• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1019
  • 64
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1095
  • 519
  • 224
  • 210
  • 209
  • 189
  • 171
  • 167
  • 161
  • 140
  • 133
  • 128
  • 126
  • 122
  • 120
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Um estudo sobre a persistência de performance positiva dos fundos IBOVESPA ativos

Bessa, Hudson Antunes January 2001 (has links)
Submitted by Marcia Bacha (marcia.bacha@fgv.br) on 2011-05-11T17:06:39Z No. of bitstreams: 1 000308109.pdf: 7118943 bytes, checksum: e00d5b52205d44ec8d632cb6bb4b84cd (MD5) / Approved for entry into archive by Marcia Bacha(marcia.bacha@fgv.br) on 2011-05-11T17:06:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 000308109.pdf: 7118943 bytes, checksum: e00d5b52205d44ec8d632cb6bb4b84cd (MD5) / Approved for entry into archive by Marcia Bacha(marcia.bacha@fgv.br) on 2011-05-11T17:06:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 000308109.pdf: 7118943 bytes, checksum: e00d5b52205d44ec8d632cb6bb4b84cd (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-11T17:07:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000308109.pdf: 7118943 bytes, checksum: e00d5b52205d44ec8d632cb6bb4b84cd (MD5) Previous issue date: 2001 / The objective of this essay is to identify if the positive performance persistence is phenomenon present among active investment funds with relation to the São Paulo stock exchange (IBOVESPA) index. For this purpose, data was used on daily basis for the period from January 1997 to December 2001, of 191 funds which had their performance calculated for each year. In each year studied, at least two groups were defined: one in which were aligned the funds which reflected the best indicators and another in which were present those with the worst performances. The funds that achieved success in remaining in the first group in pairs of consecutive years were called persistent. To be able to measure significance of the results, the instrumental for statistical tests, hypothesis tests, was employed, which tried to identify if the proportions of persistent funds supplied sufficient statistical evidence in order to guarantee the occurrence of the phenomenon in the brazilian market for the researched period. / O objetivo desta dissertação é identificar se persistência de performance positiva um fenômeno presente entre os fundos de investimento ativos em relação ao índice da bolsa de valores de São Paulo (IBOVESPA). Para tanto, foram utilizadas informações em bases diárias, para período de janeiro de 1997 dezembro de 2001, de 191 fundos que tiveram para cada ano sua performance calculada. Em cada ano sob estudo definiu-se, pelo menos, dois grupos: um em que se alinhavam os fundos que apresentavam os melhores indicadores outro em que estavam presentes aqueles cujos desempenhos foram considerados piores. Os fundos que lograram sucesso em permanecer no primeiro grupo em pares de anos consecutivos foram denominados persistentes. Para que se pudesse medir significância dos resultados apurados, fez-se uso do instrumental de testes estatísticos, testes de hipóteses, que buscaram identificar se as proporções de fundos persistentes forneciam evidências suficientes para que se garantisse ocorrência do fenômeno no mercado brasileiro para período pesquisado.
12

Crescimento econômico via investimentos em capital: evidências empíricas para o brasil

Penna, Christiano Modesto January 2007 (has links)
PENNA, Christiano Modesto. Crescimento econômico via investimentos em capital :: evidências empíricas para o Brasil . 2007. 39f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza-CE, 2007. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-04T16:52:21Z No. of bitstreams: 1 2007_dissert_cmpenna.pdf: 415414 bytes, checksum: 132b4df3ac381838ece7c57cea02ca37 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-04T16:52:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dissert_cmpenna.pdf: 415414 bytes, checksum: 132b4df3ac381838ece7c57cea02ca37 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-04T16:52:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dissert_cmpenna.pdf: 415414 bytes, checksum: 132b4df3ac381838ece7c57cea02ca37 (MD5) Previous issue date: 2007 / Neste trabalho fica evidente que existe uma relação não linear entre a taxa de formação bruta de capital fixo e a taxa de crescimento econômico na economia brasileira e, devido a essa não linearidade, o teste de predições do modelo AK e neoclássico proposto por Jones (1995) passa a ser inconclusivo, pois existe espaço para as predições de ambos os modelos. Nosso modelo econométrico indica que, teoricamente, a produtividade marginal do capital se modifica de acordo com uma taxa de crescimento indicada pelo parâmetro threshold. Essa modificação pode aparentemente ser explicada devido à modificação do coeficiente de elasticidade de substituição entre capital e trabalho, ficando aqui uma proposta de novas investigações. Ao tratarmos de políticas públicas, constata-se que, por mais que se amplie a taxa de formação bruta de capital fixo chegaremos, no máximo, ao “catch-up” do crescimento do PIB das economias de renda média baixa e do crescimento econômico dos países do leste asiático e do Pacífico. O trabalho também sugere que o montante de recursos necessário para se concluir tais “catch-ups” é da ordem de R$ 786 bilhões.
13

