• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3933
  • 183
  • 86
  • 84
  • 84
  • 83
  • 70
  • 63
  • 63
  • 62
  • 45
  • 28
  • 17
  • 14
  • 3
  • Tagged with
  • 4232
  • 1598
  • 516
  • 440
  • 408
  • 402
  • 402
  • 384
  • 319
  • 273
  • 272
  • 250
  • 217
  • 216
  • 205
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Deposição de colágeno e formação de sinéquias na prega vocal de suínos após exérese de fragmento de mucosa com laser de CO2 : efeito da mitomicina-C tópica

Camargo, Paulo Antonio Monteiro January 2004 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Antonio Carlos L. Campos / Coorientador: Prof. Dr. João Carlos Repka / Coorientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo F. Matias / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 22/12/2004 / Inclui referências: fls. 50-53 / Resumo: Introdução:A fonocirurgia a laser de CO2, a partir da alta tecnologia desenvolvida nos últimos anos, tem permitido cirurgias mais precisas e conservadoras. Várias terapias adjuvantes têm sido estudadas na tentativa de modular o processo de cicatrização. Recentemente foi demonstrado que a Mitomicina-C tópica (MTC tópica) reduz a fibrose pós-operatória experimentalmente em diversos modelos animais e no ser humano. Objetivo: Avaliar os efeitos da MTC tópica no processo de cicatrização de pregas vocais de suínos 30 dias após exérese de fragmento de mucosa com laser de CO2 mediante a mensuração da deposição de colágeno e formação de sinéquias. Material e método: Foram estudados 12 suínos jovens (6 machos e 6 fêmeas), separados em 2 grupos: controle (n=6 ) e experimento (n=6 ). Grupo controle, realizada exérese de fragmento de mucosa a laser de CO2 sem o uso da MTC tópica. Grupo experimento: após a exérese de fragmento de mucosa a laser de CO2 foi aplicada MTC tópica. Os procedimentos cirúrgicos a laser de CO2 foram realizado com 2 watts de potência, de forma contínua, no modo focado em superpulso, com microspot de 250?. Após 30 dias os animais foram submetidos à eutanásia e coletadas amostras das pregas vocais para avaliação macroscópica da formação de sinéquias e para análise histológica, a fim de quantificar a deposição de colágeno, mediante coloração de Picrosirius Red, através do programa Pro Image-plus 4.5? acoplado ao microscópio Olympus? BX50. Os resultados foram comparados pelo teste de Wilcoxon, com p?0.05. Resultado: A média da área do colágeno total das pregas vocais do grupo controle foi de 2648,03 ?m2, enquanto a média do colágeno total das pregas vocais, quando utilizada a MTC tópica foi de 2200,30 ?m2, (p = 0,0043). Não houve formação de sinéquias em nenhum animal. Conclusão: A MTC usada topicamente após 30 dias da exérese de fragmento de mucosa da prega vocal a laser de CO2 em suínos diminui, significativamente, a deposição do colágeno total, e não se associa à formação de sinéquias pós cirúrgicas em nenhum dos animais estudados. Palavras-chave: Experimental, Mitomicina-C, Cicatrização, Prega vocal, Suínos, Laser CO2 / Abstract: Introduction: Laser phonosurgery, due to new technology development over the last years, allowed more conservative and precise surgical procedures. Several adjuvant therapies have been investigated to help modulate the wound healing process. Recently, topical Mitomycin-C.(MTC) has been associated with reduction in post-operative adherences. Objectives: To evaluate the effects of topical MTC on the healing process in vocal folds mucosa of swines after mucosal fragment excision with CO2 laser by measuring collagen deposition and adherence formation in a 30 day period. Material and Method: Twelve larger white pigs were divided into two groups of 6 animals each: control group, where surgical excision was made with CO2 laser without application of topical Mitomycin-C and experimental group, in which MTC was applied after the vocal fold CO2 laser excision. The CO2 laser surgical procedures were performed with 2 watts, in continuous mode and superpulse 250? microspot. After 30 days, by the time of euthanasia, the formation of adherences was evaluated by macroscopic evaluation and the collagen depositions, by Picrosirius Red stain under pollarized light. The histologic examinations were analysed by Pro-Image Plus? 4,5 connected to a Olympus? microscope BX 50. The results were compared using the Wilcoxon test with p? 0,05. Results: The amount of total collagen deposition on the vocal folds in the control groups was 2648,03 ?m2, while the amount of total collagen of vocal folds using MTC was 2200,30 ?2 (p=0,0043). Adherence formation was not observed in any group Conclusion: Topical MTC used after 30 days of parcial excision of swines vocal folds using CO2 laser is associated with a significant decrease in the area of total collagen deposition, without formation of adherences. Key-words: Experiment, Mitomycin-C, Healing, Vocal fold, Swines, CO2 laser.
2

Recuperação da informação de textos livres não estruturados em prontuários eletrônicos de otorrinolaringologia

