• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 352
  • 5
  • Tagged with
  • 358
  • 358
  • 110
  • 97
  • 54
  • 53
  • 53
  • 51
  • 50
  • 50
  • 45
  • 33
  • 30
  • 28
  • 27
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Mitigação das emissões de gases de efeito estufa por sistemas conservacionistas de manejo de solo / Greenhouse gas mitigation in soil conservation management systems

Escobar, Luisa Fernanda January 2011 (has links)
Sistemas conservacionistas de manejo do solo podem representar uma importante estratégia mitigadora das emissões de gases de efeito estufa (GEE) do solo. A presente pesquisa foi realizada em experimento de longa duração (24 anos) em Argissolo Vermelho, e teve como objetivo avaliar o potencial de sistemas conservacionistas de manejo de solo em mitigar as emissões de GEE sob as condições de clima subtropical da Depressão Central do Rio Grande do Sul. Emissões de óxido nitroso (N2O) e metano (CH4) foram avaliadas em sistemas de preparo do solo (convencional-PC e plantio direto-PD) e de cultura (aveia/milho e ervilhaca/milho) no período pós-manejo das plantas de cobertura de inverno (2009/10 e 2010/11) e no período de um ano agrícola (2009/10). Amostras de ar foram coletadas utilizando o método da câmara estática, e a concentração dos gases analisada por cromatografia gasosa. Os teores de nitrogênio (N) mineral e carbono orgânico dissolvido (COD), atividade biológica, temperatura e umidade do solo foram monitorados durante o período de avaliação. O potencial de aquecimento global (PAG) dos sistemas de manejo no ano agrícola 2009/10 foi calculado considerando as emissões de N2O e CH4, a taxa de retenção de carbono (C) no solo e os custos em C-CO2 das atividades e insumos agrícolas. As emissões de N2O do solo no período pósmanejo das plantas de cobertura de inverno foram maiores sob PC. No entanto, esse efeito só foi verificado em ano chuvoso quando ocorreu atraso na semeadura do milho em sucessão. As emissões de N2O estiveram relacionadas positivamente com o teor de nitrato (NO3 -), porosidade preenchida por água (PPA), temperatura do solo e com a atividade biológica. No período posterior ao pós-manejo, o efeito dos sistemas de cultura no estoque de N do solo comandou as emissões de N2O. O solo comportou-se como dreno de CH4, sendo essa característica mais evidente sob PD do que sob PC e inversamente relacionada com a precipitação acumulada nos três dias antes da coleta do gás. Os sistemas sob PD apresentaram PAG inferior aos sistemas sob PC. O PD com inclusão de leguminosas como plantas de cobertura é sugerido como um sistema com características de alta produtividade capaz de mitigar as emissões de GEE. / Soil conservation management systems are an important strategy for greenhouse gas mitigation. This research was performed in a long-term experiment (24 years) in an Acrisol, and aimed to evaluate conservation soil management systems' potential to mitigate greenhouse gas (GHG) emissions in Southern Brazil. Soil nitrous oxide (N2O) and methane (CH4) emissions were evaluated under tillage (conventional-CT and no-tillage-NT) and cropping systems (oat/maize and vetch/maize) in the period after winter cover crop management (post-management) (2009/10 and 2010/11) and on annual basis (2009/10). Air sampling was performed using static closed chambers and gas concentrations were analyzed by gas chromatography. Simultaneously to air sampling, soil was evaluated regarding to mineral N, dissolved organic C contents, biological activity, temperature and moisture. Net global warming potential (GWP) for the management systems was calculated by accounting the annual N2O and CH4 fluxes, annual C retention rates and the C costs of agronomic inputs. Soil N2O emissions in the post-management period were higher under CT. However, this effect was only observed in years when there was rain-delayed corn sowing in succession to winter cover crops. N2O emissions were positively related to nitrate, water-filled pore space, soil temperature and biological activity. The effect of cropping system on total soil N stocks controlled N2O emissions in the period after the post-management. Soil was a small sink for atmospheric CH4. Soil capacity to take up CH4 tended to be higher in NT than CT and was inversely related with rainfall three days prior to air sampling. NT systems decreased GWP relative to CT practices. NT legumebased cropping system was considered the most promising management regime for simultaneously achieving maximal yield and GHG mitigation.
42

Simulação pelo modelo Century do impacto da agricultura no estoque de carbono orgânico de solos do Planalto Rio-Grandense

