• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 352
  • 5
  • Tagged with
  • 358
  • 358
  • 110
  • 97
  • 54
  • 53
  • 53
  • 51
  • 50
  • 50
  • 45
  • 33
  • 30
  • 28
  • 27
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Simbiose e variabilidade de estirpes de Bradyrhizobium associadas à cultura da soja em diferentes manejos do solo / Variability of Bradyrhizobium strains associated to soybean under to different soil management

Bizarro, Mariel Josue January 2008 (has links)
A fixação biológica do nitrogênio é capaz de suprir toda demanda de nitrogênio da cultura da soja. Entretanto, diversos fatores podem impedir a expressão da máxima eficiência deste processo. Tanto a semeadura quanto o preparo do solo geram mobilização, que favorece a mineralização da matéria orgânica. Este nitrogênio mineralizado pode ser suficiente para limitar a fixação biológica, mas insuficiente para suprir toda necessidade da cultura. Assim os objetivos deste trabalho foram: (Estudo I) avaliar a resposta à inoculação da soja a campo sob diferentes sistemas de manejo; (Estudo II) verificar a existência de interações entre estirpes de Bradyrhizobium e cultivares de soja, que sejam mais tolerantes a presença do nitrogênio mineral; (Estudo III) avaliar a variabilidade genética de estirpes de Bradyrhizobium após introdução no solo; e identificar as estirpes presentes nos nódulos coletados no campo. (Estudo I) Avaliou-se o número e massa de nódulos, além da massa da parte aérea e o teor de nitrogênio de plantas de soja coletadas e o teor de nitrogênio mineral do solo em experimento de campo. (Estudo II) A verificação de interações entre Bradyrhizobium e cultivares de soja resistentes ao nitrogênio mineral foi realizada em casa de vegetação, utilizando-se vasos do tipo Leonard com solução nutritiva. Adicionaram-se concentrações de 0, 8, 16 e 24mM de nitrogênio, quatro cultivares de soja e quatro estirpes de Bradyrhizobium. (Estudo III) A variabilidade genética e a caracterização sorológica dos rizóbios introduzidos no solo foram avaliadas em isolados obtidos de nódulos de plantas de soja sob diferentes sistemas de manejo. (Estudo I) Houve resposta à inoculação em termos de aumento da nodulação, massa da parte aérea e nitrogênio total no tecido de plantas de soja no experimento de campo. (Estudo II) Encontrou-se variação na magnitude da tolerância da FBN, ao aumento do teor de nitrogênio mineral, dependendo da cultivar de soja, sendo a BRS-Torena a mais tolerante, e da estirpe de Bradyrhizobium, sendo as SEMIA 587 e SEMIA 5019 mais resistentes. (Estudo III) A variabilidade genética foi maior no plantio direto do que no plantio convencional, maior na adubação mineral, do que na adubação orgânica, e maior no cultivo de trigo ou aveia do que na aveia e ervilhaca. Dentre as estirpes utilizadas a SEMIA 587 e SEMIA 5019, apresentaram uma ocupação nodular de 92% caracterizando-as como mais competitivas. / The biological nitrogen fixation can supply all needed nitrogen to soybean. However, several factors can affect the expression of the maximum efficiency of this process. Both sown and soil mobilization can increase soil organic matter mineralization and it can release nitrogen to soil solution, which can be enough to limit the biological fixation, but insufficient to supply all the needs of the soybean N. The aimed of this research was: (Study I) to evaluate the soybean response to inoculation under different management systems; (Study II) to verify the existence of interactions among Bradyrhizobium strains and soybean genotypes which are more tolerant to the presence of mineral nitrogen; (Study III) to evaluate the genetic variability of Bradyrhizobium strains after their introduction into the soil and to identify the strains present in soybean nodules collected in the field. (Study I) The nodules were counted and the dry mass measured. They also was measured the nitrogen content, the dry mass of soybean plant and the soil mineral nitrogen in field experiment. (Study II) The interactions among Bradyrhizobium and resistant to mineral nitrogen soybean genotypes were carried out in Leonard jars with nutritious solution. In this experiment it was used four nitrogen doses (0, 8, 16 and 24mM), four soybean genotypes and four Bradyrhizobium strains. (Study III) The genetic variability and nodules occupancy of the rhizobia introduced in the soil were evaluated in isolated microorganisms obtained from soybean nodules collected in the field. (Study I) The inoculation positively affected the number of nodules and its mass, the above ground dry mass and nitrogen content. (Study II) The tolerance of BNF to increasing of mineral nitrogen was variable and it was dependent of soybean genotype (BRS-Torena the most tolerant) and of Bradyrhizobium strain (SEMIA 587 and SEMIA 5019 more resistants). (Study III) The genetic variability was larger in the no tillage than in the conventional tillage, larger in the mineral fertilization than in the organic. Similar fact was observed in the wheat or oat cultivation compared with oat and hairy vetch. The SEMIA 587 and SEMIA 5019 presented a nodule occupation of 92% characterizing them as more competitive Bradyrhizobium strains.
22

Utilização do resíduo moído de mexilhão dourado (Limnoperna fortunei Dunker, 1857) como corretivo da acidez do solo e fonte de nutrientes para as plantas / The use of golden mussel (Limnoperna fortunei Dunker, 1857) ground residue as a soil acidity neutralizing material and plant nutrient source