Beltrão, Claudio Jose January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Rogério Hamerschmidt / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 08/12/2017 / Inclui referências : f.63-71 / Resumo: Introdução: O uso de prontuários eletrônicos na prática médica é uma realidade e os textos livres não estruturadas, contêm uma grande quantidade de dados que podem ser utilizados para a formação de conhecimento. Utilizar técnicas de recuperação da informação, contribui para a descoberta dos termos mais utilizados e para compará-los a protocolos existentes. O preenchimento automatizado de coleta pode auxiliar o aumento das amostras em pesquisas. Objetivos: Extrair palavras, de textos livres não estruturados, em prontuário eletrônico e comparar sua frequência com um protocolo já existente de termos, das doenças de maior prevalência, em uma base de dados. Criar uma interface de ligação para o preenchimento automático dos sintomas e doenças, entre o Sistema CLINIC? e o Sistema SINPE©. Material e Métodos: O estudo foi realizado com base em um big data, de 375.095 prontuários eletrônicos. Destes, foram selecionados os que possuíam CID e campo histórico preenchido, com no mínimo cinco caracteres e excluídos os pós-operatórios e reconsultas inferiores a 30 dias. Do resultado, foram analisados os CID's mais prevalentes e analisados os textos livres não estruturados, com a ferramenta word cloud e, após, comparados com termos do sistema de protocolos. Foi elaborada uma interface, entre o sistema de prontuários e o Sistema SINPE©, visando uma coleta de dados automatizada. Resultados: Foram analisados 125.973 prontuários, contendo textos livres não estruturados. A amostra apresentou 57,24% de pacientes do sexo feminino e 42,76% do sexo masculino, com idade média de 38,53 anos. Os 19 CID's de maior prevalência representaram 70,11% dos casos. Foram desenvolvidas word cloud's para os textos livres, nas doenças de maior prevalência. Compararam-se as palavras inseridas no prontuário eletrônico, com os termos do protocolo de otorrinolaringologia, do Sistema SINPE© sendo identificadas as palavras mais frequentes, nas doenças de maior prevalência e construídos intervalos de confiança (IC=95%). A interface desenvolvida, mostrou ser capaz de identificar, nos textos livres, os termos do protocolo e automatizar a coleta de dados. Conclusões: Foram extraídas, de textos livres não estruturados, as palavras de maior frequência, e comparadas com um protocolo de termos já existente, nas doenças de maior prevalência. Foi desenvolvida uma interface entre os sistemas CLINIC? e SINPE©, capaz de preencher de forma automática os itens do protocolo mestre, tanto em sintomas como em diagnósticos. Palavras-chave: Registros Eletrônicos de Saúde; Protocolos; Otorrinolaringologia. / Abstract: Introduction: The use of electronic medical records in medical practice is a reality and free unstructured text contains a large amount of information, which may be used to establish knowledge. Using information retrieval techniques contributes for the discovery of the most used terms and the comparison of such terms to existing protocols. Automated data collection may help in increasing samples in research. Objectives: Extract words from free unstructured text out of electronic medical records and compare their frequency to an existing protocol of terms for the most prevalent diseases from a database. Create a connecting interface for the automatic filling in of symptoms and diseases between the CLINIC? and the SINPE© systems. Material and Methods: The study was performed based on a big data made up of 375,095 electronic medical records. Out of these, those which contained the ICD and medical history fields filled in and which had at least five characters were selected, and post-ops and return visits within less than thirty days were excluded. From the results, the most prevalent ICDs and free unstructured text were analyzed with the word cloud tool, and later compared to the terms in the protocol system. An interface was created between the SINPE© system and the medical records system, aiming at automated data collection. Results: 125,973 medical records were analyzed which had free unstructured text. The sample was made up of 57.24% of female patients and 42.76% male patients, with an average age of 38.53 years old. The 19 most prevalent ICDs represented 70.11% of cases. Word clouds were developed for the free text in the most prevalent diseases. The words inserted in the electronic medical records were compared to the terms in the otolaryngology protocol in the SINPE© system. The most frequent words were identified in the most prevalent diseases and confidence intervals were built (CI 95%). The interface developed was able to identify the terms of the protocol in free text and automate the data collection. Conclusions: The most frequent words were extracted from free unstructured text and compared to an existing protocol of terms for the most prevalent diseases. An interface between the CLINIC? and the SINPE© systems was developed which is able to automatically fill in the items of the master protocol, relative to both symptoms and diagnosis. Keywords: Electronic Heatlh Records; Protocols; Otorhinolaryngology.
3

Análise estereológica de núcleos hipotalâmicos envolvidos com a regulação da ingestão alimentar em ratos Wistar submetidos a tratamento imunossupressor com tacrolimus e micofenolato mofetil