Debarba, Lucio January 2002 (has links)
Este estudo teve por objetivo estimar, pelo modelo CENTURY, a alteração no estoque de carbono orgânico (CO) de solos do Planalto do Rio Grande do Sul durante o período de expansão da agricultura e o potencial de recuperação do estoque de CO através de diferentes sistemas de manejo. Foram utilizados solos de cinco Unidades de Mapeamento (UM), sob vegetação original de campo e floresta: LATOSSOLO VERMELHO Distófico típico (UM Cruz Alta e Passo Fundo), LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico típico (UM Santo Ângelo e Erechim) LATOSSOLO BRUNO Alumínico câmbico e (UM Vacaria). Avaliou-se a expansão da agricultura nas UM, a variação no conteúdo de CO dos solos por decomposição microbiana e erosão e a emissão ou seqüestro de CO2 em cenários de manejo com diferentes adições de C, métodos de preparo do solo e perdas de solo por erosão. Durante o período de expansão da agricultura (1900-1980), o uso de sistemas de cultura com baixa adição de C, pousio, queima de resíduos e preparo convencional do solo, ocasionou reduções estimadas de 31 a 45% no estoque original de CO dos solos. Com a melhoria nos eventos de manejo a partir de 1981, houve a recuperação parcial no estoque de CO. Considerando o balanço de CO e CO2 para a região em estudo (52506 km2), o cenário de manejo 1 (PC trigo/soja com queima) apresentou perda total estimada de 159517,0x103 Mg de CO e emissão de 299562,10x103 Mg de CO2 à atmosfera. Nos demais cenários, foram estimados incrementos de CO em relação ao cenário 1, atingindo, em 2050, valores correspondentes a 68,5% (cenário 2 - PR trigo/soja sem queima), 92,7% (cenário 3 - PD trigo/soja, aveia/soja, aveia/milho) e 98,1% (cenário 4 - PD trigo/soja, aveia/milho) do estoque original de CO. Devido a alta adição anual de C (6,0 Mg ha-1) e uso do plantio direto, o cenário 4 apresentou seqüestro líquido de 52173,32x103 Mg de CO2.
43

Condições físicas da camada superficial do solo resultantes do seu manejo e indicadores de qualidade para redução da erosão hídrica e do escoamento superficial / Physical conditions of the surface soil layer resulting from its management and quality indicators for reducing water erosion and surface runoff

Volk, Leandro Bochi da Silva January 2006 (has links)
O conhecimento aprimorado do fenômeno da erosão é de fundamental importância no monitoramento da inter-relação sistemas de manejo do solo - sustentatibilidade de agroecossistemas. Com isso em mente, desenvolveu-se um estudo em campo, na EEA/UFRGS, em Eldorado do Sul, RS, entre maio de 2000 e abril de 2004, com o objetivo de quantificar as perdas de solo e água por erosão hídrica em diferentes formas de manejo do solo, com vistas à identificação de indicadores físicos de qualidade para redução da erosão hídrica e do escoamento superficial e à investigação de valores dos coeficientes das variáveis do subfator PLU (uso anterior da terra) do modelo RUSLE de predição da erosão. Para isso, aplicou-se chuva simulada sobre um Argissolo Vermelho com textura superficial franco argilo arenosa e declividade média de 0,12 m m-1, cultivado em semeadura direta por diferentes períodos com diferentes seqüências culturais, e exibindo diferentes condições físicas na camada superficial: superfície não-mobilizada, com e sem cobertura por resíduo cultural, e superfície mobilizada, sem cobertura por resíduo cultural. Realizaram-se sete testes de chuva simulada, num período de seis meses, utilizando o simulador de chuva de braços rotativos, todos eles na intensidade constante de chuva de 64 mm h-1 e duração de 1,5 h. As diferentes seqüências culturais promoveram diferentes condições físicas na camada superficial do solo, traduzidas pelos diferentes valores das características físicas de superfície e subsuperfície avaliadas, antes e após o preparo, o que se refletiu em diferentes respostas da erosão e do escoamento superficial. A perda de água foi a mais elevada no solo não mobilizado, mesmo com elevada cobertura superficial, e foi a mais baixa no solo recém-mobilizado, sem cobertura superficial. A perda de solo foi a mais baixa no solo não-mobilizado, com elevada cobertura superficial, acompanhada de perto pela perda tanto do solo não-mobilizado quanto do recém-mobilizado, ambos sem cobertura superficial, aumentando na medida em que o solo era repetidamente preparado, contudo. A massa de raízes mortas das culturas, o diâmetro médio ponderado (DMP) dos agregados de solo em água e o índice de rugosidade superficial do solo (IR) mostraram-se bons indicadores de qualidade para redução da perda total de água em todas as condições físicas estudadas da camada superficial do solo, e muito bons indicadores para redução da perda total de solo - exceto a condição com elevada cobertura superficial, na qual o efeito das referidas variáveis foi irrelevante. Os valores encontrados para o coeficiente c da variável massa de raízes do subfator PLU do modelo RUSLE ficaram na faixa reportada na literatura. / Full knowledge of the erosion phenomenon is fundamental for monitoring the interrelation soil management systems – agroecossystems sustainability. Considering this, a field study was developed at the EEA/UFRGS, in Eldorado do Sul, State of Rio Grande do Sul, Brazil, between May, 2000 and April, 2004, with the objective of quantifying soil and water losses caused by rainfall erosion under different forms of soil management, in order to identify physical indicators of quality for reducing water erosion and surface runoff, as well as to investigate coefficient values for the variables associated with the PLU (prior land use) sub-factor in the RUSLE’s erosion prediction model. To accomplish this, simulated rainfall was applied on a typical, sandy clay loam, Paleudult soil, having 0.12 m m-1 average slope-steepness, cultivated in no till by different periods of time with different crop sequences, and exhibiting different physical conditions in the surface layer: consolidated soil surface, with and without crop residue on it, and freshly-tilled soil surface, without crop residue on it. Seven simulated rainfall, erosion tests were run within a period of six months, all of them under 64.0 mm h-1 rainfall intensity and for 1.5-hr rainfall duration. The different crop sequences promoted different soil physical conditions in the surface layer, translated by the different values of the evaluated surface and subsurface soil physical characteristics, before and after tillage, which differently affected erosion and surface runoff. Water loss was highest in the untilled soil surface, regardless of residue cover on it, and lowest in the freshly-tilled soil surface, even though without crop residue on it, and it was kept this way until the end of the experiment. Soil loss was lowest in the untilled, covered soil surface, followed closely by either untilled or freshly-tilled soil surfaces, both without crop residue on it, but it substantially increased as subsequent tillage operations were performed. Crop dead roots mass, meanweight- diameter (MWD) of soil aggregates in water, and soil surface-roughness index (IR) showed to be good indicators of quality for reducing water loss in all of the studied surface soil layer’s physical conditions, and very good indicators for reducing soil loss - except the condition with high residue cover on it, in which the effect of the referred variables was irrelevant. The values obtained for the c-coefficient associated with the crop root mass variable in the PLU subfactor of RUSLE’s erosion prediction model stayed within the range reported in the literature.
44

