• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 497
  • 4
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 507
  • 191
  • 60
  • 59
  • 53
  • 50
  • 49
  • 47
  • 47
  • 44
  • 41
  • 38
  • 34
  • 31
  • 31
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeitos do hormônio de crescimento sobre o metabolismo energético e estresse oxidativo no miocárdio de ratos portadores de insuficiência cardíaca secundária à estenose aórtica /

Seiva, Fábio Rodrigues Ferreira. January 2008 (has links)
Orientador: Ethel Lourenzi Barbosa Novelli / Banca: Maria Tereza Nunes / Banca: Célia Regina Nogueira / Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do hormônio de crescimento (GH) sobre o estresse oxidativo, metabolismo energético e sobre a fibrose miocárdica em ratos submetidos experimentalmente a insuficiência cardíaca. Foram utilizados 24 ratos Wistar machos, divididos em quatro grupos: controle recebendo salina (C-P) e controle recebendo GH (C-GH), estenose aórtica mais salina (EA-P) e estenose aórtica recebendo GH (EA-GH). A dose de GH utilizada foi de 1 mg/kg durante 14 dias. Os animais tratados com GH tiveram aumentados os níveis de IGF-I. Os dois grupos com EA tiveram a relação Peso do Coração/Peso Corporal maior quando comparados com os respectivos controles. O índice de fibrose miocárdica foi maior no grupo EA-P comparado aos grupos C e diminuiu no grupo EA tratado com o GH. Ambos os grupos tratados com GH tiveram elevada atividade da enzima lactato desidrogenase. O grupo EA-GH apresentou elevação da enzima marcadora do metabolismo de ácidos graxos (OHADH); já a enzima citrato sintase foi significantemente maior no grupo C-GH em relação aos grupos C-P e EA-GH. Os níveis de hidroperóxido de lipídio diminuíram nos animais do grupo EA-GH. Não houve alteração da enzima catalase nos quatro grupos estudados. A atividade da superóxido dismutase esteve maior nos grupos com EA. A principal via alterada pelo GH foi o sistema das glutationas. O GH aumentou a atividade da GSH-Px no grupo com EA. O grupo EA-P teve aumentada a relação GSH-GSSG, indicando um aumento do estresse oxidativo neste grupo. Conclui-se que o GH alterou as vias metabólicas do coração aumentando a oxidação de ácidos graxos e elevando o metabolismo anaeróbico. O GH também causou efeitos benéficos em relação ao estresse oxidativo, aumentando as defesas antioxidantes do coração, evitando os danos provocados pelos radicais livres. / Abstract: Not available. / Mestre
2

Efeitos do hormônio de crescimento sobre o metabolismo energético e estresse oxidativo no miocárdio de ratos portadores de insuficiência cardíaca secundária à estenose aórtica

Seiva, Fábio Rodrigues Ferreira [UNESP] 12 February 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:32Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-02-12Bitstream added on 2014-06-13T19:29:40Z : No. of bitstreams: 1 seiva_frf_me_botfm.pdf: 670644 bytes, checksum: ccc77171cfda2b164b3a96480997f362 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do hormônio de crescimento (GH) sobre o estresse oxidativo, metabolismo energético e sobre a fibrose miocárdica em ratos submetidos experimentalmente a insuficiência cardíaca. Foram utilizados 24 ratos Wistar machos, divididos em quatro grupos: controle recebendo salina (C-P) e controle recebendo GH (C-GH), estenose aórtica mais salina (EA-P) e estenose aórtica recebendo GH (EA-GH). A dose de GH utilizada foi de 1 mg/kg durante 14 dias. Os animais tratados com GH tiveram aumentados os níveis de IGF-I. Os dois grupos com EA tiveram a relação Peso do Coração/Peso Corporal maior quando comparados com os respectivos controles. O índice de fibrose miocárdica foi maior no grupo EA-P comparado aos grupos C e diminuiu no grupo EA tratado com o GH. Ambos os grupos tratados com GH tiveram elevada atividade da enzima lactato desidrogenase. O grupo EA-GH apresentou elevação da enzima marcadora do metabolismo de ácidos graxos (OHADH); já a enzima citrato sintase foi significantemente maior no grupo C-GH em relação aos grupos C-P e EA-GH. Os níveis de hidroperóxido de lipídio diminuíram nos animais do grupo EA-GH. Não houve alteração da enzima catalase nos quatro grupos estudados. A atividade da superóxido dismutase esteve maior nos grupos com EA. A principal via alterada pelo GH foi o sistema das glutationas. O GH aumentou a atividade da GSH-Px no grupo com EA. O grupo EA-P teve aumentada a relação GSH-GSSG, indicando um aumento do estresse oxidativo neste grupo. Conclui-se que o GH alterou as vias metabólicas do coração aumentando a oxidação de ácidos graxos e elevando o metabolismo anaeróbico. O GH também causou efeitos benéficos em relação ao estresse oxidativo, aumentando as defesas antioxidantes do coração, evitando os danos provocados pelos radicais livres. / Not available.
3