Schuh, Rodrigo January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo Fouto Matias / Coorientadora: Profª. Drª. Djanira Aparecida da Luz Veronez / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 18/12/2017 / Inclui referências: f. 55-60 / Resumo: Drogas imunossupressoras são indispensáveis para pacientes pós-transplante, diminuindo, significativamente, os riscos de rejeição inerentes à este tipo de procedimento. No entanto, seus efeitos colaterais sobre os núcleos hipotalâmicos envolvidos na regulação da ingestão de alimentos e o efeito no excessivo ganho de peso e suas comorbidades associadas são desconhecidos. Neste sentido, esta pesquisa teve como objetivo desenvolver a análise estereológica dos núcleos hipotalâmicos relacionados com a ingestão de alimentos em ratos Wistar submetidos ao tratamento com os imunossupressores tacrolimus (TAC) ou micofenolato mofetil (MMF), comparar a densidade neuronal e número total de neurônios hipotalâmicos entre ratos Wistar tratados com imunossupressores e com isso observar possíveis alterações nos núcleos hipotalâmicos paraventricular, área hipotalâmica lateral, dorsomedial, ventromedial e arqueado. O estudo experimental foi realizado em ratos Wistar machos submetidos ao tratamento das drogas imunossupressoras TAC e MMF, via oral, durante o período de 14 semanas. Os animais foram randomicamente categorizados em quatro grupos: Controle (sem administração da droga); Sham (administração de soro fisiológico (SF) 0,9%, via gavagem); Tacrolimus (administração de 1mg/kg ao dia de tacrolimus diluídos em SF 0,9%, via gavagem) e Micofenolato (administração de 30mg/kg ao dia de micofenolato mofetil diluídos em SF 0,9%, via gavagem). Após o período de tratamento imunossupressor, os animais foram eutanasiados e seus encéfalos fixados para posterior confecção de lâminas histológicas utilizando a coloração de Nissl. Essas lâminas foram fotodocumentadas e as imagens obtidas receberam "máscaras" delimitantes para posterior implantação do dissector físico para quantificação e análise estereológica dos corpos celulares dos neurônios hipotalâmicos. Não houve diferenças significativas nas densidades neuronais e nos números de neurônios hipotalâmicos dos núcleos paraventricular, área hipotalâmica lateral, dorsomedial, ventromedial e arqueado entre os grupos Controle, Sham, Tacrolimus e Micofenolato. Neste estudo, o tratamento de animais com imunossupressores TAC e MMF por 14 semanas não induziu alterações no número dos corpos celulares dos neurônios hipotalâmicos e não evidenciaram efeitos neurotóxicos dos imunossupressores TAC e MMF. Estudos complementares serão necessários para elucidar a atuação dos imunossopressores TAC e MMF no hipotálamo. Palavras Chave: Transplante. Obesidade. Imunossupressores. Tacrolimus. Ácido Micofenólico. Hipotálamo. Ratos Wistar. Amostragem Aleatória e Sistemática. / Abstract: Immunosuppressive drugs are indispensable to post-transplant patients for significantly reducing the inherent risks of graft rejection related to the procedure. However, the side effects on the hypothalamic nuclei responsible for regulation of food intake and the effect on excessive weight gain and the related complications are unknown. Therefore, this research aimed to perform stereological analysis of the hypothalamic nuclei related to food intake in Wistar rats submitted to immunosupressive treatment with tacrolimus (TAC) or mycophenolate mofetil (MMF) in order to compare neuronal density and total number of neurons in the hypothalamic paraventricular, lateral hypothalamic area, dorsomedial, ventromedial and arched. The experimental study was performed in male Wistar rats submitted to immunosuppressive treatment with TAC or MMF, orally, during a 14-week period. The animals were randomly categorized into four groups: Control (no drug administration); Sham (0.9% saline solution administration, by gavage); Tacrolimus (administration of 1mg/kg/day of tacrolimus diluted in 0.9% saline solution by gavage) and Mycophenolate (administration of 30mg/kg/day of mycophenolate mofetil diluted in 0.9% saline solution by gavage). After the immunosuppressive treatment, animals were euthanized and their brains fixed for subsequent histological slides using Nissl staining. These slides were photodocumented and the images obtained received delimiting "masks" for later implantation of the physical dissector to quantify and stereologically analyze the cellular bodies of the hypothalamic neurons. There were no significant differences in neuronal densities and numbers of hypothalamic neurons of the paraventricular nuclei, lateral hypothalamic area, dorsomedial, ventromedial and arched between the Control, Sham, Tacrolimus and Mycophenolate groups. In this study, the experimental treatment with immunosuppressive CT or MMF for 14 weeks did not induce changes in the number of cell bodies of hypothalamic neurons and did not show neurotoxic effects of the used immunosuppressant agents. Additional studies will be needed to elucidate the performance of the immunosuppressants CT and MMF in the hypothalamus. Keywords: Transplantation. Obesity. Immunossupressive Agents. Tacrolimus. Mycophenolic Acid. Hypothalamus. Rats, Wistar. Random and Systematic Sampling.
4

Estudo histológico prospectivo da epiderme e dos folículos pilosos na doença do enxerto contra o hospedeiro aguda após transplante de medula óssea

Santos, Marilinda Bettina de Simionato e Sanson January 2000 (has links)
Orientador: Ricardo Pasquini / Co-orientador: Giovanni Loddo / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna / Resumo: A detecção precoce da Doença do Enxerto contra o Hospedeiro (DECH) aguda, atualmente a principal complicação do transplante de medula óssea, é busca constante em pacientes submetidos a esta técnica de tratamento. A identificação de alterações morfológicas precoces na pele, o órgão mais acessível para biópsia, que possam predizer o desenvolvimento da Doença do Enxerto contra o Hospedeiro (DECH) aguda, é baseada na necessidade da urgência no diagnóstico, pois dele depende a orientação terapêutica. Estudos retrospectivos prévios foram realizados baseados principalmente em achados morfológicos, entretanto, nestes estudos, não foi possível verificar, por meio de dados de prontuário, a correlação entre as datas de biópsia e das primeiras manifestações clínicas. Baseados nisso, neste trabalho prospectivo foram estudadas 190 biópsias de pele, realizadas nos primeiros 28 dias após o transplante, em 38 pacientes submetidos ao transplante de medula óssea alogênico, no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba, entre março e dezembro de 1996. Os objetivos do estudo consistiram em: 1) identificar alterações morfológicas precoces, dos folículos pilosos, correlacionados ao diagnóstico de Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro (DECH) aguda, complicação freqüente nestes pacientes, mediante biópsias cutâneas seqüenciais, e acompanhamento clínico e laboratorial simultâneo; 2) identificar quais os achados morfológicos que teriam maior valor para este diagnóstico, tentando correlacionar as alterações encontradas com o surgimento das manifestações cutâneas e gerais dos pacientes; 3) verificar se as alterações morfológicas dos folículos pilosos são suficientes e específicas para predizer o aparecimento das lesões cutâneas e gerais da Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro (DECH) aguda. Cabe assinalar que foram excluídos do trabalho quatro pacientes nos quais foram encontradas alterações histológicas descritas na literatura como específicas de DECH, no período pré-transplante, os mesmos pacientes que haviam sido submetidos à irradiação corporal total. Nos 34 pacientes que foram incluídos no trabalho não houve significância estatística na correlação entre as alterações histológicas isoladas e o desenvolvimento da DECH aguda. Agrupando-se estas alterações, segundo classificação sugerida por Loddo em 1993, também não observamos significância estatística na predição da DECH aguda. Finalmente concluiu-se que as alterações histológicas estudadas não são suficientes nem específicas para predição da DECH aguda. / Abstract: Early detection of acute Graft Versus Host Disease (GVHD), currently the major complication in bone marrow transplantation (BMT), in patients submitted to such treatment is a constant endeavor. The detection of early morphological changes in the skin (the most accessible organ for a biopsy), which can be na indication of acute GVHD, is based on the need of na immediate diagnostic which, in turn, may provide therapeutic guidelines. Previous retrospective studies have been carried out, mainly based on morphological findings. However, in such studies it was not possible to observe, through data drawn from patient charts, a correlation between the dates on which the biopsies were performed and the first clinical manifestations of the disease. In this prospective study, 190 skin biopsies were analyzed, performed 28 days after the transplant, in 38 patients submitted to allogeneic BMT, at Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (the university hospital of the Federal University of Paraná), in Curitiba, between March and December 1996. The study aimed at: 1) identifying early morphological changes, from hair follicles, correlated with the diagnosis of acute GVHD, a frequent complication in those patients, through sequential skin biopsies, plus simultaneous clinical and laboratory follow-up; 2) identifying which morphological findings would be more valuable to make this diagnosis, trying to correlate the changes encountered with the onset of the cutaneous and general manifestations in patients; 3) verifying if the morphological changes in the hair follicles are sufficient and specific enough to predict cutaneous and general lesions of acute GVHD. In the pre-BMT period, four patients presenting histological alterations described in the literature as specific of GVHD, were removed from the study; these patients had been submited to total body radiation. In the 34 patients that remained in the study, there was no statistically significant correlation between isolated histological alterations and acute GVHD. Grouping these alterations according to Loddo's classification (1993), we also failed to see any statistically significant prediction of acute GVHD. Finally, we concluded that the histological alterations analyzed are neither sufficient nor specific enough to predict acute GVHD.
5