Fundos de investimento em ações no Brasil: performance e tamanho fazem diferença ?

Silva, Felipe Augusto Matos January 2010 (has links)
SILVA, Felipe Augusto Matos. Fundos de investimento em ações no Brasil: performance e tamanho fazem diferença ?. 2010. 65f. : Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, 2010. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-11T18:04:31Z No. of bitstreams: 1 2010_dissert_famsilva.pdf: 607558 bytes, checksum: b632ac6ab51e6dfeb034606704908298 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-11T18:04:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dissert_famsilva.pdf: 607558 bytes, checksum: b632ac6ab51e6dfeb034606704908298 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-11T18:04:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dissert_famsilva.pdf: 607558 bytes, checksum: b632ac6ab51e6dfeb034606704908298 (MD5) Previous issue date: 2010 / This article aims to contribute to the mainstream in Asset Pricing Theory, proposing and testing empirically, with pricing exercises and in-sample forecasting, a multifactor linear approach, such that, it is possible to account for the main empirical evidences in a promising Brazilian financial market: stock mutual funds. Following the methodology developed in Fama and French (1992, 1993), we build two factors, mutual funds zero cost equal weighted portfolios, able to accommodate the size and performance effects observed for these assets, which are used in some applications in an extended version of Capital Asset Pricing Model (CAPM), for a panel with 75 stock mutual funds in Brazil, covering the period between 1998:1 and 2008.12. Both effects, which seem to play a relevant role evidenced, when one uses CAPM in order to price big funds with huge relative performance (very high or very low), are partially accommodated when one adds factors, which are significant individually and jointly in almost 50% of funds in question. The main evidences obtained running individual time series regressions are corroborated if one uses the panel technique estimation with random effects, where both factors seem to be indispensable if one intends to better understand the returns of the mutual funds in Brazil. / Este artigo visa contribuir ao mainstream da Teoria de Apreçamento de Ativos, ao propor pioneiramente e testar empiricamente em exercícios de apreçamento e previsão in-sample um arcabouço de modelo de fatores lineares, tais que, sejam acomodadas as principais evidências empíricas em um reconhecidamente relevante e promissor mercado financeiro brasileiro: fundos de investimento em ações. Seguindo a metodologia desenvolvida em Fama e French (1992, 1993), construíram-se fatores, os quais consistem em zero cost equal weighted portfolios compostos apenas por fundos, capazes de captar os efeitos tamanho e performance destes ativos, sendo os mesmos usados em diversas aplicações em uma versão estendida do Capital Asset Pricing Model (CAPM), para um painel composto pelos 75 fundos de investimento em ações no Brasil para o período de janeiro de 1998 a dezembro de 2008. Os efeitos tamanho e performance evidenciados pela inadequação do CAPM em modelar fundos com maior patrimônio líquido e performances muito altas ou baixas, parece ser muito bem acomodada quando da incorporação dos fatores, os quais se mostraram signficativos isolada e conjuntamente em quase 50% dos 75 fundos analisados. As principais evidências obtidas a partir de regressões temporais individuais são corroboradas quando do teste em painel com efeitos aleatórios em que ambos os efeitos são indispensáveis na explicação dos retornos dos fundos de investimento em ações no Brasil.
14

Altos Dividend yields como estratégia para composição de carteiras de investimentos