Contribuição para o estudo da fisiopatologia das alterações digestivas da polineuropatia amiloidotica famulval tipo Corino de Andrade

Magalhães, Antonio Frederico Novaes de, 1939- 14 July 2018 (has links)
Orientador : Silvio dos Santos Carvalhal / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-14T22:00:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Magalhaes_AntonioFredericoNovaesde_D.pdf: 4925347 bytes, checksum: 27186c6e3c76fa71e12f57c3bd6dd5a9 (MD5) Previous issue date: 1970 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Doutorado / Doutor em Ciências
4

Estudo da associação do alelo E4 da apolipoproteína E (APOE) com o comprometimento cognitivo e com as dimensões da cognição em idososvivendo em comunidade: projeto Bambuí

Santos, Sandra Regina Quintino dos January 2014 (has links)
Submitted by Nuzia Santos (nuzia@cpqrr.fiocruz.br) on 2015-04-17T16:15:48Z No. of bitstreams: 1 Tese_SandraReginaQuintinodosSantos.pdf: 2208170 bytes, checksum: c51580d8dc858f9ea2c52068be2ab0f8 (MD5) / Approved for entry into archive by Nuzia Santos (nuzia@cpqrr.fiocruz.br) on 2015-04-17T16:15:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese_SandraReginaQuintinodosSantos.pdf: 2208170 bytes, checksum: c51580d8dc858f9ea2c52068be2ab0f8 (MD5) / Approved for entry into archive by Nuzia Santos (nuzia@cpqrr.fiocruz.br) on 2015-04-17T16:16:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese_SandraReginaQuintinodosSantos.pdf: 2208170 bytes, checksum: c51580d8dc858f9ea2c52068be2ab0f8 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-17T16:16:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese_SandraReginaQuintinodosSantos.pdf: 2208170 bytes, checksum: c51580d8dc858f9ea2c52068be2ab0f8 (MD5) Previous issue date: 2014 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil / A função cognitiva em idosos saudáveis é motivo de preocupação já que se observa um envelhecimento da população mundial. Fatores genéticos como o gene APOE podem predispor a um pior desempenho cognitivo em testes neuropsicológicos tanto na função cognitiva global como em domínios específicos da cognição. No Brasil, raros são os estudos epidemiológicos envolvendo indivíduos idosos saudáveis vivendo em comunidade, que avaliam os fatores que afetam o processo cognitivo durante o envelhecimento. Os objetivos deste estudo foram avaliar a associação do gene APOE e o comprometimento cognitivo em idosos participantes da linha de base da coorte de Bambuí e também determinar se a associação acontece de forma similar com todos os domínios da cognição mensurados pelo Mini Exame do Estado Mental. Participantes da linha de base do Projeto Bambuí que tiveram amostra de sangue colhida para genotipagem e a função cognitiva mensurada pelo MEEM (n=1408) foram incluídos no estudo. Uma versão do MEEM adaptada à população brasileira foi utilizada, tendo um ponto de corte de 22 pontos (total de 30). As seguintes variáveis foram também consideradas nesse estudo: idade na linha de base, sexo, estado civil, escolaridade, cor da pele, colesterol HDL, triglicérides, pressão sanguínea e sintomas depressivos avaliados pelo General Health Questionnaire-12 (GHQ-12). Os odds ratio (OR) para a associação foram obtidos através de regressão logística não ajustada e ajustada em cinco modelos. Coeficientes _ não ajustados e ajustados foram estimados por regressão linear para a estimativa da relação entre o alelo APOE E4 e as dimensões do MEEM obtidas pela análise da principal componente (PCA). A homozigose para o alelo E4 foi significativamente associada ao menor escore do MEEM, e a associação foi mantida após o ajustamento pela idade, sexo, escolaridade, estado civil, cor da pele e outros possíveis fatores de confusão (HDL, triglicérides, pressão sistólica e escore do GHQ (OR = 2,98; IC 95% 1,15 – 7,71). O escore do fator da dimensão memória foi significativamente menor para os portadores do alelo APOE E4 enquanto que o escore do fator