Aspectos ecológicos da comunidade fúngica do solo em ambientes ripários com diferentes formas de manejo / Ecological aspects from the fungi community soil in riparian environments with different handlings forms

Prade, Cristian André January 2007 (has links)
As florestas ripárias no Estado do Rio Grande do Sul, encontram-se fortemente reduzidas e fragmentadas e, particularmente no rio Taquari-Antas, os efeitos dessa fragmentação são observados. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a diversidade fúngica do solo, em ambientes ripários com diferentes formas de manejo, na região de Roca Sales, Rio Grande do Sul, Brasil. Estas amostras foram coletadas em diferentes estações, entre 2003 e 2005. As amostras de solo foram diluídas até 10-6 e semeadas sobre meio BDA, em placas de Petri. A incubação ocorreu a 27ºC por seis dias, com fotoperíodo de 12 horas, para posterior identificação dos espécimes. O pomar de Citrus sinensis com manejo agroecológico apresentou 28 espécies, seguido pelo pomar de C. sinensis com manejo convencional com 26 espécies, pela mata ripária com vegetação nativa 24 espécies e por último pela área reflorestada por Hovenia dulcis Thumb., com 15 espécies. As espécies fúngicas que apresentaram maior número de isolados, independente das áreas amostradas, foram: Trichoderma harzianum, Aspergillus niger e Penicillium citrinum. / The riparian forests in Rio Grande do Sul state, is strongly reduced and fragmented and, particularly on the river Taquari-Antas, the effects of this fragmentations are observed. This current work had as a goal to evaluate the fungic soil diversity, in riparian enviromments with different forms of handling, in the region of Roca Sales, Rio Grande do Sul, Brazil. The soil samples were collected in different seasons, between 2003 and 2005. These soil samples were diluted up to 10-6 and spread in Petri plates in media PDA. The incubation took place at 27ºC for 6 days, with a photoperiod of 12 hours, for after specimen identification. The higher number of specimens was observed, in Citrus orchards with agroecological handling; followed by, Citrus orchards with conventional handling; by riparian forest with arboreal native species and at last by riparian reforested areas with Hovenia dulcis Thumb. The fungic species which showed higger number of isolates, independently of the sampled areas, were: Trichoderma harzianum and Aspergillus niger.
45

Emissão de óxido nitroso afetada por sistemas de manejo do solo e fontes de nitrogênio / Nitrous oxide emission affected by soil management systems and nitrogen sources