Barbosa, Daniela Bueno Piaz January 2009 (has links)
O mexilhão dourado (Limnoperna fortunei Dunker, 1857) foi trazido ao sudeste do Brasil pela água de lastro de navios asiáticos. Este molusco de água doce apresenta alta taxa reprodutiva e boa capacidade de fixação em diversos substratos. A formação de grandes colônias, devido à ausência de predadores naturais no novo ambiente, tem causado inúmeros prejuízos econômicos e danos ambientais. Para avaliar a utilização agrícola do resíduo moído de mexilhão dourado foram conduzidos dois estudos em vasos, mantidos em área aberta. No primeiro estudo, a capacidade de correção da acidez do solo deste resíduo foi avaliada em um solo ácido (Argissolo Vermelho distrófico típico), de 2005 a 2009. As colônias de mexilhão foram secas, moídas e peneiradas em peneira com 2,0 mm de diâmetro de orifícios, e aplicadas em diferentes doses no solo. A capacidade corretiva da acidez do solo, determinada aos dois anos após a aplicação dos tratamentos, foi equivalente a 60% da determinada com a adição de calcário (PRNT 100%). No segundo estudo, o fornecimento de nitrogênio e fósforo para as plantas de milho pela adição do resíduo foi avaliado em três experimentos, em comparação às curvas de absorção de fertilizantes minerais, nos anos de 2007 e 2008, em um solo ácido de baixa fertilidade (Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico arênico). O resíduo moído de mexilhão dourado forneceu para as plantas o equivalente às doses de 24 kg de N ha-¹ e de 21 kg de P2O5 ha-¹, apresentando eficiências relativas de 31 e 66% para os suprimentos de N e P às plantas, respectivamente. Portanto, a utilização agrícola do resíduo deste bioinvasor foi eficiente para a correção da acidez do solo e para o suprimento de parte dos nutrientes necessários às plantas. / The golden mussel (Limnoperna fortunei Dunker, 1857) was brought to southern Brazil in the ships' ballast water from Asia. This fresh water mollusc presents a high reproductive rate and good fixation capacity on several surfaces. Since there are not natural predators on this new environment, it can grow into large colonies, with economic losses and environmental damage. In order to determine the potential use of its dried and grinded colonies in agriculture, two studies were conducted in pot experiments, maintained in an open area. On the first study, its soil acidity neutralizing capacity was evaluated with an acid soil (Typic Paleudult) from 2005 to 2009. The mussel's material was grinded to pass a 2.00 mm holes diameter sieve, and applied at several rates into the soil. At two years reaction time, its acid neutralizing capacity was determined as 60% equivalent to that observed for lime with 100% neutralizing value. On the second study, the residue's capacity to supply nitrogen and phosphorus to corn plants was evaluated on three experiments, in comparison to standard mineral fertilizers absorption curves, in the years 2007 and 2008, on an acidic low fertility soil (Sandy Paleudult). The residue was able to provide 24 kg ha-¹ N and 21 kg ha-¹ P2O5 to the plants, showing a relative efficiency of 31 and 66% for the release of its N and P contents, respectively. Therefore, the agricultural use of this bioinvasor was effective for soil acidity neutralization and to supply part of the nutrients required by plants.
23

Comportamento da cultura da soja em função de resíduos culturais, mobilização do solo e irrigação, em semeadura direta

Xavier, Antônio Alexandre Petersen January 2005 (has links)
A semeadura direta baseia-se na mobilização do solo restrita às linhas de semeadura, mantendo, sempre que possível, sua superfície coberta por palha e/ou vegetação. Exige um enfoque sistêmico de todo o processo de produção agrícola e conhecimento das inter-relações solo, máquinas e plantas, em rotação cultural, fundamento primário do sistema. O presente trabalho objetivou obter informações sobre desempenho do conjunto trator-semeadora e avaliar a produtividade da cultura da soja, implantada em semeadura direta sobre resíduos de aveia preta. A pesquisa foi conduzida na Estação Experimental Agronômica-UFRGS, no município de Eldorado do Sul, RS, sobre Argissolo Vermelho distrófico típico e conduzida em dois experimentos: com e sem irrigação. Após a colheita da aveia, seus resíduos foram redistribuídos nas parcelas nas doses de 0; 2; 3; 4; 5 e 6 Mg ha-1, que constituíram os tratamentos principais (7 m x 5 m). Estes foram subdivididos (2,5 m x 7 m), em função de profundidades de atuação dos sulcadores de adubo da semeadoraadubadora (0,064 m e 0,100 m). O delineamento foi o de blocos casualizados, com três repetições. Avaliou-se parâmetros de solo, das máquinas e da cultura de soja. Na operação de semeadura da soja, a patinagem dos rodados do trator aumentou com a profundidade de atuação do sulcador de adubo e com a dose de resíduo de aveia sobre o solo. Os valores de força de tração e os de força de tração relacionados à área de solo mobilizada no sulco pelo sulcador de adubo, foram maiores na profundidade de 0,100 m, sem diferença em função das doses de resíduo. Nos locais em que houve tráfego controlado dos rodados do trator, a densidade e a resistência do solo à penetração foram maiores do que naqueles sem tráfego, implicando, também, maiores valores de força de tração e força de tração específica medidos no sulcador de adubo da semeadora. A estatura das plantas, a produtividade de grãos e a massa da parte aérea da cultura da soja foram influenciadas positivamente pela irrigação, mas não pelas doses de resíduo. Na ausência de irrigação, verificou-se maior produtividade de grãos e de massa da parte aérea da cultura da soja, quando o sulcador de adubo operou a 0,100 m. O número de legumes por planta e a massa de 100 grãos de soja foram maiores no experimento irrigado, sem influência das doses de resíduo e das profundidades do sulcador. No experimento irrigado foi obtida maior massa de grãos por planta e esta foi negativamente influenciada pelo aumento das doses de resíduo de aveia sobre o solo. Independentemente do uso da irrigação, a massa de resíduos culturais sobre o solo, à época da colheita da soja, foi menor nas parcelas com maior profundidade de atuação do sulcador.
24