da dimensão concentração foi significativamente menor para os não portadores do alelo. A dimensão memória está inversamente associada com os heterozigotos para o alelo APOE E4 (_: -0,15; IC95%: -0,27 a -0,03). Os resultados mostraram haver uma associação somente entre indivíduos homozigotos para o alelo E4 do gene APOE e um comprometimento cognitivo medido pelo MEEM. Não portadores do alelo e heterozigotos obtiveram o mesmo odds ratio, não havendo associação com o comprometimento cognitivo nestes indivíduos. Na avaliação das dimensões do MEEM a única associação encontrada foi entre os indivíduos heterozigotos para o alelo E4 e o domínio memória. Apesar de não ter sido encontrada associação nos indivíduos homozigotos, houve uma relação de dose resposta em relação ao domínio memória. Através da utilização de um único teste neuropsicológico (MEEM), foi possível identificar indivíduos com um comprometimento cognitivo associado ao alelo APOE E4 e verificar que dentre as dimensões cognitivas avaliadas no teste houve um efeito diferencial, marcadamente no domínio memória em associação com a presença do alelo. / Cognitive function of healthy elders has been a global concern since the beginning of demographic transition. It is well known that some genes, like the APOE gene can influence the cognitive performance in neuropsychological tests, either on global cognition performance or on specific domains of cognition. There are few epidemiological studies in Brazil searching for factors that could affect cognition during the aging process and which also work with community-dwelling older. Our first objective was to evaluate a possible association between the APOE genotype and cognitive impairment in the baseline participants of the Bambuí Study. Our second objective was to analyze if the APOE alleles differentially affect specific domains of cognition measured by the Mini Mental State Exam (MMSE). All of the participants at baseline (n = 1,408) who had either a cognitive status measured by MMSE and blood collected for APOE genotyping were selected for the study. The study questionnaire includes a standard Brazilian version of the MMSE with a cutoff point at 22 (out of 30). The following variables were also considered in this study: baseline age, gender, marital status, educational level, skin color, HDL cholesterol, triglycerides, systolic blood pressure (SBP) and depressive symptoms as assessed by General Health Questionnaire-12 (GHQ). The unadjusted and adjusted odds ratios (ORs) were estimated by using logistic regression to assess the relationship between the APOE genotype and cognitive impairment. The analysis was based on five models. Unadjusted and adjusted _ coefficients were estimated by linear regression to assess the relation between APOE E4 carriers and dimensions underlying the MMSE obtained using a Principal Component Analysis (PCA). APOE E4 homozygosity was significantly associated with a lower MMSE score, and this association remained after incrementally adjusting for age, gender, education, marital status, skin color, and for all other potential confounding variables (HDL, SBP, triglycerides and GHQ score) (OR = 2.98; 95% CI 1.15-7.71). Memory dimension was inversely associated with APOE E4 heterozygotes (_: -0.15; 95%CI: -0.27 to - 0.03). Other dimensions were not associated with either APOE E4 homozygotes or heterozygotes. The APOE E4 allele is solely associated with cognitive impairment in homozygotes, there is no association with heterozygotes and non-carriers in the study population. The domains underlying the MMSE were differentially affected being the memory domain the only one associated with the presence of the allele. By the use of one neuropsychological test (MMSE) it was possible to identify those subjects with cognitive impairment associated with the APOE gene and also identify which cognitive domain (memory) is affected by the presence of the APOE E4 allele.
5