Uma nova classificação para a rinoplastia primária em pacientes caucasianos baseada nas características nasais e nas manobras operatórias

Berger, Cesar Augusto Sarraff January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Renato da Silva Freitas / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 08/11/2017 / Inclui referências : f.87-93 / Resumo: Nos últimos anos, diversos trabalhos foram realizados visando demonstrar os diferentes tipos de narizes, quais sejam: caucasianos, étnicos e asiáticos relacionando a região e as manobras operatórias necessárias para corrigir as alterações nasais. No entanto, não encontramos trabalhos que classifiquem especificamente os narizes caucasianos e, que possam servir de guia para o planejamento cirúrgico, abordando o nariz de uma forma sistemática e global. O termo rinoplastia básica em nosso meio é frequentemente utilizado para designar a cirurgia dos narizes caucasianos. Porém, com a miscigenação encontrada atualmente, mesmo os narizes caucasianos necessitam, por vezes, de manobras operatórias antes só realizadas em outros tipos de narizes. Por este motivo, propõe-se uma classificação para a rinoplastia primária dos narizes caucasianos, tendo em vista as alterações apresentadas e as manobras operatórias necessárias. Objetivo: Elaborar uma classificação para a rinoplastia primária do nariz caucasiano, relacionando as características anatômicas com as manobras operatórias mais frequentemente realizadas em nosso meio. Pacientes e Métodos: Primeiramente foi criado o protocolo eletrônico específico para pacientes submetidos à rinoplastia. Foram realizadas 148 rinoplastias primárias, porém 36 pacientes não participaram da totalidade deste estudo. A pesquisa foi realizada de forma prospectiva em cento e doze pacientes (N=112), sendo setenta e cinco do sexo feminino (N=75) e trinta e sete do sexo masculino (N=37), com idade variando de 15-55 anos (n = 35 anos) (mediana = 29 anos) no período de fevereiro/ 2010 à março/2012. A coleta dos dados informatizados foi feita no pré-operatório (D1), foi avaliada a satisfação de forma quantitativa na evolução com 12 meses (D2) e 24 meses de pós-operatório (D3), através do questionário ROE "Rhinoplasty Outcome Evaluation". A avaliação antropométrica foi realizada através das medidas e ângulos nasais das fotos do pré e pós-operatório (12 meses) e comparadas com as medidas estéticas nasais consideradas ideais para o nariz caucasiano. Foram excluídos do estudo, os pacientes com história de intervenções anteriores no nariz e também os pacientes com narizes não caucasianos. Resultados: Foram coletados dados de 148 pacientes caucasianos, submetidos a rinoplastias primárias. Dos 148 pacientes, 47 foram classificados como Tipo I (32,00%), 63 como Tipo II (42,00%), 38 como Tipo III (26,00%). Entre estes, foram realizadas 116 rinoplastias com finalidade estética (78%) e 32 rinoplastias com finalidade estética e funcional (22%). O acesso fechado, sem "delivery", foi o mais prevalente com 136 casos (92%). No grupo Tipo III, o acesso aberto ocorreu em 7% dos pacientes. Na ponta nasal, a resseção do septo membranoso foi realizada em 96% do Tipo I, as suturas para definição e refinamento em 95% do Tipo II e a confecção de enxertos em 86% nos pacientes Tipo III. Entre as manobras operatórias realizadas no dorso nasal, a remoção da giba óssea-cartilaginosa foi a mais frequente no Tipo I e a confecção de enxerto em 67% no Tipo III. Na base nasal a cerclagem foi realizada em 62% do Tipo III. Na avaliação com 12 meses, a satisfação (ROE) foi de 97% e com 24 meses foi de 79%. Na avaliação antropométrica nasal (fotos de 12 meses) a relação interalar/ intercantal, o coeficiente de projeção, o ângulo nasolabial e o ângulo nasofrontal demonstraram de forma objetiva a eficácia das manobras operatórias, quando comparados com as fotos do pré-operatório e com as medidas estéticas ideais para o nariz caucasiano. Conclusão: Uma classificação atual para a rinoplastia primária do paciente caucasiano baseada nos achados anatômicos e nas manobras operatórias foi elaborada e validada no presente estudo. Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz caucasiano. Protocolos Eletrônicos. Manobras Operatórias. / Abstract: In the last years several studies have been carried out aiming to demonstrate the different types of noses, that is; caucasians, ethnic and asians, relating the region and the operative maneuvers necessary to correct the nasal alterations. However, we did not find articles that specifically classify caucasian noses and could serve as a guide for surgical planning, approaching the nose in a systematic and global way. The term "basic rhinoplasty" in our country is often used to designate caucasian nose surgery. However, with the miscegenation nowadays, even caucasian noses sometimes require surgical maneuvers previously performed only on other types of noses. For this reason, a classification is proposed for caucasian noses, considering the alterations presented and the necessary operative maneuvers. Objective: To elaborate a classification for rhinoplasty of the caucasian nose relating the anatomical characteristics with the most frequently performed surgical techniques in our environment. Patients and Methods: First, a specific electronic protocol was created for patients undergoing rhinoplasty. 148 patients were operated on, but 36 patients did not participate in this study. The research was prospectively performed in one hundred and twelve patients (N = 112), seventy five female (N = 75) and thirty seven male (N = 37), ranging in age from 15-55 years (n = 35 years) (median = 29 years) in the period from february/2010 to march/2012. The computerized data collection was performed preoperatively (D1), satisfaction was assessed quantitatively in the 12-month (D2) and 24-month postoperative (D3) evolution through Rhinoplasty Outcomes Evaluation (ROE). The anthropometric evaluation was performed through the measurements and nasal angles of the pre and post-operative photos (12 months) and compared with the aesthetic measures considered ideal for the caucasian nose. Patients with a history of previous nose interventions and patients with non-caucasian noses were excluded from the study. Results: Data from 148 caucasian patients submitted to primary rhinoplasties were collected. Of the 148 patients, 47 were classified as Type I (32.00%), 63 as Type II (42.00%), 38 Type III (26.00%). The predominant approach to the nose was the endonasal approach (100%) in Type I. In the nasal tip, resection of the membranous septum was performed in 96% of Type I and the sutures for definition and refinement in 95% of Type II. Among the operative maneuvers performed on the nasal dorsum, the removal of the bonycartilaginous hump was the most frequent in Type I and the grafting in 67% of Type III. At the nasal base, cerclage was performed in 62% of Type III. In the 12-month evolution, satisfaction (ROE) was 97% and at 24 months post-operative it was 79%. In the nasal anthropometric evaluation with 12-months photos; the interocular/intercantal relationship, the projection coefficient, the nasolabial angle and the nasofrontal angle demonstrated an objective way of the efficacy of the surgical maneuvers when compared with the pre-operative photos and the ideals measurements aesthetic for the caucasian nose. Conclusion: A current classification for the primary rhinoplasty of the Caucasian patient based on the anatomical findings and the operative maneuvers was performed and validated in the present study. Key words: Rhinoplasty. Caucasian nose. Electronic Protocols. Operational Maneu vers.
6