Zanatta, Josiléia Acordi January 2009 (has links)
Práticas de manejo do solo afetam as emissões de N2O do solo, porém poucas são as informações disponíveis para ambientes tropicais e subtropicais. Dois estudos foram conduzidos com o objetivo de avaliar o efeito de práticas de manejo de solo nas emissões de N2O do solo nas condições subtropicais do Sul do Brasil. No Estudo I, num Argissolo vermelho, avaliou-se o efeito de longo prazo (22 anos) de sistemas de preparo do solo [plantio direto (PD) e preparo convencional (PC)], de sistemas de cultura [aveia/milho (A/M) e ervilhaca/milho (V/M)] e de fontes de N em PD [uréia e resíduo de ervilhaca]. No Estudo II, num Gleissolo, foi avaliado o efeito de curto prazo de sete fontes de N mineral aplicadas ao milho. Amostras de ar foram coletadas em câmaras estáticas e a concentração de N2O determinada por cromatografia gasosa. A emissão acumulada de N2O até 45 dias após o manejo das plantas de cobertura, no solo em PD, foi três vezes superior no sistema V/M (0,73±0,1 kg N ha-1) em relação ao sistema A/M (0,19±0,1 kg N ha-1). No solo em PC, entretanto, tais emissões foram equivalentes entre os sistemas: 0,51±0,1 kg N ha-1 no A/M e 0,55±0,1 kg N ha-1 no V/M. Essas emissões foram controladas principalmente pela disponibilidade de N-NO3- e de C orgânico dissolvido no solo, pela porosidade total do solo preenchida com água e pela atividade microbiana (fluxo de CO2). Ambas as fontes de N (uréia ou resíduo de ervilhaca) tiveram efeito semelhante, dobrando as emissões de N2O em comparação ao tratamento sem N Possivelmente, a emissão de N2O do solo com ervilhaca foi potencializada pelas chuvas abundantes após o manejo das plantas de cobertura, as quais atrasaram a semeadura do milho em 36 dias e mantiveram maiores teores de NO3- no solo em comparação ao tratamento com uréia em cobertura no milho no qual o fertilizante foi aplicado quando a cultura apresentava alta demanda do nutriente. Em relação as fontes de N mineral, as maiores taxas de emissão de N2O ocorreram no 3º dia após a aplicação, sendo mais intensas nas fontes com N nítrico (nitrato de amônio: 8587,4±1062,7; nitrato de cálcio: 3485,8±942,6 e uran: 2050,7±427,7 μg N m-2 h-1) em relação às fontes com N amoniacal (sulfato de amônio: 1435,3±172,3 μg N m-2 h-1) ou amídico (uréia: 859,1±197,6; uréia + inibidor de urease: 346,4±32,9 μg N m-2 h-1). A menor emissão de N2O ocorreu no solo adubado com N de liberação lenta (187,8±61,6 μg N m-2 h-1). A desnitrificação foi o principal processo envolvido na emissão de N2O no solo em ambos os estudos e sob estas condições a utilização de fontes amídicas de N apresentam potencial de mitigar a emissão de N2O. O potencial de mitigação das emissões de N2O por leguminosas de inverno em substituição ao N mineral depende das condições climáticas e, possivelmente, é restrito à anos em que o excesso de chuvas não determine atraso na semeadura do milho. / Soil management practices affect soil N2O emissions, but little is the information available to tropical and subtropical environments. Two studies were carried out aiming at assessing the effect of soil management practices on soil N2O emissions in the subtropical conditions of Southern Brazil. In Study I, in an Acrisol, we assessed the long-term effect (22 years) of soil tillage systems [no-tillage (NT) and conventional tillage (CT)], of cropping systems [oat/maize (O/M) and vetch/maize (V/M)] and of N sources [urea and vetch residues]. In Study II, in a Gleysol, we assessed the short-term effect of seven mineral N sources applied to maize. Air samples were collected in static chambers and N2O concentration was determined by gas chromatography. The accumulated N2O emission until 45 days after cover crops rolling, in NT soil, was three times greater in V/M system (0.73±0.1 kg N ha-1) than in O/M system (0.19±0.1 kg N ha-1). In CT soil, however, such emissions were similar in those two systems: 0.51±0.1 kg N ha-1 in O/M and 0.55±0.1 kg N ha-1 no V/M. These emissions were controlled mainly by NO3--N and dissolved organic C availability in soil, by water filled porosity and by microbial activity (CO2 flux). Both N sources (urea and vetch residues) showed similar effects and doubled the N2O emissions in comparison to the treatment without N. The N2O emission derived from the addition of vetch residue was possibly potencialized by abundant rains after cover crops rolling. Rains delayed maize sowing by 36 days and maintained higher NO3- contents in soil in comparison to the treatment with sidedress urea, applied when crop had higher demand for nutrients. Regarding to mineral N sources, the highest N2O emission rates occurred three days after application, being more intensive in nitric N sources (ammonium nitrate: 8587,4±1062,7; calcium nitrate: 3485,8±942,6 and uran: 2050,7±427,7 μg N m-2 h-1) compared to ammoniacal N sources (ammonium sulfate: 1435,3±172,3 μg N m-2 h-1) or amidic (urea: 859,1±197,6; urea + urease inhibitor: 346,4±32,9 μg N m-2 h-1). The lowest N2O emission occurred in soil fertilized with slow release N source (187,8±61,6 μg N m-2 h-1). Denitrification was the major process in N2O emission in both studies and under these conditions the utilization of amidic N sources represents a potential to mitigate N2O emission. The potential of winter legumes in substitution to mineral N to mitigate N2O emissions depends upon climatic conditions and is possibly limited to years the rains do not delay maize sowing.
46

Parâmetros microbiológicos como indicadores de qualidade do solo em sistemas de manejo / Microbiological parameters as soil quality indicators in management systems