Aplica??o de carv?o vegetal e nitrog?nio influenciando propriedades f?sicas e qu?micas do solo e massa seca de arroz

Carvalho, Mary Anne Barbosa de 17 December 2014 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2017-01-16T16:10:48Z No. of bitstreams: 1 MaryAnneBarbosaDeCarvalho_DISSERT.pdf: 1690612 bytes, checksum: 30220cc3a7a498f6f81552fe46a0c066 (MD5) / Approved for entry into archive by Elisangela Moura (lilaalves@gmail.com) on 2017-01-16T16:17:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 MaryAnneBarbosaDeCarvalho_DISSERT.pdf: 1690612 bytes, checksum: 30220cc3a7a498f6f81552fe46a0c066 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-16T16:17:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MaryAnneBarbosaDeCarvalho_DISSERT.pdf: 1690612 bytes, checksum: 30220cc3a7a498f6f81552fe46a0c066 (MD5) Previous issue date: 2014-12-17 / A degrada??o dos solos agr?colas causa problemas produtivos e ambientais, com consequ?ncias econ?micas e sociais para as popula??es. Al?m das perdas de solo e de sua fertilidade poderem inviabilizar a atividade produtiva, existe grande preocupa??o com a emiss?o para a atmosfera de gases que contribuem para o aquecimento do planeta. Assim sendo, o objetivo do trabalho ? avaliar a aplica??o de biocarv?o nas propriedades f?sicas e qu?micas do solo e na massa seca do arroz. O experimento foi desenvolvido em casa de vegeta??o na Unidade Acad?mica Especializada em Ci?ncias Agr?rias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, em Maca?ba-RN. O delineamento estat?stico foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x4, contando de doses de biocarv?o(0, 3500, 7000 e 10500 kg ha-1) e doses de nitrog?nio (0, 30, 60 e 90 kg ha-1) correspondendo a 16 tratamentos. O solo foi misturado com as respectivas doses, em seguida colocado em vasos de 10 L, utilizando como planta indicadora o arroz de terras altas. As vari?veis analisadas foram ? reten??o de ?gua, a densidade do solo, a massa seca da parte a?rea do arroz e as propriedades qu?micas. A reten??o de ?gua no solo apresentou efeito linear positivo das doses de biocarv?o; A densidade do solo foi influenciada pela intera??o entre doses de biocarv?o e de nitrog?nio, cujo desdobramento revelou efeito quadr?tico da dose de biocarv?o sobre a densidade do solo apenas na dose zero de nitrog?nio; Para massa seca do arroz houve intera??o de doses de nitrog?nio dentro de doses de biocarv?o observando-se na dose zero de biocarv?o o efeito quadr?tico apenas do nitrog?nio; As propriedades qu?micas foram significativos os efeitos da dose de biocarv?o para pH e CaMg (p<0,05) e para K (p<0,01). N?o houve efeito significativo das doses de nitrog?nio (30 e 60 kg ha-1) nem da intera??o entre doses de biocarv?o e de nitrog?nio. Conclui-se ser necess?ria a condu??o do experimento e o acompanhamento de resultados na mesma ?rea em longo prazo. Assim, a evolu??o nas caracter?sticas qu?micas e f?sicas do solo pode ser avaliada, gerando informa??es consistentes sobre o potencial do biocarv?o como condicionador de solo e fertilizante. / A degrada??o dos solos agr?colas causa problemas produtivos e ambientais, com consequ?ncias econ?micas e sociais para as popula??es. Al?m das perdas de solo e de sua fertilidade poderem inviabilizar a atividade produtiva, existe grande preocupa??o com a emiss?o para a atmosfera de gases que contribuem para o aquecimento do planeta. Assim sendo, o objetivo do trabalho ? avaliar a aplica??o de biocarv?o nas propriedades f?sicas e qu?micas do solo e na massa seca do arroz. O experimento foi desenvolvido em casa de vegeta??o na Unidade Acad?mica Especializada em Ci?ncias Agr?rias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, em Maca?ba-RN. O delineamento estat?stico foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x4, contando de doses de biocarv?o(0, 3500, 7000 e 10500 kg ha-1) e doses de nitrog?nio (0, 30, 60 e 90 kg ha-1) correspondendo a 16 tratamentos. O solo foi misturado com as respectivas doses, em seguida colocado em vasos de 10 L, utilizando como planta indicadora o arroz de terras altas. As vari?veis analisadas foram ? reten??o de ?gua, a densidade do solo, a massa seca da parte a?rea do arroz e as propriedades qu?micas. A reten??o de ?gua no solo apresentou efeito linear positivo das doses de biocarv?o; A densidade do solo foi influenciada pela intera??o entre doses de biocarv?o e de nitrog?nio, cujo desdobramento revelou efeito quadr?tico da dose de biocarv?o sobre a densidade do solo apenas na dose zero de nitrog?nio; Para massa seca do arroz houve intera??o de doses de nitrog?nio dentro de doses de biocarv?o observando-se na dose zero de biocarv?o o efeito quadr?tico apenas do nitrog?nio; As propriedades qu?micas foram significativos os efeitos da dose de biocarv?o para pH e CaMg (p<0,05) e para K (p<0,01). N?o houve efeito significativo das doses de nitrog?nio (30 e 60 kg ha-1) nem da intera??o entre doses de biocarv?o e de nitrog?nio. Conclui-se ser necess?ria a condu??o do experimento e o acompanhamento de resultados na mesma ?rea em longo prazo. Assim, a evolu??o nas caracter?sticas qu?micas e f?sicas do solo pode ser avaliada, gerando informa??es consistentes sobre o potencial do biocarv?o como condicionador de solo e fertilizante.
25

