em comum opções estéticas peculiares que traduzem um olhar específico sobre a luta de classes ligada à colonização. Mais do que uma crítica, essas obras propõem uma reflexão e uma conscientização da nossa condição explicando, através da História e das relações de poder, a essência das nossas sociedades. Palavras chaves : Brasil, cinema, colonização, dominados, dominantes, luta de classes, Portugal, pós-colonização, sociedade. Resumé: Comment les traces de la colonisation sont-elles encore visibles dans les sociétés luso-brésiliennes ? Que révèle cette présence à propos de ces sociétés? Notre recherche propose une réponse à ces questionnements à travers l'étude de deux oeuvres cinématographiques. Le film Tabu, du portugais Miguel Gomes, aborde la colonisation et la décolonisation en Afrique tandis que le film O som ao redor, du brésilien Kleber Mendonça Filho, propose une fiction dans le contexte actuel de post-colonisation dans son propre pays. L'analyse de la construction des espaces-temps représentés dans les deux oeuvres détache l'importance du mythe des origines dans l'expace colonial, tout comme le passage du temps dans la narration cinématographique et la disposition des espaces selon la classe sociale. L'opposition constante entre dominants et dominés est représentée à travers deux visions, à partir desquelles on peut noter une tension déséquilibrée entre les parties, qui débouchera sur une fin tragique. Ces drames refètent la violence présente dans ces sociétés, en proie à une lutte des classes dissimulée. Bien que les contextes soient différents, les deux oeuvres cinématograhiques ont en commun des choix esthétiques particuliers qui traduisent un regard spécifique sur la lutte des classes liée à la colonisation. Au-delà d'une critique, ces oeuvres proposent une réflexion et une conscientisation de notre condition en expliquant, par le biais de l'Histoire et des relations de pouvoir, l'essence de nos sociétés. Mots clés : Brésil, cinéma, colonisation, dominés, dominants, lutte des classes, Portugal, post-colonisation, société.
3

Cinema de fluxo no Brasil : filmes que pensam o sensível

Cunha, Emiliano Fischer 21 March 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:41:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 456855.pdf: 4460586 bytes, checksum: ecdd8cf3212fbdb651acc07017f09d8c (MD5) Previous issue date: 2014-03-21 This dissertation aims to analyze flux cinema, to understand how it manifested itself in recent brazilian production and to propose a film analysis approached through the sentience. In order to achieve that, at first, we will conceptualize flux cinema, seeking for its main characteristics. We then present a theoretical debate around the idea of real, time and sentience and the construction of meaning at flux cinema. For this, we rely in authors such as André Bazin, Gilles Deleuze, Emanuele Coccia and Jacques Rancière. Finally, we make an analysis, built on the concept of filmic figure (from Philippe Dubois), on a corpus consisting of two fiction features, representatives of Brazilian flux cinema: Os monstros (Pedro Diogenes, Guto Parente, Luiz Pretti and Ricardo Pretti, 2011) and Histórias que só existem quando lembradas (Julia Murat, 2011). O objetivo desta dissertação é analisar o cinema de fluxo, compreender como o mesmo se manifestou na produção recente do Brasil e propor uma análise fílmica a partir do sensível. Para isso, em um primeiro momento, buscamos conceituar o cinema de fluxo e apreender suas principais características. Em seguida, apresentamos um debate teórico em torno da ideia de real, tempo e sensível e a construção de sentido no cinema de fluxo. Para tanto, nos apoiamos em autores como André Bazin, Gilles Deleuze, Emanuele Coccia e Jacques Rancière. Por fim, faremos uma análise, erguida sobre o conceito de figura fílmica (de Philippe Dubois), sobre um corpus composto por dois longas-metragens de ficção, representantes do cinema de fluxo brasileiro: Os monstros (Pedro Diogenes, Guto Parente, Luiz Pretti e Ricardo Pretti, 2011) e Histórias que só existem quando lembradas (Julia Murat, 2011).
4

Representações da periferia no cinema brasileiro: do neorrealismo ao hiper-realismo