Comportamento dos níveis plasmáticos do Peptídeo Natriurético tipo-B em idosos com função sistólica do ventrículo esquerdo preservada /

Valle, Adriana Polachini Do. January 2009 (has links)
Orientador: Beatriz Bojikian Matsubara / Banca: Dirceu Rodrigues de Almeida / Banca: Luis Cuadrado Martin / Resumo: A contribuição do peptídeo natriurético tipo B (BNP) para a definição da etiologia cardíaca nos casos de dispnéia aguda têm sido amplamente validada, porém, quando a função sistólica está preservada, especialmente em idosos, o papel do peptídeo ainda não está bem estabelecido. Verificar o comportamento dos valores de BNP em idosos com função sistólica preservada. Também foi proposto associar os valores de BNP a variáveis clínicas e Doppler- ecocardiográficas e avaliar desfechos clínicos após 12 meses de seguimento. A casuística de 76 indivíduos com 60 anos ou mais foi submetida a avaliação clínica, ecocardiográfica e dosagem do BNP. As associações entre o BNP e as variáveis clínicas e ecocardiográficas foram verificadas pelo Teste do x2, Coeficiente de Correlação de Pearson e Modelo logístico com resposta multinomial e logits acumulados. Em todos os casos foi adotado o nível de significância p<0,05. Os valores do BNP em idosos com função sistólica preservada apresentaram distribuição ampla e não normal, com mediana(percentil 25 e 75) de 74,32 pg/mL (39,2 - 157,7). Usando os valores transformados por função logarítmica, houve significante correlação entre os níveis do peptídeo e a idade (Pearson=0,280; p=O,O1). Os níveis de BNP correlacionaram-se com a massa miocárdica (Pearson=0,287; p=0,013) e a pós-carga (Pearson=0,321; p=0,005). A regressão logística univariada mostrou que a elevação do BNP aumentou o risco de disfunção diastólica (OR: 2,78; IC95%:1,36- 5,68, p=0,004). De acordo com o modelo logístico multinomial com logits acumulados de chances proporcionais a presença de disfunção renal aumentou a chance de encontrar-se BNP elevado (OR: 2,62; IC95%: 1,002 - 6,893). Neste mesmo modelo, vericou-se que a presença de aumento de volume do átrio esquerdo quase triplicou a chance de BNP elevado (OR: 2,917; IC95%: 1,067 - 7,973)... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The contribution from B-type natriuretic peptide (BNP) for defining cardiac etiology in cases of acute dyspnea has been amply validated, however when systolic function is preserved, especially in the elderly, the role of this peptide has still not been established. To verify the behaviour of BNP values in elderly individuals with preserved systolic function; also to associate BNP values with clinical variables and Doppler echocardiographs, and evaluate clinical outcomes after 12 months follow-up. Seventy-six individuals of 60 years or over were submitted to clinical evaluation, echocardiograph, and BNP levels. Associations between BNP and clinical variables and echocardiographs were verified by the x2 test, Pearson coefficient of correlation, and logistic model with multinomial response and accumulated logits. In all cases significance level was p<0.05. BNP values in elderly individuals with preserved systolic function presented wide non-normal distribution with median (25th, 75th percentiles) of 74,34 pg(ml (39,2 - 157,7). Using log function of the values, there was a significant correlation between peptide levels and age (Pearson coeficient=0.280; p=O.OI). BNP levels correlated with myocardial mass (Pearson=0.287; p=0.013) and afterload (Pearson=0.321; p=0.005). Univariate logistic regression showed that elevated BNP increased the risk of diastolic dysfunction (OR: 2.78; IC95%:1.36-5.68; p=0.004). According to the multinomial logistic model with accumulated logits of proportional chances, the presence of renal dysfunction increased the chance of finding high BNP (OR: 2,62; IC95%:1,002 - 6,863). In the same model, increased left atrium volume almost tripled the chance of elevated BNP (OR: 2,91; IC95%:1,067 - 7,9730). There were no relevant clinical outcomes after 12 months follow-up, independent of BNP values. BNP levels in the elderly with preserved systolic function... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
6