Estabilidade da matéria orgânica em Latossolos do Cerrado sob sistemas de uso e manejo

Tomazi, Michely January 2008 (has links)
A pesquisa foi realizada em experimentos de longa-duração em Latossolos da região do Cerrado, e consistiu em três estudos. No estudo I a influência da granulometria da amostra (9,51 mm x 2,00 mm) na obtenção da fração leve oclusa (FLO) da matéria orgânica do solo (MOS) pelo fracionamento físico densimétrico foi avaliada sob sistemas de manejo contrastantes em agregação e em aporte de MOS ao solo. No estudo II o efeito dos sistemas de preparo convencional (PC) e plantio direto (PD) sobre os estoques de C do solo inteiro (COT) e das frações físicas da MOS (FL, fração leve e FP, fração pesada) foi avaliado, e os resultados utilizados no cálculo do índice de manejo de C em três Latossolos com textura e mineralogia distintas de Mato Grosso do Sul (MS), Goiás (GO), e Maranhão (MA) (LV-MS, LVA-GO e LVA-MA), sendo os dois primeiros de textura muito argilosa e o terceira textura média. No estudo III avaliou-se o efeito dos sistemas de manejo PC, CM (cultivo mínimo) e PD, sobre a agregação do solo e os estoques de C e N do solo e das frações físicas da MOS (FLL-fração leve livre, FLO, e FP) dos solos LVA-GO e LV-MS, conduzidos há 15 e 13 anos, respectivamente. Verificou-se uma subestimação da quantidade de FLO quando utilizadas amostras < 2,00 mm, sendo esta mais acentuada nos solos e sistemas de manejo com maior índice de agregação e maior COT. O sistema PC promoveu reduções significativas do C do solo inteiro e das FL e FP sob PC no LVA-MA e LV-MS, reduzindo principalmente a labilidade do C. Entretanto, a conversão para PD acumulou C nos três solos em relação ao PC, na mesma taxa anual. No LV-MS a FP teve a maior contribuição para o aumento do C do solo (60%), enquanto que nos LVA-GO e LVA-MA a FL foi mais importante (70 e 78%). Desta forma, o PD proporcionou melhor qualidade do solo comparado ao PC evidenciado pelo aumento do IMC, principalmente no LVA-GO. Nos dois solos argilosos, a conversão de CE para agricultura em PC levou a uma redução acentuada da agregação, e conseqüentemente a FLO foi mais afetada. Entretanto, a recuperação parcial da agregação com adoção do PD e CM foi observada apenas no LV. Dentre as frações da MOS, a FLO foi a mais afetada com uso do PC e contribuiu para maiores perdas de C no LVA-GO, enquanto que na recuperação dos estoques de C em PD, a FLL foi a mais importante. Por outro lado, no LV-MS a FP foi a que mais contribuiu tanto para perdas como para os ganhos em C do solo. Os estoques de N seguiram a mesma tendência do C, porém com maiores concentrações na FP. A relação C:N demonstrou que as alterações nas frações ocorreram na ordem decrescente FLL>FLO>FP. A resistência dos solos aos impactos dos sistemas de manejo foi mais relacionada à mineralogia dos solos do que a textura. / The research was based on long-term experiment in Oxisols in Cerrado region, constituting three studies. The study I verified the influence of the sample granulometrie size (< 9,51 mm x < 2,00 mm) on C recovery in occluded light fraction (OLF) of the soil organic matter (SOM) by density physical fractionation in soils under management system contrasting in aggregation and SOM addition. In the study II the effect of conventional tillage (CT) and no tillage (NT) was evaluate on the C organic stocks in whole soil (TOC) and SOM physical fractions (ligth fraction- LF and density fraction - DF), and the results are used to calculate the carbon management index (CMI) in three Oxisoils with distint texture and mineralogy in Mato Grosso do Sul (MS), Goiás (GO), and Maranhão (MA) states, the two first is clayed and the last is loam texture. Last study we investigate the effect of CT, MT (minimal tillage) and NT on soil aggretation and stocks of C and N in whole and in physical fractions of SOM (FLF-free ligth fraction, OLF, and HF) from GO and MS soils, cultivated 15 and 13 years, respective. We verified OLF subestimation when fractionation was initiate from < 2,00 mm soil sample, and it was more instense in management soil system with higher aggregation index and TOC. The CT promoted a significant C reduction on TOC, LF and HF in MA and MS, mainly in C lability. However, the CT conversion to NT increased the TOC input in the same annual rate on the three soils. In MS the HF contributed more to TOC increase (60%) while in GO and MA the LF was more important (70 e 78%). Then, the NT promoted better soil quality compare with CT express by higher IMC, mainly in GO. In clayed soils, the CT promoted elevate reduction on aggregation and consequently the OLF was more affected, however, the aggregation recovery on NT was evident only in MS. The OLF contribute more to C decrease in GO, but in C recuperation on NT, the LFL was more important. On the other hand, in MS the HF contribute more to C reduction on CT as well as input of C on NT The N stocks follow same tendencies of the C, but with higher concentration in HF. The C:N rate demonstrate that fractions alteration was in order FLL>FLO>FP. The soil resistance to management impacts was more related to mineralogy than texture.
26