Teixeira, Roberto Aparecido [UNESP] 28 March 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-03-28Bitstream added on 2014-06-13T19:26:29Z : No. of bitstreams: 1 teixeira_ra_me_mar.pdf: 1191206 bytes, checksum: 28aa0a7599d3fa99a777f367ecf67479 (MD5) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) Analisamos nesta pesquisa cinco obras da produção cinematográfica nacional: Rio, Quarenta Graus (1955), Rio, Zona Norte (1957), O assalto ao trem pagador (1962), Quanto vale ou é por quilo? (2005) e Tropa de Elite (2007). Todos esses filmes trazem, cada qual a sua maneira, as representações da periferia no cinema brasileiro. Alguns com claras preocupações políticas, outros mais engajados com o mercado cinematográfico. Tomamos tais narrativas como porta de entrada para análise do pensamento social que lhes dá origem e que permeia suas estéticas. Selecionamos essas obras como representativas de parte do pensamento social que nelas se encontra sob a forma de discursos variados sobre a questão “periferia”. A pesquisa divide-se em duas partes principais: a Parte I tem o objetivo de analisar as representações cinematográficas dos anos de 1950/60; a Parte II cumpre o mesmo percurso de análise sobre a produção dos anos 2000. Ao final, buscamos comparar os dois períodos históricos com o intuito de observar quais as mudanças ocorridas nas representações da periferia no cinema brasileiro em dois importantes momentos da história do país We analyzed in this research five works of the national film production, Rio, Quarenta Graus (1955), Rio, Zona Norte (1957), O assalto ao trem pagador (1962), Quanto vale ou é por quilo? (2005) and Tropa de Elite (2007). All of these films, each in its own way, present representations of the periphery in Brazilian films’ industry. Some of them, present clear political concerns, while others, are more engaged with the film market. We take these narratives as a gateway for analysis of the social thought that originates these films and permeates their aesthetic. We selected these works as representative of part of the social thought, which, in these cases, is present in the form of various discourses over the matter periphery. This research is divided in two main parts: Part I aims to analyze the cinematic representations of the years 1950/1960, Part II fulfills the same path analysis on the production of the 2000s. At the end, we compare the two historical periods in order to observe the changes on the peripheral representations in Brazilian film production in two important moments of the country’s history
5

Espectros e silhuetas em uma cidade: imagens da mulher no cinema brasileiro de 1896 a 1928

Furtado, Marcelo pais Tabachi 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2008-10-20T20:23:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CPDOC2006MarcelopaisTabachiFurtado.pdf: 6183965 bytes, checksum: 99cb716626ff2d00b8869419833270a8 (MD5) Previous issue date: 2008-10-20T00:00:00Z O presente trabalho analisa a mulher na produção cinematográfica brasileira de 1896/1928, período que cobre um momento importante do debate sobre as alterações dos papéis sociais em meio às alterações trazidas com a modernidade.O Cinema Brasileiro apresenta-se como um
6

Representações da periferia no cinema brasileiro : do neorrealismo ao hiper-realismo

Teixeira, Roberto Aparecido. 2012 (has links)
Orientador: Célia Aparecida Ferreira Tolentino Banca: Paulo Eduardo Teixeira Banca: Odair da Cruz Paiva Resumo: Analisamos nesta pesquisa cinco obras da produção cinematográfica nacional: Rio, Quarenta Graus (1955), Rio, Zona Norte (1957), O assalto ao trem pagador (1962), Quanto vale ou é por quilo? (2005) e Tropa de Elite (2007). Todos esses filmes trazem, cada qual a sua maneira, as representações da periferia no cinema brasileiro. Alguns com claras preocupações políticas, outros mais engajados com o mercado cinematográfico. Tomamos tais narrativas como porta de entrada para análise do pensamento social que lhes dá origem e que permeia suas estéticas. Selecionamos essas obras como representativas de parte do pensamento social que nelas se encontra sob a forma de discursos variados sobre a questão "periferia". A pesquisa divide-se em duas partes principais: a Parte I tem o objetivo de analisar as representações cinematográficas dos anos de 1950/60; a Parte II cumpre o mesmo percurso de análise sobre a produção dos anos 2000. Ao final, buscamos comparar os dois períodos históricos com o intuito de observar quais as mudanças ocorridas nas representações da periferia no cinema brasileiro em dois importantes momentos da história do país Abstract: We analyzed in this research five works of the national film production, Rio, Quarenta Graus (1955), Rio, Zona Norte (1957), O assalto ao trem pagador (1962), Quanto vale ou é por quilo? (2005) and Tropa de Elite (2007). All of these films, each in its own way, present representations of the periphery in Brazilian films' industry. Some of them, present clear political concerns, while others, are more engaged with the film market. We take these narratives as a gateway for analysis of the social thought that originates these films and permeates their aesthetic. We selected these works as representative of part of the social thought, which, in these cases, is present in the form of various discourses over the matter "periphery". This research is divided in two main parts: Part I aims to analyze the cinematic representations of the years 1950/1960, Part II fulfills the same path analysis on the production of the 2000s. At the end, we compare the two historical periods in order to observe the changes on the peripheral representations in Brazilian film production in two important moments of the country's history Mestre
7

Diário de uma vida de menina : cinema e literatura no Brasil (representações da personagem feminina)