Estado inflamatório sistêmico e gravidade da doença pulmonar obstrutiva crônica /

Minamoto, Suzana Erico Tanni. January 2008 (has links)
Orientador: Irma de Godoy / Banca: Sérgio Alberto Rupp Paiva / Banca: Álvaro Oscar Campana / Banca: Alberto Cukier / Banca: Élcio dos Santos Oliveira Vianna / Resumo: Dados da literatura mostram que os tabagistas e pacientes com DPOC apresentam evidências de inflamação das vias aéreas e sitêmica. Entretanto, a associação do processo inflamatório sistêmico com o tabagismo ativo e com a gravidade da doença em pacientes com DPOC ainda não está esclarecida. Casuística e Métodos: Foram avaliados 77 pacientes com DPOC leve a muito grave, idade=63,7±9,2 anos e VEF1=57,2±21.1-,1.I-%Fo.ram também incluídos trinta e quatro indivíduos controles sadios (idade= 1.I-9,1±8,3anos, VEF1=111,2±15,2%) e vinte e quatro tabagistas sem DPOC (idade=1.I-8,6±6,6anos, VEF1=l05,1.I-±16,2%). Todos os sujeitos da pesquisa realizaram espirometria pré e pósbroncodilatador, oximetria de pulso, avaliação nutricional, teste de caminhada de seis minutos (TC-6) e coletado sangue para dosagem do seguinte mediadores inflamatórios: TNF-a, IL-6, IL-8, IL-IO e PCR . Além disso, nos pacientes com DPOC foram aplicados questionários de qualidade de vida, dispnéia e índice BODE. Resultados: Os pacientes com DPOC apresentaram níveis de TNF-a, IL-6 e PCR maiores quando comparados aos controles, além disso, a PCR foi maior nos pacientes com DPOC em comparação aos tabagistas. Os tabagistas apresentaram níveis de TNF-a maior em comparação aos indivíduos controles e os pacientes com DPOC tabagistas apresentaram níveis de TNF-a maior quando comparados aos DPOC ex-tabagistas. Não houve diferença nos valores de inflamação sistêmica entre os pacientes com diferentes gravidades de DPOC. O estudo de regressão múltipla mostrou que a IL-6 está associada com a DP6 e a interação da IL-6 e VEF1 foi identificada como preditora da DP6, mostrando que a variação da IL-6 consegue detectar melhor a diferença entre as médias da DP6 nos pacientes mais graves. Conclusões: Em conclusão, ...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Smokers and patients with COPO present evidences of localized and systemic inflammation. However, the relationship between systemic inflammation, smoking and severity of disease are not established in the literature. Subjects and methods: Seventy seven stable COPO patients (mild to very severe), mean age:63.7±9.2 years and FEV1:57.2±24.4% were evaluated. Thirthy-four healthy controls (mean age:49.1±S.3 years and FEV1:ll1.2±15..2%) and 24 smokers without COPO (mean age:4S.6±6.6 years and FEV1:I05.4±16.2%) were also :" -. included in the study. Ali subjects were assessed by spirometry, pulse oximetry, body composition, six minute walk test (6M'vVT) and blood sample was collected for inflammatory mediators measurements [tumor necrosis factor alfa(TNF-a.), interleukin (IL)-6, IL-S, IL-IO and C-reactive protein (CRP)]. Health-related quality of life and dyspnea perception were assessed and the multidimensional index BOOE (body mass index, obstruction, dyspneia and exercise) was calculated Jn patients with COPO. Results: Serum levels of TNF-a. and IL-6 were elevated Jn COPO when compared to healthy controls; in addition, serum CRP was significantly higher in patients with COPO when compared to controls and smokers without COPO. Serum TNF-a. were significantly higher in smokers, with and without COPO, when compared to healthy controls and in current smokers COPO patients when compared to ex-smokers COPO patients. Significant association between COPO severity and systemic inflammatory markers was not shown. Multiple regression analysis showed association of IL-6 and 6MWO and the interaction between IL-6 and FEV1 was a predictor of the 6MWO performance. Conclusions: Smokers and COPO, independently of the disease severity, presented systemic inflammation. Active smoking seems to be associated with elevated values of serum TNF-a. and increased serum CRP may... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
7