Efeito do sistema de manejo nos atributos do solo, movimentação de sedimentos e exportação de carbono orgânico numa microbacia rural sob cultura do fumo / Effect of management systems on soil attributes, sediments movement and organic carbon exportation in a rural watershed under tabacco crop

Mello, Nilvânia Aparecida de January 2006 (has links)
Este trabalho foi conduzido em Arvorezinha, Rio Grande do Sul, em áreas de Cambissolo háplico sob lavoura de fumo numa pequena bacia hidrográfica rural. O objetivo foi verificar o efeito de sistemas de manejo e do seu tempo de adoção nos atributos do solo, na movimentação de sedimentos sobre a encosta e na exportação de carbono orgânico da área de lavoura para o ambiente. O carbono total e suas frações foram determinados no solo e nos sedimentos. Os sistemas de manejo avaliados foram plantio convencional (PC), cultivo mínimo (CM) e plantio direto (PD) com diferentes tempos de adoção e em situação de início de cultivo e conversão de áreas anteriormente sob PC para CM e PD. Como testemunha utilizou-se uma área de vegetação nativa. Avaliou-se também o efeito do formato da encosta na movimentação de sedimentos. O menor conteúdo de carbono foi verificado nos solos mais degradados, aqueles que estão a 40 e 25 anos sob PC. Estes solos também apresentaram a maior movimentação de sedimentos sobre a encosta. A conversão para os sistemas CM e PD elevou a qualidade do solo, aumentou o conteúdo de carbono, principalmente da fração particulada, e reduziu a movimentação de sedimentos. O efeito do formato da encosta na movimentação de sedimentos foi mais percebido nas áreas sob PC e em seguida sob CM. No PD, devido a elevada taxa e cobertura do solo, não houve efeito do formato da encosta. As maiores perdas de solo e exportações de carbono orgânico foram verificadas nas áreas sob PC, seguida das áreas sob CM e as mais baixas foram verificadas no PD. A fração carbono particulado proporcionalmente foi mais exportada que as demais e foi mais exportada das áreas sob PC. A análise sistêmica das áreas indicou que a qualidade ambiental resultou da qualidade do solo e da redução das perdas de solo e água e redução da exportação de carbono orgânico. / This research was done in areas of Lithic Aplusept under tobacco farming in a small rural watershed in Arvorezinha county in Rio Grande do Sul, state of Brazil. The sim was to study the effeet of the soil management systems and their period of adoption on soil attributes, production and movement of sediments on the hillslope, and organic carbon exportation from the cultivated area to the environment. The total soil organic carbon and their fractions were determined. The investigated soil management systems were conventional tillage (CT), minimum tillage (MT) and no tillage (NT) with different periods of adoption. The MT and NT were converted from CT. A forest area also was evaluated. The effect of the hillslope form on the movement of sediments was also investigated. The most degraded soil were those under CT for 40 and 25 years respectively. These areas presented the lowest soil organic carbon stocks, and also presented the largest movement of sediments on the hillslope. The conversion to the MT and NT systems improved the soil quality, inereasing the soil organie earbon stoek, especially the partieulate fraction and also reduced the movement of sediments. This was more evident in the NT area. The effect of hillslope form on the movement of sediments was more evident in the areas under CT followed by those under MT. Under NT, which had higher soil cover rate, the effect of the hillslope form was not observed.The largest soil loss and organic carbon exportation shappen in the areas under CT, followed by MT and NT. Proportionally, the particulate organic carbon was more exported than the other fractions, and was more exported from CT areas. The systemic analysis of the areas indicated that the environmental quallty are related to soil quality, reduction of the soil and water losses and reduction of organic carbon exportation.
27

Comportamento da cultura da soja em função de resíduos culturais, mobilização do solo e irrigação, em semeadura direta