Costa, Antonio Cesar Domingos January 2011 (has links)
COSTA, Antonio Cesar Domingos. Altos dividend yields como estratégia para composição de carteiras de investimentos. 2011. 81f. Dissertação (mestrado profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Fedearal do Ceará, Fortaleza, CE, 2011. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-09-05T18:44:56Z No. of bitstreams: 1 2011_dissert_acdcosta.pdf: 506563 bytes, checksum: 92f41d014923e9931c7920b69350510d (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-09-05T18:45:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dissert_acdcosta.pdf: 506563 bytes, checksum: 92f41d014923e9931c7920b69350510d (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-05T18:45:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dissert_acdcosta.pdf: 506563 bytes, checksum: 92f41d014923e9931c7920b69350510d (MD5) Previous issue date: 2011 / This study sought to determine whether the use of the indicator fundamentalist dividend yield as a criterion for yield as a criterion for selection of assets is an effective strategy to achieve that maximization of the return on an investment. For this, we used the technique of formation of portfolios, creating the target portfolio of the research, consisting of stocks of high dividend yield, and also a control portfolio, consisting of low dividend yield stocks, and being both compared to the market portfolio. As a secondary objective, we sought to include in the research a risk analysis study of these portfolios and portfolio and other of performance per unit of risk. It was concluded that there was no statistically significant evidences of assurance that a portfolio consisting of high dividend yield stocks can outperform the market, but evidences were found that this portfolio has less volatility than the market, may be a more defensive investment option in times of unfavorable macroeconomic scenario. / O presente trabalho buscou verificar se a utilização do indicador fundamentalista dividend yield como critério para a seleção de ativos é uma estratégia eficiente para se obter essa maximização do retorno de um investimento. Para isso, foi usada a técnica de formação de carteiras, criando a carteira alvo da pesquisa, composta por ações de alto dividend yield, e também uma carteira de controle, compostas por ações de baixo dividend yield, sendo ambas comparadas à carteira de mercado. Como objetivos secundários, buscou-se incluir na pesquisa uma análise de risco dessas carteiras e outra de desempenho por unidade de risco. Foi concluído não haver evidências estatisticamente significantes da garantia de que uma carteira composta por ações de alto dividend yield possa superar o mercado, mas foram verificadas evidências que essa carteira possui menor volatilidade que o mercado, podendo ser uma opção de investimento mais defensiva em momento de cenário macroeconômico desfavorável.
15

Co-integração na indústria de fundos imobiliários no Brasil

Castro, Marcelo Augusto Farias de January 2012 (has links)
CASTRO, Marcelo Augusto Farias de. Co-integração na indústria de fundos imobiliários no Brasil. 2012. 52f. Dissertação (mestrado profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ce, 2012. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-09-23T20:16:35Z No. of bitstreams: 1 2012_dissert_mafcastro.pdf: 812814 bytes, checksum: ee69f0969fb61790ea1edb29536cd471 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-09-23T20:16:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dissert_mafcastro.pdf: 812814 bytes, checksum: ee69f0969fb61790ea1edb29536cd471 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-23T20:16:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dissert_mafcastro.pdf: 812814 bytes, checksum: ee69f0969fb61790ea1edb29536cd471 (MD5) Previous issue date: 2012 / The real estate investment (REI) is a newly created investment vehicle and still under constant development. Introduces, as basic characteristic, a property used for rental as the main asset. Governed by federal laws and regulations of the CVM instruction, regulatory frameworks help to give credibility to this investment vehicle. The REIs have tax benefits and remunerate its shareholders with regular income through rents. In addition, we present a third types of gain, which is the value of the shares of real estate funds. The current characteristics have a debonding between the equity and value of your shares, setting its recovery from supply and demand in the market. The study of this factor recovery was used to study development. Featuring a conservative perspective while being traded at BOVESPA, the question to be answered is whether the REI have a conservative characteristic when compared with other market indicators, such as IMOB, IBOVESPA, CDI, the IGP and INCC. And especially if there is a tendency over time with these same indicators, allowing to verify long-term behavior. With a stochastic characteristic non-stationary, the REI are cointegrated with the market indicators. The presentation of this tendency implies on a similar behavior over time, making it understandable with what market indicator the real estate investment presents tendency. Thus, the REI can be considered conservative investments, which have two returns (valuation of shares and payment of monthly rent), have characteristics of present value above the market benchmarks, low total and systemic risks and can be used as protection for stock investors, as a hedging tool. / O fundo de investimento imobiliário (FII) é um instrumento de investimento recentemente criado e ainda em constante desenvolvimento. Apresenta como característica básica, possuir como o ativo principal um imóvel utilizado para locação. Regidos por leis federais e por instruções normativas da CVM, os marcos regulatórios ajudam a dar credibilidade a este instrumento de investimento. Os FII apresentam benefícios tributários e remuneram seus cotistas através de receitas periódicas com aluguéis. Além destes, é apresentada uma terceira tipologias de ganho, que é a valorização das cotas dos fundos imobiliários. As características atuais apresentam um descolamento entre o patrimônio líquido e o valor das suas cotas, configurando uma valorização proveniente da oferta e procura pelas mesmas no mercado. O estudo desta valorização foi o elemento utilizado para o desenvolvimento do estudo. Apresentando uma perspectiva conservadora embora sendo negociado na BOVESPA, a pergunta a ser respondida é se os FII apresentam uma característica conservadora comparado com outros indicadores de mercado, tais como o IMOB, o IBOVESPA, o CDI, o IGPM e o INCC. E principalmente se existe tendência ao longo do tempo com estes mesmo indicadores, possibilitando verificar comportamento de longo prazo. Com uma característica estocástica não estacionária, os FII são co-integrados com os indicadores de mercado. A apresentação desta tendência determina comportamento semelhante ao longo do tempo, fazendo com que possa ser entendido com qual indicador de mercado o fundo imobiliário apresenta tendência. Desta forma, os FII podem ser considerados investimentos conservadores, que apresentam duas rentabilidades (valorização das cotas e pagamento mensal de aluguel), possuem características de apresentarem valorização acima dos benchmarks de mercado, apresentam baixo risco total e sistêmico e podem ser utilizados como proteção para quem investe em ações, como uma ferramenta de hedge.
16