Malária causada pelo plasmodium falciparum e avaliação indireta da atividade da glutationa redutase e da deficiência de riboflavina, por meio da redução da metahemoglobina pela cistamina: estudo em hemáceas de indivíduos doentes, em normais tratados ou não pela riboflavina e em deficientes em glicose-6-fosfato desidrogenase

Barraviera, Benedito [UNESP] January 1986 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:32:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1986Bitstream added on 2014-06-13T20:42:59Z : No. of bitstreams: 1 barraviera_b_dr_botfm.pdf: 3578174 bytes, checksum: 1a21940039bc694d01cadb7e41e07ecf (MD5) / Com o objetivo de contribuir para o esclarecimento de alguns pontos obscuros nas relações existentes entre a atividade da via das pentoses e a redução das metahemoglobina pela cistamina, em indivíduos normais e doentes com malária, causada pelo Plasmodium falciparum, bem como a relação entre a atividade da glutationa redutase e o efeito do tratamento pela riboflavina, foi proposto novo método de pesquisa pouco dispendioso, simples e que permitisse aplicação em estudo de campo. Com o método padronizado, foram estudados indivíduos normais de Botucatu, Amazônia e Anhembi e doentes com malária causada pelo Plasmodium falciparum, atendidos em Humaitá... / Click electronic access below.
8