Silvestre, Penha Lucilda de Souza. 2011 (has links)
Orientador: Gilberto Figueiredo Martins Banca: Solange Ramos de Andrade Banca: Luciana Brito Banca: Luiz Roberto Velloso Cairo Banca: Paulo César Andrade da Silva Resumo: A pesquisa tem por objetivo geral investigar como se dá a constituição e representação da identidade do sujeito feminino, no texto literário Minha vida de menina (1942), de Helena Morley e, ainda, sua respectiva adaptação para o cinema, Vida de menina (2004), dirigida por Helena Solberg. O estudo divide-se em partes distintas: a) fortuna crítica do diário; b) leitura e análise interpretativa de Minha vida de menina (Diário de Helena Morley); c) leitura e análise da obra fílmica, fortuna crítica da produção da diretora de cinema; d) leitura comparativa do corpus delimitado e reflexão crítica sobre as diferentes modalidades artísticas, considerando a especificidade de cada obra; e) realização de entrevista com a cineasta e John Spangler. A partir de conceitos da teoria da literatura e de estudos voltados para a adaptação, propomos uma análise do diário e do filme com o intuito de observarmos a construção da personagem feminina, já que o diário teve sua gênese no final do século XIX e foi publicado em 1942. Já no início do século XXI, Solberg realiza a adaptação para o cinema dos relatos da menina mineira. Ambas apresentam um contexto social, histórico e ideológico da nação brasileira, num período de grandes mudanças políticas, como a libertação dos escravos (1888) e Proclamação da República (1889); por conseguinte, o país iniciava o processo de modernização. Nessa reunião de informações, o diálogo intertextual presente entre o filme e o diário mostra uma personagem emancipada para o tempo em que viveu, pois rompe com costumes, ideias e ações, distanciando-se... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: This study has as its general objective to investigate how the identity of the female character is constituted and represented, in the literary text "Minha vida de menina" (1942), by Helena Morley and also its respective adaptation to the movies "Vida de menina" (2004), directed by Helena Solberg. This study is divided in distinct parts: a) the critical fortune of the diary; b) the reading and interpretative analysis of "Minha vida de menina" (The Diary of Helena Morley); c) the reading and the analysis of the filmic work, the critical fortune of the production of the movie director; d) the comparative reading of the delimited corpus and the critical reflection on the different artistic modalities, taking into consideration the specificity of each work; e) the interview with the filmmaker Vera Brant. Starting from the concepts of the theory of the literature and of the studies turned to the adaptation, we propose an analysis of the diary and of the movie with the intention of observing the female character construction, since the diary had its genesis in the end of the 19th century and was published in 1942. In the beginning of the 21st century, Solberg concluded the adaptation for the movies of the "mineira" girl's reports. Both present a social context, historical and ideological of the Brazilian nation, in a period of great political changes, such as the Abolition of the Slavery (1888) and the... (Complete abstract click electronic access below) Doutor
8

A cultura jovem contemporânea presente na sinergia de linguagens do cinema brasileiro

Rêgo, Isabel Almeida Marinho do 26 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:40:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 409582.pdf: 4970995 bytes, checksum: 05058d73250ab168a18eb927f40fc467 (MD5) Previous issue date: 2009-01-26 Esta pesquisa analisa o imaginário dos jovens em quatro longas-metragens brasileiros de ficção: Nina (2004), Cama de Gato (2004), A Concepção (2006) e Árido Movie (2006). Teorias sobre a cultura contemporânea são exemplificadas por muitas das situações retratadas nestes filmes protagonizados por jovens. A sinergia que há entre a linguagem do cinema com a dos jogos, histórias em quadrinhos, animações, videoclipes, instalações artísticas e programas de televisão apresenta a perspectiva estética da imagem dos jovens apresentada pela amostra escolhida e reforça as idéias sobre a sociedade contemporânea presentes na pesquisa
9

Paradigmas da decupagem no cinema brasileiro dos anos 2000 : o caso de Cidade de Deus e Cronicamente Inviável

Figueiredo, Rafael Meira de 3 March 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:41:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 345061.pdf: 644168 bytes, checksum: 887c77b4b2f4516c98db12a9b78947b0 (MD5) Previous issue date: 2006-03-03 Este trabalho investiga quais os paradigmas da decupagem cinematográfica que repercutem no cinema brasileiro contemporâneo e determinam suas escolhas estéticas através do estudo de caso de dois filmes emblemáticos desta época: Cidade de Deus e Cronicamente Inviável, filmes que abordam temas similares, porém distantes formalmente. Inicialmente, tem-se uma apresentação das teorias formativa e realista e suas implicações na história do cinema. Em seguida, um breve histórico da decupagem cinematográfica. Por fim, a exposição e análise de seqüências dos filmes citados com atenção aos aspectos formais, que determinam o tipo de relação que o diretor tem com sua obra, com seu público e que referenciais teóricos são mobilizados.
10

O cinema de longa-metragem no Rio Grande do Sul (1997-2007) : uma perspectiva industrial

Machado, Mariângela Ribeiro 14 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:41:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 420025.pdf: 906044 bytes, checksum: 7e9caf8107bc60765a48ea743b7fff77 (MD5) Previous issue date: 2010-01-14 O cinema de longa-metragem no Rio Grande do Sul (1997-2007): uma perspectiva industrial busca compreender a realidade da produção cinematográfica do Estado através do desempenho dos filmes no circuito exibidor brasileiro. O estudo parte da reconstituição da trajetória de consolidação da hegemonia do cinema norteamericano e os reflexos na atividade cinematografia do Brasil. E também procura reconhecer as tentativas em efetivar uma escala industrial para o cinema brasileiro, localizando a posição ocupada pela cinematografia da região. A pesquisa considera, ainda, as principais transformações na atividade, impulsionadas pelo cinema hegemônico, no contexto da sociedade da informação e do processo de globalização. E, finalmente, procura averiguar as condições para a sedimentação de uma indústria audiovisual no Estado: as principais barreiras e os possíveis avanços.

Page generated in 0.0777 seconds