Xavier, Antônio Alexandre Petersen January 2005 (has links)
A semeadura direta baseia-se na mobilização do solo restrita às linhas de semeadura, mantendo, sempre que possível, sua superfície coberta por palha e/ou vegetação. Exige um enfoque sistêmico de todo o processo de produção agrícola e conhecimento das inter-relações solo, máquinas e plantas, em rotação cultural, fundamento primário do sistema. O presente trabalho objetivou obter informações sobre desempenho do conjunto trator-semeadora e avaliar a produtividade da cultura da soja, implantada em semeadura direta sobre resíduos de aveia preta. A pesquisa foi conduzida na Estação Experimental Agronômica-UFRGS, no município de Eldorado do Sul, RS, sobre Argissolo Vermelho distrófico típico e conduzida em dois experimentos: com e sem irrigação. Após a colheita da aveia, seus resíduos foram redistribuídos nas parcelas nas doses de 0; 2; 3; 4; 5 e 6 Mg ha-1, que constituíram os tratamentos principais (7 m x 5 m). Estes foram subdivididos (2,5 m x 7 m), em função de profundidades de atuação dos sulcadores de adubo da semeadoraadubadora (0,064 m e 0,100 m). O delineamento foi o de blocos casualizados, com três repetições. Avaliou-se parâmetros de solo, das máquinas e da cultura de soja. Na operação de semeadura da soja, a patinagem dos rodados do trator aumentou com a profundidade de atuação do sulcador de adubo e com a dose de resíduo de aveia sobre o solo. Os valores de força de tração e os de força de tração relacionados à área de solo mobilizada no sulco pelo sulcador de adubo, foram maiores na profundidade de 0,100 m, sem diferença em função das doses de resíduo. Nos locais em que houve tráfego controlado dos rodados do trator, a densidade e a resistência do solo à penetração foram maiores do que naqueles sem tráfego, implicando, também, maiores valores de força de tração e força de tração específica medidos no sulcador de adubo da semeadora. A estatura das plantas, a produtividade de grãos e a massa da parte aérea da cultura da soja foram influenciadas positivamente pela irrigação, mas não pelas doses de resíduo. Na ausência de irrigação, verificou-se maior produtividade de grãos e de massa da parte aérea da cultura da soja, quando o sulcador de adubo operou a 0,100 m. O número de legumes por planta e a massa de 100 grãos de soja foram maiores no experimento irrigado, sem influência das doses de resíduo e das profundidades do sulcador. No experimento irrigado foi obtida maior massa de grãos por planta e esta foi negativamente influenciada pelo aumento das doses de resíduo de aveia sobre o solo. Independentemente do uso da irrigação, a massa de resíduos culturais sobre o solo, à época da colheita da soja, foi menor nas parcelas com maior profundidade de atuação do sulcador.
28

Efeito do sistema de manejo nos atributos do solo, movimentação de sedimentos e exportação de carbono orgânico numa microbacia rural sob cultura do fumo / Effect of management systems on soil attributes, sediments movement and organic carbon exportation in a rural watershed under tabacco crop

Mello, Nilvânia Aparecida de January 2006 (has links)
Este trabalho foi conduzido em Arvorezinha, Rio Grande do Sul, em áreas de Cambissolo háplico sob lavoura de fumo numa pequena bacia hidrográfica rural. O objetivo foi verificar o efeito de sistemas de manejo e do seu tempo de adoção nos atributos do solo, na movimentação de sedimentos sobre a encosta e na exportação de carbono orgânico da área de lavoura para o ambiente. O carbono total e suas frações foram determinados no solo e nos sedimentos. Os sistemas de manejo avaliados foram plantio convencional (PC), cultivo mínimo (CM) e plantio direto (PD) com diferentes tempos de adoção e em situação de início de cultivo e conversão de áreas anteriormente sob PC para CM e PD. Como testemunha utilizou-se uma área de vegetação nativa. Avaliou-se também o efeito do formato da encosta na movimentação de sedimentos. O menor conteúdo de carbono foi verificado nos solos mais degradados, aqueles que estão a 40 e 25 anos sob PC. Estes solos também apresentaram a maior movimentação de sedimentos sobre a encosta. A conversão para os sistemas CM e PD elevou a qualidade do solo, aumentou o conteúdo de carbono, principalmente da fração particulada, e reduziu a movimentação de sedimentos. O efeito do formato da encosta na movimentação de sedimentos foi mais percebido nas áreas sob PC e em seguida sob CM. No PD, devido a elevada taxa e cobertura do solo, não houve efeito do formato da encosta. As maiores perdas de solo e exportações de carbono orgânico foram verificadas nas áreas sob PC, seguida das áreas sob CM e as mais baixas foram verificadas no PD. A fração carbono particulado proporcionalmente foi mais exportada que as demais e foi mais exportada das áreas sob PC. A análise sistêmica das áreas indicou que a qualidade ambiental resultou da qualidade do solo e da redução das perdas de solo e água e redução da exportação de carbono orgânico. / This research was done in areas of Lithic Aplusept under tobacco farming in a small rural watershed in Arvorezinha county in Rio Grande do Sul, state of Brazil. The sim was to study the effeet of the soil management systems and their period of adoption on soil attributes, production and movement of sediments on the hillslope, and organic carbon exportation from the cultivated area to the environment. The total soil organic carbon and their fractions were determined. The investigated soil management systems were conventional tillage (CT), minimum tillage (MT) and no tillage (NT) with different periods of adoption. The MT and NT were converted from CT. A forest area also was evaluated. The effect of the hillslope form on the movement of sediments was also investigated. The most degraded soil were those under CT for 40 and 25 years respectively. These areas presented the lowest soil organic carbon stocks, and also presented the largest movement of sediments on the hillslope. The conversion to the MT and NT systems improved the soil quality, inereasing the soil organie earbon stoek, especially the partieulate fraction and also reduced the movement of sediments. This was more evident in the NT area. The effect of hillslope form on the movement of sediments was more evident in the areas under CT followed by those under MT. Under NT, which had higher soil cover rate, the effect of the hillslope form was not observed.The largest soil loss and organic carbon exportation shappen in the areas under CT, followed by MT and NT. Proportionally, the particulate organic carbon was more exported than the other fractions, and was more exported from CT areas. The systemic analysis of the areas indicated that the environmental quallty are related to soil quality, reduction of the soil and water losses and reduction of organic carbon exportation.
29