Efeitos da disfunção renal na cicatrização de anastomoses colônicas : estudo experimental em ratos Wistar

Silva, Carlos Eduardo da January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo Fouto Matias / Co-orientador: Prof. Dr. João Carlos Domingues Repka / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 10/03/2017 / Inclui referências : f.61-66 / Resumo: A doença renal crônica (DRC) atinge mais de 500 milhões de pessoas em todo o mundo e no Brasil existem mais de 2 milhões de portadores de algum grau de disfunção renal. Neste contexto as toxinas urêmicas geradas na DRC estão relacionadas ao comprometimento da cicatrização tecidual, pelo retardo do processo inflamatório cicatricial, baixa proliferação de fibroblastos e células endoteliais, baixos níveis teciduais de hidroxiprolina e colágeno, tecido conectivo subcutâneo e tecido de granulação. Os objetivos do presente estudo são avaliar na cicatrização de anastomoses colônicas de ratos urêmicos, a formação de tecido de granulação, a maturação de colágeno, a densidade microvascular e de miofibroblastos, a viabilidade celular cicatricial e os parâmetros séricos uréia, creatinina e proteína C reativa (PCR). Utilizaram-se 20 ratos Wistar, com idades entre 143 a 152 dias e pesos de 249,02 ± 13,80 gramas separados aleatoriamente em dois grupos. No grupo simulação os ratos foram submetidos à simulação da nefrectomia 5/6 pela incisão lombar esquerda exposição e manipulação do rim esquerdo (D0), incisão lombar direita, exposição e manipulação do rim direito (D7), laparotomia mediana, colotomia e colorrafia (D14). No grupo uremia, os ratos foram submetidos à nefrectomia 5/6 pela ressecção ambos os polos renais do rim esquerdo (D0), nefrectomia total do rim do rim direito (D7), laparotomia mediana, colotomia e colorrafia (D14). O estudo foi interrompido no sétimo dia após colotomia/colorrafia e coletaram-se amostras de sangue para dosagens séricas de uréia, creatinina e PCR e ressecaram-se os segmentos colônicos incisados e rafiados para processamentos histológicos e histoquímicos através da coloração de hematoxilina eosina para avaliação do tecido de granulação considerando a intensidade da reação inflamatória cicatricial, crosta fibrinoleucocitária, proliferação angiofibroblástica e reepitelização das bordas. Empregou-se a histometria computadorizada para as avaliações de colágenos tipo I e III pela coloração de picrosirius, densidade microvascular pela marcação com anticorpo monoclonal anti-CD34, viabilidade celular pela pesquisa do antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA) e a densidade de miofibroblastos com anticorpo monoclonal anti-?-actina. Empregaram-se os testes de ANOVA e T-Student com p<0,05 para as comparações entre os grupos. O grupo de ratos submetidos à nefrectomia 5/6, em comparação ao grupo simulação, demonstraram aumentos da uréia sérica (p<0,0000) e proteína c reativa ultrassensível (p=0,0142), redução da: formação de tecido de granulação (reepitelização de bordas -p=0,0196, proliferação angiofibroblástica - p=0,0379), porcentagens de colágeno I (p=0,0009) e colágeno III (p=0,016), densidade microvascular (p=0,0074), PCNA (p<0,0000) e miofibroblastos (p<0,0001). A uremia experimental induzida pelo modelo de nefrectomia 5/6 determina impacto negativo no processo de cicatrização colônica quando avaliado por formação de tecido de granulação, maturação de colágeno, densidade microvascular, proliferação celular e densidade de miofibroblastos. DESCRITORES: Nefrectomia. Uremia. Proteína C reativa. Cicatrização. Cólon. Colágeno. Neovascularização Fisiológica. Miofibroblastos. Ratos Wistar. / Abstract: Chronic kidney disease (CKD) affects more than 500 million people worldwide and in Brazil there are more than two million patients with some degree of renal dysfunction. In this context, the uremic toxins present in patients with CKD are related to worsening in tissue healing by delaying the inflammatory process, decreasing the tissular levels of fibroblasts and endothelial cell proliferation, decreasing the tissular levels of hydroxyproline and collagen, subcutaneous connective and granulation tissue. Our aims are evaluate in uremic rats, the intestinal healing granulation tissue formation, collagen maturation, microvascular and myofibroblasts density, cicatricial cell viability and quantify the serum levels of urea, creatinine and C-reactive protein (CRP). Twenty Wistar rats, aged 143 to 152 days, weighing 249,02 ± 13,80 grams were randomly separated into two groups. In the sham group rats were submitted to 5/6 nephrectomy simulation by left lumbar incision, left kidney exposure and manipulation (D0), right lumbar incision, right kidney exposure and manipulation (D7), median laparotomy, colotomy and colorraphy (D14). In the uremia group, rats were submitted to 5/6 nephrectomy by the resection of both left renal poles (D0), total nephrectomy of the right kidney (D7) and median laparotomy, colotomy and colorraphy (D14). The study was discontinued on the seventh day and blood samples were collected for serum urea, creatinine and CRP dosages and the incised and sutured colonic segments were resected. The resected samples were studied histologically by hematoxylin eosin stain for evaluation of granulation tissue. The intensity of the cicatricial inflammatory reaction, fibrinoleucocytic crust, angiofibroblastic proliferation and borders reepithelialization were considered. Through histochemical processing, microvascular density was evaluated by anti- CD34 monoclonal antibody marking, cell viability by cell proliferation nuclear antigen (PCNA) screening and myofibroblasts density with monoclonal anti-?