Determinates do investimento público no Brasil: uma abordagem em painel dinâmico para os estado brasileiros

Souza, André Luis Souto January 2011 (has links)
SOUZA, André Luís Souto. Determinantes do investimento público no Brasil: uma abordagem em painel dinâmico para os Estados Brasileiros . 2011. 45f Dissertação (mestrado profissional em economia do setor público) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, 2011. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-10-16T20:08:53Z No. of bitstreams: 1 2011_dissert_alssouza.pdf: 301734 bytes, checksum: f595da1ad92f72d7fffcfc4a8b877616 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-10-16T20:09:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dissert_alssouza.pdf: 301734 bytes, checksum: f595da1ad92f72d7fffcfc4a8b877616 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-16T20:09:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dissert_alssouza.pdf: 301734 bytes, checksum: f595da1ad92f72d7fffcfc4a8b877616 (MD5) Previous issue date: 2011 / The study aims to contribute with the debate concerning the fiscal adjustment proposed in the last decades and consists in an empirical investigation about the determinants of public investment in of the Brazilian states from a panel of data spanning the period from 2005 to 2008. Dynamic panel econometric models by Generalized Method of Moments (GMM) are developed and estimated for three variables considered as routes for public investment: investment, payroll and costing expenses. The robustness of the estimates allow us to infer that: i) fiscal adjustment of Brazilian states was based upon expansion of the tax burden and the reduction of public investment, ii) the last year before new elections, the public investment and the primary result of the last periods and, mainly, credit revenues contribute to the expansion of public investment, iii) adjustments in the tax instruments used to keep public finances stable can help in order to reverse the downward trend of investment without compromising the states’ fiscal balance. / Visando contribuir com o debate sobre o ajuste fiscal proposto nas últimas décadas, este estudo consiste em uma investigação empírica acerca dos determinantes dos investimentos públicos nas administrações estaduais a partir de um painel de dados compreendendo o período de 2005 a 2008. Modelos econométricos em painel dinâmico são elaborados e estimados via Método Generalizado dos Momentos (MGM) para três variáveis consideradas como vias para o investimento público, quais sejam: investimento, gastos com pessoal e despesas de custeio. A robustez das estimativas permite inferir que: i) o ajuste fiscal dos Estados brasileiros fundamentou-se na ampliação da carga tributária e na redução dos investimentos públicos; ii) o último ano de mandato de governo, o investimento público defasado, o resultado primário defasado e, principalmente, as receitas de operação de crédito contribuem para a ampliação do investimento público; iii) ajustes nos instrumentos fiscais utilizados para o controle das finanças públicas dos Estados podem ajudar na reversão da trajetória de queda dos investimentos estaduais sem comprometer o equilíbrio de suas finanças.
17

Quais características influenciam a performance futura dos fundos de investimento de ações no Brasil ?