Estabilidade da matéria orgânica em Latossolos do Cerrado sob sistemas de uso e manejo

Tomazi, Michely January 2008 (has links)
A pesquisa foi realizada em experimentos de longa-duração em Latossolos da região do Cerrado, e consistiu em três estudos. No estudo I a influência da granulometria da amostra (9,51 mm x 2,00 mm) na obtenção da fração leve oclusa (FLO) da matéria orgânica do solo (MOS) pelo fracionamento físico densimétrico foi avaliada sob sistemas de manejo contrastantes em agregação e em aporte de MOS ao solo. No estudo II o efeito dos sistemas de preparo convencional (PC) e plantio direto (PD) sobre os estoques de C do solo inteiro (COT) e das frações físicas da MOS (FL, fração leve e FP, fração pesada) foi avaliado, e os resultados utilizados no cálculo do índice de manejo de C em três Latossolos com textura e mineralogia distintas de Mato Grosso do Sul (MS), Goiás (GO), e Maranhão (MA) (LV-MS, LVA-GO e LVA-MA), sendo os dois primeiros de textura muito argilosa e o terceira textura média. No estudo III avaliou-se o efeito dos sistemas de manejo PC, CM (cultivo mínimo) e PD, sobre a agregação do solo e os estoques de C e N do solo e das frações físicas da MOS (FLL-fração leve livre, FLO, e FP) dos solos LVA-GO e LV-MS, conduzidos há 15 e 13 anos, respectivamente. Verificou-se uma subestimação da quantidade de FLO quando utilizadas amostras < 2,00 mm, sendo esta mais acentuada nos solos e sistemas de manejo com maior índice de agregação e maior COT. O sistema PC promoveu reduções significativas do C do solo inteiro e das FL e FP sob PC no LVA-MA e LV-MS, reduzindo principalmente a labilidade do C. Entretanto, a conversão para PD acumulou C nos três solos em relação ao PC, na mesma taxa anual. No LV-MS a FP teve a maior contribuição para o aumento do C do solo (60%), enquanto que nos LVA-GO e LVA-MA a FL foi mais importante (70 e 78%). Desta forma, o PD proporcionou melhor qualidade do solo comparado ao PC evidenciado pelo aumento do IMC, principalmente no LVA-GO. Nos dois solos argilosos, a conversão de CE para agricultura em PC levou a uma redução acentuada da agregação, e conseqüentemente a FLO foi mais afetada. Entretanto, a recuperação parcial da agregação com adoção do PD e CM foi observada apenas no LV. Dentre as frações da MOS, a FLO foi a mais afetada com uso do PC e contribuiu para maiores perdas de C no LVA-GO, enquanto que na recuperação dos estoques de C em PD, a FLL foi a mais importante. Por outro lado, no LV-MS a FP foi a que mais contribuiu tanto para perdas como para os ganhos em C do solo. Os estoques de N seguiram a mesma tendência do C, porém com maiores concentrações na FP. A relação C:N demonstrou que as alterações nas frações ocorreram na ordem decrescente FLL>FLO>FP. A resistência dos solos aos impactos dos sistemas de manejo foi mais relacionada à mineralogia dos solos do que a textura. / The research was based on long-term experiment in Oxisols in Cerrado region, constituting three studies. The study I verified the influence of the sample granulometrie size (< 9,51 mm x < 2,00 mm) on C recovery in occluded light fraction (OLF) of the soil organic matter (SOM) by density physical fractionation in soils under management system contrasting in aggregation and SOM addition. In the study II the effect of conventional tillage (CT) and no tillage (NT) was evaluate on the C organic stocks in whole soil (TOC) and SOM physical fractions (ligth fraction- LF and density fraction - DF), and the results are used to calculate the carbon management index (CMI) in three Oxisoils with distint texture and mineralogy in Mato Grosso do Sul (MS), Goiás (GO), and Maranhão (MA) states, the two first is clayed and the last is loam texture. Last study we investigate the effect of CT, MT (minimal tillage) and NT on soil aggretation and stocks of C and N in whole and in physical fractions of SOM (FLF-free ligth fraction, OLF, and HF) from GO and MS soils, cultivated 15 and 13 years, respective. We verified OLF subestimation when fractionation was initiate from < 2,00 mm soil sample, and it was more instense in management soil system with higher aggregation index and TOC. The CT promoted a significant C reduction on TOC, LF and HF in MA and MS, mainly in C lability. However, the CT conversion to NT increased the TOC input in the same annual rate on the three soils. In MS the HF contributed more to TOC increase (60%) while in GO and MA the LF was more important (70 e 78%). Then, the NT promoted better soil quality compare with CT express by higher IMC, mainly in GO. In clayed soils, the CT promoted elevate reduction on aggregation and consequently the OLF was more affected, however, the aggregation recovery on NT was evident only in MS. The OLF contribute more to C decrease in GO, but in C recuperation on NT, the LFL was more important. On the other hand, in MS the HF contribute more to C reduction on CT as well as input of C on NT The N stocks follow same tendencies of the C, but with higher concentration in HF. The C:N rate demonstrate that fractions alteration was in order FLL>FLO>FP. The soil resistance to management impacts was more related to mineralogy than texture.
30