-actin antibody. Computerized histometry was used for evaluations of collagens type I and III by the coloration of picrosirius. The ANOVA and Student T tests were used with p <0.05 for comparisons between the groups. The group submitted to nephrectomy 5/6, compared to the sham group, urea increase (p <0.0000) and higher ultra-sensitive C reactive protein (p=0,0142). Decrease of granulation tissue formation (border repithelialization - p=0,0196), angiofibroblast proliferation p=0.0379), mean collagen I (p=0,0009) and collagen III (p=0,016), microvascular density (p=0,0074), PCNA (p<0,0000) and myofibroblasts (p<0,0001). The experimental uremia induced by nephrectomy 5/6 model establishes negative impact in the wound healing at large intestine when evaluated by granulation tissue formation and collagen maturation, microvascular and myofibroblastic cell densities, and cell viability. KEYWORDS: Nephrectomy. Uremia. C-reactive protein. Wound Healing. Colon. Collagen. Neovascularization, Physiologic. Myofibroblasts. Rats, Wistar.
7

Viabilidade do fígado bioartificial utilizando hepatócitos humanos imunoprotegidos por macroencapsulação

Nicoluzzi, Joao Eduardo Leal January 2002 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Luiz Carlos de Almeida Rocha / Co-orientador: Prof. Dr. João Carlos Domingues Repka / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 04/04/2002 / Inclui referências : f.48-55 / Resumo: Introdução : O transplante de hepatócitos xenogênicos, encapsulados em membranas semi-permeáveis, pode ser utilizado no futuro em situações tais como em uma insuficiência hepática fulminante. Porém, em um estudo anterior foi observada uma perda precoce da expressão de genes hepatocitários específicos em hepatócitos humanos encapsulados. Objetivo : O objetivo portanto do presente trabalho é o de avaliar o papel da resposta imunológica ao transplante de hepatócitos encapsulados nesta perda da expressão genética. Método : Os hepatócitos humanos foram isolados a partir de fragmentos hepáticos, encapsulados em fibras e transplantados em ratos imunocompetentes. Nos dias 03, 07 e 14 após o transplante, as fibras foram coletadas. A morfologia e a expressão dos genes foram comparadas aos dos hepatócitos encapsulados e não transplantados do início do experimento (D-0). O mARN da albumina humana foi quantificado tanto por RT-PCT quanto por Northern blot. A resposta imunológica contra os hepatócitos foi avaliada através do ADN hepatocitário na busca de apoptose do núcleo celular e pelo aumento da expressão do CMH de classe I. Resultados : Os aspectos morfológicos dos hepatócitos, avaliados por microscopia óptica e eletrônica, mantiveram-se até o sétimo dia após o transplante. Não observou-se a presença de células envolvidas com a resposta imunológia do receptor no interior das fibras. Os transcritos da albumina foram detectados até dia 14. Entre os dias 03 e 07, os transcritos eram de 30% em relação ao dia 0. A análise do DNA hepatocitário mostrou bandas bem preservadas sem a presença de fenômenos de apoptose nos diferentes dias de avaliação. Não ocorreu aumento da expressão do CMH de classe I. Conclusões: Este trabalho permite demonstrar que os hepatócitos humanos encapsulados e transplantados em ratos permanecem viáveis apesar de uma diminuição da expressão de determinados genes. Este fenômeno porém, não se deve à uma resposta imunológica do receptor, mas sobretudo ao próprio processo de isolamento celular. A fase seguinte deverá provavelmente ser a análise do comportamento deste modelo numa situação de insuficiência hepática aguda fulminante. Palavras-chave : Transplante ; Hepatócito ; Fígado Artificial ; Biomateriais. / Abstract: Background: Xenogeneic hepatocytes encapsulated in semipermeable membranes could be used in the future for the treatment of acute liver failure. However, in a previous study encapsulated human hepatocytes presented an early decrease of hepatocyte specific gene expression. Aims: The purpose of this study is to investigate the immunological consequences of intraperitoneal implantation of encapsulated xenogeneic hepatocytes on gene expression. Method: Freshly isolated human hepatocytes were encapsulated in hollow fibers and transplanted in the peritoneal cavity of immunocompetent rats. The fibers were explanted for analysis at D3, D7 and D14 following transplantation. Morphological features under light and electron microscopy and gene expression were compared to those of nontransplanted encapsulated hepatocytes (DO). Human albumin mRNAs were quantified by RT-PCR and Northern blot. Immunological activity against human hepatocytes was assessed by the analysis of hepatocytes DNA searching for nucleolar apoptosis and also by the rise on MHC class I expression. Results: Transplanted hepatocytes were more than 60% viable and exhibited morphological criteria of hepatocytic differentiation up to D7. At no time cells involved with the immunological response were observed inside the fibers. Albumin transcripts were also detected up to D14. At D3 and D7, albumin mRNA levels were of 30 %, compared to control DO hepatocytes. The DNA analysis shown well preserved bands with no apoptosis at any time of evaluation. There was no rise on MHC class I expression. Conclusions: Human hepatocytes remain viable following encapsulation and intraperitoneal transplantation in rat. Although there is a decrease in gene expression this is not due to a host response against those cells. It seems that this effect is rather related to the process of hepatocyte isolation itself. The next step will be testing this system in a real condition of acute hepatic failure. Key words: Transplantation ; Hepatocyte ; Artificial liver ; Biomaterials.
8