Lisboa, Bruno Brito January 2009 (has links)
A atividade agrícola, mediante sistemas de manejo de solo, pode alterar a capacidade produtiva do solo. Este fato leva à necessidade da utilização de mecanismos para avaliar o impacto gerado por uma determinada prática. Porém, diferentemente de ar e água, ainda não existem indicadores definitivos de qualidade para o solo. Este trabalho analisou diferentes parâmetros microbiológicos para avaliar a qualidade do solo submetido a diferentes sistemas de preparo e de culturas, em relação a um sistema referência. Os parâmetros analisados foram a atividade das enzimas β-glucosidase, urease, fosfatase ácida e arilsulfatase, juntamente com determinação da atividade respiratória, biomassa e diversidade funcional da microbiota do solo. Os sistemas de manejo avaliados foram os preparos de solo direto (PD) e convencional (PC) e os sistemas de culturas rotação, sucessão e pousio. Além destes sistemas, foi avaliado também o campo nativo (CN), este considerado como condição original do solo para a realização de comparações entre os diferentes manejos. Os resultados das análises de atividade enzimática, bem como as determinações da biomassa e respiração microbiana, indicaram que o PC gerou valores inferiores aos demais sistemas, enquanto o CN e o PD tenderam a apresentar resultados semelhantes, indicando a capacidade do PD em manter a qualidade original do solo. Por outro lado, os sistemas de culturas avaliados não apresentaram diferenças nestas avaliações. A determinação da diversidade funcional diferenciou os sistemas, indicando que os sistemas que favorecem o acúmulo de carbono foram mais semelhantes ao sistema referencial. / Agricultural activity, through different soil management practices, may cause impacts in soil productive capacity. This leads to the necessity of impact evaluation derived from a given soil management practice. However, in contrast to air and water, there are no definitive established indicators to soil quality. In this research, different microbiological parameters were evaluated in order to access soil quality as affected by tillage practices and crop systems, in comparison to a natural reference system. The evaluated parameters were the the activities of β-glucosidase, urease, acid phosphatase and arylsulphatase, along with the determination of soil microbial respiratory activity, microbial biomass and microbial functional diversity. The evaluated managements were conventional tillage (CT) and no-tillage (NT) and, as crop systems, crop rotation, crop succession and fallow. Besides those systems, natural pasture (NP) was also evaluated, being considered as the original soil condition that was compared to the other management systems. The results of the analyses of enzymatic activities, as well as the determinations of microbial biomass and respiratory activity, indicated that CT presented values inferior to the other systems, while NP and NT trended to show similar results, indicating that NT may keep original soil quality. On other hand, as a rule, crop systems did not differ. The determination of microbial functional diversity distinguished the treatments, indicating that systems that favored carbon accumulation were more similar to the natural reference system.
47

Caracterização física e química de um argilossolo em área de citricultura orgânica com diferentes manejos da cobertura vegetal do solo / Physical and chemical characterization of a paleudult in an area of organic citrus orchard with different groundcover managements

Pietrzacka, Rogério January 2009 (has links)
A citricultura ocupa lugar de destaque no Brasil e no Estado do Rio Grande do Sul, sendo de grande importância econômica e social. O objetivo do trabalho foi avaliar atributos físicos e químicos de um Argissolo conduzido com diferentes manejos de vegetação espontânea nas entrelinhas de um pomar de tangerineiras (Citrus reticulata) da variedade Montenegrina, e seus possíveis reflexos na produtividade da cultura. O experimento foi feito em Montenegro (RS), em um pomar com 19 anos de idade e conduzido há 11 anos sob sistema orgânico de produção. Efetivaram-se quatro tratamentos (gradagem, roçada e acamamento, com rolo faca e arraste de tronco), sendo avaliados atributos físicos em dois locais (projeção da copa e área de tráfego de máquinas) e em duas profundidades (0 - 0,10 e 0,10 - 0,20m). A fertilidade química do solo foi determinada em três profundidades (0 - 0,10, 0,10 - 0,20 e 0,20 - 0,40m), e a produtividade de frutos estimada a partir das plantas centrais de cada parcela. Observou-se alta heterogeneidade espacial para os atributos físicos estudados, sendo que na região do tráfego dos rodados das máquinas ocorreram os menores valores de infiltração de água no solo, maior densidade, e maior resistência mecânica à penetração, em comparação com a região da projeção da copa. O sistema orgânico, baseado na adição de compostos orgânicos ao solo e no manejo da vegetação nas entrelinhas do pomar, sem revolvimento do solo, apontou incremento dos teores de matéria orgânica na camada de 0 - 0,10m e aumento dos valores de P, K, Ca, Mg, nas três profundidades analisadas. O tráfego de máquinas, apesar de afetar negativamente os atributos físicos do solo, não foi impeditivo para o desenvolvimento das tangerineiras. Entre os tratamentos avaliados, a gradagem promoveu aumento de produtividade de frutos em relação à roçada. Considerando as limitações físicas e de fertilidade natural do Argissolo neste estudo, a condução do pomar pelo sistema orgânico de produção foi eficiente, pois melhorou a infiltração de água no solo, aumentou a fertilidade e minimizou os efeitos negativos do tráfego de máquinas nas entrelinhas do pomar. / Citrus production plays an important role in Brazil and in the state of Rio Grande do Sul, having a great economic and social importance. The aim of the work was to evaluate physical and chemical attributes of a Paleudult under different management of spontaneous vegetation in inter-rows of Montenegrina tangerines and consequences on productivity. The experiment was conducted in Montenegro (RS), in an orchard 19 years old and under organic production system last 11 years. Four treatments (disking, mowing and rolling with rollers and pulling a log), and physical attributes evaluated in two places (crown projection and tracked interrows) and two layers (0 to 0,10 and 0,10 to 0,20m). The fertility was diagnosed at three depths (0 - 0,10; 0,10 - 0,20 and 0,20 - 0,40m), while the central plants of each plot were used to assess the productivity of tangerines. There was high spatial variation in the physical attributes, but the interrows with traffic showed lower water infiltration rate, higher density, and higher mechanical resistance to penetration in comparison with the soil at the projection of the canopy under the trees. The organic system based on the addition of organic compounds to the soil and management of vegetation in no tillage inter-rows of the orchard, showed increased levels of organic matter in the layer 0 to 0,10m, and higher levels of P, K, Ca, Mg, in the three examined depths. The tractor traffic in inter-rows affected soil physical attributes but was not impeditive for the development of the tangerine trees. With regards of soil cover management, the use of harrow promoted increase of productivity compared to mowing. Considering the physical limitations and natural fertility of the studied Paleudult, orchard organic production system was efficient because it improved soil water infiltration, increased soil fertility and minimized the negative effects of machinery traffic in the orchard.
48