Estado inflamatório sistêmico e gravidade da doença pulmonar obstrutiva crônica

Minamoto, Suzana Erico Tanni [UNESP] 24 April 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:10Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-04-24Bitstream added on 2014-06-13T21:02:20Z : No. of bitstreams: 1 minamoto_set_dr_botfm.pdf: 704316 bytes, checksum: def76e1d627e37ecf6aaea3c120b6f31 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Dados da literatura mostram que os tabagistas e pacientes com DPOC apresentam evidências de inflamação das vias aéreas e sitêmica. Entretanto, a associação do processo inflamatório sistêmico com o tabagismo ativo e com a gravidade da doença em pacientes com DPOC ainda não está esclarecida. Casuística e Métodos: Foram avaliados 77 pacientes com DPOC leve a muito grave, idade=63,7±9,2 anos e VEF1=57,2±21.1-,1.I-%Fo.ram também incluídos trinta e quatro indivíduos controles sadios (idade= 1.I-9,1±8,3anos, VEF1=111,2±15,2%) e vinte e quatro tabagistas sem DPOC (idade=1.I-8,6±6,6anos, VEF1=l05,1.I-±16,2%). Todos os sujeitos da pesquisa realizaram espirometria pré e pósbroncodilatador, oximetria de pulso, avaliação nutricional, teste de caminhada de seis minutos (TC-6) e coletado sangue para dosagem do seguinte mediadores inflamatórios: TNF-a, IL-6, IL-8, IL-IO e PCR . Além disso, nos pacientes com DPOC foram aplicados questionários de qualidade de vida, dispnéia e índice BODE. Resultados: Os pacientes com DPOC apresentaram níveis de TNF-a, IL-6 e PCR maiores quando comparados aos controles, além disso, a PCR foi maior nos pacientes com DPOC em comparação aos tabagistas. Os tabagistas apresentaram níveis de TNF-a maior em comparação aos indivíduos controles e os pacientes com DPOC tabagistas apresentaram níveis de TNF-a maior quando comparados aos DPOC ex-tabagistas. Não houve diferença nos valores de inflamação sistêmica entre os pacientes com diferentes gravidades de DPOC. O estudo de regressão múltipla mostrou que a IL-6 está associada com a DP6 e a interação da IL-6 e VEF1 foi identificada como preditora da DP6, mostrando que a variação da IL-6 consegue detectar melhor a diferença entre as médias da DP6 nos pacientes mais graves. Conclusões: Em conclusão,... / Smokers and patients with COPO present evidences of localized and systemic inflammation. However, the relationship between systemic inflammation, smoking and severity of disease are not established in the literature. Subjects and methods: Seventy seven stable COPO patients (mild to very severe), mean age:63.7±9.2 years and FEV1:57.2±24.4% were evaluated. Thirthy-four healthy controls (mean age:49.1±S.3 years and FEV1:ll1.2±15..2%) and 24 smokers without COPO (mean age:4S.6±6.6 years and FEV1:I05.4±16.2%) were also : -. included in the study. Ali subjects were assessed by spirometry, pulse oximetry, body composition, six minute walk test (6M'vVT) and blood sample was collected for inflammatory mediators measurements [tumor necrosis factor alfa(TNF-a.), interleukin (IL)-6, IL-S, IL-IO and C-reactive protein (CRP)]. Health-related quality of life and dyspnea perception were assessed and the multidimensional index BOOE (body mass index, obstruction, dyspneia and exercise) was calculated Jn patients with COPO. Results: Serum levels of TNF-a. and IL-6 were elevated Jn COPO when compared to healthy controls; in addition, serum CRP was significantly higher in patients with COPO when compared to controls and smokers without COPO. Serum TNF-a. were significantly higher in smokers, with and without COPO, when compared to healthy controls and in current smokers COPO patients when compared to ex-smokers COPO patients. Significant association between COPO severity and systemic inflammatory markers was not shown. Multiple regression analysis showed association of IL-6 and 6MWO and the interaction between IL-6 and FEV1 was a predictor of the 6MWO performance. Conclusions: Smokers and COPO, independently of the disease severity, presented systemic inflammation. Active smoking seems to be associated with elevated values of serum TNF-a. and increased serum CRP may... (Complete abstract click electronic access below)
9

Comportamento dos níveis plasmáticos do Peptídeo Natriurético tipo-B em idosos com função sistólica do ventrículo esquerdo preservada