Uso de baixa dose de cetamina (+) no pós-operatório de artrodese lombar

Jorge, Rômulo Moura January 2017 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Sergio Bernardo Tenório / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 07/07/2017 / Inclui referências / Área de concentração : Clinica cirurgia / Resumo: Introdução: A utilização de cetamina e de seus isômeros em baixas doses apresenta perspectivas promissoras em anestesia e na analgesia pós-operatória. Objetivo: Avaliar o efeito analgésico, poupador de opioide e a ocorrência de efeitos colaterais do uso de baixas doses de cetamina S (+) no pós-operatório de artrodese coluna lombar. Materiais e Métodos: Houve dois grupos de estudo - o grupo 1 recebeu analgesia regular para pós-operatório de artrodese lombar e o grupo 2 recebeu a mesma medicação acrescida da infusão de cetamina S (+), 0,5 mg/kg/min, nas primeiras 48 horas. Resultados: Cinquenta e um (51) pacientes completaram o estudo (26 no grupo 1 e 25 no grupo no 2). Não houve diferença em relação à ocorrência de efeitos colaterais. A quantidade média de morfina utilizada foi 26.8 no grupo 1 e 25.9 no grupo 2 (P>0.05). O valor médio da Escala Visual Analógica (EVA) foi de 4.1 no grupo 1 e 3.2 no grupo 2. Conclusão: O uso de baixas doses de cetamina S (+) no pós-operatório de artrodese de coluna lombar promove melhora da analgesia sem aumentar a incidência de efeitos adversos. Palavras-Chave: Baixa dose Cetamina S(+). Artrodese lombar. Analgesia Pós- Operatória / Abstract: Introduction: Low doses of ketamine or isomers are promising possibilities for anesthesia and postoperative analgesia. Objectives: The aim of this study is to demonstrate the analgesic efficacy, opioid-sparing effect and occurrence of side effect of low dose ketamine (+) in patients undergoing lumbar arthrodesis. Material and Method: There was two groups, group 1 received regular analgesia, group 2 received regular analgesia plus IV ketamine S(+) infusion (0,5mg/kg/min) in the first 48 hours postoperatively. Results: Fifty-one patients completed the study (25 ketamine group, 26 control group). No difference in side effects was noted between the groups. Patients in ketamine group received at median 25.9 mg IV morphine versus 26.8 in control group (P > 0.05). Pain report in Visual Analogue Scale was 3.2 in ketamine group and 4.1 in control group (P < 00.5). Conclusion: The addition of IV low dose ketamine S(+) infusion regimen improve postoperative analgesia without increase of side effects. Keywords: Low dose Ketamine (+). Lumbar Arthrodesis. Postoperative Analgesia.
9

Estudo do bloqueio pleural bilateral em analgesia pós-operatória de cirurgias abdominais de urgência por via mediana