Variação temporal dos atributos de um Latossolo Vermelho, cultivado com leguminosas para adubação verde / Temporal variation of the attributes of a Latosol Red, cultivated with leguminous for green manuring

Cremon, Cassiano 13 February 2004 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-06-23T18:30:01Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 318943 bytes, checksum: a676ae67846eb8c195ee1b60e606741a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-23T18:30:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 318943 bytes, checksum: a676ae67846eb8c195ee1b60e606741a (MD5) Previous issue date: 2004-02-13 / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais / Os chamados adubos verdes, muitos já de ação benéfica conhecida, são utilizados com efeitos diferenciados tanto causando benefícios diretos para as plantas como para o solo. Pesquisas têm demonstrado que os adubos verdes exercem consideráveis influencias nas propriedades físicas do solo quer seja pelo efeito da massa vegetal ou por meio das raízes no perfil do solo, além de melhorias nos atributos químicos pelo efeito da ciclagem de nutrientes no perfil. Tendo em vista o acima exposto, o presente trabalho tem por objetivo avaliar o comportamento dos atributos do solo mediante o cultivo consorciado de milho e diferentes espécies de leguminosas. Este projeto é parte integrante de uma linha de pesquisa iniciada e desenvolvida em parceria entre o Departamento de Solos da UFV e a Embrapa Milho e Sorgo. Iniciou-se o projeto no ano de 1995 em uma área onde se procedia o monocultivo de milho, na oportunidade, Favero (1998) implantou, no agrícola de 1995/96, o cultivo de cinco leguminosas já consagradas como espécies vegetais utilizadas como adubos vedes (Feijão-de-porco (Canavalia ensiformis), Feijão-bravo-do-ceará (Canavalia brasiliensis), mucuna-preta (Mucuna aterrima), Crotalária (Crotalária juncea) e guandu (Cajanus cajan)), avaliando o desempenho das leguminosas quanto à cobertura proporcionada ao solo e simultaneamente o comportamento das espécies de espontâneas em termos de modificações que ocorrem na população de plantas. A área efetiva do experimento em estudo é de 730 m 2 , instalado no campo experimental da Embrapa Milho Sorgo, em uma encosta de um Latossolo Vermelho-típico A moderado, textura argilosa, com relevo suave ondulado. Os tratamentos estão distribuídos em parcelas de 10 x 5 m, no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos consistem na consorciação das cinco leguminosas com o milho, incluindo também um tratamento sem leguminosa, que serve como testemunha. A cultivar de milho Crioulo “Caiano de Sobrália” vem sendo semeada normalmente como cultura de verão, espaçada 0,9 m entre sulcos de plantio e densidade de 5 plantas por metro linear. Para o preparo do solo utilizaram-se Triton para trituração da fitomassa seca, de grade aradora e grade niveladora. As amostras de solo indeformadas, destinadas a análises de densidade e macro e microporosidade, foram coletadas em anel de aço inox com cinco cm de altura por cinco cm de diâmetro. As amostras deformadas foram coletadas com trado em diferentes pontos da parcela constituindo uma amostra composta, e as análises micromorfométricas foram realizadas em agregados do intervalo de 9,52 e 4,76 mm de diâmetro. Foram avaliados os atributos físicos, químicos, micromorfométricos do solo, este último por meio do programa QUANTPORO desenvolvido no Departamento de Solos da UFV. Os resultados obtidos demonstram que: Houve variação nas características químicas do solo, ao longo dos anos, principalmente para P e K que diminuíram em todos os tratamentos; Não se observaram diferenças significativas para os atributos físicos do solo, com ressalva para argila dispersa em água que aumentou, em todos os tratamentos, ao longo dos anos; Com relação aos resultados das análises de agregados obtidos pelo programa QUANTPORO, observa-se que para todos os tratamentos a maior concentração de agregados, por tamanho, está na ordem de 0,15 a 0,35 cm 2 ; Para todos os tratamentos observou-se que quanto menor o agregado, menor a rugosidade do mesmo. / The called green manures, many already of well-known beneficial action, are used with differentiated effects so much causing direct benefits for the plants as for the soil. Researches have been demonstrating that the green manures exercise considerable influence in the physical properties of the soil wants be by the effect of the vegetable mass or through the roots in the profile of the soil, besides improvements in the chemical attributes by the effect of the nutrients recycling in the profile. Having in mind the above exposed, the present work has the objective evaluate the behavior of the attributes of the soil by means of the cultivation associated of corn and different species of leguminous. This project is integrant part of a line of initiated research and developed in partnership between Soils Department of UFV and Embrapa Corn and Sorghum of Sete lagoas - MG. It initiated the project in year of 1995 in an area where proceded unique cultivation of corn, in the opportunity, Favero (1998) implanted, in the agricultural of 1995/96, the cultivation of five leguminous already consecrate as used vegetable species as manures see (Mucuna aterrima, Cajanus cajan, Dolichos lablab, Canavalia ensiformis and Canavalia brasiliensis). The effective area of the experiment in study belongs to 730 m2, installed in the Embrapa's experimental field Corn and Sorghum in the municipal district of Sete Lagoas – MG, in a hillside of a Red-dark Latosol ixconservative loamy texture, with wavy soft relief. The treatments are distributed in bits of 10 x 5 m, and in the experimental design was a completely randomized block design, with five treatments and four replications. The treatments consist in associated of the five leguminous with the corn, also including a treatment without leguminous, which serves as witness. It is important to consider that the leguminous Dolichos lablab was substituted by Crotalária juncea for plants stand matters. To cultivate of corn Criola “Caiano de Sobrália” has been usually sown as summer's culture, spaced 0,9 m between planting and density furrows of 5 plants for lineal meter. For prepare it of the soil they used of heavy disk harrow and carry disk harrow for incorporation of the at issue leguminous. The samples (formless) destined for density and macro and micro-porosity analyses were collected in ring of stainless steel with about five height cm for five diameter cm. The deformed samples were collected with trado in different points of the bit constituting a composed sample, and the analyses micromorfometrics were accomplished in aggregate of the interval of 9,52 and 4,76 mm of diameter. They were evaluated the physical, chemical attributes and micromorfometrics of the soil, this last through the program QUANTPORO developed in the soils department of UFV. Of simplified form, the obtained results demonstrate that: The green manures are not being efficient in the maintenance of the chemical terms of the soil, along years, mostly for P and K; Significant differences for the physical attributes of the soil were not observed, with proviso for dispersed clay in water that increased significantly along years; With regard to the analyzed aggregate, that is observed for all the treatments the biggest concentration of aggregate, for size, it is in the order from 0.15 to 0.35 cm2; For all the treatments that how much smaller the aggregate was observed, larger Roundness, in other words, smaller for wrinkled of the aggregate.
49