Valle, Adriana Polachini do [UNESP] 29 May 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:25:36Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-05-29Bitstream added on 2014-06-13T20:33:21Z : No. of bitstreams: 1 valle_ap_dr_botfm.pdf: 546083 bytes, checksum: 1ba8953f70d670db9c5298be76c91e8c (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A contribuição do peptídeo natriurético tipo B (BNP) para a definição da etiologia cardíaca nos casos de dispnéia aguda têm sido amplamente validada, porém, quando a função sistólica está preservada, especialmente em idosos, o papel do peptídeo ainda não está bem estabelecido. Verificar o comportamento dos valores de BNP em idosos com função sistólica preservada. Também foi proposto associar os valores de BNP a variáveis clínicas e Doppler- ecocardiográficas e avaliar desfechos clínicos após 12 meses de seguimento. A casuística de 76 indivíduos com 60 anos ou mais foi submetida a avaliação clínica, ecocardiográfica e dosagem do BNP. As associações entre o BNP e as variáveis clínicas e ecocardiográficas foram verificadas pelo Teste do x2, Coeficiente de Correlação de Pearson e Modelo logístico com resposta multinomial e logits acumulados. Em todos os casos foi adotado o nível de significância p<0,05. Os valores do BNP em idosos com função sistólica preservada apresentaram distribuição ampla e não normal, com mediana(percentil 25 e 75) de 74,32 pg/mL (39,2 - 157,7). Usando os valores transformados por função logarítmica, houve significante correlação entre os níveis do peptídeo e a idade (Pearson=0,280; p=O,O1). Os níveis de BNP correlacionaram-se com a massa miocárdica (Pearson=0,287; p=0,013) e a pós-carga (Pearson=0,321; p=0,005). A regressão logística univariada mostrou que a elevação do BNP aumentou o risco de disfunção diastólica (OR: 2,78; IC95%:1,36- 5,68, p=0,004). De acordo com o modelo logístico multinomial com logits acumulados de chances proporcionais a presença de disfunção renal aumentou a chance de encontrar-se BNP elevado (OR: 2,62; IC95%: 1,002 - 6,893). Neste mesmo modelo, vericou-se que a presença de aumento de volume do átrio esquerdo quase triplicou a chance de BNP elevado (OR: 2,917; IC95%: 1,067 - 7,973)... / The contribution from B-type natriuretic peptide (BNP) for defining cardiac etiology in cases of acute dyspnea has been amply validated, however when systolic function is preserved, especially in the elderly, the role of this peptide has still not been established. To verify the behaviour of BNP values in elderly individuals with preserved systolic function; also to associate BNP values with clinical variables and Doppler echocardiographs, and evaluate clinical outcomes after 12 months follow-up. Seventy-six individuals of 60 years or over were submitted to clinical evaluation, echocardiograph, and BNP levels. Associations between BNP and clinical variables and echocardiographs were verified by the x2 test, Pearson coefficient of correlation, and logistic model with multinomial response and accumulated logits. In all cases significance level was p<0.05. BNP values in elderly individuals with preserved systolic function presented wide non-normal distribution with median (25th, 75th percentiles) of 74,34 pg(ml (39,2 - 157,7). Using log function of the values, there was a significant correlation between peptide levels and age (Pearson coeficient=0.280; p=O.OI). BNP levels correlated with myocardial mass (Pearson=0.287; p=0.013) and afterload (Pearson=0.321; p=0.005). Univariate logistic regression showed that elevated BNP increased the risk of diastolic dysfunction (OR: 2.78; IC95%:1.36-5.68; p=0.004). According to the multinomial logistic model with accumulated logits of proportional chances, the presence of renal dysfunction increased the chance of finding high BNP (OR: 2,62; IC95%:1,002 - 6,863). In the same model, increased left atrium volume almost tripled the chance of elevated BNP (OR: 2,91; IC95%:1,067 - 7,9730). There were no relevant clinical outcomes after 12 months follow-up, independent of BNP values. BNP levels in the elderly with preserved systolic function... (Complete abstract click electronic access below)
10

Malária causada pelo plasmodium falciparum e avaliação indireta da atividade da glutationa redutase e da deficiência de riboflavina, por meio da redução da metahemoglobina pela cistamina : estudo em hemáceas de indivíduos doentes, em normais tratados ou não pela riboflavina e em deficientes em glicose-6-fosfato desidrogenase /

Barraviera, Benedito. January 1986 (has links)
Orientador: Paulo Eduardo de Abreu Machado / Resumo: Com o objetivo de contribuir para o esclarecimento de alguns pontos obscuros nas relações existentes entre a atividade da via das pentoses e a redução das metahemoglobina pela cistamina, em indivíduos normais e doentes com malária, causada pelo Plasmodium falciparum, bem como a relação entre a atividade da glutationa redutase e o efeito do tratamento pela riboflavina, foi proposto novo método de pesquisa pouco dispendioso, simples e que permitisse aplicação em estudo de campo. Com o método padronizado, foram estudados indivíduos normais de Botucatu, Amazônia e Anhembi e doentes com malária causada pelo Plasmodium falciparum, atendidos em Humaitá... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Click electronic access below. / Doutor

Page generated in 0.0694 seconds