Geier, Karl Otto January 2000 (has links)
Com o objetivo de determinar uma alternativa aos opióides, avaliou-se a analgesia pós-operatória (APO) em laparotomias de urgência com incisão mediana, pela anestesia regional (AR). Seu representante foi o bloqueio pleural bilateral (BPB) com a bupivacaína® (bp), um anestésico local (AL) de ação prolongada. Durante o estudo, realizado em 25 pacientes da enfermaria cirúrgica, 4 destes foram excluídos por intercorrências durante a avaliação. Os restantes 21 pacientes foram efetivamente estudados com 79 BPBs num período de pouco mais de 48 horas, durante o pós-operatório imediato (POI). Os sete primeiros pacientes foram estudados exclusivamente com a bp, através de 24 BPBs. Quanto aos restantes 14 pacientes, a analgesia de 38 BPBs com a bp foi comparada com 17 BPBs com soro fisiológico (SF), mediante teste duplo cego, com o propósito de realçar, ou não, o efeito do AL.Sabe-se, por outro lado, que incisões torácicas e abdominais altas manifestam-se bastante dolorosas durante a respiração. Tendo em vista essa realidade, a analgesia do BP também foi testada, indiretamente, através das alterações das funções pulmonares (FP) antes e depois da administração da bp, com o Enhance VMI®, um miniexpirômetro da Clement Clarke International Ltd, Edinburg. A analgesia obtida conferiu valores mais elevados das funções pulmonares, em relação àqueles aferidos antes do bloqueio, notadamente com o Volume Expiratório Forçado de um segundo (VEF1) e com a Capacidade Vital Forçada (CVF) pelo teste pareado de Wilcoxon (p<0,05). A análise estatística revelou que todos os 62 BPBs com a bp determinaram boa analgesia pelo teste exato de Fischer (p<0,001), enquanto que dos 17 BPBs com o SF, apenas cinco resultaram em pouca analgesia. O BPB com a bp mostrou ser um método proporcionador de APO em laparotomias de urgência por via mediana. / With the objective of determining an alternative to the opioids, we study the postoperative analgesia (POA) in urgency laparotomies made by median incision, with regional anesthesia (RA). His representative one was the bilateral pleural blockade (BPB) with bupivacaine® (bp), a long action local anesthetic (LA). During the study accomplished in 25 patient, 4 of these were excluded during the evaluation. The remaining 21 patients were studied with 79 BPBs in a period of little more than 48 hours during the immediate postoperative (IPO) period. The first seven patiens were studied exclusively with the bp through 24 BPBs. The remaining 14 patients, analgesia of 38 BPBs with bp was compared with 17 BPBs with saline solution (SS) by double blind test, with the purpose of enhancing or not, the effect of the LA. On the other hand, it is known, that thoracic and high abdominal incisions are very painful during the breathing. Tends in view this reality, analgesia of BPB was also tested, indirectly, through alterations of the lung functions (FP) before and after the administration of bp with the aid of the Enhance VMl a Mini-Spirometer, a product of Clement Clarke lnternational ltd (Edinburgh). The obtained analgesia checked higher values of the lung functions in relation to those confronted before the blockade, especially with the Forced Expired Volume in 1 second (FEV1) and with the Forced Vital Capacity (FVC) analyzed by the Wilcoxon paired test (p<0,05). Statistical analysis revealed that, all the 62 BPBs with bp resulted in good analgesia by the Fisher’s exact test (p<0,001) while the 17 BPBs with SF, only five resulted in little analgesia. The BPB with bp showed to be a method that provide POA in urgency laparotomies made by median incision.
10

Estudo do bloqueio pleural bilateral em analgesia pós-operatória de cirurgias abdominais de urgência por via mediana

Geier, Karl Otto January 2000 (has links)
Com o objetivo de determinar uma alternativa aos opióides, avaliou-se a analgesia pós-operatória (APO) em laparotomias de urgência com incisão mediana, pela anestesia regional (AR). Seu representante foi o bloqueio pleural bilateral (BPB) com a bupivacaína® (bp), um anestésico local (AL) de ação prolongada. Durante o estudo, realizado em 25 pacientes da enfermaria cirúrgica, 4 destes foram excluídos por intercorrências durante a avaliação. Os restantes 21 pacientes foram efetivamente estudados com 79 BPBs num período de pouco mais de 48 horas, durante o pós-operatório imediato (POI). Os sete primeiros pacientes foram estudados exclusivamente com a bp, através de 24 BPBs. Quanto aos restantes 14 pacientes, a analgesia de 38 BPBs com a bp foi comparada com 17 BPBs com soro fisiológico (SF), mediante teste duplo cego, com o propósito de realçar, ou não, o efeito do AL.Sabe-se, por outro lado, que incisões torácicas e abdominais altas manifestam-se bastante dolorosas durante a respiração. Tendo em vista essa realidade, a analgesia do BP também foi testada, indiretamente, através das alterações das funções pulmonares (FP) antes e depois da administração da bp, com o Enhance VMI®, um miniexpirômetro da Clement Clarke International Ltd, Edinburg. A analgesia obtida conferiu valores mais elevados das funções pulmonares, em relação àqueles aferidos antes do bloqueio, notadamente com o Volume Expiratório Forçado de um segundo (VEF1) e com a Capacidade Vital Forçada (CVF) pelo teste pareado de Wilcoxon (p<0,05). A análise estatística revelou que todos os 62 BPBs com a bp determinaram boa analgesia pelo teste exato de Fischer (p<0,001), enquanto que dos 17 BPBs com o SF, apenas cinco resultaram em pouca analgesia. O BPB com a bp mostrou ser um método proporcionador de APO em laparotomias de urgência por via mediana. / With the objective of determining an alternative to the opioids, we study the postoperative analgesia (POA) in urgency laparotomies made by median incision, with regional anesthesia (RA). His representative one was the bilateral pleural blockade (BPB) with bupivacaine® (bp), a long action local anesthetic (LA). During the study accomplished in 25 patient, 4 of these were excluded during the evaluation. The remaining 21 patients were studied with 79 BPBs in a period of little more than 48 hours during the immediate postoperative (IPO) period. The first seven patiens were studied exclusively with the bp through 24 BPBs. The remaining 14 patients, analgesia of 38 BPBs with bp was compared with 17 BPBs with saline solution (SS) by double blind test, with the purpose of enhancing or not, the effect of the LA. On the other hand, it is known, that thoracic and high abdominal incisions are very painful during the breathing. Tends in view this reality, analgesia of BPB was also tested, indirectly, through alterations of the lung functions (FP) before and after the administration of bp with the aid of the Enhance VMl a Mini-Spirometer, a product of Clement Clarke lnternational ltd (Edinburgh). The obtained analgesia checked higher values of the lung functions in relation to those confronted before the blockade, especially with the Forced Expired Volume in 1 second (FEV1) and with the Forced Vital Capacity (FVC) analyzed by the Wilcoxon paired test (p<0,05). Statistical analysis revealed that, all the 62 BPBs with bp resulted in good analgesia by the Fisher’s exact test (p<0,001) while the 17 BPBs with SF, only five resulted in little analgesia. The BPB with bp showed to be a method that provide POA in urgency laparotomies made by median incision.

Page generated in 0.0298 seconds