Carbono e nitrogênio em frações da matéria orgânica de amostras de solo e agregados de um Latossolo Vermelho submetido a diferentes usos e manejos / Carbon e nitrogen in organic matter fractions of soil samples and aggregates of an Oxisol submitted to diferent uses and management practices

Assis, Cristiane Pereira de 26 February 2004 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-06-23T19:17:42Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 311735 bytes, checksum: cd20513b54f54094b49d82610166d412 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-23T19:17:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 311735 bytes, checksum: cd20513b54f54094b49d82610166d412 (MD5) Previous issue date: 2004-02-26 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Este estudo teve por objetivo avaliar as mudanças nas formas de carbono e nitrogênio em agregados e compartimentos orgânicos de um Latossolo Vermelho de textura média, submetido a diferentes usos e manejos em Capinópolis - MG. Amostras de solo foram coletadas em diferentes camadas (0-5, 5-10 e 10-20 cm). Os tratamentos avaliados foram os seguintes: PDs - plantio direto (PD) por 4 anos com sucessão milho (silagem)/soja; PDg - PD por 4 anos com a sucessão milho/milho/milho/soja; PDtf - PD com 3 anos seguidos com tifton (feno) e soja no último ano; SC - cerca de 30 anos com sistema de cultivo convencional (milho/soja), sendo apenas soja nos últimos 4 anos; e MN - mata nativa. Foram selecionadas três classes de agregados por via úmida (4,00-2,00; 2,00-0,25 e 0,25-0,105 mm de diâmetro ø ) nas quais foram extraídas frações húmicas (ácidos fúlvicos; ácidos húmicos e huminas), com posterior determinação dos teores de carbono (C) e nitrogênio (N). Nas amostras de solo seco ao ar (< 2,00 mm de ø ) realizou-se fracionamento físico da matéria orgânica do solo (MOS) em fração leve livre (FL-livre), fração leve oclusa (FL-oclusa) e fração pesada (areia, silte e argila) (FP). A identificação dos grupos funcionais das FL-livre e FL-olcusa foi realizada por meio da técnica de espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (IV-TF). Os resultados indicaram tendência de os maiores teores de substâncias húmicas (ácidos fúlvicos, ácidos húmicos e huminas) estarem associados aos agregados maiores (4,00-2,00 mm de Ø ). O cultivo do solo reduziu os teores de C e N para todas frações húmicas. O teores de C e N da fração leve (FL) nas áreas sob sistema plantio direto (PD) não superaram aqueles da área com revolvimento do solo. A gramínea tifton foi eficiente em aumentar os teores de C da fração leve em profundidade. A FP contribui com 75-98% do C total (FP + FL) e 94-99% do N total (FP + FL), sinalizando que a maior parte do C e N do solo está associada à fração mineral, sendo essa fundamental para a manutenção dos estoques dos mesmos. A FL mostrou-se sensível ao cultivo do solo, podendo ser considerada indicadora da degradação do mesmo. Não foram observadas alterações na estrutura química da fração leve livre sob os diferentes usos e manejos do solo. A fração leve oclusa apresentou-se mais recalcitrante e condensada que a fração leve livre. / This study aimed to evaluate the changes in the forms of carbon and nitrogen in aggregates and organic compartments of an Oxisol with loam texture, submitted to different uses and managements in Capinópolis - MG. Soil samples were collected from different layers (0-5, 5-10 e 10-20 cm). The evaluated treatments were the following: PDs - no tillage by four years with the succession corn(ensilage)/soybean; PDg - no tillage by four years under the succession corn/corn/corn/soybean; PDtf - no tillage with three years followed by tifton (hay) and soybean in the last year; SC - about of 30 years with convectional crop system (corn/soybean), being soybean in the last four years; and MN - native forest. Three aggregate classes were selected through wet way (4,00-2,00; 2,00-0,25 e 0,25-0,105 mm of diameter) in which humic fractions were extracted (fulvic acids, humic acids and humins). The component of levels carbon and nitrogen (N) were measured. In air-dried soils samples (< 2,00 mm) it was made physical fractionation of the soil organic matter (MOS) in light free fraction (FL-free), light closed fraction (FL-ocluse) and heavy fraction (sand, silt and clay)(FP). Infra xred spectroscopy was used to measure the functional group of FL-free and FL-ocluse. The results indicated that highest levels of humic substances (fulvic acids, humic acids and huminas) were associated to the largest aggregates (4,00-2,00 mm). The soil cultivation reduced the C and N content of the all humic fractions. The C and N content of the light fraction in areas under no till (PD) didn-t overcome those from the area under conventional soil management. The grass tifton was effective in increasing the C content of the light fraction with the depht. The FP contributed to 75-98% of the total C (FP+FL) and 94-99% of the total N (FP+FL), showing that the soil largest part of the C and N is associated to the mineral fraction, which is important to maintenance of stocks. The FL was shown to be sensitive to the soil cultivation changes, and it can be considered indicatory of the soil degradation. Change in the chemical structure of the light free fraction under different uses and management weren't observed. The light ocluse fraction was shown to be more recalcitrant and more condensed than the light free fraction
50