Lucena, Igor Macedo de January 2014 (has links)
LUCENA, Igor Macedo de. Quais características influenciam a performance futura dos fundos de investimento de ações no Brasil? 2014. 45f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2014-11-26T20:34:36Z No. of bitstreams: 1 2014_dissert_imlucena.pdf: 600351 bytes, checksum: fe4c80c193da0b86a29d0212dad36422 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2014-11-26T20:34:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dissert_imlucena.pdf: 600351 bytes, checksum: fe4c80c193da0b86a29d0212dad36422 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-26T20:34:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dissert_imlucena.pdf: 600351 bytes, checksum: fe4c80c193da0b86a29d0212dad36422 (MD5) Previous issue date: 2014 / According to Jensen (1968), the mutual funds industry expansion is theoretically predicted by the Separation Theorem stated by Sharpe (1964), however with limitations in order to exceed the market in terms of risk-return performance measured by Jensen's alpha. In this broad discussion, this dissertation suggest an empirical exercise applied to a cross-section containing 243 stock funds, within the Ibovespa Active category, which aims to identify which financial, accounting and administrative variables are capable to predict the next year's value and the significance of the Jensen's alpha. Daily returns were extracted for all funds in 2011 and 2012, and were calculated classic metrics such as return, risk and performance. There were also extracted 24 monthly accounting balances and administrative informations for the period in question. Methodologically, the explanatory variables consist of descriptive statistics obtained from daily financial data and monthly accounting data, while the performances to be modeled are estimated using the Capital Asset Pricing Model (CAPM). Using this technic it was possible divide the funds into three groups, consisting of Loosers, Draw and Winners, according to their performances in relation to the Ibovespa index. Thus, it was discovered that only 71 funds were able to perform better than the Ibovespa Index during the year 2012. The estimation results of the ordered probit framework suggests that funds with higher performances measured by the Jensen's Alpha and with higher Sortino and Calmar ratios, associated with lower management fees tend to surpass the market in the next year. However, classical metrics like standard deviation, performance fees and Sharpe ratio (1964) were not significant. The model also suggests that the drawdown variable should be used as an efficient risk metric. / Segundo Jensen (1968), a indústria de fundos mútuos de investimento, cuja expansão está prevista teoricamente pelo Teorema da Separação enunciado em Sharpe (1964), teria limitações no sentido de bater o mercado em termos de performance risco-retorno mensurada pelo alfa de Jensen. Nesta ampla discussão, esta dissertação se posiciona em sugerir um exercício empírico aplicado a um cross-section contendo 243 fundos de investimentos em ações, categoria Ibovespa Ativo, o qual visa identificar que variáveis financeiras, contábeis e administrativas se mostram capazes de prever no ano seguinte o sinal e a significância do alfa de Jensen. Foram extraídos retornos diários para todos os fundos nos anos de 2011 e 2012, e calculadas métricas clássicas de retorno, risco e performance, bem como os 24 balancetes mensais e informações administrativas do período em questão. Metodologicamente, as variáveis explicativas consistem em estatísticas descritivas obtidas a partir de dados financeiros diários e contábeis mensais, enquanto as performances a serem modeladas são estimadas por meio do Capital Asset Pricing Model (CAPM). Dessa maneira, foi possível ordenar os fundos em três grupos, composto por Loosers, Draw e Winners, de acordo com suas performances em relação ao índice Ibovespa. Sendo assim, foi identificado que apenas 71 dos fundos foram capazes de performar melhor que o Índice Ibovespa durante o ano de 2012. Os resultados obtidos com a estimação do arcabouço de Probit ordenado sugerem que fundos com maiores performances mensuradas pelos alfa de Jensen e Índices de Calmar e Sortino, associados a menores taxas de administração, tendem a bater o mercado no ano seguinte. Entretanto, métricas clássicas como desvio-padrão, taxa de performance e índice de Sharpe (1964) não se mostraram significantes. O modelo sugere, também, que a variável Drawdown seja apresentada como métrica eficiente de mensuração de risco.
18