Simbiose e variabilidade de estirpes de Bradyrhizobium associadas à cultura da soja em diferentes manejos do solo / Variability of Bradyrhizobium strains associated to soybean under to different soil management

Bizarro, Mariel Josue January 2008 (has links)
A fixação biológica do nitrogênio é capaz de suprir toda demanda de nitrogênio da cultura da soja. Entretanto, diversos fatores podem impedir a expressão da máxima eficiência deste processo. Tanto a semeadura quanto o preparo do solo geram mobilização, que favorece a mineralização da matéria orgânica. Este nitrogênio mineralizado pode ser suficiente para limitar a fixação biológica, mas insuficiente para suprir toda necessidade da cultura. Assim os objetivos deste trabalho foram: (Estudo I) avaliar a resposta à inoculação da soja a campo sob diferentes sistemas de manejo; (Estudo II) verificar a existência de interações entre estirpes de Bradyrhizobium e cultivares de soja, que sejam mais tolerantes a presença do nitrogênio mineral; (Estudo III) avaliar a variabilidade genética de estirpes de Bradyrhizobium após introdução no solo; e identificar as estirpes presentes nos nódulos coletados no campo. (Estudo I) Avaliou-se o número e massa de nódulos, além da massa da parte aérea e o teor de nitrogênio de plantas de soja coletadas e o teor de nitrogênio mineral do solo em experimento de campo. (Estudo II) A verificação de interações entre Bradyrhizobium e cultivares de soja resistentes ao nitrogênio mineral foi realizada em casa de vegetação, utilizando-se vasos do tipo Leonard com solução nutritiva. Adicionaram-se concentrações de 0, 8, 16 e 24mM de nitrogênio, quatro cultivares de soja e quatro estirpes de Bradyrhizobium. (Estudo III) A variabilidade genética e a caracterização sorológica dos rizóbios introduzidos no solo foram avaliadas em isolados obtidos de nódulos de plantas de soja sob diferentes sistemas de manejo. (Estudo I) Houve resposta à inoculação em termos de aumento da nodulação, massa da parte aérea e nitrogênio total no tecido de plantas de soja no experimento de campo. (Estudo II) Encontrou-se variação na magnitude da tolerância da FBN, ao aumento do teor de nitrogênio mineral, dependendo da cultivar de soja, sendo a BRS-Torena a mais tolerante, e da estirpe de Bradyrhizobium, sendo as SEMIA 587 e SEMIA 5019 mais resistentes. (Estudo III) A variabilidade genética foi maior no plantio direto do que no plantio convencional, maior na adubação mineral, do que na adubação orgânica, e maior no cultivo de trigo ou aveia do que na aveia e ervilhaca. Dentre as estirpes utilizadas a SEMIA 587 e SEMIA 5019, apresentaram uma ocupação nodular de 92% caracterizando-as como mais competitivas. / The biological nitrogen fixation can supply all needed nitrogen to soybean. However, several factors can affect the expression of the maximum efficiency of this process. Both sown and soil mobilization can increase soil organic matter mineralization and it can release nitrogen to soil solution, which can be enough to limit the biological fixation, but insufficient to supply all the needs of the soybean N. The aimed of this research was: (Study I) to evaluate the soybean response to inoculation under different management systems; (Study II) to verify the existence of interactions among Bradyrhizobium strains and soybean genotypes which are more tolerant to the presence of mineral nitrogen; (Study III) to evaluate the genetic variability of Bradyrhizobium strains after their introduction into the soil and to identify the strains present in soybean nodules collected in the field. (Study I) The nodules were counted and the dry mass measured. They also was measured the nitrogen content, the dry mass of soybean plant and the soil mineral nitrogen in field experiment. (Study II) The interactions among Bradyrhizobium and resistant to mineral nitrogen soybean genotypes were carried out in Leonard jars with nutritious solution. In this experiment it was used four nitrogen doses (0, 8, 16 and 24mM), four soybean genotypes and four Bradyrhizobium strains. (Study III) The genetic variability and nodules occupancy of the rhizobia introduced in the soil were evaluated in isolated microorganisms obtained from soybean nodules collected in the field. (Study I) The inoculation positively affected the number of nodules and its mass, the above ground dry mass and nitrogen content. (Study II) The tolerance of BNF to increasing of mineral nitrogen was variable and it was dependent of soybean genotype (BRS-Torena the most tolerant) and of Bradyrhizobium strain (SEMIA 587 and SEMIA 5019 more resistants). (Study III) The genetic variability was larger in the no tillage than in the conventional tillage, larger in the mineral fertilization than in the organic. Similar fact was observed in the wheat or oat cultivation compared with oat and hairy vetch. The SEMIA 587 and SEMIA 5019 presented a nodule occupation of 92% characterizing them as more competitive Bradyrhizobium strains.

Page generated in 0.1845 seconds