Promoção de crescimento em gramíneas forrageiras por rizóbios isolados de Lotus corniculatus / Growth promoting in forage grasses by rhizobia isolated from Lotus corniculatus

Machado, Rafael Goulart January 2011 (has links)
Recentes estudos têm mostrado que os rizóbios podem colonizar raízes, caules e folhas de gramíneas, promovendo o crescimento da planta. A produção de fito-hormônios, principalmente ácido indol acético (AIA) é, possivelmente, o principal mecanismo de promoção de crescimento de gramíneas por rizóbios. O objetivo do trabalho foi quantificar a produção de AIA por rizóbios e avaliar o efeito da inoculação destes rizóbios na germinação e no crescimento vegetal de azevém, braquiária, capim Tanzânia e pensacola. Foram estudados sete rizóbios nativos de solos do Rio Grande do Sul, isolados de nódulos de Lotus corniculatus e a estirpe SEMIA816, recomendada para L. corniculatus. Para quantificação da produção de AIA, os rizóbios foram cultivados em meio levedura-manitol (LM), com e sem adição de triptofano. Foram conduzidos experimentos em laboratório e em casa de vegetação, para se avaliar a capacidade das bactérias em promover crescimento vegetal. Todos os rizóbios testados foram capazes de produzir AIA. Todos os rizóbios foram capazes de promover crescimento vegetal em ao menos uma das gramíneas estudadas. Em laboratório, a germinação do azevém foi antecipada em todos os tratamentos inoculados. O capim Tanzânia e pensacola foram as espécies mais responsivas à inoculação com os rizóbios estudados nos experimentos em casa de vegetação, parecendo haver certa compatibilidade na interação gramínea/rizóbio. Há baixa similaridade genética entre os rizóbios estudados, os quais pertencem aos gêneros Mesorhizobium e Bradyrhizobium. / Recent studies have shown that rhizobia can colonize roots, stems and leaves of grasses, promoting plant growth. The production of phyto-hormones, mainly indole acetic acid (IAA) is possibly the main mechanism of growth promotion of grasses by rhizobia.The objective of this work was to quantify the production of IAA by rhizobia, and evaluate the effect of rhizobia inoculation on germination and plant growth of ryegrass, Brachiaria, Tanzânia grass and Pensacola. In this work were studied seven rhizobia native from Rio Grande do Sul soils, isolated from nodules of Lotus corniculatus and the strain SEMIA816 recommended for L. corniculatus. To quantify the production of IAA, the strains were cultured in yeast-mannitol (LM) medium, with and without tryptophan addition. Experiments were carried out in laboratory and under greenhouse conditions to evaluate the capacity of these bacteria to promote plant growth promotion. All rhizobia tested were able to produce IAA. All strains were able to promote plant growth in at least one of the grasses studied. In laboratory conditions, the ryegrass seed germination was anticipated in all inoculated treatments. Tanzania and pensacola grasses were the most responsive to rhizobial inoculation in greenhouse experiments, there appears to be certain specificity in interaction graminea / rhizobia. There is low genetic similarity between the rhizobia studied, which belong to the genera Mesorhizobium and Bradyrhizobium.

Page generated in 0.111 seconds