Determinantes do investimento no Brasil : 1980/90

Grasel, Dirceu January 1996 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T20:15:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1996 / Este trabalho tem como objetivo principal verificar se as mudanças nos padrões de competição influenciaram ou influenciam nos procedimentos de avaliação de investimentos nos setores selecionados. A realização do mesmo teve como método básico o estudo multicaso, o qual envolveu uma série de entrevistas em doze empresas, sendo seis da agroindústria de carnes e seis da indústria de revestimento cerâmico. O elevado grau de competição e a internacionalização das atividades justificam a opção pelos setores, enquanto a escolha das empresas se deve à liderança das mesmas em âmbito nacional. Levando-se em conta uma revisão bibliográfica bem abrangente e os resultados do estudo multicaso, conclui-se que, de acordo com os paradigmas atuais de competição, a atratividade de um projeto de investimento é muito mais um problema de sua adaptabilidade ao padrão de concorrência do que propriamente uma simples relação entre uma taxa interna de retorno e uma certa taxa mínima de atratividade. Neste sentido, um novo referencial teórico, abordando o problema a partir de variáveis quantitativas e qualitativas, tal como exigido para permitir maior consistência à decisão, é uma recomendação fundamental.
19

O uso do downside risk (media - momentos parciais) como medida de risco na seleção de portfolios

Mattos, Arthur Emilio Kursten de January 1998 (has links)
Este trabalho averigua se a medida de risco momentos parciais (MP), utilizada no processo de seleção de ativos para a formação de carteiras, é superior à medida de risco tradicional - a variância. Os resultados alcançados concordam com o que o referencial teórico existente sobre o assunto prevê, e também está de acordo com muitos dos trabalhos empíricos já realizados, especialmente com o estudo de Harlow (1991), que serviu de base metodológica para o trabalho aqui conduzido. Estes resultados indicam que, na amostra escolhida, as carteiras selecionadas pelo método momentos parciais apresentaram menor medida de risco momentos parciais tanto ex ante quanto ex post, sendo que neste último o período foi subdividido em dois subperíodos. / This work aims at studying a new risk measure, partial moments (PM), used in portfolio selection, to see if it is superior to the traditional risk measure - variance. PM do not mind with returns around the mean, like variance, but returns around the mean and beneath a given point, called critical point, that is the minimal return, or target return desired by the investor. The results presented are in complyance with the theory's forecast, and also with various empirical works already made, especialy the work of Harlow (1991), that based this work. These results indicate that, in the sample, the portfolios selected by partia! moments have a lesser partia! moments risk measure in the ex ante and the ex post tests.
20

O uso do downside risk (media - momentos parciais) como medida de risco na seleção de portfolios

Mattos, Arthur Emilio Kursten de January 1998 (has links)
Este trabalho averigua se a medida de risco momentos parciais (MP), utilizada no processo de seleção de ativos para a formação de carteiras, é superior à medida de risco tradicional - a variância. Os resultados alcançados concordam com o que o referencial teórico existente sobre o assunto prevê, e também está de acordo com muitos dos trabalhos empíricos já realizados, especialmente com o estudo de Harlow (1991), que serviu de base metodológica para o trabalho aqui conduzido. Estes resultados indicam que, na amostra escolhida, as carteiras selecionadas pelo método momentos parciais apresentaram menor medida de risco momentos parciais tanto ex ante quanto ex post, sendo que neste último o período foi subdividido em dois subperíodos. / This work aims at studying a new risk measure, partial moments (PM), used in portfolio selection, to see if it is superior to the traditional risk measure - variance. PM do not mind with returns around the mean, like variance, but returns around the mean and beneath a given point, called critical point, that is the minimal return, or target return desired by the investor. The results presented are in complyance with the theory's forecast, and also with various empirical works already made, especialy the work of Harlow (1991), that based this work. These results indicate that, in the sample, the portfolios selected by partia! moments have a lesser partia! moments risk measure in the ex ante and the ex post tests.

Page generated in 0.0861 seconds